COVID-19: Comitê científico confirma taxa de transmissibilidade em queda e aponta redução da pressão sobre leitos de UTI no RN

O comitê científico de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no Rio Grande do Norte, em coletiva no fim da manhã desta segunda-feira(29),  afirma que há redução na pressão sobre leitos de UTI no estado. Conforme noticiado nos últimos dias, a taxa de transmissibilidade da doença também surge como notícia positiva, confirmando diminuição.

“Já está consolidado que a taxa de transmissibilidade está caindo de maneira gradual, o que é do curso da pandemia. Esse dado já se consolida há mais de 15 dias e o comitê científico já entende como um dado seguro”, revelou o professor Ricardo Valetim, integrante do comitê e coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da UFRN.

Segundo o coordenador do Lais, há ainda uma pressão por ocupação de leitos e UTI. Porém durante seis dias consecutivos foi registrada uma redução na solicitação por novas vagas nesses leitos críticos.

“Porém, isso não é algo que permita que a sociedade se descuide e relaxe o isolamento social. Pelo contrário: se nós quisermos voltar a uma normalidade, é preciso a colaboração de todos de maneira solidária, setor produtivo, escolas, sociedade, governo. Todo mundo se mantendo ainda vigilante com relação à questão da pandemia, que ainda continua bastante agressiva”, alertou.

O Rio Grande do Norte registra neste momento 994 óbitos, e ainda tem 161 sob investigação.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juliano bugueiro disse:

    Melhorando assim, em Setembro vai poder reabrir.

  2. Gaius Baltar disse:

    UTI é o último estágio do sistema de saúde. É interessante ver se a diminuição também ocorre na atenção básica. Pelo o que vejo nas unidades de saúde da Zona Norte isso ainda não chegou no pico.

  3. Flávio disse:

    Tem muito cientista famoso que vai ter que pedir desculpa pelo terror que espalhou !!
    Ou por incompetência ou por interesses …….
    Eita vírus para expor o caráter das pessoas.

Covid-19: MP assina TAC com escolas privadas para redução de 20% do valor das mensalidades em Mossoró

Foto: Reprodução

Diante do cenário de isolamento social para  combater o contágio por coronavírus (Covid-19) em que as aulas escolares estão suspensas, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) buscou 27 colégios da rede privada de Mossoró para firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Em consenso,  mediado pela 2ª Promotoria de Justiça da localidade, essas instituições de ensino particulares acordaram em reduzir em 20% o valor de tabela das mensalidades praticadas.

A medida valerá a partir deste mês de maio e enquanto durar a suspensão das aulas presenciais em decorrência da proibição sanitária por conta do novo coronavírus.  Ocorrendo o retorno presencial, haverá a cessação do mencionado desconto, retornando os valores às mensalidades praticadas nas condições anteriores à pandemia da Covid-19.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LEANDRO KLEBER disse:

    Concordo com citado anteriormente, trantando de colégios particulares, as universidades particulares também entraria nessa medida? precisamos que o MP aprove essa medida em Natal também, pois estamos estudando via aplicativo online e pagando as mensalidades cheias, nesse momento de pandemia os empregos estão ficando escassos, com todas medidas tomadas pelos nossos gonvernantes ainda estamos em situação difícil para poder sustentar uma mensalidade.

  2. Minha Opinião disse:

    Pq o MP num faz isso pra todo o estado ,principalmente para os municípios de Natal e Parnamirim , fica a dica é os pais dos alunos agradecem pois os serviços não estão sendo bem prestados e com isso evitaria de alguns pais não cancelarem os contratos com as escolas!

VÍDEO: Confira íntegra de visita de Bolsonaro ao ministro do STF Dias Toffoli, e reunião, em que faz apelo por menos restrições durante a pandemia

O presidente Jair Bolsonaro atravessou a Praça dos Três Poderes em Brasília a pé nesta quinta-feira (7) para se dirigir ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Acompanhado de ministros e um grupo de empresários, Bolsonaro se reuniu com o presidente do tribunal, Dias Toffoli, e fez um apelo para que as medidas restritivas nos estados sejam amenizadas.

Ida do presidente ao tribunal não estava prevista na agenda. Em reunião com Toffoli, Bolsonaro disse que assinou decreto para ampliar serviços considerados essenciais. No encontro, Toffoli disse que ações devem ser coordenadas entre União, estados e municípios.

Com acréscimo do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    O ministro da economia é o mais eficiente do governo e cauteloso com relacão a saúde. Basta ver seu comportamento, pois tomou as medidas necessárias para minimizar os impactos sociais apesar da crise, como também não reverbera as atitudes insanas do presidente em insistir nesse discurso acéfalo de que tem que flexibilizar, ora, se as medidas estão cada vez mais restritivas o grande motor é o presidente, pois ele como formador de opinião que é, incentiva cada vez mais o descumprimento das medidas de distanciamento, então o ministro que é o apoio do mercado, age com muita com responsabilidade, mas não abandona o barco.

  2. Pedro disse:

    Isso daí tem que ser internado, flexibilizar JAMAIS

    Força governadores

  3. Marcelo disse:

    Empresariado preocupado em salvar seus CNPJ e cancelar muitos CPF…

  4. Juliano bugueiro disse:

    Isso é um doido, o mundo inteiro pede para ficar em casa, a Itália vai reabrir uma parte do comércio em Junho, aqui querem abrir no pico do vírus.

Flamengo anuncia acordo com jogadores para redução de 25% dos salários em maio e junho

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo anunciou nesta terça-feira que chegou a um acordo com os jogadores para redução de 25% dos salários e postergação de direitos de imagem. A medida é uma consequência da crise causada pela pandemia do novo coronavírus, que interrompeu as competições. Ela valerá para os meses de maio e junho de 2020 e, passado esse período, a situação será novamente analisada.

Por meio de nota, o Flamengo informou ainda que os direitos de imagem, que seriam pagos em maio e junho de 2020, serão quitados em dez parcelas a partir de janeiro de 2021. O acordo não contempla o técnico Jorge Jesus e sua comissão.

Na nota, o clube cita ainda que a demissão de 6% dos funcionários, feita após as férias coletivas, foi uma necessidade “dolorosa”.

– As medidas tomadas esta semana (a mais dolorosa delas sendo a redução de aproximadamente 6% de seu quadro de colaboradores), aliadas a este importante acordo com os jogadores, ajudarão o Clube: a quitar todos os direitos trabalhistas dos ex-colaboradores; a preservar ao máximo o emprego e o pagamento em dia de mais de mil colaboradores, entre funcionários e atletas; a manter a prestação dos serviços para os 16 mil sócios da sua sede social e a continuar com a performance esportiva de excelência em todos seus esportes, desejo dos 42 milhões de torcedores que formam a Nação Rubro-Negra – diz a nota.

Veja a nota completa:

“A crise econômica resultante da pandemia da COVID-19 é grave e afeta a todos. Infelizmente, medidas duras são necessárias de forma a garantir a continuidade de todas as instituições e empresas. O Clube de Regatas do Flamengo, apesar de seu tamanho e sua situação financeira equilibrada, não está imune a isto.

Dentro desta nova realidade econômica, o Clube e seus jogadores do elenco do futebol profissional comunicam que firmaram um acordo de redução salarial e postergação de direitos de imagem, que valerá para os meses de maio e junho de 2020. Após este período, será feita uma nova avaliação a respeito dos impactos econômicos da pandemia e serão discutidos eventuais ajustes.

Para este primeiro momento, todo o elenco profissional de jogadores autorizou ao Clube uma redução correspondente a 25% de seus salários relativos aos meses de maio e junho de 2020. Além disso, autorizou ainda a postergação dos direitos de imagem que seriam pagos em maio e junho de 2020 para quitação em 10 parcelas, a partir de janeiro de 2021. Este acordo será formalizado entre o clube e os atletas nos próximos dias.

As medidas tomadas esta semana (a mais dolorosa delas sendo a redução de aproximadamente 6% de seu quadro de colaboradores), aliadas a este importante acordo com os jogadores, ajudarão o Clube: a quitar todos os direitos trabalhistas dos ex-colaboradores; a preservar ao máximo o emprego e o pagamento em dia de mais de mil colaboradores, entre funcionários e atletas; a manter a prestação dos serviços para os 16 mil sócios da sua sede social e a continuar com a performance esportiva de excelência em todos seus esportes, desejo dos 42 milhões de torcedores que formam a Nação Rubro-Negra.

Por fim, o Flamengo reafirma sua plena certeza de que, juntos, venceremos mais este desafio”.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Odilson pires disse:

    Na verdade, o que deveria se rever no mundo. Eram esses altos salários desses jogadores de futebol!

RN apresenta redução da criminalidade no mês de março

O Rio Grande do Norte apresentou redução das Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLI) durante o mês de março em relação ao mesmo período do ano passado, além de registrar diminuição dos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP) em diversas cidades.

O total de CVLI no terceiro mês do ano foi de 126, uma redução de 14,29% comparando com o ano passado, quando ocorreram 147 casos. Levando em consideração os três primeiros meses de 2020, dentro dos tipos de condutas letais, apresentaram queda os homicídios dolosos (passou de 291 para 284) e a lesão corporal seguida de morte (passou de 38 para 28).

Entre os municípios mais populosos do Estado, destaque para a diminuição do CVLI em Parnamirim, caindo de 25 para 20 (-20%) e São Gonçalo do Amarante, saindo de 29 para 19 (-34,5%).

Em relação aos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), comparando os meses de março de 2020 e março de 2019, as cidades de São Gonçalo do Amarante e Ceará-Mirim tiveram uma redução, respectivamente, 12,9% e 33,3%. Na capital potiguar, destaque também para a redução de assaltos a ônibus, que passaram de 44 para 34 no mesmo período, uma queda de 22,7%.

Podemos também pontuar os resultados positivos obtidos pela Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado, que é composta pela Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Federal, e que tem realizado importantes operações no RN. O trabalho conjunto dos setores de inteligência das forças de segurança gerou, por exemplo, a desarticulação de uma quadrilha no interior potiguar, a apreensão de fuzis na Bahia, e a prisão de um membro de uma facção do RN que estava escondido em Goiás.

“O trabalho integrado desenvolvido pela Força Tarefa é fundamental no enfrentamento da criminalidade no Rio Grande do Norte. Ações conjuntas de Inteligência estão resultando na diminuição dos índices de criminalidade e violência”, destacou o secretário da Segurança do RN, coronel Francisco Araújo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Em todos os estados caíram , isso é proporcional, quanto menos pessoas na rua menos violência.

  2. Aprígio disse:

    Sera que a vagabundagem esta9 de quarentena??
    Só pode.
    Deram um tempo.

  3. Lobinha disse:

    Acho que os custos da máquina administrativa caiu 50%, atendimento médico, diárias, combustível, alimentação, isso pela lógica, mas eles sempre arrumam algumas desculpas.

Confinamento achatou a curva: menos mortes e menos casos de Covid-19 na Itália

Foto: Reuters / Manuel Silvestri / Direitos Reservados

Pelo quarto dia consecutivo, a Itália emite sinais positivos.

Desta vez, todos os principais números da epidemia apresentaram uma melhora.

De ontem para hoje, houve 5.210 novos casos (-0,8%), 683 mortos (-8,1%) e 1.036 pacientes curados (+13,7%).

O confinamento achatou a curva. Agora é preciso descer a montanha.

O Antagonista

VÍDEO: Deputado Fábio Faria propõe redução de salários de 50% de todos os poderes – judiciário, legislativo e executivo, no âmbito federal, estadual e municipal

“Vamos todos fazer a nossa parte para combater o coronavírus”.  A mensagem do deputado federal Fábio Fária(PSD) através das redes sociais propõe que todos os poderes – legislativo, executivo e judiciário – em todas suas esferas – federal, estadual e municipal – possam contribuir reduzindo os salários durante a pandemia.

“Eu proponho que tenhamos espírito humanitário e que todos os poderes – legislativo, executivo e judiciário – em todas suas esferas – federal, estadual e municipal – possam contribuir reduzindo os salários durante a pandemia. Precisamos fazer isso de forma equilibrada e justa, com a certeza de que serão alocados para salvarmos vidas na diminuição do impacto no desemprego”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Severino Junior disse:

    Não concordo, a não ser q as dividas tb sejam cortadas pela metade, água, luz, condomínio, financiamentos etc, pq se não a conta não bate.

  2. Anti hipocrisia disse:

    Isso é um palhaço!!! Que tal nessa pandemia cortar todos os cargos dele? Empregou todos os amigos e agora vem conversar merda… Vai tomar no cú hipocrita!

  3. Natal disse:

    Esses ftp não tem o fazer? Corte o seu vagabundo a gente já ganha bem para fazer isso por certo deu vagabundo

  4. Marcos disse:

    Jovem parlamentar, sugira tributar agora as grandes fortunas.
    Ah! Posso não, porque sou representante e parente de um que tem uma fortuna muito grande.
    Enfim, com pandemia, sem pandemia, com crise, sem crise, a conta sempre sobra para os trabalhadores e funcionários públicos.
    Acorda povo, quem manda neste país é 1% da elite bilionária e com a maioria no congresso nacional. Enquanto não aprendermos a votar seremos gado deles.

  5. Adriana Patriota de Aguiar disse:

    Esse palhaço casado com a filha de Silvio Santos um dos homens mais ricos do Brasil. Agora vem com essa de dizer que tem que cortar 50% do salário dos funcionários . O paizinho dele já foi um desastre em Natal no Rio Grande do Norte como governador e ele não ganha mais para nada.

  6. Adriana Patriota de Aguiar disse:

    Esse palhaço casado com a filha de Silvio Santos um dos homens mais ricos do Brasil. Agora vem com essa de dizer que tem que cortar 50% do salário dos funcionários . O paizinho dele já foi um desastre em Natal no Rio Grande do Norte como governador e ele não ganha mais para nada.

  7. José Raimundo disse:

    Tá jogando pra torcida pois ele sabe que não será aprovado, nem sequer, apreciado.

  8. Richard disse:

    Nunca saiu uma coisa que preste da boca e das ações desse parlamentar! Faça caridade com o seu próprio chapéu, sujeito!

  9. Edson disse:

    Esse mauricinho deveria propor aumento de imposto sobre herança para super ricos, tipo Silvio Santos, dono do Itaú, etc . Como se faz na França, USA, Japão, Suécia. Acabar com a isenção para dividendos, só Brasil e Estônia não cobram… é mais fácil tirar do assalariado

  10. De olho👀 disse:

    Conversando miolo de pote. Precisamos de propostas concretas, sem populismo. Quais são os outros projetos desse irresponsável?

  11. AJ disse:

    Atirar com o revólver dos outtos é fácil. Nem o que ganha na Câmara gasta em casa pq Silvio Santos através da filha é quem paga tudo.

  12. Barretto disse:

    Eu não tenho memória curta.. não há como escutar QQ coisa de FFaria. Antes que seja esclarecido a situação dele com Joesley Batista.
    https://noticiasdatv.uol.com.br/mobile/noticia/televisao/ticiana-villas-boas-se-queima-com-familia-abravanel-saiba-por-que–15312

  13. moderado disse:

    Concordo agora sim vi o respeito de um politico, imagine o trabalhador que ganha um salario minimo, como sera vida desse coitado reduzindo seu salario, o que deve ser feito e isso reduzir completamente os salario desses 513 deputados e 81 senador imagine o quanto de despesa nessa pandemia gasto com esse pessoal, sem falar nos desvio de verbas, e alem disso a população deveria fazer panelaço e para os 2 bilhões do fundo partidario ser gasto com os doentes..

  14. José Maria disse:

    Ele devia era estar pedindo o uso do fundo partidário e não sacrificar o funcionário público que já tem um salário muito defasado.

    Perdeu quatro votos em minha casa

  15. Jr disse:

    Assim é muito fácil. Um playboy rico que não precisa do salário de deputado fazer esta proposta! Mas tudo bem! Reduza em 50% o valor das contas que todo mundo aceita.

  16. Salete disse:

    100% do salário de deputados e senadores,Vereadores ,magistrados , prefeitos etc deveriam ser doar seus salários até o final da crise do Corona vírus ,,

    • Lico disse:

      Aqui no Estado tem muito funcionário público que ganha mais de 20 mil. Pega esses marajás, junta com deputados e senadores e passa uma faca de 50% no salário desse pessoal, e uns 30% nos restantes dos barnabés.

  17. Rômulo© disse:

    Ele deveria começar a dar o exemplo, doando 50% de seu patrimônio para a causa que ele defende!

  18. MANOEL disse:

    Eu proponho que, todos os políticos, em seus respectivos Estados, doem seus gordos salários p suas Secretarias de Saúde. Afinal, a retórica deles quando fazem campanha é q querem se eleger p ajudar ao povo. Chegou a hora Deputado, comece dando esse exemplo, que aliás, a vc ñ faz falta, pois, nasceu em berço de ouro e tem um sôgro bilionário.

  19. NACIA disse:

    EU DUVIDO D – Ó – DÓ que isso aconteça. Só vendo para CRER.

  20. Socorro farias disse:

    É melhor utilizar o fundo partidário e destinar à saúde, para compra de equipamentos, insumos e montar hospitais de campanha

  21. Antonio Turci disse:

    Tudo bem, Deputado. Mas primeiro vocês têm que abrir mão do indecente fundo partidário.

  22. Joca disse:

    Apoiado. Ganha 30 recebe 15, ganha 10 recebe 5, só dois meses gente. Vamos lá deêm a sua contribuição. Bora pessoal do Psol, apoiem essa idéia.

  23. IDD disse:

    Usar o dinheiro do fundo partidário nem pensar né?
    Ser generoso com dinheiro alheio é fácil.

  24. Silva disse:

    Basta cortar as mordomias do legislativo e do judiciário !!!

  25. Carlos disse:

    Concordo, desde que a conta de agua, energia, condomínio, escola, prestações diversas, iptu etc diminuam também 50%. Se tudo isso diminuir pode cortar enquanto estiver com essa epidemia.

  26. Sérgio Aragão disse:

    Ele devia sugerir liberar o dinheiro do fundo partidário

  27. Revoltz disse:

    Devia começar pelo salário dele e trabalhar de graça.

  28. Pronto, falei! disse:

    Era para ser definitivo!!!
    E político não nem para ganhar salário, pois político não é profissão!

Em prevenção ao coronavírus, transporte intermunicipal terá redução de frota e viagens suspensas no fim de semana

A partir de domingo(22), o sistema de transporte terrestre intermunicipal passará por mudanças. Viagens na região metropolitana ficarão suspensas nos fins de semana e apenas 50% da frota vai circular entre segunda e sexta-feira.

A medida será tomada a partir de decreto estadual que deverá sair no Diário Oficial do Estado a qualquer momento.

OPERAÇÃO CARNAVAL: veja números das polícias, unidades penitenciárias, bombeiros e Itep, que registraram a maior redução da violência dos últimos oito anos no RN

Este ano o Rio Grande do Norte teve a maior redução nos números das Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs) durante o período do Carnaval dos últimos oito anos. Considerando o período de 21 a 25 de fevereiro, foram registrados 16 CVLIs, contra 26 ocorrências no ano passado – uma diminuição de 38,5%. Na série histórica, é a menor quantidade de CVLIs durante o Carnaval desde 2012, quando foram registrados 12 casos.

NÚMEROS DA OPERAÇÃO CARNAVAL 2020:

POLÍCIA MILITAR (Comandos de Policiamento Metropolitano e do Interior)

Armas apreendidas – 31

Pessoas conduzidas – 77

Carros recuperados – 33

Drogas apreendidas – 5 quilos

POLÍCIA DE TRÂNSITO – CPRE

Abordados mais de 6 mil veículos

Prisões – 5

Mortes em rodovias – 2020: 02 duas. 2019: 03

OPERAÇÃO LEI SECA

Veículos abordados: 927

VEJA MAIS: Operação Carnaval 2020 garante maior redução da violência dos últimos oito anos no RN

SEAP

OPERAÇÃO TOLERÂNCIA ZERO: violação tornozeleiras eletrônicas – 07 ocorrências. Recaptura de foragido – uma ocorrência.

OPERAÇÃO SATURAÇÃO: 686 policiais penais realizaram revistas diárias nas unidades prisionais. 6.992 presos foram revistados em todas as 17 unidades prisionais do RN.

POLÍCIA CIVIL

Na Grande Natal, a Polícia Civil registrou 16 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs), cinco Boletins Circunstanciados de Ocorrências (BCOs), 59 Autos de Prisão em Flagrante Delito (APFD) e 269 Boletins de Ocorrências (BOs).

No interior do Estado, foram 84 TCOs, 12 BCOs, 72 APFD e 489 BOs.

PLANTÃO DELEGACIA DE ATENTIMENTO À MULHER – Natal e Grande Natal: 13 prisões em flagrante. Medidas protetivas – 27

CORPO DE BOMBEIROS

O 1º, 2º e 3º Grupamento Bombeiro Militar, que atuam na Grande Natal, Mossoró e Caicó, respectivamente, prestaram 229 atendimentos ao público nos principais polos carnavalescos do Estado.

O Serviço de Atividades Técnicas (SAT) do Corpo de Bombeiros Militar do RN fiscalizou estruturas de eventos e trios elétricos em mais de 40 municípios.

No total, foram prestados 181 atendimentos na capital potiguar, sendo 61 em Ponta Negra,37 no Largo Buiú (Redinha), 27 em Petrópolis, 14 na Ribeira, 14 no Nazaré, 10 nas Rocas, 10 no largo do Cruzeiro, 06 no Praia Shopping e 02 no Centro Histórico. Os casos envolveram ingestão de bebidas alcoólicas, quedas de pressão, pequenos cortes e fraturas.

ITEP

Acidentes de tráfego: 2020 – 07 ocorrências. 2019 08 ocorrências.

Exames de lesões corporais: 2020 – 149. 2019 – 146.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Burro veio, vc é veio mesmo, acreditar no Bolsonaro é mil vezes melhor do que acreditar nos pilantras do PT, eu por exemplo, acreditei duas vezes em nove dedos, não acreditei na desmiolada da anta que cheiroso empurrou, e me ferrei nas duas vezes que votei nele, ainda levei de crédito àquela desmiolada cretina e burra, foram tantas mentiras , roubos descarados e desmantelo, que tudo que for dito por essa corja, ainda acho melhor o dito por Bolsonaro.

  2. natalsofrida disse:

    Não acredito em nada que essa " mulher" fala.

    • Burro veio disse:

      Mas aposto que acredita no doidinho do Bolsonaro né?! Cada coisa heim!!

    • Cidadão disse:

      Burro véi 🐴 acreditar em PTralhas é complicado. 🐴🐴🐴🐴

O BOLSO AGRADECE: A pedido do governo, Toffoli recua e mantém redução do valor do DPVAT

FOTO: MANOELA ALCÂNTARA/METRÓPOLES

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu, nesta quinta-feira (09), uma liminar proferida por ele mesmo e manteve a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados que reduziu o valor do DPVAT. A decisão foi tomada após um pedido da União ser protocolado na Corte.

No mês passado, Toffoli havia decidido barrar o ato normativo. Para ele, o dispositivo configuraria um “subterfúgio da administração” para não cumprir a decisão do STF que suspendeu uma medida provisória do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), que cancelava a obrigatoriedade de pagamento do DPVAT.

Com isso, a União protocolou um recurso pedindo a reconsideração da liminar do presidente do Supremo. No documento, a Advocacia-Geral da União (AGU) também pediu que o caso fosse analisado com urgência, uma vez que o calendário de pagamento do seguro tem início nesta quinta.

Na decisão de hoje, Toffoli indicou que, embora haja “substancial redução” no valor do prêmio do DPVAT para 2020 em relação ao ano anterior, a resolução mantém a prescrição do pagamento de despesas administrativas do Consórcio DPVAT para este ano, bem como “fundamenta a continuidade da cobertura de danos pessoais sofridos em acidentes de trânsito registrados em território nacional”.

Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. lico disse:

    Acabou a mamata. A máfia ganhou dinheiro demais às custas dos otários contribuintes. Até uns anos atrás cobravam R$ 270, 00 de seguro para motos, para receber em caso de morte a merreca de 11 mil. Ladrões descarados. Com mil reais faz-se um seguro de vida anual de 300 mil reais. Ladrões descarados

  2. Olimpio disse:

    Tofolli é o cara que manda em tudo, não precisa mais de presidente do brasil.

Natal tem redução de 41,4% de homicídios em 2019; Parnamirim e São Gonçalo também apresentam números positivos

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) divulgou os dados estatísticos que fazem um balanço das ocorrências de Condutas Violentas Letais e Intencionais (CVLIs) em todo o ano de 2019.

Veja mais: Número de homicídios no RN em 2019 atinge menor patamar dos últimos cinco anos

Trazendo dados de alguns municípios, o maior destaque fica pela capital potiguar, que apresentou uma redução de 41,4% nas Condutas Violentas Letais Intencionais, passando de 483 em 2018 para 283 em 2019. Parnamirim, com queda de 26,9% (caiu de 108 para 79) e São Gonçalo do Amarante, com -17,6% (saiu de 125 para 103), também tiveram dados positivos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silva disse:

    MORO presidente.!!!!
    Depois do Mito é claro.

  2. Raimundo disse:

    Viva Sérgio Moro

  3. Luso disse:

    Deve ser a cara fêa da guvernadora, até os bandido tem mêdo, pense numa muié fêa. Kkkkk

    • Ric disse:

      Não consigo entender essa estatística, não vejo violência diminuindo em canto nenhum, pelo contrário está e cada dia mais próximo da gente, moro no cidade verde, e naquela região quando vamos comprar pão , e preferível ir a um grande supermercado do que ir numa panificadora. E lamentável a situação em que o nosso querido estado se encontra.

Seguro DPVAT 2020 tem redução de 68% para carros, e valor fica em R$ 5,23; veja outros valores

 Foto: Manuela Cristina

Os valores do DPVAT 2020 foram divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), vinculado ao Ministério da Fazenda. A cobrança do seguro obrigatório segue no próximo ano após o Supremo Tribunal Federal (STF) suspender a medida provisória (MP) do presidente Jair Bolsonaro que previa sua extinção.

Veja os valores:

Automóvel, táxi e carro de aluguel: R$ 5,23 – redução foi de 68%; era R$ 16,21 em 2019;
Ciclomotores: R$ 5,67 – era R$ 19,65 em 2019;
Caminhões: R$ 5,78 – era de R$ 16,77 em 2019;
Ônibus e micro-ônibus (sem frete): R$ 8,11 – era de R$ 25,08 em 2019;
Ônibus e micro-ônibus (com frete): R$ 10,57 – era de R$ 37,90 em 2019
Moto: R$ 12,30 – redução foi de 86%; era de R$ 84,58 em 2019.

O pagamento continua na data de vencimento da cota única de IPVA ou na da primeira parcela de cada estado, informou a Seguradora Líder, que é a administradora do DPVAT. Os boletos devem ser gerados no site da seguradora.

O que é o DPVAT — Foto: Arte/G1

O que é o DPVAT

O seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), instituído por lei desde 1974, cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares (DAMS) por lesões de menor gravidade causadas por acidentes de trânsito em todo o país.

O recolhimento do seguro é anual e obrigatório para todos os proprietários de veículos.

A data de vencimento é junto com a do IPVA, e o pagamento é requisito para o motorista obter o licenciamento anual do veículo.

Vítimas e seus herdeiros (no caso de morte) têm um prazo de 3 anos após o acidente para dar entrada no seguro. Informações de como receber o DPVAT podem ser obtidas pelo telefone 0800-022-1204.

Do total arrecadado pelo DPVAT:

45% são destinados para para o Sistema Único de Saúde (SUS);
5% vão para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran);
50% vão para o pagamento de sinistros e despesas administrativas.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jonas disse:

    Se baixarem para 1 real ainda é muito pelo serviço oferecido. Dpvat um golpe que durou dezenas de anos e deixou muita gente milionária, até que finalmente a casa caiu. Nessa estou com Bolsonaro.

SIGNIFICATIVO: Parnamirim registra redução de 39,4% nos índices de violência

Foto: Divulgação

O município de Parnamirim registrou redução de 39,4% nos índices de Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLIs) entre 2018 e 2019. As CVLIs englobam crimes como homicídio, lesões corporais seguidas de morte, latrocínio e feminicídio.

Os dados divulgados pelo Observatório da Violência do Rio Grande do Norte (Obvio) e pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine) evidenciam uma redução numérica de 106 CVLIs no período de janeiro a outubro de 2018 para 66 no mesmo período de 2019.

De acordo com o levantamento, todas as áreas administrativas do município registraram queda nas estatísticas da violência, sendo o Litoral Sul com a maior redução percentual, 81,3%, seguido da área leste, com redução de 21,1% e da área Oeste, com 41,8%.

Entre as tipificações de crimes, a maior redução foi nos casos de homicídios, que registrou uma queda de 78 em 2018 para 40 em 2019, representando um percentual de 48,7%. Os casos de lesões corporais seguidas de morte também apresentaram redução, registrando taxa percentual de 9,1%.

