Saúde

Ministério da Saúde define prioridades para a vacinação de adolescentes; doses para jovens de 12 a 17 anos devem ser enviadas a partir de 15 de setembro

Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo

O Ministério da Saúde distribuirá doses para a vacinação de jovens a partir do próximo dia 15. Na faixa etária de 12 a 17 anos, haverá cinco categorias prioritárias: a imunização deverá começar pelos adolescentes com deficiências permanentes, seguida dos que sofrem de comorbidade. Depois, vêm as grávidas e puérperas (mulheres até 45 dias pós-parto) e os que estão em privação de liberdade. Por último, será a vez dos que não têm doenças preexistentes.

A pasta defendeu incluir os adolescentes no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 (PNO) só após a aplicação da primeira dose em toda a população adulta, a partir de 18 anos. Conforme o anúncio do ministério, a data para atingir essa marca é 15 de setembro.

“O avanço da vacinação no país permitiu a conclusão da vacinação dos grupos prioritários elencados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e que há a previsão de que até o dia 15 de setembro de 2021 tenhamos concluído o envio de doses suficientes para vacinar 100% da população brasileira maior de 18 anos com pelo menos a primeira dose, o que automaticamente incluirá as gestantes, as puérperas e as lactantes, com ou sem comorbidade nesta faixa etária”, diz a nota técnica, assinada pela secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Rosana Melo.

O ministério define as orientações dentro do Programa Nacional de Imunizações (PNI), mas estados e municípios têm autonomia para definir cronogramas de vacinação. Nesse sentido, localidades como o Distrito Federal e as capitais Rio de Janeiro, São Paulo e São Luís já iniciaram a imunização dos jovens.

A única vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o grupo é a Comirnaty, da Pfizer. Na falta dela, adolescentes devem se dirigir a outras cidades:

“A operacionalização da vacinação destes grupos, em municípios que não dispõem ainda de capacidade para uso desta vacina (Pfizer), deverá ser articulada entre estados e municípios, visando ofertar alternativas para permitir a vacinação daqueles em maior risco, como, por exemplo, o deslocamento dos indivíduos a serem vacinados para municípios próximos com condição de oferta da referida vacina”, continua o comunicado.

O imunizante da Pfizer também será preferencialmente aplicado como dose de reforço, a partir da segunda quinzena de setembro, em idosos a partir de 70 anos e que tenham completado o esquema vacinal há seis meses. Também serão contempladas as pessoas imunossuprimidas — com câncer, HIV ou que receberam transplante, por exemplo — que tenham tomado a segunda dose há 28 dias.

Ambas as estratégias devem caminhar lado a lado. Diferente dos adolescentes, no entanto, esses dois grupos poderão tomar AstraZeneca ou Janssen na falta dela. Ainda sem registro definitivo na Anvisa, a CoronaVac não deverá ser administrada. Além de gerar maior resposta imune em idosos e imunodeprimidos, por causa da tecnologia do RNA mensageiro, a vacina da Pfizer também será a mais disponível a partir deste mês.

Até o fim do ano, o Brasil deverá somar 200 milhões de doses do laboratório, com a finalização de dois contratos. Só para setembro, a previsão é de 44.531.370 doses da Comirnaty. O número é bem maior que as 12.033.990 doses previstas para a AstraZeneca, entregues pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e das 6.115.652 restantes da CoronaVac. Os dados são do cronograma divulgado semanalmente pelo ministério.

O Globo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Fim de agosto e início de setembro com previsão de pancadas de chuvas em Natal e tempo aberto no interior

Foto: Reprodução

Referência nacional em meteorologia, o portal Clima Tempo, destaca a previsão do tempo para a semana no Rio Grande do Norte nesta semana, com predominância de muito sol, mas com pancadas de chuva na região metropolitana de Natal. Enquanto na capital potiguar a possibilidade de precipitação em todos os dias está acima dos 60%, no interior o calor deve ser o protagonista com os termômetros chegando aos 37 graus.

Segundo o Clima Tempo, a previsão mínima para a capital potiguar é de 22º e máxima de 30 graus. Situação distinta é vista em Mossoró, com o tradicional calor permanecendo em cena. O único dia em que deve chover é na quinta-feira, quando o forte calor deve acarretar em pancadas de chuva durante a tarde e noite. A mínima é de 21 graus e máxima de 37. Em Santa Cruz, no Agreste potiguar, o tempo permanece aberto durante toda a semana, com mínima de 22 e máxima de 36 graus. O cenário semelhante passa por Caicó, no Seridó do Estado, com os termômetros chegando aos 37 graus na quarta e quinta. A mínima é de 22.

Com Clima Tempo e TN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Cidade de São Paulo inicia imunização contra Covid de adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades nesta segunda-feira

Foto: Divulgação/Ascom

A cidade de São Paulo começa nesta segunda-feira (30) a aplicação da vacina contra Covid-19 em adolescentes de 15 a 17 anos sem comorbidades. A prefeitura estima que cerca de 357 mil jovens estejam nessa faixa etária e precisam da imunização.

O início da vacinação desse grupo só foi possível porque a cidade recebeu na sexta-feira (27) cerca de 400 mil novas doses da vacina Pfizer, única autorizada até agora pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunização de menores de idade no Brasil.

