Facebook pode perder 80% dos usuários até 2017, diz estudo

quedafacebookO que os modelos epidemiológicos têm em comum com as redes sociais? De acordo com estudo realizado por engenheiros da Universidade Princeton, existe uma correlação matemática entre adoção e abandono de sites como Facebook e MySpace com a expansão de infecções e recuperação dos doentes.

“A aplicação do modelo sugere que o Facebook vai sofrer um rápido declínio nos próximos anos, perdendo 80% do seus usuários no período de pico entre 2015 e 2017”, dizem os pesquisadores John Cannarella e Joshua A. Spechler, do Departamento de Engenharia Mecânica e Aeroespacial da Universidade Princeton.

Para validar a hipótese, os pesquisadores consideraram dados públicos de buscas pelo termo “MySpace” no Google e os relacionaram com o ciclo de vida da rede social. Fundado em 2003, o site alcançou o pico em 2008, com 76 milhões de visitantes únicos mensais, mas caiu na obscuridade em 2011.

Segundo os autores, a aplicação da dinâmica epidemiológica é pertinente, pois tipicamente os usuários ingressam em redes sociais por causa de amigos que já participam, da mesma forma que o contágio se dá pelo contato com pessoas doentes. O abandono das redes segue a lógica contrária, com as pessoas perdendo interesse à medida que os conhecidos deixam de participar.

Esse não é o primeiro estudo que aplica padrões epidemiológicos para compreender questões além das doenças. Estudos anteriores correlacionaram modelos de contágio com a divulgação e desaparecimento de ideias.

“Os dados de buscas sugerem que o Facebook já alcançou o pico de sua popularidade e entrou na fase de declínio, evidenciada pela redução no número de buscas após 2012”, diz o estudo.

O Globo

Nº 2 do Facebook se torna uma das bilionárias mais jovens do mundo

FaceAos 44 anos, Sheryl Sandberg, uma das principais personagens da história atual do Facebook, entrou para o clube das bilionárias mais jovens do mundo.

A diretora de operações da rede social possui cerca de 12,3 milhões de ações da companhia, segundo a Bloomberg. Os papéis fecharam o dia de ontem valendo US$ 58,51 cada e a participação de Sheryl passou a ser avaliada em US$ 750 milhões.

Desde a IPO (oferta pública inicial), ocorrida em 2012, a executiva recolheu mais de US$ 300 milhões vendendo ações. Ela possui ainda 4,7 milhões de opções de ações que começaram atingir carência em maio passado.

Olhar Digital UOL

Facebook agora terá Trending Topics

 Ideia boa é ideia copiada. Recentemente, o ‘curtir’ do Facebook foi adotado pelo Twitter. Agora, é a vez da rede de Zuckerberg trazer do microblog a lista dos assuntos mais comentados, em tempo real, dentro de determinadas regiões (são os Trending Topics). A novidade, anunciada hoje, permite às pessoas seguirem temas na plataforma. Com isso, o Facebook espera aumentar a interação e a discussão entre seus usuários. A maior rede social, com mais de um bilhão de usuários, já tinha adotado o uso de hashtags, originalmente usadas no Twitter, para agrupar todas as menções a determinado assunto.

A rede fez um teste da nova função durante a entrega do Globo de Ouro.
427_1640-facebook-TTs
No comunicado, o FB informou que este é um novo produto desenhado para agregar conversações interessantes e relevantes com a finalidade de ajudar os usuários na descoberta do melhor conteúdo na plataforma. A seção aparecerá na parte direita do feed de notícias, em forma de lista. Cada tópico popular terá um título e será acompanhado de uma pequena descrição que explicará por que o assunto é tendência.

Será possível clicar em qualquer manchete para ver as postagens mais interessantes de seus amigos ou páginas que estão falando sobre esse tema específico.

No momento, o recurso está disponível em alguns países e somente para PCs. A versão mobile chegará em breve, promete o FB.

