Seguimento Delação Palocci: Lava Jato faz buscas em escritórios de advocacia em São Paulo e Brasília

FOTO: MICHAEL MELO/METRÓPOLES

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira(29), em conjunto com o Ministério Público Federal, nova fase da Operação Appius. Estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão, expedidos 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, em escritórios de advocacia de investigados em São Paulo em Brasília.

Na primeira fase, deflagrada no último dia 7, a ação tinha como objetivo apurar crimes de corrupção e lavagem de dinheiro com base nas informações da delação premiada do ex-ministro dos governos petistas Antonio Palocci. O inquérito investiga o pagamento de propina por parte de uma empreiteira a agentes públicos com o fim de suspender e anular a Operação Castelo de Areia.

Em nota, o MPF diz reconhecer a importância da advocacia e o sigilo do local de trabalhos dos que exercem a atividade para o bom funcionamento da Justiça e que apenas em casos excepcionais escritórios de advocacia podem ser alvos de buscas. No entanto, o órgão justificou a medida porque ela é voltada a apuração de indícios de crimes praticados por advogado responsável pelo escritório alvo das buscas.

“As diligências realizadas hoje, autorizadas pela Justiça Federal em São Paulo, mostraram-se necessárias diante de circunstâncias atípicas verificadas durante o cumprimento de outras medidas investigativas, como por exemplo a ausência de computadores na(s) residência(s) do(s) advogado(s) investigado(s), embora ali houvesse impressoras, cabos de rede e de energia e monitores, além da formatação de celulares com apagamento de dados e de outros fatos que denotaram possíveis ações de ocultação de elementos relevantes à apuração”, diz a nota do MPF.

O órgão ressalta que em observância à lei, as medidas estão sendo cumpridas com o acompanhamento de um representante da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. valter disse:

    E quem não lembra do ministro da justiça no governo Lula, o falecido Márcio Tomaz Bastos ? "Agradaram" várias "autoridades" no STJ para abortar OPERAÇÃO CASTELO DE AREIA, natimorto da OPERAÇÃO LAVAJATO. Lastimável. A "punição" é a aposentadoria compulsória, mas na verdade é um prêmio.

  2. Atento disse:

    Bandido de todo jeito. Oh Brasil velho esculhambado.

    • Zulmira Melo disse:

      Que vergonha o judiciário Brasileiro!!!!!!!

    • Tertu disse:

      Vergonha judiciário? Tás Zulmira? Deve-se é parabenizar essa justiça que tá defendendo o Brasil dos criminosos. O stf é que defende bandidos, e é lamentável e revoltante

Marido traído detona escândalo em mega banca de advocacia no país

Foto: (Reprodução/Divulgação)

Um dos maiores escritórios de advocacia do país — com 100 sócios — está em chamas por causa de um escândalo sexual.

O marido traído jogou no Linkedin o caso de catorze anos da mulher, advogada, com um chefe da banca: “Minha ex-esposa se
vendeu para ser sócia”.

Justiça Potiguar, com Radar – Veja

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alaca disse:

    Qual o negócio, He-Man?

  2. O desempregado disse:

    Fiz sexo 7 vezes com minha chefe pra conseguir um aumento, mas acabei sendo demitido só porque limpei o p… na cortina.

  3. Allan Laranjeiras disse:

    O cabra é corno e ainda faz questão de divulgar? novas formas de cornagem, né?…hahahaha

EMBAIXADA BRASIL-EUA: Parecer de Advocacia do Senado não vê nepotismo no caso de Eduardo Bolsonaro

Foto: Reprodução/Instagram

A Advocacia do Senado Federal deu parecer favorável, na terça-feira (3), à indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro, para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

A consulta ao órgão foi feita pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), para verificar a aplicabilidade da Súmula Vinculante nº 13 do STF (Supremo Tribunal Federal) à nomeação de chefe de missão diplomática permanente.

A decisão do tribunal trata sobre “a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal’.

O parecer, publicado pelo órgão, considerou que a indicação de Eduardo não configura nepotismo e que não desrespeita a súmula.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rogério Rocha disse:

    Nem os maiores ditadores tiveram tamanha coragem…

  2. Bozó disse:

    Pra se dar bem na vida tem que saber fritar hamburger …. e tome peia…

  3. Delano disse:

    Só não é nepotismo, mandar Flávio bolsonaro pra papuda. Ele merece, sem sombra de dúvidas.

Presidente da OAB Nacional, Felipe Santa Cruz, vem a Natal falar dos desafios da advocacia nesta terça

Foto: via Justiça Potiguar

Como parte da programação do Mês da Advocacia, a Caixa de Assistência dos Advogados do Rio Grande do Norte vai promover na próxima terça-feira (27), às 19 horas, uma sessão especial para celebrar o seu aniversário de 70 anos. A Seccional Potiguar da Ordem dos Advogados do Brasil apoia o evento, que será realizado no plenário da sua sede e terá a presença do presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz.

Além da anfitriã, Monalissa Dantas, presidente da CAARN,  e Diretoria da Caixa de Assistência; e do presidente da OAB/RN, Aldo Medeiros, e Diretoria da Seccional Potiguar, a cerimônia contará com a presença do secretário-geral do Conselho Federal da OAB, José Alberto Simonetti; presidente do FIDA, Felipe Sarmento Cordeiro, e dos conselheiros federais, Canindé Maia e Ana Beatriz Presgrave.

Confira matéria completa no portal Justiça Potiguar clicando aqui. 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Barbosa Santos disse:

    Considerando a quantidade de advogados norte riograndenses presos ou respondendo a processos penais, parece que o desafio é grande mesmo.

  2. Fernando disse:

    Cuidado com bolsustra.

  3. # vergonha nacional disse:

    Se ferrou ..foi se meter a valentão com o BOLSONARO, perdeu os contratos falcatruas com a Petrobras , telhado de vidro e bancando o machão

  4. # vergonha nacional disse:

    Vem explicar como conseguiu contratos milionários com a Petrobras e uma verba de R$ 700.000,00 para uma filha de 13 anos fazer uma peça que ninguém viu ??? Esse cidadão quer enganar quem ?? Quero ver um VALENTÃO DESSE DA OAB QUESTIONAR OS 60 dias de férias dos magistrados??? Tudo pau mandado dos juízes

Eleições da OAB/RN acontecem dia 16 de novembro

As eleições para a nova composição da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte, relativa ao triênio 2016/2018, acontecerão no dia 16 de novembro de 2015, das 9h às 17h, em Natal (Arena das Dunas) e nas sedes das Subseccionais em Assú, Caicó, Pau dos Ferros, Goianinha, Mossoró e Currais Novos. Já em Macau será na Sala da OAB na 1ª Vara do Trabalho, no bairro Porto de São Pedro.

A Comissão Eleitoral da OAB/RN, encarregada de zelar pela legislação e normalidade das eleições no âmbito da Seccional, ressalta que os advogados deverão comparecer aos locais de votação munidos da carteira de identidade profissional ou outro documento oficial de identificação com foto, bem como que é vedada a votação em trânsito.

O voto é obrigatório para todos os advogados inscritos na OAB sob pena de multa equivalente a 20% do valor da anuidade, salvo ausência justificada, a ser apreciada pela Diretoria do Conselho Seccional. A Comissão Eleitoral, presidida por Nilo Ferreira, estabeleceu o prazo de 30 dias após a eleição para a justificativa, que deve ser feita através do Peticionamento Eletrônico no site da OAB/RN.

É importante destacar que poderão votar os advogados adimplentes com a OAB até 30 (trinta) dias antes da data do pleito e que não haverá regularização da situação financeira no dia da eleição para que o advogado possa votar conforme determinação do Conselho Federal da OAB.

O voto de cada um dos advogados é essencial para a contínua construção de uma Entidade voltada à histórica defesa da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e das prerrogativas profissionais.

Confira as chapas:

Advocacia: prazos processuais e audiências estão suspensos entre os dias 7 e 20 de janeiro de 2015

O dia 19 de dezembro marca o fim do ano judiciário. A partir deste sábado, 20 de dezembro, até o dia 6 de janeiro de 2015 o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte estará no período de recesso forense. Mas para a classe dos advogados, o recesso deverá ser estendido.

Atendendo a uma solicitação da seccional potiguar da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN) o Pleno do Tribunal de Justiça, no mês de abril, aprovou a Resolução nº 14/2014, a qual determina a suspensão dos prazos processuais e audiências entre os dias 7 e 20 de janeiro de 2015, sem prejuízo das sessões dos órgãos colegiados a serem realizadas no referido período. A medida tem o objetivo de possibilitar descanso aos profissionais da advocacia do Rio Grande do Norte.

TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    Isso é o fim da picada! Processos se arrastando e suas Excelências falando em férias. Como já dito, fazendo as contas o Judiciário passar quase 3,5 meses parado. Não é a toa que todos querem uma boquinha por lá. Ganham como leões e trabalham como tartarugas.
    Esperar que os pastéis de vento digam que uma ditadura que botasse o Judiciário e o Legislativo nos eixos não é a solução, que o voto dos bolsistas resolverá isso, etc.

  2. FRASQUEIRINO disse:

    TUDO EM CASA: Sem advogado não há julgamento. Consequentemente os marajás da Nação (Desembargadores, juizes, promotores, etc….) vão curtir 32 dias de recesso (20 de dezembro a 20 de janeiro), fora as férias normais. Enquanto isso o cidadão que aguarda celeridade no seu processo tem que aguardar a nossa MOROSA JUSTÇA. Será que vão suspender o auxílio moradia durante o recesso? ou também vale para alugar uma casa na praia?