Adolescentes que já tomaram a 1ª dose também podem se inscrever na chamada lista da “xepa” para adiantar a 2ª dose (veja mais abaixo).

Para se vacinar em SP é obrigatório apresentar comprovante de residência na capital, um documento de identificação e estar acompanhado pelo responsável no momento da vacinação. Se isso não for possível, é necessário estar com um adulto e apresentar uma autorização assinada pelo responsável.

Além do novo grupo, a capital paulista vai continuar vacinando jovens de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiência permanente (física, sensorial ou intelectual), gestantes e puérperas.

Segundo a gestão municipal, até este domingo (29) a capital paulista vacinou apenas 25% dos adolescentes desse grupo, apesar da instalação de postos de vacinação em sete parques da cidade no fim de semana.

Calendário atualizado de vacinação na capital:

Segunda-feira (30): Jovens de 15 a 17 anos, além de jovens de 12 a 17 com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas acima de 18 anos;

(Datas das outras faixas etárias ainda não foram divulgadas pela prefeitura).

Toda a rede deve estar em operação para a vacinação nesta segunda-feira: 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs); megapostos com acesso a pedestres, postos que funcionam exclusivamente em sistema drive-thru e a rede de farmácias parceiras. A vacina também estará disponível em AMAs/UBSs Integradas, unidades do Serviço de Atenção Especializada (SAE) e nos Centros de Saúde. (Veja a lista completa dos endereços)

Pelo Filômetro, é possível acompanhar a situação de espera nos postos de vacinação contra Covid-19 que estão em funcionamento na cidade. Na página também é possível conferir quais vacinas estão disponíveis para aplicação de segunda dose em cada unidade.

‘Xepa’ da 2ª dose

A Prefeitura de São Paulo informou também que a partir desta segunda (30) as doses remanescentes das vacinas contra a Covid-19 serão destinadas também aos adolescentes com mais de 12 anos sem comorbidades.

Os adolescentes que já tomaram a primeira dose a mais de 30 dias podem se inscrever na chamada “xepa da vacina” para adiantar a aplicação da segunda dose.

“A aplicação de doses remanescentes está sujeita à disponibilidade ao final do dia em cada Unidade Básica de Saúde (UBS). Cada unidade de saúde deverá organizar uma lista de espera com os usuários de sua área de abrangência, que atendam aos critérios de intervalo entre as doses, com telefones para convocação do público interessado. Pode ser se inscrever quem mora, estuda ou trabalha na região da unidade”, informou a gestão municipal.

Para se inscrever na lista da “xepa” é necessário apresentar comprovante de residência no município. As inscrições podem ser realizadas durante o horário de funcionamento das UBSs e o chamamento é realizado por ordem de inscrição

Quem estiver aguardando a segunda dose do imunizante pode se cadastrar na fila de espera por doses remanescentes, a chamada “xepa da vacina”, em uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

Pode ser contemplado pela “xepa” quem tiver tomado a primeira dose da AstraZeneca ou da Pfizer há pelo menos 30 dias. No caso da CoronaVac, é preciso ter tomado a primeira dose há, no mínimo, 15 dias. Para se inscrever, é preciso levar um comprovante de residência até um posto de saúde e aguardar ser chamado.

G1

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde vai distribuir mais 8 milhões de doses de vacinas da Covid-19 nos próximos três dias

FOTO:  JACK GUEZ / AFP

O Ministério da Saúde confirmou nesta quinta-feira(01) que vai distribuir mais 8 milhões de doses de vacinas da Covid-19 nos próximos três dias.

Serão distribuídas aos estados 2,1 milhões – Pfizer/Biontech; 2,8 milhões – AstraZeneca/Fiocruz; e 3 milhões – Janssen/Johnson & Johnson.

Opinião dos leitores

  1. Alguém dá notícia da vacina Xing Ling Coronavac? O povo da 25 de março de São Paulo estão dizendo que tá faltando lá.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Inscrições para o Enem 2021 começam nesta quarta-feira

Foto: © Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) inicia, nesta quarta-feira (30), as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021.

Os interessados poderão se inscrever na Página do Participante, até 14 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 85 e o pagamento deve ser feito por aqueles que não estão isentos, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança).

Os resultados finais das solicitações de isenção foram divulgados pelo Inep, no dia 25 de junho, e estão disponíveis na Página do Participante.

Os interessados em fazer o Enem 2021 deverão realizar a inscrição no exame, isentos ou não. O Inep preparou um passo a passo para ajudar na inscrição. Para isso, basta acessar a Página do Participante, no endereço eletrônico enem.inep.gov.br.

Provas

As provas do Enem 2021 serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro, tanto a versão digital quanto a impressa. As duas versões também terão a mesma estrutura de prova: quatro cadernos de questões e a redação.

Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel. Os participantes receberão folhas de rascunho nos dois dias.

No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. A aplicação regular terá cinco horas e 30 minutos de duração.

No segundo dia, as provas serão de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Nesse caso, a aplicação regular terá cinco horas de duração.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

    1. Vai estudar pro teu enceja que tu ganha mais, encosto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VAI ANDAR: Governo e prefeituras se entendem por vacinação da Covid por faixa etária e em lactantes; divisão será feita já a partir da próxima remessa nesta semana

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte pactuou com os municípios o avanço da vacinação contra a Covid-19. A medida envolve o início da imunização por faixa etária e entre as lactantes com bebês até seis meses de idade.

O acerto foi feito na reunião do Comitê Intergestores Bipartite (CIB), ocorrida esta manhã (09), envolvendo as representações dos municípios e a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap). O avanço imediato para atender as faixas etárias sem comorbidades será simultâneo à vacinação dos grupos prioritários.

“Este é um marco muito importante diante do momento epidemiológico que o Brasil está vivenciando, no qual temos o aumento da mortalidade das pessoas mais jovens e não podemos nos furtar de avançar na vacinação dessas pessoas”, disse Lyane Ramalho, subsecretária de Gestão e Planejamento da Sesap.

Já partir da próxima remessa – chegam 59.250 doses da AstraZeneca-Oxford na madrugada de quinta-feira (9) – será feita uma divisão de 50% para o avanço em faixa etária e 50% em grupos prioritários, incluindo a cota para trabalhadores da educação. “Temos ainda grupos prioritários que precisam ser vacinados. Municípios menores já conseguiram concluir a vacinação dos grupos prioritários e poderão avançar com maior rapidez para vacinação exclusiva por faixa etária”, pontuou Lyane.

O acerto feito na CIB será levado à apreciação do Judiciário. Atualmente, uma decisão judicial em caráter liminar impede o estado de incluir ou antecipar grupos para vacinação contra a Covid-19.

Dia D da Vacinação das Gestantes, Puérperas e Lactantes

Outra decisão importante tomada na reunião da CIB é o avanço da vacinação para as lactantes e o dia D da vacinação para as gestantes, puérperas e lactantes com bebês de até 6 meses.

É importante ressaltar que a Associação de Ginecologia e Obstetrícia do RN recentemente lançou recomendações e foram inclusas as lactantes com filhos de até 6 meses de idade. “Esse será um dia muito importante para que possamos melhorar nossos indicadores de vacinação no Rio Grande do Norte e assim salvar vidas”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.

Além das pactuações citadas, outro ponto fundamental é o mutirão para registro do RN+ Vacina. Os municípios farão ações em conjunto ao Cosems, regionais de saúde e apoiadores técnicos da Sesap para colocar em dia toda a atualização no sistema das aplicações das vacinas.

Além disso, a Sesap está disponibilizando um formulário para todos os municípios informarem os números da vacinação das pessoas com comorbidades, para dar celeridade a este público. “Se o município não conseguir atingir todo o público com comorbidade com as doses distribuídas, será feita uma solicitação formal ao Ministério da Saúde para o envio de doses que possam complementar e assim garantir a vacinação total deste público”, finalizou Lyane.

Opinião dos leitores

  1. Enquanto o Governo Federal faz sua parte, o Governo do Estado e Prefeito esculhambam tudo. Haja lambança do Governo do Estado.

    1. Que parte? Você não enxerga?!!! Quem fez quase tudo , foram os governadores e a população, com muita pressão em cima do governo federal. Se não fosse isso, estaria pior. Esse homem que deveria está patrocinando a vacina desde o ano passado, se negou, desdenhou , não quis a vacina. taí no que deu!!! Aí vem me dizer que o governo federal esta fazendo seua parte? poupe-me de mentiras. CHEGA!!! MUDA BRASIL!!!

  2. Pense em um povo enrolado que tá a frente dessa vacinação! Acho que até Quico e Chaves estariam se saindo melhor!!!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Fiart tá ON! Oficialmente a feira se inicia nesta sexta-feira

A Fiart tá ON! Oficialmente a feira se inicia nesta sexta-feira(04), com muitas lives incríveis para vocês, mas já é possível passear virtualmente por lindas peças de artesanato potiguar no site do evento. Acesse AGORA: www.fiart.com.br

Com mais uma iniciativa de fomento ao artesanato potiguar, o Governo do Estado está presente na 26ª Feira Internacional de Artesanato – Fiart, nesta sexta-feira(04), sábado(05) e domingo (06) de maio em versão totalmente online por causa da pandemia do novo coronavírus.

Além de ser um dos patrocinadores da Fiart, o Governo do Estado, por meio do Programa do Artesanato do RN (Proarte) da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS) viabilizou a participação na Feira de 43 artesãos entre profissionais individuais, entidades, culinaristas e de essências.

Em versão online a Fiart estará ao alcance de qualquer pessoa que tenha um smartphone ou computador. Basta digitar www.fiart.com.br e acessar toda a programação que além do site está nas redes sociais e streaming. Na plataforma, estarão à disposição produtos de 200 artesãos, exclusivamente, do RN e demais informações do evento.

Nestes três dias além do artesanato, a Fiart mostra a gastronomia e a cultura do Estado e do país. Com um simples clique no www.fiart.com.br o público navegar fazer um tour virtual por lojas de diversos segmentos, comparar preços e fazer suas compras diretamente do artesão.

No menu categorias, é só clicar em SETHAS/GOVERNO DO RN ou no que o cliente desejar e no menu “segmentos”, “lojas”, “ordenados por (preços)”, “todos os produtos” surgem os produtos disponíveis com fotos, descrição, nome, preço. É só clicar no produto, depois no carrinho que direciona para o número do whatsapp da loja ou artesão para concluir a compra.

Mais uma novidade da Fiart: o showroom de bordados, fibra, fios, tecidos, couro, madeira, cerâmica, areia colorida, metal e pedras com estandes instagramáveis e uma Praça Gastronômica de cores e sabores da culinária artesanal representada por tipos de mel, licores, biscoitos, cachaças e castanhas) montados no Espaço Neuma Leão. Nesse local, o público poderá fazer a retirada de produtos (comprados via site) por meio de Drive Thru que será estruturado dentro dos padrões de Bio Prevenção.

Nos três dias de comercialização, o público poderá conferir ações, apresentações culturais e shows musicais com artistas da terra. É só ativar o lembrete e o sininho no canal oficial da FIART no YouTube (www.youtube.com/channel/UCjn4_OZPblQkFd7pQcJ9uig). Os shows começam a partir das 19h e já nesta sexta-feira (04) tem Júnior Santos; no sábado (05), Samara Alves e para encerrar o Forró Meirão no domingo (06).

Como patrocinador da Fiart o Governo do Estado sabe da importância de incentivar a realização da Feira em uma modelagem inovadora proposta pelos organizadores diante da pandemia e seguindo todas os protocolos de biossegurança, destaca a secretária da Sethas, Iris Oliveira.

“Com este modelo inovador, o nosso maior desejo é poder movimentar a economia local e servir como uma importante ferramenta de trabalho para que os artesãos, especialmente os profissionais potiguares, possam superar as dificuldades geradas pela pandemia”, explica o organizador da Fiart, Neiwaldo Guedes, da Espacial Eventos.

Programação Cultural

Importante vitrine da arte e da cultura, o diferencial da FIART está em sua essência de aproximar, valorizar e dar espaço para as manifestações tradicionais, produções artesanais das tribos indígenas, mostra de grupos folclóricos, mostra de cultura popular, entre outros aspectos. Para além dos estandes, a feira é uma grande ferramenta da promoção da brasilidade. É um espaço fértil à propagação da economia criativa.

Este ano, o Festival Cultural foi dividido em quatro ações para além dos dias da FIART: Mostra Cultura Natal; Salão “O melhor do artesanato potiguar”: exposição e websérie; Webinário Nacional de Cultura Popular: Tradições, Folclore e Identidade Cultural e, o Festival Parafolclórico (Competitivo). Diante das possibilidades do formato, diferentemente dos anos anteriores, a programação cultural do evento foi estendida.

AGENDA

Mostra Cultura Natal ocorre simultaneamente aos dias da Feira, de 04 a 06 de junho, com apresentações de cultura popular, dança, poesia, mamulengo e música dos destaques da produção artística de Natal/RN. Já o lançamento da Websérie será dia 21 de agosto; realização do Webinário Nacional de Cultura Popular dias 21 e 22 e, anúncio dos vencedores do Festival Parafolclórico no dia 22 de agosto.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comitê Científico informa que pandemia no RN piorou e secretário de saúde Cipriano Maia diz que quadro atual “é de extremo alerta”; decreto atual expira em uma semana

Foto: Sandro Menezes

O secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia,  alertou em coletiva no início da tarde desta quarta-feira (2), informações do Comitê Científico de enfrentamento à pandemia no estado, que a situação da pandemia da covid-19 no Rio Grande do Norte piorou em alguns aspectos.

Na companhia do diretor do hospital Giselda Trigueiro, André Prudente, o secretário de saúde Cipriano Maia reforçou a necessidade de medidas de proteção individual, como o uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social.

Para o titular da Sesap, o cenário epidemiológico feito semanalmente pelo comitê científico teve poucas alterações, com piora em alguns aspectos, e o quadro atual “é de extremo alerta e exige de todos nós a atenção e concentração para nos proteger”.

Segundo Maia, a pactuação de restrições regionais no Alto Oeste, Vale do Açu, Região Central e parte do Seridó têm contribuído para evitar a piora do cenário nesses locais.  Apesar de não falar diretamente sobre qual será a postura do Governo do Estado após o decreto em vigor expirar, Cipriano Maia disse que é importante que a situação seja discutida regionalmente.

Opinião dos leitores

  1. Muito Estranho as Atitudes dos ministérios públicos estadual e federal, com respeito ao NÃO combate RIGOROSO e EFETIVO por parte do governo e prefeituras para conter a Disseminação do covid-19. Porque TUDO é na base do FAZ de CONTA, Mentiras e Enganação. Não existe INTERESSE, CORAGEM, DETERMINAÇÃO e VONTADE POLÍTICA para Combater a Disseminação do vírus. Tudo é pensado e Feito para arrecadar mais e mais Impostos. Basta vê que mês a mês o estado tem Superávit de Receita e um número cada Vez Maior de novos Infectados e MORTOS. Vamos acordar Justiça. CHEGA de FAZ de CONTA. Que DEUS tenha MISERICÓRDIA de NÓS. Alô justiça.

  2. Já sabemos, querem extorquir mais o GF.
    Bando de ladrões e genocidas.
    #ForaFatãoGopi
    #PTNuncaMais

  3. Boa tarde.por isso q o meu nao vai se tiver.sao vidas q estao em jogo.pais,alunos,professores e funcionarios das escolas e familiares de todos.isso é um absurdo.tao cedo o RN voltara ao normal.os coitados dos professores sem tomar a vacina. Isso .é serio nao é brincadeira.

  4. A vacinação avança…A economia dá sinais de recuperação…Projeções de crescimento do PIB melhoram a cada dia…Dólar cai…”PRECISAMOS FAZER ALGO SENÃO O HOMI SE RE-ELEGE”…

  5. Se as universidades passarem pra presencial aí é que o desmantelo vai ser grande. Todos os dias em escolas aparecem caso e agora algumas direções mandam seguir as aulas normais. Cadê a fiscalização nas escolas?

    1. Concordo com você PG. Tem escola particular em Natal com casos de Covid no Fundamental 1. Crianças de 4° e 5° anos e a única medida foi o aluno não assistir aula presenciais depois de confirmado, mas a turma e os professores continuaram com as aulas presenciais normalmente como se age em um caso de resfriado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

MAIS VACINAS E DOSES: Produção do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) 100% nacional pela Fiocruz começa ainda este mês

Foto: Valentyn Ogirenko/Reuters (5.mar.2021)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começa ainda este mês a produzir o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) da vacina contra a Covid-19 100% nacional. Nesta quarta-feira (2) – dia seguinte à assinatura do contrato de transferência de tecnologia –, chegaram ao Brasil os bancos de células e de vírus, materiais considerados “o coração” da tecnologia para a produção da vacina. Após procedimentos burocráticos, eles seguem para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), onde o imunizante será produzido.

O contrato de transferência de tecnologia entre a Fiocruz e a farmacêutica AstraZeneca, assinado na terça-feira (1º) permitirá a fabricação da vacina 100% nacional. A estimativa da fundação é de que sejam produzidas, por mês, cerca de 15 milhões de doses da vacina na fábrica de Bio-Manguinhos. Mas as primeiras doses da vacina contra a Covid-19, 100% nacionais, só devem ser entregues em outubro.

Para o diretor de Bio-Manguinhos/Fiocruz, Mauricio Zuma, a assinatura do contrato de transferência de tecnologia “traz materialidade à independência nacional na produção da vacina Covid-19”.

“Bio-Manguinhos tem 45 anos de existência e, ao longo destes anos, desenvolveu competências tecnológicas que tornam a instituição capaz de internalizar todas as etapas produtivas, com toda a complexidade envolvida nos processos biotecnológicos. É uma resposta importante que trazemos para o país no combate à pandemia, aliada à incorporação de uma nova tecnologia que também poderá ser utilizada para trazer futuras soluções para a saúde da população”, afirmou.

A fábrica já está apta a iniciar a produção. As etapas de adaptação da planta fabril, aquisição dos equipamentos necessários à incorporação da tecnologia de produção do IFA e a documentação, referentes à certificação de toda operação, já foram concluídas.

O próximo passo é o treinamento da equipe técnica e a elaboração da documentação técnica relacionada aos processos produtivos do IFA nacional. Inicialmente serão produzidos dois lotes de pré-validação e três de validação, que passarão por testes de comparabilidade pela AstraZeneca, até alcançar a produção em larga escala.

Paralelamente, serão elaboradas as documentações necessárias à solicitação da alteração no registro da vacina junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Essa alteração no registro deve incluir o novo local de fabricação do IFA, uma exigência da agência reguladora, para o fornecimento das vacinas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde. Por isso, a expectativa é que as primeiras doses 100% nacionais só sejam entregues em outubro.

A Fundação também formalizou o contrato para a aquisição adicional de IFA importado para processamento final de outros 50 milhões de doses, para compor as entregas de vacina no segundo semestre junto com a produção nacional. Mas o cronograma de entrega desses lotes adicionais de IFA ainda não foi detalhado pela instituição.

No total, já foram entregues 47,6 milhões de doses ao PNI, incluindo 4 milhões de doses prontas da vacina do Instituto Serum, da Índia. Com o IFA já em estoque no Instituto, estão garantidas outras 18,5 milhões de doses que sustentam entregas semanais até o dia 3 de julho.

A Fiocruz aguarda a confirmação da possibilidade de aceleração das novas remessas de IFA para informar sobre a disponibilidade das próximas entregas. Não havendo atraso na entrega do IFA, a expectativa é de que não haja uma interrupção na produção da vacina entre os meses de agosto e setembro, como previsto anteriormente pela fundação.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

    1. A pedidos, vou comentar: é uma pena, para não dizer uma tragédia, que somente agora, mais de um ano depois do início da pandemia, o governo federal está finalmente investindo na fabricação local de vacinas… Afinal, até o final do ano passado, o MINTO negou a ciência, uso de máscaras, vacinas e distanciamento e apostou em placebos …

  1. Noticias desta deixam os conspirados contra a pátria bem triste. Bola pra frente, o capitão esta no caminho certo, temos mais 4 anos pela frente, contra tudo e contra todos!

  2. Uma noticia desta invergadura, deveria ser noticiada na CPI circense e também nas tvs ativista militantes, tais como, globolixo, cnn,tv cultura, deveriam ser noticias em sues jornais macabros.

    1. Botou Globo, CCN e TV Cultura (Fundação Padre Anchieta) no mesmo bolo, já vi que o critério é Z E R O.

  3. Imagino como uma notícia excelente como essa deve doer na “cabecinha” tresloucada da oposição “lacradora”. É muito difícil ser oposição num governo como o do “Bozo”. O jeito é mentir e inventar narrativas, como esses vermes fazem. Vai vendo.

  4. Mesmo não sendo um admirador de suas falácias, admito que desta vez tenho que dar parabéns ao presidente Bolson…. Que Jesus nos abençôe.

    1. Você sabia que o acordo prevendo testes da vacina, compra de 100 milhões de doses e transferência de tecnologia foi assinado em julho de 2020???
      Mas a imprensa e a esquerda divulgam fakenews dizendo que Bolsonaro era contra vacina e que demorou a comprar…
      Comprou em julho de 2020 100 milhões de doses…
      O mesmo que os Estados Unidos compraram de Pfizer em dezembro de 2020…
      Veja a seguir notícia do G1 de julho de 2020
      https://g1.globo.com/bemestar/vacina/noticia/2020/07/31/astrazeneca-e-governo-assinam-acordo-para-producao-da-vacina-contra-a-covid-19.ghtml

  5. É o Governo Federal que tem a frente Jair Bolsonaro, o MITO, trabalhando, para oferecer o que tem de melhor para a população brasileira.
    O melhor e maior Presidente que o Brasil já teve, desde sua descoberta em 1500.
    MITO TEM RAZÃO
    MITO REELEITO NO PRIMEIRO TURNO.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tradicional Feira do Milho em Natal iniciou nesta terça-feira e disponibiliza serviço de entrega; veja horários

FOTO: ASCOM/SEDRAF

Iniciou, nesta terça- feira (01), a tradicional Feira do Milho, que é realizada, todos os anos, no pátio da Central de Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Cecafes) durante o mês junho. A Feira segue até o dia 01 de julho, de domingo a domingo, das 6h às 22h.

Pelo segundo ano consecutivo, em virtude da pandemia da covid- 19, a Feira terá um número reduzido de agricultores comercializando milho verde. O valor da “mão de milho”, que é o equivalente a 50 unidades do produto, está custando R$30 reais. “Estamos com 15 barracas comercializando o produto. Tivemos, assim como o ano passado, a preocupação em reduzir o número de comerciantes em virtude da propagação do coronavírus”, disse Fátima Torres, gestora da Central. Ainda de acordo com ela, está sendo disponibilizado álcool em gel 70% em todas as barracas, sendo respeitado o distanciamento social e sendo controlado o acesso das pessoas à feira.

“Mesmo num momento tão delicado que estamos vivenciando, os nossos agricultores e agricultoras estão muito entusiasmados com as vendas. A meta para 2021 é vender mais de dois milhões de espigas, superando o ano de 2020”, afirmou o titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), Alexandre Lima. A Cecafes é um equipamento público e  faz parte da estrutura organizacional da Sedraf, sendo sua gestão operativa realizada pela Cooperativa Central da Agricultura Familiar do RN (Cooafarn).

Além da forma de compra presencial, a  Cecafes está trabalhando também com o serviço de entrega. Ao acessar o site da Central (cecafes.shopping.marketup.com), estão disponíveis, além do milho verde, outros produtos produzidos por agricultores familiares do Estado, como frutas, verduras, hortaliças, queijos etc.

FEIRA DO MILHO 2021

Período: 01 de junho a 01 de julho(domingo a domingo)

Hora: 6h às 22h

Local: Cecafes – Avenida Jaguarari, 2454 – Lagoa Nova, Natal – RN

Opinião dos leitores

    1. Paulo, use seu nick verdadeiro, tá ficando chato esses fakes.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Presidente do Inep confirma que Enem não será aplicado em 2021; realização em janeiro ou fevereiro de 2022

Foto: Cadu Rolim

O presidente do Inep, Danilo Dupas Ribeiro, informou nesta quinta-feira(13) pela manhã a membros do Conselho Nacional de Educação que, por falta de tempo e orçamento, não será feito Enem neste ano. Ficará para janeiro ou fevereiro de 2022.

Já existia a suspeita de que a prova para ingresso nas universidades do país não seria aplicada em 2021. Um portaria publicada no Diário Oficial de ontem com as metas globais previstas pelo próprio Inep não incluiu a realização do exame.

Com a pandemia do novo coronavírus, o Enem tornou-se um “problema” para o governo, o que não deveria acontecer. Em 2020, diante das restrições no deslocamento da população e com o veto a aglomerações, o exame deve de ser adiado para janeiro de 2021 – o que efetivamente ocorreu.

O caos no calendário, porém, tornou confuso o ingresso em universidades públicas e privadas que utilizam o vestibular como porta de entrada. Dupas Ribeiro, que comunicou hoje que não será capaz de realizar o exame deste ano, é o quarto presidente do Inep desde o início do governo de Jair Bolsonaro. Antes dele passaram pelo instituto Alexandre Ribeiro Pereira Lopes (de maio de 2019 a fevereiro de 2021), Elmer Coelho Vicenzi (de abril de 2019 a maio de 2019) e Marcus Vinicius Rodrigues (de janeiro de 2019 a março de 2019).

Ancelmo Gois – O Globo

Opinião dos leitores

  1. Tempos de trevas!! O atual presidente da república não tem foco na educação. Está sucateando a educação a nível federal. O foco de Jair é entregar pedaços de estrada, andar de moto, aglomerar(achando que a massa está do lado dele), falar de comunista, dizer que a imprensa não presta e pensar na reeleição. Governar que é bom, nada. É só olhar a agenda presidencial que verás. Nunca trabalhou na vida, e não seria agora que trabalharia.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Com 20 notificações a estabelecimentos diversos, início de maio foi marcado com muitos banhistas nas praias de Natal

Foto: Divulgação/Semurb

O primeiro fim de semana do mês de maio foi marcado com muitas aglomerações na Orla da Praia de Ponta de Negra, é o que aponta a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). Durante o feriadão do dia 1º de maio – Dia do Trabalhador -, foi de muito trabalho para a fiscalização da Semurb e resultou em 20 notificações, um auto de infração e muita orientação ao público que aglomerava em diversos pontos na zona Sul de Natal.

Segundo o supervisor de fiscalização ambiental da Semurb, que esteve no plantão, Felipe Oliveira, o trabalho foi mais intenso no domingo (2), e se concentrou em fiscalizar os estabelecimentos comerciais e quiosques da Orla de Ponta Negra. Além disso, checaram também os serviços de alimentação com capacidade acima de 300m², como quiosques, lanchonetes, restaurantes e food parks, que segundo o Decreto Estadual n° 30.516/2021, podem funcionar aos domingos, até às 15h. O trabalho da fiscalização no domingo resultou em 20 notificação a estabelecimentos comerciais, quiosques, pontos de locação de mesas e cadeiras, que estavam abertos e além disso ocupavam irregularmente a faixa de areia de Ponta Negra, o que também não é permitido.

“No total, foram lavradas 20 notificações a estabelecimentos diversos, incluindo quiosques e pontos de locação de mesas e cadeiras, que estavam funcionando em desacordo com o Decreto, inclusive, fazendo uso da faixa de areia com equipamentos de praia, como mesas, guarda-sóis e cadeiras. A Cavalaria da Polícia Militar já havia, no período da manhã, dispersado as aglomerações em diversos pontos da Orla, porém, a tarde foi identificado muitos outros focos de aglomerações. Infelizmente mesmo com a dispersão as pessoas insistiam em retornar ao local”, enfatizou Felipe Oliveira.

POLUIÇÃO

No sábado (1), foi realizado uma vistoria a pedido da 45ª Promotoria de Justiça e Defesa do Meio Ambiente, do MPRN, em uma panificadora no bairro de Pajuçara, zona Norte de Natal, se ela estava fazendo uso de um forno, que estava gerando muita fumaça e prejudicando o meio ambiente. Infelizmente os fiscais foram impedidos de realizar a vistoria no prédio porque o proprietário não permitiu a entrada.

Outra ocorrência similar ocorreu no bairro de Capim Macio, zona Sul da cidade, onde um proprietário de uma lanchonete, que já havia sido notificado por não fazer uso de filtro na chaminé da churrasqueira e não ter corrigido, recebeu o auto de infração ambiental, e como penalidade desta vez, teve o uso da churrasqueira interditada.

“Moradores de um condomínio ao lado da lanchonete reclamavam da alta quantidade de fumaça, que estava invadindo diversos andares do prédio, tudo isso por conta da chaminé da lanchonete que foi instalada de maneira incorreta. Fomos lá anteriormente, notificamos o proprietário e orientamos ele para resolver o problema, mas infelizmente ele não cumpriu e tivemos que lavrar o auto de infração e interditar a churrasqueira”, comentou Oliveira.

Ainda de acordo com Felipe, a Lei 4.100 de 1992 que dispõe sobre o Código do Meio Ambiente de Natal, é bem clara no art. 117 que trata sobre a poluição de qualquer natureza que possa trazer danos à saúde ou ameaçar o bem-estar do indivíduo ou da coletividade.

Nos fins de semana e feriados, caso a população presencie alguma cena de aglomeração ou outra situação que viole as regras, basta realizar denúncia, que pode ser anônima, pelo canal 24h do Ciosp, no número 190 e também no disque denúncia da Polícia Civil no 181. Já de segunda a sexta-feira as denúncias podem ser feitas das 8h às 16h, pelo telefone da Ouvidoria da Semurb no (84) 3616-9829 ou e-mail [email protected]

MONITORAMENTO DAS PRAIAS

Na sexta-feira (30), a equipe de fiscalização ambiental da Semurb realizou o monitoramento nas águas da praia da Redinha e Ponta Negra. Segundo o supervisor de Água e Solo da pasta, Gustavo Szilagyi, que está a frente das ações relatou que não foram encontrados resíduos na praia da Redinha.

“No trecho da Via Costeira entre o Vale das Cascatas e o Hotel Vila do Mar foi registrado apenas um resíduo pouco representativo. Apenas foi recolhido uma amostra”, comentou Szilagyi

Opinião dos leitores

  1. Louckdown no Brasil não adianta!!! Só se botarem o exército nas ruas. O povo não respeita. O povo tá sem fazer nada então vão pras ruas e praias.

    1. Lockdown funciona se você pagar todas as minhas contas. Aí eu fico em casa sem fazer nada.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

ENTREVISTA NO MEIO-DIA RN: Vacinação para pessoas a partir de 60 anos deverá começar até quinta-feira, revela secretário de Saúde em Natal

O secretário de Saúde de Natal, George Antunes, confirmou em primeira mão Meio-Dia RN nesta terça-feira(27), que a vacinação para pessoas a partir de 60 anos deverá começar ainda nesta semana, entre quinta-feira(29) e sexta-feira(30).

Segundo George Antunes, a partir da imunização dessa faixa de idade, o próximo grupo a ser imunizado será o prioritário, que deverá começar a ser vacinado a partir do início de maio, na próxima semana.

Veja mais – VÍDEO: Veja como deverá ser a vacinação contra covid dos grupos prioritários em Natal a partir da semana que vem; secretário de Saúde do Município detalha

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Mossoró iniciou vacinação do primeiro grupo com comorbidades

Foto: divulgação
A Prefeitura de Mossoró iniciou nessa quinta-feira (22) a vacinação contra a COVID-19 do primeiro grupo das comorbidades por meio da campanha “Ação pela Vida”.
Os renais crônicos que fazem tratamento de hemodiálise começarão a ser imunizados mediante uma lista nominal encaminhada pela Secretaria Municipal de Saúde ao novo ponto de vacinação criado em Mossoró. São dez vacinadores atendendo no ginásio do SESI das 08 às 16 horas.
A iniciativa foi viabilizada graças à parceria da Prefeitura de Mossoró com a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), Sistema S (SESI e SENAI) e ainda o IEL no suporte de estágios.
“Mossoró continua vacinando os idosos da faixa etária dos 60 anos e todos aqueles que precisam tomar a segunda dose da vacina, e agora inicia o grupo das comorbidades, fazendo de Mossoró  uma das cidades mais avançadas nesta vacinação em todo o Nordeste”, afirmou o prefeito Allyson Bezerra.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Auxílio emergencial em 4 parcelas começa a ser pago na terça, dia 06

O Ministro da Cidadania, João Roma, anunciou nesta quarta-feira (31) que o pagamento do auxílio emergencial começará no dia 6 de abril.

Os trabalhadores poderão consultar, a partir de 1º de abril, se receberão a nova rodada do Auxílio Emergencial por meio do site da Dataprev, empresa estatal responsável por processar os pedidos.

“Iniciaremos na próxima semana, no dia 6 de abril, o pagamento do auxílio emergencial 2021. Como o presidente Bolsonaro falou, esse é um alento para o povo brasileiro. Esse auxílio emergencial viabilizado através da PEC emergencial com um valor de R$ 44 bilhões servirá para quatro parcelas no ano de 2021, que será direcionado diretamente para esse brasileiro vulnerável”, disse o ministro da Cidadania durante uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto nesta quarta-feira (31).

Ainda, segundo Roma, pagamento será destinado a “brasileiro mais vulnerável” e terá o valor médio de R$ 250, mas pode variar de R$ 150 a R$ 375 a depender da composição de cada família.

O presidente da República Jair Bolsonaro, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto, também participaram do evento.

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, para evitar aglomeração, o primeiro pagamento será feito por contas digitais. Saques serão liberados posteriormente.

G1

Opinião dos leitores

  1. Chamar isso de auxílio é uma piada! Esmola, isso sim, que além de pouca está vindo muito tarde.

  2. Hô Véio Bom da gota serena é o Presidente Bolsonaro.
    O homem é bom, o Véio é macho do cunhão rôxo.
    Tem tantos petistas e psolistas que estarão na fila da caixa econômica Federal.

    1. Tu conversa uma merda grande heim..

      Deixa de ser ridículo rapaz, sempre comentando a mesma frase feira, não tem nenhum argumento praticamente caga pela boca!

    2. Deve ser um preguiçoso. Ganha sem trabalhar. Passa o dia na internet perdendo tempo babando político de estimação

      Kkkkk

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

RN tem previsão de chuvas durante toda a semana; confira

Foto: Ilustrativa

No último final de semana, a Emparn registrou ocorrência de bons volumes de chuvas em todas as regiões do estado. Na região central, o acumulado superou os 100 milímetros (mm), como no município de São José do Seridó, com 172 mm acumulados, seguido de Timbauba dos Batistas com 158 mm. No Agreste o destaque foi para Coronel Ezequiel com 112,4mm. Esse cenário é fruto da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) na região Nordeste.

As análises da Unidade Instrumental de Meteorologia da EMPARN revelam que as chuvas ocorridas contribuíram para amenizar a temperatura no Estado. “A temperatura durante o final de semana variou entre 26C a 28C e a umidade relativa do ar média do final de semana variou entre 70% a 80% e, em algumas localidades como o Litoral Leste, Agreste e Chapada do Apodi, com valores acima dos 80%”, disse o chefe do setor, o meteorologista Gilmar Bristot.

Previsão

Para esta semana, a previsão é que as chuvas continuem ocorrendo em todas as regiões do Estado, provocadas pela atuação da ZCIT que se mantém na região.

A temperatura mínima, em Natal, deverá variar entre, 24oC nas madrugadas e dos 30oC, durante as tardes. Para o interior do Estado, no Seridó por exemplo, mínimas devem variar entre 20oC a 23oC e as máximas devem sem manter em torno dos 32oC. Nas regiões Serranas, as temperaturas oscilarão entre 20oC para as mínimas, chegando a 31oC, para as máximas.

29/03/21- segunda-feira- Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

30/03/21- terça-feira- Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

31/03/21-quarta-feira- Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

01/04/21-quinta-feira – Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

02/04/21-sexta-feira– Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

03/04/21- sábado– Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

04/04/21- Domingo Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *