Bolsonaro deve ter alta até quinta-feira, diz assessoria

FOTO: EFE/Fenando Bizerra/ direitos reservados

O presidente Jair Bolsonaro teve a previsão de alta mantida para entre quarta-feira (6) e quinta-feira (7) desta semana, informou a assessoria de imprensa da presidência da república. Ele se mantém nesta segunda-feira (4) em repouso, sem compromissos e com visitas restritas.

Bolsonaro, que está internado há oito dias no Hospital Israelita Abert Einstein, na capital paulista, passou por avaliação médica esta manhã, que não apontou alterações no seu quadro de saúde. Ele continua usando a sonda nasogástrica para retirada do acúmulo de líquido.

No sábado, o presidente apresentou náuseas e vômitos, o que, de acordo com a assessoria da presidência, já era esperado, uma vez que Bolsonaro passou por três cirurgias de grande porte em apenas quatro meses.

Segundo a assessoria, a tomografia feita no domingo (3) mostrou que o presidente não teve complicações cirúrgicas e descartou a necessidade de nova cirurgia. A esposa Michelle Bolsonaro e o filho Carlos Bolsonaro continuam na companhia do presidente.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joaquim disse:

    Vai não. Apareceu febre e início de infecção. O homi tá no antibiótico. Parece q já vi esse filme.

Brasil Mostra Brasil começa nesta sexta com expectativa de receber mais de 100 mil visitantes

A Multifeira Brasil Mostra Brasil volta a Natal com a 24ª edição do evento, entre os dias 31 de agosto e 09 de setembro, na Arena das Dunas. Atraindo milhares de potiguares, a mostra sempre foi sinônimo de sucesso na cidade, e neste ano amplia em mais de 10% sua área de exposição.

“No primeiro ano na Arena das Dunas (2015), em nossa 20a edição, tivemos um aumento de 50% na área do evento em relação as edições realizadas no Centro de Convenções, com um espaço de 7.500m². Em 2016 crescemos mais de 15% em relação ao ano anterior, com 9.000m² de área de exposição. No ano seguinte, a Multifeira alcançou 10.000m². Em 2018 o evento terá cerca de 11.000m² de área de exposição e mais de 12.000m² de área total de evento, o que equivale a um crescimento de 10%”, afirma o diretor da Brasil Mostra Brasil, Wilson Martinez.

Além da área física, a Multifeira ampliou também o número de expositores, superando a marca de 350 empresas participando nos dez dias de evento. “A cada edição conseguimos envolver uma parcela maior de parceiros, sempre com nosso foco voltado para o mercado local. Nossa intenção é cada vez mais trazer o empresário potiguar para o evento”, garante Wilson Martinez. Este ano, a grande novidade é a realização da 8ª Feira de Livros e Quadrinhos de Natal (FLiQ), que acontecerá junto com a Multifeira Brasil Mostra Brasil, e que contará com mais de 100 horas de atividades culturais gratuitas. Serão palestras, debates, cordel, oficinas, lançamentos de livros, quadrinhos, games, robótica, sessões de autógrafos e apresentações artísticas.

A Multifeira é consagrada pelas diversas opções de produtos expostos. Com expositores nacionais e internacionais, são inúmeros segmentos representados, entre eles móveis, roupas, eletrônicos, artigos de decoração, utilidades domésticas, calçados, eletrodomésticos, artesanato, automóveis, dentre outros.

Assim como em anos anteriores, a Brasil Mostra Brasil cresce cada vez mais em público: neste ano, a expectativa dos organizadores é de receber mais de 100 mil pessoas. Os visitantes poderão contar ainda com estacionamento rotativo de três mil vagas e praça de alimentação. A Brasil Mostra Brasil deve gerar cerca de 700 empregos diretos e indiretos.

