Vasco envia ofício à CBF para encaminhamento à FIFA para ser reconhecido como campeão mundial de clubes em 1953

João Ernesto, último à direita, Alexandre Campello e Jorge Salgado foram à CBF para tentar reconhecer o Vasco como campeão do mundo — Foto: Site oficial do Vasco

Na última terça-feira, o atual presidente do Vasco, Alexandre Campello, e seu sucessor com posse prevista para a próxima semana, Jorge Salgado, foram à CBF para encontro com Rogério Caboclo, mandatário da entidade máxima do futebol brasileiro. Além de tratar da transição de poder em São Januário, o encontro teve como objetivo o reconhecimento do Torneio Rivadávia Corrêa Meyer, conquistado pelo Vasco em 1953 e organizado pela CDB (antiga Confederação Brasileira de Desportos), como Torneio Intercontinental de Clubes.

Até o Mundial de Clubes passar a ser organizado anualmente pela Fifa, em 2005 (houve uma edição antes em 2000), os campeões da Libertadores e da Champions League se enfrentavam na Copa Intercontinental, que foi disputada entre 1960 e 2004. O Vasco deseja que o Torneio Rivadávia Corrêa Meyer tenha esse mesmo reconhecimento. Em 2017, a Fifa anunciou que os vencedores da Copa Intercontinental seriam reconhecidos como campeões mundiais.

Campello e João Ernesto Ferreira, vice de relações especializadas do Vasco, encaminharam ofício à CBF para obter tal reconhecimento. O Rivadávia Corrêa sucedeu a Copa Rio, conquistada por Palmeiras e Fluminense, dois clubes que também querem o tratamento de campeão mundial. Realizado de 7 junho a 4 de julho de 1953, o torneio reuniu oito clubes divididos em duas chaves.

Botafogo, Fluminense, Vasco e o escocês Hibernian integraram o Grupo do Rio de Janeiro. Corinthians, São Paulo, o paraguaio Olímpia e o português Sporting compuseram a chave paulista. O clube de São Januário passou às semifinais com vitórias sobre os rivais cariocas, ambas por 2 a 1, e um empate com o representante da Escócia.

Na semifinal, o Vasco tirou o Corinthians com vitórias por 4 a 2 e 3 a 1. Na decisão, outras duas vitórias: 1 a 0 e 2 a 1 contra o São Paulo. Pinga foi o artilheiro da competição, com seis gols marcados.

– O sucesso da Copa do Mundo de 1950 lançou o Brasil no cenário mundial. E, na esteira daquele Mundial, foram organizados torneios internacionais envolvendo clubes de todo o mundo. Nosso Centro de Memória possui em seu acervo documentos, imagens, artigos, jornais da época, ingressos, divulgação midiática e até mesmo o Regulamento Oficial da disputa, material que comprova a dimensão e a importância do Torneio. Com todo a documentação, encaminhamos à CBF um ofício solicitando que ela encaminhasse à Fifa o nosso pleito – explicou João Ernesto, que presenteou Rogério Caboclo com um livro sobre a história do título vascaíno.

O ofício do Vasco, composto por sete páginas, se inicia da seguinte maneira: “O Club de Regatas Vasco da Gama, pelos motivos que se seguem, solicita que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que VSa tão dignamente preside, promova encaminhamento à Fédération Internationale de Football Association (FIFA) no contexto do reconhecimento do Torneio Internacional Rivadávia Corrêa Meyer, de 1953, como Torneio Intercontinental de Clubes”.

Em outro trecho, o Vasco compara os moldes atuais do Mundial de Clubes com os adotados no torneio disputado em 1953: “Destaca-se, ainda, que a FIFA é a responsável por competição (Mundial de Clubes) nos mesmos moldes das organizadas pela então CBD na década de 50, o que evidencia a necessidade de haver o reconhecimento histórico das atitudes do nosso futebol naqueles anos”.

Na parte final do documento assinado pelo presidente Alexandre Campello, o Vasco cita o reconhecimento por parte da CBF dos times que conquistaram a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes de Pedrosa como campeões brasileiros. Antes disso, considerava-se que o primeiro Campeonato Brasileiro havia sido disputado em 1971.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tom França disse:

    Um torneio muito mais complicado do que o conquistado pelos "mulambos", que só teve que disputar uma partida! O Vasco conquistou esse torneio, jogando contra grandes clubes do futebol carioca e paulista, além de um clube da Escócia e outro de Portugal. Incontestavel!

  2. Fábio disse:

    Jogando a gente sabe que não tem chance, aí tentam através da justiça!!! Esses vascaidos são uma onda!!!

  3. Apolônio disse:

    De todos os amores que eu tive, és o mais antigo,te amo gigante da colina!

  4. Lourenço disse:

    Isso só pode ser piada.

    • Gustavo disse:

      Piada é o Palmeiras que tem dois brasileiros no mesmo ano. Isso é culpa do Flamengo q quer considerar 87, aí todo mundo quer achar título por aí.

VÍDEO: Vasco oficializa a contratação do técnico português Ricardo Sá Pinto

Vasco anuncia a contratação do técnico português Ricardo Sá Pinto — Foto: Reprodução

O Vasco anunciou a contratação de Ricardo Sá Pinto como seu novo treinador em comunicado oficial divulgado nesta quarta-feira. O português de 48 anos, que vestiu uma camisa vascaína com o nome de Romário em vídeo divulgado pelo clube, chega para substituir Ramon Menezes, demitido do comando da equipe após a derrota por 3 a 0 para o Bahia pelo Brasileirão.

Sá Pinto estava sem trabalhar desde que deixou o Braga, em dezembro do ano passado. O contrato será válido até o término do Brasileiro, em fevereiro de 2021. Com o novo comandante, que não estará à beira do campo contra o Internacional, domingo, em Porto Alegre, chegam três profissionais: o auxiliar Rui Mota, o preparador físico João Moreira e o analista de desempenho Igor Dias.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o técnico português vestiu uma camisa do Vasco com o nome de Romário. No recado à torcida, mostrou confiança no trabalho.

– Como vocês sabem, foi um grande jogador, histórico não só do Vasco como do futebol mundial. Guardo esta camisa com muito carinho. Estou muito orgulhoso e muito honrado de ser o vosso treinador. Eu e minha equipe técnica estamos muito confiantes no trabalho que vamos desenvolver. Sabemos que a situação não é ideal, é de grande responsabilidade, mas também é nas dificuldades que se criam grandes oportunidades. Conto com vosso apoio e vosso carinho. Já sabem: lutar, lutar, pela vitória. Um grande abraço a todos – disse Sá Pinto.

No comunicado, o Vasco não especificou a data de chegada de Sá Pinto. Ele deve embarcar rumo ao Rio, desde Lisboa, na quinta-feira.

O Vasco será dirigido no Beira-Rio por Alexandre Grasseli, interino que comandou o time na derrota por 2 a 1 para o Flamengo. O auxiliar Diogo Siston e o coordenador Eduardo Hungaro estarão ao lado do treinador do sub-20.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Macena disse:

    Queridos, Pepe e Apolônio. Dos clubes cariocas, quem têm mais títulos carioca, brasileiro, copa do Brasil, libertadores e o único quê têm o Mundial? Parabéns, por mostrar amor ao Vasco da Gama. Mais dizer, quê o Vasco, é o clube mais importante do Brasil, é piada de mal gosto. Há vários anos, quê o Vasco luta para não cair para a segunda divisão. Menos, menos, menos! João Macena.

  2. Apolônio disse:

    Concordo em gênero, número e grau com vc Pepe, é sem sombra de dúvidas,o clube com a história mais bonita do futebol mundial,sou vascaíno com muito orgulho,e sempre que posso estou no Maraca,ou em São Januário torcendo pelo gigante da colina

  3. Pepe disse:

    Vai comandar o clube mais importante do Brasil.Que jogou 66 vezes contra europeus,para se ter uma ideia o Santos jogou 30 vezes e o novato dos grandes o Corintians jogou 9 vezes.
    Clube que inseriu o negro no futebol,que durante decadas teve o seu estadio o maior da america latina,sendo este palco das maiores concentraçoes politicas.
    Enfim o CR vasco da Gama é a historia do Brasil

Técnico Ramon Menezes é demitido no Vasco

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

Ramon Menezes não é mais o técnico do Vasco. O clube optou nesta quinta-feira pela demissão do treinador após a derrota por 3 a 0 para o Bahia, na quarta-feira, em Salvador, pela 14ª rodada do Brasileirão.

O Vasco anunciou a informação por meio de um curto comunicado em seu site oficial:

“O Club de Regatas Vasco da Gama comunica que Ramon Menezes não é mais o treinador da equipe profissional. O Clube agradece os serviços prestados pelo profissional e, em breve, anunciará o seu substituto”.

O ge apurou que a decisão pegou os jogadores de surpresa e causou revolta em parte do elenco vascaíno. Além de Ramon, comunicado do caso em uma reunião em São Januário, deixa o clube o auxiliar técnico Thiago Kosloski.

A busca pelo novo técnico está em andamento. No começo desta tarde, o diretor executivo André Mazzuco e o presidente Alexandre Campello se reuniram para tratar do tema. Não está definido quem comandará o time diante do Flamengo, sábado, pelo Brasileirão.

Sob o comando de Ramon, o Vasco vivia um momento delicado na temporada. No Brasileirão, competição em que a equipe chegou a ser líder nas primeiras rodadas, já são quatro partidas sem vitória – seis contando as duas da Copa do Brasil. No momento, o time está em décimo lugar, com 18 pontos.

Outro resultado determinante para o mau momento foi a eliminação na Copa do Brasil ainda na quarta fase diante do Botafogo. O Vasco perdeu o clássico pro 1 a 0 no jogo de ida e empatou sem gols na volta, em São Januário.

Anunciado como substituto de Abel Braga no dia 30 de março deste ano, Ramon Menezes deixa o Vasco depois de pouco mais de seis meses no comando e 16 partidas disputadas (2 pelo Carioca, 2 pela Copa do Brasil e 12 pelo Brasileirão). Ao todo, foram oito vitórias, três empates e cinco derrotas.

Globo Esporte

Vasco anuncia que 16 atletas testaram positivo para a Covid-19

Talles Magno realiza exame de Covid-19 no Vasco — Foto: GloboEsporte.com

Em vídeo publicado na Vasco TV, o clube divulgou que, em função da pandemia do coronavírus, 250 pessoas entre jogadores, membros da comissão técnica, staff e contactantes foram submetidos a exames – foram 350 testes.

Chefe do departamento médico do Vasco, Marcos Teixeira anunciou que 19 jogadores testaram positivo para o Covid-19, 16 destes serão isolados e três já estão recuperados. Ao todo, 43 atletas foram submetidos, ou seja 44% testou positivamente. Confira:

“Três atletas tiveram contato com o vírus e estão curados. Observamos 16 atletas que vieram com exames positivos. Eles são isolados do grupo, vão continuar com contato médico e exames seriados até que tenhamos certeza que eles não poderão mais transmitir esse vírus para o restante do elenco. Isso só comprova que estamos fazendo uma grande ação de saúde, identificado o mais rapidamente possível essa infecção nos atletas porque a gente sabe que 95% do nosso grupo são assintomáticas, essas que tiveram contato com o vírus. Isso faz com que a gente impeça que o vírus seja disseminado até mesmo dentro do ambiente familiar do atleta”.

“Depois de toda a bateria de exames seriados que fizemos em todos o grupo, jogadores, comissão, staff e contactantes domiciliares, pudemos perceber que aproximadamente 30% de todas essas pessoas já entrou em contato com o novo coronavírus. Mesmo com o distanciamento social, 30% entrou em contato”.

No mesmo, o Vasco anunciou que o elenco profissional (somente os atletas liberados) será submetido a mais uma bateria de exames nesta segunda-feira, em São Januário. Avaliações médicas e fisiológicas permitidas pelas autoridades estão previstas.

– Só fazemos fazer o que está permitido pelas autoridades. Faremos exames médicos, avaliação da fisioterapia e fisiológica. Não haverá treino propriamente dito, porque vamos seguir exatamente o que está autorizado pela Prefeitura e pelos órgãos que regulam as atividades – explicou Teixeira.

Coordenador científico do Vasco, Marcos Cezar enumerou as avaliações às quais serão submetidos os atletas vascaínos:

– A partir de amanhã iremos iniciar bateria de avaliação nos nossos atletas com o objetivo de identificar os níveis de condição física em que se encontram após o período de mais de 70 dias de inatividade por conta do isolamento social. Serão avaliações da composição corporal, dos níveis de força e também funcionais. Identificar como estão os padrões de movimentos dos atletas, pensando que nesse período de recesso pode ter acontecido algumas perdas significativas e também na capacidade aeróbia para que possamos traçar um protocolo de reabilitação.

Globo Esporte

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ex-Pretralha disse:

    Era o Vasxico sim, Bota e Flu contra.

  2. Apolônio disse:

    O Vasco não,era o Flamengo e Fluminense!

  3. Soraya disse:

    Oxe, não era o Vasco que era a favor de voltar a jogar.

Flamengo, Vasco e FERJ assinam nota pedindo o retorno das atividades; Fluminense e Botafogo ficam de fora

Da esquerda para direita: Rubens Lopes, presidente da Ferj, Alexandre Campello, do Vasco, Nelson Mufarrej, do Botafogo, Mário Bittencourt, do Fluminense, e Rodolfo Landim, do Flamengo Foto: MARCELO THEOBALD / Agência O Globo

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) divulgou nesta sexta-feira uma nota de esclarecimento com times da primeira e segunda divisão pedindo o retorno das atividades em meio à pandemia do coronavírus. Os presidentes de Vasco e Flamengo assinaram o documento, enquanto Fluminense e Botafogo deixaram em branco.

No texto, federação e os clubes signatários argumentam que estão prontos para reiniciar os treinamentos “de forma responsável, restrita, reduzida, sob vigilância, sem aglomerações ou presença de público e em obediência a um rigoroso protocolo médico”.

Presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej disse que o posicionamento do clube é uma questão de coerência e o futebol pode esperar:

– Estamos próximos ao pico da pandemia, com o sistema público de saúde perto da asfixia e o que mais se fala é em lockdown. O retorno tem que ser orgânico. Respeito a atitude dos demais clubes, mas entendemos ser a hora de preservar a saúde de todos e por isso não assinamos.

O Fluminense divulgou nota oficial explicando o motivo de não ter assinado a carta:

“O clube acredita que não é o momento do futebol brasileiro dar qualquer sinalização de retorno do esporte quando o país inteiro, particularmente o Rio de Janeiro, está com extrema dificuldade de fazer a população cumprir o isolamento social necessário para reduzir o número de contaminações e mortes por conta do Covid-19, e cidades inteiras começam a anunciar medidas ainda mais severas, como o lockdown.

O Fluminense reforça que a sua posição, desde o início da pandemia, é de só retornar aos treinos presenciais quando os órgãos governamentais e de saúde derem o aval para o retorno em segurança de todos os funcionários envolvidos nestas atividades.”

A nota ressalta o desejo de retornarem o mais breve possível, e que os clubes estão “preparados para reiniciar suas atividades em poucos dias”.

Portuguesa, Cabofriense, Bangu, Boavista, Friburguense, Macaé, Madureira, Nova Iguaçu, Resende e Volta Redonda também assinaram a nota submetida aos governantes.

O Globo

FOTOS: Entrevista de Pelé em que ele diz ser torcedor do Vasco repercute na imprensa mundial

Foto: Reprodução/Instagram

A entrevista do Pelé ao canal Pilhado do Youtube, do jornalista Thiago Asmar, no Youtube, em que o Rei do Futebol reafirmou sua torcida pelo Vasco repercutiu em todo o mundo. O ex-jogador falou de sua paixão pelo clube carioca, explicando também por que seu coração bate mais forte pelo Vasco.

“Não fui vascaíno, sou ainda. Para quem não se lembra, sou ainda. Meu time era o Santos, eu joguei no Santos, mas tenho o direito de escolher. Nunca deixei de ter carinho pelo Vasco”, disse Pelé, que justifica a escolha: “Naquela época, meu pai jogava com um jogador que se chamava Marinho, que era centroavante, e ele foi para o Vasco”.

Veja, abaixo algumas das manchetes:

Fotos: Reprodução

Com Extra e NetVasco

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anderson disse:

    O Vasco pode estar num mau momento, mas tem história de sobra e craques como Pelé e Romário.

  2. Miranda disse:

    Faltou a cruz de malta no currículo. Primeiro clube a permitir que negros jogassem futebol.

FOTO: Contra o Vasco, atacante Paulo Sérgio, do ABC, perde o gol “mais feito” de 2020, e vira meme

Foto: Montagem

Com gol livre, Paulo Sérgio acertou o travessão no início do segundo tempo no Maracanã; German Cano garantiu vitória e classificação cruz-maltina.

INACREDITÁVEL! Assim podemos definir o gol perdido por Paulo Sérgio aos cinco minutos do segundo tempo, quando o ABC ainda empatava com o Vasco por 0 a 0, no Maracanã.

Sem goleiro, o atacante recebeu livre na pequena área e acertou o travessão após perder o tempo da bola.

Incrédulos, os torcedores reagiram de diversas formas nas redes sociais após o lance perdido. Confira algumas reações!

Reprodução/Twitter

Goal, Terra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Botelho Pinto disse:

    SE ESSE CARA JÁ NÃO IRIA RECEBER SALÁRIO EM DIA, IMAGINA PERDENDO UM GOL DE R$ 1.500.000,00 !!!!!!!!!!!!!!!!!
    E ainda saiu de campo cuspindo marimbondo reclamando com o treinador !!!
    MAIS UMA AÇÃO TRABALHISTA A VISTA ??
    Além da queda, coice !!
    VAI PROCURAR ALGUMA IRREGULARIDADE NO VASCO PRÁ DAR ENTRADA NO TAPETÃO TAMBÉM ????
    Definidos os confrontos da terceira fase da Copa do Brasil.
    O América-RN pega o Juventude-RS e o abc pega…o controle remoto !!!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • LAMPIÃO disse:

      KKKKKKKKKK ACABOU, ACABOU, ACABOU, PERDEU, PERDEU, PERDEU, PERDEU!!!!! VAI GANHAR UM MILHÃO E MEIO O ELEFANTE VELHO… EM FORMATO DE SUPOSITÓRIO!!!!

  2. naldo disse:

    é um verdadeiro jogador de totó, chuta com os dois pés ao mesmo tempo e ainda não cai.

Rafael, goleiro do ABC, mira “grande partida” diante do Vasco, e destaca importância financeira para o clube e visibilidade

Foto: Luciano Marcos/ABC F.C.

A equipe abecedista tem pela frente o desafio mais importante da temporada até o momento. O alvinegro vai enfrentar o Vasco/RJ nesta quinta-feira (5), no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), confronto válido pela 2ª fase da Copa do Brasil.

