Saúde

RN volta a ter toque de recolher a partir desta segunda-feira; de 20h às 6h, e integralmente aos domingos e feriados

O toque de recolher – uma das medidas do “Pacto Pela Vida”, adotada para conter a disseminação do coronavírus – está de volta. Em todo o Rio Grande do Norte, no período de 20h às 6h do dia seguinte, domingos e feriados, estão proibidos o funcionamento do comércio não essencial e a circulação de pessoas em vias públicas. A determinação faz parte do novo decreto estadual (Nº 30.458, DE 1º DE ABRIL DE 2021), que entra em vigor a partir desta segunda-feira (5) e vai até o dia 16 deste mês.

Com a retomada do toque de recolher, fica novamente estabelecido que a fiscalização do funcionamento do comércio deverá ser realizada pelos Municípios, cabendo às forças de segurança pública (como Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar) total apoio ao cumprimento do que determina o decreto estadual.

“Ainda estamos vivendo dias difíceis, com índices muito altos de contaminação pela Covid-19. E a nossa missão, como sempre, é garantir o que determina o decreto, priorizando um trabalho preventivo e de caráter educativo”, enfatizou o titular da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, coronel Francisco Araújo Silva.

“As forças de segurança, vale ressaltar, irão compor as equipes de fiscalização montadas pelas prefeituras, de forma a dar apoio e garantia da paz e da ordem públicas”, acrescentou o secretário.

“As forças de segurança do Estado estão à disposição das prefeituras, como vem sendo feito desde o início da pandemia, para proteger a sociedade do inimigo comum: transmissão do coronavírus, nas ações do Pacto pela vida, seguindo as determinações da Governadora”, reforçou o secretário extraordinário para Gestão de Projetos e Metas Fernando Mineiro, coordenador do Pacto Pela Vida no RN.

Não se aplicam as medidas de toque de recolher às seguintes atividades:

I – serviços públicos essenciais;

II – serviços relacionados à saúde, incluídos os serviços médicos, hospitalares, atividades de podologia, entre outros;
III – farmácias, drogarias e similares, bem como lojas de artigos médicos e ortopédicos;

IV – supermercados, mercados, padarias, feiras livres e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar, vedada a consumação no local no período do toque de recolher;

V – atividades de segurança privada;

VI – serviços funerários;

VII – petshops, hospitais e clínicas veterinária;

VIII – serviços de imprensa e veiculação de informação jornalística;

IX – atividades de representação judicial e extrajudicial, bem como assessoria e consultoria jurídicas e contábeis e demais serviços de representação de classe;

X – correios, serviços de entregas e transportadoras;

XI – oficinas, serviços de locação e lojas de autopeças referentes a veículos automotores e máquinas;

XII – oficinas, serviços de locação e lojas de suprimentos agrícolas;

XIII – oficinas e serviços de manutenção de bens pessoais e domésticos, incluindo eletrônicos;

XIV – serviços de locação de máquinas, equipamentos e bens eletrônicos e eletrodomésticos;

XV – lojas de material de construção, bem como serviços de locação de máquinas e equipamentos para construção;

XVI – postos de combustíveis e distribuição de gás;

XVII – hotéis, flats, pousadas e acomodações similares;

XVIII – atividades de agências de emprego e de trabalho temporário; XIX – lavanderias; XX – atividades financeiras e de seguros;

XXI – imobiliárias com serviços de vendas e/ou locação de imóveis; XXII – atividades de construção civil;

XXIII – serviços de telecomunicações e de internet, tecnologia da informação e de processamento de dados;

XXIV – prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doenças dos animais;

XXV – atividades industriais;

XXVI – serviços de manutenção em prédios comerciais, residenciais ou industriais, incluindo elevadores, refrigeração e demais equipamentos;

XXVII – serviços de transporte de passageiros;

XXVIII – serviços de suporte portuário, aeroportuário e rodoviário;

XXIX – cadeia de abastecimento e logística.

Em qualquer horário de incidência do toque de recolher, os estabelecimentos comerciais de qualquer natureza e prestadores de serviço poderão funcionar exclusivamente por sistema de entrega (delivery), drive-thru e take away.

Opinião dos leitores

  1. A governadora usando a policia para perseguir quem quer trabalhar e obter seu sustento, enquanto a bandidagem está livre para agir. Será que os traficantes vão respeitar tais medidas autoritárias?

  2. Os nazistas tinham uma frase que justificava todos os abusos do Estado: “Für Ilre sicherheit” … “Para sua segurança”. Estamos havendo tempos obscuros. O autoritarismo dos que vivem “arrotando democracia” está destruindo o direito das pessoas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

PGJ desautoriza promotor e pede extinção da ação contra toque de recolher no RN

Foto: Justiça Potiguar

O Procurador-Geral de Justiça, Eudo Leite, enviou requerimento ao desembargador Dilermando Mota, desautorizando o promotor Wendel Beetoven no mandato de segurança contra o toque de recolher do Governo do Estado, por ser de competência do PGJ impetrar ações contra a chefe do Poder Executivo, além de comunicar a desistência da ação pleiteada pelo promotor.

Na manifestação, Eudo Leite, pede que, “requer o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, por intermédio de seu Procurador-Geral de Justiça, o reconhecimento da ilegitimidade do impetrante, para, em nome do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, pleitear o presente remédio constitucional, ao passo em que requer a DESISTÊNCIA da impetração, extinguindo o feito sem resolução do mérito”.

Dilermando Mota marcou para hoje a tarde uma audiência de conciliação com o MP, Governo do Estado e Prefeitura de Natal para tratar do assunto.

Justiça Potiguar

https://justicapotiguar.com.br/index.php/2021/03/10/fogo-no-parquinho-pgj-desautoriza-promotor-e-pede-extincao-da-acao-contra-toque-de-recolher-no-rn/

Opinião dos leitores

  1. Parabéns Dr. EU DO LEITE, o senhor está agindo como um homem sensato e defensor da vida, e não como muitos ( incluindo o prefeito de Natal que usando a ideologia política não tem o mínimo respeito ao ser humano. Quando pensamos que está tudo perdido surge uma esperança através do senhor. Desde já conte com a minha admiração.

  2. Ou seja, promotor não manda em nada, só faz o que o PG autoriza, cadê a independência do MP?

    1. Fio, cada promotor atua dentro da sua competência. A competência nesse caso é do PGJ.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

TOQUE DE RECOLHER: TJ marca audiência com MP, Governo e Prefeitura de Natal no dia 10

Foto: Reprodução

O desembargador do Tribunal de Justiça, Dilermando Mota, agendou para a próxima quarta-feira, 10, às 14h30, uma audiência de conciliação entre representantes do Governo do Estado, Prefeitura de Natal, Federação de Municípios do RN e Ministério Público sobre a decretação do toque de recolher em todo o Estado.

A audiência foi motivada após pedido de reconsideração do promotor de Justiça, Wendel Beetoven, contra decisão liminar do desembargador Virgílio Macedo que havia negado pedido para suspender o decreto estadual.

Com o confronto de interpretações entre o Decreto Estadual e os decretos dos municípios como em Natal que não seguiu o toque de recolher, o Judiciário quer equacionar as diferenças em audiência com os representantes de cada ente.

Matéria completa AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Isso mesmo.
    Nesse momento precisa diálogo e falar em uníssono para o bem das pessoas.
    Rezando pra que Deus arrefeça os divergências, principalmente do prefeito que está esticando a corda, pra que o bem senso prevaleça nas decisões tomadas.

  2. Tenho 10 colaboradores segurei os 10 fechando até 22.00 hs. Agora recebi a visita de policia civil, bombeiros e PM as 17.30 hs. Me intimando a fechar as 20.00 após esse horário eu iria para a delegacia e séria autuado e meu comércio fechado, dispensei 7 colaboradores só eles esquecem os impostos que pago faz parte do salário deles, quando eles deveriam estar atrás de bandidos, agora r mais fácil intimidar um cidadão de bem.

  3. A quadrilha do STF foi quem autorizou essa lambança, e à população é quem está pagando a conta, com mortes e desemprego. Canalhas!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Fim de semana de toque de recolher fecha 9 estabelecimentos em Natal e registra TCOs no interior

O fim de semana registrou intervenções por parte das forças de segurança para fazer cumprir o toque de recolher no Rio Grande do Norte. Na capital potiguar, a polícia fechou nove estabelecimentos que não cumpriram toque de recolher. Na ocasião, também foram registrados termos circunstanciados entre sábado e o domingo (7), com extensão ao interior.

Confira abaixo resumo de ocorrências: 

De sábado (06/03) para domingo (07/03)

* 1 TCO lavrado em Nísia Floresta, com 6 homens flagrados em via pública depois das 20 horas, consumindo álcool e ouvido som.

* 2 TCOs em Messias Targino, com 2 autuados (proprietários de bares funcionando após o toque de recolher)

* 1 TCO em Patu (autuado o proprietário de um balneário que estava funcionando com pelo menos 30 pessoas aglomeradas no local)

* 2 TCOs em Várzea (duas pessoas conduzidas a DP por desobediência

* 1 TCO por desobediência ao decreto em Baía Formosa

* Em Natal, 5 estabelecimentos foram fechados e toda área da Orla de Ponta Negra

De domingo (07/03) para segunda (08/03)

* 1 TCO desobediência (São Paulo do Potengi

* 1 TCO desobediência (13 pessoas, em São Fernando

* Em Natal, 4 estabelecimentos fechados, com 2 autuações

Opinião dos leitores

    1. Chega a ser inacreditável ver gente como você apoiando uma atitude que está levando pessoas a miséria e matando as pessoas de fome trancadas dentro de casa, sem poder ganhar os seus 1000 reais suados por mês para trazer comida pra dentro de casa e alimentar sua família. É de uma crueldade indescritível.

      Perdoa-lhes senhor, porque eles sabem o que fazem…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Fátima: “Não vou iludir a população do Rio Grande do Norte afirmando que basta abrir leitos. É imperativo que a gente adote o isolamento social”

FOTO: ELISA ELSIE – ASSECOM/RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, declarou em entrevista coletiva, realizada nesta sexta-feira (5) na Escola de Governo, que o toque de recolher passará a ser das 20h às 06h, de segunda a sábado, e aos domingos será integral. O novo horário é válido a partir deste sábado (6), com a publicação do decreto em edição extra do Diário Oficial de hoje. Os serviços essenciais continuarão funcionando, mas para ter o direito de circular, as pessoas deverão comprovar a necessidade.

“O RN vive um pré-colapso no seu sistema. Todos os esforços estão sendo feitos para abertura de novos leitos, mas esse trabalho não está sendo o bastante para conter a propagação do vírus. Não vou iludir a população do Rio Grande do Norte afirmando que basta abrir leitos. É imperativo que a gente adote o isolamento social”, recomendou a chefe do Executivo estadual.

A ampliação do toque de recolher e as recomendações para os municípios, estão relacionadas ao novo decreto estadual que será publicado em edição extra do Diário Oficial do Rio Grande do Norte nesta sexta-feira (05). No mais, permanecerão em vigor as recomendações do decreto anterior, como a proibição de funcionamento de parques esportivos, circos, clubes sociais, suspensão de atividades religiosas, missas, cultos e congêneres, além de aulas presenciais e eventos corporativos.

Fátima afirmou que conversou com o prefeito da capital, Álvaro Dias, e com o prefeito Allysson Bezerra, de Mossoró, pedindo a compreensão de ambos para a adoção de medidas restritivas. “É nesse sentido que conclamamos mais uma vez aqui, população e prefeitos, para que nós estejamos unidos no pacto pela vida.”

A governadora disse ainda que continua lutando por mais vacinas para o estado, considerando que quanto mais avançarmos no processo de imunização, mais rápido seguiremos para a retomada da vida normal. “O Governo está fazendo sua parte e a população tem que fazer a sua parte também. É imprescindível que sejam cumpridas as determinações do decreto, para que a gente possa cuidar do povo potiguar”, reiterou.

Por fim, fez um apelo: “Não temos o direito de vermos todos os dias os nossos entes indo embora. Tenho dito que não sossegarei um só minuto para fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para salvar vidas do povo potiguar. A vida se impõe em qualquer situação. Em primeiro lugar, nós temos o dever e a obrigação de cuidarmos da saúde do nosso povo. Para que de mãos dadas possamos conter a propagação do vírus.”

O titular da Secretaria de Estado da Saúde (Sesap), Cipriano Maia, informou que o sistema Regula RN apresentou alta de 17 leitos relativos a novos óbitos – “o que mostra a gravidade da situação”, pontuou. Ele explicou que o novo decreto é baseado nas recomendações do Comitê de Especialistas da Sesap. Porém, além das medidas contidas no decreto, os especialistas emitiram um documento com uma série de recomendações, como por exemplo, a não propagação de medicamentos de prevenção, ”pois não há evidências científicas e pode dar a falsa ilusão de que as pessoas estão protegidas.”

BOLETIM COVID 

Casos – Confirmados: 171.943; Suspeitos: 93.241; Descartados: 370.755.

Óbitos confirmados: 3.709, sendo 14 nas últimas 24h – Natal (04), Parnamirim (02), João Câmara (01), Santo Antônio (01), Mossoró (04), Tenente Ananias (01) e São Rafael (01).

Suspeitos: 780; Descartados: 722.

Opinião dos leitores

  1. Presta atenção ZeGado abestalhado, vc está dormindo no mourao, o boi tá passando, vc está ficando irritado com muita facilidade, a grande questão é que seu cavalo não presta, bem como seu batedor de esteira, vc só leva zero e cambao.

  2. Não há economia, se não tiver vacina. Ela está tratando e fazendo o que deve ser feito como gestora. Não vê quem não quer. Não são leitos, hospitais e trabalhadores da saúde , exaustos, por uma população que não respeita o distanciamento social, as máscaras , o alcool gel, os decretos , etc. Portanto, economia não cresce, sem vacina. Isso é fato. Então se todos fizer sua parte, como ela está fazendo o dela, as coisas não estariam assim.

    1. Isso parece conversa de professor(a) q não tá dando aula, só querendo a vacina. Os coitados dos alunos da rede pública entregues as baratas. Desgovernadora professora de merda q fecha as escolas! Fiscalize lugares c aglomerações e não fechar quem trabalha corretamente. E uma genocida do intelecto das nossas crianças e jovens.

  3. Fátima deixou de usar máscara?
    Ela incentivou aglomeração?
    Chamou Covid de gripezinha?
    Desdenhou das vacinas?
    Se não, vão cobrar do verdadeiro exterminador…

  4. Uma grande liderança. Tem sabido agir com pulso. Espero aplica a política de obrigatoriedade de máscaras duplas o mais rápido possível.

    1. Não queria estar na pele dela. Acho que tem sido razoável, mas faltou mais pulso pras eleições e nas fiscalizações.

    2. Deixe de falar fezes, coloque uma burca sua anta, eu acho que nem duas máscaras aguentariam seu converseiro de merda

  5. UM ANO DE COVID e o que essa (des) governadora fez de efetivo para ajudar o povo potiguar? No início da pandemia, diziam que o tal isolamento seria para "achatar" a curva, evitar picos, enquanto se adequava o sistema de saúde. Não serviu para nada, então. Estamos PIORANDO, pelo que vemos. E, além do vírus e da precariedade do sistema público de saúde, vamos acabar de destruir a economia do estado. Em breve, as mortes ocorrerão por outros motivos. Que palhaçada!

    1. Estava melhorando até o pessoal tocar o zaralho, desde setembro passado. Taí o resultado.

  6. A carnificina acontecendo e o gado ouriçado.
    A culpa de TODO esse inferno é “nossa”! Quem aglomerou?
    Quem levou a doença para os pais em casa?
    E as festas clandestinas?
    E o negacionismo?
    Eu acho DESUMANO ter que penalizar quem quer simplesmente ter o direito de TRABALHAR, mas a culpa é do negacionismo das pessoas.
    Bando de hipócritas.

    1. "Gado negacionista". É cada uma mente brilhante… 1 ANO de pandemia e o cara está do lado de um governo em um estado com 200 e poucos leitos de UTI e SEM HOSPITAL DE CAMPANHA. Inacreditável. Isso é coisa de gente normal?

  7. Se essa mulher tivesse consideração ao povo não falaria em isolamento social, mas sim incentivaria o Isolamento Vertical, garantindo assim a dinâmica econômica.

    1. São muitos SEs né? E SE o MINTOmaníaco tivesse estimulado a população a cumprir medidas de proteção, usar máscaras e tal? E SE o inepto tivesse apresentado um plano nacional de proteção aos grupos de risco? E SE o negacionista presidente tivesse investido em ciência e em vacinas? E SE o jumento do presidente não estimulasse aglomeração ? Nunca teremos as respostas e a hora eh se empilhar mortos pela pandemia ! E quem se proteger eh pq eh maricas e faz mimimi talkei!

    2. Negacionista? Parece que só estão morrendo pessoas no Brasil. Na Europa está uma beleza.

    3. Manoel F e SE tu não tivesse nascido seria menos um jumento no mundo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Proprietários de restaurantes, garçons, maîtres, cozinheiros, auxiliares e terceirizados convocam manifestação às 20h desta sexta-feira em Ponta Negra

Foto: Reprodução

Após anuncio nesta sexta-feira(05) do Governo do Estado com o aumento do toque de recolher no Rio Grande do Norte, das 20h às 6h, de segunda a sábado, e nos domingos, de forma integral, proprietários de restaurantes, garçons, maîtres, cozinheiros, auxiliares e terceirizados convocam manifestação às 20h desta sexta-feira em Ponta Negra, contras medidas restritivas do Governo do Estado nesta pandemia. Leia abaixo a íntegra:

NÃO VAMOS ACEITAR!

“Sra. Excelentíssima governadora Fátima Bezerra, infelizmente o diálogo com nossa categoria não funcionou e não vamos aceitar essa falta de diálogo.

Fechar as 20h diariamente e não funcionar aos domingos é assassinar um setor que já está na UTI há mais de uma ano e nós não vamos aceitar!

Sabemos da gravidade da doença e que não temos leitos, mas não acreditamos que restaurantes e bares sérios que trabalham seguindo todas as normas de biossegurança são responsáveis pelo que está acontecendo.

Alguns poucos irresponsáveis fazendo aglomerações, festas e muita baderna não representa uma categoria toda, responsável e íntegra!

E por assim ser vamos nos fazer ter vez e voz!

Hoje as 20h em frente a feirinha de artesanato de ponta negra no semáforo, vamos protestar contra essas medidas genéricas que não se aplica a maioria de nós!

Traga sua máscara, face shield, álcool em gel e não aglomerem!

Vamos reivindicar em paz e com segurança!”.

Opinião dos leitores

  1. O Estado permitiu tudo que é aglomeração nas eleições, nas festas de fim de ano, no veraneio, e quase todas do Carnaval … Fechou leitos COVID-19, doou equipamentos a outros Estados… e agora vem quebrar a economia e trancafiar a gente em casa no dia que temos pra passear? Com que legitimidade? Logo um partido de esquerda decretando toque de recolher? Já no Decreto passado eu dizia … o problema é o precedente … Somos
    massa de teste de limites desses Governantes loucos! Ainda vamos pagar muito caro por essa apatia …

  2. ESSE PROTESTO TINHA QUE SER PELA COMPRA DE VACINAS!
    O GOVERNO JÁ DEIXOU DE APROVEITAR INÚMERAS OFERTAS DE VACINAS, ESPECIALMENTE FEITAS ANO PASSADO. PRECISAMOS DE VACINAÇÃO PARA RETOMAR A VIDA.

  3. Profissionais em desespero, impedidos de prover o sustento de suas famílias. E sendo criticados por imbecis sem a menor empatia, incapazes de reconhecer o sofrimento alheio. Que espécie de gente foi parida por essa esquerda fanática, que só pensa no poder e em suas "boquinhas"? A gente lê certos comentários por aqui e custa a crer que existam indivíduos assim. Certamente, são comissionados do governo estadual ou mesmo servidores insensíveis, a escória da humanidade. Lembrem que o castigo costuma vir "a cavalo". Segue o jogo

  4. Pelos comentários de alguns, os protestos só são legítimos de forem do MST, CUT e Cia. A CUT deveria está apoiando esses protestos. Kd os sindicatos que não se manifestam com tanta gente sem poder trabalhar?

  5. Basta meter um processo por desobediência civil e crime contra a saúde pública, dai taca aquela suspenção matreira no alvará dos "capins dourados" e rapidinho voltam ao normal e em poucos instantes, só digo isso.

  6. Muitos dos que votaram nessa irresponsável estão hoje sendo vítimas dela, Foram brincar de eleger bandidos comunistas e agora estão sofrendo, estão aprendendo pela dor.

  7. Tem que fazer manifestação em frente a casa da governadora, nunca mais voto nessa governadora .?

  8. Que absurdo!! Querem a empatia do governo e da população, mas não tem empatia com as pessoas doentes, sem leito, famílias que estão perdendo vidas!!

  9. Os trabalhadores têm nosso apoio. Será que vamos assistir calados a Satânica Fátima Bezerra implantar uma ditadura no RN?

    1. Vagabundo comunista faz baderna em horário comercial no dia de semana…., comunista é que não gosta de trabalhar. Deixa quem quer trabalhar e garantir o sustento de suas famílias reclamarem com todo o direito.

  10. Vão la pegar covid, agora torçam pra não passar pra algum ente querido e esse venha a falecer…

  11. Desce a borracha, o Decreto é para todos, ninguém tá achando bom. A Vida é a Meta. Liga p o choque.

    1. Pelo comentário pífio, vc deve ser funcionário público, Salatiel. São país de família que lutam pelo sustento da família. Tenha pelo menos bom senso, já que amor ao próximo aí em vc passou longe. Muito fácil ceriticar, quando já se tem o seu garantido.

      Que Deus abençoe esses pais de família e que nunca lhes falte o sustento para sustentar suas famílias.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Fátima confirma toque de recolher no RN a partir deste sábado, de 20h às 6h

Em entrevista coletiva no fim da manhã desta sexta-feira(05), a governadora Fátima Bezerra confirmou que vai acatar as recomendações do comitê científico da Sesap, diante da alta de casos de covid-19 no Rio Grande do Norte. Entre as mudanças mais significativas, o aumento do toque de recolher, que passará a ter validade já neste sábado(06), das 20 às 6h.

A governadora ainda disse que o toque de recolher valerá de segunda a sábado e, integralmente, aos domingos.

Opinião dos leitores

  1. Ditadura se instalando no RN. Onde estão as Guardiães da Constituição? Ou não existem mais?

  2. BOLSONARO GANHOU AS ELEIÇÕES, A PETEZADA SÓ FALAVA EM DITADURA.
    KKKKKKKKKK
    OLHEM AÍ QUEM SÃO OS DITADORES.
    PERCEBEM???
    É muito engraçado esse povo da esquerda.
    Palhaçada.
    Agora vamos vê o que pensa os prefeitos.
    Eles é que dão a última palavra.
    Foi assim que julgou os meninos do STF.
    Um cabaré tem mais moral do que certas coisas no Brasil.
    O resultado é essa cachorrada e o povo pagando com as vidas.
    É imoral!!

  3. Isso governadorA!!!!!
    Bote pra torar!!
    Bolsonaro precisa de uma lição.
    Tem todo meu apoio pra destruir a economia e matar o povo de fome.
    Parabéns.

  4. Vamos deixar de mimimi e choradeira, a governadora e os prefeitos estão corretos nessas medidas a culpa é de parte da população que ainda acha que é uma cripizinha. Vacina Já.

    1. Veja a entrevista da Dra Roberta Lacerda!!
      Tratamento precosse e bora trabalhar. Lockdown e fica em casa só leva a um resultado : falências e fome

  5. Ela só não explica os 5 milhões do Consórcio Nordeste, muito menos os respiradores quebrados, mas comprados a preço de ouro. E a imprensa calada como se nada tivesse acontecendo!
    1 ano dessa merda e não houve preparação alguma pra enfrentar a crise.
    Vão quebrar o país, quebrar mesmo, no intuito de não deixar o Presidente, que é outro louco, se reeleger.
    Tamo na merda!!

  6. Quero saber como o trabalhador q pega cedo no trabalho
    Só vai poder sair depois das 6

  7. Faz coletiva e toda uma papagaiada, mas nada de publicar o decreto.

    Faltam menos de 11 horas pra entrar em vigor e ninguém sabe ainda da redação.

  8. Essa Desgovernadora louca vai quebrar tudo vão morrer todo mundo de fome, ela quer piorar tudo, isso é viés político e ninguém enxerga ? Estamos ferrados o RN só afunda com os governantes .

  9. 5 milhões + 1,5 milhões + contrato de ambulância ? = fique em casa. Que Deus cuide do povo dessa terra.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Primeiro fim de semana com toque de recolher no RN soma duas pessoas detidas por desobediência

O primeiro fim de semana de vigência do toque de recolher no Rio Grande do Norte foi considerado tranquilo pelas forças de segurança pública. Duas ocorrências policiais foram registradas até então, após o decreto publicado pelo Governo do Estado como medida de contenção da pandemia do novo coronavírus no estado.

Na noite do sábado (27/02), em Natal, um homem foi detido no bairro Potengi, na Zona Norte, ao se recusar a deixar o bar em que bebia. Passava das 22h45 quando a Polícia Militar chegou ao local e levou o homem para a Delegacia de Plantão. Já neste domingo, uma ocorrência semelhante aconteceu em São José do Campestre, onde um homem também resistiu ao cumprimento do decreto. Ele foi detido e levado para a Delegacia Regional de Nova Cruz.

Nos dois casos, segundo a Polícia Civil, foi assinado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e os detidos liberados para irem imediatamente para seus lares.

O toque de recolher no Rio Grande do Norte teve início na noite do sábado (27), e deve seguir em todo o estado até o dia 10 de março.

“Para garantir o cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus, a professora Fátima Bezerra, governadora do estado, determinou que nós disponibilizássemos todas as forças de segurança disponíveis, e é isto o que estamos fazendo, sempre cumprindo o programa Pacto Pela Vida”, destacou o coronel Francisco Araújo Silva, titular da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED).

Opinião dos leitores

  1. Prendem a pessoas para aglomerar nas delegacias. Se confinamento salva vidas então por que soltaram os presos?????

  2. Nunca pensei que a gloriosa polícia ia se prestar à um papelão desses, prender bêbados kkkkkk Kkk.
    Corram que a polícia vem aí , Locademia de polícia 2 o filme kkkkkk

    1. É isso só tá acontecendo pq temos um inepto negacionista no planalto…

    2. Respeita as forças de segurança potiguares. Estão dando vidas, como sempre, para proteger a sociedade. Correndo risco deles próprios se contaminarem com esse vírus mortal. Ignorância tem limites. Alerta! Negacionista!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

TOQUE DE RECOLHER: Governador anuncia decreto que proíbe circulação de pessoas entre 19h e 6h em Manaus

Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

O governador Wilson Lima anunciou, nesta quinta-feira (14), um decreto que proíbe a circulação de pessoas em Manaus entre 19h e 6h. Todas as atividades, exceto serviços essenciais para a vida, também estarão proibidos de abrir. A medida deve valer a partir da publicação do decreto, prevista ainda para esta quinta.

A capital amazonense enfrenta um colapso no sistema de saúde por conta do avanço dos casos de Covid-19, e sofre com hospitais e cemitérios lotados, além de falta de oxigênio nas unidade. Até esta quarta (13), mais de 5,8 mil morreram com Covid no estado.

De acordo com Wilson Lima, dentre as novas medidas de restrição contra a Covid, estão:

suspensão do transporte coletivo de passageiros entre rodovias e rios do estado;

fechamento de todas as atividades e circulação de pessoas entre 19h e 6h;

farmácias devem funcionar, entre 19h e 6h, por delivery ou sob demanda;

circulação de pessoas só será permitida, entre 19h e 6h, para quem trabalha em áreas estratégicas: saúde, segurança pública, imprensa.

Ainda segundo governador, o Estado estrou com uma ação na Justiça para que a empresa fornecedora de oxigênio garanta o abastecimento nas unidades de saúde em quantidade suficiente para atender a todos.

Além disso, o governo deve montar um grupo de apoio a familiares de pacientes com Covid-19 transferidos para atendimento médico em outros estados. Amazonenses internados devem ser transferidos para Goiás, Piauí, Maranhão, Brasília, Paraíba e Rio Grande do Norte.

“Nós estamos em uma operação de guerra. Hoje, o oxigênio é o produto mais consumido diante dessa pandemia de Covid 19. Hoje o estado do Amazonas, que é referência no mundo, em que todo o mundo volta os olhos pra cá, está clamando, está pedindo por socorro”, declarou Lima.

G1

Opinião dos leitores

  1. Enquanto isso, aqui em Natal, o alecrim e as feiras livres estão bombando. É uma irresponsabilidade sem tamanho desse prefeito.

    1. É só uma gripezinha!

      O brasileiro nao pega nada!

      A questão do coronavirus está superdimensionada!

      Nao sou coveiro tá certo?!

      E daí, quer que eu faça o que?

      Tem que acabar com esse negócio.

      Lamento os mortos, todos nós vamos morrer um dia.

      Não adianta fugir disso, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um país de maricas.

      Eu nao tomo vacina!

      A pandemia tá no final!

      Essas frases sao do seu presidente genocida, gado.

    2. Quero mais!
      Mais fundo! Isso!
      Não para!
      Aumenta a pressão!
      Que delicia! Tô adorando!
      Frases da tia Cacá, durante aplicação de ozônio pelos sobrinhos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Covid-19: Argentina decreta toque de recolher após aumento de casos

FOTO: FLICKR

Depois de atingir pelo terceiro dia seguido a marca de mais de 13 mil novas pessoas infectadas pelo coronavírus, o chefe da Casa Civil argentina, Santiago Cafiero, anunciou nesta sexta-feira (8) algumas diretrizes gerais que terão como objetivo conter a disseminação do coronavírus no país.

A medida mais drástica é o toque de recolher, que começará a valer a partir da publicação no Diário Oficial, o que deve ocorrer ainda na tarde desta sexta-feira (8). A proposta é de que, entre as 23h e as 6h, a circulação de pessoas seja restrita somente a trabalhadores e a quem dependa de serviços essenciais.

O decreto publicado estabelecerá uma série de recomendações sobre o toque de recolher, mas cada cidade definirá como as medidas serão aplicadas aos seus cidadãos. A expectativa das autoridades da Argentina é de que as medidas se estendam ao longo de 14 dias.

A ideia do governo é reduzir a circulação de pessoas nas ruas no horário noturno, principalmente de jovens e restringir as reuniões a um número máximo de 10 pessoas.

Também faz parte da estratégia para conter o número de casos a diminuição de voos nacionais e internacionais. As autoridades também pretendem que um exame PCR seja realizado em cada passageiro que desembarcar no país.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *