Polícia

VÍDEO FORTE: Policial militar agride mulher durante atendimento a caso de violência doméstica no interior do RN

O Comando da Polícia Militar apura o caso de uma mulher com uma criança de colo que tinha chamado a PM por causa das agressões que estava sofrendo em casa, pelo companheiro, acabou apanhando de um policial militar durante o atendimento da ocorrência, na cidade de Santo Antônio, no interior do Rio Grande do Norte. Conforme vídeo gravado por um vizinho, depois que a PM chega à residência da denunciante, ela tenta intervir para que o companheiro não seja agredido pelos policias. Nas imagens, a mulher destrata o policial militar, com agressões verbais – ( o que não justifica o desfecho). Na sequencia, um dos PM’s se irrita e, já do lado de fora da casa, bate na cara da mulher, que segurava uma criança de colo.

As imagens ainda destacam que um outro policial, que também fazia parte da equipe da PM no atendimento à ocorrência, segura a criança pra evitar que ela também seja agredida. Assim, retira o bebê dos braços da mãe enquanto o colega continua a bater na mulher, que vai ao chão.

O Comando da Polícia Militar classificou a atitude do policial como lamentável. Inclusive, comunica que já identificou e afastou os policiais envolvidos na ocorrência.  Um processo administrativo foi aberto,

Vídeo abaixo:

Opinião dos leitores

  1. Infelizmente se deixou levar pela emoção. Mostrou seu total despreparo para atender esse tipo de ocorrência. Porém vale ressaltar também que não podemos generalizar a atitude desse policial e achar que todos os policiais são iguais. Que pague pelo que fez com o rigor da lei.

  2. Cadeia para esse cafajestes ele chamou ela de cachorra ! Qual a diferença dele para o cantor do Ceará?

  3. Alguém filmou o que aconteceu dentro da casa?
    Será que o policial não foi agredido, por está mulher?
    Não justifica, mas precisa ser apurado.

  4. O que é de lascar é afastar toda equipe por causa do desequilíbrio de um membro que perdeu a cabeça.

  5. Esses eleitores de Bolsonaro não têm um pingo de vergonha nessa cara de R…

    O dever do policial é cumprir a lei, se fez errado tem que pagar. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

    Quer dizer que citar que o marido da mulher está errado faz com que o policial esteja correto?

    Homi, tenham vergonha nessa cara.
    Graças a Deus que tudo que a gente defende de bandidagem um dia volta. Quando um policial der na sua cara, na cara da sua esposa ou de seus filhos você vai aprender que polícia não deve estar batendo em ninguém.

    1. deixa de falar besteira seu arrombado, votei no bolsonaro e quero a punição para esse policial.

  6. A conduta desse policial que agrediu a mulher é pessoal e nem a corporação nem ninguém mais tem culpa disso! Os outros policiais que acompanhavam a ocorrência também devem responder por omissão. Espero que esse policial seja devidamente punido e perca a farda sem direito a pensão, sob pena sim da corporação se tornar conivente com esse tipo de atitude covarde contra uma mulher que ainda levava um bebê no colo!

  7. Vejo todo mundo criticar os policiais, que com razão eram. O procedimento, mas como fica a situação do agressor da esposa e da situação da esposa que acionou a policia e não deixou a polícia trabalhar e desacatou o policial?

    1. Policia não é para bater..e sim prender e entregar a P. Civil..que faz os procedimento, oferece a denuncia ao M P e o MP encaminha ao judiciário..

  8. O engraçado e que todo mundo só comenta que a PM agiu errado, e esqueceu do Marido agressor, mas não, esperem….

    A mulher disse que não fizesse nada com o marido..

    Briga de Marido e Mulher, DOIDO é quem mete colher.

  9. Merece ser expulso e preso um lixo desses.
    A PM do RN, valente, não merece um lixo desses em sua corporação.

    1. Os militares que fazem parte do governo do MINTO das rachadinhas são todos honestos e patriotas… Até surgir uma “deixa” para comprar vacinas e receber a propina né!? Pense num povin “patriota”…

  10. A vítima deve ingressar com ação de indenização contra o Estado do RN. Policial despreparado dever ser expulso, pois causa dano ao Estado e à sociedade.

  11. O pior que a violência policial não é um caso isolado. Essa é a polícia do Governo da Fátima Bezerra.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Deputado agride colega durante discussão sobre Cannabis na Câmara

(Foto: Reprodução/Câmara dos Deputados)

Uma discussão comum sobre um requerimento em uma sessão da Câmara dos Deputados acabou em agressão física na manhã desta terça-feira (18/5). O deputado Diego Garcia (Podemos-PR) deu um soco no presidente da sessão, Paulo Teixeira (PT-SP), após ter seu pedido de adiamento de discussão da matéria rejeitado. Os parlamentares discutiam o uso medicinal de cannabis. (ASSISTA AO FINAL DE TEXTO NA ÍNTEGRA CLICANDO AQUI).

Os deputados que eram a favor do requerimento deveriam se manifestar. Como não houve manifestação, Teixeira negou o pedido. Diego Garcia, então, pediu a votação nominal do requerimento, que também foi negado. A discussão ficou mais acalorada e o deputado do Podemos chegou a dizer que a reunião não continuaria caso Teixeira não aceitasse seu pedido.

Antes de ser agredido, o presidente da sessão tentou acalmar os ânimos de Garcia. “Deputado, o senhor pode me escutar? Não é no grito que nós vamos ganhar a discussão aqui”, disse ele, antes de afirmar que a reunião continuaria e que o requerimento ficaria prejudicado.

Nesse momento, o deputado Diego Garcia levantou da mesa para impedir a continuação dos trabalhos. “Não vai continuar a reunião! Não vai continuar a reunião!”, repetiu, partindo em direção a Paulo Teixeira. Ele, então, se colocou de frente ao presidente da sessão, afastou o computador de Teixeira e desferiu um tapa em seu peito.

O petista não deu o troco, mas se levantou e passou a discutir com Garcia. Os demais deputados se levantaram e tentaram afastar os dois. No sistema on-line, outros deputados também discutiram.

Quando ambos voltaram aos seus lugares, Teixeira disse: “Esse deputado [Diego Garcia] chegou à minha frente e me deu um murro no peito, um tapa no peito. Eu vou pedir o filme [da sessão]”.

Segundo ele, “a força do argumento vale mais do que tapas. Não vamos admitir isso aqui. Parlamento é isso, falar, não usar os braços”. “Eu não quero saber a força do soco de ninguém, eu não vim aqui para brigar. Vim aqui para convencer e ser convencido”, finalizou Teixeira, antes de retomar a discussão da matéria.

Correio Braziliense

Opinião dos leitores

  1. O uso de Canabis para uso medicinal é uma realidade inafastável. Não adianta espernear. O uso da Cannabis medicinal não pode; armas que matam, podem. Ê Direita do Brasil!

    1. A turma do ódio gosta de pó. A turma da Paz gosta de erna.

  2. Que país triste, quanta ignorância! Aprendam a ler inglês, precisa nem aprender a falar, só ler um pouquinho de inglês pra se atualizar… Pleno 2021, uma planta que é utilizada pra todos os benefícios imagináveis e ainda tem gente aqui no brasil que compara cannabis com cocaína…

  3. De que lado do espectro político estão os defensores das drogas? Isso não é coincidência, é apenas mais uma demonstração da falta de caráter dessa gente. Como sempre digo, pessoas decentes devem evitar de toda forma o convívio com essa corja. É questão de auto-preservação.

    1. Nesse caso, são médicos, parentes e cientistas que atestam o efeito benéfico de um dos principios ativos da cannabis no tratamento de várias doenças que afetam a população. Até esportistas tem usado e atestado os benefícios do CBD – canabidiol. Aqui mesmo em Natal são realizadas pesquisas importantes que podem trazer alívio para vários males da humanidade. E não é só isso, a liberação recreativa controlada, como ocorre em países civilizados como USA, Suíça, Holanda e Uruguai, iria permitir o aumento do foco do trabalho da polícia no que realmente interessa e não enxugar gelo numa guerra sangrenta e sem sentido que deixa milhares de mortos e não u irá nunca resolver o problema. Agora, essa associação que o Sr. faz entre vício e espectro político é só mais uma falácia sua, entre tantas outras que o Sr. despeja por aqui. Perguntaria apenas: Aécio Neves e Collor são de esquerda? O Sr. não é de direita, o Sr. é uma múmia que parou no século passado. Já morreu e não sabe.

    2. Há apenas HM componente da cannabis usado como remédio e pode ser produzido sinteticamente. Não é necessário plantar maconha. Isso é apenas fachada para uma posterior liberação recreativa. Os locais que liberaram se arrependeram. Vide Uruguai. Mais uma mentira dos usuários e traficantes.

    3. E vc, por seu discurso desrespeitoso e sua defesa indevida das drogas, é apenas mais um simpatizante (ou até mesmo protagonista) do espectro político ao qual me refiro. Serve como exemplo do que digo.

  4. Muitos que são contra o plantio medicínal da Canabis, são a favor da liberação dos cassinos.
    Pode um vício e outro não?

  5. O gado vive entorpecido de cloroquina oral e nasal mesmo! O que está se discutindo no Projeto de Lei 399/15 é a liberação do cultivo controlado no Brasil da cannabis sativa para fins medicinais e científicos ! Não é para consumo recreativo !!!!!!!! Hoje o Brasil inclusive importa remédios caríssimos com esse componente pois , diferentemente do uso da cloroquina contra covid, há inúmeros estudos comprovando a eficácia dessa substância no tratamento de diversas doenças…

    1. É triste como a vontade de se entorpecer de maconha pode se mascarar de remédio e se transformar em discurso político. Só quem sabe os efeitos dessa droga na vida de uma pessoa são os familiares de quem já fez uso dela. Pelo visto, se a cloroquina fosse de maconha receberia forte apoio. Lentável.

  6. Olha o que a esquerda quer, a liberação da MACONHA, qual é o benefício disso? de 400 substâncias a CANABIS só tem um ou dois princípios que são benefícios, todos os demais são MALÉFICOS.
    POR QUÊ A ESQUERDA QUER LIBERAR A MACONHA?

  7. Cada vez mais ganham forças os consumidores de maconha, abrindo, assim, o caminho para outras drogas. A instituição de “maconhódromos” caminha a passos largos. Em seguida vão dizer que o “filhinho” doente sente alívio com “doses” de cocaína e assim por diante. Como a permissividade no Congresso é enorme, o diabo é quem duvids que, em breve, não só a maconha, mas tudo quanto é droga estejam livres para consumo. Salve-se quem puder. Está tudo dominado, como diz Bóris Casoy.

    1. O qie abre as portas pra todo tipo de droga é o álcool, ou vc acha que antes de fymar um baseado a pessoa não tem provado uma cerveja antes??
      Mas de acordo com imbecis da sua qualidade, alcool não é droga.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Mulher agride duas pessoas e policial dentro de mercado e leva murro, em Pernambuco

Foto: Reprodução

Um tumulto foi registrado em um mercadinho localizado em Maranguape I, em Paulista, no Grande Recife. A Polícia Militar (PM) foi acionada para conter uma mulher que estava agitada, dentro do estabelecimento.

A mulher já havia danificado produtos do estabelecimento e agredido duas pessoas. Um policial foi desacatado, agredido fisicamente no rosto e deu um murro no rosto da mulher.

O caso foi levado para a Delegacia. Veja o vídeo AQUI.

TV Jornal – UOL

Opinião dos leitores

  1. Maria da Penha nesse policial brucutu, truculento, arrogante e prepotente.
    E também um bom processo nele e contra o estado.

    1. Maria da Penha???? Eita danado kkkkk
      Ainda dá tempo de apagar.

    2. O policial pode apanhar, ser desrespeitado e ser desmoralizado por um mulher que tinha agredido a outras duas pessoas, além de danificar produtos do supermercado? Ele revidou as agressões, precisando, neste caso, usar a força física, para controlar a situação, o que é a sua obrigação. Parabéns ao PM.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

VÍDEO: Médica sem máscara que ignorou idosa de 96 anos e agrediu filha de paciente em SP é afastada

A médica que se recusou a atender uma idosa de 96 anos e ainda agrediu a filha de uma paciente dentro do hospital estadual de Heliópolis, na zona sul de São Paulo, foi afastada da função. Nos vídeos gravados por uma testemunha, ela aparece sem máscara durante o trabalho e se descontrola até ser contida por outro funcionário.

Era 12h30 quando a dona Chiarela Aurora Lang chegou ao hospital sem apetite e com dificuldade para andar. A idosa foi colocada na cadeira de rodas e depois foi levada para o corredor para aguardar atendimento.

O neto que a acompanhava contou que, depois de uma hora e meia de espera, decidiu cobrar a médica responsável, Silvia Duellberg, pela consulta. Ele gravou a ação e argumentou que a avó deveria ser prioridade, mas ela o ignora e diz que ali “não era assim”.

O ajudante geral, Anderson Basílio Ferraz, lembrou que a própria médica pegou as fichas e fez a chamada dos pacientes. Segundo ele, era a profissional quem decidia quem iria atender e a hora.

“Com 96 anos, minha avó em uma cadeira de rodas. Isso não é uma médica, uma profissional de saúde que tem amor no que faz”, afirma Anderson.

O neto procurou a polícia e acionou um advogado que vai processar a médica e o hospital por omissão de socorro e desrespeito ao Estatuto do Idoso.

De acordo com o advogado da família, Paulo Augusto de Oliveira, quando ela se negou a fazer o atendimento, ela desrespeitou o Código de Ética Médica e pode responder por omissão de socorro. Segundo o Estatuto do Idoso, as pessoas que têm mais de 60 anos têm prioridade.

Anderson ainda flagrou uma outra situação de desrespeito envolvendo a mesma médica. No auge da pandemia do novo coronavírus, quando os médicos recomendam o uso de máscaras, ela decidiu atender pacientes sem cobrir o rosto.

Uma das acompanhantes de paciente questiona a médica sobre a postura em meio à pandemia. Ela estava com a mãe, que faz tratamento contra o câncer, quando foi atacada. Depois da confusão, a médica abandonou o plantão.

Chiarela foi atendida por outra profissional, que viu os exames e determinou que a idosa ficasse em observação. Ela continua internada no hospital e o estado de saúde dela é estável.

O boletim de ocorrência foi registrado no 95º DP, em Heliópolis.

R7

Opinião dos leitores

    1. Pergunta que não quer falar.
      O que o Dória tem bom isso? Foi ele que cometeu o fato?

    1. Não gosta de trabalhar igual aos retardados que votam em luladrão

  1. Pelo comportamento dessa médica, alguém tem alguma dúvida se ela apertou o 17 na última eleição pra presidente?
    Eu não tenho dúvidas.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem agride esposa e esfaqueia a própria filha de 1 ano no interior do RN, diz PM

Uma criança de 1 ano de idade foi ferida de raspão por uma facada desferida pelo próprio pai na noite desta quarta-feira (13), na cidade de Umarizal, região Oeste potiguar. Segundo informações da Polícia Militar, o homem estava agredindo a esposa e tentou esfaquear a mulher, mas acabou acertando a criança. A mulher e a criança foram levadas ao hospital. O homem foi preso.
Todos os detalhe AQUI em reportagem do G1-RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Empresário agride cinegrafista porque trabalha numa filiada da Globo em SP

Na manhã desta quarta-feira (20), enquanto trabalhava numa matéria para a TV Integração, afiliada da TV Globo, um repórter cinematográfico foi agredido por um empresário de Barbacena.

Segundo testemunhas, o empresário passou pelo local de carro e ao ver a equipe de tv gravando nas proximidades da entrada da EPCAR ele gritou “Globo Lixo”. Em ato contínuo, parou o veículo numa rua em frente e agrediu o cinegrafista com chutes e agressões verbais.

A cena foi filmada pela repórter que estava no carro da emissora e a Polícia Militar compareceu ao local, levando o autor para a delegacia de polícia.

O cinegrafista, que teve a mão fraturada, foi encaminhado para o Hospital Regional de Barbacena.

Barbacena Mais – Portal de Notícias

Opinião dos leitores

  1. Eu não entendo esse extremismo contra a Globo, se não gosta do Canal, vai assistir o Bispo ou Sílvio Santos.

  2. Gostaria de saber o leva uma pessoa fazer uma barbaridade desta, se acha o dono do mundo só na maneira dele andar diz que é ele quem manda, é o que ele pensa.

  3. parabéns a todos vcs que apoiaram a polarização, Brasil regredindo e os extremistas acham que tão abafando…

  4. Um absurdo digno de uma mentalidade atrasada, medieval. Só espero que depois não fique arrotando por aí que é um "homem de bem" (sic).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Em Araraquara, brutalidade agride direitos individuais, destaca Alexandre Garcia

13 de abril. Praça dos Advogados. Araraquara, município no interior de São Paulo. Um março da resistência da liberdade ante o totalitarismo. “Uma mulher não cede seus direitos constitucionais diante de quem se diz jornalista. Então a brutalidade da guarda municipal passa a agir”. Confira imagens aqui e opinião do jornalista:

Opinião dos leitores

  1. Alexandre Garcia falou muito e falou feio!
    Os direitos fundamentais não são absolutos; e a competência pra edição de norma que restringe ou limita esse direito não é exclusiva da União.
    Melhore!
    Tah passando vergonha!

  2. É um prazer enorme vê-lo dar as notícias e suas opiniões, triste é aceitar essa verdade ignora-te dos políticos que não escutam um jornalista com sua experiência. És uma bússola! Dá o caminho das pedras mas os cegos não as ouvem! VamosVencer ????

  3. Esses guardas municipais despreparados em todo o Brasil estão extrapolando os limites e abusando de autoridade sobre o cidadão, está na hora de colocar um freio nessa turma, pois eles não possuem poder de polícia.

    1. Quando e se houver uma tragédia com um bacana da sociedade, aí se tomará uma medida contra os abusos frequentemente perpetrados pelas famigeradas guardas municipais.

  4. O jumento do presidente descumpre todas as orientações de segurança do MS e OMS e usa a constituição onde diz que todo indivíduo tem o direito de ir e vir como pretexto. Direito? só pra uns.

  5. Votz, eu pensei que quem descumpria a lei era pra ir pra cadeia. Alexandre Garcia agora defende quem atenta contra saúde pública?

    1. Uma pessoa, sozinha numa praç.a "atenta contra a saúde pública".
      Parabéns pelo senso de proporção;

  6. Ele disse que o carnaval foi uma espécie de vacinação. PERGUNTA SE ELE QUER SER VACINADO.

  7. Esse virus esta rondando o país desde janeiro, segundo a propria midia. Tivemos o carnaval etc… No final de março mandam fechar tudo, fechar parques, praias etc… prender pessoas, causar desemprego, provocar o terror, soltar bandidos, gastar horrores sem controle.. e teve 1350 mortes de janeiro a metade de abril. Depois os governadores vao dizer que salvaram as vidas!!!! Evitaram o pior!!!! ohhhhhhhh. 67 mil vidas era ceifadas em 2017 somente por homicidio.. hospitais sucateados, muitos fechados, faltam insumos… morrem e sao amputados milhares.. mas ainda assim salvaram 1350 da covid em 3 meses. PQ nao tem o mesmo cuidado com as demais doenças, sejam da saude ou sociais? OU so importam a tal covid?

  8. CÓDIGO PENAL BRASILEIRO
    CAPÍTULO III
    DOS CRIMES CONTRA A SAÚDE PÚBLICA
    Infração de medida sanitária preventiva
    Art. 268 – Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa:
    Pena – detenção, de um mês a um ano, e multa.
    Parágrafo único – A pena é aumentada de um terço, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro.

    A resistência ficou por conta da autora do fato criminoso, que, inclusive, igualmente praticou crime de lesão corporal contra uma guarda municipal, ou seja, responderá por dois crimes.

    1. A Constituição está acima de qualquer lei. O "x" da questão é que Decretos expedidos por ignóbeis e comunistas totalitários de plantão não devem balizar essa proibição ao direito de ir, vir ou estar do cidadão. Aliás, se vc defender isso, seria interessante se mudar para a Venezuela, por exemplo. No Brasil vcs não vão conseguir implantar isso não.

  9. Essa mulher de Araraquara insistiu em descumprir o decreto da prefeitura que impede a utilização de parques/praças durante a pandemia de covid19. Foi presa por isso. Fez isso pra evitar a ditadura comunista (hein?)

    É nisso que resulta o discurso do presidente. Pessoas se colocam em risco e arriscam a vida dos outros.

  10. Júnior Madero: tudo bem morrer 7 mil
    alexandre garcia: respirador é excesso de gastos
    caio coppola: morre mais gente engasgada
    constantino: seu avô poderia se sacrificar pela economia

    o bolsonarismo é para raio de canalha

  11. " 65 mil respiradores para o Brasil não é excesso de gasto?."
    O Alexandre Garcia é um cara ótimo pra provar que sempre dá pra descer o nível um pouquinho mais.

    1. O mundo todo usa atualmente 50 mil respiradores.
      Aqui tem governo comprando pelo triplo do preço.

    2. Tiozão do zap, esses dados não são oficiais, eles saíram das vozes da cabeça dele. Ou talvez de uma das correntes de whatsapp.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Bêbado de cueca não paga conta, atropela ciclista durante fuga e ainda agride repórter

Parece piada, mas é verdade. Um homem trajando apenas cueca entrou em uma loja de conveniência de um posto de combustíveis de Minas Gerais, consumiu cerveja e fugiu sem pagar. Durante a fuga, ainda no posto, ele terminou atropelando um ciclista. O que ele não esperava era  que o ciclista, indignado, partisse pra cima dele. Depois de apanhar do ciclista, o bêbado de cueca ainda agrediu um repórter a TV Vitoriosa, filiada do SBT.

Como contar, parece mentira, segue o vídeo:

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *