Esporte

FOTOS: Zoações com o Flamengo bombam após derrota para o Vasco; veja os memes

fFotos: Reprodução/Humor Esportivo

A vitória sobre o Flamengo por 3 a 1 no Maracanã fez com que os torcedores do Vasco tirassem onda nas redes sociais. Os cruzmaltinos ironizaram os rubro-negros e bombaram a Internet com memes. A vitória do Vasco pelo Campeonato Carioca interrompeu um jejum de quase cinco anos sem vencer o Flamengo.

Com a vitória por 3 a 1 desta quinta-feira, o Vasco encerrou um jejum de 17 jogos sem ganhar do Flamengo. Desta forma, a maior série de invencibilidade no Clássico Dos Milhões continua sendo do Expresso da Vitória.

Entre 1945 e 1951, o lendário time vascaíno passou 20 jogos sem perder do rival. O 17º deste encontro aconteceu em São Januário e registrou triunfo por 5 a 2, um resultado marcante. A marca encerrada nesta quinta foi a maior do Flamengo contra o rival.

Com O Dia/ Globo Esporte e Lance

Opinião dos leitores

  1. O Flamengo está muito preocupado porque perdeu uma partida para o Vasco, o que vale é títulos no final do campeonato. É muita cara de pau um vaicaindo querer tirar onda com um flamenguista kkkkkkkkkkkkkkk sim e tem mais SEGUNDA DIVISÂO.

    1. Boa bora Vascao. Ganhe 3 … quando puder, kkkk depois agent se acerta. Trate de chegar na final ôme.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Na retomada do Estadual, América perde para o Palmeira

Em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Estadual, 1º turno, o América foi derrotado na tarde desta quinta-feira(08) para o Palmeira,  pelo placar de 2 a 1, no estádio Frasqueirão, em Natal.

Os gols do Palmeira de Goianinha foram marcados segundo tempo, por Everaldo e Michel, respectivamente (aos 25 e 35 minutos) , enquanto para o América marcou Caxito, (aos 9 do primeiro tempo).

Com a derrota, o alvirrubro permanece na liderança da competição, com 10 pontos, e agora fica ameaçado pelos rivais ABC e Globo, com 7 pontos e jogos a menos.

Opinião dos leitores

  1. Uma equipe que quer voltar a serie C com uma folha alta em relação ao Palmeira, com todo respeito , não pode perder. Ainda falam em vencer o Cruzeiro. Talvez a culpa seja da Pandemia

  2. O que não entendo é essa discrepância entre o número de vacinas enviadas e a quantidade aplicada, se não deve ser mais guardadas para 2 dose.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Pesquisa ‘Atlas Político’: Bolsonaro perderia para Mandetta, Ciro, Lula e Haddad em 2º turno

Foto: Evaristo Sá/AFP

Um levantamento do Atlas Político divulgado nesta quinta-feira (11/03) mostra que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) perderia o segundo turno das eleições gerais de 2022 contra Luiz Henrique Mandetta (DEM), Ciro Gomes (PDT), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Fernando Haddad (PT). De acordo com a pesquisa, o atual chefe do governo federal venceria somente Luciano Huck (sem partido) neste cenário.

O Atlas elaborou oito cenários de segundo turno envolvendo Bolsonaro, todos levando em consideração votos totais. A maior derrota seria para o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que tem 46,6% das menções contra 36,9% de Bolsonaro.

O próximo é o ex-deputado federal Ciro Gomes, que tem 44,7% contra 37,5% de Bolsonaro. O ex-presidente Lula apresenta 44,9% contra 38,8%, enquanto o ex-prefeito de São Paulo completa os vencedores, com 43% contra 39,4% do atual presidente.

Três empates técnicos também foram apresentados: contra o governador de São Paulo João Doria (39,3% a 39,8% de Bolsonaro); a ex-senadora Marina Silva (36,1% contra 37,1%); e o ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública Sergio Moro (33,1% contra 34,3%).

O único derrotado para Bolsonaro nos oito cenários de segundo turno é o apresentador de TV Luciano Huck (sem partido). Bolsonaro tem 37,3% dos votos totais contra 32,5% do comunicador.

Diretor-executivo do Atlas, Andrei Roman, relaciona o descrédito de Bolsonaro com a gestão durante a pandemia do novo coronavírus. “É o ponto de maior pessimismo com a evolução da COVID-19 no Brasil desde que começou a pandemia, e Bolsonaro sofre os reflexos”.

Apesar das derrotas, a pesquisa indica força de Bolsonaro no primeiro turno. Ele lidera as intenções de votos com 32.7%, seguido por Lula, com 27,4%, Moro, com 9,7%, e Ciro Gomes, com 7,5%. Neste cenário, nenhum dos outros oito nomes citados, que têm até o prefeito de Belo Horizonte – Alexandre Kalil (PSD) – com 0,7%, ultrapassa os 5%.

Para essa pesquisa, o Atlas ouviu 3.721 pessoas por meio de um sistema de apuração ligado à internet. O levantamento foi feito entre a última segunda-feira (08/03) e essa quarta-feira (10/03), com margem de erro de dois pontos percentuais.

Com Estado de Minas e Valor

Opinião dos leitores

  1. Como é mesmo o nome do Instituto???
    É o da Dilma??
    Dilma Senadora por Minas Gerais, a mais votada.
    Rsrsrsrs

  2. Bastou Lula fazer o primeiro discurso e o presidente já está caindo ladeira abaixo, não se sabe se pela força do Barbudinho ou se por pura inépcia, incompetência e ingerência quanto à pandemia !!

  3. Começou a cachorrada outra vez antecipada, nosso presidente perde pra todos, vamos esperar pra 2022.

  4. Acho que com a polarização nefasta,quem vai ganhar é aquele que for mais convincete nos debates.Neste aspecto 2 vão se sobressair Mandeta e Doria.
    Não ganham nem lula,nem o Bozo.
    Não ganham nem o triplex ,nem a Mansão.
    Não ganham nem a extrema direita,nem a extrema esquerda.
    Não ganha nem Stalin,nem Mussolini
    Não ganha nem o corintians,nem o Palmeiras
    A passionalidade não vencerá a razão.

    VIVA O EQUILIBRIO,O DOMINIO PROPRIO,A MANSIDÃO,A VERDADEIRA VERDADE!

  5. E a rejeição de Bolsonaro explodiu.
    Com uma rejeição dessa não tem candidato q ganhe em eleição majoritária.

  6. Um doido irresponsável desses dai tem que ser derrotado mesmo em 2022 … esse homem nem falar saber … é a maior vergonha desse país é um idiota desse sentado na cadeira da presidência …. chega logo 2022 pra esse louco varrido ser derrotado …..,

    1. A maior vergonha desse país, foi libertado essa semana pela segunda maior vergonha.

  7. O Bozo, para vencer, terá que arrumar outra facada. Assim, não vai aos debates E o gado, com peninha, fará campanha em tudo o que é igreja evangélica e quartel.

  8. Pesquisa totalmente diferente da CNN…
    A turma de Maduro quer voltar.
    Por falar nisso, Mandeta nada fez.
    O que Mandeta fez fora falar mal de Bolsonaro???
    Se mandeta ou Ciro ou Doria fossem bons, e o STF deu aos governadores para fazer restrições, por que não fizeram?

  9. Hoje esse bolg tá fogo! Venezuela querendo dá pitaco no Brasil, Bolsonaro perdendo até pra mandetta kkkk
    Tá de brincadeira! Kkkk

  10. Pronto, só foi Lula falar q o excrementíssimo começou a perder pra tdo mundo.
    Kkkkkk
    Lula é o cara!

  11. E não perde pra Moro e Hulk não??
    Kkkkkkkkkkkkk
    A história se repete!!
    Eu ja vi esse filme, bote outro.
    Kkkkkkkkkkk
    Quem é mandeta heim??
    Tem votos??
    Kkkkkkkkkkkk

  12. Esse tal Instituto foi aquele mesmo que previu a vitória da “ senadora “ Dilma em Minas Gerais? ????

    1. Por onde você anda as pessoas com a cabeça no lugar certo passam longe.

  13. Mais o mito não é o presidente de acordo com as pesquisas em 2018 ele perderia para Haddad e até a Et.

    1. Verdade. O nome correto do próximo presidente do Brasil é LUIS INÁCIO LULA DA SILVA

  14. Está com o Zé Golinha cortando prego. Não passa nem sinal de wi-fi kkkkk. Quem manda não enfiar um prego em uma barra de sabão durante mais de 02 anos. É vexame em cima de vexame. Pede pra cagar e sai, jumento kkkkkk

  15. Pesquisa nao se discute, mas essa tá de lascar.. se tivessem colocado a cachorrinha caramelo tinha ganho dele tb…

  16. Deve ser por esse receio que o MINTOmaníaco mudou o discurso: agora já acredita em vacinas! Kkkkkkkkkkkkk. A gente tem cada político neste país!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PSDB mantém Bruno Araújo presidente e decisão é derrota para João Doria

Foto: Divulgação/PSDB

A Executiva Nacional do PSDB aprovou nesta 6ª feira (12.fev.2021), por unanimidade, a prorrogação do mandato de Bruno Araújo como presidente do partido. A decisão configura derrota política para o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que almejava assumir o controle da sigla.

Ex-ministro e ex-deputado, Bruno Araújo foi eleito presidente tucano em 2019, substituindo Geraldo Alckmin com o apoio do próprio João Doria, que via em Araújo um rosto para personificar seu projeto de “novo PSDB”. O mandato do ex-ministro como presidente do partido se encerraria em maio deste ano, mas agora foi estendido até maio de 2022.

João Doria postulou o comando do partido em reunião realizada na 2ª feira (8.fev) com integrantes da cúpula tucana. No dia seguinte, divulgou nota cobrando a expulsão do deputado Aécio Neves (PSDB-MG) dos quadros da legenda. A exposição pública do racha no partido motivou reação de aliados do mineiro.

Na 4ª feira (10.fev), os presidentes de 26 diretórios estaduais do PSDB assinaram ofício em apoio à permanência de Araújo no comando do partido, contrariando as ambições de Doria. O movimento foi endossado por deputados e senadores tucanos.

“Os parlamentares estão certos de que, com a decisão, o partido seguirá mantendo a democracia interna e a convergência na busca de soluções para que o país possa vencer a pandemia e retomar o crescimento com justiça social”, escreveram deputados e senadores, em notas praticamente idênticas.

A indisposição de alas do PSDB com o movimento de Doria teve outro efeito colateral para o paulista. Além de ver a pretensão de assumir o comando da sigla ir pelo ralo, o pré-candidato à Presidência em 2022 também abriu caminho para o fortalecimento de outra liderança tucana, o governador gaúcho Eduardo Leite.

Em almoço realizado nessa 5ª feira (11.fev) com 10 deputados e 1 senador do PSDB, o governador do Rio Grande do Sul ouviu apelos para que desse início a uma campanha para tornar seu nome conhecido no país.

O Poder360 apurou junto a deputados que participaram da reunião que o convite deve ser aceito. Mas de forma cautelosa. A ideia é começar por viagens na região Nordeste. O senador Rodrigo Cunha (PSDB-AL), que estava no encontro, ficaria responsável por organizar parte da agenda futura.

Poder 360

Opinião dos leitores

  1. Doria doriana não decola nem dentro do partido.
    Derrotado.
    Já não se reeleger governador de São Paulo.
    Lascou se.

  2. Esse calça justa não serve nem para presidente de partido politico , imagine querer ser presidente do Brasil. Só leva peia .

  3. Esse calça colada tinha mesmo era que parar de querer aparecer. Só leva na tarraqueta e não se manca.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Kid Bengala é demitido de produtora pornô Brasileirinhas após derrota nas eleições

Foto: Reprodução/Instagram

Kid Bengala estava entre os candidatos a vereador da cidade de São Paulo. O ator pornô se candidatou pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), mas ficou entre as celebridades menos votadas , com apenas 953 votos. Após a derrota nas urnas, ele teve mais uma surpresa desagradável: foi demitido da produtora pornô na qual trabalhava.

O ator pornô era contratado da Brasileirinhas, uma das maiores empresas do ramo no país. Em entrevista ao jornal Extra, Clayton Nunes, o dono da produtora, explicou os motivos que levaram à demissão. “Já não estávamos trabalhando com o Kid há mais de um mês. Ele já não estava mais se dedicando, a cabeça dele já estava na política. Acho que já deu, ele não estava focado. Ele não está nos nossos planos mais não”, disse.

Sem emprego e sem cargo na política, Kid Bengala disse que não pretende deixar o pornô. “Eu nunca vou cuspir no prato que comi. Foi onde eu fiquei famoso. Espero poder continuar atuando”, declarou o ator de filmes adultos.

IG

Opinião dos leitores

  1. "Ele não está nos nossos planos mais não”. Fala típica de patrões que exploram seus empregados, ganham muito dinheiro às custas deles, depois o dispensam.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PAULO BARRETO: Candidato petista alvo de axé ‘jingle do ódio’ perde disputa no Rio Grande do Norte, destaca imprensa nacional

Foto: Divulgação

Paulo Barreto, alvo do “jingle do ódio”, que viralizou nas redes sociais, não se elegeu prefeito em Pendências, no Rio Grande do Norte. A notícia ganhou, inclusive, repercussão nacional.

Flaudivan Martins Cabral (MDB), 55, foi eleito novo prefeito de Pendências (RN), com 55,03% dos votos válidos, um total de 4.711. Paulo Eduardo Campielo Barreto Ramos (PT) que ficou em segundo, com 24,87%, seguido por Sebastião Moura de Farias (PCdoB), 16,83%, Wilson Silva do Nascimento (Rede), 1,92%, e Diego Souza Dantas (PSD), 1,35%.

O jingle, cujo autor é desconhecido, cita em ritmo de axé uma série de perguntas sobre supostos crimes conhecidos na cidade. Para todos os questionamentos, a resposta é Paulo Barreto e seus familiares.

As acusações vão desde dar uma cadeirada em um morador da cidade até dar calote no banco, agressão e mesmo homicídio.

Com Época e UOL

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

FOTOS E VÍDEOS: Derrota de 5 a 0 do Flamengo na Libertadores gera memes e zoações na internet

Foto: POOL/AFP via Getty Images

Além de ver o time perder de 5 a 0 para o Independiente Del Valle, o torcedor do Flamengo ainda está tendo que lidar com as zoações dos rivais nas redes sociais. Após a goleada no Equador, as redes sociais foram tomadas por memes com a derrota do Rubro-Negro. Confira AQUI.

Esporte Interativo.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Copa São Paulo: América estreia com derrota para a Juventus-SP

Reprodução: Twitter América-RN

Alvirrubro enfrentou a Juventus-SP no fim da manhã desta quarta-feira(03), e foi derrotado pelo placar de 1 a 0, na estreia da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

No domingo, o América terá a chance de redimir, quando enfrentará o Avaí-SC, às 15h, horário do Rio Grande do Norte.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

GERAÇÃO PERDIDA: Brasil leva "surra" da Sérvia nas quartas do Mundial de Basquete e dá adeus ao sonho de medalha

A meta da seleção brasileira neste Mundial da Espanha era conseguir superar o quinto lugar da Olimpíada de 2012 e conquistar uma medalha. Mas, assim como em Londres, o Brasil caiu nas quartas de final.

Depois de uma vitória histórica sobre a Argentina nas oitavas, a seleção do técnico Rubén Magnano teve que se despedir do Mundial após perder para a Sérvia nesta quarta-feira (10) em Madri por 84 a 56. Um rival do qual o Brasil já havia ganhado na primeira fase por 81 a 73, numa de suas melhores exibições no torneio.

Quem somente viu o jogo desta quarta-feira (10) provavelmente não entendeu como o Brasil chegou tão longe no Mundial. Foi de longe a pior atuação da equipe de Magnano. Apática, a equipe só demonstrou algum poder de reação no segundo quarto.

Era evidente a dificuldade da equipe para acertar a cesta. Encerrou o jogo com um pífio aproveitamento de 33%, muito abaixo dos 52% que apresentou durante o resto do campeonato. Antes da partida contra os sérvios, o Brasil era a segunda equipe com melhor pontaria do Mundial, atrás apenas da Espanha.

Já os sérvios contaram com grande exibição do armador Milos Teodosic, que encerrou o jogo como cestinha, com 23 pontos. Assim como no último Mundial, em 2010, a equipe do leste europeu chega às semifinais. Agora, a Sérvia aguarda o vencedor de Espanha x França para saber quem será seu rival na próxima fase.

O JOGO

O Brasil iniciou o jogo com a mesma formação titular que entrou em quadra na vitória contra a Argentina nas oitavas e final: Marcelinho Huertas, Leandrinho, Marquinhos, Tiago Splitter e Anderson Varejão.

A equipe esteve irreconhecível no primeiro tempo, com falhas incríveis nos arremessos e marcação frouxa no perímetro.

A marcação no garrafão esteve bem. Varejão, por exemplo, cuja média de rebotes no campeonato era de 8,3, encerrou os dois primeiros períodos com oito rebotes. O problema é que a equipe deixou livre a linha de três pontos, permitindo que o principal jogador sérvio, Milos Teodosic, atuasse com facilidade. O armador foi o cestinha do primeiro tempo, anotando 16 pontos.

Se Teodosic liderava sua equipe no ataque, o Brasil encontrou imensas dificuldades para pontuar. Ao fim do primeiro quarto, somente Marquinhos, Varejão e Splitter haviam conseguido acertar a cesta.

No segundo período, até que o Brasil conseguiu reagir. Logo no início, Alex acertou duas cestas de três pontos, que levaram a seleção brasileira à liderança no placar: 23 a 21.

Os sérvios voltaram a dominar, fazendo uma sequência de oito pontos: 29 a 23. Com uma série de contra-ataques, o Brasil se recuperou e anotou nove pontos consecutivos: 32 a 29.

Depois disso, a equipe de Magnano praticamente parou em quadra. Os sérvios, liderados por Teodosic, fizeram mais uma sequência de oito pontos e fecharam o primeiro tempo em 37 a 32.

No retorno do intervalo, o Brasil voltou ainda pior. Confiantes, os sérvios dispararam no contador. Nervosa, a seleção brasileira tomou duas faltas técnicas. A partir de então, o time desmontou em quadra e os sérvios fecharam o terceiro quarto com larga vantagem de 22 pontos: 66 a 44.

No último período, os sérvios mantiveram o ritmo e o Brasil não conseguiu reagir. O desapontamento era evidente na cara dos jogadores vestidos de verde e amarelo. Pareciam não acreditar que a pior exibição no campeonato ocorrera justamente no mais importante jogo da fase eliminatória.

84 a 56 anotava o placar ao fim do jogo. Era o fim melancólico de uma equipe que, apesar de ter chegado ao Mundial como convidada, encantou o público na Espanha com exibições aguerridas e um jogo coletivo eficiente. Agora, resta esperar a Olimpíada de 2016, em casa.

Folha Press

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

ABC joga sem inspiração e perde para o Globo em Ceará-Mirim

Sem inspiração, o ABC foi superado pelo Globo e derrotado pelo placar de 2 a 0, na tarde desta quarta-feira (22), no estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, na Grande Natal. Os gols do Globo foram marcados aos 25 e 26 da etapa final, através de Ricardo Lopes.

Com o resultado antes do término da rodada, a liderança do Grupo A é do time de Ceará-Mirim, com seis pontos. Já o alvinegro, que ainda não venceu na primeira fase do estadual, amarga apenas dois pontos.

O próximo desafio do alvinegro está marcado para este domingo(26), no clássico diante do Alecrim, na abertura oficial de jogos do estádio Arena das Dunas. Já o time do Globo, recebe o Palmeira no sábado(25), no Barrettão.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Ponte Preta "abre" 25ª rodada da Série A com derrota nos acréscimos para o Náutico, em Campinas

O Náutico não se intimidou com no Moisés Lucarelli e conseguiu neutralizar a pressão inicial da Ponte. O primeiro lance de perigo da Macaca na primeira etapa foi aos 18 minutos. Após belo lançamento de Adrianinho, Alef ficou na cara do gol, mas bateu por cima, isolando a bola.

O Timbu não conseguiu criar muitas jogadas e se limitou a tentar o gol com alguns chutes de fora da área de Derley, mas nenhum levou perigo a Edson Bastos.

No fim da primeira etapa, a Macaca acordou novamente e foi para cima. Rildo, de cabeça, e Fellipe Bastos, após cobrança de falta, quase fizeram. Mas foi o artilheiro William quem abriu o marcador. Após cruzamento rasteiro, o jogador se antecipou e desviou para marcar aos 45 minutos do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

Sem qualidade técnica, o Náutico não tinha forças para tentar a reação. A Ponte, por sua vez, recuou o time e aproveitou a velocidade de Rildo nos contra-ataques. Em uma de suas arrancadas pela esquerda, o camisa 7 deixou o zagueiro no chão e assustou o goleiro Ricardo Berna. As bolas paradas da Ponte Preta nos pés de Fellipe Bastos e Adrianinho também preocupavam o Timbu. William passou perto após cobrança de escanteio. O zagueiro Ferron também não aproveitou uma chance clara após cruzamento na área.

Quando a Ponte ensaiava uma pressão para definir a partida, o Náutico aproveitou um contra-ataque pela direita para empatar o jogo. O atacante Hugo, que havia acabado de entrar na partida, recebeu na área e bateu no canto, sem chances para Edson Bastos, aos 35 minutos.

Poucos minutos depois, o mesmo Hugo perdeu uma chance incrível de virar o jogo. A partida ficou aberta, com ambas as equipes tentando o gol da vitória. Assim como Hugo, William, da Ponte, também desperdiçou um gol cara a cara com o goleiro.

A Ponte foi para cima e Elias quase fez em chute da entrada da área. No rebote, Leonardo limpou os zagueiros e cruzou. A bola correu a linha do gol, mas não entrou. No lance seguinte, um contra-ataque fulminante do Náutico, que decidiu o jogo. Hugo exigiu boa defesa de Edson Bastos e, no rebote, Maikon Leite virou, no último lance do jogo.

PRÓXIMOS JOGOS

Na quinta-feira, a Ponte Preta volta a campo para encarar o Atlético-MG, no Independência. O Náutico, por sua vez, recebe no domingo, às 16h, o líder Cruzeiro, na Arena Pernambuco, pela 26ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 2 NÁUTICO

Local: Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto (SP)
Data/Hora: 1/10/2013 – 19h30
Árbitro: Antonio Denival de Morais
Auxiliares: Luis Claudio Rodrigues da Costa e Marcos Santos Vieira
Cartões amarelos: Uendel, Artur (PON); Leandro Amaro, Maranhão, Martinez (NAU)
Cartões vermelhos:  –
Gols: William, 45’/2ºT (1-0); Hugo, 35’/2ºT (1-1); Maikon Leite 47’/2ºT (1-2)

PONTE PRETA: Edson Bastos; Artur, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Alef, Felipe Bastos e Adrianinho (Elias – 20’/2ºT); Rildo (Adaílton – 28’/2ºT) e William. Técnico: Jorginho.

NÁUTICO: Berna; Maranhão, João Filipe, Leandro Amaro e Bruno Collaço (Dadá – 18’/2ºT); Elicarlos, Martinez, Derley (Hugo – 32’/2ºT) e Tiago Real (Diego Morales – Intervalo); Maikon Leite e Olivera. Técnico: Marcelo Martelotte.

Lance

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

América é derrotado pelo Bragantino no Nazarenão e volta a ficar ameaçado pelo Z4

O América conheceu sua primeira derrota após o retorno ao estádio Nazarenão, em Goianinha. Na noite desta terça-feira (1), o alvirrubro não se encontrou na partida e foi derrotado pelo Bragantino pelo placar de 2 a 0, gols marcados por Lincom, todos no primeiro tempo(1 e 46 minutos).

Com a derrota, o time vermelho voltou a se aproximar da zona de rebaixamento, em 16º, com 27 pontos, e fica a um ponto de Atlético-GO e ABC, com 26. O Bragantino, por sua vez, chega a 11ª colocação, com 36 pontos.

O próximo desafio alvirrubro é fora de casa, contra o Sport, na Ilha do Retiro, nesta sexta-feira (4), a partir de 19h30. O Bragantino, no sábado(5), recebe o América, às 21h.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

UFC 140: Minotouro nocauteia, Minotauro é derrotado

O UFC 140, na madrugada deste domingo, em Toronto, no Canadá, poderia ter sido perfeito para os irmãos Nogueira. Depois de Rogério Minotouro nocautear Tito Ortiz logo no primeiro round, Rodrigo Minotauro teve uma chance de ouro de fechar a noite perfeita para os primeiros brasileiros do card – Lyoto Machida ainda faz a principal luta da noite, contra Jon Jones. O veterano, no entanto, deixou escapar uma possível vitória por nocaute e acabou perdendo pela segunda vez para Frank Mir, logo no primeiro round.

O americano conseguiu sair de uma situação complicada para deslocar o ombro do brasileiro e terminar a luta. Minotauro tinha disparado uma potente combinação de socos que balançou Mir. Ao invés de concluir o nocaute com socos, tentou imobilizar o rival – que virou a situação de forma inesperada e espetacular. Vindo de duas derrotas, Rogério Minotouro conseguiu realizar um belo combate e afastou os boatos sobre uma possível aposentadoria.

Ortiz começou melhor, mas o brasileiro conseguiu derrubar o adversário ao encaixar uma joelhada certeira no abdome do rival. Atordoado, o fortíssimo Ortiz ainda resistiu no chão ao ataque de Minotouro, que encaixou vários golpes entre a cabeça e o tórax. Depois da derrota logo no primeiro round, Ortiz, segurando as lágrimas, reafirmou que pensa em deixar o octógono. “Vou dar um tempo e aproveitar pra curtir o Natal com a família. Ainda tenho uma luta em contrato com o UFC e espero que o Dana White me deixa honrá-la.”

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Micarla sofre derrota na Câmara Municipal

Conhecido jargão do jornalismo, a expressão “onde está Wally?” é empregada quando uma notícia vem sem noticiar, quando os elementos principais da informação ficaram perdidos.
 
Vale a adaptação: onde está a bancada da prefeita Micarla de Sousa? Valha-me Deus, onde está?

Agora há pouco, os vereadores derrubaram os vetos que a chefe do Executivo apresentou às emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias propostas pelos edis. 13 votos a oito.
 
As emendas foram acordadas com o presidente da Casa, Edivan Martins, e vetadas pela prefeita por suposta orientação de Kalazans Bezerra.
 
Elas, as tais emendas, são dispositivos propostos pelos vereadores, destinando isso ou aquilo para determinadas áreas da cidade.
 
Antes de ser bancada de situação ou oposição, um vereador precisa mostrar serviço. E as emendas são excelentes instrumentos para tal. Nem mesmo a bancada da prefeita, no auge da submissão, arriscaria abrir mão dessa vitrine.
 
Procurem as emendas, que agora estão garantidas. A bancada da prefeita estará lá.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Vitória ou derrota faz parte. Humilhação não!!!

Nos últimos anos, o ABC tem passado por alguns vexames grandes dentro da sua casa.

Em 2007, foi o vexame para o Assu. Levamos 5 gols, amenizados pela rápida intervenção do então presidente Judas Tadeu, que demitiu o técnico, trouxe outro e colocou o clube na rota do 50º titulo estadual.

Em 2009, levamos um sapeca aiai do São Caetano também de 5 no Frasqueirão. Até ontem, tinha sido a partida mais vergonhosa a que assisti do clube que aprendi a amar e sofrer por ele.

Achei que não veria mais aquele tipo de situação enquanto fosse vivo.

A passividade somando as dificuldades fizeram o mesmo presidente, no caso de Judas, totalmente passivo naquele momento, e acabamos rebaixados a terceira divisão no mesmo ano.

Ontem voltei a ver o ABC fazer outro papelão, tomamos de 5 novamente de um time abaixo de mediano como é o Bragantino, uma falta de compromisso total de jogadores.

Um time figurativo para ser bondoso. O ABC sem alma, sem raça e sem vergonha de ontem não pode se repetir mais. Sei que a demissão do técnico vai acontecer, mas o problema não é só esse!!!

O técnico que gostei da contratação quando foi anunciado, se mostrou sem total condições de continuar no time, o ABC é um clube grande, não é um laboratório. De 12 pontos disputados, apenas 2 conquistados; há algo de muito errado…

Deixo esse pequeno texto com dois exemplos, até mesmo porque sei que a diretoria vai ler, para ela analisar e tomar as medidas cabíveis hoje, que é um dia D. Ou mostramos que não queremos isso para o clube ou vamos ter que passar tudo de novo na terceira do ano que vem.

 

Opinião dos leitores

  1. E importante a volta de alguns dirigentes principalmente Ricardo Rocha o BIROFA para o ABC voltar a ter alegrias

  2. Bruno,
    Parabens pelo texto. Concordo com voce.
    Acho que esta na hora de trazer um remedio caseiro, Ferdinando Teixeira.
    Mas, é um prato pro torcedores do mequinha, os sem estadio, sem destino. ABC, sempre! Ganhando ou perdendo.

  3. Soube que o "Marketing" está elaborando uma vasta programação com a competência que lhe é familiar, para comemorar o 10º jogo sem vitória.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara aprova anistia a desmatador com emenda apresentada por Henrique Alves

Ontem, o governo Dilma sofreu sua primeira derrota no congresso, e de goleada. Para que isso acontecesse foi fundamental o trabalho do Deputado Henrique Alves que usou sua força e seu prestigio de líder do PMDB e colocou toda sua bancada na Câmara para votar contra o projeto da Presidenta Dilma e a favor do projeto do relator Aldo Rabelo. Dilma começou a ver ontem com quantos paus se faz um canoa. No congresso a luz amarela deve ter sido acesa. Ela vai ter que dar o céu e a terra ao PMDB para que o caso Palocci não passe da onde chegou. Podem anotar.

Mesmo o projeto aprovado sendo considerado ruim pelos ambiemtalistas, e inconteste a força e o poder de articulação que o Norte Riograndense Henrique Alves tem no congresso. O deputado deu um verdadeiro show ontem na Câmara costurando e apresentando a emenda que derrotou o Governo. Só para lembrar, esse projeto ainda vai para o senado e caso seja aprovado a Presidente ainda tem o poder de veto. Mas que o recado foi dado isso foi. Segue abaixo reportagem do Estadão:

A Câmara dos Deputados aprovou na noite ontem, por 410 votos a favor, 63 contrários e 1 abstenção, o texto do relator Aldo Rebelo (PC do B-SP) que reforma o Código Florestal. Depois, o governo Dilma Rousseff sofreu sua primeira derrota na Câmara. Por 273 votos a favor, 182 contra e 2 abstenções, os aliados aprovaram a inclusão no Código de concessão de anistia aos produtores que desmataram Áreas de Preservação Permanente (APPs) às margens dos rios e encostas até 2008.

Segundo o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), a emenda apresentada pelo PMDB e apoiada pela maioria dos partidos da base e de oposição foi considerada uma “vergonha” pela presidente Dilma Rousseff.

(mais…)

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *