Polícia

Polícia Civil prende apontado como chefe de facção criminosa e suspeito de planejar ataques a agentes e prédios da segurança pública no RN

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba, com apoio da Força Tarefa do Ministério da Justiça (FT NUDEM Mossoró/RN – SEOPI), deflagraram, nessa segunda-feira (17), a 19ª fase da Operação “Parabellum”, que visa desarticular a ação de organizações criminosas na cidade de Macaíba.

A ação foi deflagrada no bairro São José, em Macaíba, com objetivo de prender “Wellington Gordinho”, 35 anos, apontado nas investigações como um dos chefes de uma facção criminosa de origem no Rio Grande do Norte, e sua companheira, Kaline Raiane da Silva Cruz, 27 anos. Ambos comandavam o tráfico de drogas na região.

Eles foram localizados e presos no interior do imóvel onde residiam, no conjunto Aquarela, no bairro São José. Com o casal, foram encontradas grande quantidade e variedade de drogas, além de uma pistola, três carregadores e farta munição. Eles foram presos pela suspeita dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo e munições.

“Wellington Gordinho” é foragido da Justiça e em seu desfavor havia um mandado de prisão em aberto decorrente de condenação a uma pena de sete anos e dois meses, pelos crimes de tráfico de drogas, roubo majorado e corrupção de menores. Ele também é investigado pela suspeita de planejar ataques a agentes e prédios da segurança pública do Estado do Rio Grande do Norte, em especial da cidade de Macaíba.

Eles foram levados à delegacia e, em seguida, encaminhados ao sistema prisional, onde se encontram à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo número da Delegacia Municipal de Macaíba: 98114-4042.

Operação “Parabellum”

O nome da operação remete ao provérbio latino “se vis pacem, parabellum”, que significa “se quer paz, prepare-se para a guerra”, tendo em vista as diversas ações policiais de combate às facções criminosas que têm atuado na cidade.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Governo do RN inicia vacinação de agentes de segurança pública nesta quinta-feira; saiba número de instituições, efetivo e doses

O Governo do Rio Grande do Norte inicia nesta quinta-feira (8) a vacinação contra o coronavírus para os agentes da segurança pública que atuam no Estado. Nesta primeira remessa, serão aplicadas 1.040 doses do imunizante CoronaVac, da biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan.

Devem se vacinar servidores públicos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), Polícia Penal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal Federal e agentes públicos das guardas municipais.

Na capital potiguar e no interior do estado, a vacina será aplicada em cinco unidade da PM. São elas:

– Em Natal (Comando Geral da PM), a vacinação acontece nesta quinta-feira (8), de 7h às 11h/13h30 às 16h, e na sexta (9), de 08h às 12h;

– Em Mossoró (Hospital da PM), a vacinação acontece nesta quinta-feira (08), de 8h às 11h/13h30 às 16h, e na sexta (9), de 08h às 12h;

– Em Caicó (6º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 9h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h;

– Em Pau dos Ferros (7º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 08h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h;

– Em Nova Cruz (8º BPM), a vacinação acontece nesta quinta (08), de 13h às 16h, e na sexta (9), de 08h às 11h.

De acordo com nota técnica produzida pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SEAP), estão sendo priorizados os profissionais mais expostos às ações de combate à Covid19, de maneira escalonada e proporcional, que atuam nas seguintes situações:

– Trabalhadores envolvidos no atendimento e/ou transporte de pacientes;

– Trabalhadores envolvidos em resgates e atendimento préhospitalar;

– Trabalhadores envolvidos diretamente nas ações de vacinação contra a Covid-19;

– Trabalhadores envolvidos nas ações de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

A vacinação será realizada pelas equipes de saúde das próprias forças de segurança e salvamento, com participação e supervisão municipal.

Instituições/Efetivo/Doses

Polícia Militar

Efetivo: 8.264
Doses: 602

Polícia Civil

Efetivo: 1307
Doses: 95

Bombeiros

Efetivo: 630
Doses: 45

ITEP

Efetivo: 526
Doses: 38

Polícia Penal

Efetivo: 1.359
Doses: 99

Polícia Federal

Efetivo: 273
Doses: 20

Polícia Rodoviária Federal

Efetivo: 284
Doses: 21

Polícia Penal Federal

Efetivo: 255
Doses: 19

Guarda Municipal (Prefeituras)

Efetivo: 1.506
Doses: 101

Total
Efetivo: 14.404
Doses: 1.040

Opinião dos leitores

  1. Acho de extrema importância vacinar o pessoal da segurança pública de certa forma está na linha de frente tbm, como tbm acho de extrema importância o pessoal da educação. Mas onde fica o pessoal do transporte público, os motoristas de aplicativo e o pessoal que trabalha no aeroporto, poderia olhar um pouco mais para esses trabalhadores

  2. É pq a governadora se dos educadora, a educação os professores em segundo plano mais um ano letivo perdido

  3. O secretário de segurança disse em entrevista que já se tinha garantido 12.000 doses para as forças de segurança, que estão dia após dia na luta contra o corona vírus. CADÊ ESSAS DOSES PESSOAL ? Precisamos vacinar nossos homens e mulheres que estão em risco nas ruas para conter o avanço da pandemia no nosso estado.

    1. Na boa, prioridade são professores, motoristas de aplicativo, taxistas, motoristas de ônibus e funcionários do comércio e indústria.

      Policiais estão dentro dos carros na maioria das vezes.

      Polícia militar fica muito menos exposto que os milhares de funcionários de lojas que atendem centenas de pessoas por dia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde autoriza e agentes da segurança pública entram no grupo prioritário da primeira fase de vacinação contra covid

No Rio Grande do Norte, centenas de agentes das forças estaduais da segurança pública testaram positivo para o coronavírus, e 15 profissionais que estavam na ativa foram ceifados pela Covid-19. Foto: © Tânia Rêgo/Agência Brasil

“Vitória da cidadania e da dignidade! A decisão do Ministério da Saúde mostra que o empenho da nossa gestão, junto aos demais governos estaduais, resultou em uma conquista justa e merecida”, afirmou a governadora Fátima Bezerra, a respeito da inclusão dos profissionais da segurança pública no grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19. Nesta terça-feira, o MS acatou a resolução proposta pela Comissão Intergestores Tripartite (CIT), composta recentemente pelo órgão federal, em conjunto com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, para gerir a crise sanitária causada pelo coronavírus.

Os governadores apresentaram esse pleito ao novo ministro, Marcelo Queiroga, em reunião virtual realizada na sexta-feira (26). O pedido foi reforçado nesta terça-feira (30) pelo Consórcio Nordeste, em carta endereçada ao presidente da República Jair Bolsonaro. “Os agentes de segurança estão trabalhando de forma intensiva na linha de frente desde o início da pandemia no país inteiro, e em nosso estado são trabalhadores essenciais nas ações do Pacto Pela Vida. Nada mais justo que possam trabalhar protegidos”, defendeu a governadora.

Desde o início da pandemia, 45 agentes integrantes das forças de segurança pública estadual foram ceifados pela Covid-19, sendo 15 da ativa e 30 aposentados ou da reserva. Trata-se de um grupo de profissionais cuja atuação presencial é imprescindível para o combate ao coronavírus, sobretudo em ações de fiscalização das medidas restritivas. A decisão do MS, que será oficializada nesta quarta-feira (31), inclui também os chamados profissionais de salvamento, que realizam o transporte de pacientes com Covid-19, dão suporte às ações de vacinação e atuam na vigilância e no monitoramento das medidas de distanciamento social.

A governadora destacou ainda que continuará lutando pela inclusão dos profissionais da Educação no grupo prioritário de vacinação. “Agora seguiremos firmes na luta para que colegas da educação também sejam incluídos o quanto antes no PNI, para que assim possamos garantir direito sagrado à educação de forma justa e segura à população e aos profissionais”, afirmou. Na reunião realizada com o ministro Queiroga, Fátima justificou o pedido alegando que será um passo importante para a retomada das aulas presenciais da rede pública de ensino, não só do Rio Grande do Norte, mas dos demais estados da federação.

Opinião dos leitores

  1. Devia também incluir as pessoas com comorbidades, tenho mais de 60 anos , várias comorbidades e ficando pra trás, não só eu, mas várias pessoas

  2. Todo mundo agora é prioritário, menos os verdadeiros prioritários , que são os acima de 60 anos. Eita país de canalhas.

    1. Um bunda mole desse fica em casa o dia todo falando "arizia" e ainda quer ser prioridade é? Policia ta na rua, nunca vai parar, merece ser prioridade, assim como quem trabalha na limpeza publica e o pessoal que trabalha em supermercado.

    2. Policiais e Motorista de ônibus tem que ter prioridade, sim .🇧🇷🇧🇷

    3. Boca de lixo, qual o teu problema com a segurança pública? Só critica polícia todo dia. Parece um adolescente comunista. Toma tento, vovô e vai estudar pro ENCEJA.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Policiais Civis do RN fazem Lockdown da Segurança Pública na manhã desta quinta-feira

Fotos: Divulgação

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte promovem um Lockdown da Segurança Pública na manhã desta quinta-feira, 18, para cobrar a vacinação dos trabalhadores da segurança e para demonstrar a insatisfação da categoria com a retirada de direitos imposta pela PEC 186. Das 8h às 12h, o atendimento nas delegacias estará suspenso.

O Lockdown da Segurança Pública acontece simultaneamente nos estados do Nordeste, como parte de um movimento nacional dos policiais civis.

“Nós decidimos aderir ao Lockdown da Segurança Pública para mostramos à sociedade o tratamento injusto que é dado às forças de segurança em todo o território nacional. O Governo Federal enviou ao Congresso um projeto para congelar salários e impedir promoções dos policiais. Os senadores e deputados, por sua vez, aprovaram parte desses ataques aos direitos dos servidores, imputando grandes prejuízos aos policiais”, comenta Edilza Faustino.

A presidente do SINPOL-RN lembra que os trabalhadores da Segurança convivem diariamente com os riscos da profissão e, diante da pandemia, mantiveram-se na linha de frente, pois exercem atividades essenciais.

“Somos essenciais no combate ao crime e até mesmo no enfrentamento à covid-19, combatendo aglomerações e mantendo as delegacias abertas com todas as atividades funcionando, pois os criminosos não fazem quarentena. Mesmo assim, não tivemos nenhum tipo de reconhecimento, nem mesmo recebemos prioridade na vacinação, como aconteceu com os profissionais da saúde. Ao contrário disso, fomos duramente atacados com a retirada de direitos. Por isso, vamos fazer o Lockdown da Segurança Pública para mostramos nossa insatisfação e para cobrar que os policiais sejam prioridade no recebimento da vacina”, completa.

Opinião dos leitores

  1. Embora haja distorções graves na ordem de prioridade da vacinação, aparentemente esse movimento está mais relacionado à "traição" de Bolsonaro na PEC.

  2. Essa turminha do contra quando precisarem da polícia não liguem para o 190 e nem vão na delegacia, liguem para o Batman, Supermen, cambada de hipócritas.

    1. Quando vc ficar doente não vá p o hospital não, ligue para o 190, se alguém atender, peça a eles uma receita.

    2. Justiceiro, eu não pago a Batman nem ao Superman para fazer a minha segurança. Eu pago ao pessoal da segurança pública e quero ser atendido quando precisar, e que fique claro que não é nenhum favor. Vcs são pagos para servir ao contribuinte, daí o nome servidor público.

    3. Peça demissão e fique em casa. Vidas interessam, empregos não.

  3. Parabéns aos policiais. Quase todo dia, morre um policial no RN por conta do COVID-19. A segurança pública não parou de trabalhar durante a Pandemia e não teve seu efetivo vacinado. Além da perda de direitos. O Governo Federal proibiu, por 15 anos, a atualização salarial. Só madeira!

    1. Linha de frente está os profissonais da saúde.
      Policiais passam longe da linha de frente.

  4. Os trabalhadores da segurança estão na linha de frente e tem legitimidade para defender o direito à vacinação!

    1. Mentira sua!!! quem está na linha de frente são os profissionais da saúde. Esse lidam diretamente com o doente em salas infectadas. Và mentir em outro lugar.

  5. Os trabalhares da segurança na linha de frente, parabéns para vcs que não pararam. Necessário a vacina para todos e de imediato para aqueles que estão na linha de frente. O Governo Federal precisa comprar vacina.

  6. Saúde e segurança deveriam ser tratadas de forma diferenciada, pois nunca tiveram direito a home office e sempre estiveram na linha de frente.

  7. Os Policiais Civis estão lutando pelos direitos conquistados, que bom se o povo em geral saísse de sua apatia para exigir dos governos, Federal, Estadual e Municipal.

  8. O retrato dos servidores da segurança q votarão no bozo (o minto)ainda tá pouco eu kero e mais ,não tem um projeto de lei aprovado nesse governo q ajude os policiais .

  9. Estão sentindo um pouco do q a população q não tem contracheque passa. Era pra cortar pela metade o salário d todos os servidores públicos. Afinal todos tem q fazer um esforço.

  10. O NARISMO é cruel. Paulo Guedes falou e Naro colocou a granada sem o pino no bolso dos servidores. Impressionante é ver servidores fanáticos que ainda defendem Naro. Mas já estamos na contagem regressiva para 2022. A alternância do poder é salutar para a democracia.

  11. Bando de sem noção!!!! tudo mundo da iniciativa privada fudido e mal pago e chega essas belezas com salários de 10 mil, pagos todo mês, estabilidade no emprego e no auge da pandemia criam seu próprio Lockdown. Mas rapaz, era só o que que faltava. Eu teria vergonha.

  12. TODOS SOMOS ESSENCIAIS: GARI. POLICIAL, PESSOAL DA SAÚDE, GARÇON, JUIZ PROFESSORES, SE FOR COLOCAR UMA LISTA DE PROFISSÕES ESSENCIAIS IRIA OCUPAR TODO MEU TEMPO. DEIXEM DE MIMIMI E VÃO TRABALHAR, QUE A BANDIDAGEM ESTÁ SOLTA LÁ EM MACAÍBA, INCLUSIVE EXPULSANDO AS PESSOAS DE CASA.

  13. O sindicato dos policiais e delegados poderiam fazem um protesto para os policiais civis cedidos para órgãos que não são da área de segurança voltarem para as suas funções policiais.

  14. Fico imaginando se os médicos e enfermeiros tivessem a mesma atitude individualista desses policiais e resolvessem também fazer lockdow. O negócio é ser contra o governo federal, não interessa como e quando. O povo que os salários que se dane.

  15. Kkk Kkk todo mundo querendo furar filas. Vão pra rua colocar bêbados pra casa.
    Fátima Bezerra agradece.

  16. Reclamem em Brasília!
    Tanto o plano nacional de vacinação quanto o texto da PEC são oriundos do governo federal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tenente-coronel da PM no RN é nomeado coordenador-geral de estratégia em Segurança Pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública

Fotos: Reprodução

Está no Diário Oficial da União desta quarta-feira(03) a nomeação, através do Ministério da Justiça e Segurança Pública, do tenente-coronel  da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, o patuense Carlos Eduardo Leão de Medeiros Costa, para exercer o cargo de coordenador-geral de estratégia em Segurança Pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns ao Cel. Eduardo Leão, um estudioso em Segurança Pública, com cursos no Brasil e exterior, que com certeza virá somar aos esforços da pasta.

  2. O Centrão infiltrando os subordinados de Fátima no Governo Bolsonaro.
    Bolsonaro presidente e Lula vice em 2022.
    Imbatível.
    Bolsolula.

    1. Pandemia exacerba certos problemas. O Estado fechou alguns atendimentos e internamentos especiais, onde haveria tratamento pra gente que acha que vivemos em marte (planeta vermelho e ate agora sem vida).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Mesmo com festejos de carnaval cancelados, Secretaria de Segurança Pública mantém Operação Verão até o dia 17

Fotos: Divulgação

Apesar do cancelamento do carnaval em virtude da pandemia do novo coronavírus, o Governo do Rio Grande do Norte manteve – conforme estratégia da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social – todo o planejamento original da Operação Verão 2021. Isso significa que, até a próxima quarta-feira, dia 17, está mantido o reforço policial extraordinário ao longo de todo o litoral potiguar.

Em escalas de serviço extraordinário, estão sendo empregados aproximadamente 800 agentes de segurança, entre homens e mulheres da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Itep, Polícia Penal, além de servidores de várias áreas da administração estadual e de órgãos de fiscalização.

Para o pagamento das diárias operacionais e alimentação, o Governo do Estado está investindo aproximadamente R$ 7 milhões.

A Operação Verão

As responsabilidades de cada instituição na Operação Verão foram definidas a partir de explanações presididas pelo vice-governador Antenor Roberto, coordenador da Política Estadual de Segurança Pública do RN.

Neste ano, além da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Técnico-Científico de Perícia, participam de forma integrada das ações de segurança pública agentes do Departamento Estadual de Trânsito do RN (DETRAN-RN), Departamento de Estradas de Rodagem do RN (DER-RN), Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (IDEMA-RN), Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP) e Secretaria de Estado do Turismo (SETUR-RN).

“Também é importante destacar o apoio da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, das Forças Armadas e ainda das guardas municipais, que sempre que acionadas estão prontas a somar todos os esforços possíveis para melhor servir o cidadão”, destacou o titular da SESED, coronel Francisco Araújo Silva.

Eventos proibidos e pontos facultativos suspensos

Em razão do aumento nos números dos casos de Covid-19, o Governo do RN proibiu a realização de eventos de carnaval e suspendeu os pontos facultativos previstos para os dias 15, 16 e 17 de fevereiro em todos os órgãos administrativos do Estado. A decisão foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado do último dia 2.

“Ficam suspensas, em todo o Estado do Rio Grande do Norte, quaisquer festas ou eventos comemorativos de carnaval, incluindo prévias carnavalescas e similares, promovidos por entes públicos ou iniciativa privada”, diz o decreto.

A governadora Fátima Bezerra também vedou financiamento ou apoio do Estado a eventos e determinou reforço da fiscalização quanto à proibição da realização de festas e eventos, aglomerações e uso obrigatório de máscara.

Opinião dos leitores

  1. Essas operações, decretos, comissões, comitês, discursos, TUDO é um FAZ de CONTA do pacote Engana Besta. FISCALIZAÇÃO RIGOROSA, CORAGEM, DETERMINAÇÃO, INTERESSE e VONTADE POLÍTICA para EXIGIR da população Irresponsável e Inconsequente o Cumprimento dos protocolos para Combater a disseminação do covid-19, isso Ninguém tem o menor Interesse em Fazer. Combater as Aglomerações e o Não Uso Obrigatório de Máscaras também NÃO Existe Interesse. Portanto que DEUS tenha MISERICÓRDIA de NÓS ????
    .

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Dados estatísticos serão publicados por todas as instituições de Segurança Pública do RN a partir de fevereiro

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) determinou que as instituições do seu quadro, a partir de fevereiro de 2021, publiquem os dados estatísticos de produtividade mensalmente em seus sites como está previsto na lei estadual 10.721/20. A data foi estabelecida após reunião com o titular da 19ª promotoria, Wendell Beetoven, que interagiu com representantes das Polícias Militar e Civil e com a Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine).

Atualmente, a Sesed concentra a publicação dos dados relativos aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), caberá as Polícias Militar e Civil reproduzirem em seus sites os números referentes às produtividades individuais de cada instituição. Prezando pelo princípio da publicidade, o secretário adjunto da Sesed, o delegado Osmir Monte, reforça os benefícios que a mudança trará. “A medida visa dar conhecimento para a sociedade do Rio Grande do Norte, sobre as informações dos órgãos de segurança pública do Estado. Sem dúvida, isso demonstra a seriedade do nosso trabalho”.

Para o promotor Wendell Beetoven, a lei traz mais transparência para atividade policial, o que é importante para quem elabora e executa as políticas públicas de Segurança e também para o Ministério Público como órgão de fiscalização e de controle da atividade policial. “É importante saber qual é a produtividade de cada instituição para cobrar os resultados, acompanhar as investigações e tentar melhorar cada vez mais o cenário da segurança pública”, apontou.

De acordo com o coordenador da Coine, Ivênio Hermes, é salutar a estruturação da publicidade dos dados da segurança pública. “As instituições fazendo a sua própria estatística e fornecendo para Coine um material que possibilite uma análise criminal mais densa, teremos um ganho no combate à criminalidade”.

Opinião dos leitores

  1. Ivênio Hermes já voltou para o Governo, quando saiu publicava todo mês que Natal matava mais que a capital de Honduras ou El Salvador…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Natal recebe evento da Secretaria Nacional de Segurança Pública a partir desta terça-feira

Natal sediará, a partir desta terça-feira (20), o ‘Senasp Itinerante’, iniciativa da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senasp/MJSP) que visa ampliar o debate com as secretarias estaduais da área e conhecer as demandas de cada ente federativo.

O evento contará com representantes de todos os Estados do Nordeste e tem abertura marcada para as 14h30, no Centro de Convenções do Estado, na Via Costeira. Logo após, no mesmo local, às 15h30, haverá uma coletiva de imprensa com o secretário nacional de Segurança Pública, Renato Paim, o secretário de Segurança Pública do RN, coronel Francisco Araújo, e o vice-governador do RN, Antenor Roberto.

Depois da coletiva, acontece o encontro com todos os secretários de segurança pública do Nordeste, além de uma câmara temática sobre o fortalecimento das instituições de segurança pública. A programação segue até a quinta-feira (22), com eventos sempre no Centro de Convenções pela manhã e tarde, com encerramento previsto para as 17h20 do dia 22 de outubro.

Opinião dos leitores

  1. Não sei se os números sobre segurança estão bons.
    Só sei que financeiramente o Estado entrou em falência mesmo antes do governo de Rosalba, e no último só fez piorar.
    Entendo que Rosalba até tentou melhorar o equilíbrio financeiro.

  2. Os números mostram que o RN é modelo e referência em gestão de segurança pública. Faz muito com pouco recurso financeiro e pessoal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Em conferência estadual, desmilitarização da Polícia Militar é proposta para melhoria da segurança pública do RN

Foto: Reprodução

O Agora RN destaca nesta terça-feira(22) que a desmilitarização da Polícia Militar com a adoção da perspectiva de polícia comunitária foi a primeira das 98  propostas aprovadas como melhorias para segurança pública potiguar ao final da II Conferência Estadual de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte, evento realizado virtualmente entre os dias 16 e 18 deste mês.

Segundo a reportagem do Agora RN, o evento, que é considerado um instrumento de democratização para contribuir com a formulação da Política e  Plano Estadual de Segurança Pública e de Defesa Social – PESP,  foi coordenado pelo vice-governador Antenor Roberto. Como próximo passo na discussão, uma audiência pública na Assembleia Legislativa.

Veja matéria completa aqui.

Opinião dos leitores

  1. É tudo só pra tirar o foco.
    Cadê os nossos 5.000 milhões???
    #ForaFatãoGopi
    #PTNuncaMais
    #NãoVotemEmPartidosDeEsquerda
    #LulaNaCadeia

  2. Proposta INCONSTITUCIONAL. As polícias militares são forças auxiliares das forças armadas por definição constitucional. Portanto, debates desse naipe são meras perdas de tempo ou devaneios, sem qualquer sentido prático. Aliás, para um governo que acabou de criar o Dia da Visibilidade Lésbica, esse debate é "café pequeno". Que tristeza ver um estado tão belo e promissor nessas mãos.

  3. Nunca ví o governo por conta própria, fazer algo que beneficiasse a tropa. Então, não vejo com bons olhos!

  4. Pronto!!! Agora vão querer ir de encontro ao que está previsto na Constituição Federal?! Só me faltava essa!

  5. Engraçado esse povo. Pagam salários africanos ao policial e querem um serviço padrão europeu.

    1. Só lembrando que: ao deixarmos de sermos militares, aquele benefício de ir com integralidade salarial acaba! ao se aposentar como sub, voltaremos a receber proventos limitados pelo teto de aposentadoria, hoje isso gira em torno de 5.000.

  6. Podem terem certeza que a desmilitarização da PMRN, não trará benefícios para quem a compõem……o governo, não está pensando em melhorarias para as praças em relação ao oficialato, eles estão com o objetivo de nos incluir na reforma da previdência estadual, e para isso…..a única forma seria a desmilitarização. O fato da PM deixar de ser militar, não vai mudar a forma de policiamento. Pois, a desmilitarização afeta a instituição e não a população diretamente! Quer fazer algo relevante? ……Dê um orçamento digno, e não deixe que politicagem interfira nas ações de combate a criminalidade, que tudo se resolve!

    1. É preciso entender a caserna.
      Os praças querem isso, os Oficiais, não.
      Entendeu?

      Os oficiais querem mordomia.
      E os praças que se fodam.

      Polícia única é numa saída.
      Tipo as polícias dos EUA.

    2. Os Praças não querem isso, Hugo. Sou Praça e passo longe desse ideal ideológico de desmilitarização. Somente aqueles que desconhecem ou fingem desconhecer o real propósito disso são favoráveis. Participei da II Conferência Estadual de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte e deu asco ouvir os argumentos absurdos favoráveis a desmilitarização. Portanto, não fale o que você não sabe! Não diga que parte do efetivo quer quando isso não é verdade! Maldito seja o discurso marxista de luta de classes!

  7. Militarizada ou não, isso não resolve o problema da segurança pública, no meu entendimento.
    Existe o fator ostensivo, demonstrando presença policial fardada em regiões com níveis criminais autos.
    Tenho uma opinião antiga de que as PMs, que são estaduais, deveriam ser FEDERALIZADAS. Assim haveria nivelamento e padronização de formação, melhoria no trabalho de inteligência, alívio de gastos para os estados, menos gastos com uniformes, armamentos, viaturas, etc…pois os preços cairiam com as compras num volume maior. Também melhoraria o tempo resposta em eventuais necessidades de acionamento e deslocamento de contingentes de um estado para o outro. Também nivelaria os soldo e gratificações, tratando todos de forma justa. Poderiam também ser feitas transferências interestaduais, caso necessário. Os jovens de 19 anos poderiam servir durante um ano, sendo ao final reservistas.
    E várias outras vantagens que melhorariam o serviço prestado.

  8. Um governo que ate agora nao mostrou pra que veio… empresas fechadas, escolas fechadas, estradas esburacadas, saude precaria, e uma policia que depende da Uniao pra ter equipamentos.. e ainda querem propor desmilitarizacao (sindicalizacao) para acabar com o que restou de seguranca publica??? vamos viver feito ratos??? Lembrando que essa proposta deveria ser do Congresso Nacional e nao de Assembleia estadual. Acabar com as policia militares ja fazem quando nao fazem concurso pra repor vagas. Governo estadual com discurso fraquinho e sem nexo.

  9. O desejo do PT é uma policia sindicalizada, algo que esta proibido nas PMs pela CF. Assim poderiam controlar as policias com seus pelegos independentes de quem quer que seja o governo estadual. E se comparar produtividade, verão exatamente o contrario do que se faz em alguns comentarios, a PM é a mais produtiva e merecia um ciclo completo.. a exemplo que justifica, nunca vi comercio fechar as portas com a PC em greve. Entretanto, uma PM em greve nem escola abre. Agora so imaginar uma policia desordeira, peleguista e partidaria.. seria improdutiva… e o que seria da sociedade? Quais países tem PMs??? Chile, portuga, Espanha, Italia e mais alguns. Tem objetivos estranhos um discurso de desmilitarização… Qual vai ser o proximo capitulo?? uma milicia civil aos moldes bolivariana?

    1. João onde vc fez essa pesquisa?
      Tudo que vc falou, a resposta é no contrário.
      Você não conhece o que acontece na tropa.
      O Brasil é um dos poucos países que existe polícia militar.
      Hoje os policiais militares são cachorrinhos de governadores.
      Os oficiais para progredir na carreira tem que ficar babando o ovo de político. Os praças, pior, estão jogados a traça.
      Qualquer ato, e até legal contra uma ordem de governador, eles são punidos. Aqui nós falamos de Segurança Pública. A atuação é totalmente diferente das FA.

      É necessário que aconteça isso.
      Polícia única, no padrão PF e PRF.

      Bolsonaro 2022

    2. Matheus, olha em cada site de policia de todos os países do mundo. Royal Canadian Mounted Police, Canada e militar; Carabineros de Chile é militar; Guarda Nacional Republicana em portugal é militar; Arma dei carabinieri na italia; Guardia na Espanha é militar na sua essencia; Military Gendarmerie, polonesa; e mais uns 100 países pelo mundo mantem policias militares ostensivas. Pergunte a cada potiguar o que ele sente quando vai a delegacia resolver algo, e pergunte ao mesmo em quem ele pensa primeiro quando precisa de ajuda ou quando liga pra o 190. Essa "novidade" no Estado do RN é uma cartilha politica ideologica e eleitoreira, sem sentido no contexto, apenas pra uma classe especifica de petistas. Nao estao pensando na populacao ou na sociedade em geral. Precisamos de fato DESPETIZAR o Estado e nao desmilitarizar as policias.

    3. O motivo é esse mesmo: sindicalização (aparelhamento pela esqueda). O resto é externalidade.

  10. alguma coisa tem que mudar né? só não pode ficar do jeito que está, o tráfico começando a botar regra em alguns bairros do mesmo jeito que acontece no Rio de Janeiro…

    1. Assim fica mais suave a distinção entre praças e oficiais, militarismo tem seu valor em questões de soberania nacional, não para lidar com cidadãos.

  11. Seria bom fazer uma polícia nos padrões da Polícia Rodoviária Federal.
    É preciso, urgentemente, desvincular as polícias militares das Forças Armadas.
    A produção da PM é pouco, os Oficiais não produzem " Seg. pública ", só querem saber de perseguir os praças.

    Obs: apoio o PR Bolsonaro

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Projeto de Coronel Azevedo para medalha do mérito em Segurança Pública é aprovado na CCJ

Foto: Eduardo Maia

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, por unanimidade, o Projeto de Resolução do deputado estadual Coronel Azevedo, que “institui a medalha do mérito em Segurança Pública e Defesa Social”.

A honraria é destinada aos agentes operadores da Segurança Pública do RN. “É uma atividade indispensável e esse é mais um reconhecimento da Casa do Povo aos profissionais que dedicam suas vidas à proteção da sociedade”, afirmou o propositor do PL 27/2019.

Coronel Azevedo, que tem mais de 30 anos na Segurança Pública, agradeceu aos parlamentares que votaram a favor do Projeto. O Projeto vai seguir o trâmite dentro da Casa Legislativa até chegar ao plenário onde será apreciada por todos os deputados estaduais.

ALRN

Opinião dos leitores

  1. Com toda certeza o deputado Coronel Azevedo está honrando aqueles que se expõe arriscam a suas vidas … mesmo recebendo salários defasados‼

  2. PARABÉNS CORONEL
    BELA INICIATIVA
    CRITICAR TODO MUNDO SABE
    RECONHECER O MÉRITO PELO SERVIÇO PERFEITO NÃO
    ISSO É MUITO IMPORTANTE E ELEVA A AUTO ESTIMA
    CONTINUA COM MEU VOTO

  3. Medalha pra quê? O cara não faz mais q sua obrigação e ofício e por conta disso recebe medalha. Medalha é pra quem é voluntário, q não tem obrigação com as ações que muitas vezes quem deveria fazer é os serviço público e não faz. Agora vamos ter alguns policiais do alto escalão recebendo medalha, é isso mesmo? Nada contra os policiais, conta esse tipo de honraria

  4. Coroné Azevedo nesses 30 anos de poliça nunca entrou numa viatura ?, nunca correu atrás de um bandido e nunca trabalhou operacionalmente . Um Pelé . Fez curso na Espanha , Chile e foi ajuda de de ordem de vários governadores . Menino de ouro de Vivsldo , sempre foi promovido nas coxas . Conversador de mediado mas inteligente , quando quer conseguir as coisas . Habilidoso e escorregadio fez uma carreira pautada na estratégia pessoal . Aos conversadores de pote desse Blog , só um retratinho do caroneiro coronel .

  5. Medalha enche bucho!!!! Aposentou ou afastou -se é esquecido….!!! Tá provado por a+b!!! Ninguém é pavão….

  6. 30 ANOS DE SEGURANÇA PÚBLICA KKKK ENTROU COM 18 SAIU, SE USOU AS MALDITAS LICENÇAS-PRÊMIO, COM 45 JÁ ESTAVA APOSENTADO. AGORA É O RN MANTER ESSE GAROTO POR MAIS UNS 40 ANOS SÓ PESCANDO E SEM TRABALHAR. BRASIL, PAÍS DE TOLOS.

  7. Homii pelo amor de Deus. Crie algo que gere riqueza. Crie um projeto de Lei obrigando a criação de hortas e produção alimentar para a tropa dentro dos quartéis para, para que os policiais produzam sua própria comida. Medalhas e pintura de meio-fio já era.

  8. No final quem vai ganhar essas medalhas são pessoas que nunca fizeram parte da segurança pública, como já acontece com algumas medalhas rsrsrsrs é sebo pra passar nusss zóio dos bestas.

  9. Parabéns coronel por mais uma inutilidade. Vai melhorar muito a situação da população. Servirá apenas para garantir votos no seu nincho

  10. Coronel Azevedo é o parlamentar que mais luta em favor da segurança pública no RN, sempre buscando reconhecimento a classe. ????

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Forças de Segurança Pública intensificam fiscalização na orla de Natal

Foto: Pedro Santiago

Na manhã desta quinta-feira (23), as forças de Segurança Pública do Estado (Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros) intensificaram as ações do Pacto Pela Vida na orla marítima de Natal, atendendo à solicitação de apoio feita pelo município de Natal.

Iniciativa do Governo do Estado e pactuada com diversos municípios do Rio Grande do Norte, o Pacto Pela Vida segue realizando ações para o cumprimento dos decretos estaduais, visando o combate da pandemia do coronavírus.

“Há meses trabalhamos diariamente na fiscalização do cumprimento dos decretos estaduais. Agora, atendendo a uma solicitação do município de Natal, iremos apoiar as fiscalizações desses órgãos em toda orla marítima”, apontou o secretário estadual de Segurança Pública, Coronel Francisco Araújo.

Ao todo, mais de 8.600 denúncias foram recebidas no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), que iniciou o sistema de videomonitoramento de todas as praias urbanas da capital. A Polícia Civil confeccionou 38 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), dos quais a maioria foi relacionada com estabelecimentos que descumpriram os decretos (19) e festas que promoveram aglomerações (6). No caso das festas, em dois casos foram instaurados inquéritos policiais.

Já o PROCON/RN, que atua nas ações do Pacto Pela Vida, aplicou 550 multas, que variam de R$ 5 mil a R$ 50 mil. Antes das penalidades cabíveis, o órgão primeiramente faz uma notificação e orientação. Porém, em caso de reincidência, as multas são aplicadas, podendo ainda haver a suspensão e interdição do estabelecimento.

Todos os decretos do Governo do Estado são baseados nas orientações do Comitê Científico do RN criado especialmente para lidar com a pandemia do coronavírus. Esse comitê se baseia no que existe de mais atualizado na Organização Mundial de Saúde (OMS). Quem quiser denunciar o descumprimento dessas medidas, basta ligar para o 190. Após a verificação das chamadas, as ocorrências são atendidas pelo efetivo da Polícia Militar.

Opinião dos leitores

  1. Tem que fiscalizar as barracas das praias do litoral ( Camurupim, Pirangi do sul, Cotovelo) nos finais de semana, dia de semana na via costeira e ponta negra é mole.
    no final de semana não tem mesa pra tanta gente nessas barracas e zero de medidas de precaução, só muita cerveja e caranguejo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Governo do RN entrega R$ 1,7 milhão em viaturas para a Segurança Pública, adquiridos em convênio com o Governo Federal

Fotos: Elisa Elsie

O Governo do RN, via Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) entregaram, na manhã desta sexta-feira (26), 14 novos veículos para o Corpo de Bombeiros e para a Polícia Militar adquiridos em convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, no valor total de R$ 1,7 milhão.

Com a presença da Governadora do Estado, Fátima Bezerra, a Sesed entregou seis viaturas tipo Mitsubishi Triton L200 para o Corpo de Bombeiros Militar, que serão distribuídas entre os comandos regionais no intuito de modernizar a estrutura. Outra instituição beneficiada pelo convênio, a Polícia Militar recebeu quatro veículos Vans do tipo Renault Master, que são destinadas ao trabalho do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) em todo o Estado, além de quatro quadriciclos 4×4, que serão integradas a Companhia Independente de Proteção Ambiental (Cipam).

De acordo com a governadora, as viaturas chegam para fortalecer o trabalho da segurança pública estadual. “São veículos que atuarão de forma direta nas ruas e também serão destinadas à continuidade da Força-Tarefa do Governo do Estado na Operação Pacto pela Vida, que está sendo fundamental para o aumento nos índices de isolamento social no combate à pandemia”, afirmou.

Para o Coronel Francisco Araújo, secretário da Sesed, as viaturas entregues em convênio com o Governo Federal possibilitam um trabalho ainda mais eficaz nas ações integradas realizadas pelo Governo do Estado. “A chegada desses veículos é de fundamental importância para que a secretaria possa equipar a estrutura da segurança pública. Esses veículos chegam em totais condições de compor, de forma imediata, a estrutura da Operação Pacto pela Vida”, disse.

Além da governadora e do titular da Sesed, participaram do evento o vice-governador Antenor Roberto; a delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva Gomes; o Comandante Geral da Polícia Militar do RN, Coronel PM Alarico José Pessoa Azevêdo Júnior; o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do RN, Coronel Luiz Monteiro da Silva Júnior; e o diretor-geral do ITEP, Marcos Brandão.

Opinião dos leitores

  1. Daqui a alguns meses, provavelmente vão estar todos quebrados porque o governo petista estadual nao é capaz de manter um contrato de manutenção…. o potiguar vota muito mal.

  2. Bolsonaro fez mais pelo NE do q todos esses governadores ladrões dessa pobre região!!! Obrigado Presidente!!!!!!!

  3. Salvo engano, já é a segunda fez que vejo essas fotos de carros zero, sendo entregues ao governo petralha do RN.
    A bem pouco tempo atrás, policiais militares empurravam os carro pra irem trabalhar, a Tv mostrou essas cenas, diversas vezes.
    Agora no governo BOLSONARO só carro zeros, o roubo desenfreado cumpanheiro, acabou.
    Ao final de 2026, a vida dos brasileiros, vai melhorar e muito.
    Vamos ter pela primeira vez, pelo menos o básico.
    É isso aí Mito.
    Tamos juntos.
    Governos ladrões nunca mais.

  4. Obrigado capitão Jair Messias Bolsonaro, o senhor está governando bem nosso Sofrido RN .

  5. Obrigado presidente Bolsonaro! A governadora não agradece mas a gente sabe que foi uma ação do seu governo!

  6. Parece que as coisas no nosso estado, só acontecem com a mão do Governo Federal empurrando. Governo estadual continua mal das pernas.

    1. Não é proibido! Mas é uma constatação de que o Governo Federal é atuante, e contra corrupção, e assim, os recursos chegam à sociedade. É proibido constatar? Boa, Mito. Que venha 2022

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PF prende suspeito de praticar ataques contra agentes de segurança pública no RN

Foto: Divulgação/PF

A Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado, coordenada pela Polícia Federal, em ação conjunta com a Delegacia Especializada em Narcóticos – DENARC/Mossoró/RN, e em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP) e com o Exército Brasileiro, deflagrou nesta quarta-feira, 24/06, a Operação Vértice, com o objetivo de realizar a prisão de uma liderança de facção criminosa na cidade de Mossoró/RN, vinculada à organização criminosa originada no Estado de São Paulo.

Mais de 20 policiais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de prisão preventiva em Mossoró/RN, expedidos pela 8ª Vara Federal e 2ª Vara Criminal.

As investigações revelaram que o investigado, além de possuir estreita ligação com organização criminosa vinculada ao tráfico de drogas local, estaria supostamente envolvido no planejamento de ataques a agentes de segurança pública e agentes penais no Estado.

Além da suspeita de ter participado do homicídio de um policial penal Federal no ano de 2017, tal indivíduo ostenta antecedentes criminais, passagem pelo Sistema Penitenciário Federal e se encontrava monitorado por tornozeleira eletrônica, circunstância que não o impediu de continuar praticando crimes.

Apesar das restrições impostas pela pandemia, a Polícia Federal, a DENARC-Mossoró e as demais forças policiais seguem atuando em sintonia contra o crime organizado no Estado do Rio Grande do Norte.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

VÍDEO: “Seguimos trabalhando intensamente para o povo potiguar”, reforçam profissionais da segurança pública

Em um momento singular, o isolamento social é a melhor prevenção no combate ao coronavírus em todo o mundo. Por outro lado, a Segurança Pública segue atuante e manda um recado ao povo potiguar:

“Seguimos trabalhando intensamente para o povo potiguar”.

Mensagem em vídeo dos profissionais da área mostra o quanto são fundamentais e importantes para a sociedade, para a ordem e assistência em situações como a atual.

Opinião dos leitores

    1. Qual o motivo da raiva, amigo ? Vc não gosta de mulher ? Vc tem algo contra APC´s ?
      Pois prá mim ela é a Ministra da Justiça do meu coração !!!

  1. Doutora…
    Pode me prender que eu fugi do confinamento !!!!
    Me prende, pelo amor de Deus, me prende !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Pode botar algema, coleira, tornozeleira, venda nos olhos, me bote de castigo ajoelhado no milho e mande me dar uma pisa de cipó no lombo todo dia !!!!!!!!!
    Meu Deus…diante de tanta desgraça a visão dessa mulher é um bálsamo pro corpo e prá alma !!!
    Benza Deus…

  2. Doutora que abre o vídeo, PRENDA EU, PRENDA EU, DEIXA QUE EU SEJA O CÉU, ME ACEITA, PRENDA EU !!!
    Como pode ser tão linda, meu Deus ???!!!

    1. OME PODE COLOCAR AS ALGEMAS KKKKKKKKKKKK … Ô DELEGADA LINDA DO C…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

FOTO: Segurança Pública do RN recebe mais 70 viaturas, coletes e armas

FOTO: ASSECOM

Dando continuidade aos investimentos na Segurança Pública, o Governo do Estado realizou mais uma entrega de viaturas, coletes e armas para a Polícia Militar do Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (28), somando R$ 13 milhões em aquisições de equipamentos. O evento ocorreu na Escola de Governo, no Centro Administrativo.

Durante a cerimônia foi assinado o termo de entrega dos 70 veículos, modelo Mitsubishi L200 Triton, 150 fuzis calibre 556, 100 submetralhadoras do tipo 40, 200 coletes balísticos, 16 miras holográficas e 16 magnificadores (equipamento utilizado para melhorar precisão de tiro) destinados à Polícia Militar.

Os veículos serão divididos de forma a beneficiar todo estado e as principais unidades de policiamento do RN. Receberam carros os cinco Comandos de Policiamento, 14 batalhões, sete companhias independentes, cinco distritos de policiamento rodoviário e mais duas unidades operacionais (ROCAM e Polícia Montada). De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Araújo, “As viaturas foram distribuídas entre os municípios seguindo critérios técnicos e estratégicos como índices de criminalidade da região, total da população, área limítrofes. Devemos destacar que nossos agentes estão recebendo equipamentos de primeira geração garantindo também a segurança dos nossos homens e mulheres resultando uma melhor prestação de serviço à sociedade”.

O investimento é fruto do pacote de R$ 80 milhões em recursos para aplicação na segurança pública. Os valores são oriundos de convênios com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP). No ato de entrega, a governadora destacou a importância da parceria com a Senasp em prol da segurança pública do Rio Grande do Norte: “Estamos colhendo os frutos dos investimentos na segurança pública do estado: já reduzimos os índices de criminalidade e violência. Estamos com um processo em andamento para a compra de um novo helicóptero e em breve entregaremos o equipamento”.

Além destes 80 milhões, o Governo do Estado assegurou no ano passado mais R$ 41 milhões de emendas impositivas que serão destinadas a segurança. “Com isso estamos somando R$ 121 milhões de investimentos destinados a equipamentos e valorização profissional de todo sistema de segurança pública, o maior da história do Rio Grande do Norte nos últimos anos. Também estamos investindo nos serviços de inteligência e integração das nossas polícias e a capacitação dos nossos agentes. Estamos trabalhando com gestão e foco para garantir a paz e segurança pública para o povo do Rio Grande do Norte e para os nossos agentes”, enfatizou Fátima Bezerra.

O evento teve a presença do secretário Nacional de Segurança Pública, representando o Governo Federal, general Guilherme Teófilo, que destacou o empenho e dedicação do Governo do Estado para reduzir os índices de violência. “Os bons resultados da Operação Carnaval são uma prova do empenho do Governo do Estado. O evento de hoje é uma pequena parcela do que ainda podemos fazer juntos em parceria com a Senasp para beneficiar e aparelhar o Rio Grande do Norte”.

Parte da verba já foi aplicada em viaturas, equipamentos, armas e cursos para as forças de segurança desde 2019. O pacote ainda inclui mais viaturas e equipamentos, como drones. Em breve o Governo realizará uma nova entrega de viaturas para a Polícia Civil.

Participaram do evento o vice-governador, Antenor Roberto, o senador Jean Paul Prates, Comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo, do diretor-geral do Itep, Marcos Brandão, delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, controlador Geral do Estado, Pedro Lopes, Comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Monteiro Junior, secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, o superintendente da Policia Rodoviária Federal, Djairlon Moura, e os deputados Isolda Dantas, Francisco Medeiros, Rafael Mota, General Girão, Kleber Rodrigues, Souza Neto, Eudiane Macedo, coronel Azevedo, Benes Leocádio, Ubaldo Fernandes, prefeitos e agentes de segurança.

Distribuição das viaturas

Comando de Policiamento Metropolitano – 1 viatura; Comando de Policiamento do Interior – 1 viatura; Comando de Policiamento Regional 1 (Mossoró) – 1 viatura; Comando de Policiamento Regional 2 (Caicó) – 1 viatura; Comando de Policiamento Regional 3 (Santa Cruz) – 1 viatura; 1º Batalhão de Polícia Militar – BPM (Zona Leste de Natal) – 2 viaturas ; 2º BPM (Mossoró) – 3 viaturas; 3º BPM (Parnamirim) – 5 viaturas; 4º BPM (Zona Norte de Natal)– 2 viaturas; 5º BPM (Zona Sul de Natal) – 2 viaturas; 6º BPM (Caicó) – 3 viaturas; 7º BPM (Pau dos Ferros) – 3 viaturas

8º BPM (Nova Cruz) – 3 viaturas; 9º BPM (Zona Oeste de Natal)– 1 viatura; 10º BPM (Assu) – 3 viaturas; 11º BPM (Macaíba) – 4 viaturas; 12º BPM (Mossoró) – 3 viaturas; 1ª Companhia Independente de Polícia Militar – CIPM (Macau) – 2 viaturas; 2ª CIPM (João Câmara) – 2 viaturas; 3ª CIPM (Currais Novos) – 2 viaturas; 4ª CIPM (Santa Cruz) – 2 viaturas; 5ª CIPM (Jardim de Piranhas) – 2 viaturas; Companhia Independente de Policiamento Turístico (CIPTUR) – 3 viaturas; Companhia Independente de Policiamento de Guarda (CIPGD) – 1 viatura; 1º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual – DPRE (Natal) – 2 viaturas; 2º DPRE (Mossoró) – 1 viatura; 3º DPRE (Caicó) – 1 viatura; 4º DPRE (Pau dos Ferros) – 2 viaturas; 5º DPRE (Nova Cruz) – 2 viaturas; Batalhão de Polícia de (BPChoque) – 5 viaturas; Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicleta (ROCAM) – 1 viatura; Regimento de Polícia Montada (RPMON) – 1 viatura; Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) – 2 viaturas.

Opinião dos leitores

  1. A governadora alardeia que a segurança diminuiu e o cidadão de bem não pode sair da garagem de casa que seu veículo é tomado de assalto, quando não é assim fica apavorado nas ruas com medo de assalto.
    Isto também é violência.

  2. É preciso deixar claro que essas viaturas e equipamentos foram patrocinados e financiados pelo governo federal.

  3. Esperamos que esses policiais sejam monitorados, pois os da zona norte vivem mais de conversa ao pé do ouvido….super despreparados…mal educados e agressivos

  4. Vcs parecem papagaios, repetem a mesma coisa, evoluam. Obs quero q desonestos de direita e de esquerda se lasquem, entendam, desonestos

  5. Bolsonaro, o melhor "governador" que o RN já teve. Só em recursos, já veio quase 1 bilhão prá cá. É a governadora do PT fica posando de boazinha, como se fosse ação dela, e continua fazendo sua oposição irresponsável ao governo do "Bozo", sua única e eventual tábua de salvação. Até empréstimos do Banco Mundial o governo federal já pagou pelo RN.

    1. Só verdades, "cumpanhero". Lamento que não lhe agradem.

    2. Esse Ceará-Bundão é um baba ovo de marca maior e conversa uma merda da bixiga. Kkkkkk

  6. É ela priorizando a segurança com os recursos federais e a marginalidade mostrando as unhas, estamos voltando a insegurança vivenciada a pouco tempo. A Governadora não tem credibilidade e isso se reflete na policia, não adianta viatura e armas. Outra, a saúde do estado está falida, temos 10.000 pessoas esperando uma cirurgia eletiva, as cirurgias ortopédicas de segundo tempo, tem uma fila de 2.000, estamos criando um exército de deficientes, os hospitais lotados e sem recursos, equipamentos quebrados a própria SESAP em estado de calamidade e Fatao GD pulando carnaval.

  7. Parabéns Bolsonaro, a população de bem agradece pelo seu esforço em protegêla e os marginais cada vez mais lhe odeiam pois equipando as polícias é chumbo grosso no lombo da bandidagem

  8. Será que a Governadora lembrou de dizer "valeu, Bolsonaro, o RN agradece". É só uma pergunta…….

    1. As viaturas são do governo Temer ainda…..convênio com o MJ de 2018…..

    2. Isso é um convênio entre o governo do estado do RN com o Ministério da Justiça e Segurança Publica. Essa verba é decorrente dos impostos pagos por nós. Não tem na a ver com Fátima e nem com Bolsonaro.

    3. Então, Augusto, de uma forma ou de outra, Fatão GD não tem ABSOLUTAMENTE NADA a ver com tais recursos. Devia dar os créditos a quem de direito e não tentar se apropriar de algo que não é obra dela. Mas, é graças a Bolsonaro sim. Aceite. Não fosse o governo dele, essa ajuda não viria. O presidente agora é ELE, não esquece, talkey?

    4. Ceará-Mundinho, esses recursos em nada tem haver com o Bozo ou Fatão, foram recursos assegurados ainda no governo Temer, então, independente de quem fosse o presidente ou o governador, esse recurso viria.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Sobre o Ministério da Justiça e da Segurança Pública, Bolsonaro diz que querem “o tempo todo”, dividir pastas: “Moro e eu não mordemos a isca”

Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

Ao ser questionado nesta terça-feira, 28, sobre a recriação do Ministério da Segurança Pública, o presidente Jair Bolsonaro disse que “o tempo todo” querem dividir pastas do governo, mas que ele e o ministro Sérgio Moro não “morderam a isca”.

Segundo Bolsonaro, há “luta pelo poder”, mas será mantida a estrutura do Ministério da Justiça e da Segurança Pública nas mãos de Moro.

“Não existe isso (a recriação do Ministério da Segurança Pública). Antes de eu viajar deu um problema. Qual é o problema? Lá trás pegamos quase 40 ministérios. E aí houve reação por causa da fusão”, disse.

Bolsonaro confirmou na quinta-feira passada, dia 23, que estudava recriar o Ministério da Segurança Pública, mas não deu detalhes sobre como se daria uma eventual fragmentação da atual pasta de Moro. A divisão é um pleito de secretários estaduais de segurança pública.

A proposta de dividir o ministério de Moro gerou críticas a Bolsonaro nas redes sociais. Caso o presidente repetisse o mesmo modelo de ministério da Segurança Pública do seu antecessor Michel Temer, o ministro Sérgio Moro perderia o comando da Polícia Federal, do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os três órgãos mais importantes da sua pasta.

Estadão

Opinião dos leitores

  1. Bolsonaro não é burro de brigar com Moro e perder o resto de popularidade que tem. A mamata acabou….SQN!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *