Vejam o batismo do Avião da NOAR igual ao que caiu hoje em Recife

Fabricado pela empresa tcheca Let Aircraft, o LET-410 é um avião bimotor turbo-hélice penta-pá, modelo Walter M601 E, com potência de 751 hp.

Esse avião da NOAR do vídeo só tem um ano e quatro meses de uso, ele aterrissou no Brasil no dia 12 de março de 2010. O que caiu de prefixo PR NOB, igual a esse, tinha apenas um ano de operação:

Vejam o vídeo da chegada da aeronave em Recife e o batismo do mesmo:

Com capacidade para dois tripulantes e 19 passageiros, a aeronave é largamente utilizada em todo o mundo, principalmente nas rotas regionais. Suas asas altas permitem operações em pistas curtas.

O LET-410 tem 19,98 metros de envergadura, 14,42 metros de comprimento, 5,83 metros de altura e pesa 3.990 quilos. Voa a 388km/h de velocidade, com alcance máximo de 1.317km.

No Brasil, além da Noar Linhas Aéreas, o modelo é utilizado pelas empresas NHT Linhas Aéreas, Sol Linhas Aéreas, e TEAM Transportes Aéreos.

Irmão do piloto que caiu com o Avião da NoAR disse que o aparelho já havia apresentado problemas em decolagem

O Globo:

O avião da Noar Linhas Aéreas, que caiu na manhã desta quarta-feira em Recife, matando pelo menos 16 pessoas, já havia apresentado problemas antes. O piloto Roberto Gonçalves, que morreu no acidente, havia dito ao irmão dele, o também piloto Jairo Gonçalves, que a aeronave apresentava perda de força na decolagem e havia atribuído o problema a um defeito do modelo LET-410. Ele havia dito ainda que um grupo de técnicos já havia vindo do exterior para verificar o problema. A aeronave é fabricada pela Let Aircraft, da República Tcheca, e a Noar opera com apenas dois aviões deste modelo.

– Pelo visto, o problema não foi solucionado – disse Jairo, acrescentando que não acredita em falha humana e que o irmão era “muito experiente e evitou uma tragédia” ao se afastar de uma área residencial e tentar um pouso forçado em um terreno baldio. Ainda segundo Jairo, o irmão estava de folga e só trabalhou porque atendeu a um pedido de um colega que tinha um compromisso.

Segundo informações da Aeronáutica, a aeronave decolou às 6h51m do aeroporto de Recife com destino a Mossoró, com escala em Natal, e caiu às 6h55m perto praia de Boa Viagem. O Comando da Aeronáutica, em nota, informou que o avião decolou e logo em seguida, o piloto informou à Torre de Controle estar em situação de emergência e que tentaria pousar na praia de Boa Viagem.

A queda ocorreu em um terreno baldio, entre Recife e Jaboatão dos Guararapes, a 100 metros da praia e quatro quilômetros do aeroporto.

O piloto teria buscado o terreno baldio para o pouso forçado, mas não conseguiu evitar a queda.

Logo depois de tocar o solo, o avião explodiu. Todos os ocupantes morreram carbonizados.

Segundo o Comando da Aeronáutica, o piloto do avião informou no plano de voo a existência de 16 pessoas a bordo e a informação foi ratificada pela tripulação quando em contato inicial com a torre de controle, antes da decolagem. O avião tem capacidade para até 19 pessoas, segundo a Noar.

Manutenção do Avião estava em dia. Vejam o LET-410 voando

A ANAC informou que aeronave da companhia Noar que caiu e matou 16 pessoas no início da manhã de hoje no Recife estava com manutenção normal.

A Noar informou que a lista de passageiros só vai ser divulgada quando notificar todos os familiares das vítimas que morreram. Ela marcou uma coletiva de imprensa para as 13h, em Recife, e depois remarcou para 17h. Está colhendo informações. Vem chumbo grosso por aí.

 

Vejam o depoimento do Marido da Professora da UFRN que estava no Avião

Esposo da professora da UFRN, Fernanda Jales, de 43 anos,  vítima do acidente com o avião da Noar na manhã desta quarta-feira (13), o professor Diógenes Carvalho, criticou a empresa aérea pela demora na divulgação de informações sobre os passageiros  da aeronave. “Estou esperando há uma hora e meia e até agora nada”, disse, angustiado.

De acordo com Diógenes, Fernanda era uma das pessoas a bordo no avião, cuja chegada em Natal estava prevista para às 7h30. Desde que foi informado do acontecimento, o marido vem tentando contato via telefone celular, mas sem sucesso.

Segue vídeo da Tribuna do Norte:

Novas Fotos do Acidente com o Avião da NoAR. Imagens Fortes

Foto Teresa Maia/DP/D.A Press
Foto Teresa Maia/DP/D.A Press
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. argemiro dias disse:

    muito boa as fotos queria ver com ficaran os corpos

    • marcos dantas disse:

      Boa Noite. Na primeira foto dar para ver perfeitamente um dos corpos com uma grande lesão, parece ser na cabeça, além de está completamente queimado.

Vejam relato desesperador do Vigia do terreno aonde caiu o Avião

Erandir da Silva, 42, vigia do terreno onde um avião caiu na manhã desta quarta-feira (13) no Recife disse que tentou ajudar os passageiros, mas teve que recuar por conta de várias explosões no interior da aeronave. O avião, da empresa No Ar, caiu por volta das 7h desta quarta-feira (13) e pegou fogo em um terreno na avenida Beira-Mar, no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes (PE), perto da divisa com o Recife. As 16 pessoas que estavam na aeronave morreram no acidente.

“Estava dormindo e escutei o barulho. Quando cheguei lá [no local da queda], o avião tava pegando fogo. Fiquei com medo de chegar perto por causa das explosões”, afirmou.

Segundo o vigia, os passageiros começaram a pedir ajuda de dentro do avião. “Vi o pessoal na janela pedindo socorro, mas quando cheguei perto começou a explodir. Senti remorso vendo o pessoal morrer sem poder fazer nada”, disse.

Terreno aonde caiu o Avião

A aeronave é um bimotor LET-410, fabricado pela empresa tcheca Let Aircraft, e saiu do aeroporto do Recife às 6h51 com destino à cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, com previsão de escala em Natal.

(mais…)

Especialista diz que avião da NoAR despencou como uma pedra

Especialista em gerenciamento de risco, Gustavo Cunha Mello, disse há pouco, ao vivo, no estúdio do Canal GloboNews, que o avião da NoAr Linhas Aéreas “estourou”, ou seja “despencou como uma pedra” no terreno localizado na orla da praia de Boa Viagem, a poucos quilômetros do Aeroporto Internacional do Recife, em Jaboatão dos Guararapes.

Cunha Mello disse que um acidente aéreo ocorre por causa de diversos fatores, mas que tudo indica que uma pane muito grave impediu o avião de ganhar altitude, levando à perda de sustentação e o choque com o solo.

Professora da UFRN está entre as vítimas, esposo só soube do acidente no caminho para aeroporto

NoMinuto.com

Diógenes Carvalho Veras se dirigia ao Aeroporto Internacional Augusto Severo na manhã de hoje (13), para pegar a esposa que estava fazendo pós-graduação em Recife, e segundo ele, era passageira do voo Noar que caiu em uma área da Zona Sul da capital Pernambucana. Veras disse que foi informado por telefone, pelo filho, sobre o acidente .

A professora Fernanda Jales lecionava na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ao chegar no aeroporto, Diógenes Veras falou com a imprensa.

“Eu estava vindo pegá-la quando um dos meus filhos ligou avisando que o avião da mãe tinha caído. Busquei informações com a Noar que de imediato não me disse nada, apenas me encaminhou para o auditório e estou esperando até agora”.

Apesar de ainda não ter saído uma lista oficial com os nomes das vítmas, Diógenes Carvalho está certo de que a esposa estava no vôo.

Segundo  marido da vítima, com Fernanda ele teve três filhos com as idades de 12, 14 e 24 anos.

Diretor da Construtora Moura Dubeux e delegada da Receita Federal estão entre as vítimas do acidente da NoAR

Carla Sueli - Delegada da Receita em Mossoró

O Superintendente de engenharia da Construtora Moura Dubeux, Engº Marcos Ely, vinha no vôo  que fazia a rota Recife/Mossoró com escala em Natal

Ele estava vindo fazer uma entrega do edifícioHanna Saief, aqui em Natal.

A segunda vítima confirmada é a delegada da Receita Federal de Mossoró, Carla Sueli Barbosa Moreira.

Carla Sueli havia assumido a delegacia da Receita Federal no último dia 2 de maio. Ela atuava em Brasília antes de ser empossada em Mossoró.

 

Primeiras fotos da queda do Avião da NoAR que fazia a rota Recife/Natal

 

Foto de @carvalho_dbora

Foto de Kety Marinho
Foto de @rodrigoJOA
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jhonatthan disse:

    Betania… se escreve ASSUNTO e nao ASUNTO, RESTA-NOS e nao RESTANOS… AFFF PRECISÃO e nao PRESIÇAO
    Minha linda, mais que os 16 mortos desse desastre, vc assassinou o portugues em seus comentarios… Pois é pessoal, realmente é triste a situação atual das familias das vitimas desse acidente, mas agora é rezar e aguardar o laudo da pericia!!!

  2. betania disse:

    um bom dia na meidda do posivel e parabéms pela presiçao na reportagem.nao temos nem palavras para comentar sobre o asunto pois e lamentavel o acontecido, restanos pedir a Deus para nos proteger de uma outra tragedia deste tipo ,e as familias inlutadas os nossos sentimentos.

  3. amanda disse:

    meu deus só vendo para acreditar imagino o desespero dessas pessoas que estavam neste avião!!!!!!!!!!!!

Avião da empresa NOAR que fazia a rota Recife/Natal cai na orla de recife e deixa 16 mortos

Um avião de pequeno porte que fazia o percurso Recife-Natal caiu, na manhã desta quarta-feira, logo depois de decolar do aeroporto dos Guararapes, na capital pernambucana. A aeronave caiu em um terreno próximo à avenida Boa Viagem, entre o Recife e o município de Jaboatão dos Guararapes. O coronel Valdir de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, confirmou 16 mortos.

O avião com capacidade para 19 passageiros pertence a empresa aérea regional Noar Linhas Aéreas. O modelo era um bimotor turboélice, um L-410, também conhecido como LET. É considerado ideal para o transporte em pequenas e médias distâncias.

A empresa começou a operar em junho de 2010 e se especializou em pequenos percursos a preços baixos. As linhas da NoAr ligam grandes capitais e cidades nordestinas, como Recife-Maceió-Aracaju, Recife-João Pessoa-Natal, Recife-Caruaru, Recife-Mossoró.

De acordo com a Aeronáutica, o bimotor decolou, informou problemas à emergência e tentou fazer pouso forçado, caindo em terreno baldio, próximo ao Hospital da Aeronáutica.

 

 

Vice-prefeito de Recife leva soco na cara do neto de Ariano Suassuna

Azedaram as relações do vice-prefeito do Recife Milton Coelho (PSB) com a família Arraes, depois que ele se desentendeu com a bela vereadora Marília Arraes (PSB), sobrinha do governador Eduardo Campos, levando o namorado dela, João Suassuna (neto de Ariano), a acertar-lhe um potente cruzado no rosto que exigiu cuidados médicos. O incidente ocorreu durante a festa de aniversário do escritor Antonio Campos, irmão do governador, em uma casa de eventos realizada quinta-feira(7). Com o nariz sagrando, Coelho disse que a coisa não iria ficar assim. E não ficou mesmo: além do inchaço, Eduardo Campos e Ariano Suassuna estão possessos com o comportamento dele, que foi indicado vice na chapa do petista João da Costa pelo tio ilustre da vereadora.

Coluna do Claúdio Humberto


Gol apronta em Recife

Tumulto hoje de madrugada no Aeroporto do Guararapes em Recife.

O Vôo 1210, da Gol Linhas Aéreas, com saída marcada para Natal à 1h da madrugada foi cancelado. Cento e oitenta passageiros esperavam no saguão quando foram avisados do cancelamento. A Gol alegou que o vôo foi cancelado devido ao mal tempo, só que aviões da TAM continuaram pousando e partindo normalmente.

Com o acontecimento de duas convenções em Recife, não tinha hotel com leitos disponíveis para abrigar os passageiros, já que o próximo vôo para Natal só sairá de Recife ao meio dia, isso se não houver atraso.

A Gol então disponibilizou vans para os passageiros virem de Recife para Natal de madrugada, sendo que chovendo e com a pista perigosa… a maioria não quis. A revolta e indignação tomou conta dos passageiros. O fato é que existem vários passageiros no Guararapes até agora.

Esse é o Brasil da Copa!