FOTOS: Governo do RN entrega R$ 1,7 milhão em viaturas para a Segurança Pública, adquiridos em convênio com o Governo Federal

Fotos: Elisa Elsie

O Governo do RN, via Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) entregaram, na manhã desta sexta-feira (26), 14 novos veículos para o Corpo de Bombeiros e para a Polícia Militar adquiridos em convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, no valor total de R$ 1,7 milhão.

Com a presença da Governadora do Estado, Fátima Bezerra, a Sesed entregou seis viaturas tipo Mitsubishi Triton L200 para o Corpo de Bombeiros Militar, que serão distribuídas entre os comandos regionais no intuito de modernizar a estrutura. Outra instituição beneficiada pelo convênio, a Polícia Militar recebeu quatro veículos Vans do tipo Renault Master, que são destinadas ao trabalho do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) em todo o Estado, além de quatro quadriciclos 4×4, que serão integradas a Companhia Independente de Proteção Ambiental (Cipam).

De acordo com a governadora, as viaturas chegam para fortalecer o trabalho da segurança pública estadual. “São veículos que atuarão de forma direta nas ruas e também serão destinadas à continuidade da Força-Tarefa do Governo do Estado na Operação Pacto pela Vida, que está sendo fundamental para o aumento nos índices de isolamento social no combate à pandemia”, afirmou.

Para o Coronel Francisco Araújo, secretário da Sesed, as viaturas entregues em convênio com o Governo Federal possibilitam um trabalho ainda mais eficaz nas ações integradas realizadas pelo Governo do Estado. “A chegada desses veículos é de fundamental importância para que a secretaria possa equipar a estrutura da segurança pública. Esses veículos chegam em totais condições de compor, de forma imediata, a estrutura da Operação Pacto pela Vida”, disse.

Além da governadora e do titular da Sesed, participaram do evento o vice-governador Antenor Roberto; a delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva Gomes; o Comandante Geral da Polícia Militar do RN, Coronel PM Alarico José Pessoa Azevêdo Júnior; o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do RN, Coronel Luiz Monteiro da Silva Júnior; e o diretor-geral do ITEP, Marcos Brandão.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. manezinho disse:

    Daqui a alguns meses, provavelmente vão estar todos quebrados porque o governo petista estadual nao é capaz de manter um contrato de manutenção…. o potiguar vota muito mal.

  2. Ivan disse:

    Bolsonaro fez mais pelo NE do q todos esses governadores ladrões dessa pobre região!!! Obrigado Presidente!!!!!!!

  3. Mitológico disse:

    Assim o MITO ganha no primeiro turno em 2022!

  4. Gustavo disse:

    Bolsonaro, melhor governador que o RN já teve!

  5. Kulk Julián disse:

    Salvo engano, já é a segunda fez que vejo essas fotos de carros zero, sendo entregues ao governo petralha do RN.
    A bem pouco tempo atrás, policiais militares empurravam os carro pra irem trabalhar, a Tv mostrou essas cenas, diversas vezes.
    Agora no governo BOLSONARO só carro zeros, o roubo desenfreado cumpanheiro, acabou.
    Ao final de 2026, a vida dos brasileiros, vai melhorar e muito.
    Vamos ter pela primeira vez, pelo menos o básico.
    É isso aí Mito.
    Tamos juntos.
    Governos ladrões nunca mais.

  6. Marcelo Henrique disse:

    Obrigado capitão Jair Messias Bolsonaro, o senhor está governando bem nosso Sofrido RN .

  7. Luciano disse:

    Obrigado presidente Bolsonaro! A governadora não agradece mas a gente sabe que foi uma ação do seu governo!

  8. Abimael lima disse:

    Ótimo ,assim vai dar para prender o coronavírus!

  9. Pedro disse:

    Parece que as coisas no nosso estado, só acontecem com a mão do Governo Federal empurrando. Governo estadual continua mal das pernas.

  10. Lucia Vasconcelos disse:

    É proibido dizer q a operação foi capitaneada pelo governo federal?

    • Dinho disse:

      Não é proibido! Mas é uma constatação de que o Governo Federal é atuante, e contra corrupção, e assim, os recursos chegam à sociedade. É proibido constatar? Boa, Mito. Que venha 2022

PF prende suspeito de praticar ataques contra agentes de segurança pública no RN

Foto: Divulgação/PF

A Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado, coordenada pela Polícia Federal, em ação conjunta com a Delegacia Especializada em Narcóticos – DENARC/Mossoró/RN, e em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP) e com o Exército Brasileiro, deflagrou nesta quarta-feira, 24/06, a Operação Vértice, com o objetivo de realizar a prisão de uma liderança de facção criminosa na cidade de Mossoró/RN, vinculada à organização criminosa originada no Estado de São Paulo.

Mais de 20 policiais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de prisão preventiva em Mossoró/RN, expedidos pela 8ª Vara Federal e 2ª Vara Criminal.

As investigações revelaram que o investigado, além de possuir estreita ligação com organização criminosa vinculada ao tráfico de drogas local, estaria supostamente envolvido no planejamento de ataques a agentes de segurança pública e agentes penais no Estado.

Além da suspeita de ter participado do homicídio de um policial penal Federal no ano de 2017, tal indivíduo ostenta antecedentes criminais, passagem pelo Sistema Penitenciário Federal e se encontrava monitorado por tornozeleira eletrônica, circunstância que não o impediu de continuar praticando crimes.

Apesar das restrições impostas pela pandemia, a Polícia Federal, a DENARC-Mossoró e as demais forças policiais seguem atuando em sintonia contra o crime organizado no Estado do Rio Grande do Norte.

VÍDEO: “Seguimos trabalhando intensamente para o povo potiguar”, reforçam profissionais da segurança pública

Em um momento singular, o isolamento social é a melhor prevenção no combate ao coronavírus em todo o mundo. Por outro lado, a Segurança Pública segue atuante e manda um recado ao povo potiguar:

“Seguimos trabalhando intensamente para o povo potiguar”.

Mensagem em vídeo dos profissionais da área mostra o quanto são fundamentais e importantes para a sociedade, para a ordem e assistência em situações como a atual.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Everton disse:

    Ela é APC, bando de vassalos.

    • Omar Salgado disse:

      Qual o motivo da raiva, amigo ? Vc não gosta de mulher ? Vc tem algo contra APC´s ?
      Pois prá mim ela é a Ministra da Justiça do meu coração !!!

    • disse:

      O que é APC

  2. Chico disse:

    Deve ser a Delegata mais bonita do Brasil, linda, parabéns.

  3. Abadon, o Sicário disse:

    Doutora…
    Pode me prender que eu fugi do confinamento !!!!
    Me prende, pelo amor de Deus, me prende !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Pode botar algema, coleira, tornozeleira, venda nos olhos, me bote de castigo ajoelhado no milho e mande me dar uma pisa de cipó no lombo todo dia !!!!!!!!!
    Meu Deus…diante de tanta desgraça a visão dessa mulher é um bálsamo pro corpo e prá alma !!!
    Benza Deus…

  4. Seu Joao disse:

    êta confinamento dooido… rrsrs… mas eh gata msm… kkkkkk

  5. Omar Salgado disse:

    Doutora que abre o vídeo, PRENDA EU, PRENDA EU, DEIXA QUE EU SEJA O CÉU, ME ACEITA, PRENDA EU !!!
    Como pode ser tão linda, meu Deus ???!!!

  6. disse:

    Qual é o nome da bela delegada:

  7. M.D.R. disse:

    Parabéns pela iniciativa voltada para os problemas sociais.

  8. Gaiatinho disse:

    Oxeeee… pense que eu arrisco uma cadeia por essa cabocla que abre o vídeo.

FOTO: Segurança Pública do RN recebe mais 70 viaturas, coletes e armas

FOTO: ASSECOM

Dando continuidade aos investimentos na Segurança Pública, o Governo do Estado realizou mais uma entrega de viaturas, coletes e armas para a Polícia Militar do Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (28), somando R$ 13 milhões em aquisições de equipamentos. O evento ocorreu na Escola de Governo, no Centro Administrativo.

Durante a cerimônia foi assinado o termo de entrega dos 70 veículos, modelo Mitsubishi L200 Triton, 150 fuzis calibre 556, 100 submetralhadoras do tipo 40, 200 coletes balísticos, 16 miras holográficas e 16 magnificadores (equipamento utilizado para melhorar precisão de tiro) destinados à Polícia Militar.

Os veículos serão divididos de forma a beneficiar todo estado e as principais unidades de policiamento do RN. Receberam carros os cinco Comandos de Policiamento, 14 batalhões, sete companhias independentes, cinco distritos de policiamento rodoviário e mais duas unidades operacionais (ROCAM e Polícia Montada). De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Araújo, “As viaturas foram distribuídas entre os municípios seguindo critérios técnicos e estratégicos como índices de criminalidade da região, total da população, área limítrofes. Devemos destacar que nossos agentes estão recebendo equipamentos de primeira geração garantindo também a segurança dos nossos homens e mulheres resultando uma melhor prestação de serviço à sociedade”.

O investimento é fruto do pacote de R$ 80 milhões em recursos para aplicação na segurança pública. Os valores são oriundos de convênios com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP). No ato de entrega, a governadora destacou a importância da parceria com a Senasp em prol da segurança pública do Rio Grande do Norte: “Estamos colhendo os frutos dos investimentos na segurança pública do estado: já reduzimos os índices de criminalidade e violência. Estamos com um processo em andamento para a compra de um novo helicóptero e em breve entregaremos o equipamento”.

Além destes 80 milhões, o Governo do Estado assegurou no ano passado mais R$ 41 milhões de emendas impositivas que serão destinadas a segurança. “Com isso estamos somando R$ 121 milhões de investimentos destinados a equipamentos e valorização profissional de todo sistema de segurança pública, o maior da história do Rio Grande do Norte nos últimos anos. Também estamos investindo nos serviços de inteligência e integração das nossas polícias e a capacitação dos nossos agentes. Estamos trabalhando com gestão e foco para garantir a paz e segurança pública para o povo do Rio Grande do Norte e para os nossos agentes”, enfatizou Fátima Bezerra.

O evento teve a presença do secretário Nacional de Segurança Pública, representando o Governo Federal, general Guilherme Teófilo, que destacou o empenho e dedicação do Governo do Estado para reduzir os índices de violência. “Os bons resultados da Operação Carnaval são uma prova do empenho do Governo do Estado. O evento de hoje é uma pequena parcela do que ainda podemos fazer juntos em parceria com a Senasp para beneficiar e aparelhar o Rio Grande do Norte”.

Parte da verba já foi aplicada em viaturas, equipamentos, armas e cursos para as forças de segurança desde 2019. O pacote ainda inclui mais viaturas e equipamentos, como drones. Em breve o Governo realizará uma nova entrega de viaturas para a Polícia Civil.

Participaram do evento o vice-governador, Antenor Roberto, o senador Jean Paul Prates, Comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, do diretor-geral do Itep, Marcos Brandão, delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, controlador Geral do Estado, Pedro Lopes, Comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Monteiro Junior, secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, o superintendente da Policia Rodoviária Federal, Djairlon Moura, e os deputados Isolda Dantas, Francisco Medeiros, Rafael Mota, General Girão, Kleber Rodrigues, Souza Neto, Eudiane Macedo, coronel Azevedo, Benes Leocádio, Ubaldo Fernandes, prefeitos e agentes de segurança.

Distribuição das viaturas

Comando de Policiamento Metropolitano – 1 viatura; Comando de Policiamento do Interior – 1 viatura; Comando de Policiamento Regional 1 (Mossoró) – 1 viatura; Comando de Policiamento Regional 2 (Caicó) – 1 viatura; Comando de Policiamento Regional 3 (Santa Cruz) – 1 viatura; 1º Batalhão de Polícia Militar – BPM (Zona Leste de Natal) – 2 viaturas ; 2º BPM (Mossoró) – 3 viaturas; 3º BPM (Parnamirim) – 5 viaturas; 4º BPM (Zona Norte de Natal)– 2 viaturas; 5º BPM (Zona Sul de Natal) – 2 viaturas; 6º BPM (Caicó) – 3 viaturas; 7º BPM (Pau dos Ferros) – 3 viaturas

8º BPM (Nova Cruz) – 3 viaturas; 9º BPM (Zona Oeste de Natal)– 1 viatura; 10º BPM (Assu) – 3 viaturas; 11º BPM (Macaíba) – 4 viaturas; 12º BPM (Mossoró) – 3 viaturas; 1ª Companhia Independente de Polícia Militar – CIPM (Macau) – 2 viaturas; 2ª CIPM (João Câmara) – 2 viaturas; 3ª CIPM (Currais Novos) – 2 viaturas; 4ª CIPM (Santa Cruz) – 2 viaturas; 5ª CIPM (Jardim de Piranhas) – 2 viaturas; Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR) – 3 viaturas; Companhia Independente de Policiamento de Guarda (CIPGD) – 1 viatura; 1º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual – DPRE (Natal) – 2 viaturas; 2º DPRE (Mossoró) – 1 viatura; 3º DPRE (Caicó) – 1 viatura; 4º DPRE (Pau dos Ferros) – 2 viaturas; 5º DPRE (Nova Cruz) – 2 viaturas; Batalhão de Polícia de (BPChoque) – 5 viaturas; Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (ROCAM) – 1 viatura; Regimento de Polícia Montada (RPMON) – 1 viatura; Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) – 2 viaturas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Olimpio disse:

    A governadora alardeia que a segurança diminuiu e o cidadão de bem não pode sair da garagem de casa que seu veículo é tomado de assalto, quando não é assim fica apavorado nas ruas com medo de assalto.
    Isto também é violência.

  2. francisco nunes disse:

    É preciso deixar claro que essas viaturas e equipamentos foram patrocinados e financiados pelo governo federal.

  3. Luigi disse:

    Fruto do trabalho de Robinson Faria, Fábio Faria e dra Kalina Leite.
    Essa é a verdade!!

  4. Tulii disse:

    Esperamos que esses policiais sejam monitorados, pois os da zona norte vivem mais de conversa ao pé do ouvido….super despreparados…mal educados e agressivos

  5. mauricio disse:

    Vcs parecem papagaios, repetem a mesma coisa, evoluam. Obs quero q desonestos de direita e de esquerda se lasquem, entendam, desonestos

  6. Ceará-Mundão disse:

    Bolsonaro, o melhor "governador" que o RN já teve. Só em recursos, já veio quase 1 bilhão prá cá. É a governadora do PT fica posando de boazinha, como se fosse ação dela, e continua fazendo sua oposição irresponsável ao governo do "Bozo", sua única e eventual tábua de salvação. Até empréstimos do Banco Mundial o governo federal já pagou pelo RN.

  7. Pedro disse:

    É ela priorizando a segurança com os recursos federais e a marginalidade mostrando as unhas, estamos voltando a insegurança vivenciada a pouco tempo. A Governadora não tem credibilidade e isso se reflete na policia, não adianta viatura e armas. Outra, a saúde do estado está falida, temos 10.000 pessoas esperando uma cirurgia eletiva, as cirurgias ortopédicas de segundo tempo, tem uma fila de 2.000, estamos criando um exército de deficientes, os hospitais lotados e sem recursos, equipamentos quebrados a própria SESAP em estado de calamidade e Fatao GD pulando carnaval.

  8. José claudio disse:

    Parabéns Bolsonaro, a população de bem agradece pelo seu esforço em protegêla e os marginais cada vez mais lhe odeiam pois equipando as polícias é chumbo grosso no lombo da bandidagem

  9. Antonio Turci disse:

    Será que a Governadora lembrou de dizer "valeu, Bolsonaro, o RN agradece". É só uma pergunta…….

    • Augusto disse:

      As viaturas são do governo Temer ainda…..convênio com o MJ de 2018…..

    • Luiz Antônio disse:

      Isso é um convênio entre o governo do estado do RN com o Ministério da Justiça e Segurança Publica. Essa verba é decorrente dos impostos pagos por nós. Não tem na a ver com Fátima e nem com Bolsonaro.

    • Ceará-Mundão disse:

      Então, Augusto, de uma forma ou de outra, Fatão GD não tem ABSOLUTAMENTE NADA a ver com tais recursos. Devia dar os créditos a quem de direito e não tentar se apropriar de algo que não é obra dela. Mas, é graças a Bolsonaro sim. Aceite. Não fosse o governo dele, essa ajuda não viria. O presidente agora é ELE, não esquece, talkey?

    • Só tem papangu! disse:

      Ceará-Mundinho, esses recursos em nada tem haver com o Bozo ou Fatão, foram recursos assegurados ainda no governo Temer, então, independente de quem fosse o presidente ou o governador, esse recurso viria.

Sobre o Ministério da Justiça e da Segurança Pública, Bolsonaro diz que querem “o tempo todo”, dividir pastas: “Moro e eu não mordemos a isca”

Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

Ao ser questionado nesta terça-feira, 28, sobre a recriação do Ministério da Segurança Pública, o presidente Jair Bolsonaro disse que “o tempo todo” querem dividir pastas do governo, mas que ele e o ministro Sérgio Moro não “morderam a isca”.

Segundo Bolsonaro, há “luta pelo poder”, mas será mantida a estrutura do Ministério da Justiça e da Segurança Pública nas mãos de Moro.

“Não existe isso (a recriação do Ministério da Segurança Pública). Antes de eu viajar deu um problema. Qual é o problema? Lá trás pegamos quase 40 ministérios. E aí houve reação por causa da fusão”, disse.

Bolsonaro confirmou na quinta-feira passada, dia 23, que estudava recriar o Ministério da Segurança Pública, mas não deu detalhes sobre como se daria uma eventual fragmentação da atual pasta de Moro. A divisão é um pleito de secretários estaduais de segurança pública.

A proposta de dividir o ministério de Moro gerou críticas a Bolsonaro nas redes sociais. Caso o presidente repetisse o mesmo modelo de ministério da Segurança Pública do seu antecessor Michel Temer, o ministro Sérgio Moro perderia o comando da Polícia Federal, do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os três órgãos mais importantes da sua pasta.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ainda falta 3 anos disse:

    Bolsonaro não é burro de brigar com Moro e perder o resto de popularidade que tem. A mamata acabou….SQN!!!

  2. Tony disse:

    Dois OPORTUNISTAS NO PODER…..Dois ladrões se dando bem $$$$….CANALHAS

  3. Ramalho disse:

    Quem tem "C" tem medo.

  4. Kaila disse:

    Se mexer com o Moro , já era…

    .

Weintraub posta VÍDEO com Moro para anunciar R$ 10 milhões para bolsas de estudo na área de segurança pública

Foto: Reprodução/Twitter

Abraham Weintraub publicou um vídeo com Sergio Moro nas redes sociais para anunciar o aporte de R$ 10 milhões para bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado na área de segurança pública.

Os custos serão bancados pelas duas pastas. Segundo o MEC, um edital será publicado em 15 dias para que os interessados possam se inscrever no programa.

“São 100 ou 200 vagas para quem queira aprofundar conhecimento. Pesquisa, soluções em biologia, qualquer área do conhecimento que beneficie a segurança pública”, disse Weintraub no vídeo.

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Boa… sera que vai voltar o bolsa formação para agentes de segurança públicas? Que existia ate 2011?

  2. Silva disse:

    Daqui pra frente, é só alegria!!
    Valeu Mito!

  3. Bento disse:

    Brasil acima de tudo.
    Parabéns Ministro da Educação e ao grande Herói Nacional Ministro Sérgio Moro.

Governo assina convênios para investir mais R$ 41 milhões na segurança pública

Fotos de Demis Roussos

A segurança pública continua sendo prioridade do Governo do RN. Nestes dias 23 e 24 foram pactuados e assinados convênios no montante de R$ 41,9 milhões destinados a equipamentos e valorização profissional do sistema de segurança pública do Estado composto pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social – Sesed, Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto Técnico e Científico de Perícia – Itep e Corpo de Bombeiros Militar.

Os recursos já estão empenhados no orçamento da Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), no valor exato de R$ 41.977.146,67.

Os convênios são resultado de emendas da bancada federal, deputados e senadores, ao Orçamento Geral da União apresentadas no exercício de 2018. A governadora Fátima Bezerra explica que “esses recursos são de emenda de bancada de 2018 para o orçamento de 2019, ainda da minha época enquanto senadora, quando articulei junto à bancada federal do Rio Grande do Norte. Agora é a concretização dos convênios assinados”.

Fátima Bezerra também explica que “o Governo Federal não pode deixar de fazer o repasse dos recursos porque a emenda é impositiva. Os convênios foram assinados agora. Vamos investir cada vez mais na melhoria da segurança pública para a população para melhorar ainda mais os resultados que alcançamos em 2019, como, por exemplo, a redução de assassinatos poupando 500 vidas em nosso Estado”.

O secretário de segurança, coronel Francisco Araújo disse que “os investimentos irão beneficiar as instituições que compõem o sistema, fortalecer o enfrentamento à criminalidade e trazer melhores condições de trabalho aos servidores e policiais. Isto, consequentemente, vai resultar na melhor prestação de serviço à sociedade em todo o Rio Grande do Norte”.

Coronel Araújo destacou que todos os projetos para aplicação dos recursos apresentados pelo Governo do RN foram aprovados pela Senasp. “Atendemos a orientação da governadora Fátima Bezerra, definimos as prioridades e agora teremos atendidas nossas demandas”, registrou.

São oito convênios, sendo quatro de emendas ao orçamento apresentados pelo conjunto da bancada federal e quatro por emendas individuais:

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Silva disse:

    Fátima pague o 13º salário

  2. Oswaldo disse:

    Se eu entendi é de emendas dela no ano de 2018 no governo Temer, dinheiro federal, ponto! Agora ela alega que as reduções na criminalidade são de 2019 no governo tb del e não consequência das ações do governo federal?!? Estranho, muito estranho!

  3. Mendes disse:

    Existe CÉDULAS dizendo a origem se é: FEDERAL, ESTADUAL ou MUNICIPAL KKKKKKKK

    • Fernando disse:

      Então ela tá se apropriando indevidamente da disponibilidade da verba, logo está prevaricando.

  4. Antenado disse:

    Governo do Estado investir 41 milhões!!?? Como, se o dinheiro é federal??? A matéria quer enganar quem?? Os otários???

  5. Mendes disse:

    Lei a matéria ORÇAMENTO DE 2018. Caso queira podemos pedir ao BLOG DO BG para DESENHAR INTELIGENTE.

  6. Mendes disse:

    Esses repasses são GARANTIAS CONSTITUCIONAIS de emendas já existentes . MORO e o BOZO não sonhavam nem ser MINISTRO e PRESIDENTE respectivamente. Esse desgoverno investe tanto no RN e no NORDESTE que fechou todas as operações da PETROBRAS.

    • Manoel disse:

      A Petrobrás eh uma empresa estatal que, como toda empresa, deve visar o lucro. Então, decidiu vender os poços de exploração aqui pra outras empresas. Na época do governo petista, a Petrobrás foi usada pra mega roubos a base de muita corrupção. Espero que isso tenha acabado e pra garantir, a Petrobrás deveria ser privatizada. O petróleo continua sendo do Brasil, só a exploração seria feita por uma Petrobrás privatizada e sem mais interferência de partidos políticos que a vem como fonte de renda pra corrupção.

    • Antônio Neves disse:

      O desmonte das operações da Petrobras no RN vem desde Lula.
      Até mesmo pq escolheu PE para instalar a refinaria que tanto queríamos.

    • Dulce disse:

      Se são garantia constitucionais, ela não poderia em hipótese alguma se autopromover desses investimento, isso é passível de instauração de inquérito contra essa divulgação de se autopromoção. Com a palavra o MP.

  7. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Mais dinheiro do governo federal para a segurança do RN. Parabéns Ministro Moro e Presidente Bolsonaro.
    Vergonhosa a manchete desta matéria, que destaca o governo do RN e esconde o governo federal. Tentando retirar os méritos do Ministro e do Presidente e dando-os a quem não os têm, a Governadora.

  8. Rick disse:

    Parabéns ao governo Bolsonaro por investir 41. 911 milhões e a governadora por divulgar esse investimento, pergunto: o governo pt não vai investir uma pataca? Já tá na hora né governo petralha. Só anistiar dívidas não deveria ser a principal meta

Bolsonaro nega intenção de tirar Segurança Pública de Moro: “mais uma fake news”

FOTO: JOÉDSON ALVES (EFE)

Jair Bolsonaro classificou como “fake news” a informação de que desejaria recriar o Ministério da Segurança Pública — tirando a área da alçada do Ministério da Justiça de Sergio Moro.

“Não. Mais uma fake news. Já mandei para o Moro. Chega gente para mim querendo até dividir a Defesa. Vamos fazer Defesa do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Chega tudo, pô!”, disse Bolsonaro.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. BRASIL JA ERA disse:

    É verdade! Hoje em dia nem nas urnas da p acreditar! Aonde que um sem futuro daquele Hadad, ia chagar tao longe como chegou nas eleiçoes? Infelizmente a petralha tem muitos maconheiros e desocupados p votar neles.

  2. Deusivando disse:

    Só Moro tem chance de ganhar em 2022. Se for Bolsonaro contra a esquerda, a esquerda volta!

  3. Ems disse:

    As Fake News estão a todo vapor !

Detran conclui curso de identificação veicular com foco na segurança pública

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) concluiu nesse domingo (22), o Curso de Vistoriador e Lacrador Veicular com foco na segurança pública, alcançando 40 profissionais entres policiais militares lotados no Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) e guardas municipais de Natal. A capacitação qualifica os agentes de segurança a identificarem possíveis fraudes, adulterações e clonagem de veículos.

Os instrutores da Escola Pública de Trânsito do Detran (Eptran) direcionaram as instruções possibilitando aos alunos meios técnicos de identificação veicular que possam facilitar a leitura do veículo em situação de blitzen preventivas realizadas pelos agentes de segurança pública. Nessa situação, o policial terá nas mãos mais informações possibilitando inibir ações fraudulentas envolvendo veículos automotores.

De acordo com a técnica da Eptran, Adariliany de França, o agente formado no Curso de Vistoriador e Lacrador Veicular dispõe da capacidade de ler os códigos veiculares impressos em vários pontos do automóvel. “Essa qualificação deixa o policial apto a entender os itens de segurança veicular e inibir possíveis delitos”, explicou.

A capacitação contou com uma carga horária de 20h/aula compreendendo as disciplinas de “Identificação Veicular”; “Noções Básicas de Adulteração e Perícia”; “Legislação de Trânsito”; “Tipos de Vistorias” e “Estágio Supervisionado”. O Curso segue em conformidade com as diretrizes determinadas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e com as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que tratam sobre o tema.

Nova ferramenta de Segurança Pública do RN é apresentada para o Ministério da Justiça

Fotos: Divulgação

Em reunião na manhã desta terça-feira (17), a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e o Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), apresentaram o sistema da Central de Atendimento e Despacho (CAD) ao diretor de Gestão e Integração de Informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça, Wellington Porcino.

Desenvolvido por alunos e professores do Instituto dentro do projeto Smart Metrópolis, o CAD é uma ferramenta de atendimento à população e auxílio às atividades realizadas pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP), da Sesed. Mais moderno do que o utilizado atualmente, o software permitirá uma integração com outras ferramentas, como os tablets utilizados em viaturas e câmeras de videomonitoramento.

De acordo com o professor do Instituto, Frederico Lopes, a integração entre os órgãos favorece a implementação de novos projetos. “Os técnicos abraçaram o projeto desenvolvido por nossos alunos, que produzem soluções que podem ser utilizadas na vida real, e agora estamos vendo o poder público perceber que as nossas ferramentas atendem as necessidades atuais. Portanto, é importante integrar os trabalhos para que os projetos possam sair do papel.”, afirmou.

Para o diretor do Ciosp, coronel Kleber Macedo, a usualidade da ferramenta dentro do sistema deixará o processo ainda mais eficaz. “O desenvolvimento dessa ferramenta nos dará autonomia operacional para que possamos avançar com novas integrações e projetos, uma vez que a ferramenta está sendo desenvolvida no Rio Grande do Norte e é algo que chamou atenção da Senasp”, disse.

Representante do Senasp, Wellington Porcino ressaltou a qualidade dos projetos desenvolvidos pelos alunos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. “As atividades aqui do Rio Grande do Norte me deixam bastante satisfeito devido à qualidade e rapidez dos projetos, e a capacidade que os órgãos do estado possuem em promover a integração”, explicou.

Também presente na apresentação, o vice-governador do Estado, Antenor Roberto, falou da construção do CAD como uma plataforma potiguar que poderá ser utilizada além do Rio Grande do Norte. “Apresentações de projetos como esse são sempre vitoriosos para o nosso Estado. O diretor do Senasp conheceu o CAD, um sistema genuinamente potiguar, construído por jovens e totalmente integrado com a nossa secretaria de segurança, sendo uma plataforma que dará uma nova qualidade no atendimento e registros policiais no estado e, quem sabe, a sua implementação faça com que o projeto vire um case para utilização em todo o Brasil”, completou Antenor.

Na apresentação deste projeto, estiveram presentes representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Itep, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), e membros do Instituto Metrópole Digital da UFRN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Oliveira disse:

    Nao sei porque eles estao se vangloriando tanto esse projeto ja tem em São Paulo a muito tempo como pode ser um projeto genuinamente potiguar conta outra natal sempre foi pessimo em tecnologia nunca inova podemos ver pela quantidade de empresas de tecnologia e desenvolvimento de software nao existe praticamente nenhuma no estado.

  2. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    Resultado de investimento em tecnologia e educação transforma, muda a realidade.
    Entendo que informações em tempo real, mesmo com equipe pequena, as novas tecnologias irão auxiliar no enfrentamento das dos problemas relacionados não somente a segurança pública. Parabéns a equipe do Metrópole Digital.

  3. Luiz Fernando disse:

    Com o pequeno contigente da polícia militar nada disso funciona.

O Globo destaca viagem de Mourão para capital potiguar em que discutirá segurança pública com governadora Fátima(PT); vice-presidente nega desconforto

Foto: Agência O Globo

O presidente em exercício Hamilton Mourão se encontra, na próxima segunda-feira, com a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). Na ocasião, ela apresentará um projeto para a área de Segurança Pública. Mourão negou que o encontro com a petista causará desconforto com o presidente Jair Bolsonaro, hospitalizado em São Paulo, após se submeter a uma cirurgia.

— Não, em absoluto. A governadora vai apresentar as ideias dela ali, a gente governa para o país como um todo – respondeu.

O presidente em exercício embarca no final da tarde de domingo para Natal. Segundo ele, a viagem já estava prevista para participar do Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2019, que ocorre na capital de domingo a terça-feira.

A agenda inclui ainda uma visita ao sítio histórico de Cunhaú, palco de uma disputa territorial e religiosa envolvendo colonos portugueses, holandeses e nativos (indígenas Janduís), e a um instituto de tecnologia. Bolsonaro deve ficar afastado da Presidência até a próxima terça-feira.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MANOEL MARQUES DANTAS disse:

    Governadora e Presidente republicanos. Corrija sua informação que ele vai a Uruaçu em São Gonçalo do Amarante.

  2. Raniscley disse:

    Bem mais educado….general!!!!GENERAL VIU??

  3. Lampejao disse:

    É GÓPI,É GÓPI,É GÓPI………..KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  4. BRASIL FOI MELHOR disse:

    Se fosse o CANALHA DO PRESIDENTE BOSTA, ELE PEGARIA A BANDEIRA DO RN E IA CHUPAR PENSANDI QUE ERA CANA……KKKKKKK, BOSTA NELE

  5. BRASIL FOI MELHOR disse:

    Dois COMENTARIOS RIDÍCULOS, SO PODIA PARTIR DE BOLSOTRALHAS , MOURAO É TOTALMENTE DIFERENTE DO DESVAIRADO MARGINAL BOSTANARO, QUE DEVERIA LEVA-LO DIRETO PARA O HOSPÍCIO …..MELHOR MOURAO DO QUE O DESEQUIBRADO, QUEM GOSTA DE BOSTA É OINICO

  6. Waldemir disse:

    Sera que ela vai limpar o nariz com o dedo e depois limpar o dedo na bandeira na frente do vice

  7. Chicão disse:

    Discutir com Fátima gopi? Ela vai logo gritando "luladrão livre", aí meu amigo, já viu. Né

Moro prepara ‘Lei Rouanet’ para a segurança pública

FOTO: HUGO BARRETO/METRÓPOLES

Com orçamento bloqueado e aumento de gastos em operações da Força Nacional e do Exército, o governo pretende apelar à iniciativa privada para tocar programas de combate à criminalidade. O Ministério da Justiça prepara medida provisória para criar o que vem sendo chamado de “Lei Rouanet da Segurança Pública”, com o abatimento no Imposto de Renda de pessoas físicas e jurídicas que fizerem doações ao Fundo Nacional de Segurança Pública.

A proposta preliminar, elaborada pela equipe do ministro da Justiça, Sérgio Moro, estabelece que pessoas físicas poderiam abater até 60% das doações no Imposto de Renda. O porcentual para pessoas jurídicas, por sua vez, ficaria em torno de 40%. A faixa permitida para deduções e as contrapartidas para os doadores do fundo ainda estão em estudo, mas o ministério já pôs no papel a lista de possíveis destinos do dinheiro que espera conseguir dos empresários.

A relação inclui a ajuda aos Estados para a compra de armas e equipamentos destinados às polícias Civil e Militar, a melhoria das 1.100 Guardas Municipais existentes, além da criação de novos contingentes nas cidades. Diante da vontade de obter novas fontes de recursos, a equipe de Moro não se preocupa nem mesmo em recorrer ao nome de uma lei do setor cultural já atacada pelo presidente Jair Bolsonaro.

“A ideia é criar uma espécie de Lei Rouanet de Segurança Pública, onde a iniciativa privada faria doações para ajudar o setor”, disse ao Estado o secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo. No papel, porém, o governo batizou a proposta como Programa Nacional de Apoio à Segurança Pública (Pronasp).

Segundo Theophilo, o dinheiro do fundo e das loterias não é suficiente para aumentar a contribuição do governo federal no combate ao crime. Um levantamento apresentado na última terça-feira pelo Fórum Brasileiro da Segurança Pública, a partir de dados oficiais, mostra que o governo ficou engessado para investimentos em inteligência e ajuda às polícias estaduais. Um dos motivos são os repasses para diárias e manutenção das operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) do Exército, que totalizaram R$ 386 milhões no ano passado, e também da Força Nacional, que consumiram outros R$ 167 milhões.

O Instituto Sou da Paz indicou que, ainda em 2018, 41,9% dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública foram para a Força Nacional – ante 62,9% em 2017 e 43% em 2016. Os repasses para o Exército são enviados por meio do Ministério da Defesa.

Governo busca dinheiro para criar Guarda Nacional

A aposta do governo é que o dinheiro da “nova Lei Rouanet” também sirva para facilitar a criação da Guarda Nacional. A nova força, porém, pode não entrar tão cedo na lista para obter doações porque depende de uma emenda constitucional. A proposta precisa ser aprovada pelo Congresso, refratário às ações do Ministério da Justiça.

Com estimativa de empregar até dois mil agentes por concurso, a Guarda Nacional substituiria a Força Nacional de Segurança Pública, formada hoje por 2.050 policiais emprestados pelos Estados. A intenção é usar a nova corporação como polícia ostensiva para ajudar na segurança pública dos Estados, nas questões humanitárias (resposta a desastres), nos distúrbios civis e policiamento ambiental.

O presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, disse ver com ceticismo a aplicação da proposta de parceria com empresários. “A ideia é positiva, mas esbarra em discussões federativas e orçamentárias”, argumentou. “Trata-se de um esforço legítimo, porque é preciso dinheiro novo, mas a equipe do Ministério da Justiça terá de forçar a discussão para evitar que o dinheiro seja contingenciado.”

O pesquisador lembrou que o dinheiro das loterias – garantido por uma decisão do então presidente Michel Temer, em 2018 – e os fundos da pasta da Justiça foram contingenciados. Lima disse que o ministério tem buscado financiamento no Banco Mundial, mas o pedido sempre esbarra na falta de aval para garantir que os recursos sejam, de fato, aplicados na área. “O drama é a falta de aval.”

No ano passado, o governo gastou R$ 4,6 milhões com combustíveis e R$ 3 milhões na aquisição de veículos da Força Nacional. Não faltam queixas até mesmo da Polícia Federal, que viu esvaziado seu Fundo para Aparelhamento e Operacionalização das Atividades (Funapol), desde 2012 sem receber recursos.

Os governadores, por sua vez, reclamam da falta de investimento da União em segurança pública, uma rubrica que inclui policiamento, defesa civil e inteligência. Pela Constituição, a responsabilidade de combater o crime é dos Estados. Desde 2011, a União repassa anualmente para o setor um montante de R$ 11 bilhões. No mesmo período, os Estados aumentaram as despesas com segurança pública de R$ 62,8 bilhões para R$ 74 bilhões, enquanto os municípios passaram de R$ 4,3 bilhões para R$ 5,8 bilhões. No Rio Grande do Sul, a Assembleia Legislativa aprovou projeto para abater parte do ICMS com as doações, mas ainda há críticas de empresários (mais informações nesta página).

Na Câmara, pelo menos dois projetos de uso de dinheiro privado na segurança pública estão em tramitação. Um deles, do deputado Roberto Alves (PRB-SP), foi aprovado pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado. Autoriza o financiamento privado, mas não especifica qual porcentual da doação poderia reverter para abatimento em impostos.

Outro projeto é do deputado José Airton Cirilo (PT-CE) e permite que as pessoas físicas e jurídicas utilizem até 4% do IR devido para financiar, por meio de patrocínio ou doação, projetos do Ministério da Justiça.

No RS, empresários pedem garantias de compensação

A versão gaúcha da “Lei Rouanet da Segurança” foi aprovada há um ano pela Assembleia do Rio Grande do Sul, mas só regulamentada em julho passado pelo governo estadual. O chamado Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública ainda é alvo de críticas de empresários, para quem a lei não assegurou a compensação nos impostos.

Um dos idealizadores do projeto, o empresário Leonardo Fração afirmou que a ideia original não foi aprovada pela Assembleia. “A ideia que propusemos ao Estado era excelente”, disse. “Só que, infelizmente, não éramos nós os donos das canetas de onde saiu a lei, que acabou distorcendo nossa proposta.”

Presidente da ONG Instituto Cultural Floresta, Fração disse que a nova lei não garantiu segurança jurídica, já que não se tem certeza de como o governo fará a compensação fiscal. “Esta compensação tributária tem de ser explícita, dizendo quanto e em quanto tempo haverá a homologação da compensação no imposto”, argumentou. “Hoje são dois entraves na legislação: como o Estado me diz que estou quites e como eu compenso.”

A proposta foi questionada pelo governo de Mato Grosso, que a classificou como um benefício de guerra fiscal. Em princípio, o Conselho Nacional de Secretários Estaduais da Fazenda não rejeitou a iniciativa, mas voltará a discutir a questão em setembro de 2020.

A lei gaúcha foi criada após campanha feita por 55 empresários em 2017. Eles doaram R$ 14 milhões para a segurança do Estado, mesmo sem incentivos fiscaisou contrapartidas. O dinheiro garantiu na época a compra de 48 veículos blindados, 1.441 pistolas, 250 fuzis, além de coletes e rádios comunicadores.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    O governo anterior preferia investir em projetos em que um "artista" introduzia seu dedo no cool de outro "artista", tudo sob aplausos de uma plateia insandecida de mamadores de verbas!!!!Moro neles!!!!!!!!!!!

  2. Cesar Bomone disse:

    Excelente, sem dúvida um grande ministro, HERÓI DA PÁTRIA.

  3. joaozinho disse:

    Melhor atender a segurança publica do que a arte duvidosa.

  4. Araújo disse:

    Boa ideia. MORO 2022.

  5. Aluizio disse:

    Até que em fim saiu uma excelente ideia, sem pensar no seu próprio umbigo, e sim na população

  6. Jk disse:

    BEM MAIS ÚTIL E NECESSÁRIO!

NIMAS: Polícia Civil cria Núcleo para investigar mortes de agentes de segurança pública

A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira (02), a publicação de uma portaria no Diário Oficial desta quinta-feira (01), que criou o Núcleo de Investigação Policial de Mortes de Agentes de Segurança Pública (NIMAS), diretamente vinculado à Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

O Núcleo objetiva apurar todas as mortes violentas de agentes de segurança pública e aquelas decorrentes de intervenção policial, ocorridas no município de Natal. O Nimas também irá fortalecer, padronizar e ampliar a coordenação destas investigações. Além da atuação em Natal, o Núcleo realizará controle, coordenação e orientações das investigações, em casos dessa natureza ,que ocorram em qualquer cidade do Estado.

“Pretendemos com a criação do Núcleo aprimorar as investigações sobre as mortes que foram efetivadas contra os agentes de segurança e com isso almejamos uma  redução deste tipo de crime. Nós iremos coordenar, controlar e monitorar todos estes casos e teremos a criação de um banco de dados”, detalhou o diretor da DHPP, Júlio Costa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Precisa criar "núcleo" coisa nenhuma, é só um gasto desnecessário a mais. O corporativismo ancestral das polícias já é ultrassuficiente para resolver todos os casos envolvendo os bichim.

FOTOS: Governo do RN investe R$ 80 milhões em equipamentos e pessoal da segurança pública

FOTOS: ELISA ELSIE

O Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), apresentou nesta terça-feira, 23 o plano de aplicação de R$ 80 milhões oriundos do convênio firmado com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

O valor será destinado aos diversos setores e órgãos da Sesed e foram assim destinados:

Polícia Militar – R$ 29.977.330,89 milhões

– Investimentos: coletes balísticos; viaturas; armas; escudos balísticos, entre outros equipamentos.

Polícia Civil – R$ 12.209.780,77 milhões

– Investimentos: armas; viaturas; escudos balísticos; tecnologia.

Corpo de Bombeiros Militar – R$ 6.110.615,00 milhões

– Investimentos: viaturas

Sesed/Centro de Inteligência – R$ 2,877 milhões

Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) – R$ 1,928 milhões

Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) – R$ 21,777 milhões

Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) – R$ 5 milhões

Capacitação de PM para o programa Polícia de Proximidade – R$ 297 mil

A governadora Fátima Bezerra destacou o empenho da administração para prestar melhor serviço de segurança à população. “Desde a escolha da nossa equipe tivemos todo o cuidado para que fosse possível o trabalho integrado entre os órgãos da segurança. E isto já vem dando resultados positivos. Nos primeiros seis meses do Governo conseguimos poupar 365 vidas no RN. Foram 365 homicídios a menos que mesmo período do ano passado”, afirmou.

Além disso também no primeiro semestre de 2019, o RN foi um dos quatro estados do país que mais conseguiram reduzir a violência. “Estes são resultados concretos do trabalho do Governo que dialoga, tem compromisso e age com transparência. E quem ganha é a população”, disse Fátima Bezerra, acrescentando: “Estas ações visam o controle e a redução dos índices de violências e de crimes praticados em nosso Estado. Reconheço o esforço e a dedicação dos operadores da segurança pública e tenho certeza que vamos proporcionar a população um melhor serviço de segurança pública e paz para avançar social e economicamente”.

Além do convênio no valor de R$ 80 milhões, a administração estadual deve dispor de R$ 40 milhões das emendas parlamentares impositivas. Estes recursos devem ser liberados pelo Governo Federal até o final do ano para serem investidos no aparelhamento e condições de trabalho dos órgãos do sistema de segurança pública.

30 VEÍCULOS, 9 MOTOS E EQUIPAMENTOS PARA A POLÍCIA CIVIL

Outra iniciativa do Governo do Estado adotada na atual gestão resultou na recuperação de recursos de um convênio de 2013, dentro dos investimentos para a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Através de gestões junto à Senasp foi recuperado R$ 2 milhões para investimentos em veículos, equipamentos, armamentos e móveis que nesta terça-feira, 23, foram entregues à Polícia Civil.

Foram entregues 30 automóveis, nove motocicletas, 364 cadeiras, 241 armários e 119 mesas para delegacias e unidades da Polícia Civil.

Os equipamentos vão permitir a estruturação das delegacias responsáveis pela investigação de homicídios de Natal e Mossoró, e das delegacias distritais de Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Ceará Mirim.

Também foram entregues à Polícia Civil, para utilização pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR)30 mochilas táticas, escudo balístico, 10 capacetes balísticos, 100 munições calibre 5.56, um fuzil Imbel 7.62 e uma carabina. Unidades especializadas da Polícia Militar também receberam estes materiais.

VEÍCULOS ENTREGUES:

– DHPP Natal: 14 automóveis e duas motocicletas.

– DHPP Mossoró: três automóveis e duas motocicletas.

– 1ª DP de Parnamirim: três automóveis e uma motocicleta.

– 2ª DP de Parnamirim: dois automóveis e uma motocicleta.

– Delegacia de Macaíba: três automóveis e uma motocicleta.

– Delegacia de São Gonçalo do Amarante: três automóveis e uma motocicleta.

– Delegacia de Ceará Mirim: dois automóveis e uma motocicleta.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Helena disse:

    De onde são os recursos ??? Seria gópi ???

  2. Jucier disse:

    Parabéns governadora tem q comprar viaturas, reformar as delegacias p atender os cidadãos e seus funcionários. O que não pode é pegar todo dinheiro e gastar com salários para essas corporações q nunca estão satisfeitas. Que adianta um Delegado ganhar 25 mil se ele trabalha em um lixo, pois todo dinheiro é p pagar salário e aposentadorias a garotos de 49 anos.

  3. Pedro disse:

    Pense numa governadora de fibra, se aproveitando dos recursos federais e capitalizando os idiotas, devia ter vergonha, a saúde anda de ré, os serviços a míngua, os salários dos funcionários no esquecimento, e ela obvio, jogando para os incautos. Deus se aposte de nós, aguentar isso mais 03 anos e seus meses, é de matar.

  4. Coutinho disse:

    Lembrando que, quem está envestindo na segurança pública do RN, não é o governo do estado e sim o Governo Federal, através do Ministério de Justiça e Segurança Pública.

  5. Joseane disse:

    Concordo com Flávio, além do baixo efetivo, esse governo acredita que diárias operacionais resolvem o problema da insegurança…esquece q o policial Militar mais novo na PM deve estar com 30 anos, em sua minoria, pois a grande maioria dos PMs estão com 40 anos de idade, ja sofrendo das doenças originadas pelo tipo de serviço a que escolheram sem saber o alto preço pago para combater o crime que hoje tem como maior número jovens de 18 a 24.

  6. FLAVIO disse:

    quem vai dirigir essas viaturas criatura não tem o equipamento principal o policial para combater o crime pelo amor de Deus. toda ajuda é bem vinda mas pegue esse dinheiro e contrate mais policiais viatura não anda sozinha e revolver não atira só mesmo não votando na governadora mas desejo que o rn melhore mas continua os mesmo modis operandis dos outros se fosse por viatura Robson que faria e não fez tinha sido eleito no primeiro turno

Prefeitura de Parnamirim e Governo do Estado firmam convênio em prol da segurança pública

O Prefeito Rosano Taveira recebeu nessa segunda-feira(11), em seu gabinete, o Secretário Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Coronel Francisco Araújo e outras autoridades da área, para celebrar um convênio objetivando a cooperação mútua no desenvolvimento das atividades de segurança pública e defesa social no município de Parnamirim, pelos órgãos integrantes do sistema estadual de segurança pública.

“Nossa gestão tem se esforçado continuamente para promover maior segurança aos parnamirinenses, trazendo ao município, o Esquadrão Águia, Corpo de Bombeiros, a nova sede da Polícia Civil, criando a Guarda Municipal e o sistema de videomonitoramento com central de operações. Neste sentido, toda parceria que resulte em benefício para nossa população, é bem-vinda”, disse o Prefeito Taveira.

Para o Secretário da SESED, Coronel Araújo, essa parceria entre os Poderes Executivos a nível municipal e estadual facilitará as ações dos órgãos de segurança pública, das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e do próprio Instituto Técnico de Polícia.

“É uma união de esforços para proporcionar maior segurança à comunidade. Quem ganha com isso, além da nossa própria estrutura de segurança, é a população de Parnamirim”, disse o titular da SESED.

Marcondes Pinheiro, Secretário Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana, explica que, pelo convênio assinado , a Prefeitura de Parnamirim contribuirá para que os agentes de segurança pública tenham mais recursos para cumprir o seu trabalho no município.

“Como exemplo de suporte que será dado às atividades de segurança pública, temos a manutenção ou locação das suas unidades operadoras, compra de materiais de expediente, combustíveis para as viaturas, fornecimento de internet de banda larga às unidades policiais do município e disponibilização de veículos automotores, entre outros custeios a serem complementados pela Prefeitura de Parnamirim”, encerrou o titular da SESDEM.

Participaram também da reunião, o Comandante do 3º batalhão da Polícia Militar, Major Denilson, o Adjunto da SESED, Osmir de Oliveira Monte e o Adjunto do Grupo de Ciência e Tecnologia da Informação de Parnamirim, Dario Medeiros.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Só olhando disse:

    Vamos ver se virá algo para Nova Parnamirim. Pq por aqui só os buracos e o transito das índias!

  2. Zezim disse:

    Parnamirim segue o mau exemplo da prefeitura de Natal. Rouba o contribuinte com aumentos exorbitantes no IPTU. Aumento do salário mínimo 4,4%, Inflação acumulada em 2018 foi de 3,75%.
    Aumento do IPTU 2019 de Parnamirm foi de quase 10%.
    Um verdadeiro assalto ao contribuinte.

Em nota conjunta, policiais federais do RN e CE criticam delegados favoráveis ao atual modelo de segurança pública e cobram unificação das polícias

Policiais federais do Rio Grande do Norte e Ceará se uniram nesta semana para criticar a postura adotada por delegados que são favoráveis ao atual modelo de segurança pública. Em nota divulgada em conjunto pelos sindicatos dos dois dois estados (SINPEF/RN e SINPOF/CE), agentes e escrivães também cobram a unificação das polícias Federal, Civil, Militar e Rodoviária Federal.

Abaixo, leia íntegra da nota conjunta enviada à imprensa.

_“Foi com grande surpresa que as entidades representativas dos Policiais Federais no Rio Grande do Norte SINPEF/RN e do Ceará SINPOF/CE, tomaram conhecimento da intitulada “Carta do Rio Grande do Norte”, oriunda do autoproclamado I Congresso Jurídico da Associação Nacional dos Delegados de Polícia. Assim sendo, apresentamos alguns esclarecimentos acerca de tal absurdo documento; Os delegados de polícia civil e federal decerto que não compreendem estar vivendo no Brasil, um País imerso no caos da segurança pública, e aí se reúnem em um resort de luxo e passam a discutir como perpetuar e ampliar as regalias e privilégios a que fazem jus, modernamente, como se as que já tem não fossem suficientes._

_A carta inicia considerando exitoso e reconhecendo como pertinente o atual modelo de segurança pública do Brasil, quando em verdade o país precisa ter êxito em dar tranquilidade aos pais e mães de família que querem ir e voltar do trabalho, entrar e sair de suas casas e de seus veículos sem temer por suas vidas ou ter seus bens violentamente arrancados e roubados. Os “doutores” discutem livre convencimento motivado, independência funcional e princípio do delegado natural. Como se a realidade não fosse tão cruel aos demais brasileiros para que estivessem discutindo tamanhas bobagens._

_Enquanto deveriam estar discutindo a não necessidade de manter equipes de plantão para atendimento ao público e confecção de BOs, que inclusive não são feitos por eles ou tem qualquer utilidade, senão para retirada de documentos ou apresentação como comprovante de que o fato ocorreu, poderiam na verdade ser feitos por qualquer servidor administrativo ou por meio eletrônico, facilitando e liberando todos os policiais alocados nas equipes de plantão para trabalhar na atividade fim da polícia._

_Discutir a criação de uma carreira administrativa de apoio à atividade policial, devidamente valorizada e assim reconhecida, que inclusive já existe na polícia federal, precisa apenas ser mais valorizada e estar de fato à frente de toda a área administrativa. Mas como na PF os gestores também são delegados, preferem estes, lotar eles mesmos, delegados, como pseudochefes de todo e qualquer setor, sem reconhecer que as chefias administrativas que gerenciam o apoio ao trabalho policial podem e devem ser feitas por servidores da carreira de apoio. Policiais geram as demandas e passam as diretrizes, isso é otimização e desburocratização, e não essa concentração irracional de poder que os mesmos continuam a discutir e defender._

_Em verdade, os delegados, deveriam buscar que as polícias Militares e Rodoviária Federal pudessem dar encaminhamento às ocorrências pelos mesmos flagranteadas, reduzindo a termo as mesmas e encaminhando os presos às custódias e comunicando o fato ao Poder Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, desafogando e desburocratizando o trabalho das polícias, acabando na verdade com o retrabalho e com o desgaste desnecessário das instituições. Ao contrário disso, buscam uma concentração burocrática e irracional que cansa e desgasta os operadores de segurança; isso talvez porque de fato nunca foram “policiais”._

_O modelo de segurança pública, que a tal “carta do RN” considera exitoso e pertinente, é na verdade obsoleto e improdutivo de tal maneira que hoje existe apenas no Brasil e em dois ou três países africanos, também de colonização portuguesa. É herança dos tempos de império, em Portugal há muito deixou de existir e aqui foi criado tendo como “delegado” de polícia aquele a quem ficava delegada a incumbência de satisfazer as exigências e diretrizes da coroa, e não da sociedade, hoje parece que não havendo mais coroa portuguesa, os delegados se mantém para satisfazer as exigências e diretrizes da própria categoria, e não prover segurança pública, tarefa esta que deveria ser da polícia._

_Num subjetivismo que beira a malícia a carta do RN, não discute qualquer mudança objetiva que traria resultados práticos para melhorar e de fato prover segurança pública à sociedade, faz apenas o que os delegados sempre fizeram, e de fato vem conseguindo, basta ver o incremento salarial que conseguiram para suas carreiras nos últimos anos, elucubram, divagam, e o no fim tentam emplacar melhorias para suas próprias carreiras._

_A infeliz carta cuida em limitar a atuação da P2 (inteligência da PM) e impedir a lotação de policiais no GAECO do Ministério Público, o que demonstra que se houvesse qualquer interesse na segurança pública deveria tratar de trazer o Ministério Público para próximo do trabalho policial e principalmente no ciclo completo para que, como dito, as polícias Militares, Rodoviária Federal e também as guardas municipais fossem fortalecidas e pudessem iniciar e finalizar suas ocorrências. Lembremo-nos das guardas municipais que podem e devem ser mais uma força, mais um braço no combate à criminalidade._

_Concentrando o trabalho investigativo para a polícia judiciária, respeitando e valorizando o trabalho ostensivo das coirmãs, deixando que estas iniciem e concluam suas ocorrências. Até o dia em que evoluíssemos ao ponto de ter uma polícia única, dividida apenas em esferas Municipal, Estadual e Federal._

_Precisamos na verdade buscar um modelo de segurança pública atual, nada de inventar a roda não, esse modelo já existe e funciona em todos os países de primeiro mundo e em todos os países onde o combate à criminalidade tem efetividade, um modelo desburocratizado e eficiente, que impõe responsabilidade e meritocracia às polícias. Que aproxima o Ministério Público do trabalho policial, sem essa disputa de ego ridícula de querer ser carreira jurídica, não é demérito ser carreira POLICIAL, pelo contrário é ORGULHO!

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo martins disse:

    Pense numa "nota" quilométrica, essa daí. Francamente, como a polícia comunica mal.

  2. Joaquim Barreiro disse:

    Esse pessoal deveria estudar mais pra passar no concurso de delegado e parar de falar besteira. O nome disso é frustração.

  3. Sílvio disse:

    São as corporações de funcionários públicos tramando permanentemente formas de saquear o Estado brasileiro.

  4. Invejoso disse:

    Frustrados por ser Delegado. Era só o que faltava!!!! vcs vivem e trabalham em pardieiros imundos, tendo contato com o pior tipo de gente. Agora aos invés de tentar modificar essa situação através de boas práticas, só pensam em aumentar salários, que por sinal já está muito alto para um estado quebrado como o RN pagar. Sabe porque vcs trabalham nessas pocilgas?? por que o dinheiro da segurança pública está totalmente empenhado em pagar esses salários incompatíveis com a economia do RN. Atenção contribuinte!!! salários de delegados e agentes foram reajustados em mais de de 4000% nesses últimos 20 anos, enquanto a inflação não chegou a 500%. E ainda querem arrancar mais dinheiro do cofre.

  5. José Dantas disse:

    Disse tudo e mais um pouco, Parabéns policiais verdadeiros… Se não mudar esse modelo burrocrata e de privilégios para que está no topo, sentado em um gabinete e que só conhece teorias,vamos continuar brincando de polícia e bandido…pior, o marginal ganhando sempre!

  6. R. Braga disse:

    99% do que fizeram tal nota são frustrados por não ser delegado. Arrisco que muito tentaram e não conseguiram. Frustração. Inveja. Tá na moda do brasileiro. Todavia é perdoável, pois especialistas em segurança pública existem mais que bacharéis nesse país.

    • Titan disse:

      Deixa de ser babão, "Dr." Ribamar! Quem é vc pra falar de segurança pública? Servidor da Petrobras.

    • Juiz disse:

      Vcs Barnabés do executivo tenham cuidado porque vai chegar a hora que vão receber o salários em 10x. e o 13. de dez em dez anos.