Mulher dirige carro de luxo pela contramão e provoca acidente no viaduto de Ponta Negra

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal(PRF) registrou uma ocorrência na zona sul de Natal, madrugada desta quinta-feira (17), em que uma mulher de 34 anos foi detida e levada à delegacia após dirigir sob efeito de álcool pela contramão e provocar um acidente no viaduto de Ponta Negra. Na ocasião, a caminhonete Mercedes-Benz dela atingiu outro veículo de frente e o motorista do carro, de 28 anos, ficou levemente ferido.

Segundo a PRF, o homem que dirigia o outro veículo ficou levemente ferido, mas não precisou de socorro. Acionada ao local, os rodoviários realizaram dois testes do bafômetro e, nos dois exames, realizados às 3h54 e às 4h16, os resultados apontaram que condutora estava embriagada. Diante do flagrante, a mulher foi conduzida à Central de Flagrantes da Polícia Civil e poderá responder pelos crimes de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada e lesão corporal culposa. A caminhonete dela foi levada para o pátio da PRF.

Com informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Márcia Guedes disse:

    Além de Zé Pedreiro ficar uns dias trancafiado, sem direito a fiança, ainda teria o nome dele em LETRAS GARRAFAIS, com fotos e filmagem nas mídias sociais.
    Cadê o nome e fotos desta infrator??????

  2. Jânio Edno disse:

    Ela poderá responder por está dirigindo embriagada? É isso?
    Se fosse seu Zé pedreiro certamente estaria preso sem direito a fiança…

    • Licurgo disse:

      O Zé Pedreiro ainda ficaria um ou dois dias em cana. Provavelemnte saria após uma audiência de custõdia. A diferença é essa.

  3. Vitória disse:

    Ave… Medo de encontrar uma irresponsável dessas quando estiver dirigindo com meu filho dentro do carro.

Sindicato de Hotéis, Restaurantes e Bares cobra providências para aglomeração em Ponta Negra

As imagens de pessoas descumprindo as regras de isolamento social e colocando em risco todo um trabalho desenvolvido para reabertura gradual do segmento de alimentação causou preocupação ao Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN).

Para o presidente do Sindicato, Habib Chalita, as cenas difundidas em toda a imprensa e nas redes sociais só elevam o medo e prejudicam ainda mais os bares e restaurantes, que após meses fechados por causa da pandemia estavam retomando seus trabalhos sempre dentro de rígidas regras sanitárias e de saúde pública.

Além disso, principalmente em Ponta Negra, empresários que tinham reaberto seus estabelecimentos denunciam que a prática ocorrida no domingo (19) é algo corriqueiro naquela região mesmo antes da pandemia e isso vinha afetando o fluxo de clientes a cada mês.

Há alguns meses, o presidente do Sindicato já havia relatado esse problema e pedido que as autoridades tivessem providências para que o principal cartão postal da cidade não ficasse manchado com esse tipo de situação que prejudica não só os empresários como também aos que frequentam a praia.

Habib Chalita se soma às demais entidades que manifestaram seu repúdio e insatisfação com o comportamento visto na praia de Ponta Negra colocando em grande risco a saúde pública da capital e lembra que os empresários têm sido cobrados para garantir a questão sanitária em seus comércios.

Diante disso, ele reforça que o Poder Público tenha as devidas providências para não só fiscalizar, mas também combater esse tipo de situação que provoca prejuízos na saúde e na economia.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alguém disse:

    Gildo, que palavra é essa RESPEITO? é de algum idioma estrangeiro?

  2. Cabo Silva disse:

    Antes, a reclamação era por preconceito. Agora, o motivo é saúde pública. Foi isso que ficou nas entrelinhas.

    • Raimundo disse:

      A turma do Maduro sempre gosta de muvuca.
      Gente demais, na bagunça.
      Quem organiza essas paradas?

  3. Romero Cezar da Câmara disse:

    E isso em até aonde no Brasil. Aqui só na porrada.

  4. Teresa disse:

    Se não existe respeito, só favorável ao fechamento.

Comerciantes são autuados em Ponta Negra por descumprimento de decreto de isolamento social

Foto: Divulgação

A fiscalização ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) autuou seis comerciantes por descumprimento ao Decreto Estadual nº 29.742/2020, que proíbe o uso comercial da orla urbana em face da pandemia do Coronavírus. Após denúncia de que bares e restaurantes de Ponta Negra, estavam colocando jogos de mesas, cadeiras, guarda-sóis e espreguiçadeiras na faixa de areia, os fiscais foram até o local, no último sábado (11), e constataram a infração.

Foi dada a ordem para recolhimento dos materiais, além de lavrado de auto de infração ambiental e a aplicação de multa, que podem chegar até R$ 2.013,00 reais. De acordo com o supervisor de Fiscalização, Gustavo Szilagyi, a ação contou com o apoio da Secretaria de Serviços Urbanos (Semsur), da Guarda Municipal e a Companhia Independente de Policiamento Ambiental, da Polícia Militar.

“Foram autuados três bares por disposição irregular de mesas e cadeiras na orla, todos nas proximidades do Morro do Careca, um carrinho de crepe, um ponto de aluguel de pranchas e stand-up e um restaurante da Av. Erivan França, que estava ocupando a faixa do calçadão da praia com mesas, cadeiras e tabuletas de publicidade”, relata Szilagyi.

O decreto municipal nº 11.988, de 29 de junho de 2020, regula a abertura gradual das empresas com restrições desde o último dia 30, e, também, a abertura de bares e restaurantes. Porém, a abertura está sendo gradual, nem todos os tipos de comércio estão permitidos a serem abertos. Sendo assim, os cuidados por parte dos empresários para conter a transmissibilidade da covid-19 devem ser os mesmos.

O secretário da Semurb, Thiago Mesquita, esclarece que os estabelecimentos que não observarem os decretos estadual e municipal, quanto às regras sanitárias, serão devidamente autuados. “O retorno econômico gradativo é importante, contudo, mais importante ainda deve ser o cuidado sanitário estabelecido pelo comitê científico municipal”, alerta.

A população também pode ajudar a fiscalizar os pontos da cidade que estejam com aglomerações ou descumprindo os decretos que visam o combate ao novo Coronavírus. Basta realizar denúncia, que pode ser anônima, pelo telefone da Ouvidoria: (84) 3616-9829, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, ou pelo e-mail [email protected] . Além do canal 24h do Ciosp pelo 190.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Araquem Souza disse:

    Um ponto positivo da fiscalização municipal, é que nas feiras livres a exemplo das Rocas, existem bastante espasso entre as bancas, onde podemos transitar com mais comodidade.

  2. Patriota disse:

    É o brasileiro atual sendo brasileiro. A nação cujo líder maior incentiva o descumprimento de leis que considera absurdas. Aos amigos tudo. Aos inimigos a lei.

FOTO: Lixeiras em Ponta Negra são novamente vandalizadas

Foto: Divulgação

Lixeiras instaladas na orla de Ponta Negra pela Companhia de Serviços Urbanos de Natal – Urbana – têm sido alvo de vandalismo. Eram 30 destes equipamentos disponibilizados para a população, onde 11 ainda estão em bom estado e 19 foram depredados. Nos últimos dias, pelo menos, três dessas 11 lixeiras tiveram o mesmo fim.

Para a compra dos equipamentos, é necessário que seja feita a abertura de processo de licitação, levando tempo para substituir as lixeiras vandalizadas, deixando, no caso, o cartão postal de Natal sem cobertura desse equipamento de limpeza pública.

O cidadão ou cidadã que presenciar um ato de vandalismo contra patrimônio público pode registrar sua denúncia pelo serviço 190 da Polícia Militar. Neste caso, a identidade do denunciante é preservada.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    Não existe policiamento nenhum. Por que não coloca câmeras em pontos estratégicos?

  2. eu disse:

    põem so aquelas de pneus, ninguém mexe com elas.

  3. Realmente é inadmissível que em pleno século XXI, ainda se presencie atitudes dessa natureza. Como podemos cobrar dos gestores se nós, mesmos não valorizamos o que é realizado com os impostos que pagamos? O nosso suor! Creio que enquanto aquele que danificar não reparar o que fez , iremos assistir muitas ações dessa natureza e não é somente em relação as lixeiras não, existem outros bens que também são represados e unicamente a população é quem saí no prejuízo.

    • João deixe o Brasil urgente disse:

      Normal companheiro esperar o q de um p a isso q só tem leis pra vagabundo e q aa lei diz q esse tipo de gente é vítima d a sociedade viva brasilllllllll

  4. O Caçador de Canalhas disse:

    AI muitos desse picaretas são contra a corrupção e por ai vai.
    Já dizia a música de Edson Gomes AS RUAS ANDAM CHEIAS DE HIPÓCRITAS.

  5. Marcos disse:

    E imoral o que esses vândalos fazem com a nossa cidade, dinheiro gasto inúmeras no qual poderia ser utilizado em outras necessidades da nossa capital.

Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anuncia liberação de recursos para obra de engorda da Praia de Ponta Negra

No segundo dia de visitas técnicas no Rio Grande do Norte, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou a liberação de R$ 39 milhões em recursos federais para a obra de engorda da Praia de Ponta Negra em Natal.

O início das obras depende de uma regularização nos processos de licenciamento junto ao Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e ao Instituto de Defesa do Meio Ambiente (Idema-RN).

Com informações do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Parabéns Rogério Marinho. Atualmente o melhor político do RN.

  2. Gustavo disse:

    O início das obras depende de uma regularização nos processos de licenciamento junto ao Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e ao Instituto de Defesa do Meio Ambiente (Idema-RN).
    Esse é o problema. Esses burocratas são avessos ao progresso…

  3. Pepe disse:

    Esta é a chance de Ponta Negra recuperar a beleza perdida.

Sindicato dos Hotéis destaca investimento do Governo Federal para recuperação de Ponta Negra

Habib Chalita, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN). Foto: Alex Régis

A notícia da liberação de R$ 39 milhões para obras de recuperação costeira e engorda da praia de Ponta Negra é vista como um reforço importante para o turismo de Natal e do Rio Grande do Norte, sem falar na preocupação com o resgate dos empregos que foram afetados com a Pandemia.

Para Habib Chalita, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN), o investimento no principal cartão-postal do Estado, no momento em que o país vivencia a pandemia causada pelo novo coronavírus, mostra ser um reforço e compromisso com a recuperação do setor de turismo e da própria economia local e dos milhares de empregados envolvidos.

A obra com os recursos federais prevê uma faixa de areia entre 23 a 30 metros de largura na maré alta. Habib destacou a atenção do Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, para a liberação do recurso que será executado pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), da Prefeitura de Natal. “Rogério disse que a praia de Ponta Negra e os potiguares merecem todos os esforços para a garantia da sua recuperação”, comentou.

Na avaliação do presidente do SHRBS-RN, além da otimização e melhoria do nosso principal cartão-postal, que é Ponta Negra, muitos hotéis, bares e restaurantes irão ganhar com essa importante obra para a nosso Estado. Será beneficiada, principalmente, a comunidade com a geração e recuperação dos empregos severamente afetados pela Pandemia, finaliza Habib.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carllos disse:

    Espero que dê certo, mas uma simples escada para acesso não existe, quem garante que isso será feito?

  2. François Cevert disse:

    Eu quero saber se vão continuar com aquele modelo de enrocamento que só serve de criador de ratos ao invés de utilizar os blocos pré moldados como foi feito na parte revitalizada de areia preta? Era hora de substituir o atual enrocamento passando a utilizar o sistema de blocos pré moldados que não deixa brechas pra servir de lar para os ratos de praia.

  3. Deco disse:

    Mais recursos para o RN.
    Quero ver muitos esquerdistas pegando um bronze na praia que Bolsonaro liberou recursos pra melhorar!!
    Até Fátima vai lá pegar um solzinho….kkkk
    E aquele vereador que parece um cachorro loco? Quero vê Ela lá nas barracas tomando caipirinha e bufando.

  4. Gosson disse:

    Habib sempre dando show de competência e representatividade do trade turístico. Não se compara àquele vaidoso da ABIH.

Monsenhor Lucas Batista foi vítima de arrastão violento em Ponta Negra na noite dessa quarta

Monsenhor Lucas Batista Neto foi vítima de um arrastão em sua residência, na noite dessa quarta-feira(08), no conjunto Ponta Negra, zona Sul de Natal.

Segundo o Blog do FM, os bandidos roubaram o carro do sacerdote, além de dinheiro, celular e alguns eletrodomésticos. Na ação criminosa, os marginais chegaram a encostar uma faca no pescoço da vítima. Apesar do trauma, felizmente, o monsenhor não sofreu ferimentos.

Matéria na íntegra abaixo:

NINGUÉM TÁ SALVO: Com faca no pescoço, monsenhor Lucas Batista é vítima de arrastão em Ponta Negra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Haja fé cega e faca amolada, enquanto a violência campeia na taba. Mas é melhor fazer vista grossa e botar tudo na conta do coronavírus.

  2. Pedro Melo disse:

    Poderiam ter ido na casa de quem ordenou a soltura né..

VÍDEOS: Cavalaria da Polícia Militar monitora e retira banhistas da praia de Ponta Negra

Cavalaria da Polícia Militar monitora e retira banhistas da praia de Ponta Negra, na zona Sul de Natal. Registro nesta terça-feira(31), período que prevalecem as medidas restritivas na capital e por cidades potiguares na prevenção ao coronavírus. Vídeos: Cedidos

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adailton Gonzaga disse:

    O mar não vai deixar de existir amigo, as autoridades estão corretas, a população é mal educada, qd começarem morrer gente por falta de vagas nos Hospitais aí vão cair na real.

  2. Antonio Turci disse:

    Ridículo não deixar as pessoas tomarem banho de mar.

Turista paraguaio morre na praia de Ponta Negra

Foto: Bruno Vital/G1

O portal G1-RN destaca nesta sexta-feira(20) que um turista paraguaio de 27 anos morreu na orla da praia de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal, após ter um mau súbito seguido de parada cardiorrespiratória, segundo informou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. O caso aconteceu na noite dessa quinta-feira (19). O homem identificado pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO) do Hospital Giselda Trigueiro como Meza Velazquez Angel David, de 27 anos, havia chegado na quarta-feira (18) a Natal com um casal de amigos. A mulher está grávida. Veja matéria completa aqui.

FOTOS: Ratos circulam próximo de banhistas, em plena luz do dia, na praia de Ponta Negra

Fotos: cedidas

Fotos enviadas ao Blog registram uma quantidade significativa de ratos circulando pelas pedras, próximos aos banhistas, nesta segunda-feira(24), na praia de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal.

Além de propagador de doenças e outros riscos, as “ratazanas” assustam pelo tamanho. Embora não circulem como blocos em ritmo de carnaval, parecem se multiplicar mesmo com ações de desratização.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    como tá ficando difícil o diálogo, até responsabilidade da prefeitura, tem gente colocando culpa no governo do RN, tudo e rixa hoje em dia, um lado só pensa em derrubar o outro, não tá nem aí para o bem está da população

  2. Marcia disse:

    Que coisa seria ter uma praia dessas e não dar valor..É muita sujeira e as pessoas não estão nem ai.Na praia é tanto plástico. E sacolas tudo atirado e nem são os turistas .Uma cidade voltada para o turismo acaba perdendo ,porque quem vai querer ir???ver sujeira e ratos…

  3. Lourdinha disse:

    Realmente a nossa linda praia o nosso cartão postal esta entregue aos ratos. Praia linda mais suja o bairro tem muitos terrenos baldios as ruas com lixos e matos. Prefeito crie vergonha e use os nossos impostos um ITPU absudo para limpar a cidade festa pra que?? Limpe as ruas miserave!!!

  4. Jany disse:

    Boa tarde !
    Estive nesta praia a passeio e fiquei até c medo !
    Cachorros por todo lado, defecando na areia e fazendo xixi !
    Ouvi dizerem dessas ratazanas aí sim fiquei c mais receio do lugar !
    Nunca mais volta nessa cidade e qd me perguntam, conto td q vi e aconselho a não irem de forma alguma !
    Já visitei outras cidades e nunca vi tanta sujeira em um lugar só !

  5. Graça disse:

    O maior propagador de doenças, são as pessoas. Lixo, o que se acha que não é lixo, condicionamento do lixo local, dos hotéis e restaurantes. Em outras palavras, a educação básica que falta. A culpa não é do rato! A responsabilidae é um conjunto de atitudes que mostra muito mais que os ratos nas pedras.

  6. Roberto disse:

    O problema é major! Aqui em ponta negra está muito lixo também na ruas! No terrenos abandonado parece descarga! Os donos do terreno doveria limpar e fechar cintado! A escada que chega na praia de ponta negra perto onde está o cimitero é muito ruim! Sucha! Agora o rato na praia!!! Ave Maria!!! Mas claro que é a prefeitura que deve resolver tudos isso problema! Claro que depois os turistas e também estrangeiros voltam para outras cidades!!! Expero de explicar bem! Desculpa para o meu brasileiro!!!

  7. Josy disse:

    TBM vi rato entre as pedras.

  8. Márcio Vinício disse:

    Uma pena, um dos lugares mais belo que já conheci cadê o prefeito dessa cidade?

  9. Natal disse:

    Por isso que eu não vou para aí culpa do prefeito que não presta e não adianta festa ele não vai ganhar

  10. Ramilson Pereira Tito disse:

    Enquanto nosso governantes não mudarem o sistema de proteção semelhante que existe nos países baixos os das duas partes governo e ratos normais não deixarão Ponta negra

Ponta Negra, Redinha e Praia do Meio recebem desratização

Foto: Divulgação

Segue até sexta (07/02) a ação de desratização na orla de Natal. Uma equipe de 70 profissionais composta por Agentes de Endemias, Agentes Comunitários de Saúde e a Equipe de Educação e Saúde do Distrito Sanitário Sul ocuparam a orla da praia de Ponta Negra e a Vila de Ponta Negra, na manhã dessa segunda-feira (03/01), desenvolvendo ações de educação e de controle desses roedores.

A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), juntamente com o Centro de Controle de Zoonoses de Natal (CCZ), em parceria com a Agência Reguladora de Serviços de Saneamento de Natal (Arsban) e a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana). Além de Ponta Negra, a orla da Redinha e Praia do Meio também receberão ações de combate à desratização ainda nesta semana.

Na orla sul, foram distribuídos três tipos de produtos pela orla, que servem como iscas para a captura e controle desses animais, “Quando nós fazemos essa iscagem, ou seja, colocamos o produto para matar os ratos, nós também passamos educando a parte de quiosqueiro, comércio, hotelaria e hospedaria”, como comenta Humberto Nascimento, chefe de operações de campo do Distrito Sanitário Sul, falando também sobre a importância das ações preventivas que são desenvolvidas pela equipe com o comerciantes da região.

Humberto também ressalta a importância de se educar os frequentadores das praias sobre seu papel no combate a proliferação dos roedores, “O banhista e o turista também têm um fator importante de responsabilidade. Por isso, estamos trabalhando essa parte educativa também com eles, tanto cobrança, para eles cobrarem dos comerciantes, como também eles terem essa participação ativa”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Edson Barbosa de Oliveira disse:

    Sem a retirada das tralhas na praia do meio jamais acabarão com os ratos.

  2. Tulii disse:

    Aproveitem e façam também nas lagoas,

  3. Guga disse:

    Melhor forma de desratizar é o povo parar de ser porco e mal educado.

  4. Alldo disse:

    Na faixa de areia da praia do meio existem uma verdadeira favala, é uma amontoado de guarda sol, mesas, cadeiras, utensilios domestico, restos de comidas e bebidas entre outros tantos vetores de insetos. E o que a semsur tem feito para coibir isso? Nada, absolutamente, nada.

    • Alex disse:

      Amigo, o que vc chama de favela, são barracas de onde muitos pais de familias tiram seus sustentos, Inclusive os meus. Infelizmente muitos não tiveram a sorte de serem agraciados na distribuíção dos quiosques, já que prevaleceu o apadrinhamento politico e o "arrumadinho" como todos sabem até funcionário da semsur ganhou um quiosque. Outros ligados a vereadores também receberam. Aos demais, restou a sarjeta na faixa de areia que vc chama de favela.

    • Oziel disse:

      Em pleno Século XXI, na Prefeitura de Natal ao que parece pelo comentário do Sr. Alex, prevalece o proselitismo político. Cabe ao Prefeito Álvaro Dias, mandar apurar.

    • cigano lulu disse:

      De fato, se assemelha a uma favela. Ou a prefeitura dá um choque de gestão, realizando uma licitação e ordenando pra valer a orla natalente, ou o nosso turismo irá definhar cada vez mais.

  5. imbecil potiguar disse:

    que beleza!!!!!
    o idiota do prefeito mandou encher a praia de pedra que são um verdadeiro paraíso para ratos!!!!!
    nos seus lá sei quantos anos de prefeitura, veja no que a orla de natal se tornou.
    que esse imbecil seja jogado na lata de lixo da história.
    continue de pijamas em casa.

Acidente aquático na Praia de Ponta Negra no fim de semana teve atendimento do Corpo de Bombeiros

FOTO: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) atendeu uma ocorrência de acidente aquático na Praia de Ponta Negra, na tarde desse sábado (01).

O acidente envolveu um surfista que tomou um “caixote” (foi arremessado até a praia após bater de frente com uma onda) e sofreu um trauma na mão direita.

Os militares prestaram os primeiros socorros e em seguida encaminharam o jovem para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel.

“Acessos precários” à praia de Ponta Negra são retirados, informa Prefeitura

Foto: Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (27), a Prefeitura do Natal, por meio da Semov, Semurb e Guarda Municipal, retirou 36 acessos (escadas improvisadas feitas com sacos de areia) precários à praia de Ponta Negra.

Segundo Tomaz Neto, titular da Secretaria de Obras, as equipes retiraram o material para preservar a mobilidade e segurança dos usuários da praia, sem potiguares ou turistas.

Atualmente, a Prefeitura disponibiliza 13 escadas de acesso ao longo da praia e uma rampa para cadeirantes nas proximidades do Morro do Careca. Ela ainda informa que foram realizados “vários estudos”, que constataram que esse número de escadas e rampa é suficiente.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciana monteiro disse:

    Ponta negra , cartão postal e outras praias urbanas estão abandonadas e decadentes , sujas e com ratos .Poder público indiferente às necessidades da cidade e da população . O que fazer para sermos ouvidos e respeitados ?? A quem interessa o atraso , abandono e pobreza da cidade ????

  2. Goretti disse:

    É preciso pensar e desenvolver projetos novos para Ponta Negra. Uso de pedras e acessos improvisados são paliativos q custam recursos do município, mas q não resolvem, é como se estivéssemos em um 8 (oito), sobe, desce e problema permanece. A cidade precisa investir em Barreira de contenção com custo e benefícios comprovados, além de realizar também projeto q estruture todo saneamento do bairro.

  3. Hermann disse:

    Tudo tem que ser repensado em Ponta negra. Abandono total. Só agora após as reportagens e que estão tomando providências. Certo há o abandono. Próximo ao hotel que se diz de Pele, tem um acesso que todos os guardas corpos estão no chao e ninguém vê isso. Faz como e em João Pessoa. Bota de aço inox. Vergonha nossa orla.

  4. Ernestoliuma disse:

    As escadas ? Ta de brincadeira?
    Não tem comentário.
    Aliás so digo o seguinte
    Os capachos desse prefeito apagado pensam que são proprietários de Natal e esquecem que são servidores

  5. Teresa disse:

    Muito bom estudo este que ele arrumou. Apenas 1 escada para deficientes. Não queria ri deste estudo que ele mandou fazer. Kkkk é uma grande piada. O deficiente ter que andar a orla toda para só conseguir descer no Morro do Careca.

  6. Luciana Morais Gama disse:

    Ponta Negra é um abandono geral. Não temos limpeza, não temos organização, não temos segurança, não temos iluminação pública….. só temos um IPTU caríssimo.

  7. Rômulo© disse:

    Se foram improvisados 36 acessos a praia, isto é a prova maior de que os treze acessos oficiais, que também estão "precários", não são suficientes! Será que não tem vida inteligente na prefeitura?

FOTO: Carro estacionado desce escadas e capota em travessa em Ponta Negra

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A manhã desta quarta-feira(22) registrou um acidente sem vítimas envolvendo um carro que estava estacionado e com o freio de mão puxado em Ponta Negra, na Zona Sul de Natal. Na ocasião,  o veículo capotou após descer sozinho as escadas da na Travessa Santa Bárbara, próximo ao Morro do Careca.

A notícia ganhou destaque na imprensa local. O portal G1-RN, informou que o dono do veículo, que não quis gravar entrevista, e disse que estava em uma pousada no bairro quando viu o carro começar a descer. Ele, inclusive, contou que o veículo estava com o freio de mão puxado. Para retirada do veículo do local, foi necessário um caminhão munck.

FOTOS: Carcaças de geladeiras são encontradas aos montes pela praia Ponta Negra e arredores

Fotos: cedidas

Fotos enviadas ao ZAPBG destacam a impressionante quantidade de carcaças de geladeiras espalhadas por toda orla de Ponta Negra, do canto do morro até a via costeira.

As imagens em destaque são apenas algumas das dezenas delas espalhadas pelo calçadão, ruas de acesso a praia, e até na beira da praia, na Via costeira, de frente aos melhores hotéis da cidade.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz disse:

    Infelizmente o povo de Natal é muito mundiçado e sem educação.

  2. O indignado disse:

    Uma das praias mais lindas do país, no entanto , estigmatizada não só pela desordem , mas também pelo intenso tráfico e uso de drogas, que são comercializadas durante o dia sem qualquer disfarce . Lamentável !!!

  3. joão carlos disse:

    Cadê os defensores do HOTEL REIS MAGOS???cade que esses sujinhos irão abraçar a praia de ponta negra e gritar para nso sujar ?? Cadê a MARJOREI ( procuradora do estado) para brigar pela orla LIMPA ??? agora não aparece uma ONG , ALGUM DEFENSOR ?? Cadê os machões ??? Entendi , cuidar da praia Nso da IBOPE

  4. François Cevert disse:

    Difícil é um turista bater uma foto da praia de ponta negra e não sair uma imagem extremamente poluída com cadeiras, mesas e guarda sois e essas horríveis carcaças de geladeiras de lembranaça embelezando a paisagens!!! (sqn)

  5. François Cevert disse:

    Difícil é um turista bater uma foto da praia de ponta negra e não sair um imagem extremamente poluída com cadeiras, mesas e guarda sois e essas horríveis carcaças de geladeiras de lembranaça embelezando a paisagens!!! (sqn)

  6. Alex disse:

    Ponta Negra é uma das praias mais linda do Nordeste e possui a orla mais esculhambada e nojenta de todas as capitais, é uma vergonha a Cidade do Sol ofuscada pelo poder público e a falta de educação de quem vive do turismo!!! Eleições 2020 já, chega de falsas promessas e tanto descaso em nossa cidade 🌞🇧🇷

  7. Almir Dionisio disse:

    Retrato do descaso do poder público em fiscalizar e normatizar a orla.
    Falta de educação das pessoas que trabalham na orla em deixar a situação ficar assim.
    Precisa que seja feito uma pactuação do poder público com o empresariado da área para normatizar a utilização dos espaços, fazer campanhas de conscientização da população para a manutenção da limpeza da praia.
    Isto é uma vergonha para nossa cidade.

Comerciantes são autuados em Ponta Negra, e cadeiras, mesas, e vários guarda-sóis e outros objetos são apreendidos

Foto: Divulgação/Semur

A Operação Verão, na praia de Ponta Negra, nesse último domingo (19), resultou na autuação de 12 comerciantes por descumprimento das regras previstas no Plano de Ordenamento da Orla. A ação coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) também apreendeu 301 cadeiras, 62 guarda-sóis, 60 mesas, 8 espreguiçadeiras, 8 banquetas e 8 mesinhas de centro, que estavam no trecho destinado ao uso exclusivo dos banhistas, pescadores e esportes náuticos, nas proximidades do Morro da Careca.

A partir de agora será aberto o processo administrativo aos comerciantes autuados, que serão julgados pela infração e receberão multa que varia de R$ 2.093,52 a R$ 8.052,00 reais. Todos os autuados no domingo já haviam sido notificados anteriormente pela fiscalização, em reunião realizada na semana passada, na sede da Semurb. E agora pela reincidência tiveram seus materiais apreendidos.

Desde que a operação verão foi iniciada, no começo dezembro de 2019, até agora, 92 notificações foram emitidas. O supervisor geral de fiscalização ambiental da Semurb, Leonardo Almeida, explica que as autuações foram feitas pois eles estavam em local proibido para locação de mesas, cadeiras e pontos fixos de ambulantes .

“A região próxima ao Morro do Careca é uma área permitida e destinada exclusivamente para banhistas, pescadores e esportes náuticos. Mesmo após as séries de reuniões e alertas sobre as regras do Plano de Ordenamento aos ambulantes, quiosqueiros e locatários, ainda assim, esse grupo insistiu em não obedecer as regras”, comenta o fiscal. “Tendo em vista que todos estavam na reunião onde assinaram o termo de ciência da proibição, agora eles foram autuados e seus materiais apreendidos não serão devolvidos”,acrescenta Almeida.

A fiscalização na Praia também contou com a participação das secretarias de Serviços Urbanos (Semsur), Mobilidade Urbana (STTU), Grupamento de Ações Ambientais da Guarda Municipal (GAAM),e Policia Militar com a Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR).

Plano de ordenamento

O Plano de Ordenamento é resultado da decisão judicial da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, que determina que a Prefeitura promova o ordenamento da praia, impedindo a prática das atividades potencialmente poluidoras e a utilização indevida dos espaços públicos.O plano foi construído a partir de estudos técnicos de Capacidade de Suporte e na realidade atual de Ponta Negra, inclusive a ambiental, dividindo a orla em 10 faixas ou trechos de acordo com uma metodologia de cálculo de suporte e de erosão, baseadas em estudos da UFRN.

Com isso, as áreas da praia foram delimitadas de forma sustentável, estabelecendo-se as normas gerais e especiais relativas à localização, funcionamento e posturas aplicadas a todas as atividades desenvolvidas nos espaços públicos. Pelo ordenamento foi estabelecido que quiosqueiros e locadores poderiam ter 15 jogos de mesas, cadeiras e guarda-sóis, além de áreas destinadas a prática de esportes, atividades náuticas e de pescadores.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil disse:

    Essa prefeirura só sabe fazer isso, podendo criar um projeto em parceria com o sebrae, etc. Esse prefeito só sabe sair multando tudo, o procon municipal é outra vergonha, tá multando como nunca. Prefeito nao irá se reeleger podem anotar

  2. Leonardo Almeida disse:

    Caros cidadãos,

    Caro François Cevert,
    A Fiscalização Ambiental da SEMURB já notificou a todos os quiosqueiros e locadores e expôs todas as regras e consequências em desfavor dos infratores.
    A partir de agora os desobedientes sofrerão multa grave, apreensão de materiais, interdição de atividades e consequente cassação das autorizações, sem prejuízo do envio de denúncia crime ao Ministério Público, por DESOBEDIÊNCIA e CRIME AMBIENTAL.
    Essa foi apenas a primeira intervenção coercitiva das várias que irão ocorrer.
    Fé na missão!

  3. Leonardo Almeida disse:

    Sou morador da praia do meio e sinto nojo onde deveria sentir prazer, a praia é um lixão, tem gente morando nas barracas de lona com os ratos, isso é Natal RN.

  4. Rafael disse:

    Sei que é utopia. Mas devia proibir por pelo menos 10 anos ambulantes e quiosqueiros na praia porque ela tá imunda e eles não sabem cuidar do ganha pão deles. Tem que proibir o uso de descartáveis, precisa mapear e notificar os quiosqueiros que deixam sua área de trabalho sujo, precisa proibir o consumo de alimentos e bebidas alcoólicas na faixa de areia e além disso o trabalho dos garis não é suficiente para limpeza da praia.

    • Leonardo Almeida disse:

      Caro Rafael, a Fiscalização Ambiental notificou e intimou todos os 28 quiosqueiros e os 52 locadores de mesas, cadeiras e guarda-sóis. Na SEMURB foram realizadas as audiências e por meio de Termo de Audiência foram repassadas as ordens relacionadas ao Plano de Ordenamento, inclusive as que tratam da obrigação diária de manter a área de trabalho limpa e disponibilizar lixeiras junto à área de trabalho e nas mesas instaladas na faixa de areia.
      A Fiscalização Ambiental alertou que a partir de agora será tolerância zero, e que o descumprimento às regras não implicará apenas em multa, mas em apreensão de materiais e interdição de atividades seguida da respectiva autorização para funcionamento!
      O pente fino apenas começou!
      Fé na missão!

  5. Carlos disse:

    No outro dia tá tudo do mesmo jeito.
    A fiscalização vai quando pode e tem funcionários dispostos para tal.
    Outra: Cadê a polícia ambiental que ficava no pé do morro do careca? Vez ou outra tem gente subindo… E aí?
    Nosso policiamento e fiscalização é uma comédia. Os amarelinhos aparecem nas ruas quando querem; e se não chover, claro.

    • Andre disse:

      Que policia cara, cade a consciência do Brasileiro? A educação? Os bons modos? Ninguém quer fazer a sua parte, quando isso começar a acontecer quem sabe o país melhore.

  6. Júnior Papudim disse:

    Era pra isso já ter sido feito há anos… Prejaricação dos funcionários municipais? Demissão e cadeia… Por que não fizeram uma ação conjunta com o órgão de trânsito para a devida apreensão das motos? O povo vem sendo roubado de sua liberdade porque alguns comerciantes tiram o espaço público do natalense e do turista. Repitam inúmeras vezes essa operação…

  7. Greg disse:

    Só em Natal que tem esta bagunça na orla..mesmo assim, parabéns a prefeitura pelo esforço…mas amanhã volta, infelizmente…precisa de uma mão pesada pra resolver isso de uma vez.

  8. Antonio Turci disse:

    Ação correta da Prefeitura. Não podemos deixar que espaços públicos virem pardieiros.

  9. Alex disse:

    Falta devolver a calçada que é uso exclusivo de PEDESTRES!!! Fora as motos transitando em toda a calçada de Ponta Negra, mesas, cadeira, placas e 50.000 carrinhos ambulantes!!!

  10. Álvaro Dias disse:

    Faz certo a prefeitura. Se deixar a ilegalidade rola solta junto c a bagunça na praia.

  11. André disse:

    Enquanto isso a avenida praia de ponta negra continua com os canteiros cheios de trailer , tirando a passagem do povo e a area do estacionamento dos carros

  12. François Cevert disse:

    Esqueceram de levar as DEZENAS de Cascos DE GELADEIRAS velhas e abandonadas pela orla da praia? Ou é porque em uma viagem só não deu pra levar tudo?

  13. Manoel disse:

    Precisa de uma ordem judicial para Prefeitura cumprir sua obrigação de manter ordem na ocupação e exploração comercial na Praia? Meu Deus !!!