Instituto Nacional de Meteorologia emite alerta de chuva entre esta sexta e sábado com ‘perigo potencial’ e ventos fortes em 73 municípios do RN

Foto: Reprodução/Inmet

Pelo menos 73 municípios potiguares, dentre eles, a capital potiguar, foram comunicados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) de alerta de chuva com “perigo potencial”, que vale das 10h desta sexta-feira (17) às 9h deste sábado (18). Além do Rio Grande do Norte, cidades no Piauí e Ceará foram avisadas de previsão de volume de 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 mm/dia, e ventos intensos de 40 a 60 km/h.

O Inmet, por outro lado, destaca o baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Em caso de rajadas de vento, orienta a população que não se abrigue debaixo de árvores e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Outra recomendação é evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Confira as cidades potiguares com alerta:

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ZE MANE disse:

    Só não disse onde choveu muito, como Acari, Carnauba dos Dantas, etc

Fisco no RN alerta escolas sobre venda de material didático

O Fisco Estadual está monitorando escolas, cursos e outros estabelecimentos educacionais que cobram pelo material escolar e outros itens, prática que se configura como um tipo de comércio, mas não fornecem nota fiscal

Uma prática muito comum entre os estabelecimentos de ensino, sobretudo os do Ensino Fundamental, a cobrança de uma taxa referente ao material didático em substituição à lista, agora está na mira do Fisco Estadual. O que pode parecer uma comodidade para os pais esconde também uma prática irregular. A Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) alerta escolas e demais instituições educacionais que a venda de qualquer tipo de mercadoria por parte do estabelecimento requer a emissão de nota fiscal, o que na maioria dos casos isso não ocorre.

De acordo com o coordenador de Fiscalização da SET-RN, Álvaro Bezerra, como educação é um tipo de prestação de serviço, os colégios, cursos e demais entidades educacionais não são contribuintes do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Porém, toda vez que o estabelecimento cobra pelo fornecimento de alimentos, livros, material escolar ou fardamento é preciso emitir documentação fiscal dessa comercialização, e por consequência recolher o tributo, no caso, ICMS.

“Estamos monitorando esse tipo de prática irregular entre os estabelecimentos de ensino. A não emissão de notas fiscais desses materiais adquiridos e repassados se configura uma sonegação”, explica o coordenador. Segundo ele, o comércio de qualquer item requer o cumprimento das obrigações tributárias exigidas e disciplinadas no Regulamento do ICMS do Estado do RN (Decreto nº 13.640/97), especialmente quanto à emissão da Nota Fiscal, ainda que se trate de mercadorias contempladas com benefício fiscal ou imunidade tributária.

O alerta foi feito pela SET-RN através de um comunicado direcionado aos estabelecimentos do setor e explica como o empresário pode proceder de forma correta. O primeiro passo é abrir a Inscrição Estadual, que permitirá a emissão da nota fiscal. No entanto, o CNPJ da empresa deverá obrigatoriamente ter como atividade fim as operações de comércio praticadas.

Península Antártica pode sofrer invasão de espécies, alerta pesquisa

Foto: Maurício de Almeida – TV Brasil

A península Antártica vai ficará sujeita nos próximos anos ao aparecimento de espécies invasoras, algumas delas que podem ter efeitos devastadores nos frágeis ecossistemas marinhos e terrestres polares, alerta um estudo nesta segunda-feira (13) divulgado, em Londres.

A pesquisa, publicada na revista científica Global Change Biology, identifica espécies não nativas com maior probabilidade de invadir a península Antártica nos próximos dez anos, fornecendo dados para que sejam tomadas medidas de redução do fenômeno.

O principal autor do estudo, Kevin Hughes, investigador ambiental do British Antarctic Survey (com base em Cambridge, trata dos interesses do Reino Unido na Antártida), trabalhou com uma equipe internacional de investigação para identificar espécies não nativas com maior probabilidade de ameaçar a biodiversidade e os ecossistemas da região da península Antártica, a partir da análise de centenas de trabalhos acadêmicos, relatórios e bases de dados, e, das 103 espécies consideradas em detalhe, 13 foram classificadas como maiores ameaças.

Turismo ameaça região

“A região da península Antártica é de longe a parte mais movimentada e mais visitada da Antártida. Devido ao crescimento do turismo e às atividades da investigação científica, espécies invasoras podem ser transportadas para a Antártida de muitas maneiras diferentes. Os visitantes podem transportar sementes e solo não estéril agarrados às roupas e ao calçado. Cargas importadas, veículos e suprimentos de alimentos frescos podem esconder espécies, incluindo insetos, plantas e mesmo ratos. As espécies marinhas são um problema particular, já que podem ser transportadas para a Antártida agarradas aos cascos dos navios. Podem ser muito difíceis de remover uma vez instaladas”, disse Kevin Hughes.

Os responsáveis pela investigação disseram que invertebrados marinhos – como mexilhões e caranguejos – são espécies com grande probabilidade de invadir a região, mas na lista estão também plantas com flores, ácaros e mesmo coqueiros.

Algumas das ilhas subantárticas, como a Marion ou a Geórgia do Sul, já foram invadidas por ratos e outros vertebrados, embora os investigadores acreditem que as condições na região vão continuar demasiado extremas para permitir que os ratos proliferem no exterior, ainda que possam sobreviver nas construções.

Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jose de Arimatea Lopes Fernandes disse:

    Á solução de tudo estar em nossas escolhas. Se continuarmos votando errado, isso vai continuar piorando…. Lembrem -se que são eles os políticos que fazem as leis.

Detran alerta sobre cadastro falso da CNH Social no whatsapp

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) vem a público alertar que está circulando em redes sociais, principalmente pelo whatsapp, a informação falsa de uma solicitação de preenchimento de cadastro para obtenção da CNH SOCIAL. “Alertamos que a ação se trata de tentativa de obter dados do cidadão com possíveis fins de atividade criminosa”, diz trecho de nota.

Por fim, o Detran-RN comunica que vem trabalhando na regulamentação e implantação da CNH SOCIAL no Rio Grande do Norte e assim que for finalizado o processo estaremos divulgando os procedimentos legais para obtenção do benefício em nosso site e nas redes sociais oficiais do Órgão, como também junto a imprensa Potiguar.

Caern alerta para os cuidados com a limpeza dos reservatórios, especialmente, no período de veraneio

FOTO: CAERN/ADM

Com o início do mês de janeiro e o aumento da temperatura no Rio Grande do Norte, as famílias optam por se deslocar para casas de praia, geralmente em locais afastados e que na maioria das vezes permanecem fechadas por vários meses.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) alerta para os cuidados necessários antes de utilizar a água contida nos reservatórios por tempo prolongado, principalmente no veraneio.

A recomendação da Companhia é esvaziar a caixa d’água utilizando a água para a limpeza da casa, evitando consumo desnecessário, e adotar as instruções apontadas pelos técnicos da empresa.

Para os imóveis ocupados, a empresa aconselha lavar o reservatório a cada seis meses, para garantir a qualidade da água que sai pelas torneiras.

A água parada nessas caixas ou cisternas por meses seguidos, sem renovação, é alvo de insetos e ratos que contaminam o produto com fezes e urina, provocando doenças.

Mesmo que haja preocupação em não desperdiçar água, a Caern orienta não consumir a água das caixas, até que seja substituída, após a limpeza do reservatório.

ORIENTAÇÕES

O gerente de Qualidade da Água e Meio Ambiente da Caern, Lamarcos Teixeira, orienta que a limpeza do reservatório deve ser feita a cada seis meses, seguindo passo a passo as orientações da companhia ou empresa especializada:

1. Fechar o registro de entrada da caixa d’água e abrir as torneiras para utilizar a água que vai ser eliminada da caixa, nos diversos serviços de limpeza da casa evitando o desperdício;

2. Quando restar 20 centímetros de água no reservatório, fechar todas as torneiras e começar a lavagem. Utilizar uma vassoura nova ou escova para esfregar as paredes e fundo da caixa d’água;

3. Abrir as torneiras e esvaziar a caixa, sempre agitando a água suja que restou;

4.Preparar uma mistura na proporção de um litro de água sanitária para 10 litros de água;

5. Aplicar com uma brocha nova ou pincel largo (modelo utilizado para pintura à cal), espalhando a solução nas paredes e fundo da caixa d’água;

6. Esperar a mistura agir durante 30 minutos para desinfecção;

7. Após esse tempo, abrir novamente todas as torneiras para eliminar a mistura e limpar os canos;

8. Abrir o registro de entrada para colocar água limpa, na altura de 20 centímetros a fim de enxaguar a caixa;

9. Esfregar as paredes e o fundo do reservatório e em seguida esvaziá-lo;

10. Repetir a operação com outros 20 centímetros de água limpa. Esvaziar o reservatório que está pronto para receber a água limpa. Por fim, abrir o registro de entrada para encher a caixa com água da Caern.

Lamarcos ressalta que essa prática deve ser rotina nos imóveis, duas vezes ao ano para garantir a qualidade da água distribuída pela companhia, em todo Estado.

Caern alerta para fim de prazo da negociação de débitos

Foto: CAERN/ASSECOM

Termina na próxima segunda-feira (30) o prazo para que os clientes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) possam renegociar seus débitos em atraso em condições especiais. A companhia havia iniciado em novembro novo prazo para a negociação, tendo em vista a grande procura registrada nos meses de agosto e setembro, quando foi realizado o parcelamento de quase R$ 14 milhões em dívidas.

O período de fim de ano se mostrou favorável para que as famílias reorganizassem suas contas, contando com o pagamento do 13º salário. Até segunda-feira, o cliente pode aproveitar as condições oferecidas para ficar em dia.

Para os pagamentos à vista, serão dispensados os juros e multa por atraso. Para os parcelamentos, dependendo do valor da entrada, será dispensado até 70% do valor de juros e multa. Em todos os casos, no entanto, será mantida a correção monetária.

Uma das principais vantagens na renegociação é a alternativa que o usuário passa a ter de negociar o débito com entrada mínima de 10% do valor total. O desconto de juros e multa só é aplicado sobre os débitos anteriores a março deste ano. O prazo máximo para parcelamentos é de 48 meses.

Também será possível ao usuário com dívida atrasada fazer outro parcelamento, mesmo que já esteja pagando parcelas de uma negociação anterior. Mas é importante destacar que, nesse caso, o valor da dívida a ser negociada é somado ao saldo devedor restante do parcelamento anterior e o total é parcelado em até 48 meses, com entrada de 20%.

Para fazer o acordo, o cliente pode procurar o escritório mais próximo de sua casa. As negociações não poderão ser feitas pela internet. Em todos os parcelamentos feitos, a parcela a ser paga não pode ser inferior a 50% do valor da fatura média do cliente.

Audiência na Câmara Municipal de Parnamirim sobre o Dezembro Vermelho alerta para a prevenção do HIV

Fotos: Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (19), a Câmara Municipal de Parnamirim realizou audiência pública alusivo à Campanha ‘Dezembro Vermelho’, mês destinado ao combate ao vírus HIV, e a prevenção da Aids. A proposição foi da vereadora Rhalessa Freire e teve o objetivo de conscientizar à população com informações pertinentes ao tema, como formas de contágio, prevenção e tratamento.

Rhalessa destacou a importância da temática e da casa legislativa promover a discussão. “Uma audiência de suma importância e de uma temática que precisa ser enfatizada também por meio de ações que possam chegar a todos os munícipes através da conscientização e informação”, ressaltou.

Na ocasião da audiência, Salineide Mafaldo, Infectologista do SAE – Serviço de Atendimento Especializado de Parnamirim, explicou o manejo clínico sobre os tipos de infecções. Ivan Soares, administrador técnico do programa IST/Aids do município apresentou dados sobre a doença e tratamentos sobre a transmissão.

“Momento muito bom para chegar à casa do cidadão, são quase 38 anos de luta para tentar entender sobre o HIV, em nome da Secretária Municipal de saúde, Terezinha Rego, agradecemos o convite. Estamos passando por uma reestruturação na saúde, e estamos buscando priorizar esse atendimento. Precisamos acabar com esse Tabu, com o preconceito.”, afirma o coordenador geral da Atenção Básica de Saúde de Parnamirim, Júnior Azevedo.

A vereadora Ana Michele, esteve presente na audiência e ressaltou a iniciativa da parlamentar Rhalessa Freire. “Gostaria de destacar sua colocação enquanto mulher, jovem, parlamentar em trazer para esta casa assuntos tão relevantes. Parabéns pela iniciativa e pelo mandato importante e participativo!”, relatou a parlamentar.

Ao final da audiência, Rhalessa agradeceu a presença de todos e reforçou a união dos poderes para a promoção de mais políticas públicas no combate e prevenção ao HIV/Aids.

O debate também reuniu demais profissionais da saúde, como psicólogos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde.

 

Marinha emite alerta de Ressaca e ventos fortes entre Natal(RN) e São Luís(MA) entre esta quinta e sábado

Foto: Ilustrativa

A Marinha do Brasil, através da Capitania dos Portos, informa que ocorrerá vento forte SE/NE de até 61Km/h com rajadas, entre Natal-RN e São Luís(MA). Esta previsão meteorológica compreende o período a partir das 21h do dia 19 às 21h do dia 21 do corrente mês, e refere-se ao Aviso de Ressaca no 1636 do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM).

Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

Solicita-se ampla divulgação e recomenda-se que as embarcações de pequeno porte “evitem a navegação”. E que as demais embarcações, antes de se fazerem ao mar, redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores, casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Marinha alerta para risco de ressaca e ondas de até 2,5 metros no litoral do RN entre esta quarta e sexta

Foto: Ilustrativa

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), informa que o avanço de um sistema de ondas de longo período (marulhos), vindo do Oceano Atlântico Norte, poderá provocar agitação marítima com condições favoráveis à ocorrência de ressaca, com ondas de direção Nordeste a Norte e altura significativa de até 2,5 metros, na faixa litorânea entre os estados do Rio Grande do Norte, a oeste de Touros (RN), e do Maranhão, a leste de São Luís (MA), entre o dia 18 à noite e o dia 20 pela manhã.

Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

Assinantes de TV da Região Nordeste passam a receber alerta de desastres naturais

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Os clientes de televisão por assinatura dos estados da Bahia, do Ceará, do Maranhão, da Paraíba, de Pernambuco, do Piauí, do Rio Grande do Norte e de Sergipe passaram a receber, durante a programação, alertas de alagamentos, enxurradas, deslizamentos de terra, vendavais e chuvas de granizo.

O recurso já está disponível aos assinantes das empresas Claro (NET), NossaTV, Oi, Sky e Vivo nos estados do Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte do país.

O projeto teve início nessa segunda-feira (16), coordenado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em conjunto com as prestadoras de TV por assinatura e o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad).

A decisão sobre o envio dos alertas e os conteúdos são de responsabilidade do Cenad e da Defesa Civil dos estados e municípios e as prestadoras são responsáveis pela ferramenta que enviará os alertas.

O cliente receberá uma mensagem de alerta em formato de um pop-up (imagem sobreposta à tela) com tempo de exposição de 10 segundos e terá a opção de fechar a imagem se quiser. Não é necessário cadastro para receber a mensagem, nem será possível bloquear o recebimento.

A notificação é complementar ao encaminhamento de alertas por mensagem de texto (SMS). Segundo a Anatel, já foram disparados até o momento 17.839 alertas por SMS e 772 alertas no TV por assinatura.

Agência Brasil

 

Área de alerta de desmatamento na Amazônia cresce 103,7% na comparação com novembro passado, apontam dados do Inpe

Infográfico mostra os registros de alertas de desmatamento para o mês de novembro, segundo o Inpe — Foto: Elida Oliveira/G1

O mês de novembro de 2019 teve recorde no registro de áreas sob alertas de desmatamento na Amazônia: foram 563,03 km² entre 1° e 30 de novembro, a maior área em toda a série histórica, que começa em 2015. Na comparação com o mesmo mês de 2018, o aumento foi de 103,7%.

De janeiro a novembro de 2019, 8.974,31 km² estiveram sob alerta, quase o dobro do registrado nos mesmos meses em 2018, 4.878,7 km² – aumento de 83,9%.

Os dados são do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), ligado ao Ministério da Ciência, e fazem parte do sistema de Detecção em Tempo Real (Deter). Este sistema não é usado como a taxa oficial de desmatamento na Amazônia, mas pode indicar a tendência de devastação do bioma. Ele só tem registro a partir de 2015 porque o sistema de detecção passou a usar novos padrões de satélites e a comparação com os dados obtidos desde 2004 não é indicada pelos cientistas.

A taxa oficial de desmatamento é medida pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes). O dado mais recente foi divulgado no mês passado: foram devastados 9.762 km² entre agosto de 2018 e julho de 2019, aumento de 29,5% em relação ao período anterior. O G1 entrou em contato com o Ministério do Meio Ambiente para saber que medidas estavam sendo tomadas para evitar a devastação, mas ainda aguarda retorno.

Com informações do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Esse governo chegou para destruir toda corrupção e outras mazelas criadas pelo governo anterior
    e não tem limites, aí está toda nossa confiança.

    • Amançador. disse:

      Tem que botar pra produzir mesmo, ano que vem, tem que bater o recorde, tá tudo sobre controle, a Amazônia brasileira só tem 3% desmatado.
      Tem que igualar a Europa, com pelo menos 50% desmatada.
      Hoje, se ja somos o segundo maior produtor de grãos do mundo, vamos passar fácil pro primeiro e se tornar imbatível.
      Deixa os esquerdopatas europeus e brasileiros, berrar. Kkkkkkk
      Tá tudo controlado o resto é politicagem sebosa, usam até crianças e adolescentes, nessa campanha idiota.
      Chupa mané macron.
      Chupa molusco.

  2. Xô PT disse:

    Os PTralhas acharam pouco quebrar o país, agora estão tocando fogo em tudo. OH RAÇA RUIM!!!

    • Araújo disse:

      O PT criou políticas sociais de inclusão, teve até miserável que conseguiu viajar de avião. Hoje tem miserável que se acha rico de direita kkkkkk

  3. Junior disse:

    Esse governo veio para destruir tudo, não adianta mais confiança, chegou o limite.

Bolsonaro, sobre caso Marielle: “Outras acusações virão, armações, vocês sabem de quem”

Reprodução do YouTube/SBT

Jair Bolsonaro voltou a falar nesta sexta-feira sobre o caso Marielle Franco.

Dirigindo-se a apoiadores que o esperavam na porta do Palácio da Alvorada, ele disse: “No caso Marielle, outras acusações virão, armações, vocês sabem de quem”.

E completou: “Mas a gente tem um compromisso: mudar o destino do Brasil.”

No fim de outubro, Bolsonaro acusou o governador do Rio, Wilson Witzel, de manipular as investigações sobre o assassinato de Marielle para tentar vincular o presidente ao caso.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil e RN acima de tudo. disse:

    Presidente, quem não deve, não teme.

    • Baraúna disse:

      Exatamente, devido ao aparelhamento estatal essa investigação sofreu enorme maquiagem e os nomes dos mandantes ainda vão ser revelados, onde tudo indica que será gente graúda do Rio de Janeiro.

Detran alerta que lei de perdão de débitos do IPVA e Licenciamento vai até dia 31

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) alerta os proprietários de motocicletas de até 150 cilindradas que ainda têm dívidas de IPVA e Licenciamento para aproveitar o benefício da Lei Estadual (10.507/2019) que concede o perdão tributário relativo aos dois impostos (IPVA e Licenciamento). O prazo final de validade do decreto é o próximo dia 31 deste mês, após essa data não será mais possível usufruir do perdão das dívidas.

Com a Lei de Remissão dos débitos de IPVA e Licenciamento dos anos de 2018 e anteriores a essa data, o Governo do Estado concede aos proprietários de motocicletas de até 150 cilindradas o perdão completo dos dois impostos, como também possíveis juros e multas referentes a eles, e ainda a retirada de cadastro da dívida ativa para aqueles que foram incluídos por dívidas relacionadas ao IPVA e Licenciamento.

Para o proprietário de motocicleta ter direito ao benefício, basta quitar o IPVA e o Licenciamento do seu veículo referente ao exercício 2019, que em até 10 dias úteis as dívidas de anos anteriores serão perdoadas e excluídas automaticamente do sistema. Outro ponto importante é que com o pagamento do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) dos anos de 2019 e 2018, o cidadão também tem as dívidas do DPVAT de anos anteriores extintas.

O Detran ainda alerta que o benefício somente poderá ser utilizado uma vez por proprietário de veículo automotor, ou seja, se o cidadão tiver duas motocicletas que se enquadrem no perdão, apenas uma poderá ser contemplada pela Lei Estadual, sendo a última que foi adquirida.

“É importante que os usuários que têm direito a remissão procurem o mais rápido possível o benefício antes do prazo final, pois a intenção do Governo é de contribuir com o cidadão para a legalização desses veículos”, comentou o coordenador de Educação e Fiscalização de Trânsito do Detran, Carlos Cabanas.

De acordo com dados coletados pelo setor de Estatística do Detran, até o momento cerca de 30 mil proprietários de motocicletas de até 150 cilindradas foram beneficiados com a Lei de Remissão das Dívidas. Até então, a medida possibilitou uma arrecadação de aproximadamente R$ 3,3 milhões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio disse:

    O problema é que isso puniu o cidadão que contribuiu com seus impostos, pagando-os em dia…
    Tenha certeza que a maioria destes que se "regularizaram" não honrarão seus compromissos futuros… Visto que se já foi perdoado uma vez… Será perdoado novamente…

Privação do sono pode prejudicar o sexo além do que se imagina, alerta especialista

Foto: Shutterstock

Conseguir dormir bem à noite é fundamental para ter energia e disposição no dia seguinte e conseguir realizar as tarefas normalmente. Por outro lado, quando o sono não é suficiente, diversos problemas podem surgir, como irritabilidade, cansaço, desatenção e, ainda, a diminuição da vontade de fazer sexo.

“A pessoa que dorme mal tem uma tendência à diminuição do desejo sexual e, além disso, a ter uma atividade sexual menos prazerosa porque, com o corpo cansado, a qualidade do sexo é pior e as chances de atingir o orgasmo diminuem”, diz Paulo Gallo, especialista em reprodução humana assistida do Vida – Centro de Fertilidade.

Além disso, o profissional explica que a privação do sono pode fazer com que o homem tenha mais dificuldade de ter ereção e a mulher passe a enfrentar diminuição na lubrificação vaginal. “É importante que, depois de um dia de trabalho, a pessoa descanse, não só para recuperar o corpo, como o cérebro e também sua atividade sexual”, completa.

Gallo destaca que a falta de sono causa uma alteração negativa na liberação de vários hormônios que comandam o desejo sexual , como a testosterona e o estrogênio. Isso ainda libera cortisol, hormônio que está associado ao estresse. “A pessoa fica mais alerta, acordada, menos relaxa, irritada, o que dificulta ter uma relação sexual saudável”, pontua.

As noites mal dormidas ainda levam a uma queda da circulação do sangue e alteram a frequência cardíaca. E, para ter desejo na hora do sexo, é fundamental que se tenha um aporte sanguíneo adequado para região genital. Então, quando a pessoa está cansada, há uma tendência a concentrar a circulação para o coração e o cérebro, que são mais vitais que os órgãos genitais.

Afinal, o que fazer para dormir bem e até melhorar a vida sexual?

Enquanto algumas pessoas deitam e dormem rapidamente, outras precisam de um pouco de relaxamento antes para conseguir, de fato, pegar no sono. Diante disso, Gallo recomenda evitar deitar logo após fazer uma refeição, principalmente se estiver consumido alimentos mais pesados e que demoram mais para fazer digestão.

Além disso, o profissional sugere evitar ficar no computador, ver TV ou mexer no celular logo antes de dormir. “Esses estímulos visuais podem levar a um maior estresse, a uma maior excitação, dificultando ainda mais para algumas pessoas que já tem essa dificuldade a pegarem no sono”, explica.

Mais dicas para uma vida sexual saudável

Para ter uma vida sexual saudável, o especialista acredita que é importante saber que tudo na vida é baseado em equilíbrio. “Sabemos que em determinados estágios da vida, o casal terá mais trabalho, mais estresse, mas tente conversar sobre isso, para que consigam juntos chegar a um acordo e reservar aquele horário do sono para ser mais uma atividade do casal”, diz.

Podemos destacar que é claro que a vida a dois tem muitas questões envolvidas, como a relação de companheirismo e amizade. Por outro lado, o sexo também é importante. “Uma vida sexual saudável aproxima os casais e ajuda a manter um casamento saudável. Então, quando isso não acontece, é hora de procurar ajuda de especialistas”, afirma Gallo.

Se for possível, faça sexo antes de dormir

Da mesma forma que sono melhora a qualidade sexual, o sexo melhora a qualidade do sono. “Após a relação sexual, tanto o homem como a mulher, após atingir o orgasmo, tem liberação de substâncias como endorfina, que dão uma sensação de relaxamento e ajudam a proporcionar um sono mais profundo, mais saudável e mais reconfortante”, destaca Gallo.

Depois, há liberação de hormônio que é a prolactina, que diminui a ansiedade e facilita o início do sono. “Quando a pessoa tem um sono profundo após o sexo , significa que a relação foi bastante agradável, prazerosa e que liberou essas substâncias todas que deram sensação de sono para o parceiro’”, finaliza.

IG

 

Sesap alerta sobre importância da prevenção contra a raiva; até início de novembro, 26 municípios do RN registraram casos

Foto: Ilustrativa

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio da Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental (Suvam), atualizou os dados sobre a ocorrência de casos de raiva animal no Rio Grande do Norte. Até 1º de novembro de 2019, foram confirmados, por diagnóstico laboratorial, 77 animais com a doença: 67 morcegos, cinco raposas, dois bois, uma égua e dois cães.

Os casos foram registrados em 26 municípios do RN, entre os quais se destacam, por maior ocorrência, Santo Antônio (12), Caicó (12), Parnamirim (9), São Tomé (7) e Macaíba (6). Durante todo o ano de 2018 foram registrados 35 morcegos positivos para raiva no RN.

Diante desse quadro, a Sesap reforça as orientações à população de todo o Rio Grande do Norte para que mantenha os cuidados a fim de evitar acidentes com animais que possam transmitir a raiva, já que o abastecimento do soro antirrábico dos estados, por parte do Ministério da Saúde, só deverá ser regularizado a partir de janeiro de 2020.

O abastecimento irregular se deve à falta de adequações necessárias, por parte de dois dos três laboratórios produtores do soro, para cumprir as normas exigidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A subcoordenadora da Suvam, Aline Rocha, destaca a importância das medidas de prevenção: “estamos registrando muitos atendimentos em situações que poderiam ser evitadas, como pessoas que mexem ou tentam alimentar animais de rua, como gatos e cachorros, ou animais silvestres, como saguis, por isso alertamos que evitem se expor ao risco de contaminação”. Nesses casos é necessário fazer todo o esquema de soro e vacina, o que gera uma demanda que poderia ser evitada.

Quanto aos morcegos, que concentram a maior parte dos casos confirmados de raiva no RN, algumas situações permitem identificar um morcego suspeito: se estiver caído no chão ou encontrado morto, pousado em local desprotegido durante o dia, voando ou se alimentando durante o dia, já que se trata de um animal com hábitos noturnos. Ao se encontrar um morcego suspeito de raiva, a pessoa não deve tocar no animal, afastando-se do local. É indicado colocar uma caixa, balde ou pano em cima do morcego e entrar em contato com o Controle de Endemias ou com o Centro de Controle de Zoonoses da sua cidade, para solicitar a remoção do animal.

Em caso de infecção no ser humano, a doença causa a morte em quase 100% dos casos. O último caso de raiva humana registrado no RN foi em 2010, no município de Frutuoso Gomes, neste caso sendo o morcego o animal transmissor da doença.

Orientações

A raiva é transmitida pela saliva do animal infectado – principalmente, cão e gato, ou de animais silvestres, como morcego e sagui – através da pele ou mucosas, seja por mordedura, arranhadura ou lambedura. A principal forma de prevenção é a vacinação de animais domésticos e de pessoas que foram expostas ao risco.

A orientação da Sesap é para que as vítimas de mordeduras lavem o local com água corrente e sabão e procurem imediatamente a unidade de saúde mais próxima. O vírus rábico é muito sensível a agentes externos e ao lavar o ferimento com água corrente e sabão, ou outro detergente, isso diminui, comprovadamente, o risco de infecção.

O site da Sesap (www.saude.rn.gov.br) disponibiliza informações e orientações sobre a raiva no Rio Grande do Norte.

Elevação do nível dos oceanos e áreas costeiras: secretário-geral da ONU alerta sobre riscos de tsunamis

Foto: Ilustrativa

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antônio Guterres, renovou alerta de que a elevação no nível dos oceanos em decorrência do aquecimento global aumenta os riscos de danos causados por tsunamis.

Ele fez a advertência em um comunicado divulgado no Dia Mundial da Conscientização sobre Tsunamis, que foi celebrado nessa terça-feira (5).

A ONU determinou a criação da data em 2015, sob a iniciativa do Japão. Ao invés de referir-se à situação como “mudança climática”, Guterres usou o termo “emergência climática” em sua declaração.

Segundo ele, estima-se que 680 milhões de pessoas estejam em risco por viverem em áreas costeiras de baixa elevação e que o número pode passar de 1 bilhão até 2050.

Guterres disse ainda que, nos 15 anos desde o tsunami ocorrido no Oceano Índico em 2004, um grande progresso foi feito para aprimorar os sistemas de alerta preventivo no Oceano Índico, no Caribe e outras regiões, o que possibilitou que diversas vidas fossem salvas.

No entanto, ele alerta que, com o aumento do nível do mar, os poderes destrutivos de tsunamis podem ser exacerbados, pedindo que mais esforços sejam focados em lidar com a emergência climática.

Agência Brasil, com NHK