Os índices de redução da violência no município, evidenciam os esforços da administração pública municipal em desenvolver ações efetivas de combate à criminalidade. Para o prefeito Rosano Taveira, o caminho para combater a violência é a associação do policiamento ostensivo com políticas públicas voltadas para a prevenção. “É o que temos feito em nosso município, prevenindo desde a base e combatendo a violência nas ruas”, destacou.

Seguindo essa mesma linha de pensamento, o Secretário de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana, Marcondes Pinheiro dedica o resultado positivo da pesquisa às ações e programas sociais desenvolvidos pelo Prefeito Taveira.

“Com os esforços da gestão temos muitos agentes de segurança circulando na cidade, assim como a Guarda Municipal, a Central de Monitoramento e a Iluminação toda em LED, que nos faz confundir a noite com o dia, tamanha sua eficiência. O fato de o Prefeito ser um militar nos ajudou muito no foco desses investimentos. Estamos avançando também na segurança e o trabalho não pode parar”, disse

Outras ações com o objetivo de reforçar a segurança em Parnamirim também foram executadas como o recebimento de viaturas da Polícia Militar e a intensificação das ações da Ronda Escolar, ambas através de parceria com o Governo do estado.

Outro importante fator no combate à violência é a criação da Guarda Municipal. A atuação do órgão vai ajudar a cidade através da proteção ao patrimônio público.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    A violência em Parnamirim reduziu, foi?
    Isto lembra a famosa Velhinha de Taubaté:
    – Meu fi, conte uma história qualquer que eu acredito. Eu acredito em tudo…
    Com todo esse humor irônico, ainda assim a coitadinha era sempre mal interpretada.

  2. Guilherme Ramos disse:

    Os efeitos do sistema penitenciário sob controle geram consequências , RN colhe os frutos hoje.

    • Alaca disse:

      Elogiando uma medida do governo Robinson, meu deus, você será execrado até o fim dos tempos.

Caixa anuncia redução de juros do crédito imobiliário

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (8) redução de até 1 ponto percentual nas taxas de juros para os financiamentos imobiliários com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE). A menor taxa passou de 8,5% ao ano para 7,5% ao ano e a maior: de 9,75% ao ano para 9,5% ao ano. As novas taxas será válidas a partir da próxima segunda-feira (14).

A redução é válida para crédito com saldo devedor atualizado pela Taxa Referencial (TR) no âmbito do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI). O SFH é voltado para os financiamentos de imóveis de menor valor e tem parte das unidades financiadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O SFI é destinado a imóveis mais caros, sem cobertura do FGTS.

Esta é a segunda redução de juros anunciada pela Caixa. Em junho, o banco reduziu em até 1,25 ponto percentual as taxas de juros para financiamentos pelo SBPE, além de alternativas de renegociação. Segundo a Caixa, mais de 114 mil clientes já regularizaram dívidas, o que correspondeu a mais de R$ 10,1 bilhões de crédito renegociado.

Em agosto, a Caixa também anunciou a criação de linha de financiamento imobiliário com saldo corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Nesse financiamento, a taxa mínima é o IPCA mais 2,95% ao ano e a máxima, o IPCA mais 4,95% ao ano.

A Caixa lidera o mercado de financiamento imobiliário, com 69% de participação no mercado. Em 12 meses encerrados em junho, a carteira de crédito habitacional do banco cresceu 3,6%, chegando a R$ 452,3 bilhões.

Agência Brasil

Inflação oficial desacelera por redução do preço dos alimentos

Foto: EBC

A inflação oficial desacelerou em agosto, pressionada pela redução do preço dos alimentos, segundo os dados do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), divulgado nesta sexta-feira (6) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O gerente da pesquisa, Pedro Kislanov, afirma que houve redução nos preços de alguns dos principais alimentos consumidos no dia a dia dos brasileiros devido ao aumento de oferta nos pontos de venda. Foi o que ocorreu, por exemplo, com o tomate (-24,49%), a batata inglesa (-9,11%) e as hortaliças e verduras (-6,53%).

O indicador registrou taxa de 0,11% no mês, frente a 0,19% em julho. Em agosto do ano passado, a taxa foi de -0,09%.

De janeiro a agosto, a inflação oficial acumula alta de 2,54%, enquanto a dos últimos meses ficou em 3,43%.

R7

 

Teste de fogo para Moro: Ministro da Justiça lança plano para redução de violência

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sergio Moro. Foto: Marcos Corrêa /PR

Apontado como “superministro” e “indemissível” no início da gestão de Jair Bolsonaro (PSL), o ex-juiz Sergio Moro (Justiça) lança nesta quinta-feira (29) um projeto-piloto que vem sendo trabalhado há meses por sua equipe como importante aposta de ação concreta do governo federal no combate à criminalidade violenta no país.

O lançamento do chamado “Em Frente Brasil, Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta” torna-se um teste de fogo para o ministro, que nesta semana viu o STF (Supremo Tribunal Federal) anular pela primeira vez uma sentença sua na Lava Jato.

Além de eventuais percalços políticos, o programa de segurança pública larga com um entrave que ameaça sua expansão, a escassez de recursos nos cofres federais.

Só para a fase inicial de teste, que envolve uma cidade de cada região do país, o plano têm custo de R$ 20 milhões, além de gasto com a mobilização de 500 policiais da Força Nacional de Segurança e de outros recursos que serão discutidos para aplicação a partir de 2020.

Se esse padrão for seguido, só para ser iniciado nas principais cidades que concentram, segundo as estatísticas, metade dos crimes violentos do país, seria preciso um orçamento anual de pelo menos R$ 480 milhões, sem contar o gasto com a multiplicação do contingente da Força Nacional, tudo isso em meio ao cenário de fortes restrições orçamentárias.

O programa federal de combate à criminalidade violenta vem sendo trabalhado desde o início do ano pela equipe do ministro, tendo selecionado cinco cidades brasileiras que integram o grupo das 120 mais violentas do país, segundo o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

Goiânia (GO), Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR) foram selecionadas com base nas altas taxas de homicídio e na avaliação de fatores considerados favoráveis ao sucesso da fase inicial, como a aprovação política do governador de cada estado, que é quem tem pela lei a maior responsabilidade pela segurança pública.

Dois desses governadores são do oposicionista PSB —Renato Casagrande, no Espírito Santo, e Paulo Câmara, em Pernambuco—, mas têm apoiado e colaborado com o plano.

A previsão é a de que essas cidades recebam recursos federais iniciais de R$ 4 milhões, cada uma, para incremento de ações de inteligência e aperfeiçoamento tecnológico —instalação de centrais de monitoramento, por exemplo.

Além disso, foram despachados aos cinco municípios equipamentos e 500 policiais da Força Nacional (100 para cada cidade), cuja tarefa será trabalhar em conjunto com as PMs e eventuais guardas municipais locais no patrulhamento ostensivo (80% do contingente) e na parte de investigação (20%).

A Força Nacional ficará nas cidades até o final deste ano, período que poderá ser prorrogado a depender dos resultados obtidos.

A partir de 2020 está prevista a implantação da segunda fase do programa, que envolve novos recursos —não informados— e a participação de mais nove ministérios com ações sociais, de educação, saúde, lazer e esporte, entre outros.

A intenção de Moro é que o eventual sucesso da proposta sirva de base para a expansão dessas ações para mais cidades que hoje integram o rol das mais violentas do país.

Caso o plano dê certo, ele representará um importante cartão de visitas para o ministro da Justiça, cujo nome é cogitado até mesmo para concorrer contra Bolsonaro em 2022, em caso de rompimento entre os dois.

O ministério afirmou ainda que, para a elaboração do projeto, foram levadas em conta “experiências exitosas nacionais e internacionais, de prevenção e redução de criminalidade violenta, com o uso de metodologias modernas de governança e gestão”, e que as ações têm como foco “a mitigação de fatores socioeconômicos de vulnerabilidade de cada território, enfrentando-se, assim, não apenas as consequências, mas as causas do problema”.

PROGRAMA NACIONAL DE ENFRENTAMENTO À CRIMINALIDADE VIOLENTA
Cidades escolhidas

Cariacica (ES)

Taxa de homicídio por 100 mil habitantes: 59,8
Governador: Renato Casagrande (PSB)*

Goiânia

Taxa de homicídio:‚ 40,7
Governador: Ronaldo Caiado (DEM)

Ananindeua (PA)

Taxa de homicídio:88,1
Governador: Helder Barbalho (MDB)

Paulista (PE)

Taxa de homicídio: 62,3
Governador: Paulo Câmara (PSB)*

São José dos Pinhais (PR)

Taxa de homicídio: 41,8
Governador: Ratinho Jr (PSD)

Ações do programa

Reforço

Cada uma das cidades receberá 100 policiais da Força Nacional por um período inicial de 4 meses, além de equipamento

Policiamento

Do contingente extra, cerca de 80% atuará ao lado da PM local no policiamento ostensivo e 20% trabalhará na parte investigativa

Recursos

Cada município receberá uma verba extra federal para aplicação na segurança pública, nas áreas de inteligência e tecnologia, por exemplo

Ação integrada

Uma segunda fase envolverá a participação de dez ministérios (Justiça e Segurança Pública, Casa Civil, Saúde, Economia, Educação, Cidadania, Desenvolvimento Regional, Secretaria-Geral, Secretaria de Governo e Direitos Humanos) com trabalho nas áreas de cultura, esporte, lazer, educação, assistência social, entre outras

Com informações da Folha de São Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Moro 22 disse:

    Em 2022, tira o capetão e coloca Moro no lugar.

  2. berg disse:

    Moro presidente!!

  3. Everton disse:

    Oxe, Natal não era uma das cidades mais violentas da américa latina por anos consecutivos, segundo ong mexicanas?