O goleiro Rafael falou das dificuldades do jogo e garantiu que o grupo está bem preparado. “Sabemos do peso da camisa do Vasco, da qualidade da equipe deles, da pressão que sofreremos da torcida, que deve encher o Maracanã, mas sabemos do nosso potencial, estamos vindo em um bom momento e vamos forte, bem preparados, para buscar a classificação”, afirmou o camisa 1.

Rafael destacou a importância do confronto. “Esse é um jogo muito importante em vários sentidos. Tem o lado financeiro para o clube, uma classificação dará uma verba importante, tem a visibilidade para o clube e para nós, jogadores, tem muita coisa em jogo. O grupo está ciente de tudo isso e vamos focados para fazer uma grande partida”.

Os vinte relacionados para o duelo:

Goleiros: Rafael e Erivelton;

Laterais: Pedro Costa, Marlon e Bruno Souza;

Zagueiros: Joécio, Vinicius Leandro, Richardson e Vitor Salvador;

Volantes: Felipe Manoel, Cedric e Wesley Dias;

Meias: Berguinho, Jailson, João Paulo e Pedrinho;

Atacantes: Paulo Sérgio, Igor Goularte, Núbio Flávio e Jordan.

Com informações do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Thiago vesgo disse:

    Somente o futebol proporciona momentos como esse.
    O ABC entrando em campo como favorito contra o…Vasco da Gama-RJ !!
    Em pleno maracanã e diante de mais de cinquenta mil espectadores o time comandado pelo boçal e prepotente mas competente Fco Diá, tem amanhã uma chance dessas que se diz "uma em um milhão" em virtude das circunstâncias, de fazer história eliminando Vasco da Gama da copa do Brasil.
    Além de botar uma grana boa nos cofres (só não se sabe se a justiça do trabalho vai permitir…) o alvinegro ganha uma injeção de auto estima que poderá alavancar a equipe nas competições que disputa.
    E o Vasco…vivendo uma crise sem precedentes na sua história, o time cruzmaltino vive o dilema entre, entregar o jogo e apressar a demissão do técnico Abel Braga, ou se superar, passar de fase na competição e dar uma amenizada nas finanças do clube.
    A sorte está lançada. O ABC, entra não como franco atirador, mas como franco favorito.
    Torcida não ganha jogo, apenas exerce uma pressão que, dependendo do transcorrer da partida pode virar de lado.
    E o alvinegro só não passa pelo gigante da colina se conseguir ser pior que ele…

    • Vergonha disse:

      Vou cantar o resultado …um bando de pernas de pau ( ABC) irão correr feito uns doidos , e nos acréscimos do segundo tempo ( como sempre faz) tomar 1 GOL ….para não achar que estou inventando , veja os últimos 100 jogos do ABC que perdeu , foi nos acréscimos , time sem GARRA

Vasco encara confronto com o ABC nesta quinta como “jogo do ano”, para respirar financeiramente e espantar má fase

Centroavante argentino Germán Cano é a principal esperança de gols do cruzmaltino. Foto: Rodrigo Gavini

São Januário ferve como um caldeirão. E não da maneira que o torcedor se orgulha em cantar a pleno pulmões. O aproveitamento de 43% nos dez jogos disputados em 2020 está longe de agradar e convencer que acompanha de perto o Cruzmaltino. O empate com o Resende, por 1 a 1, na estreia da Taça Rio, renovou o ‘fôlego’ da crise que direciona a maioria das críticas ao presidente do clube, Alexandre Campello, e ao técnico Abel Braga.

Amigo pessoal do dirigente, Abelão topou o desafio de comandar o Vasco, consciente do caos político e financeiro do clube. O atraso no salário de dezembro, janeiro e segunda parcela do 13º motivou a greve de silêncio dos jogadores. Até que a situação seja regularizada, o grupo comunicou à diretoria que não concederá entrevistas.

A limitação financeira travou a contratação de reforços. Com ajuda do programa de sócio-torcedor, o clube trouxe os argentinos Germán Cano e Martín Benítez, além de Fellipe Bastos e Fredy Guarín, estes que fizeram parte do elenco no ano passado. Muito pouco para elevar o nível de competitividade e suprir as carências do jovem Vasco.

Às vésperas do confronto com o ABC, quinta-feira, no Maracanã, o Cruzmaltino terá a pressão como mais um adversário para se manter vivo na Copa do Brasil e garantir o prêmio de R$ 1,5 milhão pela classificação. A suada confirmação da vaga contra o Altos-PI, na segunda fase da competição, e contra o modesto Oriente Petrolero-BOL, pela Sul-Americana, deixou o sinal de alerta ligado.

“Vamos ter que fazer o jogo do ano, temos que passar de fase na quinta-feira. Vamos entrar com todo respeito ao ABC, mas para fazer um jogo digno da presença do torcedor, que com certeza vai encher o Maracanã”, disse Abel, após o empate com o Resende, em Volta Redonda.

O Dia

 

Adversário do ABC nesta quinta, pela Copa do Brasil, Vasco tem o 3º pior aproveitamento em 2020 entre os times da Série A do Brasileiro

Foto: Reprodução

O Twitter do Campeonato Brasileiro informa como está o seu time da elite do futebol nacional. Conforme destaque, o Vasco, adversário do ABC nesta quinta-feira(05), pela Copa do Brasil, possui neste momento apenas 43,3% de aproveitamento, o terceiro pior neste primeiro trimestre. Apenas Sport-PE e Corinthians ficam abaixo.

CLIMA TENSO NO RIO: Caso o Vasco seja eliminado para o ABC na Copa do Brasil, Abel Braga poderá deixar o clube

O Péssimo desempenho da equipe em dois meses do ano de 2020, faz o jogo de quinta ser decisivo para o Vasco e para o técnico Abel. Resultado ruim pode acarretar demissão da comissão e mudança de planos. Direção do clube se mantém em silêncio e não confirma intenção de maiores modificações. Lateral-direito pode reaparecer no grupo e afastados devem ser chamados para o acordo. Vasco pega segundo maior artilheiro da temporada no jogo da Copa do Brasil e clube espera liberação de verba ainda esta semana para pagar jogadores e funcionários.

NetVasco, via Youtube Atenção Vascaínos

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Véi de Rui disse:

    Pra quem meteu 8×0 no palmeira de Goianinha, bater no Vasco é café pequeno!

  2. heim? cuma? disse:

    Podem esperar maracutaias de todos os tipos, o vasco não vai deixar a vaga escorrer entre seus dedos passivamente… já ROUBARAM o ABC mais de uma vez em são januário… veremos no maraca!!!

  3. nasto disse:

    o ABC vai passar mole, mole pelo Vasco. Diá sabe como fazer .

Diá fala em favoritismo do Vasco contra o ABC nesta quinta, pela Copa do Brasil, mas acredita na classificação

Foto: Luciano Marcos/ABC F.C.

O ABC não tomou conhecimento do Palmeira e venceu o adversário nesse domingo (1), no Frasqueirão, pelo placar de 8 a 0. O jogo foi válido pela 3ª rodada do segundo turno do Estadual e o resultado manteve o Clube do Povo com 100% de aproveitamento e na liderança do returno da competição.

Francisco Diá falou sobre a partida e destacou a superioridade do Alvinegro. “Imprimimos um ritmo forte do começo ao fim, se dar espaço, sem dar chances ao adversário, e acredito que o placar, se tivéssemos forçado mais um pouquinho, teria sido até maior. Precisamos desse saldo de gols para caminhar em busca da classificação e, se possível, conquistar o primeiro lugar”, comentou o técnico.

Agora, o treinador já esquece o Estadual e quer foco total na decisão contra o Vasco/RJ pela Copa do Brasil. Diá sabe das dificuldades que a equipe encontrará, mas garante um ABC competitivo.

“A nossa equipe está consciente da sua capacidade e do que pode fazer. Sabemos que o Vasco é um gigante do futebol brasileiro, principalmente jogando no Maracanã, com casa cheia. É um adversário muito difícil, qualificado e é favorito. Nos resta descansar os jogadores, corrigir algumas coisas que vimos no jogo de hoje, e preparar bem o time para esse confronto importante, ver o que teremos de melhor para ir com uma equipe competitiva e tentar essa classificação”, destacou.

O confronto contra o Vasco/RJ está marcado para a próxima quinta-feira (5), às 21h30, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Com ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tatuador disse:

    Conversa.
    O ABC é favorito sim, o Vasco está vivendo uma crise sem precedentes na história além de ter um time medíocre onde o melhor jogador é Marcos Júnior, que jogou no América e depois no próprio ABC.
    Diá está fazendo o papel dele passando a responsa pro time carioca mas sabe que o alvinegro potiguar vive um melhor momento.
    O ABC só não se classifica diante do Vasco se conseguir ser pior que ele, mesmo o jogo sendo no maracanã.

  2. Luciano disse:

    Diá, excelente treinador, é raposa velha. Tirou carta de seguro ao jogar o favoritismo do jogo para o Vasco. Aqui pra nós e todo mundo, dizer que o time do Vasco é qualificado e um gigante do futebol brasileiro é uma piada. O time no Campeonato Carioca, um dos mais fracos tecnicamente, não consegue ganhar do Cabofriense, do Bangu, do Resende. Só para falar dos pequenos. Em tempo, sou vascaíno (decepcionado).

  3. Mito disse:

    Excelente treinador. Fico imaginando se ele tivesse um plantel melhor, com certeza conseguiria o impossível, pois conhece profundamente o futebol.

COPA DO BRASIL: Vasco informa 20 mil ingressos já emitidos para duelo contra o ABC no Maracanã, na próxima quinta, e convoca torcida para lotar estádio

Foto: Reprodução/Vasco

Com convocação de “Vamos lotar o Maracanã” para o duelo da segunda fase da Copa do Brasil, na quinta-feira(05), contra o ABC, o Vasco tem recebido a resposta de sua torcida. Nesta sexta-feira(28), o clube anunciou em suas redes sociais que 20 mil ingressos já foram emitidos para o confronto em jogo único. A expectativa é que o templo do futebol brasileiro receba um público acima de 60 mil pessoas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. H4CK3R disse:

    Super clássico de pequenos!!!

  2. Pedro disse:

    Falta de Absurdo tu és mequinha mesmo? Se for…kkkkkk o teu clube só esse ano já levou madeira três vezes do TRI REBAIXADO. Depois querer, gozar nas coxas é feio.

  3. DJ Manynho disse:

    Se o juiz não roubar o mais querido do RN volta classificado

  4. EDUABC disse:

    Vamos ganhar do Vasco lá no maraca, isso se não houver o apito amigo. ABCCCCCCCC

  5. Falta de absurdo disse:

    Vai apanhar dentro do RJ… TRI REBAIXADO

Torcida do Vasco promete lotar o Maracanã contra o ABC em duelo na Copa do Brasil mirando fortalecimento do sócio-torcedor

Torcida do Vasco promete lotar o Maracanã contra o ABC, quarta-feira Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo

A realização da partida entre Vasco e ABC no Maracanã, dia 5, pela Copa do Brasil, será como um afago do clube carioca em sua torcida. Em especial, no seu sócio-torcedor. A nuvem de notícias não muito boas que paira sobre São Januário desde dezembro teve seu efeito no programa Gigante. Do dia 27 do mês doze até o último domingo, 3.818 torcedores deixaram o quadro de sócios.

Tratam-se de vascaínos que não entraram no movimento de associação em massa, implementado pelo desconto de 50% nas mensalidades na promoção de Black Friday e que contou com pagamento adiantado de seis meses. Vieram antes e, de alguma forma, foram afetados pela virada de ano conturbada do clube.

Há outros fatores que podem explicar a ligeira queda no número de sócios, longe de ameaçar o Vasco na posição de clube com maior quadro social do futebol brasileiro. O começo do ano, com jogos do Campeonato Estadual, teoricamente de menor apelo, pode desestimular o torcedor a seguir pagando mensalidades de olho nos descontos na compra de ingressos.

Além disso, ficou mais difícil para o sócio-torcedor garantir seu lugar em São Januário em jogo de muito apelo, uma vez que a capacidade do estádio (22 mil torcedores) é pequena para o tamanho da demanda por ingressos. Para se ter uma ideia, na estreia na temporada, contra o Bangu, sócios-torcedores ficaram com 73,6% de um total de 18.361 ingressos vendidos.

É aí que entra o Maracanã. Ao transferir o jogo para o estádio, o Vasco prestigia o sócio-torcedor, que terá mais facilidade para conseguir um lugar no estádio. Na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, contra a Chapecoense, no Maracanã, o time colocou nada menos que 67.395 presentes (61.021 pagantes). Desses, 33.861 eram sócios-torcedores. Se todos eles tentassem ingressos para um jogo em São Januário, boa parte não conseguiria.

Confira a evolução no número de sócios do Vasco:

27/11 (com a promoção em andamento) – 45.001 sócios

27/12 (com a promoção encerrada) – 185.099 sócios

19/1 – 183.711 sócios

24/2 – 181.281 sócios

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Diego disse:

    Seria ótimo ver o ABC atropelar o Vasco em pleno Maracanã. Querer fazer fotos contra time de menor expressividade é fácil!

  2. Alexis viana disse:

    Nem acabou o carnaval ainda e haja mais pão e circo.Ou povo preguiçoso

Camisas de Corinthians e Vasco entram em lista de uniformes mais bonitos da década

Fotos: Divulgação

Com a virada de 2019 para 2020, listas dos melhores da década em diversas áreas foram elaboradas. No futebol, os gols mais bonitos e principais jogadores do período 2010/2019 foram temas de debate. E quais foram as camisas mais bonitas dos anos 10 do século XXI? O site especializado “Classic Football Shirts” encarou o desafio de montar o top 20 dos uniformes dos últimos dez anos. E dois clubes brasileiros conquistaram um lugar na lista dos melhores.

O Corinthians ficou na oitava colocação, com o terceiro uniforme lançado em outubro de 2018 em homenagem a Ayrton Senna. A camisa preta com detalhes em dourado era uma referência às cores do carro da Lotus, pela qual o piloto brasileiro conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1, em 1985. O uniforme apresentava o autógrafo de Senna no lugar destinado ao patrocinador principal e 41 listras douradas, em referência a cada uma das vitórias do piloto na F-1.

O Vasco também foi agraciado com a presença na lista, na 14ª colocação, com o modelo preto de 2015. O uniforme, lançado para marcar o centenário do futebol vascaíno, tem gola pólo negra e a barra das mangas em branco. E detalhes em azul e branco na gola interna, em uma homenagem aos 450 anos de fundação da cidade do Rio de Janeiro.

Camisa da Nigéria foi eleita a mais bonita da década por site especializado — Foto: Reprodução

Quem lidera a relação é a camisa titular da Nigéria preparada para a Copa do Mundo de 2018. Com um design ousado, o uniforme é composto por vários símbolos em V em verde e branco. E os mesmos detalhes nas mangas, mas em preto e branco.

A relação das 20 camisas mais belas da década (segundo o classicfootballshirts.com)

1 – Nigéria 2018/19
2 – França 2011/12 (branca)
3 – Internazionale 2010/11 (branca)
4 – Itália 2019/20 (terceiro uniforme)
5 – Real Madrid 2014/15 (terceiro uniforme)
6 – Juventus 2017/18
7 – Roma 2019/20 (terceiro uniforme)
8 – Corinthians 2018/19 (terceiro uniforme)
9 – Internazionale 2014/15
10 – Lyon 2010/11
11 – Lazio 2014/15
12 – Celtic 2012/13
13 – AIK Estocolmo 2017/18
14 – Vasco 2015/16
15 – Arsenal 2019/20
16 – Athletic Bilbao 2011/12
17 – Holanda – 2014/15
18 – Japão 2016/17
19 – Rayo Vallecano 2015/16
20 – PSG 2018/19

Memória E.C Globo Esporte

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Economista disse:

    Nenhuma delas chega perto da camisa do ABC, o mais querido!!

  2. Porfirio disse:

    A camisa mais bonita do futebol mundial, é a do Cruzeiro de Belo Horizonte disparada, o resto e colcha de retalhos.

Apresentador do Sportv critica diferença de tratamento de jornais no Rio sobre vice de Vasco e Flamengo no Mundial: ‘ é ultrajante’

Rizek afirmou que é ‘ultrajante’ a diferença de tratamento entre as equipes (Foto: Reprodução) -Foto: Lance!

O apresentador do SporTV, André Rizek, tuitou na manhã desta segunda-feira sobre a matéria do ‘Redação SporTV’ que comparou as capas do jornal ‘Extra’, do Rio, com as manchetes do dia seguinte das derrotas de Vasco, em 1998, e de Flamengo, neste ano.

Em ambas ocasiões, as equipes cariocas jogaram de igual para igual com os times europeus, porém, em 98, a manchete tirava sarro da derrota vascaína e afirmava que os rubro-negros estavam comemorando. Em 2019, o jornal exaltou a partida do Fla diante do Liverpool.

Rizek afirmou que é ‘ultrajante’ a diferença de tratamento dado aos dois clubes em situações parecidas.

– Redação Sportv está mostrando como os jornais do Rio retrataram o vice do Vasco em 1998 (depois de grande atuação na derrota para o Real) e como retratam o vice do Fla, agora. É ultrajante a diferença no tratamento dispensado aos dois clubes, em situações muito parecidas – disse.

O jornalista recebeu uma chuva de apoio e criticas no Twitter e sobrou até para Márvio do Santos, editor-chefe do ‘Extra’, que foi gravado correndo com a camisa do Flamengo pela redação em comemoração ao segundo gol de Gabigol, que deu o título da Libertadores ao Flamengo.

Um internauta marcou Márvio na publicação questionando-o sobre o que ele achava da opinião de Rizek. O jornalista respondeu dizendo que a manchete do Vasco não se repetiria neste ano.

Terra, com Lance

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Augusto Carvalho disse:

    Vamos ser sinceros, o Flamengo adotou uma estratégia corajosa que não deu certo, não criou nenhuma situação real de gol enquanto o Liverpool abusou de errar gols, poderia ter feito 3 a 0 no tempo normal!!! O resto é glamorizar a derrota!

  2. Érico disse:

    Concordo com o Rizek, e o Márvio vem com uma desculpa quê hoje à materia com à derrota do Vasco, seria outra, sustente à palavra cabra frouxo, Márvio você e um flamenguista de merda!

  3. Danniel Montenegro disse:

    Verdade. A massa, podre, rubro-negra só olham para o umbigo deles e muitos jornalistas são tendenciosos ao se falar de Flamengo. O Vasco jogou melhor que o Flamengo na final que fez conte a o Real Madrid em 1998 e foi vice tanto quanto a equipe da Gávea. Já a imprensa valoriza o vice do Flamengo e não valorizou o do Vasco.

  4. Antonio Turci disse:

    Verdade. Certos apresentadores, locutores deveriam dosar o entusiasmo. Têm que entender que os respectivos papéis materializam-se quando das transmissões de jogose/ou programas especializados cultos espectadores, ouvintes, são de times distintos.