Neymar vai ganhar R$ 17,5 Milhões por ano de salário no Real Madri

Estadão
Uma cláusula de confidencialidade impede que as partes envolvidas confirmem publicamente que Neymar será jogador do Real Madrid a partir de agosto do ano que vem e que o acordo com o Santos está sacramentado. Se alguém der com a língua nos dentes antes da hora terá de arcar com uma multa no valor da operação: 60 milhões (cerca de R$ 150,6 milhões).

O silêncio vai durar enquanto os clubes avaliarem que é conveniente manter o assunto em sigilo. Para o Santos, por exemplo, é uma questão de estratégia política não assumir a venda do craque antes da eleição presidencial que ocorrerá em dezembro.

O recurso da cláusula de confidencialidade foi usado pelo Real Madrid quando contratou Cristiano Ronaldo. O negócio com o Manchester United estava fechado em novembro de 2008, mas os clubes e o jogador negaram de pés juntos até o meio de 2009 – quando o português chegou ao Santiago Bernabéu.

Nesse intervalo, Cristiano Ronaldo deu várias entrevistas dizendo que estava bem na Inglaterra e não mudaria de camisa. E os clubes se esquivaram do assunto até que decidiram oficializar a transferência.

Neymar ainda não assinou contrato com o Real Madrid para não ferir a lei, já que tem vínculo com o Santos até 2015. Mas chegou a um acordo salarial com o clube espanhol – ganhará 7 milhões (R$ 17,5 milhões) por ano, e terá 1milhão (R$ 2,51 milhões) de aumento se for eleito o melhor jogador do mundo – e já fez até exames sob a supervisão do médico-chefe do Real, como o estadão.com.br revelou dia 18. Os exames foram realizados na noite do dia 16 em São Paulo, e com a permissão do Santos – tanto que Muricy Ramalho o tirou do treino daquela sexta-feira.

O argumento usado foi que ele tinha jogado quarta-feira pela seleção na Argentina e precisava ser “freado”, porque se fosse para o campo não mediria esforços. Depois do jogo com o América-MG em Uberlândia, acompanhado por jornalistas espanhóis, o treinador disse o seguinte: “Se o negócio já foi fechado, os clubes estão fazendo a coisa certa ao não dizer nada para vocês (jornalistas), porque assim o garoto fica em paz e, se ele jogar mal um dia, ninguém vai dizer que foi por já ter sido vendido.”

Procurado pelo repórter Sanches Filho, do Estado, o presidente santista Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro negou ter assinado a papelada de transferência de Neymar. “O Real Madrid ainda não me seduziu”, afirmou.

Em entrevistas recentes, Luis Alvaro disse que procura patrocinadores para manter o craque mais tempo na Vila Belmiro. Na verdade está atrás de parceiros para ajudar a pagar a nova conta, porque Neymar teve o salário aumentado. Ele ganhava R$ 350 mil por mês e receberá R$ 700 mil até ir para a Espanha – seus rendimentos com publicidade superam os R$ 800 mil por mês (ele fica com 70% dos contratos e entrega 30% para o Santos).

Os advogados Javier Farré e Julio Senn, que o Real Madrid mandou ao Brasil para tratar dos detalhes jurídicos da operação, voltaram para a Espanha há mais de uma semana. E, para respeitar a cláusula de confidencialidade, têm evitado a imprensa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Breno Cardoso disse:

    esse aí não precisa nem ir à Espanha, já está feito. O futebol é um esporte muito injusto, esses jogadores sem quase nenhum estudo, muito pouca escolaridade ganham muito mais do que quem passa muitos anos numa faculdade se graduando, fazendo mestrado ou doutorado, um esforço muito maior com a mente. Ganham muito para praticar o esporte que amam em times milionários. É a vida….