China fecha fábrica da Coca após encontrar cloro na bebida

As autoridades reguladoras de segurança de alimentos no nordeste da China suspenderam nesta segunda-feira a produção em uma fábrica de bebidas da Coca-Cola como punição após uma inspeção ter encontrado um lote de bebidas, produzido em fevereiro, com água contendo cloro. O comunicado do Escritório Provincial de Qualidade e Supervisão Técnica de Shanxi, divulgado no sábado, não detalha a descoberta e não informa quando a fábrica irá retomar a produção.

Uma porta-voz da Coca-Cola disse que a companhia só encontrou traços de cloro num lote produzido entre 4 e 8 de fevereiro. Os níveis estavam um pouco abaixo do padrão nacional de água purificada na China, que é de 0,005 miligramas por litro, e dos padrões para bebidas ingeríveis definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), reforçou a porta-voz da empresa.

Segundo ela, a empresa está trabalhando para resolver questões de qualidade e produção na fábrica, e que “em nenhum momento essas questões afetaram a segurança dos nossos produtos no mercado”.

*Com informações do Dow Jones e Estadão

VÍDEO: Tv mostra pela primeira vez a fábrica da Apple na China

O complexo industrial da Foxconn (Hon Hai), empresa chinesa que produz os gadgets da Apple e de várias outras marcas, é o lugar mais misterioso e controverso do mundo da tecnologia. Agora, pela primeira vez, uma equipe de reportagem obteve permissão para entrar lá. Foi a americana ABC, que produziu uma matéria exibida ontem à noite nos EUA. O repórter é meio bobalhão, e fica claro que seu acesso foi rigidamente controlado. Mas mesmo assim, o vídeo é absolutamente imperdível – está cheio de revelações interessantes (cada iPad passa por 325 pessoas e leva 5 dias para ficar pronto) e deixa transparecer como é sofrida a vida das pessoas que trabalham montando gadgets. Há uns dez anos, eu estive numa fábrica muito parecida com essa. O cheiro de produtos químicos era tão forte que os olhos começavam a arder já no estacionamento, e os operários tinham medo até de olhar pro lado. Terrível.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=hLuPtMvvwA0

Bruno Garattoni para Superinteressante

Fábrica de Ipads no Brasil subiu no Telhado

Entrou areia na tal fábrica de iPads que a Foxconn instalaria no Brasil. Anunciado com barulho quando Dilma Rousseff foi à China em abril — falava-se, então, num investimento de 12 bilhões de reais — o projeto ainda depende de sócios e recursos. Os chineses, viu-se depois, queriam que o BNDES fosse sócio majoritário, o que não foi aceito.

A Foxconn planejava também obter parte do dinheiro para o investimento por meio de uma abertura de capital, via bolsa de valores. A derrocada dos mercados matou a ideia. Neste momento, o governo tenta um plano B para o projeto sair do papel.

Por Lauro Jardim