Histórico

O evento acontece em Natal desde o ano de 1995 e insere a capital potiguar no contexto das feiras de âmbito nacional. Tem no seu público consumidor o maior destaque, pela fidelidade à MULTIFEIRA. Diversas instituições apoiam sua realização que bate ano a ano recordes de visitação. É o maior evento do segmento na capital potiguar.

Marco Civil da Internet pode ser votado nesta semana

Com pouco mais de 18 anos no Brasil, a internet até hoje não tem qualquer regulamentação. O uso das informações de acesso à web, dados pessoais coletados em redes sociais e em outros sites, é feito livremente por empresas, sem qualquer penalidade ou garantia de privacidade.

Computadores, tablets, smartphones e eletrodomésticos, como a televisão e até mesmo a geladeira, conectam as pessoas à rede mundial de computadores, onde elas trocam informações, fazem compras, assistem a vídeos, filmes e entram em contato com outros internautas.

Preocupado com a falta de regulação desse novo ambiente, o governo propôs ao Legislativo a aprovação do Marco Civil da Internet. A expectativa é que a proposta seja aprovada nesta semana pela Câmara e depois encaminhada à apreciação do Senado.

Entre os principais pontos da proposta estão: a garantia do direito à privacidade dos usuários, especialmente à inviolabilidade e ao sigilo de suas comunicações pela internet; os provedores não poderão fornecer a terceiros as informações de acesso a usuários, a não ser que haja consentimento do internauta; os registros constantes de sites de buscas, os e-mails, entre outros dados, só poderão ser armazenados por seis meses.

Também consta do projeto o princípio da neutralidade de rede, que impede discriminações de tráfego em função do conteúdo que transita na internet. Ou seja, os provedores de conexão não poderão tratar de forma diferente os conteúdos acessados ou enviados. O texto garante ainda a possibilidade de os provedores venderem planos com velocidades de acesso diferentes, como já é feito.

Outro ponto do projeto é o que isenta os provedores de conexão à internet de serem responsabilizados civilmente por danos decorrentes de conteúdos gerados por terceiros. Isso só ocorrerá se, após ordem judicial específica, o provedor não tomar as providências para retirar o conteúdo da rede.

Agência Brasil

Edição do UFC Natal movimenta Ginásio Nélio Dias neste domingo

18743Foto: Marco Polo

A edição de Natal do UFC Fight Night: Shogun vs. Henderson 2 acontecerá neste domingo (23) com o apoio da Prefeitura de Natal por meio da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Copa do Mundo (Secopa) no Ginásio Nélio Dias, localizado na Zona Norte da capital potiguar.

Segundo o secretário municipal de esporte e lazer, Luiz Eduardo Machado, o UFC é uma porta aberta para o turismo regional. “Foram vendidos muitos ingressos para João Pessoa, Recife, interior do Rio Grande do Norte e Fortaleza, isso sem contar os próprios natalenses”, explica. De acordo com ele, o evento, além de dar visibilidade turística, vem também com o objetivo de abrir caminho para que a organização do UFC perceba que a cidade está preparada para receber disputas de mais prestígio como os embates por cinturão.

Muito mais que as lutas a que serão realizadas no domingo, o UFC tem dado oportunidade aos fãs do MMA (Mixed Martial Arts) a verem seus ídolos de perto. O primeiro encontro aconteceu nesta quinta-feira (20/03) no Norte Shopping, onde os natalenses tiveram uma noite de autógrafos com os campeões Renan Barão e José Aldo, Gleison Tibau (recordista brasileiro em lutas no UFC) e as octagon girls Camila Oliveira e Jhenny Andrade.

Nesta sexta-feira (21), foi a vez dos treinos abertos para a imprensa, convidados e treinadores, que começaram por volta das 11h 30min no Hotel Serhs, na Via Costeira: uma exibição dos lutadores do card principal antes da pesagem, marcada para este sábado (22/03).

Além dessa oportunidade de contato direto entre fãs e atletas, Natal tem enxergado o MMA como uma ferramenta social de estímulo à prática esportiva. Um exemplo disso foi a visita da equipe do UFC ao projeto “Lutando para Vencer”, uma parceria de Ronny Markes, Ecohouse Group e Centro Comunitário da Vila de Ponta Negra, onde 40 jovens entre 10 e 16 anos treinam jiu jitsu, caratê e muay thai. De acordo com o secretário Luiz Eduardo Machado, “o objetivo maior da escolinha é tirar crianças da rua e ocupar o tempo delas, como também é um lugar de preparação de atleta onde podem surgir um Renan Barão e um Anderson Silva, por exemplo”, reforça o secretário.

SERVIÇO
UFC: Shogun x Henderson 2
23 de março de 2014, em Natal-RNs
Local: Ginásio Nélio Dias

ALGUMAS DAS PRINCIPAIS LUTAS DO CARD DO EVENTO:

Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Dan Henderson
Peso-médio: Cezar Mutante x CB Dollaway
Peso-leve: Léo Santos x Norman Parke
Peso-meio-pesado: Fábio Maldonado x Gian Villante
Peso-pena: Rony Jason x Steven Siler
Peso-leve: Gleison Tibau x Mairbek Taisumov
Peso-médio: Ronny Markes x Thiago Marreta
Peso-mosca: Jussier Formiga x Scott Jorgensen
Peso-meio-médio: Thiago Bodão x Kenny Robertson

Ingressos:

Arquibancada A (R$ 240 / R$120 meia-entrada)
Arquibancada B (R$180 / R$90)
Cadeira Premium (R$700 / R$350)
Octógono Premium (R$950 / R$475)
Portadores de Necessidades Especiais (R$90 – meia-entrada)

Site de vendas: www.ticketsforfun.com.br.

Marco Civil da Internet deve ser votado nesta quarta-feira

Com ou sem apoio do PMDB, o governo quer votar amanhã (19) o projeto do Marco Civil da Internet, que estabelece direitos e deveres para usuários e provedores da rede mundial de computadores no país e aposta no voto favorável de 270 deputados dos 513 parlamentares da Câmara. E para garantir que o texto seja aprovado, a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) admitiu hoje (18), depois da reunião de líderes da base, que o Planalto pode negociar a obrigatoriedade de que empresas provedoras de conexão mantenham data centers no país desde que a soberania dos dados esteja assegurada por legislação nacional.

“Temos vários partidos que defendem não ter a obrigatoriedade dos data centers no Brasil, mas temos uma questão de que não abrimos mão que é a legislação brasileira sobre os dados produzidos no Brasil, que circulem pelo Brasil, ser garantida. Que quem atuar no Brasil tem que estar absolutamente submetido à legislação brasileira. Esta é uma questão inegociável”, afirmou.

O acordo sobre o ponto deve ser concluído em reunião marcada para as 18h30 no Ministério da Justiça com líderes partidários. A obrigatoriedade dessas instalações em território nacional era um dos impasses em torno do texto que já foi revisado mais de uma vez pelo relator, Alessandro Molon (PT-RJ).

Se cedeu em um aspecto, o governo manteve posição irredutível em relação ao princípio da neutralidade de rede, principal crítica feita pelo PMDB ao texto. A intenção de colocar o projeto em votação na quarta-feira foi mantida mesmo diante dos insucessos nas tentativas de negociação com peemedebistas. “[O texto] está bem construído para amanhã fazer a votação da matéria e estamos trabalhando ainda para um grande acordo. O que não for possível ajustar vamos para o voto”, explicou Ideli.

Além do encontro da base aliada no final da tarde de hoje, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) convocou uma conversa com líderes de todos os partidos para amanhã cedo, com a intenção de tentar ampliar o acordo em torno da votação.

Na noite de ontem (17), Ideli Salvatti , o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o vice-presidente da República, Michel Temer, tentaram encontrar uma saída para o impasse numa reunião com o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), mas a posição foi a de que o acordo dependeria de uma posição da bancada.

“Estamos ouvindo as posições. Ajustes são possíveis, desde que não tenhamos os princípios centrais do projeto, como o da neutralidade, afetados. O princípio da neutralidade é intocável e nenhum tipo de entendimento pode haver em relação a esta questão”, afirmou Cardozo, depois de participar da reunião de líderes da base aliada na manhã de hoje.

Diante da resistência do PMDB, o ministro evitou apostar em uma posição integrada da base governista, mas avaliou que, mesmo sem apoio de todos os partidos aliados ao governo, há “grande possibilidade” de aprovação do projeto amanha.

O desfecho sobre o texto apresentado e revisado mais de uma vez pelo relator do projeto, Alessandro Molon (PT-RJ), já foi adiado várias vezes e, como tramita em regime de urgência constitucional, impede que os deputados votem outras matérias em plenário desde outubro do ano passado.

Como o governo quer chegar à conferência global sobre a internet , marcada para o próximo mês, com avanços nessa proposta, a ideia é não retirar a urgência da matéria e manter todos as outras votações trancadas se o projeto não for votado.

A discussão e votação do projeto do marco civil estavam previstas para hoje. No entanto, a base aliada acredita que não haverá avanços em razão da sessão do Congresso Nacional, marcada para as 19h, quando senadores e deputados vão se reunir para analisar os vetos presidenciais.

Agência Brasil

Vítima de vingança pornô diz que Marco Civil pode ajudar a reduzir danos

rose-leonel-criadora-da-marias-da-internet-organizacao-nao-governamental-que-auxilia-vitimas-de-vinganca-porno-acredita-que-a-inclusao-do-artigo-22-no-marco-civil-podera-diminuir-os-danos-causados-1393016085339_300x420A jornalista Rose Leonel, criadora da Marias da Internet, organização não governamental que auxilia vítimas de “vingança pornô”, acredita que a inclusão do artigo 22 no Marco Civil poderá diminuir os danos causados pelo vazamento de conteúdo íntimo na rede. Em 2006, Rose foi vítima do crime, ao ter fotos e vídeos divulgados na internet por um ex-namorado.

“Sem dúvida evitar a proliferação da imagem diminuirá as consequências e possíveis sequelas do crime digital. Porém, outra questão de extrema relevância deve ser a criação de leis que coíbam a execução desses crimes”, destaca Rose.

Ela elogiou, por exemplo, a iniciativa de inclusão da “vingança pornô digital” na Lei Maria da Penha, conforme proposta do deputado João Arruda. “Precisamos pôr um basta nesses crimes digitais. Até quando vamos conviver com a violação e estupro de nossas mulheres no âmbito virtual e relevar a situação, cruzando os braços e continuando no silêncio omisso e cúmplice dessas barbáries?”, questiona.

Cristina Sleiman, especialista em direito digital, também avalia como positivos tanto o artigo 22 do Marco Civil como a proposta de Arruda. “Sou a favor das duas ações, pois a responsabilidade civil independe da responsabilidade penal e, neste cenário, é preciso prevenção em todos os lados.”

Condenação social

Rose lembra que um dos piores danos da “vingança pornô” é o julgamento da sociedade, carregado de preconceito contra a vítima do vazamento das cenas íntimas.

“As vítimas desse crime não sofrem apenas com a dor da traição do parceiro, da traição afetiva e humana, mas também com o julgamento implacável e a punição desumana da sociedade. Tenho certeza que muitas vítimas deixam de viver por preferirem à morte a receberem os olhares implacavelmente maliciosos e punitivos da sociedade”, diz.

Sobre o ex-parceiro, Rose afirma que ele foi condenado pela Justiça ao pagamento de R$ 30 mil de indenização pelo crime de calúnia. Por considerar a pena muito branda pelos danos que sofreu, ela tenta aumentar a punição por meio de recurso já em instância federal.

Enquanto isso, a jornalista tenta ajudar outras vítimas com sua ONG, que atua em Maringá (PR).

“A ONG, por meio de profissionais capacitados e de extrema lisura, visa dar apoio psicológico, jurídico, digital e até espiritual a essas mulheres”, explica Rose. “Podemos superar. Não é fácil, mas é possível.”

UOL

Prefeitura do Natal pede aprovação urgente da LOA até segunda

Em entrevista a Tribuna do Norte nesta sexta-feira (27), a secretária municipal adjunta de Planejamento, Fazenda e Tecnologia da Informação (Sempla), Adamires França enfatizou a necessidade de votar a LOA até a próxima segunda-feira.  Ela alerta que se ultrapassar a data, haverá dificuldades para que o Município possa executar o PPA e destinar os recursos necessários. Não há previsão de antecipação de abertura do orçamento.

“Se não for votada em tempo, irá atrapalhar o andamento de 2014. O Município só pode trabalhar a execução do orçamento com a lei aprovada”, afirmou. “Acredito que até a segunda-feira deve será concluída”, disse ao TN.

A votação da Lei Orçamentária Anual (LOA) era prevista para a manhã desta sexta-feira (27), mas foi adiada. O motivo foi a falta de quórum mínimo de 15 parlamentares para o início da discussão.

Carnatal 2013 será lançado na manhã desta terça-feira

9dez2012---ricardo-chaves-se-apresenta-no-carnatal-o-carnaval-fora-de-epoca-da-cidade-de-natal-rio-grande-do-norte-1355142559496_956x500Já é Carnatal. Acontece na manhã desta terça-feira (1), a partir de 10h, no Natal Shopping, a coletiva para lançamento da 22ª edição da maior carnaval fora de época do país.

Na ocasião, serão confirmadas as atrações deste ano, os blocos e o novo percurso no Prolongamento da Avenida Prudente de Morais.

A micareta será realizada entre os dias 5 a 8 de dezembro.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joelma disse:

    Um verdadeiro absurdo ,esse evento ser colocado num lugar onde concentra um numero grande de animais silvestre que já são mutilados todos os dias por queimadas inescrupulosas ainda agora essa, poluição sonora , ambiental, até quando em nome de um divertimento de degrada a natureza.ABSURDO.

  2. Silvério Medeiros disse:

    O novo percurso no Prolongamento da Avenida Prudente de Morais só causará DANOS AMBIENTAIS! Tudo pode pelo PRIVADO! É um tremendo ABSURDO!

RN tem o maior aumento no número de expectativa de vida no país, aponta IBGE

O Rio Grande do Norte foi o estado do país que registrou o maior índice de aumento no número de expectativa no país, segundo dados da “Tábua de Mortalidade por sexo e idade – Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação – 2010, divulgados nesta sexta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo a pesquisa, nos últimos 30 anos, a expectativa de vida no estado cresceu em média, 15,85 anos, saltando de 58 anos, em 1980, para 74 em 2010. O estudo mostrou também que as mulheres potiguares vivem mais que os homens. A média dos homens ficou sltou de 55 para 70 anos e das mulheres de 60 para 78.

Ainda de acordo com o estudo, o Rio Grande do Norte tem uma expectativa de vida acima da média nacional, que é de 73,7 anos. E, também, acima da média do Nordeste, que é de 71,2 anos. “Em 1980, o Rio Grande do Norte também era um dos estados em que a mortalidade era mais elevada, consequentemente com uma expectativa de vida mais baixa. Então de certa forma com ajuda de programas sociais houve aumento na qualidade de atendimento de pré-natal, transferência de renda propiciada pelo Bolsa Família e melhor instrução  aceleraram a diminuição da mortalidade e ganhos na expectativa de vida”, explicou Fernando Albuquerque, gerente de Componentes de Dinâmica Demográfica do IBGE.

Com informações da Agência Brasil