Educação

Colégio Porto é primeiro lugar em Direito na UFRN e tem alunos aprovados em várias universidades do país

É do Colégio Porto o primeiro lugar do curso de Direito da UFRN. O estudante Vinícius da Câmara foi aprovado para um dos cursos mais concorridos da Universidade Federal. O resultado do ENEM/SISU 2020 foi divulgado na manhã desta sexta-feira (16). A escola também teve estudantes aprovados em universidades de outros estados do país, inclusive no curso de Medicina.

Além do primeiro lugar em Direito na Federal do RN, o Colégio Porto também conquistou outras vagas no mesmo curso e teve alunos aprovados em Administração, Ciências Contábeis, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Farmácia, Geologia, Odontologia e Ciência e Tecnologia. Ainda no Rio Grande do Norte, a escola garantiu vaga em Ciência e Tecnologia, na Ufersa e nos cursos de Medicina e Odontologia, na UNP.

Mas os bons resultados do Colégio Porto não ficaram apenas aqui no estado. Os alunos também passaram, além do ingresso pelo ENEM, em instituições de renome fora do estado, como a FGV, Insper, Mackenzie e UNIPÊ/PB, no curso de Medicina, Universidade Federal da Paraíba e Universidade Federal de Campina Grande.

“Podemos dizer que começamos muito bem, aprovando logo no início da nossa jornada o primeiro lugar no curso de Direito da UFRN, um dos mais concorridos. Nós alegra também ver nossos alunos realizando o sonho de entrar em universidades daqui e de fora do estado também. Isso mostra que a metodologia de ensino diferenciada do Colégio Porto fez toda diferença na hora do ENEM. É uma grande conquista para nossa escola que nasceu há apenas um ano”, disse o professor André Cury, um dos diretores do Colégio Porto.

Para celebrar os resultados de forma segura, o Colégio Porto vai realizar uma sessão de fotos individual, com horário agendado para cada aluno aprovado. Nesse momento eles receberão um Kit Comemorativo, com a camiseta da aprovação, boné, band-aid e petiscos, para comemorar em família.

 

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

BBB será tema de aula integrada para alunos do ensino médio do Colégio Porto

Foto: Divulgação

“O Brasil tá vendo…”. “É fogo no parquinho!”. “Hoje eu vou votar por afinidade”. “Pode me botar no paredão!”. Todas essas expressões são repetidas à exaustão em um dos realities shows de maior sucesso da TV brasileira, o Big Brother Brasil. Mais do que um programa de entretenimento, o BBB é visto por muitos como um microcosmo da sociedade, com a reprodução de discursos, comportamentos e narrativas de temas sociais importantes. Então, por que não aproveitar tudo isso em uma aula para alunos de ensino médio? Essa foi a ideia que o Colégio Porto teve e vai colocar em prática nesta terça-feira (30), com uma aula integrada transmitida pelo seu canal no Youtube, a partir das 19h30.

A aula vai envolver disciplinas como Artes, Filosofia, Sociologia, Língua Portuguesa e Literatura, com a participação dos professores Disney, Yama Elice, Kennia Ísis, Frederico Lima e Marco Aurélio. Entre os temas que serão abordados, estão: O livro 1984, de George Orrwell e a relação com o BBB; questões relacionadas ao confinamento, cultura do cancelamento e a discussão sobre “vigiar e punir”, a partir de Foucault. As aulas integradas fazem parte da proposta pedagógica do Colégio Porto de estimular a interdisciplinaridade, facilitando o conhecimento dos alunos.

Segundo a diretora pedagógica da escola, Ana Cristina Dias, o BBB foi escolhido como tema porque há uma grande discussão sobre o programa nas mídias. Desse modo, será possível, cientificamente, levar os alunos a entender as problemáticas ali presentes, que são reflexo, muitas vezes, da nossa sociedade.

“O objetivo é que o estudante analise uma situação específica a partir de componentes curriculares e/ou áreas do conhecimento diferentes, mas que se tornam fundamentais, quando as integramos. Neste caso, teremos as linguagens e as ciências humanas discutindo um tema’, explicou, Ana Cristina.

A aula reserva algumas surpresas para os alunos e será aberta ao público em geral. “Entendemos que é uma maneira, também, de contribuirmos para uma discussão importante, com o viés científico, para toda a sociedade”, justificou.

Opinião dos leitores

  1. Imagino o que os conentaristas raivosos desse blog iriam comentar se isso fosse matéria de uma escola da rede estadual do RN ou da Universidade Federal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Colégio Porto inicia preparação para o Enem 2021 com simulados em formato remoto

Foto: Divulgação

Pouco mais de um mês após o início do ano letivo 2021, os alunos do Colégio Porto já estão nos preparativos para a edição deste ano no Exame Nacional do Ensino Médio. Neste fim de semana começaram os simulados de preparação para o Enem, com provas em formato remoto

Os primeiros simulados foram aplicados no sábado, cumprindo os mesmos horários e rituais das provas do concurso para os alunos da 1ª, 2ª e 3ª série do ensino médio. A escola havia programado a realização de provas presenciais para os estudantes que optassem por esse formato, mas todos fizeram as provas on-line, em função do novo decreto do governo do estado e da prefeitura de Natal que suspendeu as atividades presenciais em instituições de ensino durante 14 dias.

As provas foram aplicadas na Plataforma Meu Bernolli, do Sistema Bernolli de Ensino, com câmeras abertas e fiscalização no momento da avaliação. Os alunos fizeram provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação. No próximo sábado (27), serão aplicadas as avaliações de Ciências da Natureza e Matemática.

Durante todo o ano, os estudantes da 3ª série vão participar de, pelo menos, 11 simulados. Os demais alunos do ensino médio vão fazer as provas cinco vezes. “A gente entende que quanto antes os alunos conheçam esse processo do Enem, melhor será para eles quando chegarem os dias das provas. Eles já estarão acostumados com o estilo de avaliação que vão encontrar. É também uma maneira deles validarem os conhecimentos aprendidos em sala de aula”, explicou a diretora pedagógica do Colégio Porto, Ana Cristina Dias.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Nova sede do Colégio Porto prioriza espaços de integração para fortalecer metodologia diferenciada

Expectativa é de que alunos já estudem no prédio arrojado e inovador no segundo semestre. Fotos: Divulgação

O Colégio Porto terá nova sede no segundo semestre de 2021. A nova estrutura, localizada na Avenida Nascimento de Castro, no bairro Lagoa Nova, foi projetada pelo arquiteto Felipe Bezerra com um design moderno, inovador e arrojado. A ideia é oferecer o que há de melhor em suporte ao aluno, dentro e fora da sala de aula, com um ambiente que reúne ensino de qualidade, laboratórios de última geração, bibliotecas, centros para prática de esportes e áreas de convivência.

“A sede fala a língua do Colégio Porto e veio para revolucionar. A estrutura foi pensada para ser algo moderno, tanto na parte externa quanto na interna. As salas vão ser isoladas acusticamente para evitar interferências e também terão os melhores equipamentos, assim como os laboratórios de química, física e biologia, que receberão um grande investimento na área de tecnologia. Outro diferencial é a criação de cabines individualizadas e espaços coletivos de estudos”, adianta Marcelo Freitas, diretor acadêmico do Porto.

No novo prédio, a metodologia de ensino humanizado, marca registrada do Colégio Porto, seguirá sendo aplicada na formação dos estudantes para os desafios da educação e da vida em sociedade, mas desta vez em um espaço totalmente integrado. É pensando nessa construção acadêmica responsável que o Porto aproxima o aluno da instituição com espaços de socialização, alimentação e bem-estar. Além disso, os estudantes serão incentivados a praticarem esportes no Centro Olímpico, que será inaugurado dentro da nova sede.

“Hoje em dia os alunos passam cada vez mais tempo dentro das escolas, então a gente acredita que proporcionar essas condições é algo muito importante. Inclusive, a ideia é colocarmos armários privados para evitar que os alunos fiquem carregando muito material. Nosso design interno puxa muito para as universidades americanas na questão da integração. Os alunos poderão ter um momento de socialização para conversar e tomar um café. Iremos incentivar também a prática de esportes como judô, ginástica artística, tênis de mesa, no novíssimo Centro Olímpico. Estamos bem animados com a nova sede”, ressaltou Marcelo Freitas.

O Colégio Porto retomou às atividades presenciais no dia 1º de fevereiro, em modelo híbrido, com parte dos alunos em sala e outra parte on-line, assistindo a mesma aula ao vivo, de forma síncrona e com o cumprimento rigoroso dos protocolos de biossegurança exigidos pelas autoridades sanitárias. A expectativa é de que a migração para a nova sede aconteça de forma gradativa a partir de julho.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Professor André Cury, do Colégio Porto, dá dicas para os estudantes que vão encarar o segundo dia de provas do Enem

Foto: Reprodução

No próximo domingo (24), os estudantes voltam às salas de aula para o segundo dia de provas do Enem, dessa vez, com conteúdos de matemática e ciências da natureza. São 90 questões que devem ser solucionadas durante o período de cinco horas. O professor de matemática e diretor do Colégio Porto, André Cury, orienta os candidatos a manterem a calma e dá dicas para a resolução dos conteúdos.

Do total de questões, 45 são de matemática. Com uma vasta experiência junto a estudantes que fazem o Enem, o professor André Cury explica como os candidatos devem se comportar diante das questões.

“No dia da prova, é importante que o estudante resolva as questões mais fáceis primeiro porque isso vai levar um intervalo de tempo menor. Fazendo assim, ele vai conseguir resolver um bom volume no começo da prova e isso traz segurança, confiança e tranquilidade”, aconselhou.

Outra dica que ajuda bastante para um bom desempenho é identificar quais questões tem textos menores. “Se o aluno pega uma questão com texto muito grande logo de cara, ele vai perder muito tempo e quando terminar a leitura pode perceber que não sabia resolver com facilidade e isso pode prejudicar a resolução das outras questões”, explicou.

Para o professor, o momento não é de sobrecarga nos estudos. É uma semana para revisar as falhas, as dificuldades e os assuntos que são mais cobrados na prova. É importante ficar atento a conteúdos como estatística básica, operações em conjuntos, grandezas proporcionais, cálculos de porcentagem e lógica, geometria plana, análise combinatória e probabilidade.

Preparação

O professor André Cury também dá dicas de comportamento durante os dias que antecedem as provas. Segundo ele, é necessário fazer uma mudança de rotina para se adequar ao horário do Enem. Com os portões abrindo às 11h30 e as provas começando às 13h, o estudante deve mudar a rotina e almoçar mais cedo para não ficar com fome durante a prova. É importante também fazer atividades físicas leves, dormir bem e relaxar para estar bem fisicamente e mentalmente no próximo domingo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

NO ALVO: alunos do Colégio Porto trabalharam tema da redação do Enem nas aulas de redação, filosofia, sociologia e LIV

Foto: Divulgação

“O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira” foi o tema da redação do Enem desse ano, revelado ontem, durante as provas da área de linguagens e ciências humanas. A temática, bastante atual, foi tratada nas aulas da 3ª série do ensino médio do Colégio Porto de mais de uma disciplina, o que contribuiu para que os estudantes da escola pudessem se sentir seguros na hora de apresentar argumentos sobre o assunto.

Pelo menos em três oportunidades os alunos do Colégio Porto escreveram com temas muito similares ao que foi cobrado na redação do Enem: “A importância de combater o preconceito a transtornos psicológicos”, “Desafios para combater o preconceito em torno das doenças mentais” e “Os efeitos de uma pandemia para a saúde mental da sociedade brasileira”.

“O aluno que soube argumentar nessa perspectiva do desafio, da importância, dos problemas psicológicos, da inteligência emocional, com certeza associaria isso ao estigma que foi trazido no tema”, acredita a professora de redação, Samelly Xavier. “Eu acredito que o nosso aluno teve muita consciência na hora de fazer a prova porque foi algo que a gente repetiu ao longo do ano inteiro e que tinha muito repertório sócio cultural, muitas possibilidades de abordar esse tema, com filmes, com livros, com séries”, explicou.

Embasamento nos grandes pensadores

As aulas de sociologia, filosofia e LIV (Laboratório de Inteligência da Vida) do Colégio Porto também trataram sobre o assunto, dando mais respaldo e segurança para os estudantes. “Nas aulas de filosofia e sociologia, contemplamos temas ligados aos pensadores contemporâneos, como Friedrich Nietzsche e sua vontade de potência, Jean-Paul Sartre e a angústia humana, Michael Foucault e a história da loucura e as relações de poder, Pierre Bourdieu e a violência simbólica, Zigmunt Bauman e a efemeridade das relações, Byung-Chul Han e a sociedade do cansaço e do desempenho, entre outros”, descreveu a professora Kênnia Ísis.

“Discutimos sobre as mudanças impostas pela sociedade que fomentam pressões sobre determinados grupos de indivíduos e colocam outros às margens da sociedade, gerando assim estigmas”, disse a professora.

“O tema da valorização da vida também foi abordado nas aulas de LIV, a partir das habilidades socioemocionais, com o debate da necessidade explícita de compreender a nossa existência através do outro e como essa atitude ainda é complexa na nossa sociedade, o que promove a discriminação de determinados indivíduos e/ou grupos sociais”, acrescentou.

“Seja por meio das aulas diretamente de Redação, que deram aos alunos a oportunidade de treinar a escrita sobre o tema, seja nas aulas de filosofia e Liv, que prepararam os alunos com conteúdo para a discussão, o Colégio Porto acertou no alvo do tema da Redação do Enem deste ano”, ressalta a diretora pedagógica, Ana Cristina.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Reta final: alunos do Colégio Porto se preparam para as provas do Enem, que acontecem a partir do próximo domingo (17)

Fotos: Divulgação

Tranquilidade é a palavra-chave nessa semana que antecede o primeiro domingo de provas do Exame Nacional do Ensino Médio, no formato tradicional. No próximo dia 17 de janeiro, os estudantes vão fazer as provas das áreas de Ciências Humanas, Linguagens e Redação. Os alunos do Colégio Porto estão nos últimos dias de revisão. Além de rever o conteúdo, de forma presencial e on-line, os estudantes vão vivenciar momentos de relaxamento.

Júlia Martins é uma das alunas que vai fazer o Enem e tentar uma vaga no curso mais concorrido do estado, Medicina. Ela admite que nesses últimos dias a insegurança e a ansiedade tentam ocupar espaço, mas que confia na organização e no apoio da escola para vence-las. “Eu tenho procurado trabalhar a respiração, meditação, fazer exercícios físicos pra poder estar bem com a mente e com o corpo. Estou seguindo a rotina de estudos junto com esses momentos e eu acredito que vai dar tudo certo, porque tivemos uma apoio muito grande da escola durante todo esse ano”, detalhou.

“A gente sente que existe ansiedade, todo mundo quer que o Enem chegue logo, mas a gente consegue perceber que tem também uma certa tranquilidade, justamente por causa do dever cumprido. O planejamento feito durante todo o ano e a organização do calendário letivo e dos estudos, nesse ano que foi totalmente atípico, surtiram os efeitos que desejávamos”, disse a professora de filosofia, sociologia e habilidades sócio-emocionais, Kênnia Ísis.

Durante essa semana, as aulas de revisão vão até a sexta-feira, sempre com um momento de relaxamento. No sábado, os alunos ficam livres para descansar e preparar o emocional para as provas. O processo se repete na próxima semana, antes das avaliações de Matemática e Ciências da Natureza, que acontecem no domingo, dia 24.

“Nessa semana, eu acredito que o descanso é importante. Até agora, a gente assistiu as aulas de revisão, participou. Eu acho que o mais importante agora é chegar em casa e descansar, passar o tempo com a família, tomar um banho de mar. Estresse é a última coisa que a gente precisa nesse momento”, disse Adriane Gurgel, que também vai tentar uma vaga no curso de Medicina.

Dicas Importantes

Os portões dos locais de prova abrem ao meio dia, de acordo com o horário de Brasília, e fecham às 13h. As provas começam meia hora depois e, no primeiro dia, se estendem até às 19h. No segundo domingo de provas impressas, o término é às 18h30.

A professora Kênnia orienta os alunos a seguirem todas as recomendações do INEP, instituto que organiza o Enem. Segundo ele, o ideal é verificar as informações nas redes sociais e no site do instituto.

“Tem que verificar que documentos o estudante deve levar, a caneta, seguir todos os protocolos de segurança, levar a máscara, o álcool em gel, o lanche. Na hora da prova, considerar o tempo para cada questão, verificar a prova inteira, organizar o horário e fazer tudo com muito tranquilidade”, afirma.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Colégio Porto começa revisão para o Enem com simulados aos fins de semana e kit de relaxamento

Fotos: Cedidas

Faltam 45 dias para o Enem 2020, que acontece em 17 e 24 de janeiro de 2021, no modelo tradicional, e em 31 de janeiro e 7 de fevereiro, de forma digital. Em um ano totalmente diferente, que mudou até mesmo a data do exame, os alunos do Colégio Porto já entraram no período de revisão. Além de rever os conteúdos e fazer exercícios, os estudantes também estão testando o conhecimento em simulados durante o fim de semana.

O período de revisão na escola começou no último dia 30 e vai até a data da prova de cada área específica. As revisões seguem o mesmo modelo adotado depois do retorno às atividades presenciais, com o revezamento de grupos de alunos em sala de aula e de forma remota. “Esse período se tornou ainda mais importante esse ano por causa de todas as dificuldades enfrentadas. É a hora do aluno fazer exercícios e fortalecer o conhecimento de algum conteúdo que ele tinha ficado com mais dúvida, para se sentir seguro na hora da prova”, explicou a diretora pedagógica da escola, Ana Cristina Dias.

Além disso, os estudantes do Colégio Porto vão realizar simulados durante três fins de semana do mês de dezembro, de forma presencial. O objetivo é que os estudantes possam conhecer todo o ritual dos dias de prova, como o horário de fechamento dos portões, o tempo para resolver as questões e escrever a redação. Durante o ano, a escola realizou vários simulados, mas de maneira remota, por causa das restrições impostas pela pandemia.

O colégio também disponibilizou uma psicóloga que está trabalhando com os alunos o controle do estresse e da ansiedade. Para estimular isso, os estudantes estão recebendo o kit “Relaxa e Vai!”, com um travesseiro, uma bolinha massageadora e um chá de camomila. “É uma forma carinhosa de dizermos que estamos juntos nessa batalha, mas que eles também precisam descansar. É um momento intenso, com revisão de muitos conteúdos, muita resolução de questões, mas é a hora também de trabalhar a mente e manter a calma”, aconselhou Ana Cristina.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Colégio Porto apresenta nova estrutura de ensino médio para 2021 com base na área de interesse do estudante

Foto: Divulgação

O Colégio Porto apresentou nessa terça-feira (24) o novo modelo de ensino médio que será adotado para o ano letivo de 2021, onde os alunos serão introduzidos a itinerários formativos. O formato vai direcionar o estudante para a área de interesse desejada, seja ciências humanas, exatas ou da natureza.

De acordo com a diretora pedagógica Ana Cristina Dias, o modelo será implementado de forma gradativa, cumprindo toda a carga horária estabelecida pela nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) com conteúdos de português, matemática, física, química, biologia, entre outros. Já nas aulas dos itinerários formativos, os professores irão fortalecer os conhecimentos específicos da área escolhida pelo aluno.

“Neste ano, por exemplo, nossos alunos já cumpriram uma carga específica de BNCC e agora, na segunda série, vão trabalhar o restante de conteúdo de base, além de trabalhar também os itinerários formativos. Por exemplo: antes do intervalo eles serão 2ª série A, B e C e, após o intervalo, os alunos vão migrar para as áreas que eles escolheram. Esse novo ensino médio vem trazer para o jovem uma definição de projeto de vida, no que diz respeito ao estudo, ao trabalho e suas escolhas”, destaca Ana Cristina Dias.

Segundo Márden de Pádua Ribeiro, assessor pedagógico do Bernoulli Sistema de Ensino, a mudança não significa que o ensino médio será totalmente reformulado, trata-se de um movimento natural de adequação à Lei 13.415 de 2017. “O novo ensino médio é dividido em dois. Uma parte a gente chama de ‘parte comum’, obrigatória, que é a BNCC – e que pode ser entendida como todo o ensino médio que temos hoje. Agora, aos poucos, a gente vai ter uma divisão, a parte comum se mantém, mas teremos também os itinerários formativos, que é a segunda parte do novo ensino médio”.

As novas bases metodológicas foram discutidas em uma live no canal do Colégio Porto no YouTube Ana Cristina e Márden debateram o tema e responderam dúvidas dos alunos. A nova estrutura de ensino médio do Porto vai oferecer três itinerários formativos: matemática, ciências da natureza e ciências humanas e sociais aplicadas, possibilitando maior flexibilidade de organização curricular conforme identificação do estudante.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Colégio Porto promove live sobre novo ensino médio baseado em área de interesse nesta terça

Foto: Divulgação

O Colégio Porto promove, na noite desta terça-feira (24), uma live para apresentar as novas bases metodológicas para o ano letivo de 2021. A ideia é discutir o novo ensino médio com aplicação de itinerários formativos, que direcionam os estudantes conforme área de interesse (humanas, exatas, biológicas).

“A turma da 1ª série do ensino médio já segue as orientações da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Sendo assim, neste ano, nossos alunos já cumpriram uma carga específica de BNCC e agora, na segunda série, vão trabalhar o restante de conteúdo de base, além de trabalhar também os itinerários formativos. Por exemplo: antes do intervalo eles serão 2ª série A, B e C e, após o intervalo, os alunos vão migrar para as áreas que eles escolheram, seja ciências humanas, exatas ou biológicas”, detalha a diretora pedagógica do Colégio Porto, Ana Cristina.

O encontro virtual terá a presença de Márden de Pádua Ribeiro, assessor pedagógico do Bernoulli Sistema de Ensino, e da diretora pedagógica, Ana Cristina. O bate-papo começa às 19h30 no canal do Colégio Porto no YouTube.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Com muita inovação e criação de turmas de ensino fundamental, Colégio Porto está com matrículas abertas para 2021

Fotos: Divulgação

“É como se minha vida deixasse de ser uma sequência de aulas isoladas e virasse um caminho direto pro meu objetivo”. A frase é do estudante Pedro Sampaio, aluno da 1ª série do Ensino Médio do Colégio Porto, e resume bem o trabalho desenvolvido pela escola nesse primeiro ano de funcionamento. Esse caminho é traçado por meio de uma educação de qualidade e inovadora, que aposta no conceito de “Comunidade Porto”, unindo pais, alunos e professores dentro do mesmo propósito. Em 2021, o Porto quer ampliar essa comunidade. Por isso, as matrículas já estão abertas.

Além das turmas de 1ª, 2ª e 3ª série do Ensino Médio, a escola também está com matrículas abertas para as novas turmas de 8º e 9º anos do Ensino Fundamental. Para fazer parte dessa comunidade inovadora, basta entrar no site da escola, que é o www.colegioporto.com.br ou fazer contato por meio do Whatsapp, no número 9-9611-0016, para agendar uma visita. Após isso, os estudantes passam por uma sondagem pedagógica, que acontece todas às sextas-feiras, a partir das 14h. O objetivo é entender pedagogicamente o aluno, quais são as suas dificuldades e facilidades e, a partir disso, desenvolver um planejamento pedagógico mais assertivo.

Para o ano que vem, o Colégio Porto traz uma série de novidades. Entre elas, uma parceria com National Geographic Learning, para a implementação de um programa de ensino bilíngue. O Porto também vai investir na integração do ensino com técnicas comportamentais, por meio de uma parceria com a San Martin & Niklas Desenvolvimento Humano. Os estudantes terão aulas de empreendedorismo e liderança, além de serem introduzidos ao ensino aprofundado das artes, como música e teatro. Até o fim do próximo ano, a escola terá uma nova sede, ampla, moderna e com quadras poliesportivas.

Serviço

Colégio Porto – 2021

Matrículas abertas: turmas de 8º e 9º ano (ens.fundamental) e 1ª, 2ª e 3ª série (ens. Médio)

Agendar visitas: www.colegioporto.com.br ou 9-9611-0016 (Whatsapp)

Sondagem pedagógica: às sextas-feiras, a partir das 14h

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Dia Mundial da Saúde: Colégio realiza maratona de lives e vídeos com orientações e reflexões sobre saúde física e mental

Foto: Divulgação

A saúde é o tema mais discutido atualmente ao redor do mundo por causa da pandemia do novo coronavírus. No momento atual, falar sobre o assunto em seus diversos aspectos se torna cada vez mais imprescindível. Amanhã, 7 de abril, é o Dia Mundial da Saúde e para marcar a data o Colégio Porto preparou a #MaratonaPorto – Os 5 pilares da vida saudável, que terá início hoje (06), a partir das 19h.

A maratona consiste em uma série de lives e vídeos nas redes sociais para promover a conscientização de manter uma vida saudável de forma divertida, leve, com muita energia e repleta de aprendizados. As lives são voltadas não somente para os alunos, mas para todos que desejem vivenciar reflexões ou ampliar o conhecimento. Para acompanhá-las, basta acessar o perfil no Instagram @colegio.porto.

A abertura hoje será com uma aula de FitDance para todo mundo levantar da cama ou do sofá e deixar o tédio de lado. Amanhã, a partir das 19h30, a professora do Filosofia e Sociologia e também do Laboratório de Inteligência de Vida (LIV), Kennia Isis, vai abordar o tema “O cuidado de si: a importância da inteligência emocional na construção da saúde integral”, para falar de emoções nesse momento tão desafiador.

Na quarta-feira, o assunto discutido será “Pandemias mundiais e as perspectivas econômicas no pós Covid-19”, com os professores de João Melo (Biologia) e Luiz Carlos (Geografia). O encontro é às 19h.

Na quinta e sexta, em função dos feriados, os vídeos não serão lives, mas disponibilizados via IGTV. Na quinta é a vez de falar sobre alimentação saudável, com receitas que serão repassadas pela nutricionista Eliane Martins. Para encerrar a maratona na sexta-feira, a psicopedagoga Ana Cristina Dias, diretora pedagógica do Colégio Porto, vai falar sobre “Vida em Equilíbrio”.

“O Porto tem uma preocupação muito forte com a promoção da saúde e do bem estar dos seus estudantes, porque a gente acredita que o principal é o aluno estar bem, em equilíbrio físico e emocional, para que haja um aprendizado de qualidade. Com esse enfoque, estamos fazendo uma semana muito rica em conteúdo nesse momento em que as pessoas estão, de maneira geral, se sentindo mais vulneráveis diante da pandemia. Por isso, nossa preocupação em trabalhar diversos eixos relacionados à saúde”, explica o gerente de marketing do Colégio Porto, Vitor Navarro.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Colégio Porto vai disponibilizar 100 aulas em vídeo na internet para estudantes do ensino médio do RN

Fotos: Reprodução

Os professores do Colégio Porto gravaram 100 aulas em vídeo para oferecer a todos os estudantes do ensino médio do Rio Grande do Norte. Metade desse material já está disponível na internet. A iniciativa é um gesto de responsabilidade social da escola mediante a suspensão das aulas provocada pela pandemia do novo Coronavírus.

Os estudantes das redes pública estadual e municipal e da rede privada podem ter acesso às aulas gravadas em vídeo por meio do canal do Colégio Porto no Youtube. Lá, estão disponíveis conteúdos de todas as disciplinas das três séries do ensino médio.

“É uma forma de agirmos positivamente num momento que precisamos tanto de positividade, humanidade. Se temos aulas tão significativas, por que não disponibilizar? Nos reconhecemos como educadores e, como tais, temos que entender que educar também é isso: partilhar”, disse a diretora pedagógica do Colégio Porto, Ana Cristina Dias. A escola também se colocou à disposição da Secretaria Estadual de Educação para disponibilizar as videoaulas em outras ferramentas tecnológicas que vêm sendo utilizadas pelo Governo.

Os alunos do Colégio Porto têm acesso a esse material por meio de uma ferramenta do Google For Education, chamada de Google Sala de Aula. Os conteúdos dão continuidade ao que estava sendo ministrado antes da interrupção das atividades. Diariamente, os estudantes ainda assistem a cinco horas de aulas, ao vivo, por meio do Google Meet.

“As aulas estão sendo ofertadas para dar sequência ao aprendizado até que seja possível se reestabelecer a normalidade na rotina dos estudantes, e tenha passado esse momento de extrema dificuldade que o Brasil e vários países enfrentam”, reforça, Ana Cristina. Todos os vídeos foram gravados dois dias depois da suspensão das aulas, em dois estúdios montados dentro da escola, em horários divididos por professor, para evitar aglomerações.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Colégio Porto disponibiliza gratuitamente vídeo-aulas com seus professores e conteúdo pedagógico exclusivo para todos os estudantes do RN

Fotos: Divulgação

O Colégio Porto desenvolveu uma estratégia para que os alunos do Ensino Médio no Rio Grande do Norte não sejam prejudicados durante a quarentena e que aproveitem o período em casa para manter os estudos em dia – e em um gesto de responsabilidade social, resolveu compartilhar a iniciativa gratuitamente com os estudantes do RN, sejam da rede pública ou privada.

Os professores de todas as turmas do ensino médio estão gravando aulas em vídeo em dois estúdios que foram montados dentro da escola. Esse material estará disponível para os alunos a partir da próxima terça-feira, 24, no canal do Colégio Porto no Youtube. A cada dia, serão duas vídeo-aulas de disciplinas diferentes para cada uma das séries do Ensino Médio, com o objetivo de garantir o andamento do conteúdo pedagógico. Na gravação das aulas, a escola está recebendo o suporte do Google For Education, que é seu parceiro pedagógico.

Com a intenção de colaborar com o esforço das autoridades públicas para oferecerem alternativas educacionais durante a quarentena, os sócios diretores do Colégio Porto comunicaram a iniciativa, por meio de ofício, ao secretário estadual de Educação e Cultura, Getúlio Marques, à secretária de Educação de Natal, Cristina Diniz Barreto de Paiva e a presidente do Conselho Estadual de Educação, Leideana Galvão.

“As aulas têm a função de atender à necessidade de contínuo aprendizado dos estudantes, neste momento em que não é possível o acesso à escola em função da pandemia do novo Coronavírus. As aulas serão ofertadas para dar sequência ao aprendizado até que seja possível se reestabelecer a normalidade na rotina dos estudantes, e tenha passado esse momento de extrema dificuldade que enfrentamos”, afirmam, no ofício, os diretores Paulo de Paula, André Cury, Eduardo Bezerra e Marcelo Freitas.

Para os diretores, o momento é de união e colaboração social. “Entendemos que é nosso papel contribuir com a sociedade com o que temos de melhor, que é a expertise educacional. Com as vídeo-aulas, será possível aos estudantes manterem uma rotina de aprendizado, aplacando os prejuízos em estarem distantes da escola. Entendemos ser responsabilidade nossa que não somente os estudantes matriculados no Colégio Porto, mas cada aluno de Ensino Médio do nosso Estado, possa ter a oportunidade de aprender e desenvolver atividades educativas durante o período de quarentena que nos foi imposto”, destacam.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Colégio Porto: eleição de Grêmio Estudantil estimula exercício da democracia

Foto: Divulgação

Incentivar o exercício da democracia também é um dos papéis da educação. Por isso, o Colégio Porto deu início ao processo eleitoral que vai escolher um grupo de estudantes para estar à frente do Grêmio Estudantil Débora Seabra, instituição que vai representar os alunos dentro da escola.

O Grêmio será responsável por desenvolver ações que promovam melhorias na interação, no desempenho e no equilíbrio do ambiente escolar em termos de saúde, esporte, cultura e lazer. Os estudantes vão fazer a escolha de forma democrática, em um sistema de informática que simula a urna eletrônica. O período de campanha acontece entre os dias 09 e 13 de março e a eleição está marcada para o próximo dia 17. Os alunos vão ter a oportunidade de conhecer propostas e debatê-las.

“Esse processo é importante para que os jovens compreendam qual o seu papel na política enquanto cidadãos. Muitas vezes, esse é o primeiro contato deles com um processo democrático de escolha de um representante antes da eleição para cargos públicos. Incentivar esse exercício é contribuir para tornar a democracia mais forte”, explicou a diretora pedagógica do Colégio Porto, Ana Cristina Dias.

Homenagem

O Grêmio do Colégio Porto recebeu o nome da professora Débora Seabra, potiguar que é a primeira educadora com síndrome de Down do Brasil. Na cerimônia de fundação, que aconteceu em fevereiro, Débora Seabra falou sobre inclusão e fez um apelo aos alunos para que o grêmio dê espaço para a incluir a todos, na condição de instituição representativa dos estudantes da escola. Escritora, palestrante, professora e ganhadora do prêmio Darcy Ribeiro de Educação, Débora é reconhecida em todo o país como exemplo de inclusão e superação. Em 2014, proferiu discurso na ONU e já recebeu diversas comendas, Brasil afora, por sua atuação em favor das pessoas com deficiência.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Colégio Porto: Laboratório de Inteligência da Vida (LIV) trabalha a preparação emocional dos alunos

Colégio Porto adotou LIV como programa educacional para estudantes do ensino médio; experiência vai ajudar jovens na preparação para o ENEM.  (Em destaque, alunos com a professora Kennia Isis após aula do LIV- Professora Kennia Isis).  Fotos: Ruston Liberato

INFORME PUBLICITÁRIO

Aprender a lidar com as próprias emoções e usufruí-las em benefício próprio, além de compreender os sentimentos e comportamentos dos outros. Isso é o que chamamos de Inteligência Emocional, uma habilidade muito necessária para encontrar o equilíbrio entre a razão e a emoção. Esse conceito também é a base de um programa educacional implantado pelo Colégio Porto, o LIV – Laboratório de Inteligência da Vida.

Em um encontro semanal, partindo de uma metodologia ativa, os alunos dos três anos do Ensino Médio experimentam e constroem o conhecimento por meio de discussões e reflexões sobre os mais variados temas, desde o autoconhecimento até as relações interpessoais na escola e na vida. Atualmente, 40% da Base Nacional Comum Curricular compreende conteúdos relacionados à Inteligência Emocional.

O Colégio Porto, conectado com as novas exigências da educação, percebe que o LIV é essencial para o bom desempenho dos alunos. “O ambiente escolar é diverso e está prioritariamente relacionado com o desenvolvimento dos componentes cognitivos. Entretanto, por ser um importante espaço de socialização, os alunos se envolvem para além dos saberes e fazeres escolares, construindo laços afetivos, sendo assim extremamente necessária a presença da inteligência emocional”, explicou a professora do LIV, Kennia Isis.

Trazendo situações que envolvem o cotidiano para a sala de aula, o LIV propõe ao aluno experimentar algumas situações que exigem bom senso, respeito ao próximo, afetividade, empatia, responsabilidade e autonomia, habilidades extremamente necessárias aos seres humanos. “O LIV me fez pensar mais sobre a vida, me fez analisar várias coisas sobre o que acontece ao meu redor. Também consegui organizar melhor minha rotina de estudos para conciliar com a minha rotina social”, afirmou a estudante do 1º ano do Colégio Porto, Eduarda Paiva.

Foto: Ruston Liberato

Inteligência Emocional e ENEM

O uso da Inteligência Emocional é uma ferramenta importante para os estudantes que estão se preparando para o ENEM. A escolha da vida profissional desperta muita ansiedade, tensão, gera expectativas, auto cobrança e cobrança da sociedade. Estudos recentes ligados a educação afirmam que aprender a lidar com as próprias emoções estimula a autoconfiança e um conhecimento melhor de si mesmo. “Isso ajuda os estudantes a manter o equilíbrio emocional na hora da resolução de provas como as do ENEM e aumenta as chances de um bom desempenho”, concluiu a professora.

Para o estudante João Neto, do 3º ano do Colégio Porto, a experiência com o LIV vai trazer mais segurança. “Ajuda muito a gente na questão psicológica, de preparação. Acho que eu vou poder ter mais certeza sobre as minhas escolhas, poder aceitar mais as minhas escolhas. A gente fica muito indeciso em relação ao segmento da carreira profissional que vai escolher, mas o LIV vem exatamente para dar esse embasamento psicológico”.

Foto: Ruston Liberato

Melissa Melo, estudante do 2º ano, acredita que o emprego do LIV, um ano antes de fazer o ENEM, vai ser ainda mais importante para esse processo de preparação. “Eu acho que a parte emocional é essencial, tanto quanto o resto do conhecimento. Você pode saber tudo, mas não tem como você fazer uma boa prova se você não tiver bem emocionalmente. O LIV é uma experiência que vai além disso. Vai servir para a vida porque equilíbrio é importante para tudo”.

Foto: Ruston Liberato

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *