IBGE: Expectativa de vida no RN é a maior do Norte e Nordeste

Foto: Reprodução

 

A a Tábua Completa de Mortalidade de 2019, que foi divulgada nesta quinta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), destaca que a expectativa de vida no Rio Grande do Norte é a maior entre todos os estados das regiões Norte e Nordeste.  De acordo com o órgão, a expectativa de vida do potiguar ao nascer aumentou de 76,2 anos em 2018 para 76,4 anos em 2019. No ano anterior, o estado já possuía a maior média das regiões. O número, no entanto, ainda fica abaixo da média nacional, que é de 76,6 anos.

A pesquisa indica ainda que a diferença de expectativa de vida entre homens e mulheres no estado é a sexta maior entre as 27 unidades da federação. Essa diferença é de 8 anos. No Rio Grande do Norte, a expectativa de vida da mulher ao nascer é de 80,4 anos, enquanto a dos homens é 72,4 anos.

Essa disparidade é menos apenas do que no Pará (8,1 anos), Sergipe (8,5 anos), Piauí (8,6 anos), Bahia (9,2 anos) e Alagoas (9,5 anos).

Ainda de acordo com a Tábua de Mortalidade, aos 60 anos de idade, a expectativa de vida da mulher potiguar atingiu 24,5 anos adicionais. Já a do homem, 20,4 anos.

Um outro ponto também chama a atenção no levantamento, ao destacar que o Rio Grande do Norte também tem a maior probabilidade de uma pessoa de 60 anos de idade completar 80 anos entre os estados do Norte e Nordeste. Segundo a perspectiva da pesquisa, de cada 1 mil pessoas que chegavam aos 60 anos de idade em 2019, 619 atingiriam os 80 anos.

No registro por gênero, 691 a cada 1 mil mulheres de 60 anos atingiriam os 80 anos de idade. Entre os homens, são 535 – o que dá 156 óbitos a mais que na população feminina.

Com acréscimo de informações do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nunes disse:

    Me engana que eu gosto,com tanta gente no Nordeste passando fome,como vai viver tudo isso,o ibge é manipulado co.o tudo no governo.

Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,6 anos em 2019

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A expectativa de vida ao nascer no Brasil em 2019 era de 76,6 anos, segundo dados da Tábua da Mortalidade, divulgados hoje (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa é 0,3 ano superior à de 2018, divulgada na pesquisa do ano passado (76,3 anos).

A Tábua da Mortalidade é divulgada anualmente pelo IBGE e usa como referência dados de 1º de julho do ano anterior.

O dado, que é uma média da expectativa de vida dos dois sexos, foi publicado na edição de hoje (26) do Diário Oficial da União. A divisão do dado, por sexo, será feita às 10h pelo IBGE.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Calígula disse:

    Com o Véio Bolsonaro, até a expectativa de vida do cidadão Brasileiro aumenta. Eita Véio Bom, Eita Véio chibateiro.
    É Mito, o Mito disparou, disparou.

  2. Chicó disse:

    ixi, agora o Bozo e sua trupe que se baseia na bíblia, ele quer ser o faraó que escravisa o povo, vai fazer outra reforma e o povo vai ter que trabalhar até 70. Os mínions vão achar ótimo e aplaudir enquanto morrem antes de aposentarem.m

“Nosso segundo mandato terá mais obras que o primeiro”, prometeu Paulinho durante grande caminhada em São Gonçalo

Foto: Júnior Santos

Conhecido por inaugurar uma obra por semana, desde o início do seu mandato em 2017, e por executar mais de 300 ações em três anos, o prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulinho Emídio (PROS) prometeu realizar ainda mais obras no segundo mandato, caso seja reeleito. Neste domingo (1) sua campanha esteve no Bairro Jardins, onde voltou a reunir multidão em praça pública.

Antes de iniciar a mobilização, Paulinho disse que nos quatro cantos da região ia ter trabalho realizado por sua administração. “Vamos andar no asfalto e calçamento novos, passar por escola de ensino médio nova, por construção de praça, iluminação de LED e ainda por escola e unidade de saúde reformadas. Por onde nossa campanha passar vai ter marca da nossa gestão”, disse.

O prefeito ainda disse que já estão planejadas grandes obras para o município, muitas já com dinheiro na conta da Prefeitura esperando os processos licitatórios serem concluídos. Entre elas, o hospital geral, polo empresarial e várias intervenções como construção de pontilhões, estradas e pavimentações asfálticas.

“Nosso segundo mandato terá ainda mais obras que o primeiro. Serei reeleito no dia 15 de novembro, vou tomar posse no dia primeiro de janeiro de 2021 e já no dia 2 as obras vão continuar a todo vapor em São Gonçalo. Porque o desenvolvimento não pode parar”, enfatizou.

VÍDEO: Técnica desenvolvida por pesquisadores da UFRN aumenta expectativa no combate à desertificação do semiárido

O replantio da Caatinga, castigada pela ação humana há séculos, é uma das alternativas utilizadas em ações para sua restauração. O problema é que, nos métodos convencionais, a mortalidade das plantas transplantadas chega a 70%, o que significa um grande desafio para as equipes que atuam nesse bioma. Porém, uma técnica desenvolvida por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) demonstrou que algumas espécies de plantas têm maior resistência a esse processo, o que gera uma grande esperança no reestabelecimento de áreas florestais do semiárido.

Entre os métodos de plantio diferenciados para essa área, a pesquisa coordenada pela professora Gislene Ganade, do Departamento de Ecologia do Centro de Biociências (CB/UFRN) e coordenadora do Laboratório de Ecologia da Restauração (LER), experimentou a substituição de plantas de raízes curtas por mudas de raízes longas. Esse primeiro trabalho realizado entre os anos de 2013 e 2016 numa área de cinco hectares da Floresta Nacional de Açu (Flona), no município de Assú, apresentou resultados muito satisfatórios. A ação utilizou seis espécies de arvores nativas, entre elas a jurema preta, a catingueira e a aroeira.

Pesquisadora Gislene Ganade transplanta muda de Juazeiro. Foto: Divulgação

O experimento revelou que as plantas grandes com raízes grandes atingem até 70% de sobrevivência, enquanto as plantas pequenas com raízes pequenas apenas 30%. O melhor é que os resultados foram confirmados para plantas irrigadas durante 1 ano e plantas irrigadas só no momento do plantio, dispensando assim o custo de montagem de um sistema de irrigação periódica. Não é à toa que a técnica utilizada ganhou o certificado Dryland Champions (campeões das terras áridas) da Organização das Nações Unidas (ONU).

A mesma técnica foi aplicada com grande sucesso em um segundo experimento de plantio de ampla escala implementado também na Flona de Açu, utilizando então 16 espécies de árvores. O trabalho realizado entre 2016 e 2019, foi registrado pela equipe em fotos e num vídeo apresentado pela professora Gislene Ganade. A técnica de plantio com mudas de raízes longas também já foi implementada em outras áreas dos municípios de São Bento do Norte (RN) e no Parque Nacional do Catimbau, em Pernambuco.

Além disso, o projeto já estabeleceu uma lista das localidades em que mais de 600 espécies arbóreas podem ser plantadas em toda a Caatinga, inclusive considerando as mudanças climáticas e sua relação com a perda ou ganho de espécies em cada localidade. Uma projeção futura foi apresentada para os próximos 50 anos, de 2020 a 2070. A experiência exitosa reforça a tese do grupo de pesquisadores do LER de que a Caatinga pode e deve ser restaurada.

Pesquisa

O projeto desenvolvido pela UFRN para a restauração da Caatinga está integrado à plataforma TreeDivNet que colabora com 16 países. Além disso, mantém parcerias com a Universidade Técnica de Munique (Alemanha) e a Universidade de Exeter (Inglaterra) em pesquisas que investigam as espécies arbóreas com maior potencial ecofisiológico para fixar carbono e restaurar áreas degradadas no semiárido brasileiro.

A partir desta pesquisa já foram desenvolvidas 10 teses de doutorado, 6 dissertações de mestrado, 14 trabalhos de conclusão de curso, 7 artigos científicos e 6 artigos submetidos em revistas internacionais. Recentemente, ela foi apresentada na live Restauração da Caatinga: Avanços e novas perspectivas, promovida pela Associação Caatinga de Fortaleza, pela professora Gislene Ganade. Esse tema tem o incentivo da ONU que instituiu a Década de Restauração de Ecossistemas, com início marcado para 2021 e seguindo até 2030.

A ação da ONU é voltada à recuperação de ecossistemas degradados em todo o mundo para o combate à crise climática e para o fortalecimento da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos.  Nesse sentido, destaca a professora Gislene Ganade, “a Caatinga terá importante contribuição para o mundo se projetos de restauração em larga escala forem implementados, sendo que esses projetos também representam uma valiosa contribuição ao combate à desertificação desse importante ecossistema brasileiro”.

UFRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flávio Martinez disse:

    Fantástico!! Parabéns!!!

  2. Joaquim disse:

    Quem paga os salários do funcionalismo público é o gado que trabalhar

  3. Manoel disse:

    Fantástico!
    Parabéns aos pesquisadores!
    Parabéns para a ciência!
    Parabéns à UFRN!

  4. Francisco de Assis disse:

    Parabéns a UFRN pelo ótimo trabalho. O gado não vai gostar dessa matéria porque o gado só gosta de pasto e mentiras.

    • joao disse:

      Pelo seu comportamento e no linguajar raivoso…. deve trabalhar na UFRN ou fazer parte daquilo de alguma forma. Falar de pessoas como se fossem animais nao é nada etico, e parece fazer parte de alguns meios que espero nao ser educacional. Felizmente, o ente publico as vezes faz jus a sua despesa.. e quando nao faz, deve ser criticado e cobrado. Tem outro animal que simboliza quem nao quer entender criticas construtivas e simboliza ideologias, mas acho feio usar esses termos.

    • Francisco de Assis disse:

      João, vai ver se eu estou na esquina. Deixa de ser hipócrita. Você sabe muito bem que quem sustenta seus argumentos com baixo nível intelectual e alto nível de sadismo é a caterva que sustenta o que ouvem do seu líder mor. Gado é até um elogio para vermes. Agora vocês é que são mi mi mi, é?

Otimismo volta às bolsas com menos contaminação na Itália e expectativa por estímulos nos EUA

Foto: Getty Images

Após os tombos nos mercados globais ontem, o dia amanhece ensolarado no home office do Valor Investe em São Paulo e também nas bolsas internacionais.

As razões para o movimento positivo nas principais bolsas do mundo é a redução – pelo segundo dia seguido – no registro de novos casos e mortes na Itália, um dos casos mais críticos após o arrefecimento da contaminação na China, e a continuidade das negociações nos EUA para a aprovação no Senado de um pacote de estímulos para a economia.

Os investidores esperam que o pacote seja aprovado ainda hoje.

A alta vista lá fora deve impactar os negócios na bolsa por aqui, que abre às 9h no mercado futuro e às 10h no à vista.

O principal fundo de índice (ETF) de ações brasileiras negociado em Nova York, o EWZ, subia 8,07%, a US$ 22,50, às 7h20.

Mercados internacionais

As bolsas asiáticas encerraram em forte alta na primeira sessão depois que o Federal Reserve (Fed), banco central dos EUA, anunciou que comprará de maneira ilimitada títulos do Tesouro americano e títulos hipotecários para combater om impacto da pandemia de coronavírus nos mercados, uma vez que o Senado adiou a votação sobre um pacote de ajuda de mais US$ 1 trilhão.

O Kospi, índice de referência da Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, saltou 8,60%, e o Nikkei, da Bolsa de Tóquio, avançou 7,13%.

Na Austrália, o S&P-ASX 200, um dos índices que mais têm sido afetado pelos efeitos da pandemia e da desaceleração da China, subiu 4,17%. Em Hong Kong, o Hang Seng fechou em alta de 4,46%.

Na China, o índice Xangai Composto teve alta de 2,34%, e o Shenzen Composto subiu 2,10%, depois que as autoridades chinesas começaram a retirar as restrições à população da província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, epicentro da origem da pandemia do novo coronavírus.

Os índices futuros dos Estados Unidos operam em forte alta e tiveram suas negociações paralisadas após baterem o limite de alta de 5% no pré-mercado.

As bolsas da Europa operam em alta consistente em meio a sinais de que a disseminação do coronavírus está diminuindo na Itália, que é um dos países mais atingidos, enquanto as negociações em torno um pacote de estímulos para a economia continuam nos EUA.

Os índices preliminares de gerentes de compras da zona do euro como um todo e da Alemanha e França caíram em março para is piores níveis em toda a série histórica, evidenciando o baque que a economia vem tomando com o avanço do coronavírus no continente.

O índice composto da zona do euro (indústria + serviços) caiu para uma leitura de 31,4 pontos em relação a 51,6 em fevereiro, o que é um recorde desde que a série começou em julho de 1998. O consenso de economistas apontava para 38,8.

Qualquer leitura do PMI abaixo de 50 pontos indica condições de contratação da atividade econômica.

“O PMI de março é indicativo de queda do PIB a uma taxa trimestral de cerca de 2%, e claramente há margem para que a desaceleração se intensifique ainda mais, pois ainda mais políticas draconianas para lidar com o novo coronavírus serão potencialmente implementadas nos próximos meses”, disse Chris Williamson, economista-chefe de negócios da IHS Markit.

(mais…)

Sistema de saúde pode entrar em colapso em abril, diz ministro

Foto: © Marcello Casal JrAgência Brasil

O sistema de saúde pode entrar em colapso em abril em decorrência da pandemia do novo coronavírus, disse nesta sexta-feira (20) o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante videoconferência da qual participaram o presidente Jair Bolsonaro e representantes de associações empresariais brasileiras hoje (20).

“No final de abril sistema entra em colapso. O colapso é quando você pode ter o dinheiro, o plano de saúde, a ordem judicial, mas não há o sistema para entrar”, afirmou o ministro.

A estimativa do Ministério da Saúde é que haja um crescimento dos casos do Covid-19 nos próximos 10 dias, uma subida mais aguda em abril, permanecendo alta em maio e junho. A partir de julho é a expectativa de início da desaceleração. Em julho começa um plateau (estabilidade) e em agosto um movimento de queda.

Mas a intensidade depende das medidas adotadas e do comportamento das pessoas, destacou Mandetta. Neste sentido, o ministro reiterou a importância da redução de circulação e iniciativas de isolamento. “Para evitar esse colapso eventualmente pode ser necessário segurar a movimentação para ver se consegue diminuir a transmissão. Quando tomamos medida de segurar 14 dias, o impacto só é sentido 28 dias depois. A cadeia é sustentada e você quebra”, comentou Mandetta.

Isolamento

Ontem (19) o Ministério divulgou novo protocolo para os postos de saúde. Nos locais com transmissão comunitária (São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Porto Alegre, Belo Horizonte e Santa Catarina) pessoas com sintomas do novo coronavírus terão um atendimento agilizado, serão colocadas em isolamento por 14 dias assim como familiares e todos os idosos acima de 60 anos.

Nos locais sem transmissão comunitária, pessoas com sintoma de Covid-19 devem buscar os postos de saúde e ficar em isolamento, com monitoramento a cada 48 horas. Caso mais graves serão encaminhados para atendimento hospitalar.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    É apenas uma gripezinha!
    #forabozonaro

  2. JEGUEDEGUE disse:

    Colegas, resumindo: até Setembro/2020, salve-se quem puder. Boa sorte, 1 abraço e qualquer coisa fora do planejado, nos vemos no além.

  3. Alessandro disse:

    Está na hora dos planos de saúde também adiarem seus AUMENTOS(aumento mesmo, pois são são bem e muito bem acima da inflação, o que não caracteriza reajuste).

Usuário do transporte público em Natal vive a angústia por estudo da Prefeitura e definição de valor da tarifa

Foto: Josenilson Rodrigues/Busão de Natal

A sociedade natalense e o movimento estudantil aguardam uma definição do prefeito de Natal, Alvaro Dias, sobre a polêmica do reajuste tarifa de ônibus na capital.

Após o anúncio no Diário Oficial do Município da nova tarifa que entraria em vigor no dia  1º de março, a revolta da população fez o Executivo recuar, com uma revogação no DOM. “Reajuste suspenso. Vamos buscar com a equipe econômica da Prefeitura uma solução para diminuir o impacto do reajuste da tarifa de ônibus”, disse Alvaro Dias pelas redes sociais no fim de fevereiro.

Enquanto isso, o natalense aguarda da área econômica da Prefeitura e a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal o “estudo” anunciado sobre um eventual subsídio às empresas que operam o sistema de transporte. Entre medidas especuladas nos bastidores, uma retirada ou desoneração do Imposto Sobre Serviços(ISS).

Em resumo, até o momento, uma lacuna e a insegurança do natalense sobre o valor da tarifa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. 94 984236545 disse:

    Meu chip nao dar area

  2. Souza disse:

    Importante saber quem vai pagar a conta do subsídio ou isenção. Na hora que as empresas de ônibus deixarem de pagar seus impostos, quem vai pagar no lugar deles? Será que vai ter novo aumento de IPTU pra compensar?!!!!!!!

  3. TIMÓTEO disse:

    ENTRA PREFEITO, SAI PREFEITO, TEM COISAS EM NATAL NÃO MUDAM:
    FROTA ANTIGA, PREÇOS CAROS, PRIVILÉGIOS AOS ÔNIBUS NO TRÂNSITO, BURACOS NAS RUAS, ÁGUA DESPERDIÇADA POR VAZAMENTO, ESGOTOS ESTOURADOS, ALAGAMENTOS.
    O POVO SE SACRIFICANDO PARA PAGAR TARIFAS ALTAS DEVIDO AO PREÇO ABSURDO DOS COMBUSTÍVEIS EM NATAL, O MAIS CARO DO NORDESTE!
    NATAL NÃO É PARA QUEM QUER, É PARA QUEM PODE!

  4. MAURICIO disse:

    impressionante como bg se preocupa com o natalense no que se refere ao valor da passagem de onibus, fala alguma coisa sobre a reforma da previdencia do governo fatima bezerra, fala da insegurança, onde todos os dias temos noticias de assaltos , carros tomados por bandidos, os buracos feitos pela caern, é só um exemplo

Rafael, goleiro do ABC, mira “grande partida” diante do Vasco, e destaca importância financeira para o clube e visibilidade

Foto: Luciano Marcos/ABC F.C.

A equipe abecedista tem pela frente o desafio mais importante da temporada até o momento. O alvinegro vai enfrentar o Vasco/RJ nesta quinta-feira (5), no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), confronto válido pela 2ª fase da Copa do Brasil.

O goleiro Rafael falou das dificuldades do jogo e garantiu que o grupo está bem preparado. “Sabemos do peso da camisa do Vasco, da qualidade da equipe deles, da pressão que sofreremos da torcida, que deve encher o Maracanã, mas sabemos do nosso potencial, estamos vindo em um bom momento e vamos forte, bem preparados, para buscar a classificação”, afirmou o camisa 1.

Rafael destacou a importância do confronto. “Esse é um jogo muito importante em vários sentidos. Tem o lado financeiro para o clube, uma classificação dará uma verba importante, tem a visibilidade para o clube e para nós, jogadores, tem muita coisa em jogo. O grupo está ciente de tudo isso e vamos focados para fazer uma grande partida”.

Os vinte relacionados para o duelo:

Goleiros: Rafael e Erivelton;

Laterais: Pedro Costa, Marlon e Bruno Souza;

Zagueiros: Joécio, Vinicius Leandro, Richardson e Vitor Salvador;

Volantes: Felipe Manoel, Cedric e Wesley Dias;

Meias: Berguinho, Jailson, João Paulo e Pedrinho;

Atacantes: Paulo Sérgio, Igor Goularte, Núbio Flávio e Jordan.

Com informações do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Thiago vesgo disse:

    Somente o futebol proporciona momentos como esse.
    O ABC entrando em campo como favorito contra o…Vasco da Gama-RJ !!
    Em pleno maracanã e diante de mais de cinquenta mil espectadores o time comandado pelo boçal e prepotente mas competente Fco Diá, tem amanhã uma chance dessas que se diz "uma em um milhão" em virtude das circunstâncias, de fazer história eliminando Vasco da Gama da copa do Brasil.
    Além de botar uma grana boa nos cofres (só não se sabe se a justiça do trabalho vai permitir…) o alvinegro ganha uma injeção de auto estima que poderá alavancar a equipe nas competições que disputa.
    E o Vasco…vivendo uma crise sem precedentes na sua história, o time cruzmaltino vive o dilema entre, entregar o jogo e apressar a demissão do técnico Abel Braga, ou se superar, passar de fase na competição e dar uma amenizada nas finanças do clube.
    A sorte está lançada. O ABC, entra não como franco atirador, mas como franco favorito.
    Torcida não ganha jogo, apenas exerce uma pressão que, dependendo do transcorrer da partida pode virar de lado.
    E o alvinegro só não passa pelo gigante da colina se conseguir ser pior que ele…

    • Vergonha disse:

      Vou cantar o resultado …um bando de pernas de pau ( ABC) irão correr feito uns doidos , e nos acréscimos do segundo tempo ( como sempre faz) tomar 1 GOL ….para não achar que estou inventando , veja os últimos 100 jogos do ABC que perdeu , foi nos acréscimos , time sem GARRA

Taveira destaca avanços em Parnamirim, apoio maciço da Câmara Municipal, e confiança na reeleição

Foto: ASCOM

Ainda na entrevista ao jornal Tribuna do Norte, o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, fez um balanço do seu primeiro mandato, e sua expectativa para uma vitória em 2020, e a consequente reeleição.

“Primeiro, fizemos um ajuste fiscal, porque recebemos o município com a folha de pagamento de pessoal acima do limite prudencial previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, comprometendo 58% da receita líquida. A gente começou praticamente com o bloqueio do Fundo de Participação do Município (FPM), atrasos de encargos sociais e parte de salários atrasados. Tivemos de fazer um Termo de Ajuste de Gestão (TAG), com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), o que foi até uma inovação no Rio Grande do Norte, e não fazer um Termo de Ajuste de Conduta (TAC), no Ministério Público, que é diferente. Para isso, a gente teve a coragem de fazer, porque, se observar, dos 167 municípios do Estado, hoje, não tem 20 que aderiu a isso e acredito que mais de 100 estão acima do limite prudencial com a folha de pagamento. Não é culpa dos prefeitos, porque os programas federais estão incluídos nesse limite e prejudica alguns municípios. Fizemos um ajuste de dois anos e conseguimos com o TAG reduzir de 58% para 48% e, depois, para 47% [a despesa com pessoal]”, resumiu.

Veja também: Rosano Taveira destaca ajuste nas contas e segurança jurídica como responsáveis por atrair investimentos em Parnamirim

Com o ajuste da máquina administrativa, Taveira demonstrou confiança numa vitória nas eleições municipais neste ano, e deixou nas mãos da população a avaliação de sua administração, em que classifica como um trabalho com austeridade. “Não adianta sentar aqui só para fazer o pagamento da folha de pessoal, porque aí perderia a função de administrar a cidade. Tenho uma coisa muito importante, o dinheiro do povo estou cuidando com muita responsabilidade, guardar e investir com responsabilidade, isto estou fazendo”, disse.

Taveira, por fim, destacou a boa convivência com a Câmara Municipal no trabalho de progresso de Parnamirim. “Dos 18 vereadores, temos 16. Mas podia ter muito bem o apoio dos 18, porque não tenho problemas com as duas vereadoras lá”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tiago disse:

    Bruno Giovani você censurou meu comentário sobre os buracos da rua que dá acesso a UPA de Nova Esperança. Não Faça isso! Seja democrático!

    • Tiago disse:

      BG falei isso pois o comentário que fiz pela manhã não apareceu aqui. Mas tá tudo certo!

  2. Francisco disse:

    Um dos pontos mais importantes da administração do Pref Taveira é a sua lisura administrativa. Não se houve falar em corrupção naquele município. Parabéns!

  3. Fernando Patrício disse:

    É notório o avanço de Parnamirim.
    Parabéns ao prefeito !

    • Tiago disse:

      É mas a rua que dá acesso a UPA de Nova Esperança não tem jeito. Muito esburacada, uma semana fecham, na outra abre tudo de novo, seria melhor completar o asfalto que esta pela metade, falta uns 100 metros pra ficar perfeito.

Colégio Porto: expectativa para o início da nova escola é assunto da galera jovem no veraneio

Fotos: Divulgação

INFORME PUBLICITÁRIO

Tem um assunto que não sai da boca da galera jovem nas varandas das casas de praia e nas rodas de conversa do veraneio no litoral potiguar: a expectativa para o início das aulas no Colégio Porto, a mais nova escola de Natal, que promete vir com tudo a partir do dia 27 de janeiro.

Os alunos já ficaram bem impressionados com o primeiro grande evento promovido pela escola, o “Porto Welcome Day”, que aconteceu em dezembro, quando foram acolhidos com as suas famílias e puderam escolher o modelo da farda, se confraternizar e conhecer a equipe que reúne os melhores professores do estado.

O Colégio Porto promete funcionar com uma proposta diferente: formar os estudantes para enfrentar os grandes desafios da educação e da vida. Com foco no ENEM, a escola vai oferecer aos alunos o material didático utilizado pelo Sistema de Ensino Bernoulli, reconhecido nacionalmente pela sua abordagem teórica abrangente e aprofundada do conteúdo.

O Porto também vai contar com o LIV: o Laboratório de Inteligência de Vida. Nele, os experimentos realizados são parte da vida real e, assim, o aluno é incentivado a conhecer seus sentimentos, testar novas abordagens e aprender com os erros.

Os alunos ainda terão à sua disposição o Google For Education, que vai utilizar multiplataformas para a produção e distribuição de conteúdo de forma mais simples, melhorando o aprendizado e a comunicação entre os alunos e professores. Cada um vai receber ainda o seu próprio computador – um chrome book, como parte do material escolar.

Fonte: Assessoria de Comunicação

IBGE informa que potiguares têm maior expectativa de vida do Norte e Nordeste

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informa que, em média, os potiguares nascidos em 2018 terão uma expectativa de vida de 76,2 anos, segundo dados da tábua completa de mortalidade para o Brasil, divulgada nesta quinta-feira (28). Embora esteja numa média muito próxima à nacional (76,3 anos), o estado teve a maior expectativa das regiões Norte e Nordeste.

Conforme tabela acima, destacada no portal G1-RN, a expectativa de vida dos potiguares chega a ser cinco anos maior que a dos maranhenses, por exemplo, que têm média de 71,1 anos de expectativa – a menor entre os estados nordestinos e de todo o país.

Os dados ainda destacam que saindo dos eixos Norte e Nordeste, o Rio Grande do Norte não está entre os primeiros no país, ocupando apenas a nona colocação. A maioria das unidades federativas com melhores expectativas de vida está nas regiões Sul e Sudeste.

Acima do Rio Grande do Norte estão: Santa Catarina (79,7), Espírito Santo (78,8), São Paulo (78,6), Distrito Federal (78,6), Rio Grande do Sul (78,3), Minas Gerais (77,7) Paraná (77,7) e Rio de Janeiro (76,8).

O estudo ainda apontou uma diferença de 8 anos entre as expectativas de vida dos homens e mulheres potiguares. Elas viverão em média 80,2 anos, enquanto eles, 72,2 anos.

Ainda de acordo com o estudo, o potiguar que completou 65 anos anos de idade de 2018, tem expectativa de vida de 83,8 anos. No caso dos homens, a média é de 81,8. Já as mulheres, 85,4.

Com acréscimo de informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Taí um motivo de preocupação para os donos de empresas funerárias… É dessa vez que o RN vai à bancarrota.

Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,3 anos

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A expectativa de vida ao nascer no Brasil subiu para 76,3 anos em 2018, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2017, a expectativa de vida era de 76 anos, ou seja, aproximadamente três meses a menos do que em 2018.

A pesquisa Tábua de Mortalidade 2018 só será divulgada às 10h, mas as informações básicas da pesquisa já foram antecipadas no Diário Oficial da União de hoje.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Junior92 disse:

    É ovo que o povo tá comendo demais. Se for substituir a proteína da carne totalmente por ovos, a dica é comer muitos ovos até no máximo as 17:00 daí o pico de flatulência será no alvorecer do dia seguinte e quando chegar no trabalho às 8:00 você já terá parado de peidar. Sobreviva ao fascismo sem perder a classe.

  2. Junior disse:

    Que Governo bom! Gasolina subiu, dólar subiu, carne subiu. O Brasileiro nunca foi tão feliz. Obrigado, mito!

    • Ceará-Mundão disse:

      É prá rir, "cumpanhero"? Quando foi que os preços deixaram de subir no Brasil? Vc tá sabendo que a inflação e os juros estão nos mais baixos níveis já vistos na história do país? Claro que não, né? Esse discurso hipócrita e fraudulento é uma característica dos esquerdopatas.

  3. José Alberto Brito disse:

    Em tempos de "Black Friday" o INSS apresenta sua "Garantia Estendida"!

Expectativa é de crescimento no número de doações de órgãos no RN

Foto: Ilustrativa

Somente no primeiro semestre de 2019 o Rio Grande do Norte já alcançou 31 doações efetivas de órgãos. O quantitativo está próximo de ultrapassar todas as doações realizadas no ano inteiro de 2018, que foram 32.

Os dados foram repassados pela Central de Transplantes do RN, que realiza hoje (29) e amanhã (30), em parceria com o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) e a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), a Jornada Asas do Bem – evento que percorre o Brasil na busca pela valorização da doação de órgãos.

“São 34 mil pessoas em todo o Brasil na fila de espera por um transplante. E um único doador pode salvar até 10 vidas. O trabalho desses que eu chamo de ‘anjos ocultos’, que lutam com a rapidez exigida pelos que estão na fila por um órgão é que faz este sistema todo funcionar”, disse o palestrante convidado Alexandre Barroso, autor do livro “A última vez que morri”, uma narrativa sobre sua história de luta pela vida, depois de três procedimentos de transplante (duas vezes de fígado e uma de rim).

Na sexta-feira (30) é a vez do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) integrar a jornada Asas do Bem. O palestrante Alexandre Barroso falará para os servidores do hospital na Sala de Aula do Programa de Residência Médica, a partir das 14h.

“Precisamos ousar sonhar mais longe e fazer o nosso estado evoluir para realizarmos cada vez mais transplantes, evitando os deslocamentos para outros estados”, disse o secretário adjunto da saúde, Petrônio Spinelli, que esteve presente na abertura da Jornada, no auditório da Faculdade de Farmácia da UFRN.

Números

O RN realiza atualmente os transplantes de rim e córnea. Em 2019, no primeiro semestre, já foram viabilizados 58 transplantes de rim e 74 de córnea. A lista de espera por um rim no estado é de 180 pessoas e para as córneas de 210 pessoas.

Durante o evento a coordenadora da Central de Transplantes, Raissa Marques, também chamou atenção para as ações que serão desenvolvidas durante o mês de setembro, o “Setembro Verde”, dedicado à conscientização da importância da doação de órgãos. Serão palestras, capacitações e momentos de sensibilização que encerram com a já tradicional caminhada pela doação de órgãos, que este ano acontece no dia 28 de setembro.

Bolsonaro deve ter alta até quinta-feira, diz assessoria

FOTO: EFE/Fenando Bizerra/ direitos reservados

O presidente Jair Bolsonaro teve a previsão de alta mantida para entre quarta-feira (6) e quinta-feira (7) desta semana, informou a assessoria de imprensa da presidência da república. Ele se mantém nesta segunda-feira (4) em repouso, sem compromissos e com visitas restritas.

Bolsonaro, que está internado há oito dias no Hospital Israelita Abert Einstein, na capital paulista, passou por avaliação médica esta manhã, que não apontou alterações no seu quadro de saúde. Ele continua usando a sonda nasogástrica para retirada do acúmulo de líquido.

No sábado, o presidente apresentou náuseas e vômitos, o que, de acordo com a assessoria da presidência, já era esperado, uma vez que Bolsonaro passou por três cirurgias de grande porte em apenas quatro meses.

Segundo a assessoria, a tomografia feita no domingo (3) mostrou que o presidente não teve complicações cirúrgicas e descartou a necessidade de nova cirurgia. A esposa Michelle Bolsonaro e o filho Carlos Bolsonaro continuam na companhia do presidente.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joaquim disse:

    Vai não. Apareceu febre e início de infecção. O homi tá no antibiótico. Parece q já vi esse filme.

Brasil Mostra Brasil começa nesta sexta com expectativa de receber mais de 100 mil visitantes

A Multifeira Brasil Mostra Brasil volta a Natal com a 24ª edição do evento, entre os dias 31 de agosto e 09 de setembro, na Arena das Dunas. Atraindo milhares de potiguares, a mostra sempre foi sinônimo de sucesso na cidade, e neste ano amplia em mais de 10% sua área de exposição.

“No primeiro ano na Arena das Dunas (2015), em nossa 20a edição, tivemos um aumento de 50% na área do evento em relação as edições realizadas no Centro de Convenções, com um espaço de 7.500m². Em 2016 crescemos mais de 15% em relação ao ano anterior, com 9.000m² de área de exposição. No ano seguinte, a Multifeira alcançou 10.000m². Em 2018 o evento terá cerca de 11.000m² de área de exposição e mais de 12.000m² de área total de evento, o que equivale a um crescimento de 10%”, afirma o diretor da Brasil Mostra Brasil, Wilson Martinez.

Além da área física, a Multifeira ampliou também o número de expositores, superando a marca de 350 empresas participando nos dez dias de evento. “A cada edição conseguimos envolver uma parcela maior de parceiros, sempre com nosso foco voltado para o mercado local. Nossa intenção é cada vez mais trazer o empresário potiguar para o evento”, garante Wilson Martinez. Este ano, a grande novidade é a realização da 8ª Feira de Livros e Quadrinhos de Natal (FLiQ), que acontecerá junto com a Multifeira Brasil Mostra Brasil, e que contará com mais de 100 horas de atividades culturais gratuitas. Serão palestras, debates, cordel, oficinas, lançamentos de livros, quadrinhos, games, robótica, sessões de autógrafos e apresentações artísticas.

A Multifeira é consagrada pelas diversas opções de produtos expostos. Com expositores nacionais e internacionais, são inúmeros segmentos representados, entre eles móveis, roupas, eletrônicos, artigos de decoração, utilidades domésticas, calçados, eletrodomésticos, artesanato, automóveis, dentre outros.

Assim como em anos anteriores, a Brasil Mostra Brasil cresce cada vez mais em público: neste ano, a expectativa dos organizadores é de receber mais de 100 mil pessoas. Os visitantes poderão contar ainda com estacionamento rotativo de três mil vagas e praça de alimentação. A Brasil Mostra Brasil deve gerar cerca de 700 empregos diretos e indiretos.

Histórico

O evento acontece em Natal desde o ano de 1995 e insere a capital potiguar no contexto das feiras de âmbito nacional. Tem no seu público consumidor o maior destaque, pela fidelidade à MULTIFEIRA. Diversas instituições apoiam sua realização que bate ano a ano recordes de visitação. É o maior evento do segmento na capital potiguar.

Marco Civil da Internet pode ser votado nesta semana

Com pouco mais de 18 anos no Brasil, a internet até hoje não tem qualquer regulamentação. O uso das informações de acesso à web, dados pessoais coletados em redes sociais e em outros sites, é feito livremente por empresas, sem qualquer penalidade ou garantia de privacidade.

Computadores, tablets, smartphones e eletrodomésticos, como a televisão e até mesmo a geladeira, conectam as pessoas à rede mundial de computadores, onde elas trocam informações, fazem compras, assistem a vídeos, filmes e entram em contato com outros internautas.

Preocupado com a falta de regulação desse novo ambiente, o governo propôs ao Legislativo a aprovação do Marco Civil da Internet. A expectativa é que a proposta seja aprovada nesta semana pela Câmara e depois encaminhada à apreciação do Senado.

Entre os principais pontos da proposta estão: a garantia do direito à privacidade dos usuários, especialmente à inviolabilidade e ao sigilo de suas comunicações pela internet; os provedores não poderão fornecer a terceiros as informações de acesso a usuários, a não ser que haja consentimento do internauta; os registros constantes de sites de buscas, os e-mails, entre outros dados, só poderão ser armazenados por seis meses.

Também consta do projeto o princípio da neutralidade de rede, que impede discriminações de tráfego em função do conteúdo que transita na internet. Ou seja, os provedores de conexão não poderão tratar de forma diferente os conteúdos acessados ou enviados. O texto garante ainda a possibilidade de os provedores venderem planos com velocidades de acesso diferentes, como já é feito.

Outro ponto do projeto é o que isenta os provedores de conexão à internet de serem responsabilizados civilmente por danos decorrentes de conteúdos gerados por terceiros. Isso só ocorrerá se, após ordem judicial específica, o provedor não tomar as providências para retirar o conteúdo da rede.

Agência Brasil