Vereadora de Parnamirim teve gabinete arrombado

A veradora de Parnamirim, Walkíria Fonseca (PRB), teve uma surpresa ao chegar a seu gabinete hoje. Alguém havia entrado pela janela que dá acesso à paróquia e revirado toda a sala. Gavetas haviam sido arrombadas e documentos estavam espalhados pelo chão. Nada, no entanto, foi levado.

E quando a vereadora foi verificar as imagens das câmeras de segurança,  ela foi mais uma vez surpreendida. Exatamente no momento do arrombamento, todas as câmeras haviam sido desligadas devido a uma suposta queda de energia, que, estranhamente, não atingiu a escola nem a paróquia vizinha.

Walkíria ressalta que não quer fazer juízo de valor, mas estranha o fato de nada ter sido levado. “Tinha celulares aqui. Quem invadiu podia ter levado pelo menos um telefone para não dar a viagem perdida”, brincou. “Não sei se foi um assaltante, não sei se foi para me intimidar, não sei”, completou.

A vereadora tem feito uma oposição contundente.

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Um absurdo! Está mais do que na cara que isso tem relação política. Arrombar um gabinete e não levar nada?? Óbvio que foi pra intimidar ou procurar algo que não encontraram.

    Pelo que sei, Walkiria vem sendo a principal oposição em Parnamirim, e com aquele povo que está no comando não se deve brincar. São capazes de tudo.

    Minha solidariedade a vereadora e meu protesto a Polícia pra que não se deixe levar por influência política e realmente investigue o caso para desmascarar o coronél.

Parnamirim: MP instaura inquérito para apurar todos os bens de secretário de obras

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP/RN) abriu um inquérito civil para apurar tudo o que está no nome do secretário municipal de Obras Pública e Saneamento de Parnamirim (Semop), Naur Ferreira da Silva. A informação foi publicada no Diário  Oficial do Estado e confirmada pelo promotor responsável, Raimundo Caio dos Santos considerou.

A iniciativa é consequência de uma denúncia formalizada junto a Promotoria da cidade com relação ao aumento exagerado de patrimônio e gastos do gestor, supostamente incompatíveis com o salário de um secretário municipal.

O promotor considerou “obrigatória a apresentação de declaração de bens, com indicação das fontes de renda, no momento da posse ou, inexistindo esta, da entrada em exercício financeiro, no término da gestão ou mandato e nas hipóteses de exoneração, renúncia ou afastamento definitivo, por parte das autoridades e servidores públicos adiante indicados: todos quantos exerçam cargos efetivos e cargos, empregos ou funções de confiança, na administração direta, indireta e funcional, de qualquer dos Poderes da União”.

Além disso, o “declarante remeterá, incontinente, uma cópia ao Tribunal de Contas da União, para o fim de este: fornecer certidões e informações requeridas por qualquer cidadão, para propor ação popular que vise a anular ato lesivo ao patrimônio público ou à moralidade administrativa, na forma da lei”.

Para fazer esse levantamento do patrimônio público de Naur Ferreira, o MP enviou ofício ao Detran requisitando que remeta a relação de veículos cadastrados no nome do secretário. Da mesma forma, fez com os cartórios de registro de imóveis de Natal e Parnamirim, requisitando a relação de bens imóveis, e a declaração de Imposto de Renda dos últimos cinco anos.

Naur Ferreira

Nomeado no início da gestão Maurício Marques em Parnamirim, Naur Ferreira da Silva era funcionário da Caern, já havia exercido o cargo de secretário de Serviços Urbanos e era o atual secretário de Trânsito e Transportes da cidade. Em novembro do ano passado, os vereadores de oposição, Gildásio Figueiredo (PSDB) e Clênio José dos Santos (PV) cogitaram pedir a abertura de uma Comissão Especial de Investigação (CEI) na Câmara para investigar atos da municipalidade, notadamente, contratos assinados e a atuação da Semop

Bope retira bananas de dinamite do canteiro da BR-101

Policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apreenderam na manhã de hoje quatro bananas de dinamite. Isso mesmo: dinamite, que foram abandonadas no canteiro central da BR-101, nas proximidades da loja Saci. O material foi encontrado por funcionários da prefeitura que faziam a limpeza no local.

De acordo com informações repassadas pelo tenente Carlos Farias, oficial de serviço, o explosivo estava abandonado, sem qualquer tipo de proteção, oferecendo risco a qualquer um que passasse. Com o diagnóstico de que se tratava de dinamite, os policiais fizeram o recolhimento do material por volta das 11h.

Após a retirada das quatro bananas de dinamite, a polícia deve fazer o levantamento de possíveis proprietários do material.  O material será levado para a 1ª DP de Parnamirim para registro da ocorrência. Em seguida, deve ser encaminhado para o quartel do Bope na Zona Norte, para que o explosivo possa ser destruído com segurança.

[FOTO] Carro capota na BR-101 próximo ao Pórtico dos Reis Magos

Foto: Cesar Medeiros

Um grave acidente na BR 101 foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal, no início da tarde desta segunda-feira (9). Um veículo, cujo modelo e placas ainda não foram divulgados, trafegava no sentido Parnamirim/Natal quando se chocou com um pedestre que atravessava a via.

O impacto do atropelamento fez com que o condutor do carro perdesse o controle e o veículo capotasse para a via marginal da BR 101. O acidente aconteceu próximo ao Pórtico dos Reis Magos, em frente ao supermercado Atacadão, por volta das 13h.

Logo após o atropelamento, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e prestou socorro ao homem que foi vítima de atropelamento. Ele foi levado ao Hospital Walfredo Gurgel em estado grave. A vítima estava atravessando em um ponto em que pedestres constumam desfiar o trânsito, tendo em vista que a passarela fica longe do ponto de ônibus do local.

De acordo com informações repassadas pela central da Polícia Rodoviária Federal, duas pessoas estavam dentro do veículo elas tiveram escoriações leves. Com o acidente, o trânsito ficou bastante lento e provocou um grande engarrafamento no sentido Parnamirim/Natal.

Fonte: Portal BO

Dupla invade hospital em Parnamirim para roubar armas e atira em vigilante

Dois homens, ainda não identificados, trocaram tiros com os vigilantes do hospital Deoclécio Marques, esta madrugada (29), em Parnamirim, e roubaram as armas deles.
De acordo com policiais do 3° BPM, a dupla chegou no hospital perguntando por um paciente, conhecido apenas como “Bracinho”, uma das três vítimas baleadas pela manhã, em uma suposta briga no trânsito. E diante da negativa dos vigilantes, atiraram nas pessoas que estavam na recepção do hospital.
Mesmo assim a polícia afasta a possibilidade de tentativa de resgate de algum preso e trabalha com a hipótese de assalto as armas dos vigilantes.

Segundo o tenente Faria, oficial de operações do 3° BPM, houve troca de tiros, um dos vigilantes foi atingido na perna e os acusados conseguiram fugir levando as armas dos vigilantes.

A polícia ainda não confirma a ligação entre a suposta briga no trânsito pela manhã e a troca de tiros no hospital à noite.

Fonte: Nominuto

Incêndio destrói frente de loja em Parnamirim

Um incêndio em estabelecimento comercial foi registrado por volta das 03h50min, deste sábado, dia 24 de março, numa loja (pavimento térreo) de variedades no centro de Parnamirim, em frente a praça central.

A fumaça tomou conta do pavimento superior (residencial, mas ninguém estava habitando no momento da ocorrência).

O nome da loja é YZLI YANA. A extinção do fogo propriamente dito aconteceu depois de sete minutos de combate.

Conseguiu-se manter intacto o depósito da loja. A causa, provavelmente sobretensão na rede elétrica.

Morre o vereador Paulão de Parnamirim

Vítima de parada cardíaca, morreu na noite desta terça-feira, o vereador Paulo Barbosa (PSB), o mais votado nas eleições de Parnamirim em 2008. Paulão, como era mais conhecido por causa de seus quase 2 metros de altura, estava no quarto mandato.

À tarde participou normalmente da sessão da Câmara Municipal. “Depois que os trabalhos foram encerrados, ele brincou com os amigos, como sempre fazia. Não apresentava sintomas de que estivesse sentido alguma coisa”, disse um amigo do vereador.

Paulão tinha 61 anos de idade e sofria de diabetes, doença que algumas vezes o levou ao hospital. Fumante há muitos anos, ignorou as recomendações médicas para que suspendesse o cigarro.

Ele passou mal quando já estava em casa. Desmaiou e foi imediatamente levado por familiares para o Hospital Regional Deoclécio Marques, o mais próximo de sua residência.

Ao ser informado da morte do vereador, o prefeito Maurício Marques mandou cancelar toda a agenda prevista para esta quarta-feira, inclusive o início da entrega dos kits escolares no Centro Infantil Romana Santiago. Eleito pelo PSB, Paulo Barbosa assumiu uma postura de independência na Câmara Municipal. No final de fevereiro passou a integrar a base aliada do prefeito.

Até as 22 horas, a família não havia informado o local do sepultamento. O velório deverá ser na Câmara Municipal. A vaga dele na Câmara será ocupada pelo suplente Ricardo Gurgel.

Fonte: Tribuna do Norte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ANDREIA CRISTYANE disse:

    Uma perda para a cidade de Parnamirim/RN

Contribuintes de Parnamirim conseguem suspensão do IPTU

A juíza Marta Suzi Peixoto Paiva Linard, da Vara da Fazenda Pública de Parnamirim determinou a suspensão da exigibilidade da cobrança do IPTU referente ao exercício 2012, com a consequente suspensão de todas as penalidades que possam ser aplicadas em decorrência do não recolhimento do referido tributo no prazo estipulado pelo ente tributante, tais como juros, multas e correção monetária, a cinco contribuintes do Município de Parnamirim.

A liminar concedida foi contra Prefeito Municipal de Parnamirim, Maurício Marques dos Santos, o Secretário de Tributação do Município de Parnamirim, José Jacaúna de Assunção e do Município de Parnamirim, determinando ainda que a suspensão ocorrerá enquanto perdurarem os efeitos da decisão judicial. Foi fixada também multa diária de R$ 500,00 para o caso de descumprimento da decisão.

Os contribuintes autores da ação judicial alegaram nos autos processuais que são proprietários de imóveis situados em Parnamirim-RN e, portanto, se põem sob a autoridade do Prefeito e de seu Auxiliar na pasta de Tributação. Informaram que o Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU cobrado sempre se mostrou condizente com a situação de classe média dos proprietários, no entanto, no exercício de 2012 o imposto sofreu aumento superior a 100% em sua base de cálculo, dobrando assim o seu valor.

Para os autores, o referido aumento se deu através do Decreto nº 5.611 de 20 de outubro de 2011, que corrigiu a Planta Genérica de Valores de Terrenos e Tabelas de Preços de Construção – PGV, sob a qual se funda a base de cálculo do IPTU. Segundo eles, tal acréscimo somente poderia ser levado a efeito por meio de lei e que não foi sequer promovida a devida publicação da Planta Genérica de Valores de Terrenos e Tabelas de Preços de Construção – PGV na imprensa oficial.

De acordo com os autores, as autoridades acionadas judicialmente escolheram, arbitrariamente, como índice de correção para o IPTU do exercício de 2012, o Índice Preços ao Consumidor Amplo Especial – IPCA-e, da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, desprezando, assim, o Poder Legislativo.

Já o Município de Parnamirim questionou que a alegação dos autores de que houve aumento do IPTU não ficou comprovada e que o Município pode, discricionariamente, atribuir os valores de tributos, como parte de sua competência legislativa, havendo anualmente a correção do valor do tributo, conforme previsto no art. 100 do Código Tributário Municipal.

Para o Município, verifica-se a inadequação da via processual eleita, em razão de inexistir concreta ameaça ao direito alegado e defende que o pedido de liminar deve ser indeferido, por falta dos pressupostos legais. O Secretário Municipal de Tributação de Parnamirim também prestou suas informações nos autos.

Ao analisar o caso, a juíza observou que, a pretexto de atualizar o valor venal dos imóveis situados em seu território e aplicar mera atualização monetária na base de cálculo do IPTU, utilizando o índice IPCA-E apurado pelo IBGE, acumulado no período de outubro de 2010 a setembro de 2011, o Município de Parnamirim, através de decreto, reajustou em mais de 100% o valor do referido tributo.

Porém, a magistrada esclareceu que o Código Tributário Nacional estabelece em seu art. 97 que a majoração de tributo somente pode ocorrer mediante lei. Como observado nos boletos referentes ao IPTU e as fichas de imóveis juntadas ao processo, o valor venal dos imóveis pertencentes aos autores e, por conseguinte, o valor do IPTU cobrado, teve acréscimo superior ao índice de atualização monetária (IPCA-E) acumulado no período, evidenciando, assim, ao menos em princípio, um mascarado aumento da base de cálculo do citado tributo e não mera atualização monetária, de modo que somente poderia ser implementado através de lei, e não por decreto, como efetivamente ocorreu.

Portanto, a juíza entendeu que o perigo da demora é claro, na medida em que, caso não seja deferida a liminar pleiteada, os autores ficarão sujeitos ao imediato pagamento do tributo e, em caso de eventual acolhimento do pedido ao final da ação judicial, terão que pleitear a repetição do indébito pelas vias ordinárias. De outro modo, entendeu que a falta de recolhimento do tributo que se reputa indevido sujeitará os contribuintes à inscrição na Dívida Ativa e ao posterior ajuizamento de execução fiscal, com as medidas constritivas a ela inerentes.

Três vereadores rompem com Maurício Marques e oposição anuncia candidato em março

A noite de ontem foi bastante movimentada na política parnamirinense. Os vereadores Walkiria Fonseca, Sérgio Andrade e Kátia Pires se reuniram em Pirangi com Walter Fernandes, vereador Gildásio Figueiredo, Tita Holanda, Gilson Moura e Epifânio Bezerra para definir as metas para o pleito de outubro desse ano.

Durante o encontro saiu o primeiro indício de rompimento. Todos os políticos concordaram em se juntar e confirmaram que o nome de um candidato da oposição para disputar as eleições será anunciado em março.

Inclusive, teve político que rompeu com Maurício dizendo que está em campo para buscar novos partidos para formar a base e aumentar as forças na luta pela cadeira de chefe do Executivo. Isso ainda vai render muito.

Fontes garantiram que um dos desabafos para justificar o rompimento foi: “Afinal, todos sabem que o atual governo municipal é basicamente um governo do PT e PDT com vista à eleição de seus candidatos ao Governo e ao Senado, em 2014″, contou um vereador.

Depois do Carnaval, o grupo ainda vai se reunir para mais uma etapa de negociações e para tentar ver se já definem o nome do pré-candidato.

Em março, já com o nome definido, o grupo vai cair nas ruas junto à população para elaborar um programa de Governo, que será apresentado ao povo da Cidade.

“A ordem é : unidade de discurso por Parnamirim”, garantiram os parlamentares ao final da reunião.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Socorrosantos Ji disse:

    oposição vai levar um tapa na cara dos parnamirinesses

Polícia Civil desarticula quadrilha acusada de vários homicídios em Parnamirim

A Polícia Civil desarticulou uma quadrilha de traficantes acusadas de praticar homicídios no bairro de Passagem de Areia, município de Parnamirim. Três homens foram presos na operação e os policiais encontraram três corpos em um poço da localidade, que ficou conhecido como “Poço do Terror“.

Os detalhes da prisão foram divulgados na manhã de hoje (08) durante coletiva de imprensa, na Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), pelo delegado titular da 1ª DP, Graciliano Lordão, que presidiu as investigações, além do Delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério Silva.

As investigações tiveram início há seis meses quando a equipe da 1ªDP de Parnamirim localizou os corpos no poço, no dia 1º de agosto do ano passado, após denúncias. Foram encontrados Paulo Roberto da Costa, Estevam Cláudio e Jacío Júnior. De acordo com o delegado Graciliano Lordão, eles estavam desaparecidos desde julho de 2011, foram mortos a pauladas e jogados dentro desse poço. A motivação do crime era por dívidas com os traficantes, já que as vítimas eram viciadas em drogas. As dívidas giravam em torno de 20 a 30 reais.

Além desses corpos, a Polícia Civil acredita haver mais dois outros nesse local, que seria de um casal ainda não identificado. Já foram feitas duas tentativas para remoção, mas devido a profundidade (cerca de 24 metros) e o volume de água do poço, ainda não foram encontrados. No entanto, a Polícia pretende articular equipes do Corpo de Bombeiros e da Caern para trabalhar ininterruptamente até que as vítimas sejam localizadas.

Foram presos Erivan Guilherme de Moura, o “Pé”, Luís Carlos da Silva Miguel, vulgo “Topeira”, e João Paulo de Oliveira Pontes, o “Pantera”. Todos foram localizados em Parnamirim. Eles devem responder por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e formação de quadrilha.

Ainda há outros quatro participantes dos crimes que estão foragidos identificados como Klebson Samuel de Araújo Silva, o “Galeza” e David Raquel da Silva, vulgo “Galego”, além de dois menores de idade. A Polícia Civil pede para que se alguém tiver alguma informação sobre o paradeiro dos acusados ligar para o Disque Denúncia (0800-084-2999) ou para a DP de Parnamirim pelo telefone 3644-6408.

O delegado Graciliano Lordão destacou que tratam-se de bandidos que agem com requintes de crueldade e que cometeram os assassinatos por motivo torpe. “Eles geralmente davam um golpe mata-leão nas vítimas e quando estas estavam desacordadas, davam uma série de pauladas na cabeça, além disso cometiam o crime por divídas com valores irrisórios”, relatou.

Vice-prefeito de Parnamirim anunca candidatura a Prefeito. Rompimento?

O vice-prefeito de Parnamirim Epifânio Bezerra, filiado ao PR, anunciou nesta terça feira (31) que será candidato a prefeito do município nas eleições municipais de outubro desse ano.

Epifânio tem ampla experiência política em Parnamirim, onde já foi vereador durante quatro mandatos, inclusive chegando a ser presidente da Câmara Municipal na gestão passada.

Ele também é secretário de Serviços Urbanos (Semsur) na gestão do atual prefeito Maurício Marques, do PDT. Como vice-prefeito, ele não tem como ser exonerado, porque foi eleito pelo voto democrático. Mas seria, esse anúncio, um rompimento antecipado?

Será que Maurício vai demitir seu vice do posto de secretário?

Prefeito de Parnamirim tenta amenizar ruptura com vice, mas nova chapa para 2012 já está fechada

O prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, em entrevista ao Poti deste domingo (22) – leia aqui –  tentou amenizar seu rompimento político com o atual vice-prefeito, Epifânio Bezerra.

Disse que os dois são amigos há 37 anos, que têm uma parceria política e administrativa e etecetera e tal.

Ou seja, tentou ficar bem com as câmeras e com a mídia.

Mas nos bastidores, todos sabem: Epifânio é carta fora do baralho para 2012.

Agnelo Alves, mentor político de Maurício, já tem o nome de um novo vice para o próximo pleito.

É a vereadora Maria Lúcia Costa, mais conhecida como Lucinha.

As pessoas mais próximas dizem que é decisão certa. Prego batido, ponta virada.

MP quer anular contratos sem a assinatura do prefeito de Parnamirim

Visando assegurar a probidade dos atos administrativos e o impedimento de prejuízos à Municipalidade, a 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Parnamirim recomendou à Prefeitura Municipal que anulasse todos os acordos, contratos (e respectivos aditivos), ajustes, convênios e consórcios de interesse da Municipalidade celebrados sem a assinatura do Prefeito Municipal.

Conforme apurado pela Promotoria de Justiça, o Município de Parnamirim vem, constantemente, celebrando contratos administrativos apenas com as assinaturas dos Secretários Municipais nos respectivos instrumentos, o que torna o ato inválido por falta de competência administrativa destes para tal, de acordo com a Lei Orgânica do Município de Parnamirim.

A Recomendação também requer que todos os acordos, contratos ajustes, convênios e consórcios, inclusive os referentes aos procedimentos licitatórios a serem realizados ou que estejam em andamento no Município, constem da assinatura do Prefeito do Município e do respectivo Secretário Municipal da área de competência, conforme art. 80 da Lei Orgânica do Município de Parnamirim/RN.

A Prefeitura deverá informar, no prazo de vinte dias, as providências adotas para o cumprimento da Recomendação, mediante adoção de medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis.

Revista no Presídio de Parnamirim apreende drogas, celulares e até furadeira

Uma revista no Presídio Estadual de Parnamirim (PEP) resultou na apreensão de 15 celulares, uma furadeira de mão, carregadores e uma pequena quantidade de maconha na manhã desta segunda-feira (16). A ação que durou cerca de três horas (das 8h às 11h) foi realizada após uma denúncia anônima a respeito de uma tentativa de fuga de um detento.

De acordo o diretor do Pep, Robson Silva, a denúncia comunicada na semana passada alertava sobre a entrada de uma furadeira na unidade destinada a um preso cuja identidade foi mantida em sigilo.  Na ocasião, o caso foi encaminhado ao Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania), que programou a ação do trabalho de revista.

Durante a entrada nas celas, os agentes carcerários tiveram dificuldades no acesso e contaram com o apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE), que controlou o início de tumulto dos presos. “Eles perceberam a intensificação da revista e tentaram intimidar através de ameaças”, disse o diretor do PEP.

Segundo Robson Pires, já existe a confirmação do preso que organizaria a fuga. Uma sindicância foi aberta e ele será remanejado após a conclusão das investigações.

Fonte: DN Online

MP investiga infecção hospitalar no Deoclécio Marques

O Ministério Público, através da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Parnamirim, instaurou Inquéritos Civis para apurar a existência de uma Coordenação Municipal de Controle de Infecção Hospitalar no município e de Comissões em unidades de saúde como o Hospital Regional Deoclécio Marques Lucena e a Maternidade Divino Amor.

O Inquérito leva em conta um relatório entregue à Promotora de Justiça pela Vigilância Sanitária, confirmando a situação precária dos hospitais regionais situados no interior do Estado e que aponta, inclusive, a inexistência de Comissões de Controle de Infecção Hospitalar (CCIHs).

Assinado pela Promotora de Justiça, Luciana Maria Maciel Cavalcanti Ferreira de Melo, o Inquérito solicita que o a Secretaria de Saúde do município informe, no prazo de 10 dias, a existência de uma coordenação no âmbito municipal. Caso não haja, informe que medidas serão adotadas para assegurar e efetivar a criação do órgão.

O mesmo vale para a direção da Maternidade Divino Amor e do Hospital Regional Deoclécio Marques, que devem informar o nome dos membros que compõe a CCIH, a carga horária dos membros, a infra-estrutura oferecida à Comissão, dentre outras informações.

Engarrafamento e multas no caminho de Natal para Pirangi

Um grande engarrafamento está perturbando a manhã do  feriado de Reis de quem se dirige para as praias do Litoral Sul.

A aglomeração e retenção de carros começa em Cotovelo, na altura do condomínio Corais de Cotovelo, e se estende até o Cajueiro de Pirangi.

São aproximadamente 40 minutos de trânsito lento.

A secretaria de trânsito de Parnamirim já está no local orientando os motoristas e  multando os veículos maus estacionados na praia mais badalada da Grande Natal.