O Globo

Pegou mal no PT

O texto publicado no Facebook do PT chamando Eduardo Campos de tolo pegou mal no Palácio do Planalto. Assessores da equipe de Dilma Rousseff consideraram o ataque uma trapalhada. A avaliação é que o texto não soma nada para Dilma: apenas cria um mal-estar gratuito e serve como subsídio para Campos e Marina Silva.

Por Lauro Jardim (VEJA)

Adolescente se suicida depois que seus pais a proíbem de acessar o Facebook

adolescente-se-suicida-depois-que-seus-pais-a-proibem-de-acessar-o-facebookUma adolescente se matou após seus pais a proibirem de acessar sua página no Facebook. Ela escreveu uma nota antes de cometer o ato dizendo que não poderia viver sem a rede social.

Aishwarya Dahiwal, de 17 anos, foi encontrada enforcada em seu quarto após uma discussão com os pais sobre o tempo excessivo que passa na rede social e nas conversas no celular. O caso ocorreu na quarta-feira (1), na cidade de Parbhani, na Índia.

Em uma nota de suicídio, ela argumentou culpando os pais e suas restrições por tomar a atitude. “O Facebook é tão ruim? Eu não posso ficar em casa com as restrições e não posso viver sem o Facebook”, escreveu.

Techmestre e R7

Facebook é processado por supostamente escanear mensagens privadas

FacebookAFPO Facebook foi processado por acusações de que intercepta sistematicamente as mensagens privadas de seus usuários na rede social e lucra com a partilha desses dados com anunciantes e profissionais de marketing.

Quando os usuários compõem mensagens que incluem links para um site de terceiros, o Facebook verifica o conteúdo da mensagem, segue o link e procura por informações para enriquecer o perfil de atividade web do remetente da mensagem, violando a lei denominada “Electronic Communications Privacy Act” (Lei de Privacidade das Comunicações Eletrônicas), além das leis de privacidade e concorrência desleal do estado americano da Califórnia, segundo o processo judicial.

A prática compromete a privacidade e descumpre a promessa do Facebook de oferecer segurança “sem precedentes” para a sua funcionalidade de mensagens, disseram dois usuários do Facebook na denúncia apresentada no tribunal federal de San Jose, na Califórnia.

Processos contra empresas de internet e redes sociais estão se multiplicando na medida em que os usuários se tornam mais conscientes de quanta informação pessoal estão revelando, muitas vezes sem o seu conhecimento. O Google, o Yahoo e o LinkedIn também estão enfrentando acusações de interceptação de comunicações visando ao lucro à custa de usuários ou não usuários.

Escaneamento invasivo

O escaneamento “é um mecanismo para o Facebook reunir clandestinamente dados em um esforço para melhorar seus algoritmos de marketing e aumentar a sua capacidade de lucrar com os dados sobre os usuários da rede social”, declarou Michael Sobol, advogado dos queixosos, na queixa protocolada em 30 de dezembro.

Jackie Rooney, porta-voz do Facebook, disse que a empresa considera as alegações como “sem mérito”.

Os autores estão buscando uma ordem judicial que ateste o caso como uma ação coletiva, ou uma ação de classe, fazendo com que o processo corra em nome de todos os usuários do Facebook que enviaram ou receberam uma mensagem privada nos últimos dois anos, que tenha incluido um weblink. Eles também estão pedindo para impedir o Facebook de continuar a interceptar mensagens, buscando até US$ 10 mil em danos para cada usuário.

O Globo

FOTO: Mulher cai de píer por caminhar checando o Facebook

1335297Uma turista taiwanesa foi resgatada pela polícia marinha de Melbourne, na Austrália, depois de ter caído na água enquanto checava o Facebook no seu celular e caminhava pelo píer de St. Kilda no final da noite da segunda (16).

A polícia do Estado de Vitória disse, por meio de um comunicado publicado nesta quarta-feira (18), que a mulher “tem sorte de estar viva”, já que ela não sabia nadar e que a água estava extremamente fria no momento da sua queda, que aconteceu por volta das 23h30.

Ela foi resgatada por um barco da polícia enquanto boiava de costas a cerca de 20 metros de distância do píer de onde havia caído, cerca de 15 minutos após sua queda.

Uma testemunha ocular acionou rapidamente a autoridade, que foi auxiliada por funcionários do Pavilhão de St. Kilda, uma atração histórica controlada pela agência governamental Parks Victoria.

Segundo a polícia, a mulher não soltou seu smartphone mesmo depois da queda, durante o resgate e a sua transferência ao hospital. Ela passa bem.

À rede pública de notícias ABC, da Austrália, o oficial Dean Kelly pediu que as pessoas “prestem mais atenção enquanto usam mídias sociais próximo à água.”

Folha

Facebook estuda botão ‘de solidariedade’

curtirJá deve ter acontecido com você antes: um amigo seu quebra o pé ou é assaltado e divide a notícia na timeline do Facebook, e, para se solidarizar, você curte a postagem – o que pode gerar um sentimento dúbio: você está ‘dando uma força’ pro seu amigo ou gostou de ver que ele teve um problema?

O Facebook está estudando um meio de acabar com esse mal-entendido, planejando a criação do botão “se solidarizar” (ou “sympathise”, no inglês).

A intenção da rede social é que, quando o usuário utilize um status para falar de sentimentos negativos, o curtir se transforme no solidarizar.

Em um evento da empresa, um engenheiro do Facebook disse que o botão foi criado internamente dentro da empresa e que não há previsões para seu lançamento.

Na mesma reunião, foi divulgado que a ideia nasceu dentro de um ‘hackathon’ (maratona de desenvolvimento de ideias) feito pela companhia.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. luiz disse:

    INTERNAMENTE DENTRO
    INTERNAMENTE DENTRO
    INTERNAMENTE DENTRO
    INTERNAMENTE DENTRO
    INTERNAMENTE DENTRO
    INTERNAMENTE DENTRO
    INTERNAMENTE DENTRO
    INTERNAMENTE DENTRO
    HAUHAUHAUHAUHAUHAUHUHUHAUAHUAHAUHAU

Rapaz é detido por desacatar PMs com postagens no Facebook

20131129141221Um rapaz de 26 anos foi detido pela Polícia Militar depois de desacatar as autoridades com mensagens no Facebook. O caso foi registrado na cidade de Apucarana, no Norte do Paraná.

Segundo a polícia, as ofensas na rede social de Diego Goedi foram postadas depois que jovem teve uma motocicleta Honda Biz recolhida por impostos atrasados, na última quarta-feira (27).

O fato percorreu as redes sociais e chegou aos policiais. As equipes fizeram cópias do desacato e detiveram Diego quando ele foi ao batalhão para fazer a retirada do veículo.

O jovem foi levado à Delegacia de Polícia Civil onde assinou termo circunstanciado.

CGN UOL

Recursos simples aumentam sua privacidade no Facebook; aprenda

O Facebook possui um atalho pouco usado em sua página inicial, que fornece acesso rápido a algumas das configurações de privacidades mais importantes. Para saber como utilizá-las e blindar a sua rede social, confira este passo a passo.

Se você tiver alguma dúvida ou desejar alguma dica sobre Facebook, envie um e-mail para [email protected], que ele pode ser publicado.

1. Entre no seu Facebook e clique no ícone do cadeado, localizado na parte superior direita da tela. Ele mostrará três opções de privacidade. Aprenda a utilizá-las nas próximas etapas.
11111
2. A primeira opção, “Quem pode ver meus itens?”, corresponde ao conteúdo que é exibido em sua linha do tempo e quem pode visualizá-lo. Recomenda-se que o usuário permita apenas que amigos tenham acesso à suas informações. Portanto, modifique de “Público” para “Amigos”.
22222222222
3. Já a segunda opção, “Quem pode entrar em contato comigo?”, diz respeito às mensagens enviadas para seu perfil e as solicitações de amizades. Modifique as mensagens para “Filtragem restrita” – assim, só os amigos poderem conversar com você. A parte de solicitações fica a critério do usuário. Se ele quiser que qualquer pessoa o adicione, deixe em “Todos”. Se não quiser, modifique para “Amigos de amigos”.
33333333333
4. E a última opção é para bloquear as pessoas inconvenientes ou aquelas de quem você não quer receber novidades (atualizações). Basta colocar o nome no espaço em branco e clicar em “Bloquear”. Desta forma, ela não irá mais incomodá-lo. Se quiser ver a lista de bloqueados, clique em “Ver todos os usuários bloqueados”.
444444444
Se você fizer uso da opção de bloqueio, é importante saber que o “bloqueado” pode acabar descobrindo. A pessoa não é alertada sobre essa ação. Mas, se entrar na página de quem a bloqueou, verá que não são mais amigos.

UOL

Rede social: Facebook dá adeus ao ‘joinha’

Toda empresa passa por mudanças, e com o Facebook não é diferente: a partir desta quinta-feira, o botão de ‘curtir’ que o Facebook utiliza em páginas de terceiros (como você pode ver aqui no Link, para recomendar este e outros textos) ganhará uma nova cara.
faceboodislike390
No lugar do ‘joinha’, o gesto com os polegares para cima em sinal de aprovação, o Facebook passará a usar um botão em azul mais escuro que o atual, o seu logotipo (o “f” característico) e um Like escrito em fonte Helvetica.

Pode parecer uma transição simples, mas trata-se de uma marca que aparece em 7,5 milhões de sites diferentes, e é visualizada aproximadamente 22 bilhões de vezes por dia. Lançado em 2010, o botão está passando por mudanças pela primeira vez.

Além disso, o Facebook também passará a incentivar os sites para que usem não só o botão de ‘curtir’, mas também o de ‘compartilhar’, esperando que os usuários entendam a diferença entre eles: o primeiro posta automaticamente na linha do tempo de cada perfil, enquanto o segundo deixa o usuário adicionar alguma descrição de texto àquele link.

Entretanto, o ‘joinha’ não vai sumir completamente: o Facebook não informou nenhuma alteração em sua presença dentro da própria rede social.

facebook_like_designs

Estadão

"O inconveniente": Facebook quer monitorar movimento do cursor do mouse do usuário

ÍndiceO Facebook está prestes a ampliar o escopo das informações que coleta de seus usuários. Não bastasse saber com quem você namora e o que você “curte”, a maior rede social quer registrar agora como se comporta o cursor do seu mouse e como está sendo visualizado o feed de notícias na tela do seu celular.

Segundo informou o chefe de análise do site, Ken Rudin, ao “Wall Street Journal”, a companhia está realizando testes para ver se vale à pena incorporar aos seus bancos de dados esses detalhes mais prosaicos sobre a interação dos internautas com o conteúdo da rede. Caso sejam integradas, as informações podem ser exploradas durante a criação de novas funcionalidades e no aprimoramento da plataforma de anúncios do Facebook.

— Não posso prometer que isso vai dar certo. Nós provavelmente saberemos disso dentro de alguns meses — disse Rudin, que chegou ao Facebook vindo da companhia de jogos Zynga, uma especialista na análise de dados de interação com conteúdo.

O Globo

Garota de 17 anos comete suicídio por ter sido proibida de usar o Facebook

470Uma adolescente tirou sua própria vida por conta de um pequeno castigo. Seus pais a proibiram de acessar seu perfil no Facebook. Em um bilhete deixado, ele disse que se matou porque não suportaria viver sem poder entrar no site.

Aishwarya Dahiwal, de 17 anos, foi encontrada enforcada em seu quarto na cidade indiana de Parbhani depois de uma discussão com seus pais sobre o uso excessivo que fazia do site. Ela ficava longas horas conectadas, tanto no computador como no celular.

A polícia não culpou os pais e salientou que eles tiveram apenas a boa intenção de tentar garantir a menina uma boa educação. “Eles aconselharam a ela que se concentrasse em seus estudos na escola e ficasse longe das longas conversas nas redes sociais”, disse um comunicado oficial da polícia, de acordo com a NDTV.

A garota culpou os pais, no bilhete, por sua morte: “O Facebook é tão ruim assim? Eu não posso ficar em uma casa com tais restrições, como eu não posso viver sem meu Facebook”.

De acordo com o jornal Newsweek Paquistan, o acesso à Internet está se popularizando rapidamente em toda a Índia, inclusive em locais rurais e de difícil acesso. A publicação ainda alerta que muitos jovens estão trocando seus estudos para ficarem conectados constantemente nas redes sociais.

Jornal Ciência

FOTOS: Suspeito de matar menina, considerado um dos traficantes mais temidos do RJ, reclama da cadeia pelo Facebook

17_07_06_48_fileAnderson da Silva Verdan, o Bamba, que está preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio, começou a fazer postagens e a publicar fotos no Facebook nas últimas semanas. Ele reclamou na rede social que não tem liberdade na cadeia. Bamba é acusado e participar da morte da menina Geovanna Victória, em janeiro deste ano.

O detento mudou a foto do perfil dele e exibiu imagens ao lado de amigos e parentes. Agentes penitenciários fizeram uma revista na cela e encontraram dois celulares.

17_07_06_110_fileA Seap (Secretaria Estadual de Administração Penitenciária) abriu uma sindicância para apurar como os aparelhos com acesso à internet foram parar nas mãos de Anderson Verdan.

O Bamba era um dos traficantes mais procurados pela polícia do Rio. Ele foi capturado em julho. Segundo as investigações, além da morte de Geovanna (foto), Verdan também participou do assassinato de Angelito Barros Correia de Mello, de 27 anos, em agosto de 2012.

17_07_06_177_fileAinda de acordo com a polícia, o Bamba era um dos líderes da “gangue da retroescavadeira”, que quebrava paredes de farmácias durante a madrugada na Baixada Fluminense para roubar caixas eletrônicos.

Anderson Verdan foi preso ao tentar entrar no morro do Urubu, em Pilares, na zona norte. Contra ele havia três mandados de prisão. O Bamba tem nove registros criminais por tráfico, homicídio e latrocínio. Imagens feitas de um helicóptero mostraram ele no meio de uma festa de traficantes no morro da Mineira.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    Essas alturas a Comissão de Direitos Humanos da OAB deve estar em polvorosa diante dessa situação e buscando um meio de garantir a esse bandido melhores condições de vida. Essa piada é um país…

Falha no Facebook não deixa usuário curtir nem compartilhar

facebook-problema-curtir-like-ptg-reproUsuários do Facebook reclama por volta das 10h25 desta segunda-feira de falhas na hora de curtir e compartilhar posts no Facebook. No Twitter, usuários também comentam que não conseguem comentar conteúdos.

O Terra testou a rede social e também não conseguiu interagir. O problema acontece também quando o usuário tenta postar em páginas. O aplicativo apresenta a mesma falha, segundo usuários.

O problema também está ocorrendo nos Estados Unidos e em outros países, segundo o Mashable.

O serviço de mensagens Messenger continua funcionando.

Procurado, o Facebook ainda não se manifestou sobre o problema.

Terra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gabriel disse:

    #Facebug .. e é assim que o Facebook abre brecha para concorrentes..
    Esse é meu ver !

App falso no Facebook rouba dados com promessa de acesso ao histórico

20131014140211A empresa de segurança Symantec identificou um aplicativo falso no Facebook que promete acesso ao histórico de visitas como isca para roubar informações confidenciais. A mensagem falsifica a página inicial da rede e explica o serviço em inglês. (veja abaixo)

Convidados pela proposta, os curiosos que inserem seus dados pessoais acabam por instalar um arquivo conhecido como “Infostealer” (Ladrão de informações). O malware capta os dados da vítima e os encaminha ao e-mail do invasor, que, segundo a Symantec, está inativo há dois meses.

Para se proteger, os internautas devem seguir as recomendações de sempre como verificar a procedência do aplicativo, evitar clicar em links suspeitos e não fornecer informações pessoais em locais virtuais desconhecidos.

Olhar Digital UOL