Diversos

93% das cidades do RN destinam o lixo incorretamente; pior estado do Nordeste em destinação de resíduos

Com índice acima de média, 93% dos municípios do RN descartam lixo de forma incorreta. Foto: Divulgação

Os resíduos sólidos produzidos nas cidades do Rio Grande do Norte são destinados adequadamente por apenas 12 cidades, ou seja, ambientes nos quais o lixo termina em aterros sanitários. A realidade de 155 cidades, ou 93% do território potiguar, é de destinação inadequada, com graves ameaças ambientais e ao bem-estar social.

Os dados, que são do Ministério do Meio Ambiente, colocam o RN em alerta, já que a média regional do Nordeste dá conta de que 75% das cidades destinam o lixo de forma incorreta, número abaixo dos 93% registrados no RN, conforme a Confederação Nacional dos Municípios.

A forma de destinação correta adotada pelo Plano Nacional de Resíduos Sólidos é o aterro sanitário. A política que está em vigor estabelece como meta que em 2024 não deverá haver nem lixão nem aterro controlado, uma forma intermediária de aterro sanitário e a completa falta de manejo que se vê nos lixões.

No Rio Grande do Norte, o assunto, que vem sendo acompanhado por órgãos ligados ao tema, ganhou ainda mais relevância, na Semana do Meio Ambiente. No Fórum Estadual RN Lixo Zero, um painel reuniu representantes do Governo do Estado, Ministério Público e instituições e cidades com boas práticas de manejo de resíduos.

A coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Promotoria do Meio Ambiente, do MPRN, Mariana Barbalho, considera que o cenário que se desenha é de desafio por reunir problemas sociais, econômicos e políticos. Ela acredita, no entanto, que a inauguração de mais um aterro sanitário de caráter regional no RN é um passo importante nessa jornada.

A promotora visitou esta semana a CTR Potiguar, no município de Vera Cruz e conheceu a estrutura do primeiro aterro privado do Rio Grande do Norte. O equipamento conta com toda segurança ambiental para destinação de resíduos e oferece uma nova perspectiva para as pequenas cidades e a todo esse setor do RN, além do compromisso com o desenvolvimento sustentável.

“Havia a previsão de um aterro no município de Santo Antônio, o que não se concretizou. Assim, esse novo aterro vem suprir a demanda reprimida”, o comentário é do engenheiro sanitarista da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), Sérgio Pinheiro. Ele acredita que o aterro pode assumir uma função regional prevista no Plano Estadual de Resíduos Sólidos, com atendimento de pelo menos 40 municípios do Agreste.

“A destinação adequada de resíduos tem sido discutida continuamente e nesta Semana do Meio Ambiente é importante destacar as iniciativas que podem contribuir não só para o cumprimento da legislação vigente, mas principalmente, para a preservação ambiental. A destinação correta do lixo é fundamental para isso”, explica o diretor da CTR Potiguar, Caio Magno.

NÚMEROS

7% das cidades do RN destinam o lixo para aterro sanitário (Natal, Parnamirim, Ceará-Mirim, Macaíba, Extremoz, Rio do Fogo, Ielmo Marinho, Mossoró, Riacho da Cruz, São Vicente e Taboleiro Grande)

 

Opinião dos leitores

  1. Sustentabilidade e comprometimento ambiental, a gente vê por aqui. Para não falar de segurança pública e outras coisas!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Lixo encontrado no litoral potiguar atinge trecho da Via Costeira em Natal

Fotos: Divulgação

Em decorrência do incidente das toneladas de resíduos sólidos encontrados no litoral Sul Potiguar nos últimos dias, a Prefeitura do Natal iniciou vistorias nas praias do Município. A fiscalização ambiental da secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) foi acionada e está desde ontem (28) realizando o monitoramento costeiro. E na manhã desta quinta-feira (29) constatou que parte da Via Costeira entrou para a lista dos locais atingidos. O registro foi feito pelos fiscais da pasta e reportado ao Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Meio Ambiente no RN (Idema).

Com a constatação da Semurb o Idema orientou para que o lixo fosse recolhido e deixado separado. A partir disso a pasta vai solicitar à Urbana para realizar a limpeza no trecho da Via Costeira. Segundo o supervisor de Água e Solo (SPASO) da Semurb, Gustavo Szilagyi, o temor da era que estes resíduos chegassem ao litoral de Natal. Por isso a Semurb se antecipou, e iniciou um monitoramento da deriva litorânea na costa natalense começando pelas praias de Alagamar e de Ponta Negra.

“Durante o monitoramento da quarta-feira (28) foi possível observar a presença de tartarugas marinhas e grupos de mamíferos como os golfinhos. Observou-se ainda cardumes de peixes como a sardinha, serra e o bonito. A presença dos animais evidencia uma importante qualidade ambiental do ecossistema marinho no trecho. E não foram observados grandes volumes de resíduos boiando nas águas, mas infelizmente para nossa tristeza verificamos que o lixo chegou ao litoral natalense nesta quinta (29), no trecho da Via Costeira próximo ao Hospital de Campanha”, conta Szilagyi.

“Como este resíduo é parte de uma investigação da Polícia Federal, que abriu um inquérito para apurar sobre a origem e responsabilidade pelo dano ambiental, todo ele deverá ser recolhido e levado um depósito, a fim de que os peritos federais possam analisar o seu conteúdo em busca de provas que possam ser utilizadas”, acrescenta o supervisor.

O trecho monitorado nesta quinta (29) corresponde a uma porção de aproximadamente 470 metros lineares, sendo reconhecido pela deposição periódica de resíduos jogados ao mar por embarcações que transitam pela costa do Estado. Não é difícil encontrar embalagens diversas escritas em línguas como o mandarim e o inglês, pedaços de cordas, redes, madeira e isopor.

“Além dos resíduos já esperados, foram encontrados muitos semelhantes aos observados na orla dos outros municípios atingidos, sobretudo, resíduos urbanos como copos descartáveis de água mineral, embalagens de margarina, tampas e rótulos de bebidas e até um medicamento para tratamento de distúrbios metabólicos hepáticos. As embalagens de água mineral tinham como origem de fabricação e distribuição o estado de Pernambuco e uma delas o rótulo de um restaurante no bairro de Encruzilhada, em Recife”, finaliza o supervisor.

O monitoramento das praias será diário até que a ameaça cesse. Para a realização das vistorias a fiscalização fez uso de uma embarcação pertencente a uma empresa privada, que explora o serviço de passeio turístico no local e se colocou a disposição para conduzir os agentes ao longo da orla. E caso algum tipo de resíduo for avistado em praias de Natal, a secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo deve será acionada para fazer uma avaliação e adotar as medidas de competência da pasta.

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Jovem que estudava com livros achados no lixo e sem internet é aprovado em universidade pública no nordeste

Foto: (Reprodução/Arquivo pessoal)

Um jovem do Recife foi aprovado no curso de Geografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O que mais chama a atenção na história de Davi Eduardo Ferreira de Brito, de 20 anos, é que ele estudava sem internet e com livros encontrados no lixo.

O jovem pernambucano e toda a sua família comemoraram a aprovação na universidade pública, mesmo diante de todas as dificuldades. A aprovação abre as portas para um sonho de Davi: ser professor. Sempre quis ser professor. Gosto muito de transmitir o que aprendo. Quero ensinar para encorajar outros jovens, principalmente da minha comunidade, para estudarem”, disse ele ao Jornal do Commercio.

Mesmo diante da conquista, Davi afirma que não quer parar por aí. A vaga que ele conseguiu foi em bacharelado e não licenciatura, que é a especialização necessária para conseguir lecionar. Ele afirma que vai lutar para conseguir a transferência.

Estudos e trabalho

Durante a pandemia da Covid-19 e em virtude das dificuldades financeiras da família, que foram agravadas, Davi precisou arrumar um emprego e até hoje trabalha descarregando cargas de uma empresa de produtos de saúde. Mesmo na faculdade, o jovem continuará no emprego e vai conciliar a rotina de estudos e trabalho.

Outro sonho de Davi é dar uma condição financeira segura para a família. “É um orgulho imenso ver meu filho chegar onde chegou. Nunca pensei que isso pudesse acontecer, apesar de sempre incentivá-lo. […] Estamos felizes demais. Estamos abestalhados, já chorei e tudo”, contou Claudia Feijó, mãe de Davi.

NE10 Interior, UOL

Opinião dos leitores

  1. O orçamento anual da UFRJ de 2013 , foi igual ao orçamento de Natal para 2020. Maior que o orçamento que cidades como Aracaju e João Pessoa.

    Pense num roubo grande.

  2. Procurem se informar melhor, Bolsominions! Quando mais investiu em Universidades Federais e Institutos Federais foi o ex presidente Lula. Por isso, estará de volta, em 2022, com o reconhecimento da maioria dos brasileiros.

  3. Parabéns ao Davi. Roguemos ao Criador para que esse batalhador não tenha seu cérebro “abduzido” pelos vagabundos defensores de corruptos, que infestam as universidades federais. Continue firme, rapaz, estude, trabalhe, batalhe na vida e tente vencer por seus méritos.

    1. Até nisso vc mete ideologia, falando do Criador. Você suja a imagem de Deus.

    2. A doutrinação realizada pela esquerdalha nas universidades públicas é do conhecimento geral. Muitas pessoas promissoras como esse rapaz já tiveram suas vidas arruinadas por essa ideologia nefasta. Precisamos livrar o Brasil desses canalhas. Pelo visto, vc faz parte desse problema.

  4. “Primeiro, eu acho que eu sou muito preguiçoso. Até pra ler eu sou preguiçoso. Eu não gosto de ler, eu tenho preguiça de ler. Pelo hábito, isso é questão de hábito. Tem companheiro que passa um dia lendo um livro. Eu não consigo”. Luiz Inácio Lula da Silva .
    Se esse jovem fosse seguir o Larápio, no máximo seria mais um petralha.

    1. Seria Presidente. Teria um STF em sua defesa e ficaria milionário. Coisas que jamais vai conseguir como professor. Nem o sonho de “dar condição financeira segura para a família” ele realizará como trabalhador honesto. Estou sendo irônica, mas é a nossa realidade. Parabéns Davi! Durma sem o medo do capeta estar lhe esperando. Seja honesto mesmo, menino.

    1. Talvez seja “bovino”, como vc diz, Augusto. Mas, com certeza não é ASININO, como os defensores do “cramunhão de 9 dedos”. Rsrsrs

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

Fátima e Cipriano são alvos de representação no MPF por compra de sacos hospitalares no valor de R$ 1,3 milhão a empresa recém-aberta

FOTO: Reprodução Assecom/RN

A governadora Fátima Bezerra e o secretário de Saúde Cipriano Maria estão sendo alvos de representação enviada ao Ministério Público Federal, pela suposta prática de improbidade administrativa ao contratar uma empresa de fornecimento de sacos hospitalares por R$ 1,3 milhões em agosto de 2020, sendo que a empresa escolhida havia sido aberta apenas um mês antes.

Segundo a representação enviado ao MPF-RN, a empresa “A. C. Comércio de Produtos de Limpeza EIRELI”, foi aberta no dia 03 de julho de 2020, e foi contratada por meio de dispensa de licitação em 28 de agosto de 2020, o que poderia ensejar ato de improbidade, segundo o pedido.

Por fim, é pedido o afastamento da governadora e secretário. O pedido foi protocolado nesta quinta-feira(25).

Veja representação AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Eu confio na governadora ! Esses sacos são usados para cólica só dia corpos para sepultamento , são produtos caros pois tem regulamentação própria , inclusive nos mortos de covid , tem que ser usados mais de um por paciente . Arrumem outro motivo esse aí não vai colar .

    1. Falou o passa pano de corrupto, contratem ele pra defender seus roubos, através de comentários em blogs. Qualquer mortadela serve de pagamento, até sem pão.

  2. A coisa tá feia!!
    Daqui a pouco vai estourar um escândalo atrás do outro nesse governo petista.
    Somados a tudo isso aí, tem uma pesquisa contratada a um instituto do Piauí por nsda mais, nada menos do que dois milhões de reais.
    O dinheiro dos potiguares, ta sendo jogado no lixo, em quanto o povo morre sem leitos e hospitais.
    Deplorável esse governo.
    É imoral!

  3. Aproveitando o vírus prá fazer política e comprar sem licitação, usando o dinheiro enviado pelo governo federal para o que bem entende. Os exemplos são muitos. E cadê os leitos hospitalares?

  4. O cara abre uma empresa e, com 1 mês de vida, vende 1.3 milhão de reais para o governo do estado, sem licitação. Parabéns governadora. Só engana trouxa…

    1. O dono dessa empresa é igual ao filho do LulaLadrao, um fenômeno.

  5. Eita q teve muito governador se aproveitando da pandemia e das dispensas de licitação…É tudo que os corruptos querem…!!!!Se aproveitam da pandemia p/roubar…Imundos!!!!

  6. Li a denúncia, mostra uma compra estranhíssima, queprecisa será averiguado, mas por enquanto com as informações no pedido do MPF ela não afasta nem um flanelinha quanto mais a governadora e o secretário. E olhe que eu nunca votei nem voto no PT.

    1. Esse cafajeste é um passa pano pra corrupto, não sabe ele que o dinheiro roubado por esses que defende, pode fazer falta no atendimento adequado e na hora, resultante de um assalto, também decorrente da falta de dinheiro na segurança pública, além de outros males terríveis causado pelos desvios de verbas públicas. É um safado sem futuro

    2. Na época não precisava de licitação. Estava em estado de calamidade. Por isso abriram a empresa. Não tem bobo nessa história.

  7. Some a isso os 5 milhões dos respiradores, o 1,5 milhão dos respiradores que nunca funcionaram, os 2 milhões de uma pesquisa sem pé e cabeça. E depois culpam o governo federal. É um descalabro !!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Garis ajudam, e homem recupera R$ 25 mil jogados no lixo por engano em SC

Homem abraça gari em agradecimento (Foto: Comcap / Divulgação)

Um morador de Florianópolis passou por um susto nesta semana ao jogar no lixo a quantia de R$ 25 mil, em espécie, que guardava em casa. De acordo com a Comcap, responsável pela coleta de lixo na capital catarinense, o homem escondia suas economias em uma rede, guardada em um saco de lixo e se confundiu ao jogar fora os demais resíduos da residência.

O homem percebeu o erro minutos após o caminhão fazer a coleta em sua rua no bairro dos Ingleses. Ele, então, foi atrás do caminhão e informou aos garis o que havia acontecido.

Os trabalhadores começaram a busca pelo dinheiro, abrindo os sacos de lixo na caçamba do caminhão. O valor foi encontrado pela gari Geovana Duarte Farias 20 minutos depois. O dono do dinheiro, que não teve o nome divulgado por questões de segurança, abraçou a equipe em agradecimento.

Globo, via Marie Claire

Opinião dos leitores

  1. Parabéns ao Mito Bolsonaro que com sua honestidade e simplicidade devolveu ao povo a esperança de dias melhores e valores, ética e justiça. Fazendo com que o povo seja mas honesto.

    1. Meu Deus, isso já é loucura dessa mulher, até um ato desse atribuir ao Minto, que loucos meu!!!!

  2. Parabéns aos companheiros que fizeram esse gesto tão grande.
    Uma das profissões mais importantes, porém não é valorizada como deveria.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Coleta de lixo em Natal tem horário especial no feriado de Ano Novo

Foto: Divulgação URBANA

A Companhia de Serviços Urbanos de Natal – Urbana, informa que no dia 31 de dezembro o serviço de limpeza nas praias e feiras acontecerá normalmente, já o recolhimento da coleta de lixo domiciliar começará às 16h.

No dia 1° de janeiro não haverá serviços de limpeza da empresa na cidade (coleta domiciliar, coleta de podas e entulhos, limpeza de praias e feiras). A Urbana pede a colaboração da população para não colocar lixo nas calçadas neste dia e evitar espalhamento de detritos nas ruas.

Os garis da Urbana só suspendem seus trabalhos em duas datas: no Dia do Gari, 16 de maio, e no dia 1° de janeiro de cada ano. No 02 de janeiro os serviços voltam à sua normalidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Coleta de lixo na capital tem horário especial nos feriados de Natal e Ano Novo; confira

Foto: Divulgação/URBANA

A Companhia de Serviços Urbanos de Natal – Urbana, informa que nos dias 24, 25, e 31 de dezembro o serviço de limpeza nas praias e feiras acontecerá normalmente, já o recolhimento da coleta de lixo domiciliar começará às 16h.

No dia 1° de janeiro não haverá serviços de limpeza da empresa na cidade (coleta domiciliar, coleta de podas e entulhos, limpeza de praias e feiras). A Urbana pede a colaboração da população para não colocar lixo nas calçadas neste dia e evitar espalhamento de detritos nas ruas.

Os garis da Urbana só suspendem seus trabalhos em duas datas: no Dia do Gari, 16 de maio, e no dia 1° de janeiro de cada ano. No 02 de janeiro os serviços voltam à sua normalidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Após começar a estudar com livros achados no lixo, gari recebe diploma de doutorado no Ceará

Foto: Valdiana da Silva Rodrigues

Na cidade de Crato, no Sul do Ceará, um gari encontrou no lixo uma forma de mudar de vida. Aos 18 anos, Cícero Rodrigues Ferreira, o ‘Ferreirinha’, como é conhecido no município, recolhia livros jogados em sacolas plásticas e caixas de papelão para estudar. O maior resultado desse esforço chegou por correio no final do ano passado: o diploma de doutorado em Teologia.

Ferreirinha tem 39 anos, dos quais 21 foram dedicados à limpeza pública. Há quatro anos, sua rotina passou a ser dividida com a sala de aula, trabalhando como professor em instituições de ensino de Crato, Juazeiro do Norte, Iguatu e Icó.

“Realizado”, como ele mesmo se descreve, Cícero se sente orgulhoso da trajetória. “Eu inspiro outras pessoas”.

Na limpeza pública, ele foi promovido seis anos atrás e deixou de varrer e recolher lixo nas ruas para cuidar da parte administrativa, emitindo ofícios e memorandos, e fazendo registro de horas-extras. Tudo por causa dos estudos.

Trajetória

Mais velho de quatro irmãos, Ferreirinha teve uma infância pobre e cresceu em uma casa de apenas um cômodo, no bairro Alto da Penha, em Crato. Os pais não tiveram a sorte de estudar, mas sempre incentivaram as crianças a terem outro destino.

Com influência do reggae do cantor jamaicano Bob Marley, Ferreirinha aprendeu inglês e começou a dar aula no ensino secundário de inglês básico, na adolescência. “Por ser muito fã, aprendi o idioma”, lembra.

Aos 18 anos, Cícero conseguiu seu primeiro emprego na coleta de lixo de Crato. Trabalhava das 5h às 18h. À noite, mesmo cansado, ainda assistia às aulas para concluir o ensino médio. Recém-aprovado no concurso para a função de gari no município, ele tomou a decisão de largar os estudos e se dedicar apenas ao trabalho.

 Foto: Antonio Rodrigues

Evangélico, em 2015, voltou a estudar Teologia no seminário do Crato. Depois de três anos, conseguiu o bacharelado. “Sempre gostei de Teologia Sistemática, que vai organizando os pensamentos” explica Ferreirinha.

Mestrado

 Foto: Antonio Rodrigues

Com o Ensino à Distância (EAD), iniciou o mestrado em Teologia. Por dia, estudava de cinco a seis horas. Assim, conseguiu cumprir as 18 disciplinas e conquistou seu diploma. Autodidata, aprendeu o idioma grego sozinho.

“Isso nasceu da necessidade. O Novo Testamento foi escrito em grego, como também sou professor, tive que entender os escritos originais”, conta. Hoje, também compreende o hebraico.

A partir do idioma grego, começou seu doutorado, concluído também à distância, há dois anos e meio. Agora doutor em Teologia, com ênfase em Psicologia Pastoral, Cícero está apto a lecionar 16 disciplinas. Quando questionado sobre o início da carreira como gari, ele enfatiza:

“Mas ainda me considero gari, com muito orgulho. Meu registro está como gari”.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Quer dizer que eu, que terminei meu doutorado pelo Instituto Universal Brasileiro, também vou virar notícia? Este mundo está ficando louco.

  2. Cidadão que deveria ser enaltecido e homenageado. Ele e a jovem do rn que passou em medicina servirão de exemplos pra essa geração que está totalmente sem referências de perseverança na honestidade, esforço e dedicação, com resultados altamente positivo e cidadã

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Prédio em obras na Avenida Deodoro da Fonseca, em Natal, tem acúmulo de lixo

Fotos: cedidas

Acúmulo de lixo em terreno de prédio em construção tem incomodado bastante moradores e frequentadores da Avenida Deodoro da Fonseca, em Natal.

A obra, que não evolui, segundo denunciantes, apresenta acúmulo de lixo há alguns meses. Local fica em frente ao bar 294.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro diz que Greenpeace é “lixo” e estuda criar Ministério da Amazônia

Foto: ADRIANO MACHADO / REUTERS

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira que estuda criar o Ministério Extraordinário da Amazônia. A ideia foi apresentada pelo deputado federal Átila Lins (PP-AM), com quem ele se reuniu nesta manhã no Palácio da Alvorada. Na saída da residência oficial, ele também chamou a ONG ambientalista Greenpeace de “porcaria” e “lixo” e defendeu a exclusão dos governadores do Conselho Nacional da Amazônia Legal, órgão transferido para o comando do vice-presidente Hamilton Mourão esta semana.

Bolsonaro se aproximou dos repórteres e disse que a pauta única da entrevista seria o Amazonas, por estar acompanhado do deputado federal do Estado. Ao ser questionado sobre a manifestação do Greenpeace de que o novo conselho da Amazônia “não tem plano, meta ou orçamento”, o presidente rebateu:

— Quem é Greenpeace? Quem é essa porcaria chamada Greenpeace? Isso é um lixo. Outra pergunta.

Sobre a retirada dos governadores do colegiado, agora composto apenas pelo vice-presidente e por ministros do governo federal, Bolsonaro argumentou que a nada seria resolvido com inclusão de representantes de estados e municípios. Mas disse que o conselho não tomará decisões sem ouvi-los.

— Ó, se você quiser que eu bote — tá aqui o Átila Lins para responde —, se você quiser que eu bote governadores, secretários de grandes cidades, pode ter 200 caras. Sabe o que vai resolver? Nada. Nada. Tem bastante ministros. Nós não vamos tomar decisões sobre estados da Amazônia sem conversar com governador, com a bancada do estado. Se botar muita gente é passagem aérea, hospedagem, uma despesa enorme, não resolve nada — comentou.

Ele destacou ainda que Mourão, que já serviu na região como general, vai ser toda a estrutura da Vice-Presidência, sem custos adicionais, “para até se antecipar a problemas, ajudar no desenvolvimento” da região. E então citou a ideia de Átila Lins de criar uma pasta extraordinária:

— Lógico, teria uma reação grande porque seria mais um ministério, é proposta do Átila Lins a criação do Ministério Extraordinário da Amazônia — declarou.

Questionado se vai ateder ao pleito do deputado, ele comentou que vai levar para estudar porque não pode “aceitar aqui agora”.

— Isso envolve despesa, o impacto negativo de mais um ministério. Se bem que nós estamos perdendo um ministério agora quando o Banco Central passar a ter independência, né? Não sei se vai perder o status de ministério ou não. Porque o objetivo de o Banco Central ser um ministério é evitar ações de primeira instância — justificou.

Ao ser indagado sobre quais seriam as atribuições do novo ministério, Bolsonaro redirecionou a pergunta a Lins. O deputado explicou genericamente que a pasta faria “ações integradas” ligadas à Presidência, diferentemente do conselho, que “faria essa parte mais ampla”.

— O ministério seria o órgão executor. Um ministério extraordinário, uma estrutura enxuta e que ficaria ligada à .Presidência da República. É um pedido… — comentou o parlamentar.

Bolsonaro então se negou a responder se o vice-presidente acumularia funções no comando do eventual ministério:

— Nem nasceu… eu nem casei e você quer saber o sexo da criança? Porra…

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. Infelizmente este absurdo não dá para comentar. Quando o PRESIDENTE I D I O T A diz asneira é melhor tapar os ouvidos para não ser impregnado de tanta asneiras.

  2. TEM.MUITO IMBECIL NO MUNDO….TUDO ACOMODA NA BOCA A PALAVRA ESQUERDA…..ASSUMAM BOLSOTRALHAS QUE VOCES ELEGERAM UM DOIDO QUE FICA MAIS BONITO…
    Agora se O CANALHA DO PINTO PEQUENO BOLSOLACRAIA FALAR QUE O POVO VAI MORAR NO MAR, OS BABACAS VAO DIZER QUE VAO ACAMPAR NA ÁGUA….O POVIN ANALFA… ESSES SEGUIDORES DA LACRAIA PRECISAM SE TRATAR ,O HOSPICIO É BEM ALI VIU….FLAVIO BOSTANARO LADRAO

  3. 2014:
    "Dólar alto é péssimo"
    2020:
    "Dólar alto ajuda a economia"

    2014:
    "Salário mínimo tá uma esmola"
    2020:
    "Aumentar o salário mínimo gera inflação"

    2014:
    "A corrupção é o maior problema"
    2020:
    "O comunismo é pior que a corrupção"

    Como pode um negócio desses?

  4. O Presidente está certo! A gritaria hoje é porque acabou a mamata das ONGs, e dos pseudos defensores da floresta, desde que houvesse muito dinheiro, muita verba pública envolvida, além da roubalheira das riquezas da Amazônia. São verdadeiras sanguessugas e o governo federal assumindo o controle cortou as pernas dos safados.

  5. É muito despreparado e extemporâneo, além de inconsequente.

    Caetano estava adivinhando quando fez os versos:

    “Será que faremos somente senão confirmar a incompetência da América católica que sempre precisará de ridículos tiranos”?

  6. Tem que criar mesmo esse Ministério, o Mito tem toda a razão o Greenpeace sobrevive mesmo de quê? Quem paga a conta? Esses milhares de servidores deles são pagos por quem? Lembrando que os caras de uma ONG estavam tocando fogo na Amazônia.

  7. Esse descaso de Bolsonaro c a questão ambiental está causando grandes prejuízos p o Brasil. E p “consertar” depois vai custar muito mais caro!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEOS: Poucos minutos de chuva e lixo e resíduos “abastecem” a praia de Areia Preta

Pouco mais de 10 minutos de chuvas na capital potiguar, e a praia de Areia Preta acabou “abastecida” na manhã desta quinta-feira(12) por uma grande quantidade de lixo e ainda resíduos – como provável esgoto clandestino.

Situação que ocorre há anos, sem sinais de estancamento, em uma das áreas mais valorizadas de Natal. Registros de @deyvsonsantos

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

FOTOS: Servidores reclamam de lixo acumulado em hospitais em Natal

  Fotos: cedidas

Servidores de hospitais na capital potiguar estão enviando diversas fotos de uma quantidade expressiva de lixo acumulado em unidades hospitalares.

No registro acima, o exemplo no Varela Santiago. Esta foi uma situação que se encontrava o hospital, mas que foi resolvida durante a manhã.

Em outros hospitais, como Walfredo Gurgel e Santa Catarina, segundo servidores, o cenário seria semelhante ao registrado anteriormente no Varela Santiago.

Opinião dos leitores

  1. BG, a gestão do atual prefeito lembra os últimos meses da ex-prefeita Micarla de Souza. Um caos! Lixo por toda a cidade, podas de árvores em canteiros, buracos em todas as ruas, inclusive os principais corredores. Estamos vivendo um verdadeiro abandono geral. Péssima gestão. Esse senhor não merece ser eleito nem pra síndico de prédio.

  2. Enquanto esse lixo de prefeito estiver no cargo, vai ser assim. Ele só pensa em fazer politicagem e a cidade vai se acabando.

  3. Enquanto esse lixo de prefeito estiver no cargo, vai ser assim. Ele só pensa em politicagem e a cidade vai se acabando.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Multas lixo: Prefeitura fará campanha por 90 dias antes de iniciar fiscalização em Natal; veja valores de acordo com infrações

Foto: Divulgação

As normas contidas no Decreto 11.823, que regulamenta a Lei n° 6.693 e prevê a aplicação de multas para quem for flagrado jogando lixo em vias e logradouros públicos foram publicadas no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (02/10). A legislação traz disposições sobre infrações e penalidades; fiscalização e apuração das multas. Nos próximos 90 dias, a Prefeitura de Natal vai realizar uma ampla campanha educativa para informar à população a respeito da nova regra, para só depois iniciar com a aplicação das penalidades.

A fiscalização será realizada em uma força-tarefa formada pelas equipes das secretarias municipais de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb); Mobilidade Urbana (STTU) e Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), através da Guarda Municipal e o seu grupamento ambiental. As infrações estão qualificadas, pela Lei, como leve, média, grave e gravíssima, o que determina o valor da multa a ser cobrada, levando em consideração a irregularidade cometida e seu potencial poluidor. Estão citadas entre as irregularidades casos que oferecem risco à população, como dispor nos locais públicos: pneus, medicamentos, seringas, resíduos dos serviços de saúde, lâmpadas fluorescentes, pilhas e baterias, componentes ou equipamentos eletroeletrônicos, embalagens plásticas utilizadas para armazenar agrotóxicos e similares.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, ressalta a importância da regulamentação da lei que moderniza a política de descarte de resíduos na cidade, que era uma reivindicação antiga da população. Para o gestor, a extensa campanha de educação promovida pela gestão vai contribuir bastante para evitar o acúmulo de lixo na cidade: “Em primeiro lugar, vamos informar à população exaustivamente a respeito da lei, mostrar que o descarte incorreto é nocivo, enfeia a cidade, gera transtornos e acarreta até em problemas de saúde. Deixaremos claro, ainda, que aquele cidadão ou empresa que é um infrator contumaz sofrerá com os rigores da lei para aprender a respeitar a coletividade”, ressaltou.

O presidente da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), Jonny Costa, explica que a intenção da Prefeitura ao regulamentar a lei passa longe de criar uma cultura punitivista na cidade, mas, sim, gerar uma consciência ambiental junto aos cidadãos: “De acordo com a legislação que está sendo normatizada, no caso de pessoa física flagrada depositando resíduos sólidos de formar irregular, o órgão fiscalizador terá o dever de agir de forma a conscientizá-lo. Ou seja, o infrator terá a oportunidade de corrigir a conduta. Caso o faça imediatamente após a ocorrência, apenas uma Advertência será aplicada”, destacou.

MULTAS PREVISTAS NA LEI

Pessoa física:

Infração leve, multa de R$ 92,56 (noventa e dois reais e cinquenta e seis centavos);

Infração média, multa de R$ 289,90 (duzentos e oitenta e nove reais e noventa centavos);

Infração grave, multa de R$ 462,22 (quatrocentos e sessenta e dois reais e vinte e dois centavos);

Infração gravíssima, multa de R$ 1.232,00 (um mil duzentos e trinta e dois reais).

Pessoa jurídica:

Infração leve, multa de R$ 289,90 (duzentos e oitenta e nove reais e noventa centavos);

Infração média, multa de R$ 792,25 (setecentos e noventa e dois reais e vinte e cinco centavos);

Infração grave, multa de R$ 1.649,00 (um mil seiscentos e quarenta e nove reais);

Infração gravíssima, multa de R$ 2.460,00 (dois mil quatrocentos e sessenta reais).

Opinião dos leitores

  1. Principalmente o lixo do luladrão e o pt, eram os deviam ser desinfetado desse país, eles são as pragas que deveriamos dedetizar imediatamente nesse país.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Audiência na Câmara Municipal de Natal aponta medidas para destinação do lixo da capital

Fotos: Marcelo Barroso

Uma audiência pública proposta pelo vereador Dickson Júnior (PSDB), debateu na Câmara Municipal de Natal, nesta terça-feira (17), medidas para tratamento e destinação final do lixo produzido na capital. A discussão acontece dentro da semana do Dia Mundial da Limpeza, a ser realizado no próximo sábado (21).

“Trouxemos esse assunto para explorar, dentro da realidade local, os exemplos que acontecem em todo mundo. Se não empreendermos projetos sustentáveis, dificilmente teremos resultados permanentes e sustentáveis”, disse o propositor da audiência, relembrando leis já aprovadas pela Casa neste sentido, entre elas, a Lei 6.663/17, de autoria do vereador Raniere Barbosa (Avante). “É uma lei que trata da destinação dos resíduos sólidos para que haja o compartilhamento de responsabilidades entre o cidadão com o Município, punindo e responsabilizando quem não dá o devido destino aos resíduos”, explica Raniere.

A regulamentação da lei de autoria de Raniere Barbosa está nos planos da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana). Segundo o diretor-presidente da companhia, Jonny Costa, Natal produz mais de 700 toneladas de lixo por dia e custa cerca de R$ 7 milhões por mês para coletá-lo. A intenção da Urbana é inserir nas licitações, cujos processos iniciam ainda neste ano, a modalidade de coleta seletiva e de processamento do lixo. “Com a nova licitação, queremos expandir a coleta seletiva da cidade dando à empresa vencedora a responsabilidade de levar a coleta seletiva para os quatro cantos da cidade. Com isso, ao invés de gastar para coletar e dar uma destinação final, poderemos gerar receita com o lixo”, anunciou Jonny Costa.

Apenas 3% do lixo de Natal é reciclado. Além da questão ambiental e paisagística, aumentar esse percentual deve gerar renda e contribuir com a economia da cidade, mas necessita de iniciativa do poder público. “Já existe uma lei de separação do lixo nos condomínios, mas não funciona porque não tem quem recolha o lixo separado. Falta gestão neste sentido”, destaca o empresário da área de coleta seletiva, Jurandir Nunes.

Para mobilizar a população em torno desta temática, Natal participará, pela segunda vez, do mutirão do Dia Mundial da Limpeza, que acontecerá simultaneamente em 158 países. A voluntária do movimento, Ana Karla de Souza, diz que se trata de uma ação de visibilidade para que se dê um pontapé na execução de medidas que resolvam a problemática do lixo na cidade. “Entendemos como uma ação, uma contribuição que tem a educação com um dos pilares para as pessoas entenderem sua responsabilidade. Sabemos que esta ação precisa ser complementada por todos os órgãos para dar continuidade a medidas eficazes”, destacou. Na ação, voluntários recolherão lixo em vários pontos da cidade. Os vereadores Sueldo Medeiros (PHS) e Preto Aquino (PATRI) também participaram da audiência.F

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Ex-âncora do ‘Jornal Hoje’, Dony De Nuccio curte comentário que chama Globo de ‘lixo’

Foto: Reprodução

Aaaaaa, as redes sociais. Dony De Nuccio caiu na patrulha dos internautas, que pegaram o ex-âncora da Glono curtindo um comentário que chamava a emissora de ‘lixo’,

Isso mesmo.

A mensagem em questão foi feita por um internauta num click recente feito pelo profissional em sua conta do Instagram.

“Fez muito bem sair daquela emissora lixo. Voe alto, siga seus princípios e nunca deixe eles influenciarem”, disse o comentário. Ele, sem nenhum alarde, deixou o seu “like” na opinião deixa em seu insta.

O curioso é que Dony quase não costuma curtir os comentários de seus seguidores, que são muitos.

Vale lembrar que Dony deixou a emissora em agosto, com trocas de mensagens de gratidão com a direção da Globo.

Responsável por comandar o “Jornal Hoje” ao lado de Sandra Annenberg desde o início de janeiro, Dony De Nuccio se envolveu numa polêmica que rendeu a sua vaga na Globo.

O âncora deixou a rede após assinar um contrato milionário com um banco. Dony teria gravado vídeos que são usados para eventos com clientes e treinamentos de funcionários.

O problema é que a participação do jornalista no material publicitário é uma violação ao Código de Ética e Conduta do Grupo Globo.

Será que ele curtiu sem querer?

 

Ver essa foto no Instagram

 

Aaaaaa, as redes sociais. Dony De Nuccio caiu na patrulha dos internautas, que pegaram o ex-âncora da Glono curtindo um comentário que chamava a emissora de ‘lixo’????. . Isso mesmo. A mensagem em questão foi feita por um internauta num click recente feito pelo profissional em sua conta do Instagram. “Fez muito bem sair daquela emissora lixo. Voe alto, siga seus princípios e nunca deixe eles influenciarem”, disse o comentário. Ele, sem nenhum alarde, deixou o seu “like” na opinião deixa em seu insta.????. . . O curioso é que Dony quase não costuma curtir os comentários de seus seguidores, que são muitos. Vale lembrar que Dony deixou a emissora em agosto, com trocas de mensagens de gratidão com a direção da Globo. Responsável por comandar o “Jornal Hoje” ao lado de Sandra Annenberg desde o início de janeiro, Dony De Nuccio se envolveu numa polêmica que rendeu a sua vaga na Globo. O âncora deixou a rede após assinar um contrato milionário com um banco. Donny teria gravado vídeos que são usados para eventos com clientes e treinamentos de funcionários. O problema é que a participação do jornalista no material publicitário é uma violação ao Código de Ética e Conduta do Grupo Globo.. . Será que ele curtiu sem querer?. . . . . #donydenuccio #jornalnacional #jornalhoje #evaristocosta #sandraannenberg #majucoutinho #cnnbrasil #reinaldogottino #gottino #jornalismo #jn #williambonner #fatimabernardes #bancada #globoreporter #evaristocosta

Uma publicação compartilhada por KEILA JIMENEZ (@ktvefamosos) em

Keila Jimenez – R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

FOTO: Campanha recolhe quase meia tonelada de lixo na Redinha

Foto:  Divulgação

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), em parceria com diversas instituições, promoveu nesse domingo (23), das 9h às 13h, a campanha “Essa é Minha Praia”, na Praia da Redinha, onde foi recolhida quase meia tonelada de lixo. A atividade consiste na realização de mutirões de limpeza e campanha de sensibilização pelas praias do Rio Grande Norte. A concentração das equipes de voluntários e participantes ocorreu às 8h30, em frente a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, na Redinha Velha.

Segundo a assessora técnica do Idema, Ana Marcelino, a ação, que teve sua segunda edição ontem, tem a finalidade de fomentar junto a população a importância de preservar o meio ambiente. “Não se trata apenas de limpar as faixas de areia das praias do nosso Estado, mas abordar os banhistas, turistas, frequentadores do nosso litoral, com objetivo de alertar sobre os prejuízos causados a sustentabilidade ambiental pelo descarte irregular de resíduos na área Costeira”, explica.

As equipes de trabalho recolheram o lixo deixado na faixa de área e distribuíram sacolas de câmbio para população. Após o término da coleta de lixo, a Companhia de Limpeza Urbana de Natal deu a destinação adequada dos resíduos.

Além disso, a ação demonstrou os resultados do Programa Água Azul do Idema, que monitora sistematicamente a balneabilidade das praias, apontando os locais apropriados para banho e também a equipe do Projeto Cetáceos da Costa Branca (UERN/UFRN) realizaram uma oficina sobre tartarugas marinhas, para os visitantes e trabalhadores dos bares e quiosques sobre os malefícios que o lixo no mar causa aos animais marinhos.

A Campanha “Essa é Minha Praia” será realizada na praia do Meio no próximo dia 30. A ação integra as atividades comemorativas da Semana do Meio Ambiente, articuladas pelo Idema, em parceria com dos Jovens Escoteiros, Urbana, Corpo de Bombeiros, UERN, UFRN, IFRN, Instituto Cidade Limpa, Faculdade Estácio, UEB/RN, SEJUV, Coletivo Jovens De Meio Ambiente e apoio da empresa A&D Embalagens e Reciclagem.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *