Turismo

Passeios de Turistas no RN tem queda de mais 70%, empresas tem dificuldades de sobreviver

O Sindicato das Empresas de Turismo do Rio Grande do Norte registrou uma queda de 70,77% nos passeios, empresas operam com redução de capacidade e protocolos sanitários reforçados.

Segundo pesquisa realizada pelo SINDETUR-RN, Sindicato das Empresas de Turismo do Rio Grande do Norte, o segmento registrou uma queda de 70,77% no número de passeios realizados entre Abril/2020 e Março de 2021, em comparação ao período anterior à pandemia, no Rio Grande do Norte.

“A pesquisa foi realizada entre as principais empresas de receptivos e passeios turísticos do estado, na qual representam 80% do mercado”, explicou Júnior Câmara, presidente do Sindetur-RN.

Esse dado é altamente preocupante, uma vez que o reflexo é muito forte nos municípios que recebem diariamente os turistas de “bate e volta”, como Parnamirim, Nísia Floresta, Tibau do Sul, Extremoz, Maxaranguape, Canguaretama, Baía Formosa, Galinhos, Rio do Fogo, São Miguel do Gostoso e Touros.

“Nestes municípios existem diversos serviços turísticos, tais como passeios de barco, quadriciclos, buggy, restaurantes, barracas de praia, lojas de artesanato, ambulantes, etc, que também estão sofrendo com essa queda do fluxo de passageiros. A cadeia de atividades que depende destes turistas é enorme”, finalizou Júnior Câmara.

 

Opinião dos leitores

  1. Uma cidade que sobrevive do turismo jamais poderia paralisar a cadeia da forma como vem sendo feito em Natal. Basta analisar outras cidades turísticas como Foz do Iguaçu, Gramado, Jericoacoara, João Pessoa… todas elas estão se vendendo como destinos turísticos seguros. Enquanto aqui, se aplicam medidas que se mostraram eficientes em cidades e países extremamente industrializados e com características econômicas diferentes de Natal.

  2. Esta queda é temporária,o problema é mundial,ninguem se esqueça que houve atrazo nas vacinações.No mes de outubro com 70 % vacinado o verão sera bom.Lembrem que no verão passado houve um esboço de recuperação.Tudo vai melhorar,mas o problema é o meteoro.

  3. Todos os setores econômicos do RN estão sendo esfacelados por esse governo incompetente e sem atitude. E a educação, também, assim como a saúde (onde os bilhões enviados pelo governo Bolsonaro?). E a segurança, idem, já que a polícia está sendo usada para perseguir o cidadão de bem e impedir quem quer trabalhar. Triste RN.

  4. Qual foi o Estado da Federação que teve crescimento no Turismo com a Pandemia? Com Bolsonaro presidente Brasil virou covidário, ninguém quer vir pro Brasil…

  5. Fatão destrói os empreendedores potiguares, mal intencionadamente com sucessivos Lockdown, e mesmo com os cofres do estado abarrotados de bilhões de reais enviados pelo governo federal, não socorre financeiramente os ambulantes e micro empresários prejudicados por não poderem trabalhar e sustentar suas famílias. É muita estupidez dessa governadora insensível.

  6. Sem vacinas suficientes nem o devido controle sanitário e epidemiológico, o país para. Já onde houve o devido controle ou vacinas, os países voltaram a funcionar, inclusive com shows… Aqui temos um presidente que negou a pandemia, as medidas sanitárias, de isolamentos, uso de máscaras, estimula aglomeração e era contrário às vacinas…

    1. Viaja para João Pessoa e depois comenta aqui. Tudo funcionando com as devidas medidas de proteção.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Grécia suspende quarentena e abre suas portas a turistas vacinados contra a Covid-19

Foto: Getty Images

A Grécia suspendeu a quarentena para viajantes vacinados e com teste negativado de Covid-19. Embora os visitantes que preencham estes requisitos tenham autorização para fazer check-in em hotéis e aproveitar as praias gregas, eles estarão sujeitos às mesmas restrições dos habitantes locais. Isso significa que não poderão frequentar restaurantes e bares, exceto para delivery.

A medida faz com que a Grécia se torne um dos primeiros grandes destinos europeus a reabrir para os turistas antes da temporada de verão – o que pode fazer com que o país “roube” uma parte significativa dos turistas que pretendem frequentar hotspots europeus.

De acordo com as novas regras, está autorizada a entrada de turistas vindos da União Europeia, Reino Unido, Estados Unidos, Israel, Sérvia e Emirados Árabes Unidos que já tenham sido vacinados ou testaram negativo no PCR em até 72 horas antes da chegada.

As autoridades disseram que verificações rápidas serão realizadas nos pontos de entrada. Hotéis também estão prontos para acomodar aqueles que apresentarem resultados positivos durante o processo. Protocolos de segurança, incluindo o uso de máscaras e o distanciamento social, permanecem em vigor.

O ministro do Turismo da Grécia, Harry Theoharis, disse à CNN que o país “está dando os primeiros passos de um processo de abertura gradual que levará a uma abertura total do turismo na Grécia no dia 14 de maio. Durante as próximas semanas faremos ajustes”.

Início lento. Além de Atenas e da cidade de Thessaloniki, na costa leste, estão permitidos voos internacionais diretos para alguns dos destinos de férias mais populares da Grécia como Creta, Rodes, Kos, Mykonos, Santorini e Corfu. O setor do turismo é responsável por mais de 20% do PIB do país e cerca de 25% da força de trabalho grega -o que representa mais de um milhão de empregos.

Com uma economia tão dependente do setor, Atenas tem feito uma campanha vigorosa para a introdução de passaportes de vacina para encorajar viagens em toda a UE. O país também está em negociações com países não pertencentes à UE para tentar estabelecer “corredores de viagens”. Visitantes israelenses com teste negativo ou com certificados de vacinação, por exemplo, estão isentos da quarentena de uma semana desde o início de abril.

O anúncio da abertura feito na segunda-feira (19) foi bem-vindo entre os gregos na festa popular da ilha de Mykonos. O prefeito Konstantinos Koukas disse que as receitas da temporada de férias em 2020 atingiram apenas 30% do que foi arrecadado no ano anterior, em 2019.

Iraklis Zissimopoulos, CEO do Semeli Hospitality Group (grupo que inclui hotéis, bares e restaurantes na ilha), descreveu a flexibilização da abertura também tem contornos simbólicos. “Isso envia uma mensagem de que a Grécia está cumprindo sua promessa de abertura total em maio. Sabemos que vai ser um começo lento, mas é muito bem-vinda”, disse.

Escudo protetor. Mesmo com o programa de vacinação da Grécia progredindo em ritmo modesto – atualmente menos de 10% da população recebeu a primeira dose – mais restrições devem ser suspensas nas semanas que antecedem 14 de maio. A partir do próximo mês, uma vez que os grupos mais vulneráveis ​​tenham sido vacinados, os trabalhadores do setor de turismo devem ser os próximos.

Dezenas de ilhas menores da Grécia, com menos de mil habitantes, já foram vacinadas com as duas doses. O programa de vacinação agora está se expandindo para ilhas maiores. A proteção nas ilhas permite que a Grécia ofereça zonas livres de Covid específicas. “Se todos os moradores forem vacinados em Mykonos, uma ilha com cerca de 10 mil habitantes, teremos uma espécie de ‘escudo protetor’”, diz Zissimopoulos, que também é cardiologista.

O governo está certo que existe um “apetite” para viagens. No início deste mês, um experimento elaborado por especialistas da indústria de viagens propôs que quase 200 participantes holandeses voassem para a ilha de Rodes para trocar o isolamento em casa por uma semana de confinamento voluntário num resort de praia.

Eles não foram autorizados a deixar o resort durante a estada e concordaram em ficar em quarentena por até 10 dias ao voltar para casa. O teste de “férias seguras” deu tão certo que atraiu mais de 25 mil inscrições em menos de 24 horas, de acordo com Martine Langerak, porta-voz da operadora de turismo Sunweb, que organizou a viagem sob a supervisão do governo holandês.

Momento especiais. “Ficamos surpresos com a demanda. Isso mostra o quanto as pessoas querem passar as férias aqui”, disse Langerak à CNN. Apesar da decisão da Grécia em abrir suas fronteiras, alguns países como o Reino Unido ainda mantiveram as restrições impedindo viagens internacionais. O recente aumento no número de infecções no país significa que o governo britânico pode exigir aplicar quarentena na volta para casa.

Especialistas da indústria de viagens concordam que será um começo lento. A expectativa é que as reservas comecem a aumentar apenas em julho. Isso significa que milhares de gregos que atuam no setor do turismo e das indústrias relacionadas terão que esperar para saber se e quando terão um emprego neste verão.

Roxane Seewoester, planejadora de casamentos de 25 anos da Golden Apple Weddings em Rodes (destino que normalmente recebe mais de dois milhões de turistas anualmente), diz que a maioria dos casamentos de turistas foi cancelada no ano passado. E neste verão, eles estão novamente sendo empurrados para trás.

“Trabalhamos muito com gente dos Estados Unidos e da Austrália”, diz ela. “É um longo caminho a percorrer. As pessoas precisam de meses para se planejar. Esperamos que possam vir comemorar seu momento especial com seus entes queridos e que todos possamos seguir em frente com nossas vidas.”

CNN Brasil via Viagem & Gastronomia

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

TJ suspende decisão que proibia turistas em Búzios, no Rio de Janeiro

Foto: 9497625/Pixabay

O desembargador Claudio de Mello Tavares, presidente do TJ do Rio de Janeiro, atendeu a pedido da prefeitura de Búzios (RJ) e suspendeu a decisão que proibia a entrada e permanência de turistas na cidade.

“Ninguém desconhece o grave momento que atravessa a coletividade, no Brasil e no mundo inteiro”, escreveu Tavares, no texto assinado nesta quinta (17).

Mas “[o] que prevalece é o respeito aos critérios utilizados pelo Poder Executivo, a quem cabe definir seus planos de ação no combate à pandemia, porquanto promanados de governantes escolhidos pelo povo, titular originário do poder, e que legitima o atuar político da Administração Pública”.

“A ingerência do Judiciário nessa seara é feita de forma excepcional e deve estar cingida àquilo que se pode razoavelmente exigir do Poder Público, não substituindo-o em suas escolhas”.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Ninguém morre mais de outra doença!
    Tudo é corona… a ansiedade mata mais que a doença em si… Não sou negacionista… claro que esse vírus foi criado e está circulando… Mas existe uma manipulação por parte de um sistema … nada foi por acaso… o vírus não surgiu do nada

  2. Ñ culpo nem os estabelecimento comerciais, mas sim os imbecis que no meio de uma pandemia com mais de 180 mil mortos querem se aglomerar e fazer festa.

    1. A esquerda nunca vai entender esses nobres valores de liberdade e corajem. Tá com medo do vírus? Fica em casa vendo seriado e fazendo origami. Deixa quem precisa alimentar os filhos trabalho do dia trabalhar. É pedir muito?

    2. Fica trancado em casa, coloca uma máscara tripla, espera o auxílio emergencial e quem sabe, os cinco milhões dos respiradores são distribuídos entre os confinados!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Quarentena de turistas na Inglaterra e na Irlanda pode ser reduzida pela metade; afrouxamento vale para viajantes do Brasil

Mulher caminha sobre a Westminster Bridge, em Londres, com o Parlamento britânico ao fundo Foto: DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP

Quarentena obrigatória de 14 dias é um empecilho e tanto para viagens internacionais. E se for de uma semana? Inglaterra e Irlanda anunciaram que viajantes que se submeterem a novos testes PCR cinco dias após a chegada em seus territórios poderão, caso não estejam com o novo coronavírus, sair do isolamento bem antes do previsto. O afrouxamento vale para as pessoas provenientes de países considerados de alto risco de transmissão comunitária, como o Brasil.

A política conhecida em inglês como Test-to-Release (“testar para liberar”) já está sendo aplicada na Irlanda desde o final de novembro. Na Inglaterra (e não nas demais nações do Reino Unido), ela começará a valer em 15 de dezembro.

O programa não é obrigatório a todos os viajantes. Mas quem aderir precisa informar com antecedência, através dos formulários de entrada, preenchidos antes do embarque, tanto para a Inglaterra quanto para a Irlanda.

As autoridades locais sugerem que o turista agende seu teste com antecedência, para garantir que a data coincida com o quinto dia após o início da viagem. O exame é feito por laboratórios particulares e o custo do PCR deverá ser pago pelo próprio viajante, o que não deve sair por menos de cem libras esterlinas (cerca de R$ 680) na Inglaterra.

O teste poderá ser feito no imóvel ou quarto de hotel onde o viajante está isolado, ou mesmo em locais externos, como centros de testagem. Se esta for a opção, é necessário usar um meio de transporte particular.

Como o resultado costuma sair em 48 horas, quem tiver teste negativo para a presença do novo coronavírus estará liberado após uma semana, em média. Mas se o teste der positivo, o confinamento deverá continuar por dez dias após a data da coleta ou do surgimento dos primeiros sintomas. Após esse período, o viajante será monitorado pelo sistema de saúde britânico.

Mais informações estão nos portais oficiais dos governos do Reino Unido (gov.uk) e da República da Irlanda (gov.ie).

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Governo do RN faz capacitação de profissionais para captar turistas LGBTQ+

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em estratégia de segmentação da atividade turística adotada pelo Governo do Estado, o Rio Grande do Norte anunciou que haverá treinamento para o trade do estado melhorar a captação de turistas LGBTQ+.

O diretor executivo comercial da Associação Internacional do Turismo LGBTQ+ e da Câmara de Comércio e Turismo LGBT no Brasil, Clovis Casemiro, vai ministrar palestra sobre o tema. Mais detalhes AQUI em reportagem da Tribuna do Norte.

Opinião dos leitores

  1. Natal precisa de infraestrutura, segurança, preços justo e novos atrativos turisticos. O turista que veio a 05 anos atrás, se voltar em breve, vera as mesmas coisas. Aqui não tem investimento! Acesso sul do aeroporto de São Gonçalo, sem posto policial e no completo abandono.

  2. Nada contra o pessoal LGBT, mas não seria mais racional capacitar as policias civil e militar para combater a criminalidade que afeta o turismo todos os dias? Quando o RN terá um governo preocupado com a porta de entrada de turistas que é o aeroporto de São Gonçalo, cuja via de acesso é palco da ação de marginais de altíssima periculosidade?

  3. Amigos é triste ver um estado como o nosso tão lindo e não cresce no turismo e a senhora governadora vem com treinamento específicos pelo amor de Deus, invista na Rampa lugar belíssimo, no forte dos Reis Magos, cadê os forros com o turista, faça da Ribeira como o Rio faz, Ribeira Boêmia, incentive mais ainda o empresário para investir no turismo aí sim teremos mais empregos governadora com todo o respeito veja o nosso RN como o estado do turismo.

  4. O turismo do Rio Grande do Norte necessita de atrativos feitos pelo homem. Beleza natural temos. Precisamos do FORTE ABRIR E VALORIZAR. ABRIR IGREJAS ANTIGAS, NA CIDADE ALTA TER SEGURANÇA, VOLTAR A RIBEIRA ANTIGA COM BONDINHOS COMO NO RIO DE JANEIRO. PROJETOS INTERESSANTES, NÃO VEJO CONSTRUÇÃO DE ESTÁTUA ATRAIR TURISMO A NÃO SER TURISMO RELIGIOSO ADEQUANDO A TER ATRATIVOS COMO EM APARECIDA . A SORTE DO RN SÃO AS BELEZAS NATURAIS. ESSE PROJETO É JOGAR DINHEIRO FORA. PROCUREM OS GUIAS DE TURISMO ANTIGOS E PERGUNTEM O QUE NATAL NECESSITA? TODOS TERÃO BOAS RESPOSTAS PORQUE SÃO OS GUIAS QUE VIVEM COM O TURISTA CARA A CARA E ESCUTA TUDO.

  5. Pelo amor de Deus, e onde fica a capacitação pra receber FAMÍLIAS, Religiosos, estudantes, empresários….a capacitação deve ser pra todos os públicos ?

    1. Deixa de ser burra, já existe. Ou tu acha que quem frequenta Natal são o que? Javalis? Ô benção!

  6. Que tal pedir primeiro o consentimento dos contribuintes (pagadores) ?
    Eu como pagadora de impostos não aceito essa atitude discriminatoria.
    #ForaFatãoGopi

    1. Realmente é desgoverno….
      Em 2021, o GOVERNO DO PT 3 anos sem REPOSIÇÃO 3 X 0 para os PELEGAS.

  7. E Fátima está querendo construir um memorial LGBT com uma estátua de 20 metros de São Sebastião (Santo LGBT) em cima do Morro do Careca. Tipo o Cristo Redentor.

    Vai ficar lindo.

    1. E a professora será quem? LULADRAO disse que Mule tinha o g…duro.

  8. É a desgovernadora querendo transformar o RN no Estado gay do Brasil, estamos caminhando para o fundo do poço, uma tragédia anunciada.

    1. Né isso… O molusco disse que é Pelotas, mas pelo visto o RN vai ficar em 1°.?
      #ForaFatãoGopi

  9. Presepada é essa????Capte turistas, governadora, independentemente do que queiram ser na vida sexual.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

União Europeia libera turistas de 15 países, e barra brasileiros, americanos, russos e indianos

Foto: KENZO TRIBOUILLARD / AFP

A União Europeia confirmou oficialmente nesta terça-feira que brasileiros e americanos serão barrados na reabertura das fronteiras externas do bloco, no dia 1° de julho, após mais de três meses fechadas. De início, o processo gradual permitirá apenas a visita de pessoas residentes em um grupo de 14 países que conseguiram controlar a pandemia de Covid-19 em seus territórios. Nas Américas, apenas Uruguai e Canadá foram incluídos no seleto rol.

A escolha da lista e seus critérios foram alvo de intensas discussões durante o final de semana, mas os 27 países-membros do bloco ratificaram o acordo nesta terça por maioria qualificada. Os países selecionados são: Argélia, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Japão, Geórgia, Marrocos, Montenegro, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

A China seria o 15º país e seus cidadãos também poderão ter seu ingresso permitido, mas para isso Pequim precisará liberar a entrada de europeus em seu território, já que a reciprocidade é uma das condições exigidas por Bruxelas.

Brasileiros, americanos, russos e indianos — alguns dos maiores visitantes estrangeiros do bloco — continuarão vetados. Isto porque não se englobam nos três critérios traçados pelos europeus: que a tendência de contágios esteja estável ou decrescente; que sejam respeitados critérios internacionais de testagem, vigilância, contenção e rastreio de novos casos; e que o número de casos por 100 mil habitantes seja inferior à média europeia no dia 15 de junho.

Nas duas primeiras semanas deste mês, segundo o “The New York Times”, o bloco teve 16 novos casos por cada 100 mil habitantes, enquanto a estatística brasileira estava em 190 e a americana, em 107. Hoje, os dois países são os mais afetados pela pandemia: têm, respectivamente, 2,5 milhões de casos, com 126 mil mortes, e 1,3 milhão de casos, com 58 mil mortes.

Os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump tiveram posições semelhantes em relação ao vírus, minimizando seu impacto, duvidando de informações científicas e fazendo pressão para a retomada das atividades econômicas. Trump ainda permitiu, em meados de março, que a força-tarefa da Casa Branca para a Covid-19 divulgasse recomendações de isolamento social. Bolsonaro, no entanto, teve dois ministros da Saúde que se demitiram porque ele discordava das orientações defendidas por eles para conter a pandemia.

Outros países além dos 14 escolhidos também se englobariam nessas condições, mas se optou por uma lista mais seleta e política para permitir o acordo. A confiabilidade das estatísticas de diversas nações foi um impasse durante a discussão, deixando de fora diversas nações africanas, americanas e asiáticas, como a Venezuela, Angola, Cuba e Vietnã. A decisão de excluir os americanos também foi vista como uma crítica à maneira como o governo de Trump vem lidando com a pandemia.

Fechadas desde março

O critério da reciprocidade também parece ter sido usado arbitrariamente: a condição é aplicada aos chineses, mas não aos argelinos, cujo país mantém suas fronteiras fechadas. A lista será revisada a cada duas semanas, com possíveis inclusões ou exclusões, a depender da situação epidemiológica.

A lista, segundo fontes do jornal El País, provocou tensões entre os integrantes da UE: cada um defendia a abertura para países diferentes, em meio a preferências políticas e ao medo de que um erro desencadeie um novo surto de Covid-19. A corrida contra o relógio para aprovar a medida vem em meio ao início da alta temporada do verão, fundamental para o turismo no Velho Continente.

O texto aprovado nesta terça não passa de uma recomendação, o documento legal mais forte do bloco, mas deverá ser adotado unanimemente. Como as fronteiras da Zona Schengen são abertas, um viajante pode passar livremente de um país para o outro, o que implicaria uma responsabilidade coletiva.

Na prática, no entanto, os 27 países-membros se comprometeram a autorizar apenas cidadãos dos 14 países listados, mas poderão aplicar regras ainda mais restritas caso julguem necessário. Cada país poderá também determinar se irá impor restrições adicionais, como autoquarentenas para turistas. A recomendação da UE não se aplica à Irlanda ou à Dinamarca, países que têm um status especial no que diz respeito às suas fronteiras. No caso britânico, que passa por um período de transição pós-Brexit, a aplicação será voluntária.

Até o dia 16 de março, cidadãos de 67 países podiam visitar a União Europeia livremente, e outros 105 poderiam solicitar vistos. Frente à pandemia de Covid-19, da qual foi epicentro entre março e abril, o bloco tomou a medida sem precedentes de fechar suas fronteiras, buscando evitar medidas unilaterais. As fronteiras internas começaram a ser reabertas em 15 de junho, à medida que nações como Itália, França e Espanha, que já foram o epicentro da pandemia, começaram a controlar o número de novas contaminações e mortes.

O Globo

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Enquanto a recomendação é ficar todo mundo em casa, em Natal há fila de buggys com turistas e ainda passeios em ônibus no Aquário nesta sexta

A recomendação mundial é que a população fique o máximo de tempo possível em casa em decorrência da pandemia de coronavírus.

Em Natal, na manhã desta sexta-feira(20), há uma fila de buggys com turistas na Via Costeira – para o início de passeios pelas paisagens locais.

Em frente ao Aquário Natal,  ônibus com turistas para descer ao local.

É direito do turista passear, mas fica a pergunta a capital e ao estado: será que vão colocar em risco todo esse aglomerado e demais trabalhadores nestas atividades e locais.

Em cidades pelo mundo em que algumas atividades do tipo seguiram os casos de coronavírus se multiplicaram rapidamente.

Opinião dos leitores

  1. Os empresários do turismo estão na secretária de Turismo e querem lucratividade. Não adianta esconder pq todos sabem. Que a secretária do turismo no RN é sócia de dois receptivos. E querem lucro acima de tudo.

  2. Os shoppings de artesanato estão funcionando e recebem turistas de todo lugar, e estão colocando todos em riscos com essas aglomerações. O estado tem que tomar uma atitude rápido.

  3. E as secretarias do estado RN também estão funcionando normalmente, apenas os funcionários com mais de 60 anos, mães com filhos de até 1 ano foram liberados desta secretaria, mais a pergunta é, quem tem menos de 60 mais tem pais, avós, tios com mais de 60, também não corre o risco de transmitir?

  4. Hoje em frente a placa de Natal em Areia Preta os turistas em um ônibus cheio de aglomeravam pela calçada, tiravam fotos todos juntos ou abraçados. Um absurdo, essas empresas e pessoas não tem noção do que está acontecendo?! Pq o Estado e prefeitura também já não proibiu esse tipo de evento já que as pessoas não tem consciência?!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Bandidos param veículo em caminho do aeroporto na Grande Natal e assaltam motorista de aplicativo e turistas

Foto: Ilustrativa/Pixabay

Mais um assalto foi registrado no caminho do aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. De acordo com relatos das vítimas, a ação criminosa seguiu os moldes já conhecidos.

Na noite dessa quinta-feira(13), um motorista de aplicativo foi obrigado a parar o veículo, em plena pista, e marginais levaram todos os pertences do trabalhador e ainda de três passageiros turistas.

Opinião dos leitores

  1. Pessoal
    Eu fui uma das vítimas que estava no carro…
    Primeiramente quero agradecer a Deus por não ter acontecido nada com minha família.
    O que aconteceu nesse dia não desejo a ninguém
    Quase uma viagem para chegar no aeroporto
    Estava já aguniado pq nunca chegava
    Passamos no quebra mola e entramos ali naquele balão rumo a entrada do aeroporto quando vi a luzes fiquei mas tranquilo.
    Foi aí que a pior sensação da vida aconteceu
    Vieram 4 bandidos num carro importado todos armados
    Pararam nosso carro e falaram para passar tudo
    Graças ao bom Deus
    Eles viram que estávamos com duas crianças de colo e ficaram nervosos
    Pegando só carteira e celular do motorista só aplicativo.
    Sendo que tinha um carro fazendo a contenção atrás e uma moto a sem metros atrás dando cobertura
    Parecia uma sena de filme
    Algo muito ruim mesmo
    Minha esposa ficou muito mal por vários dias.
    Foi triste
    Tomara que com esses comentários
    as autoridades tomem providência.
    Acredito que a polícia tem até medo daquele lugar
    Paramos uma viatura depois e a polícia foi saindo devagar como se nada tivesse acontecido
    Por momentos até achei que a polícia tivesse envolvida
    Chegamos ao aeroporto tivemos outro pesadelo
    Não tinha um se que policial
    Foi triste
    Foi medo
    Foi terrível a situação.

  2. Rapaz… sempre vejo viaturas policiais qdo vou ao aeroporto nas imediações, principalmente de madrugada. Essa notícia está muito vaga. Indo para o aeroporto.

    1. Infelizmente o bandido é astuto
      Eu fui uma das vítimas que se encontrava no carro…
      Estava com meus dois filhos de colo
      Foi uma situação que não quero para ninguém.
      Eles estavam com 2 carros extremamente armados
      E tinha até moto na jogada
      Tinha policiamento sim
      Porém uma viatura não contém vário a bandidos armadas.
      A polícia lá deve ter até medo.

  3. E ainda dizem que a violência reduziu – faz-me rir.
    Vejam os telejornais, os jornais e blogs – é sempre destaque assaltos, arrastões, homícideos e tudo mais.
    E a pipokuda Bokus ainda fala em redução da violência – para ela que anda cheia de guarda costas e carro blindado melhorou.

  4. Na madrugada da quinta-feira fui deixar uma pessoa no aeroporto e por volta das 3:00hs sofri uma tentativa de assalto na lombada antes da rotatória para Ceará-Mirim e litoral norte… Quando diminui a velocidade por causa da lombada, dois marginais armados saíram do mato, forçando minha parada, na hora acelerei e consegui escapar…

    Ligo para o 190 e não deram a mínima… a polícia também não está nem aí…

    São sempre os mesmos pontos de ataque… na descida do viaduto da Urbana, na lombada da favela do mosquito, na lombada antes da rotatória para Ceará-Mirim e na curva da alça de acesso ao aeroporto.

  5. Esse aeroporto foi invenção de HENRIQUE ALVES, primo de CARLOS EDUARDO ALVES, de GARIBALDI ALVES…. O povo vai pagar por isso o resto da vida. É longe de tudo e de todos.

  6. Sr. Manuel, não fazem porque sabem que segundo o adágio popular: "ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão"…. mas seria uma experiência inesquecível para essas autoridades. Turismo radical….sentir na pele o que os nativos sentem. Vivenciar o que os "seres humanos" vivenciam.

  7. Jamais ouvi falar em assalto quando tínhamos um Aeroporto de qualidade – o Augusto Severo. Infelizmente, políticos descomprometidos com a seriedade, nos legaram o presente de grego que tem o nefasto nome de Aluísio Alves.

  8. pq esses bandidos não assaltam uma autoridade que vai para uma reunião em Brasília, ou uma autoridade qualquer que vai com a família pegar seu vôo ali neste tão belo e efeciente aeroporto? Puxa, uma experiência humilhante dessas é pra ser compartilhada com todos…

    1. Pq essas autoridades vão escoltadas por polícia, seguranças e com carros blindados. Enquanto isso, nós meros mortais…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bombeiros salvam de afogamento família de turistas do DF na Praia de Búzios, no litoral sul potiguar

Uma família de turistas de Brasília-DF, composta por pai, mãe e filho foi resgatada por guarda-vidas do posto de salvamento do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte na Praia de Búzios, na Grande Natal, na manhã desta sexta-feira(27).

A rápida ação dos salva-vidas aconteceu logo após a  entrada da família ao mar e as primeiras dificuldades com a perigosa e conhecida correnteza no local. Após socorridos e atendidos, foram liberados ainda na praia.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns para os bombeiros , mas aquela área de transição entre Búzios e Tabatinga deve ser fechada para banhos , pois muitas tragédias já ocorreram ali . Bloquear é preciso !!!

    1. É verdade amigo, super perigosa e também deveria ter uma base permanente dos guardas vidas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Problema global, álcool falsificado é uma preocupação crescente para turistas, mais comum do que se pode imaginar – além de já ter causado diversas mortes

As notícias sobre as mortes trágicas de diversos turistas norte-americanos na República Dominicana, em maio de 2019, criaram alarde e um frenesi da mídia. Até 30 de junho, houve ao menos nove mortes com circunstâncias semelhantes. O FBI e as autoridades dominicanas estão investigando, e uma das teorias é que álcool falsificado foi o causador das mortes.

O FBI coletou amostras de álcool para testagem, e os hotéis nos quais alguns turistas morreram removeram o álcool dos frigobares de quartos de hotel. Mas as preocupações estão crescendo, e o Senador de Nova York, Chuck Schumer, Partido Democrata, recomendou no dia 20 de junho que o Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos e os Centros de Prevenção e Controle de Doenças tomassem conta da investigação.

Muitos acham estranho que álcool, especialmente adulterado ou falsificado, possa ter causado essas mortes. Mas alguns especialistas parecem concordar que os sintomas e circunstâncias se encaixam nos indicativos de morte causada por álcool adulterado.

Como professora de saúde pública, preciso notar que pesquisas agora mostram que nenhuma quantidade de álcool é considerada segura em termos de saúde, e que o álcool está relacionado a muitos cânceres e doenças do coração, além de ser um fator de risco chave para acidentes de trânsito, violência e suicídio.

Ainda assim, álcool falsificado ou produzido ilegalmente traz um novo nível de risco, por não ser monitorado para segurança e poder incluir ingredientes como metanol, conhecido por ser extremamente prejudicial para a saúde.

Falso, ilegal e adulterado

Graças à regulação rigorosa de álcool, os norte-americanos talvez não vejam ou escutem muito sobre álcool falsificado nos EUA, mas em muitas outras partes do mundo álcool falsificado ou “ilegal” é mais comum e uma preocupação de saúde pública crescente.

Álcool falsificado ou ilegal é parte de uma categoria maior descrita como álcool não registrado, porque não é revelada em estatísticas oficiais e não é monitorada para qualidade ou impostos. A Organização Mundial da Saúde estima que 25% do álcool consumido no mundo não é registrada.

Álcool falsificado geralmente é feito para parecer álcool legítimo, como vinhos finos e destilados caros, em termos de aparência, gosto e embalagem. Mas existem também outros tipos de álcool que são tipicamente considerados ilegais, como “moonshine” ou “bootleg”, ou simplesmente álcool feito com processos menos rigorosos e que tiveram ingredientes adicionados para produzir o álcool de forma mais rápida e barata.

Um dos aspectos-chave de álcool falsificado ou ilegal é que produtores destilam o álcool de forma mais barata e rápida usando atalhos perigosos no processo, como acrescentar água e metanol, também conhecido como álcool mefítico, que é altamente tóxico. Metanol não é adequado para consumo humano e pode causar danos ao fígado, cegueira e morte se consumido. No início do ano, álcool tóxico matou ao menos 154 pessoas na Índia por estar batizado com metanol.

Álcool com ingredientes especiais adicionados é geralmente descrito como álcool adulterado. Às vezes, quem produz álcool falsificado acrescenta ingredientes não só para torná-lo mais barato, mas também para melhorar o gosto ou fortalecer a embriaguez. Os ingredientes adicionados podem variar.

Por exemplo, no Quênia, um dos álcoois ilegais populares é chamado Chang-aa, ou “mate-me rápido”. Isso porque ele geralmente tem uma concentração de álcool muito alta e também é frequentemente adulterado com ingredientes danosos, como combustível de aviões ou fluido de embalsamamento de funerárias. Esse tipo de álcool é geralmente consumido nas favelas por pessoas pobres e vulneráveis que querem o álcool mais barato com o efeito mais potente.

Sifonando as vendas de bebida legítima

A Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) afirma que álcool falsificado é umas das maiores preocupações em todo o mundo. Em 2018, durante uma operação, ela reportou que “16 mil tonéis e 33 milhões de litros de comidas e bebidas falsas potencialmente perigosas foram apreendidas, num total de US$ 117 milhões”. Na Europa, vinho e bebidas estão nos cinco principais setores de perda de vendas.

Vinho falsificado está se tornando mais comum e agora representa um mercado bilionário. Na China, por exemplo, vinho falsificado é tão comum que tem sido considerado uma epidemia, especialmente em termos de vinhos mais finos.

De acordo com a Forbes, compradores asiáticos são os maiores compradores de vinhos finos (60%) em leilões da Sotheby’s ao redor do mundo. Uma garrafa de vinho muito cara vendida na Christie’s, em Londres, por US$ 157 mil, que quebrou um recorde na época, em 1985, era falsa.

Mas mesmo mais recentemente, em maio, uma operação na Ucrânia apreendeu uma grande operação de bebidas falsificadas.

Mais do que dinheiro em jogo

Apesar das perdas em vendas ser uma grande preocupação para agentes da lei e negócios, recomendações de viagem para norte-americanos que viajam ao exterior volta e meia são emitidas por causa do risco de álcool falso. Uma orientação foi emitida em 2017 para um resort no México. Do mesmo modo, em junho de 2019, houve uma notificação de que 23 pessoas morreram e 10 pacientes estavam passando em tratamento por causa de álcool batizado com metanol na Nigéria.

A realidade é que álcool falsificado ou tóxico é comum em muitos lugares do mundo, até em lugares que você talvez não espere. Então, na próxima vez que viajar para o exterior e quiser uma bebida alcoólica, particularmente um vinho ou destilado mais fino, olhe com cuidado a garrafa.

Os especialistas em viagem do Overseas Security Advisory Council (Conselho de Aconselhamento de Segurança no Exterior, em tradução livre) dos EUA fizeram uma lista para consumir álcool no exterior. Eles recomendam que:

1. Não tome bebida feita em casa ou falsificada.
2. Não beba em excesso.
3. Não tente competir com locais e suas bebidas.
4. Não perca a sua bebida de vista.

Há também algumas dicas do Instituto de Padrões Comerciais do Reino Unido para identificar álcool falso. É fundamental lembrar de prestar atenção ao lugar, preço, embalagem e produto, os especialistas dizem. Mais importante, se o álcool tem gosto ou cheiro ruim, não beba.

A comunidade médica e de saúde pública está mais preocupada em relação aos efeitos perigosos do álcool, visto que novas pesquisas mostram que não há limite seguro para consumo. Dito isso, se você decidir beber, especialmente ao viajar para o exterior, tenha certeza de que o álcool em sua bebida é real, e mantenha-o chacoalhado e misturado, mas não envenenado.

Texto publicado originalmente no site The Conversation
Galileu

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

FOTO: Bombeiros resgatam turistas italianos na Praia de Búzios, no litoral sul potiguar

Foto: Divulgação

Os guardas vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) realizaram, nesse domingo (19), mais dois salvamentos na praia de Búzios, no litoral sul do Estado. Dois turistas italianos foram arrastados pela correnteza e necessitaram do resgate imediato.

Os turistas se banhavam, e sem perceber, foram arrastados pela correnteza. Os guardas vidas que estavam no posto de salvamento perceberam e entraram rapidamente no mar. As vítimas receberam os primeiros atendimentos pré-hospitalares e passam bem.

Somente de janeiro a junho de 2019, o CBMRN já realizou 63 salvamentos aquáticos nas praias próximas a capital.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Acesso ao aeroporto: potiguares e turistas buscam “carona sob escolta” para embarque ou desembarque com segurança ao seu destino

Foto: Ilustrativa

O acesso ao Aeroporto Internacional  – Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, seja da capital, ou por municípios da Grande Natal,  tem virado um cenário de sucessivas ações criminosas durante o período noturno, madrugadas e início de manhãs. Além dos registros policiais normalmente noticiados pela imprensa, outros tantos relatos de pessoas que por pouco não foram vítimas dos bandidos também são recorrentes.

Pelas estradas ou rodovias estaduais e federais, os relatos não cessam. No meio desse olho do furacão, potiguares e turistas, alvos no caminho do aeroporto, ou vítimas em potencial na chegada em solo potiguar, agora buscam alternativas, até mesmo apelativas, diante da falha na segurança nos diversos trechos: motoristas de aplicativos de carona habilitados ao porte de arma, normalmente, policiais ou militares. Isso mesmo. A informação foi confirmada ao Blog por dois motoristas, das horas vagas, de identidades preservadas.

O natalense e morador da região metropolitana, em especial, tem usado para esses períodos de riscos o serviço de “carona sob escolta” para seu embarque ou desembarque com segurança ao seu destino, através de trabalhadores que buscam um extra, e tentam amenizar a angústia do seu passageiro, com a sua estratégia ou, até mesmo, traçando sua rota em um “sistema de comboio” com algum colega.

 

Opinião dos leitores

  1. Vocês votaram em um partido aliado a facções criminosa pra governar o estado. Agora ninguém pode reclamar de nada! Eu acho muito pouco pra Um estado governado pelo PT , com duas facções criminosas e um déficit de 4 mil policiais!

  2. Um dia agente vai descobrir o que acometeu, aeroporto de Parnamirim entre os 5 melhores do país uma vergonha pra classe política do RN

  3. Grande Problema do RN , são as políticas de Famílias que governaram por década esses Estado. Natal uma cidade linda mas igual Vitrine de loja , só na aparência., O Estado recebe mas gente em turismo do Quer Paraíba e Pernambuco, mas ainda nao melhoraram a segurança. Espero que essa Governadora faça alguma coisa.

  4. Já existe o mercado de translado pro aeroporto em carro blindado e motorista treinado.
    R$350,00
    Mais uma conta!

  5. Mais um “grande serviço” prestado pela família Henrique Alves ao estado do RN. O que ele faz em liberdade, pelo amor de Deus?

  6. Perigo se quê? Vocês pensam que moram a onde, o que estamos vivenciando está tudo dentro da normalidade, se acontecesse em um outro País aí sim seria preocupante, mas aqui, tá tudo dentro do esperado. E viva o brasil. Kkkkkkkk

  7. Continuo a não achar absolutamente nada de mais. É o país que queremos e vai continuar assim por centenas de anos, não vai mudar pra melhor, enquanto a população continuar nessa inércia só falando e balançando o rabo feito cachorro vira lata vai ficar do jeitinho que está. Quanto aos turistas, procurem outros lugares, o país é enorme e com belezas pra todo gosto, não venham ao RN, deixa a população pagar pela ignorância em não saber exigir seus direitos e tomar iniciativa. Viva o brasil. Lindo, seguro e com uma classe política maravilhora.

  8. Não consigo entender tamanha preocupação ou irritação sobre esse tema, é notório que a mudança do aeroporto para cá é basicamente econômico e especulalito. As terras são se propriedade de velhas rapousas políticas e mais uma vez botou no ra….. da população. Portanto, não vejo nada de novo, ou seja, são os políticos usando métodos e artifícios baixos para continuar a desviar e extorquir dinheiro do povo a qualquer custo, contanto que quem pague esse custo somos nós. Por isso gostaria de parabenizar mais uma vez todos políticos por conseguirem novamente se dá bem e fazer a população de palhaço. ??Enquanto o povão permanecer na ignorância e não reagir eles vão fazer toda miséria nas nossas costas. E viva o brasil.

  9. Homicídio no Brasil cai mais de 21 porcento e aqui em São Gonçalo do RN sobe mais de 100 porcento. IMORAL….

  10. Deixa ver se entendi: Motoristas que oferecem caronas com escolta armada mas pediram pra preservar sua identidade (se eles ganham dinheiro com isso)…mande os dados aê que eu quero também…assim fica só no "disse me disse"

  11. Péssimo negócio p a administração publica e para a população. O antigo aeroporto era compartilhado pela Infraero e aeronáutica e era rentável. Depois q fizeram esse de SGA, os dois operam no prejuízo, sendo este último salvo somente pela cobrança do estacionamento. Cobrança não! Roubo! Pq ali não se cobra estacionamento e sim um pedágio disfarçado. Infelizmente o MP só age e finge q vê só o q lhe convêm. Não defende realmente o q é de interesse público.

  12. Poderiam ter deixado o aeroporto onde estava… não tem desculpa… fizeram besteira…. Poderiam ter feito inúmeras coisas pra melhorar. No entanto dificultaram tudo… o caminho pra o aeroporto é entrar em um caminho para a caverna do Dragão…

  13. Absurdo esse aeroporto em são Gonçalo, retiraram de um local Central, bonito, limpo, seguro, próximo ao Centro da cidade, pra colocar em um local sem a mínima condição de receber sequer uma rodoviária de interior, tudo por conta dessa política safada dos alves e para benefício de terras deles na cidade. O aeroporto de Parnamirim tinha acabado de ser reformado, quando esses bandidos corruptos montaram todo o esquema para de beneficiarem com milhões de reais em forma de corrupção. Cadeia muita é pouca pra esses bandidos. Essa semana meu filho foi deixar um familiar no aeroporto quase morto do coração, pois no dia anterior tinham feito um arrastão. Ele escapou, mas já no dia seguinte, outro arrastão. Que perigo, ninguém está a salvo tendo que ir ali.

  14. Enquanto isso turistas que são vitimas fazem relatos em redes sociais alertando para o perigo de se chegar em Natal, tb comentam q prefiram ir p JP RE e FORT e não Natal.
    Sem falar c nossa orla urbana é pessima, insegura, suja, monumentos históricos abandonados, acessos das estradas p o litoral em péssimo estado de conservação.
    Vergonha para o RN.
    Enquanto isto políticos q se beneficiaram c esse aeroporto engordarsm seus bolsos, andam c segurança particular e ainda dão banana p a população.

  15. SGA o município que mais produz bandidos pé-de-chinelo do Brasil. Mas só produz aqueles bem fuleiras, tipo ladrão de celular, de galinha, de farmácia, mercadinho pequeno etc. É uma pena q o aeroporto fica mesmo no meio.

  16. Esse aeroporto foi uma invenção de Henrique Alves, e a caixa preta ainda não foi aberta. Enquanto isso tem gente que tá calado.

  17. Vai enricar. Era para colocar o contato deles pq ninguém tem mais coragem de ir a noite/madrugada ao aeroporto.

  18. Esse assunto já foi tão denunciado, comentado e discutido que virou até "normal".
    Teria era que fazer uma investigação séria para esclarecer à população sobre os "Reai$ Motivos$" que levaram nossos políticos e governantes a desativar um dos MELHORES AEROPORTOS DO BRASIL – o nosso velho e bom Augusto Severo – para "operar" um trambolho.
    Para quem não atentou ainda, o acesso atual ao Augusto Severo é O ÚNICO ACESSO EXPRESSO DO BRASIL (sem sinal, cruzamento ou parada) A UM AEROPORTO DE CAPITAL.
    O tal "novo aeroporto", não tem segurança. Não tem acesso. Não tem atrativo. Não tem nada.
    E o pior é que ainda "devolveram" o Augusto Severo à Aeronáutica em uma sessão de madrugada na Câmara Federal.
    O que falta mesmo é vergonha e justiça.

  19. Ontem, trafegando pela Roberto Freire, me deparei com um outdoor, acredito que pago pela Associação dos Delegados ou Agentes da Polícia Civil do RN, dando conta que 67% das prisões efetuadas no Estado são feitas pela Polícia Civil e que já seriam mais de 1200 prisões neste ano feitas pela PC/RN.
    Lastimável que a referida peça publicitária não informe que tipos de “criminosos” seriam estes que a PC estaria prendendo (se não seriam apenas cumprimentos de mandato relativos a casos da lei maria da Penha, por exemplo).

    Digo isto porque, infelizmente, não vejo a referida Polícia (assim como a PM e a PRF) tomar atitudes concretas e prenderem pelo menos uma ou duas quadrilhas que constantemente cometem arrastões nas pistas de acesso ao aeroporto ou mesmo que explodem caixas eletrônicos no interior do Estado.
    Posso estar enganado, mas se a Polícia Civil quer mesmo demonstrar que está trabalhando de maneira eficiente, visando talvez até mesmo uma eventual melhora salarial, soaria bem melhor para a população vê-la desarticular pelo menos uma ou duas destas quadrilhas citadas acima do que gastar recursos da associação com outdoors pela cidade.

    1. Vejo o seu total desconhecimento de segurança pública. Primeiro citando a PM e PRF, uma Estadual (sem efetivo, estruturas e salário) com uma Federal. Depois citando as duas e a polícia civil, uma polícia que prende muito, mas diferentemente das outras, trabalha no sigilo, veladamente. Os polícias civis tiram leite de pedra aqui nesse Estado, realmente ganham bem, mas a estrutura é péssima, uma das piores do Brasil. Não entro no mérito do efetivo, pois isso já é “batido” há tempos. Só precisamos valorizar as polícias, é muito fácil criticar do sofá da sala ou dentro do quarto com ar condicionado. Os polícias são heróis nesses Estado, que nem salário paga em dia. Então vá a uma delegacia e acompanhe o trabalho da polícia civil, garanto que vai mudar seu conceito!

  20. O perigo do caminho deste aeroporto, é perigoso qualquer hora, um colega já sofreu sequestro relâmpago por volta das 16:00 h, logonapos a rotatória de saídas para São Gonçalo, Macaíba e Natal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Novo ataque a turistas foi registrado no caminho do aeroporto na Grande Natal

Mais uma ação criminosa foi registrada no acesso ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Dessa vez, os bandidos, em dois veículos, renderam o motorista de aplicativo e turistas na RN-160, e levaram tudo. O registro do Via Certa Natal  entre o fim desse domingo(11) e início da madrugada desta segunda-feira, também destaca o roubo do veículo. Veja vídeo abaixo.

Opinião dos leitores

  1. Venham-nos visitar, bravos turistas!
    O RN é um estado super seguro.
    Sua capital é conhecida hoje como centro de referência de desvalorização da vida.
    Como dizia-se já na época da Segunda Guerra, "como Natal não há tal".

  2. Um aeroporto inaugurado pela Presidenta Dilma Rousseff já nasceu com zica braba! Totalmente sem necessidade. Só para encher os bolsos de muitos políticos, à época. Tínhamos o Augusto Severo, que chegou a ser avaliado como o 2° melhor aeroporto do país em atendimento. Era pequeno, mais comportava muito bem o número de vôos em nossa Capital. A ganância e a corrupção desenfreada levaram a construção do Aluísio Alves, sem necessidade alguma. Hoje a população e o Estado pagam caro por isso. É Brasil! É RN! É PT! Desgraça pouca é bobagem.

  3. O povo de Natal e o trade principalmente, deveriam fazer um boicote total ao ASG, fazendo inclusive peças publicitárias fora do RN, mostrando o horror que a da população tem daquele aeroporto. Queremos o retorno das operações do Aeroporto Augusto Severo já!!!!!!!!

  4. Poderia rebatizar pra "Aeroporto Internacional Cavalo de Troia", desde que este foi fundado o RN só perde a "btalha" pelos turistas. Distante, inseguro, com horários inconvenientes e passagens mais custosas, representa mais um dinheiro público precioso jogado no lixo.

    Continue errando povo potiguar, a indústria de turismo dos outros estados do Nordeste agradece.

  5. Nas 2 ultimas viajem que fiz para o exterior, com saída à noite, contratei segurança armada em carro descaracterizado .

  6. Estao acabando com a gente
    Vão literalmente acabar com a gente .
    Nosso estado não vai ter mais nada pra oferecer e seremos conhecidos como um lugar pra passar LONGE .
    GENTE ISSO É REVOLTANTE

  7. Revoltante! Isso mostra também o despreparo da cúpula da Segurança Pública do Estado. São vários os casos de assaltos na região sem que nunca se tenha tido notícia de prisão de algum destes bandidos que recorrente atuam nas pistas de acesso ao aeroporto.

  8. SUGESTÃO, carro descaracterizado com pelos menos dois bons policiais atiradores. Resolvia bem ligerim…

    1. Pena que a nossa Secretaria de Segurança Pública não tem essa visão…

  9. Sim, foi, e daí?? Qual o problema?? O turista que vá para outro lugar.
    Isso acontece desde que essa porcaria foi inaugurada e ninguém faz nada, fica o dito pelo não dito e o turista e aqueles que tem que usar o aeroporto que paguem a conta, ponto final. De resto discurso barato sem qualquer providência. Não? O que fizeram até hoje?
    Aliás, não é bem assim, de resto mais exploração no uso do estacionamento;
    De resto mais retaliação aos transportes alternativos;
    De resto adotam os preços mais caros nas passagens e lojas internas;
    No mais mais calor nas dependências do aeroporto;
    No mais a insegurança e insatisfação de sempre com esse aeroporto.
    Se vira povo, afinal quando as "autoridades" vão ao aeroporto, se deslocam em carros oficiais, com direito a motorista e as vezes, até segurança e tem as passagens pagas por recurso público.
    Está ruim? Aprenda a votar!

  10. Aqui em Natal tem passeio nas Dunas com emoção, e, para o aeroporto também. Todas as vezes que preciso ir ao terminal, vou numa tensão.

    1. Vergonha em todos os sentido. Aeroporto feio, sem nenhum aconchego, pista péssima, não encontro nem um motivo para elogiar. Saudades do Aeroporto de Parnamirim, bem localizado, pistas de pouso e decolagem perfeitas. Tudo funcionava maravilhosamente bem. Só mesmo o egoísmo, os interesses escusos de alguns, puderam idealizar essa mudança drástica para esse novo aeroporto. É verdade que as pistas de pouso e decolagem desse novo aetoporto ficam exatamente em linha de colisão com as pistas do antigo aeroporto Augusto Severo? Gostaria de ter certeza disso , alguém sabe Informar?? Por que não transformar esse aeroporto de São Gonçalo para cargas?? E o de passageiro voltaria para Parnamirim? Existe algum meio do POVO conseguir isso? Começaríamos por onde??? Pedindo a quem?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Bandidos assaltam turistas de Goiás na Av. Felizardo Moura, a caminho do aeroporto, e fazem taxista refém

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN noticia nesta sexta-feira(09) que uma família de Goiás que passou férias em Natal foi assaltada nesta madrugada quando ia de táxi para o aeroporto. O crime aconteceu na Avenida Felizardo Moura, na Zona Oeste de Natal. Na ação criminmosa, os marginais roubaram celulares, documentos, dinheiro e até as bagagens dos turistas, levaram o taxista como refém e seguiram fazendo outros assaltos. Confira todos os detalhes aqui.

Opinião dos leitores

  1. Não estou aqui para julgar, mas o taxista vacilou também por passar na Felizardo moura as 2:50 da madrugada, pelo bairro Nordeste. Se tivesse ido pela ponte nova (mesmo que ficasse mais caro), seria mais seguro. Ali é um perigo de dia, imagine de madrugada.

  2. Esse estado ta desgovernado.
    A bandidagem tomou conta da região metropolitana de Natal. E vai ficar pior, é os parsas no poder aqui no Rio Grande do Norte .

  3. O certo é nunca mais vir turista para essa cidade fdp! Cidade e Estado destruídos!

  4. Natal é historicamente conhecida como uma cidade que vive de aparências. Tudo aqui soa falso, pouco importa se riqueza ou pobreza, tristeza ou felicidade. Não à toa diz-se – desde a época da Segunda Guerra – que "como Natal não há tal".

  5. Governo cabuloso.. pra investigar vai ter decreto pra pedir permissao ao chefe do executivo pra investigar tb? ou a policia vai ter autonomia?

  6. Esses não voltam nunca mais.
    Os translados para vôos noturnos no aeroporto onde o judas perdeu as botas é muito perigoso.
    Do jeito que está, há que se fazer comboio no caminho desse aeroporto.

  7. Enquanto isso, a Paraíba oferece segurança e cuidados com os seus visitantes. Triste fim do nosso RN!

  8. SÓ VAI MULTIPLICANDO OS ASSALTOS NO CAMINHO DO AEROPORTO!!!!
    TURISTA SOUBER DA NOSSA REALIDADE NUNCA IRA PISAR AQUI!!!!
    ASSALTOS DIARIOS E EM QUALQUER LUGAR.

  9. existe a vontade de quem tem a responsabilidade da segurança de previnir esse tipo de açoes criminosas ordinarias?
    elas sao ORDINARIA SIM, porque acontecem um dia sim o dia depois tambem.
    E' tao dificil ja que esse aeroporto encontrase em um lugar cujo caminho è apto pra açoes criminosas desse estilo
    criar uma linha de seguraça com a estrada devidamente monitorada com presença de viaturas pra que esses bandidos sejam desmotivados a cumprir assaltos?
    A meu modesto modo de ver isso seria bem mais facil e mais economico quando depis de um asslato 4/5 viaturas ficam rodando horas em busca de quem ja fugiu em segurança, cada noticia desse tipo termina: "atè agora ninguem foi preso"……….e assim vai continuar se nao fizer algo simples e barato pra previnir a açao…….

    PS mesmo comentario acabei de fazer na TRIBUA DO NORTE , mas minha sençao è que la nao serà publicado ……sem mais comentarios

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Turistas são assaltados em calçadão na praia de Ponta Negra

Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução

O portal G1-RN destaca que turistas paranaenses e um paulista foram assaltados no início da manhã desta quinta-feira (6) quando caminhavam pelo calçadão da praia de Ponta Negra. De acordo com a reportagem,  Algumas vítimas foram obrigadas a deitar no chão. A ação criminosa ocorreu por volta das 5h50, quando um homem e duas mulheres nos abordaram e anunciaram o assalto. As vítimas tinham acabado de sair do hotel para caminhar.

Segundo a reportagem, as vítimas contaram que o triou pegou dinheiro,  telefones, as senhas dos celulares, e outros objetos que carregavam na hora. Na ocasião, a Polícia Militar conseguiu prender uma mulher, apontada como uma das criminosas. Outros dois assaltantes conseguiram fugir. Veja mais detalhes em reportagem aqui.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Brasil dispensa visto para turistas dos EUA, Canadá, Japão e Austrália

O decreto do presidente Jair Bolsonaro que dispensa visto de entrada no Brasil para turistas dos Estados Unidos, Canadá, Japão e Austrália foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União nesta segunda-feira. A medida entra em vigor a partir do dia 17 de junho. Bolsonaro está nos Estados Unidos em visita oficial.

De acordo com o texto, os turistas dos quatro países poderão permanecer no Brasil por um prazo de 90 dias, prorrogável por igual período, desde que não ultrapasse 180 dias em um ano.

O decreto é assinado também pelos ministros Sergio Moro (Justiça), Ernesto Araújo ( Relações Exteriores) e Marcelo Henrique Teixeira Dias ( Turismo).

Os mesmos países escolhidos pelo governo Bolsonaro já haviam sido isentos da necessidade de visto para a Olimpíada Rio-2016, temporariamente.

O Globo

 

Opinião dos leitores

    1. Evidentemente que não Djalma. Se os EUA abrir a entrada de brasileiro sem visto, toda essa turma que critica o capitalismo e defende as leis trabalhistas, vão correr imediatamente para o mercado americano, que não tem lei trabalhista e toda esquerda caviar vai passar meses de férias, usufruindo de tudo que teve direito em suas contas bancárias.
      Mas o MST, TMST, classe D e E vão continuar por aqui lutando por espaço que não conseguiram, mesmo depois de 13 anos da esquerda no poder. Entendeu?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *