Em Natal, paciente faz cálculos matemáticos durante cirurgia no cérebro

Médicos conseguiram remover 100% do tumor utilizando o método ‘awake craniotomy’. Foto: Divulgação

Na semana passada, enquanto o mundo falava sobre a paciente inglesa que foi submetida a uma cirurgia no cérebro, no qual os médicos optaram por mantê-la acordada e ainda pediram para que ela tocasse um violino durante a intervenção, em Natal-RN também aconteceu algo parecido. A diferença foi que, ao invés de tocar algum instrumento musical, a paciente potiguar fez cálculos matemáticos durante o procedimento.

Uma equipe de neurocirurgiões potiguares fez uma cirurgia parecida para retirada de um tumor no cérebro de uma mulher formada em matemática. Durante a cirurgia, a paciente de 37 anos de idade se manteve acordada, fazendo cálculos complexos de maneira que a equipe pudesse avaliar sua fala e seu raciocínio, minimizando o risco de déficits.

Localizado no lobo frontal esquerdo, o tumor estava próximo de áreas cerebrais da linguagem e da cognição. Essa região é crucial para quem utiliza a fala e o raciocínio lógico e, em alguns pontos, o tumor estava tão perto que qualquer erro poderia comprometer o funcionamento.

Os médicos conseguiram remover 100% do tumor sem afetar nenhuma área do cérebro. Recuperada da cirurgia, ela já recebeu alta e está em casa com sua família. Antes do procedimento, a equipe de especialistas mapeou todo o cérebro da paciente para descobrir quais eram as áreas ativadas quando ela falava e fazia cálculos.

“A ‘awake craniotomy’ é um recurso cirúrgico utilizado em pacientes que possuem lesões cerebrais, como os tumores e displasias, próximas a área da linguagem. Com esse método, conseguimos minimizar possíveis déficits, pois o paciente interage conosco durante o procedimento”, explica Dr. Thiago Rocha.

Estavam na equipe, os neurocirurgiões Dr. Thiago Rocha, Marcos Moscatelli e Erton César, além do anestesista Wallace Andrino e o neurofisiologista Luiz Paulo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Calebe disse:

    Graças a DEUS uma equipe de excelentes Médicos, parabéns!!! Precisamos de mais notícias dessa qualidade. Temos Ciência e Ótimos Profissionais.

  2. Lampejão disse:

    Parabéns aos Doutores,e saúde a paciente!!

FOTO: Mulher toca violino durante cirurgia em seu cérebro

Foto: Getty Images / Minha Vida

Cirurgias, normalmente, são realizadas com o paciente sedado e ele dificilmente consegue sentir ou ter consciência do que está acontecendo durante o procedimento. É exatamente por isso que uma operação realizada em uma mulher inglesa está dando o que falar no mundo.

A instrumentista Dagmar Turner, de 53 anos, precisou passar por uma cirurgia no King’s College Hospital, em Londres, para a remoção de um tumor no cérebro. Os médicos, no entanto, optaram por mantê-la acordada e ainda pediram para que ela tocasse um violino durante a operação.

Localizado no lobo frontal direito, o tumor de Turner estava próximo de áreas cerebrais que são responsáveis por coordenar os movimentos de sua mão esquerda. Essa região é crucial para quem toca violino e, em alguns pontos, o tumor estava tão perto que qualquer erro poderia ser catastrófico.

Por isso, antes do procedimento, um time de especialistas passou duas horas mapeando todo o cérebro de Turner para descobrir quais eram as áreas ativadas quando ela tocava o violino.

Após as análises, os médicos conseguiram remover mais de 90% do tumor sem comprometer as habilidades motoras de Turner. Recuperada da cirurgia, ela pode voltar para casa com sua família apenas três dias depois do procedimento.

“Nós fazemos cerca de 400 ressecções (remoção de tumores) todos os anos, que frequentemente envolvem pacientes ativos para fazermos testes de linguagem. Mas esta é a primeira vez que vejo uma paciente tocar um instrumento durante a cirurgia”, disse o neurocirurgião Keyoumars Ashkan, que atendeu Turner.

Apesar de inusitada, a decisão foi tomada como forma de garantir que a musicista não perdesse as habilidades motoras e cognitivas responsáveis por seu talento musical. E o resultado não poderia ser mais surpreendente.

Terra, com Minha Vida

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. lula presidente disse:

    Quer dizer q não precisa de cérebro pra tocar violino? Pensei q essa dispensa era só pra sanfoneiro exclusivamente. Kkkkkkk

    • Juninho Play disse:

      "só" e "exclusivamente" na mesma oração. Tinha que ser um filho de lula mesmo. kkkkk

    • Chico da Burra disse:

      Quem está precisando de um cérebro é você amigo!!!

    • Seca Mané disse:

      Pra tocar violino eu não sei mas pra entender o que lê e fazer comentários é preciso ter cérebro sim.

ABC: Wallyson realiza cirurgia e procedimento é bem-sucedido


O atacante Wallyson realizou na noite dessa quinta-feira (6), na Prontoclínica Dr. Paulo Gurgel, a cirurgia para a correção da fratura na tíbia na perna direita. A lesão foi sofrida nessa quarta-feira (5), na partida contra o Aquidauanense/MS, em Aquidauana (MS), em jogo de estreia na Copa do Brasil 2020.

A cirurgia foi conduzida pelo médico Fábio Freire, do Departamento Médico do ABC, e pelos médicos Ricardo Araújo e Igor Sousa, além do médico anestesista Igor Pignataro. O procedimento foi bem-sucedido e considerado um sucesso.

“A cirurgia ocorreu tudo bem, tudo tranquilo, conforme o planejado. Colocamos uma haste intramedular, procedimento que durou cerca de uma hora e meia. A fratura foi bem reduzida, bem fixada, e o nosso planejamento agora é esperar a consolidação no osso, em média de dois a três meses, e iniciar a reabilitação do atleta para que ele volte ainda melhor”, explicou Fábio Freire.

Wallyson dormirá no hospital e a expectativa dos médicos abecedistas é que o atacante receba alta médica nesta sexta-feira (7), quando de imediato iniciará o trabalho de recuperação com os médicos e fisioterapeutas alvinegros.

Com informações do site do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Wallace "ABC" disse:

    Deus é Grande Wallyson ele está com você, força vai volta logo.

  2. heim? cuma? disse:

    Pô, o mago quando tá nos trinques vem uma dessa… mas… fé em Deus! #FORÇAMAGO

  3. ABC disse:

    Força craque, o ABC precisa de você.

  4. Bento disse:

    Boa recuperação garoto

PANCADA NO ABC: Wallyson sofre fratura e passará por cirurgia

Foto: Luciano Marcos/ABC F.C.

Uma péssima notícia. O atacante Wallyson, ídolo abecedista e artilheiro do clube na temporada, sofreu uma grave lesão no primeiro tempo da partida contra o Aquidauanense/MS, nesta quarta-feira (5), pela 1ª fase da Copa do Brasil, e teve que deixar o campo de ambulância.

O craque alvinegro foi encaminhado imediatamente para um hospital na cidade de Aquidauana (MS), recebeu pronto atendimento e passou por um exame de imagem. O resultado constatou uma fratura na tíbia da perna direita e a necessidade de um procedimento cirúrgico. O atacante foi medicado e liberado para retornar ao hotel.

Wallyson voltará com a delegação para Natal (RN) e fará a cirurgia para correção da lesão na noite desta quinta-feira (6), na capital potiguar.

Com informações do site do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bosco disse:

    Sou abecedista! Mas um amante de um bom futebol nas quatro linhas. Um ABC x América ( não importa o vencedor) não terá a mesma graça. Força! Wallyson.

  2. Zezim disse:

    Também sou América mas desejo força ao Wallyson e uma boa recuperação.

  3. Gilvan disse:

    Apesar de Americano eu desejo pronta recuperação ao atleta, que Deus abençoe o procedimento e que tudo corra na mais absoluta normalidade.

  4. aof disse:

    Pronta recuperação, Walisson! Meu prazer seria derrotá-lo nas 4 linhas. Que a cirurgia seja bem sucedida e toda sorte do mundo para você. Menos contra o meu América.

  5. Elza Soares disse:

    Força para Wallyson, DEUS abençoe ele.

  6. Icaro disse:

    Ele tem que se recuperar logo, pois o América tem que ganhar do Abc com Wallyson em campo!

  7. Futebol sem frescurinha disse:

    Ciro Aranha, é uma pena, o melhor jogados do Nordeste. Mais mais voltará logo, estamos torcendo, vamos ser Capeão, como presente para vc, Campeão.

  8. Torres disse:

    Melhoras para Wallyson, que Deus abençoe na recuperação!!

  9. heim? cuma? disse:

    #FORÇAMAGO

  10. Futebol sem frescurinha disse:

    Ok pra, perdemos o melhor do Nordeste, futebol é isso, mais voltará logo. Se Deus quiser.

  11. J. Fernandes disse:

    #ForçaMago
    A Frasqueira está com você!

  12. Rivanaldo disse:

    Triste demais. Sou Americano e torço para que ele se recupere o mais rápido possível.

VÍDEO – Cirurgia inédita em crianças no Brasil: menino se recupera após transplante de coração artificial

Foto: Reprodução/TV Globo. Assista reportagem aqui

Guilherme carrega uma bolsinha, que é parte externa de uma bomba que foi implantada no coração dele. Em 2019, o menino descobriu que tinha doença celíaca, uma doença autoimune desencadeada pela reação ao glúten. Ele emagreceu dez quilos no primeiro semestre e, de julho para agosto, passou mal algumas vezes. Foram mais de 20 dias internado até que um raio-x revelou que o coração dele estava bem inchado.

O problema não era só esse. Uma inflamação causada por um vírus tinha provocado uma falência severa no órgão. Ou seja, mais da metade do coração não estava bombeando sangue. Os médicos descobriram que o Guilherme tem um problema de falência do músculo cardíaco. O músculo dele é fraco. Depois de um tempo, os médicos decidiram parar de esperar por um transplante de coração humano para tentar o implante do coração artificial. Seria a primeira cirurgia desse tipo em uma criança no Brasil.

Mesmo entre adultos, esse transplante não é comum: são 17 outros casos no Brasil. Para o Guilherme, a máquina é temporária, um jeito dele recuperar força e sair do hospital. E nada como voltar para casa, rodeado por pessoas amadas, cercado de boas sensações.

Fantástico – Globo

Cirurgia de transição de gênero ganha novas regras, e só está liberada a partir de 18 anos; veja outras

Foto: Alexandre Mauro / G1

Novas regras para a cirurgia de transição de gênero foram publicadas pelo Conselho Federal de Medicina nesta quinta-feira (9). A portaria que saiu no Diário Oficial da União amplia o acesso à cirurgia e também ao atendimento básico para transgêneros na rede pública de saúde.

A norma estabelece a idade mínima de 16 anos para o início de terapias hormonais e define regras para o uso de medicamentos para o bloqueio da puberdade. Procedimentos cirúrgicos envolvendo transição de gênero estão proibidos antes dos 18 anos.

A portaria também estabelece que crianças ou adolescentes transgêneros devem receber tratamento de equipe multiprofissional e interdisciplinar sem nenhuma intervenção hormonal ou cirúrgica.

A atenção médica deve ser composta por pediatra, psiquiatra, endocrinologista, ginecologista, urologista e cirurgião plástico.

As novas regras do CFM também preveem acompanhamento aos familiares dos pacientes trans, com autorização expressa do transgênero.

Procedimentos cirúrgicos e hormonais também são proibidos em pessoas com diagnóstico de transtornos mentais que os contraindiquem.

Na resolução, o Conselho Federal de Medicina também reconhece as expressões identitárias relacionadas à diversidade de gênero. Transgênero é a pessoa que se identifica com o gênero oposto ao qual ela nasceu:

Consideram-se homens transexuais aqueles nascidos com o sexo feminino que se identificam como homem.

Consideram-se mulheres transexuais aquelas nascidas com o sexo masculino que se identificam como mulher.

Considera-se travesti a pessoa que nasceu com um sexo, identifica-se e apresenta-se fenotipicamente no outro gênero, mas aceita sua genitália.

Considera-se afirmação de gênero o procedimento terapêutico multidisciplinar para a pessoa que necessita adequar seu corpo à sua identidade de gênero por meio de hormonioterapia e/ou cirurgias.

Resoluções anteriores

O procedimento de transição de gênero é realizado no Brasil desde o fim da década de 1990, quando o CFM autorizou e criou algumas regras. O texto publicado em 1997 dizia que um transexual deveria obedecer a alguns critérios, como “desconforto com o sexo anatômico natural” e “desejo expresso de eliminar os genitais, perder as características primárias e secundárias do próprio sexo e ganhar as do sexo oposto”, por exemplo. Para a cirurgia, era necessário ter o mínimo de 21 anos.

O procedimento, porém, só foi incorporado ao SUS em 2008, o que permitiu que o número de cirurgias aumentasse ao longo dos anos. A primeira cirurgia no país, porém, ocorreu em 1971 pelo cirurgião Roberto Farina. Ele chegou a ser condenado por isso. Farina também fez a primeira cirurgia em um homem transexual no Brasil – o paciente foi o psicólogo e escritor João Nery, autor do livro “Viagem solitária – memórias de um transexual 30 anos depois”.

Já a primeira cirurgia de redesignação sexual na rede pública no Brasil foi realizada em 1998, no Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas. Na época, o procedimento só foi possível após a resolução 1482/97 do CFM. A primeira mulher trans a ser operada pela rede pública de saúde foi Bianca Magro, em 1998.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Acorda Brasil disse:

    O problema dessa cirurgia é que cada uma das trilhões de células do indivíduo vão continuar com os mesmos cromossomos determinando se é macho ou fêmea.

  2. Tiranno disse:

    O GRANDE PROBLEMA É QUE AS PESSOAS ESQUECEM DE VIVER A VIDA DELAS PARA SE INCOMODAR COM A VIDA DOS OUTROS…É ASSIM QUE SE PEGA OUTRO OU OUTRA NA CAMA…É MUITO CHIFRE…CADA UM FAZ O QUE GOSTA….

  3. CURITIBA JA disse:

    NÃO ENTENDI, ISTO TUDO E PARA VIRAR BAITOLA???? OU SAPATÃO????

    • Cigano Lulu disse:

      Quando você entender vira governadora da taba de Poti. Entendeu?

    • Luciano disse:

      Ninguém vira nada, se nasce assim, gay ou lésbica é uma condição natural da sexualidade da pessoa, agora homem querer virar mulher e mulher querer virar homem é algo bem mais complicado .

Espirro salva menino em GO que esperava cirurgia para retirar moeda

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um menino de 9 anos ficou dois dias com uma moeda presa dentro do nariz, em Itumbiara. Ele estava aguardando uma vaga para fazer uma cirurgia e retirar a moeda, de R$ 0,50, mas, graças a um espirro, ela se moveu e foi possível fazer a remoção do objeto.

Deivid Henrique Moraes Silva estava brincando com a moeda no domingo (22) quando ela entrou no nariz e ficou presa. “Quando eu pus, isso daqui [narina] abriu. Aí quando abriu, eu fui tentar tirar e enfiou mais”, disse.

O menino ficou tão assustado que não sabia como contar para o pai o que havia acontecido. “Ele ficou ali me rodeando, ai falei para ele me contar o que aconteceu. Com muita luta ele contou que tinha colocado a moeda”, disse o pai, Regiano Pires.

Assustado, o pai levou a criança para o hospital municipal. O menino deu entrada na mesma noite e ficou aguardando uma transferência para Goiânia para poder fazer uma cirurgia e retirar a moeda.

O garoto ficou esperando a vaga por dois dias. Porém, o alívio para Deivid e a família veio com um espirro. A moeda se mexeu e o médico conseguiu retirá-la.

“Quando ele espirrou, disse: ‘Pai, pai, a moeda está bem aqui. O doutor chegou na mesma hora, olhou, pegou uma pinça, puxou e tirou a moeda’”, contou Regiano.

G1-GO

 

Cirurgia para Parkinson começa a ser realizada pelo SUS

Foto: Hypeness 

Pela primeira vez na última quinta-feira foi realizada através do convênio do Sistema Único de Saúde (SUS) uma cirurgia de estimulação cerebral profunda. Também conhecido como DBS (sigla em inglês para Deep Brain Stimulation), o procedimento aconteceu no Hospital PUC-Campinas pelas mãos dos neurocirurgiões Carlos Melro, Juliana Zuiani e o residente Mateus Deltreggia, e é um dos mais eficazes tratamentos para o Mal de Parkinson, além de outros distúrbios de movimento e distonia.

A cirurgia e o tratamento já são realizadas através de convênios privados pela equipe, pelo custo nada módico de R$ 100 mil – daí a importância da feitura através do SUS. O primeiro procedimento pelo sistema público foi feita em uma mulher de 55 anos e durou quatro horas. “Andar sem ajuda de andador, controle dos sintomas motores, independência e redução dos medicamentos, são alguns dos resultados da cirurgia”, explicou Carlos Melro.

Após a recuperação cirúrgica, em duas semanas a paciente retornará ao hospital para ligar os eletrodos – e, com isso, segundo os médicos, o bem-estar e a qualidade de vida da paciente estará de volta. As demandas pela cirurgia passarão a ser administradas pelo SUS, e serão realizadas como parte da assistência do Hospital PUC-Campinas, com apoio da diretoria e da equipe multiprofissional.

R7, via Hypeness

Homem precisou de cirurgia no pênis após ereção de 36 horas

Reprodução/SWNS

Um homem de 41 anos viveu uma experiência inusitada e incrivelmente perigosa relacionada à “ereção mais duradoura de sua vida”. De acordo com Eliott Rossiter, 36 horas foi o tempo em que seu pênis manteve-se ereto, o que exigiu que ele passasse por um procedimento cirúrgico.

Ao portal SWNS o homem conta que a ereção, que “não foi sexual de nenhuma maneira”, surgiu de forma inesperada durante uma visita a uma amiga na cidade de Nice, na França. Na época, em 2016, Eliott lutava contra uma dependência de analgésicos e aquela foi a primeira situação em que decidiu não tomá-los.

“Não estava acontecendo nada demais. Estávamos conversando e a ereção simplesmente apareceu. Tentei contar à minha amiga, Jenny, mas era muito constrangedor”, recorda ele, que diz que a ereção era “muito maior do que de costume”.

“Eu esperei por mais de uma hora e simplesmente não resolvia. Tentei me aliviar da maneira tradicional, mas também não resolveu”, disse. Após 19 horas de “agonia”, o homem precisou ir ao hospital.

Depois de injeções para reverter a ereção sem sucesso, Eliott foi diagnosticado com priapismo, uma espécie de exagero do apetite sexual e que, no caso dele, foi causado pelo excesso de analgésicos. Caso negligenciada, a condição pode oferecer sérios riscos e até destruir o tecido do pênis.

O tratamento para o priapismo também não é nada agradável. Para drenar o sangue acumulado no músculo, um pequeno furo foi feito no órgão, o que segundo o homem, deixou-o “aterrorizado”. Felizmente, a cirurgia foi um sucesso e não deixou sequelas além de uma pequena cicatriz.

IG

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. toni disse:

    olha aqui essa amiga devia se muito gostosaaaaaaaaaa!!!!!! por isso o malandro não aguentou e ai o negocio cresceu não teve jeito sacooooo!!!!

Ferdinando Teixeira passará por cirurgia na segunda-feira; ex-treinador está internado em Natal após infarto

(Foto: Augusto Gomes)

Após um infarto sofrido nessa terça-feira(23), o ex-treinador Ferdinando Teixeira se recupera bem. Ele se encontra internado na capital potiguar, e deverá passar por uma cirurgia – angioplastia – no início da próxima semana, possivelmente, na segunda-feira(29).

O professor de 73 anos realizou um cateterismo nessa quarta-feira(24), que acusou 98% de uma coronária entupida e outras duas artérias com 70%. No procedimento agendado para a próxima semana, o ex-treinador vai fazer uma angioplastia para colocar três stents para resolver a situação.

Ferdinando Teixeira é o maior vencedor do Campeonato Potiguar, como treinador, com 11 títulos. Foram cinco conquistas pelo ABC, quatro pelo América e duas pelo Alecrim.

Cirurgia de aumento peniano é uma farsa, diz estudo

GETTY IMAGES

O tamanho do pênis pode influenciar a autoestima de muitos homens. Por estarem insatisfeitos com o órgão, alguns recorrem a cirurgia de aumento peniano. Entretanto, de acordo com um estudo divulgado pelo The Guardian, esses métodos não funcionam, além de serem arriscados e causar danos físicos e psicológicos aos pacientes.

Segundo os pesquisadores, existem poucas evidências de que os procedimentos cirúrgicos possam aumentar o tamanho do pênis. Na verdade, a intervenção pode causar a falta de ereção permanente, deformidades, disfunção erétil e até encurtamento da genitália.

“Esses procedimentos nunca devem ser feitos”, afirma Gordon Muir, urologista do King’s College Hospital, em entrevista ao site. De acordo com o especialista, a cirurgia pode custar de 30 a 40 mil euros, o que equivale a uma média de 140 a 180 mil reais.

Como o estudo foi feito

Os cientistas levantaram dados de 17 pesquisas que analisavam 21 formas de realizar o aumento peniano, de maneira cirúrgica ou não. 1,192 homens passaram por esses procedimentos ao todo.

As duas formas mais comuns de aumento peniano envolviam enchimento dérmico no pênis, e uma operação chamada incisão do ligamento suspensor, onde o cirurgião faz um corte acima do órgão e divide o ligamento que o “levanta”.

De acordo com Gordon, a maioria dos homens que passa por essa operação possuem um pênis de tamanho padrão, entretanto, acreditam ter um membro pequeno. Porém, após a cirurgia, a maioria se decepciona com os resultados, e ainda sai com traumas.

Entenda mais sobre o assunto

O urologista Valter Javaroni escreveu um artigo sobre o assunto, explicando se os exercícios para aumentar o pênis podem funcionar, além de analisar por que os homens possuem a fixação pelo aumento peniano.

Minha Vida

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José disse:

    O babaca do H q acha q uma pica grande faz mulher gozar, deveria ler mais pouco e pensa cabeça de cima e não a de baixo, hipócritas….

Secretário Luiz Roberto Fonseca faz cateterismo e angioplastia, mas passa bem

SECRETÁRIO DE SAÚDE DO RN LUIZ ROBERTO - FOTO Wellington RochaO secretário Municipal de Saúde de Natal, Luiz Roberto Fonseca, internou-se no final da manhã desta segunda-feira (4) na Promater para realizar uma angioplastia e um cateterismo. O secretário estava despachando na SMS-Natal quando sentiu fortes dores no peito e procurou atendimento na Promater.

Ele foi diagnosticado com um quadro de Síndrome Coronariana Aguda e a equipe médica decidiu realizar logo o procedimento. Luiz Roberto Fonseca está em observação, o quadro é estável ele passa bem.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ronaldo disse:

    Cadê que ele foi para a rede pública?

Mulher passa por cirurgia em genitália após tentar entrar em presídio do RN com droga

Uma mulher foi parar na Urgência do Hospital Regional de Caicó, para retirar das partes íntimas certa quantidade de drogas. Tudo começou quando a jovem de 21 anos, residente em Carnaúba dos Dantas, tentou entrar na Penitenciária Estadual do Seridó, com drogas na vagina, mas, foi flagrada na entrada da Unidade.

Levada ao Itep, a droga não foi retirada porque era grande a quantidade, e teve que ser levada ao Hospital Regional. Somente com anestesia é que os enfermeiros conseguiram. Depois, a mulher foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, onde passa por autuação em flagrante.

A mulher disse que foi ao presídio para visitar seu marido que cumpre pena na Unidade.

Com informações do blogueiro e radialista Sidney Silva

Operada por câncer de fígado, campeã do Big Brother Brasil pede a fãs que rezem por ela

19ago2013---marila-melilo-na-pre-estreia-de-se-puder-dirija-em-shopping-de-sao-paulo-1376975273424_615x300 Por conta de um câncer no fígado, a campeã do “BBB11” Maria Melilo passou por uma cirurgia na última segunda-feira (4) no hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Na madrugada desta terça-feira, Maria falou com o colunista do UOL Flávio Ricco sobre a operação. “Tirei metade do fígado”, explicou. “Liguei para te informar e pedir que as pessoas rezem por mim”, acrescentou.

Fábio Nogueira, empresário da modelo e atriz, deu mais informações ao UOL sobre a cirurgia. De acordo com ele, Maria ficou dez horas em cirurgia para retirar parte do fígado, e está em observação na UTI do hospital.

Maria ainda não possui previsão de alta. “Ainda não sabemos quando ela sai, é sempre delicado quando se trata dessa doença”, explicou Nogueira, que ainda disse que a cirurgia não foi de caráter emergencial: “Devido aos exames que ela vinha fazendo, ela decidiu que era necessário passar pelo cirurgia”.

A modelo passa bem e está acompanhada da mãe. O noivo de Maria, o lutador de UFC Serginho, não pôde vir a São Paulo por conta de compromissos profissionais em Curitiba.

Na manhã desta terça, Maria publicou em seu Instagram uma foto na qual aparecia em um hospital. “V de Vitória”, escreveu na legenda da imagem, que recebeu dezenas de comentários de fãs preocupados.

Talula Pascoli, também ex-BBB e amiga pessoal de Maria, deixou uma mensagem na foto: “Te amo, amiga”.

Em 2011, surgiram rumores de que Maria já estivesse com a doença, mas ela chegou a contar em entrevista à revista “Contigo” que os exames não haviam acusado nada: “Foi só um susto, graças a Deus. Senti dores muito fortes, mas os exames não mostraram nada grave. Estou muito bem e saudável”.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lisiane Pinheiro disse:

    Caro Bruno, quem escreveu essa mensagem não foi Otoni, pois o mesmo não sabe escrever direito, se tivesse sido, teria algum erro de português!

    Obrigado!!

  2. Ricardo Costa disse:

    Tomou bem pouquinho anabolizantes e suplementos essa dai, chega tinha a voz grossa, o figado não resistiu igual ao cantor Netinho, no caso dele estranhamente ficou com a voz fina.

    O uso indiscriminado de anabolizantes e suplementos ainda vai matar muita gente.

Em estado grave, criança de 4 anos, vítima de acidente em Ceará Mirim passa por procedimento cirúrgico

A criança vítima de um acidente no município de Ceará-Mirim, envolvendo outras oito pessoas, continua internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Pediátrica em estado muito grave. Ao dar entrada no Pronto Socorro Clóvis Sarinho (PSCS), por volta do meio dia, a menor passou por um exame de tomografia e está neste momento (17:25 horas) sendo submetida a um procedimento denominado de laparatomia exploradora (procedimento invasivo para identificar possíveis lesões no abdômen).

Após a conclusão do procedimento cirúrgico a criança deverá voltar para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica onde permanecerá até que apresente condições de ser transferida para uma enfermaria. Não há previsão do quadro de melhora da criança, nem tampouco de alta.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciana Morais Gama disse:

    Esse tipo de transporte ocorre em todo o estado do Rio G do Norte, colocando em riscos as pessoas e quebrando as empresas de onibus. Cade o Ministerio Publico??? Agora talvez apareça!

  2. elias disse:

    Só lembrando que o acidente aconteceu no sentido diverso do posto da PRF, e pode apostar que em Ceara Mirim este tipo de transporte ocorre debaixo das "barbas" tanto da PRF quanto da policia rodoviária estadual…

  3. Ana disse:

    Cadeirinha é o de menos, pergunte quantas pessoas estavam dentro de um Kadett… 09… isso mesmo, segundo informações eram somente NOVE pessoas em um carro feito para transportar apenas 05!!! Posto da Policia Federal tem sim, não tenha dúvidas, mas há como burlar ou driblar, como queiram, todos eles sem precisar ser um "expert" para isso. Não tem policia que dê jeito na irresponsabilidade da população que se sujeita a um transporte como esse ou no motorista, que capitalista, quer ganhar o seu com transporte clandestino.

  4. Berg de Paula disse:

    Como sempre amanhã vão realizar varias blitz para proibir esse tipo de transporte ,ou seja com sempre só depois que acorre e que se toma providencias foi assim na boate kiss entre outros, e Brasil.

  5. Luciano disse:

    Pergunta se a criança estava na cadeirinha! Não, nao estava com certeza! E é porque nesta BR tem posto da PF! Perguntem tb o que os policiais fazem!

    • Sergio Nogueira disse:

      Alguns comentaristas, como o que se nomina apenas por "Luciano" devem ser os mestres da inocência. Amigo você realmente acha que os Policiais são babás de irresponsáveis que colocam nove pessoas em um carro com capacidade para cinco?!
      Além disso, você acha que numa situação destas o motorista passou com essa lotação em frente ao posto?!
      Antes de criticar, de jogar pedra em quem nada tinha a fazer, de produzir a velha ladainha onde o responsável é sempre o agente público, que tal raciocinar, usar essa massa cinzenta que apóia suas orelhas?

Sob pena de multa de R$ 1 milhão, secretário tem 10 dias para providenciar cirurgia em criança

O juiz da Vara Única de Poço Branco, José Ricardo Arbex, determinou ao secretário estadual da Saúde para que no prazo de dez dias informe dia, hora, local, além da equipe médica responsável para realização de cirurgia em caráter de urgência para uma criança residente no município, decorrente do seu grave quadro clínico.

A paciente é portadora de paralisia cerebral e osteotomia pélvica e femural, a qual necessita de uma cirurgia de reconstrução do quadril direito, conforme requisição de médica do Centro de Reabilitação Infantil (CRI), especializada em ortopedia e traumatologia. O Estado também deverá realizar todos os exames de risco cirúrgico, caso se faça necessário.

Além disso, o juiz José Ricardo Arbex determina que se a decisão não for cumprida no prazo estipulado deverão ser suspensos todos os gastos com propaganda institucional do Governo do Estado sob pena, em caso de veiculação de qualquer propaganda, de multa pessoal à governadora do Estado e ao secretário estadual de Saúde no valor de R$ 1 milhão, cujo valor deve ser depositado em favor do Fundo Estadual de Saúde. Do mesmo modo, os órgãos de imprensa do RN deverão ser intimados sobre a suspensão e caso haja descumprimento também estão sujeitos à multa no valor de R$ 1 milhão.

O magistrado frisa em sua decisão que em caso de descumprimento deverá haver o bloqueio de verba pública para a realização do procedimento na rede privada, arcando o secretário com todos os prejuízos que o erário público tiver com a realização do referido procedimento na rede privada. O gestor também ficou advertido que o prejuízo ao erário público, além de outras consequências, configurará improbidade administrativa.

Decisão

Segundo os autos, a não realização da cirurgia acarretará em pneumonia de repetição, em consequência da criança permanecer deitada. O procedimento foi tentado há mais de um ano por ausência de anestesista e se tornou complexa em razão do passar do tempo, sendo feita apenas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais ou Pernambuco, conforme indicação da especialista do CRI.

O magistrado, ao julgar o pedido do Ministério Público , ressaltou que é dever do Estado prestar a cirurgia e que não poderia ser diferente. “É impossível imaginar um Estado que refute a assistência a saúde daqueles que não têm acesso à iniciativa privada. E não basta a simples disponibilidade de um serviço, tal serviço tem que ser eficiente. Há todo um aparato estatal para tal desiderato”, enfatiza o magistrado.

A sentença foi dada, dentre outros motivos, com a preocupação relacionada à inércia do Estado, que ficaria demonstrada pela demora na assistência, já que a previsão para realização da cirurgia é de um a dois anos e o decurso do prazo poderá ocasionar a perda da vida à criança.

TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria Jose de Araújo disse:

    Esse judiciario é memo sem noção; onde já se viu, autoridade cumprir decisão judicial? Eu já tenho 60 anos e nunca vi ninguém pagar uma multa ou ser preso POR descumprimento de sentença, e olhe que de Justiça, já estou calejada, de tanto processo que Tenho contra a Prefeitura e NAO resolve nada. Imagina uma multa de 1 milhão!!!!!!!!!!!! Eita sem noção!!!!!!!!!

  2. Fala Sério disse:

    Samurman pensou que era só brilho, holofotes e fama.
    Nana nina não, doutor. Ainda tens muito que aprender viu.