Varejo usa exemplo do RN para justificar quando não deve investir

Antonio Carlos Pipponzi (presidente do Instituto para Desenvolvimento do Varejo) concedeu entrevista à Folha neste domingo para falar de economia e política num geral.

Ao analisar expansões no Brasil, foi indagado sobre como a violência afeta os negócios. E foi taxativo, revelando que há ainda mais cautela antes de investir em territórios arenosos.

“A gente tem de fazer um desabafo. Passamos situações complicadas no Rio de Janeiro, no Espírito Santo, na Bahia e no Rio Grande do Norte, como fechar as lojas mais cedo. Sofremos com as greves de polícia. O que acontece quando o Estado não controla a segurança? O comércio tem que fechar as portas”, disse ele.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Admilson disse:

    Que injustiça! Esse senhor sabe que nós temos o "governo da segurança"?

  2. Indignado disse:

    Falou a verdade.
    A primeira função do estado, aquela para a qual foi criado e prover segurança, o resto foi agregado depois.
    Se não consegue o básico…

  3. André NASCIMENTO disse:

    O comerciante também estoca impostos em suas prateleiras…

  4. Alves disse:

    Ele esqueceu de comentar, sobre as altas cargas tributárias que os governos cobram, desestimulando o empreendedorismo.

Governo federal anuncia investimentos imediatos para o RN de pelo menos R$ 420 milhões

por Dinarte Assunção

Na reunião com a bancada federal do Rio Grande do Norte, o presidente Michel Temer anunciou aporte de recursos para investimentos em segurança e saúde para o Estado que vê os serviços ameaçados pelos atrasos nos salários por causa do crescimento do rombo previdenciário.

Serão R$ 100 milhões para equipar o setor de segurança e R$ 320 para a saúde.

Além disso, foi pré-definido que a conta do Estado será colocada em negociação. A expectativa é que o próprio Banco do Brasil, detentora da conta atualmente, pague para mantê-la. Os valores estimados seriam de R$ 160 milhões.

Além disso, o governo do RN negocia dar um desconto na dívida de R$ 1,7 bilhão que a União tem com o Estado em disputa referente ao Fundeb. Decisão do próprio STF reconheceu a dívida. A ideia é que o Estado, com o desconto, possa receber os recursos mais rapidamente.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. M. D. R. disse:

    Venda a CAERN, resolverá todo problema e ñ transferir prejuízos para o funcionalismo.
    Quem quebrou o ESTADO!
    Este governo, vai deixar DÍVIDAS BILIONÁRIOS e vamos aguardamos os acontecimentos.

  2. Frasqueirino disse:

    Não entendo. O RN falido e ainda se cogita dar um desconto a União para receber os recursos do FUNDEB? Tem que cobrar é os juros e receber mais que esse valor.

Temer diz que vai recuperar grau de investimento no país em breve

Ao participar hoje (11) de cerimônia do setor de agronegócio, o presidente Michel Temer falou sobre a situação econômica do país e disse que “logo” o Brasil vai recuperar o grau de investimento perdido no passado. O grau de investimento funciona como um atestado de que os países não correm risco de dar calote na dívida pública.

“Quando vejo o Risco Brasil, que estava em mais de 470 pontos negativos quando assumi o governo, hoje está em 195 pontos. Portanto, caiu sensivelmente e logo, logo, vamos reassumir o grau de investimento que perdemos no passado”, disse na inauguração da primeira usina de etanol feito exclusivamente de milho do Brasil, em Lucas do Rio Verde (MT). A usina é da empresa privada FS Bioenergia.

Em 2008, o Brasil tinha sido elevado à categoria de grau de investimento. A primeira agência a incluir o país nesse patamar foi a Standard & Poor’s, em abril daquele ano. A decisão foi seguida pela Fitch, em maio do mesmo ano, e pela Moody’s, em setembro de 2009.

No entanto, em setembro de 2015, a Standard & Poor’s retirou o grau de investimento do país e concedeu perspectiva negativa, abrindo caminho para que a nota fosse reduzida novamente em fevereiro de 2016. Em dezembro de 2015, a Fitch reduziu a nota do Brasil para um nível abaixo da categoria de bom pagador. A Moody’s retirou o grau de investimento do Brasil em fevereiro de 2016. Na ocasião, a Moody’s reduziu a nota do país para dois níveis abaixo do grau de investimento.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cidadão Politizado disse:

    É um humorista

Petrobras anuncia corte de US$ 11 bilhões nos investimentos

Assim como já era esperado, a Petrobras anunciou a redução de seus investimentos para esse ano e 2016. Com a queda na cotação do preço do petróleo e o aumento do dólar nos últimos meses, os investimentos previstos pela estatal em 2015 caíram dos US$ 28 bilhões para US$ 25 bilhões. Para 2016, o investimento previsto passou de US$ 27 bilhões para US$ 19 bilhões. Ou seja, a companhia cortou US$ 11 bilhões em novos investimentos.

“Na divulgação do Plano de Negócios e Gestão 2015-2019 (PNG 2015-2019) a companhia havia informado que a execução do Plano estaria sujeita a fatores de risco que poderiam impactar adversamente suas projeções, dentre os quais estão incluídas mudanças de variáveis de mercado, como preço do petróleo e taxa de câmbio”, informou a companhia em nota à Comissão de Valores Mobiliários.

Pelo PNG, a estatal previa o preço do barril do petróleo a US$ 60 em 2015. Ontem, o barril fechou a US$ 49,15. Além disso, a estatal previa o barril do petróleo a US$ 70 para os anos entre 2016 e 2019. Além disso, a estatal previa câmbio a R$ 3,10 neste ano. Hoje, o dólar fechou a R$ 3,90.

A estatal informou ainda, em comunicado, que manteve sua previsão de vender US$15,1 bilhões em ativos. Mas detalhou que, desse total, apenas US$ 700 milhões serão neste ano. O restante, US$ 14,4 bilhões, ficou para 2016. A empresa disse que “compromisso em atuar com disciplina de capital e rentabilidade”. Ela também manteve inaltera suas metas de produção previstas para esse ano, de 2,125 milhões de barris por dia.

Fonte: O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo disse:

    Seria bom os leigos lerem um pouco mais sobre o mercado mundial de petróleo antes de emitirem opiniões desconexas e politizadas. Verifiquem o que está havendo neste mercado complexo. Será que é só a Petrobrás que está enfrentando problemas?????? Boas leituras.

  2. JOAO MARIA disse:

    é realmente conseguiram quebrar

TIM vai investir mais de R$ 11 bilhões no Brasil até 2016

O presidente da Telecom Italia, Marco Patuano, disse hoje (18) que a TIM vai investir mais de R$ 11 bilhões no Brasil até 2016 e tem interesse em participar de leilões no setor. A Telecom Italia controla a operadora de telefonia móvel. “Temos interesse nas novas frequências no dia em que estiverem disponíveis. O Brasil é um mercado prioritário”, afirmou. Segundo ele, a empresa vai investir no país, em 2014, R$ 4 bilhões.

Sobre os rumores de uma possível venda da TIM, Patuano disse que “neste momento não há nenhuma oferta ou discussão”. “Nunca vi uma situação na qual uma companhia que está sendo fechada vai aumentar os investimentos. Ano passado, aumentamos os investimentos em R$ 500 milhões e este ano vamos aumentar os investimentos”, disse o presidente da Telecom Italia, após reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Com relação a uma possível fusão entre a TIM e a GVT, Patuano disse que há muita especulação sobre esse tema. “São duas companhias que têm posições complementares. A TIM é uma companhia muito boa que faz telefonia móvel e a GVT é uma ótima companhia que faz telefonia fixa. Então há possibilidade de fazer uma especulação que isso seria uma combinação ótima. Porém, neste momento não estamos falando [sobre uma eventual negociação]”, disse o presidente da Telecom Italia.

Agência Brasil

Nélter Queiroz pede investimentos para segurança pública

804968f3bf868c556ad4dcb7c149892dO deputado Nélter Queiroz (PMDB) voltou a criticar a fragilidade da segurança pública do Rio Grande do Norte com ênfase no aumento da criminalidade na cidade do Assu. “O município pede socorro mais uma vez”, destacou.

O parlamentar pediu ações mais incisivas na região do Vale do Assu e criticou, na data em que a Polícia Militar comemora 179 anos de fundação,  a falta de estrutura da corporação para atuar. “A população está rendida dentro de casa. O governo não está dando condições de combater a criminalidade que vem tirando a vida de tantos conterrâneos norte-rio-gradenses sem se descobrir a identidade dos criminosos”, completou.

ALRN

Grupo indiano manifesta interesse em investir no Rio Grande do Norte

O Rio Grande do Norte poderá estreitar relações com o grupo indiano Aditya Birla. A empresa que já atua no Brasil, em estados como São Paulo e Bahia, manifestou o interesse nessa quinta-feira (07), durante reunião entre o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, e o presidente executivo do grupo, Anil Jhala.

De acordo com o investidor a expectativa é expandir os negócios para explorar as potencialidades econômicas do Rio Grande do Norte que já tenham similaridade com a atuação do grupo.

Após uma apresentação do panorama econômico do RN e as áreas com maior captação de investimentos na atualidade, o empresário apontou inicialmente a possibilidade de investir na fabricação de cimento, na região oeste, e fertilizantes.

Após uma análise mais detalhada da economia potiguar, o grupo terá – ainda nesse mês de novembro – uma reunião com a governadora Rosalba Ciarlini para apresentar oficialmente as áreas de interesse para investimento.

Investidores

Com um histórico de 50 anos de atuação, o grupo Aditya Birla está entre os maiores produtores mundiais de alumínio cobre, sendo também um dos 10 maiores produtores de cimento e uma das usinas de fertilizante mais economicamente eficientes.

Com foco multisetorial, o grupo atua na indústria têxtil, química, agronegócios, carbono negro, telecomunicações, energia, serviços financeiros e tecnologia de informação, o que garante uma receita anual de U$ 40 milhões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Todo papangu que assume a Secretaria de Industria e Comercio fala, fala e fala que empresarios do sudeste e de outros paises querem ou vão investir no RN.
    Só conversa fiada, papo de politico sem futuro.
    Nos ultimos anos o já pequeno parque industrial do RN, encolheu e ficou menor.

Caern investe R$ 15 milhões na ampliação do sistema de abastecimento de Assú

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) deve iniciar até o final deste mês a segunda etapa do projeto de ampliação do sistema de abastecimento de água da cidade de Assú. O trabalho inclui a construção de uma nova adutora de água tratada e de um reservatório elevado, execução de 10 km de rede de abastecimento e substituição de trecho da adutora de águas públicas do município. O serviço, que deverá ser concluído em até dois anos inclui, ainda, a reforma e ampliação da Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade.

A obra integra o pacote de ações do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-1) do Governo Federal e está orçada em R$ 13 milhões, além de uma contrapartida da Caern. A ampliação do sistema de abastecimento em Assú foi dividida em duas etapas, sendo que a primeira fase foi iniciada no mês de junho, e deve ser concluída até dezembro deste ano.

A etapa inicial do projeto envolve a recuperação de quatro reservatórios de água e a substituição e implantação de 890 ligações domiciliares em mais de 21 km de rede de abastecimento. De acordo com o engenheiro civil e fiscal responsável pela obra, Fellipe Melo, o trabalho deve garantir o fornecimento de água tratada e de qualidade para mais de 50 mil pessoas.

“Atualmente, a Caern vem operando com apenas dois reservatórios de água tratada na cidade, que irão passar por um processo de recuperação. Além disso, estamos recuperando dois reservatórios que estavam desativados e deverão voltar a funcionar até o final deste ano dobrando, assim, a capacidade de armazenamento de água para a população”, explicou. A primeira etapa da obra está sendo executada com recursos na ordem de R$ 2 milhões, provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2).

Governo vai investir R$ 53 milhões em perícias criminais

A chefe da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Regina Miki, anunciou na noite dessa segunda-feira (16), em Brasília, R$ 53 milhões em investimentos, medida que vai equipar todos estados com itens necessários para perícias criminais. “Não faremos um repasse de verba ao estado e sim a aquisição com a entrega de materiais. A princípio pode parecer pouco, mas é quase dez vezes mais do que se investia antes”. A medida será publicada no Diário Oficial desta terça-feira (17).

O anúncio foi feito na abertura do 23º Congresso Nacional de Criminalística, iniciado hoje. O principal objetivo do congresso é promover debates e troca de experiências entre os peritos criminais do país. Regina explicou que o encontro contribuirá para aperfeiçoar o trabalho dos peritos, auxiliado pelo manual Procedimento Operacional Padrão, que orienta os profissionais sobre todos os tipos de perícias. A obra foi lançada durante o evento.

“Isso [a publicação] nos facilitará na perícia primária e também na mais avançada. Um perito regional, quando receber uma peça a ser examinada, saberá qual o procedimento tomar, conferindo agilidade às perícias e aos autos. Foram os peritos do Brasil que formataram esse procedimento. E agora, os ‘pais da criança’ devem ajudar a criá-la”, disse Regina.

O congresso vai até quinta-feira (19) e terá debates, apresentação de trabalhos científicos e oferecerá cursos na área de crimes ambientais, crimes de informática, química forense, dentre outros. Outras informações podem ser obtidas no site do evento.

Agência Brasil

Dilma assegura R$ 24 milhões para obras em Parnamirim

O prefeito Maurício Marques se disse satisfeito com o resultado do encontro com a presidente Dilma Rousseff, nesta semana em Brasília, quando ela anunciou recursos para projetos de infraestrutura em vários municípios, incluindo Parnamirim.

Com o anúncio da presidente, estão assegurados recursos da ordem de R$ 24 milhões para obras de pavimentação em Parnamirim. De acordo com o prefeito Maurício Marques, os recursos devem começar a ser liberados em março.

O prefeito disse, ainda, que as licitações para início das obras devem ser lançadas também em março.

Todo o anel viário da cidade será contemplado com as obras, o que inclui áreas de grande circulação de veículos e outras ruas e avenidas que cortam toda a cidade. Parte dos recursos também será aplicada na construção de novas Unidades de Pronto Atendimento – UPA.

OPINIÃO DOS LEITORES:

Prefeitura do Natal vai investir R$ 500 mil no Carnaval

A população de Natal não merece passar mais um carnaval mergulhada na tristeza. Mesmo com a cidade sendo reconstruída, a festa mais tradicional do país não poderia deixar de ter o apoio da Prefeitura do Natal. Pensando nisso, o prefeito Carlos Eduardo decidiu apoiar quem faz o carnaval natalense.

O investimento total – de recursos próprios do orçamento municipal – será de R$ 500 mil. Este valor representa 25% do montante investido em 2008, último ano da gestão de Carlos Eduardo, quando o carnaval recebeu um aporte de quase R$ 2 milhões.

“São pessoas que trabalham, mas também se divertem. O carnaval gera trabalho e renda. Pega do vendedor ambulante até o dono dos bares e restaurantes. E isso sem falar nos músicos. A prefeitura, através da Funcarte, vai apoiar o carnaval com um orçamento diminuto, mas que já é muito diante da nossa situação financeira. A gente fez um esforço enorme para que essa grande festa brasileira não deixasse de acontecer na cidade”, afirmou.

O carnaval voltará a acontecer em cinco polos da cidade. Os bairros da Redinha, Cidade Alta, Ribeira, Rocas, Ponta Negra e Alecrim contarão com orquestras de frevo e blocos apoiados pela prefeitura, além de shows com artistas potiguares.  Não haverá decoração nem estrutura de palco.

O presidente da Funcarte, Dácio Galvão, ressalta que o apoio dado ao carnaval deste ano é fundamental para a retomada do formato da festa idealizado na primeira gestão dele à frente da cultura. “Apesar de tudo, a prefeitura não poderia deixar de apoiar o carnaval da cidade, que se tornou uma tradição forte na nossa primeira gestão. Teremos menos dinheiro, mas faremos um carnaval incentivando os polos por bairros. Em 2014, aí sim, será o ano da retomada”, comentou.

A programação do carnaval será divulgada em breve. “A gente vai dar um apoio aos blocos distribuindo as bandas. Contrataremos as bandas que já existem e entregaremos aos polos. Na maioria dos polos, inclusive, podemos juntar todos os blocos e sair todos de uma vez”, explica Gilberto Cabral, coordenador do carnaval.

A abertura do carnaval – quando o prefeito Carlos Eduardo passará a chave da cidade para o rei Momo e a Rainha – terá a presença do Spok Frevo Orquestra, de Recife. A vinda do consagrado grupo pernambucano consagrado internacionalmente será possível graças ao conhecimento de Gilberto Cabral com os músicos pernambucanos: “Conheço o Spok desde menino. Ele era garoto e eu já atuava como profissional. O Spok tem um respeito muito grande por mim, me tem como uma espécie de guru. Quando contei a situação ele disse que viria de qualquer maneira. Nunca falou em dinheiro e ainda se dispôs a vir e voltar no mesmo dia para baratear ainda mais os custos”, contou.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CACÁ Carnavalesco de RECIFE disse:

    É BALELA !!! É BALELA !!! NÃO TEM GURU NESSA HISTÓRIA !!! SE TÁ FAZENDOÉ DE ECONOMIA PRA PAGAR É PORQUE QUER QUE SOBRE MAIS PARA O BOLSO !!! NATAL NÃO É RECIFE !!!!!

  2. Marcus Vinicius disse:

    Não tem nada de absurdo nisso! Esse discurso de pobreza do Estado/Município já cansou! Somos uma cidade turística!

  3. kerley disse:

    É um absurdo!

  4. Sergio Nogueira disse:

    Gastar 0,5 Mi com meia dúzia de bestas que se enrolam nas cortinas de banheiro de suas casas ao invés de investir em áreas prioritárias, mostra como atirar com a pólvora dos outros é fácil.
    Porque deve haver investimento público, numa situação como a atual, numa festa que não congrega nada para ninguém?
    Que tal usar o mesmo numerário para reparar algumas praças, calçadas e ruas? Ou então investir na reforma de algum posto de saúde, na contratação de pessoal ou na compra de medicamentos?
    Somos a Grécia de amanhã.

    • George Moroder disse:

      A Gana pelo dinheiro público tá cheio de Oportunistas…. Natal nunca foi uma cidade carnavalesca !! PRECISA É DE SAÚDE, EDUCAÇÂO E SEGURANÇA !!!

    • George Moroder disse:

      MINISTÉRIO PÚBLICO E TRIBUNAL DE CONTAS !!!!! MAIS FISCALIZAÇÂO COM A DISTRIBUIÇÂO DE VERBAS PARA O CARNAVAL DE NATAL !!!

Governo investirá R$ 8 milhões em terminal rodoviário de Mossoró

A governadora Rosalba Ciarlini assinará hoje o contrato de execução das obras de reforma e readequação do Terminal Rodoviário Diran Amaral, em Mossoró. O investimento é de R$ 8.605.540,50 e a execução acontecerá por meio da parceria entre a Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

A solenidade acontecerá no próprio Terminal, às 15h. O trabalho vai contemplar a implantação do Centro Administrativo Integrado, onde funcionará a Central do Cidadão, o Departamento Estadual de Trânsito e o Terminal Rodoviário da cidade de Mossoró.

O contrato será assinado entre o Governo do Estado e a empresa que irá executar os serviços, Proel Engenharia, vencedora da licitação ocorrida no dia 28 de agosto, através da SIN. O prazo para a conclusão dos serviços de engenharia é de 360 dias.

De acordo com o projeto, os traços existentes na atual estrutura da rodoviária serão mantidos, havendo novas definições de espaços, priorizando a funcionalidade de cada setor, a acessibilidade do público e funcionários, além do conforto ambiental. Para a área comum, está prevista a presença de um balcão de informações, praça de alimentação com lanchonetes e restaurante, área de convivência, novos banheiros com acessibilidade, guarda volumes, área para caixas eletrônicos, agência dos Correios e uma agência bancária, além de estacionamento para o público, funcionários e taxistas.

Chineses vão investir de mais de R$ 40 milhões com instalação de fábricas no RN

O Governo do Estado do RN assinou na manhã desta segunda-feira (03) dois Protocolos de Intenções com empresas chinesas para instalação de duas empresas no município de Macaíba. A reunião aconteceu na Governadoria. Além da governadora Rosalba Ciarlini, compareceram ao ato de assinatura o empresário Karim Antonios Khourie e sócios – chineses e brasileiros – e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Benito Gama.

A China Mengli Industrial Development, fabricante de torneiras e peças hidráulicas, irá investir cerca de R$ 8,5 milhões e vai gerar 250 empregos diretos e 700 indiretos. A estimativa é que a fábrica produza um milhão de torneiras por ano.

Já a Subhou Smart Elevator, responsável pela fabricação e montagem de elevadores, irá investir R$ 35 milhões, com a previsão de produzir cinco mil elevadores por ano. A expectativa é de gerar 700 empregos diretos e 1.450 indiretos.

“A vinda dessas empresas vai impulsionar o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte. A geração de emprego e renda consequentemente vai promover uma melhor qualidade de vida aos moradores da redondeza”, comemora a Governadora.

PM recebe novos veículos, armamentos e equipamentos nesta sexta

A governadora Rosalba Ciarlini fará a entrega de novos veículos, armamentos e equipamentos para Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte. A solenidade será nesta sexta-feira (31) no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, às 9h. De lá, as autoridades seguem para a solenidade de abertura da Semana da Pátria.

A aquisição dos equipamentos faz parte do processo de melhorias na qualidade de prestação do serviço operacional da PM, e foi realizada através de convênio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) com Ministério da Justiça; SENASP/MJ e o do IDEMA. O investimento feito na compra dos veículos, armamentos e equipamentos de proteção foi de R$ 1.344 milhão.

Segundo o Cel. Francisco Araújo, Comandante da Polícia Militar do RN, os equipamentos vão melhorar a proteção individual dos nossos policiais, dando mais confiança ao efetivo para trabalhar em confrontos de rua. “Todo o equipamento já vai para uso imediato logo após a entrega feita pela governadora Rosalba Ciarlini, nosso efetivo já está treinado e apto para utilizar os novos equipamentos. Tanto os policiais que trabalham na região metropolitana como os que atuam na Polícia Ambiental com patrulhamento das praias e APAs serão beneficiados”, declarou o Cel. Araújo.

Serão entregues quatro viaturas Ford Ranger e um veículo para transporte de cães para o Batalhão de Choque BPCHOQUE; 20 motocicletas que serão utilizadas pela ROCAM; seis quadriciclos que irão para a Companhia de Policiamento Ambiental e Turístico; 20 pistolas calibre .40; 20 fuzis carabina MD 97, calibre 5.56; 120 coletes balísticos e 20 capacetes balísticos.

Das novidades para o efetivo estão os capacetes de balística e o veículo para transporte dos cães. “O capacete balístico é um instrumento de trabalho importante que pode garantir a vida dos nossos policiais, até então a Polícia Militar do Rio Grande do Norte não possuía nenhum capacete balístico, o que deixava o policial totalmente desprotegido no caso de um tiro na cabeça. Também poderemos transportar os cães do BP Choque de maneira adequada, pois até então não tínhamos um veículo canil apropriado”, afirmou o Comandante da Polícia Militar do RN, o coronel Francisco Araújo.

De acordo com o Cel. Francisco Araújo as novas pistolas e carabinas são mais sofisticadas e automáticas e irão ser direcionadas para equipes de pronta-resposta específicas como a Rocan, BP Choque e Ronda Cidadã. “Esse armamento vai melhorar o nosso nível de resposta em confrontos”, explica o comandante.

Dos 120 coletes à prova de balas que serão entregues à Polícia Militar, 100 são coletes de modelos normalmente utilizados pela PM e fortalecerão o efetivo da Polícia Comunitária e Ronda Cidadã na Zona Norte, já os outros 20 são coletes de nível 3A. “Os novos coletes 3A suportam até tiros de fuzil, e também são equipamentos novos para a realidade da nossa Polícia Militar e serão direcionados para o Batalhão de Choque”, explica o Cel. Araújo.

O Comandante da Polícia Militar também informou que a corporação receberá até o final de 2012 outros equipamentos como: escudos, mais 164 veículos, arsenal de armas não-letais e cinco mil pistolas conseguidas através de parceria com a Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo.

Investimento estrangeiro no RN fica acima da média nacional no 1º semestre

Por Andrielle Mendes para a Tribuna do Norte:
O Rio Grande do Norte registrou um crescimento quase cinco vezes superior ao do Brasil no valor investido por estrangeiros ‘pessoa física’ –  que investem no mínimo R$ 150 mil – e fechou o primeiro semestre de 2012 como segundo maior alvo desses investidores, no país. Em três meses, o estado, que já liderou o ranking nacional, passou da quinta para a segunda posição, desbancando o Ceará e a Bahia e ficando atrás apenas de São Paulo (veja o quadro na página 2).

De acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego, o valor investido no RN entre janeiro e junho somou R$ 19,54 milhões (R$ 19.548.171,89), mais que o dobro do total no mesmo período de 2011 (R$ 8 milhões).  O valor subiu 144,3% no RN, enquanto no Brasil, subiu 31,8%.  “Natal é bem vista na Europa”, diz Marcos Alves, economista e professor de Engenharia Civil, Gestão Comercial e Administração da Universidade Potiguar.

“O Brasil entrou na moda”, afirma Felipe Cavalcante, presidente do Conselho de Administração da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil  (ADIT Brasil). “E com o RN não foi diferente. A marca ‘Natal’ é muito forte no exterior”, completa. Para Marcos Alves, a cidade se torna ainda mais atrativa com obras de infraestrutura, como a do aeroporto.

Para Felipe, o fato de a capital potiguar não ter problemas de uma cidade grande também faz com que os estrangeiros queiram vir para cá. “Todos os dias tem europeus entrando em contato para dizer que está vindo morar no RN”, afirma Soares Júnior, consultor. De acordo com ele, “as pessoas estão se desfazendo de tudo o que tem na Europa para morar e investir no Brasil”. “As pessoas comparam a economia do Brasil com a de outros países e resolvem vir para cá. O país começa a se tornar um imã de trabalhadores e investidores”, completa Felipe Cavalcante.

A retomada do investimento estrangeiro ‘pessoa física’ no estado é vista como um bom sinal. “Mas ainda é cedo para falar em recuperação”, pondera Soares Junior. Felipe Cavalcante lembra que o estado foi o que mais sofreu com a ‘fuga’ do investidor estrangeiro e está apenas retomando sua posição.

O Rio Grande do Norte fechou o primeiro trimestre com queda de 30% no volume investido por estrangeiros pessoas físicas, caindo da quarta para a quinta posição.

Para os analistas, o estado precisa se preparar para receber não só os pequenos, mas os grandes investidores. “Os grandes investidores não estão vindo para o RN, estão indo para estados como Bahia e Ceará. É preciso atraí-los. E isso só pode ser feito investindo em infraestrutura”, diz Soares. “Se não investir em infraestrutura, vai ficar difícil manter o nível de investimento”, completa Marcos Alves, economista.

Financial Times afirma que Brasil vai triplicar investimentos em atletas

O Financial Times afirmou que o Brasil planeja investir cerca de US$ 700 milhões em atletas de elite para figurar entre os dez melhores países dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Segundo o jornal, o valor gasto é três vezes maior ao que foi investido nos últimos quatro anos. Parte dos recursos virá da loteria, enquanto o restante será de responsabilidade de patrocinadores, além dos governo federal, estadual e municipal.

Edgar Hubner, diretor do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), disse que os países dominantes nos esportes têm pontos em comum:  proveem rapidamente as condições para as jovens promessas do esporte; contratam técnicos, nutricionistas, administradores, psicólogos e preparadores físicos; enviam atletas e técnicos para outros países e recebem também profissionais estrangeiros; hospedam eventos esportivos internacionais; e possuem centros de treinamento de elite.

Fonte: Portal Imprensa