Governo do Uruguai assumirá setor de gás após saída da Petrobras do País

Foto: Divulgação/Petrobras

A Petrobras finalizará as operações no Uruguai e o Estado do país vizinho assumirá, temporariamente, a gestão do setor de gás. A empresa brasileira e o governo uruguaio chegaram ontem (16) a um consenso sobre o conflito que se arrasta há anos. De acordo com o ministro do Trabalho do Uruguai, Ernesto Murro, a gestão temporária será feita “de forma indireta por meio de uma empresa privada de capital estatal”.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, se reuniram ontem (16), em Santa Fé, na Argentina, a fim de buscar uma solução definitiva para a disputa que envolve as concessões das subsidiárias Conecta e MontevideoGas, responsáveis pela distribuição de gás no interior e na capital, respectivamente.

O presidente Vázquez afirmou que a Petrobras foi autorizada a se retirar do país em troca de não exigir compensações por parte do Uruguai.

“A Petrobras se retira e não reclama absolutamente nada ao Uruguai. Todos os bens que estão no país passam a ser do Estado uruguaio. Faremos a gestão da empresa até que possamos conseguir novos investimentos, porque Uruguai fica com 100% das ações tanto da Conecta como da MontevideoGas”.

A Petrobras possui 100% da subsidiária MontevideoGas e 55% da Conecta. Os outros 45% pertencem à Ancap, empresa estatal uruguaia de energia.

Alejandro Acosta, representante do sindicato do gás, afirmou à Agência Brasil, que a greve geral dos trabalhadores, iniciada no dia 10 de junho, será encerrada a partir da próxima sexta-feira (19). A decisão foi tomada hoje, em uma assembleia geral. Os grevistas reivindicavam a retirada da empresa do país e a reintegração de trabalhadores demitidos.

Ontem, Tabaré Vázquez afirmou que os trabalhadores serão mantidos. “Garantimos o fornecimento de gás à população em geral e à indústria uruguaia e também asseguramos os postos de trabalho de todos os trabalhadores da Conecta e da MontevideoGas”.

A nota divulgada pela assessoria da empresa brasileira afirma que as medidas administrativas para o encerramento das concessões serão tomadas até o dia 30 de setembro de 2019 e ” as partes adotarão as providências necessárias para pôr fim aos litígios pendentes, sem pleitos adicionais de qualquer espécie”.

De acordo com a Petrobras, será formado um grupo de trabalho com representantes das partes envolvidas, em articulação com os presidentes, para que se concretize o acordo.

As concessões das distribuidoras de gás no Uruguai ocorreram em 1994 (Distribuidora de Gás de Montevideo S.A.) e 1999 (Conecta S.A.). As mudanças nas condições de exportação do gás argentino para o Uruguai causaram restrição de abastecimento e desequilíbrio econômico-financeiro nos contratos das duas distribuidoras, principalmente a partir de 2008 e piorou em 2017, segundo a Petrobras.

Em comunicado emitido em abril, a Petrobras demonstrou a intenção de deixar o país alegando que suas operações no Uruguai eram deficitárias. A disputa entre trabalhadores e a empresa se acirrou, com a ocupação da sede da Petrobras por trabalhadores, greve de fome de três funcionários, paralisações e muitas rodadas de negociação.

À época, a empresa brasileira afirmou ter investido US$ 112 milhões nos últimos 15 anos, tendo um prejuízo de US$ 116 milhões no mesmo período.

Fiasco na Libertadores faz Fifa vetar Copa do Mundo em Argentina, Uruguai e Paraguai, diz jornal: ‘Impossível’

Policiais revistam torcedores do River Plate no dia da final da Libertadores EFE

Segundo o jornal As, a Fifa está “espantada” pelo fato de seu presidente, Gianni Infantino, ter presenciado in loco os vexames do último final de semana em Buenos Aires, quando supostamente deveria ter sido disputada a final da Libertadores entre River Plate e Boca Juniors.

De acordo com o veículo, Infantino retornou à Europa convicto que é “impossível” realizar a Copa do Mundo de 2030 em Argentina, Uruguai e Paraguai, “a não ser que muitas coisas mudem”.

“A Fifa não levará o Mundial a um país onde não foi possível disputar o clássico porque nos arredores do estádio foram vistas cenas de violência irracional e impune contra jogadores, torcedores, crianças e famílias que se aproximavam pacificamente do estádio”, escreveu o As.

O próprio presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, disse ter ficado envergonhado pelos ocorridos.

“O vandalismo foi penoso. A barbárie que se apoderou de nosso futebol colocou muitas vidas em risco”, disse o cartola, por meio de uma carta publicada nesta terça-feira.

Segundo o As, “a candidatura de Argentina, Uruguai e Paraguai era a favorita a ganhar como sede de 2030, precisamente por ser o aniversário de 100 anos da Copa de 1930, no Uruguai, que teve o país-sede contra a Argentina na final”.

No entanto, “depois dos ocorridos no último final de semana, bem debaixo do nariz de Infantino, o vento mudou de direção”, salientou o jornal.

O diário ainda diz que “outras candidaturas ganharam mais força”, especialmente a última que surgiu: uma tríplice envolvendo Portugal, Espanha e Marrocos.

ESPN

 

FOTOS: Antes de viagem ao RJ, para duelo contra a Colômbia, no Maracanã, Uruguai treina no Frasqueirão

Untitled-2ITV News – Reprodução Instagram

Untitled-3Ben Smith- Reprodução Instagram

Treino com foco para movimentação de jogadores que não atuaram nessa terça-feira(24), diante da Itália, foi realizado na manhã desta quarta-feira(25), no estádio Frasqueirão, na capital potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. HUGO disse:

    Vish é agora que o Urugua perde!!! kkkkkkkkkk

  2. magno disse:

    E la em japecanga so treina o timeco da destaque.

  3. mauricio disse:

    Avisa para o cléber que as seleçoes reconhecem o gramado do arena das dunas para depois jogar, ja no frasqueirao as seleçoes treinam.

  4. JUCIELDE disse:

    Só os times que perdem treinam no lamão

  5. Adalberto disse:

    E quando é que o Uruguai vai treinar no no Japecanga's United Stadium?

  6. Klecius disse:

    As burras pretas zincaram A Italia, agora o Uruguai perde o próximo jogo

  7. Pedro Henrique disse:

    Bruno, cadê as fotos dos treinos das seleções no estádio do América?

CONVOCAÇÃO COPA: Conheça as "estrelas" de Itália e Uruguai que jogarão na Arena das Dunas

Uma das favoritas ao título, a Itália divulgou nesta terça-feira a pré-lista com 30 jogadores para a Copa do Mundo. Entre os convocados está o atacante Giuseppe Rossi, de 27 anos.

O jogador da Fiorentina vinha sendo um dos principais nomes do Campeonato Italiano quando sofreu uma lesão no ligamento colateral do joelho direito em janeiro. Ainda que a lesão não fosse tão grave quanto o que se esperava, Prandelli fez uma aposta e vai aguardar pelo atacante até o dia 2 de junho, quando divulgará a lista final de 23 jogadores.

Os atacantes Cerci e Immobile, do Torino, foram convocados por Prandelli. Eles se destacaram nesta temporada na Itália e desbancaram nomes conhecidos como Gilardino, Luca Toni e El Shaarawy, que disputou a Copa das Confederações do ano passado.

Também ficaram de fora Florenzi, Giaccherini, Diamanti, Criscito e o veterano meia Francesco Totti, da Roma, cuja convocação fora descartada no mês passado, apesar das boas atuações do jogador de 37 anos na Série A italiana.

Entre os jogadores da lista está dois brasileiros. O volante Thiago Motta, do PSG, já tinha defendido a Azzurra na Copa das Confederações. A novidade foi o volante Rômulo, de 26 anos. Ex-jogador do Cruzeiro e Atlético-PR, ele está na Itália desde 2011, quando foi defender a Fiorentina. No ano passado, ele foi emprestado para o Verona

Veja a lista da Itália:

Goleiros: Gianluigi Buffon (Juventus), Salvatore Sirigu (PSG), Mattia Perin (Genoa)

Defensores:: Giorgio Chiellini (Juventus), Andrea Barzagli (Juventus), Leonardo Bonucci (Juventus), Gabriel Paletta (Parma), Andrea Ranocchia (Inter), Christian Maggio (Napoli), Mattia De Sciglio (Milan), Ignazio Abate (Milan), Matteo Darmian (Torino), Manuel Pasqual (Fiorentina) .

Meias: Andrea Pirlo (Juventus), Daniele De Rossi (Roma), Riccardo Montolivo (Milan), Claudio Marchisio (Juventus), Thiago Motta (PSG), Marco Verratti (PSG), Antonio Candreva (Lazio), Romulo (Verona), Alberto Aquilani (Fiorentina), Marco Parolo (Parma).

Atacantes: Mario Balotelli (Milan), Antonio Cassano (Parma), Giuseppe Rossi (Fiorentina), Alessio Cerci (Torino), Ciro Immobile (Torino), Mattia Destro (Roma), Lorenzo Insigne (Napoli).

URUGUAI

O técnico da seleção uruguaia, Oscar Tabárez, anunciou nesta segunda-feira uma pré-lista de 25 jogadores convocados para a Copa do Mundo-2014, sem grandes surpresas.

Com os atacantes Luis Suárez e Edinson Cavani como principais destaques, a lista repete os nomes de quase todo os jogadores que participaram da campanha de classificação do Uruguai para o Mundial.

Em nota, a comissão técnica explicou que trabalhará com 25 jogadores, dos quais 23 serão escolhidos para integrar a lista definitiva, que será comunicada à Fifa em 2 de junho.

“Para qualquer eventualidade, foram incluídos na lista três jogadores que ficarão à disposição da comissão, mas que não treinarão com o elenco”, prosseguiu o comunicado, citando Andrés Scotti (Nacional, URU), Álvaro Fernández (Gimnasia e Esgrima La Plata, ARG) e Gonzalo Castro (Real Sociedad, ESP).

O Uruguai está no Grupo D da Copa do Mundo, junto com Inglaterra, Itália e Costa Rica. A estreia será contra a Costa Rica, no dia 14 de junho no Castelão, em Fortaleza.

– Lista de pré-convocados para a seleção do Uruguai:

Goleiros: Fernando Muslera (Galatasaray, TUR), Martín Silva (Vasco Da Gama, BRA); Rodrigo Muñoz (Libertad, PAR).

Zagueiros e Laterais: Diego Lugano (West Bromwich Albion, ING), Diego Godín (Atlético de Madri, ESP), José María Giménez (Atlético de Madri, ESP), Martín Cáceres (Juventus, ITA), Maximiliano Pereira (Benfica, PAR), Jorge Fucile (Porto, POR), Sebastián Coates (Nacional, URU).

Meias e volantes: Egidio Arévalo Ríos (Morelia, MEX), Walter Gargano (Parma, ITA), Diego Pérez (Bologna, ITA), Sebastián Eguren (Palmeiras, BRA), Alvaro González (Lazio, ITA), Alejandro Silva (Lanús, ARG), Álvaro Pereira (San Pablo, BRA), Cristian Rodríguez (Atlético de Madri, ESP), Gastón Ramírez (Southampton, ING), Nicolás Lodeiro (Botafogo, BRA).

Atacantes: Luis Suárez (Liverpool, ING), Edinson Cavani (Paris Saint-Germain, FRA), Diego Forlán (Cerezo Osaka, JAP), Cristian Stuani (Espanyol, ESP), Abel Hernández (Palermo, ITA).

O clássico mundial será disputado no dia 24 de junho, a partir das 13h.

O Globo e AFP

Alstom e Siemens contratam firmas de fachada no Uruguai

Três empresas uruguaias contratadas pela Alstom e pela Siemens para dar consultoria sobre projetos do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) são de fachada. Investigadores brasileiros e suíços suspeitam que essas empresas foram usadas para pagar propina a agentes públicos das estatais de São Paulo dentro do esquema do cartel.

A Gantown, a Leraway e a GHT Consulting usam como endereço em seus registros oficiais um imóvel comercial de Montevidéu onde funciona um escritório de contabilidade chamado Guyer y Regules. Esse escritório tinha como uma de suas especialidades criar sociedades anônimas, muito usadas para impedir a identificação de seus proprietários. Tal expediente era permitido no Uruguai até 2013.

A Polícia Federal e os órgãos de registro de São Paulo nunca conseguiram encontrar dados sobre essas empresas no Brasil ou suas atividades no País, apesar das tentativas.

A prática de contratação de consultorias fictícias para o pagamento de propina levou as duas multinacionais a serem condenadas judicialmente fora do Brasil. A Siemens foi condenada na Alemanha e nos Estados Unidos; e a Alstom, na Suíça.

O escritório que sedia as três empresas uruguaias não dispõe de expertise para prestação de serviços de consultoria na área de transportes. O Uruguai não tem tradição na área metroferroviária. Não tem metrô e dispõe de apenas uma linha de trens de passageiros que conta com cinco carros e transporta somente cerca de 1.200 pessoas por dia.

As três empresas nem sequer estão registradas como consultorias no país vizinho, mas como “assessoramento de investimentos financeiros”.

A reportagem foi até o prédio onde fica o escritório de contabilidade, mas um funcionário informou não ter autorização para permitir a entrada.

O promotor criminal uruguaio Juan Gomez disse que só poderia iniciar uma investigação sobre as empresas com um pedido de cooperação judicial do Brasil, o que nunca foi feito desde o início dos inquéritos sobre a Alstom e a Siemens (mais informações abaixo).

Contratos. Segundo o Ministério Público suíço, a Alstom firmou, em 1999, contratos com a Gantown e a GHT Consulting. O objetivo era a prestação de consultoria para fornecer 129 composições à CPTM. A promotoria suíça sustenta que as empresas eram “destinatárias do pagamento de comissões efetuadas por companhias da Alstom no âmbito dos projetos da CPTM”.

Já a Siemens assinou dois contratos idênticos, um com a Gantown e outro com a Leraway, no mesmo dia de abril de 2000, para consultoria relativa à implantação da Linha 5 (Lilás) do Metrô – o maior dos seis contratos que a Siemens denunciou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica por formação de cartel.

Nem a Siemens nem a Alstom concordaram em revelar ao Estado quais os relatórios produzidos pelos consultores. Também não informaram com quem trataram nas empresas uruguaias. A Siemens também não esclareceu por que fez contratos idênticos, assinados no mesmo dia de abril de 2000, com duas das sociedades anônimas para o mesmo projeto do Metrô.

Delator. Em colaboração premiada feita na Polícia Federal, o ex-diretor da Siemens Everton Rheinheimer disse que os fornecedores de equipamentos da Linha 5 pagaram de propina 9% do total do contrato de R$ 945 milhões, em valores atualizados.

A Gantown, a Leraway e a GHT fazem parte de uma lista de empresas que o Ministério Público da Suíça e Rheinheimer atribuem aos consultores Arthur Teixeira e Sérgio Teixeira. Sérgio morreu em 2011. Arthur é hoje um dos indiciados pela Polícia Federal no inquérito do cartel, suspeito de intermediar as propinas. Segundo os investigadores suíços, o dinheiro transitava entre contas das empresas e de seus donos no Uruguai, na Suíça e na Inglaterra e depois era transferido por doleiros para destinos desconhecidos.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos Aurélio disse:

    Comemorar, Denunciar, Constatar, Verificar, entre outros Verbos, POSSUEM SIGNIFICADOS DIFERENTES. Uma coisa é comemorar, outras coisas são o restante. O que causa indignação nos que lutam verdadeiramente contra a CORRUPÇÃO é constatar a SELETIVIDADE e DIRECIONAMENTO da chamada JUSTIÇA, para atingir apenas "ALGUNS" em detrimento da proteção aos DEMAIS. Isso é que é inaceitável e deveria ser o alvo da revolta de todos que não são apenas "torcedores e fanáticos apoiadores de agremiações" numa luta fratricida "APENAS" pelo PODER.
    aCORDE hOMI, a CORRUPÇÃO não começou agora e possui história que começa antes da chegada das Caravelas de Cabral ou da Família Real…

  2. Carvalho disse:

    Os corruptos, independente de qual seja o seu partido político, tem que sofrer todo o tipo de punição que a justiça e a sociedade puderem aplicar.
    Não adianta os PTralhas hipocritamente comemorarem quando alguém de um partido que não seja o seu for acusado de algum ato de corrupção. Principalmente pq todos os dias vem à tona notícias e mais notícias de casos de corrupção envolvendo integrantes do PT, justamente esses que passaram quase trintas anos chamando o Maluf entre outros de ladrão.

  3. Luciano disse:

    Impressionante a reportagem!!! Procurei PSDB e nao achei em nenhum cantinho!!!

    AHhhhh se fosse o PT!!!!
    Como disse o colega: "A corrupção só provoca a nossa indignação (principalmente da mídia vendida) quando é cometida por Pobres, Pretos, Prostitutas e agora Petistas"

  4. Rafael Vale disse:

    Impressionante a proteção da mídia quando se trata de escandalos envolvendo o PSDB.
    Fico imaginando quais seriam as manchetes caso os envolvidos tivessem alguma ligação com o PT.
    Esse escandalo sim pode ser chamado de maior corrupção ja descoberta no país e faz mensalão virar troco de cafezinho.

  5. TITICO disse:

    OS LADRÕES VERDADEIRAMENTE RICOS E PROTEGIDOS PELA IMPRENSA, MINISTÉRIO PÚBLICO E STF.

  6. Marcos Aurélio disse:

    A técnica refinada da notícia direcionada evita qualquer menção ou/e associação do caso "Alstom e Siemens" com os Governos TUCANOS de Mário Covas, Serra e Alkimim…
    Talvez, somente talvez; se estivessem petistas envolvidos…
    Com certeza as CHAMADAS seriam bem diferentes e as matérias bem mais batidas.
    Longe de defender os petistas, sinto falta apenas de ISONOMIA no tratamento, pois fora disso, o que existe é mera ficção feita de HIPOCRISIA, ONDE É FALSA A BUSCA POR JUSTIÇA E A LUTA CONTRA A corrupção, que só existe e provoca a nossa indignação quando é cometida por Pobres, Pretos, Prostitutas e agora Petistas.
    Até quando vamos continuar fingindo que somos contra a CORRUPÇÃO, quando na verdade somos apenas manipulados pela GRANDE MÍDIA que é contratada e gratificada para favorecer interesses econ^ômicos poderosos vindo do interior do País ou ainda de interesses de países estrangeiros que continuam influenciando e até mandando em diversos setores da economia com objetivos de dominação ideológica e comercial de exploração da ignorância e pobreza para sugar o sangue e as riquezas da terra de nossos ancestrais…
    Quando o crime é cometido por Petistas é GRAVE, TERRÍVEL, INSURPOTÁVEL…
    Quando é cometido por qualquer outro Partido, como o DEM

Uruguai é o 1º país do mundo a regularizar produção e distribuição da maconha

Depois de mais de doze horas de discussão, o Senado do Uruguai aprovou nesta terça-feira a lei de estatização do mercado da maconha, por 16 votos a 13 – tornando-se o primeiro país do mundo a regularizar a produção e distribuição da erva. Antes do debate acalorado, o próprio presidente do Uruguai, José “Pepe” Mujica, alimentou a fúria da oposição ao admitir que seu país não estava pronto para se tornar o primeiro do mundo a regulamentar o cultivo, distribuição e uso da maconha. Mas, ele também se disse seguro de que “a dúvida não pode paralisar a abertura de novos caminhos”.

Com a nova lei, os usuários de maconha terão que ser maiores de 18 anos e poderão comprar 40 gramas por mês em farmácias autorizadas pelo Estado – após um cadastramento para que essas aquisições possam ser monitoradas. Os uruguaios também poderão cultivar para consumo próprio seis plantas – ou 480 gramas anuais. A Junta Nacional de Drogas prevê a comercialização de quatro ou cinco tipos de cannabis ao preço de US$ 1 por grama. Não será permitida a venda a estrangeiros e, um novo órgão, o Instituto de Regulação e Controle de Cannabis (IRCCA) ficará responsável por dar licenças, multar e suspender o registro de infratores.

Resta agora somente a Presidência sancionar a lei, que poderá entrar em vigor após 120 dias, prazo para para que o governo conclua as regras de todo o mercado de maconha, da plantação ao cigarro, passando pelo preço e pelo registro de todos os envolvidos no processo – incluindo os consumidores.

– Começamos a nova experiência em abril. Culturalmente ela envolve uma grande mudança focada na saúde pública e na luta contra o tráfico de drogas – disse a primeira-dama uruguaia, a senadora Lucía Topolansky.

Durante todo o dia, manifestantes favoráveis à medida se concentraram na Plaza Cagancha. Mas, no plenário, temerosa de que as novas regras façam crescer o consumo das drogas, a oposição questionou vários pontos da proposta, considerada inconstitucional. Mais cedo, com o estilo simples e tranquilo que lhe é peculiar, Mujica admitiu que há dúvidas legítimas sobre o sucesso da empreitada.

– Não estamos totalmente prontos, mas é como você, que aprendeu a ser jornalista quando te deram a oportunidade – afirmou o presidente ao Canal 4. – É preciso audácia para buscar outros caminhos e tirar da clandestinidade os jovens que entram no consumo e não se sabe onde vão parar.

Para o senador Jorge Larrañaga, da Aliança Nacional, no entanto, o projeto vai levar o Uruguai ao “abismo”, já que os viciados, acredita, poderão trocar suas doses de maconha por outras drogas pesadas no mercado negro.

– Este governo perdeu o rumo – criticou o provável candidato da oposição à Presidência.

O consumo de maconha já é legal no Uruguai, e a base desta nova lei é coibir a ação do narcotráfico: o presidente acredita que ao deixar nas mãos do Estado todo o controle sobre cultivo, colheita, produção importação, exportação e comercialização da cannabis e seus derivados, estará minando o comércio de drogas no país de 3,4 milhões de habitantes.

Comparação com um purgante

No Senado, enquanto governistas mostraram seu entusiasmo com o passo que estavam prestes a dar, a oposição criticou detalhes do projeto de lei, que classificou de inconstitucional.

– A lei representa uma política decidida e inovadora, para combater o crime organizado – afirmou o senador oficialista Roberto Conde.

Sua companheira de bancada, Constanza Moreira, destacou que a lei volta a colocar o país na vanguarda da América Latina.

– Para muitos de nós, hoje é um dia histórico. Muitos países da América Latina, e muitos governos, tomarão esta lei como exemplo.

Já o representante nacionalista Luis Alberto Heber questionou o critério que estabelece o plantio de seis pés de cannabis, e não sete ou oito. O senador colorado Alfredo Solari citou estudos que alertam sobre os danos à saúde provocados pela maconha, que pode levar à dependência:

– Se aprovamos a lei, podemos nos converter en um foco regional para o turismo de cannabis, como teme a região – disse.

Antes do fim da votação, o presidente uruguaio comparou a droga a um purgante, em declarações ao Canal 4. Aos 78 anos e garantindo que nunca fumou maconha, Mujica ressaltou:

– Isso não é um viva ao baseado. É como alguém que toma um purgante: é tomar medidas que não são bonitas, mas não podemos deixar as pessoas entregues ao narcotráfico.

Apesar da agenda progressista, a regulamentação tem o apoio de apenas 27% dos uruguaios, segundo o instituto Equipos Consultores – alta de seis pontos em relação a junho, quando o projeto passou na Câmara. A oposição à liberalização, embora tenha diminuído, continua alta: passou de 68% 58%.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Um país evoluído em plena America Latina, quem diria.

Uruguai goleia a Jordânia e fica muito perto da Copa de 2014

 

uruguaiO Uruguai está praticamente classificado para a 12ª Copa do Mundo de sua história. Nesta quarta-feira, a seleção do técnico Oscar Tabárez goleou a Jordânia por 5 a 0, em Amã, no primeiro jogo da repescagem das eliminatórias para o Mundial do Brasil, no ano que vem.

Com o resultado, a seleção, quarta colocada no último Mundial e campeã no Brasil em 1950, só não virá para o país se perder de 6 a 0 no jogo de volta, na semana que vem, em Montevidéu.

Como dificilmente o Uruguai será goleado no estádio Centenário, a seleção deve confirmar não apenas a vaga como também a condição de cabeça-de-chave no sorteio do dia 6 de dezembro, na Costa do Sauípe, na Bahia.

Os uruguaios terão como companheiros de cabeça-de-chave Brasil (país-sede), Argentina, Colômbia, Suíça, Bélgica, Alemanha e Espanha.

O Uruguai abriu 2 a 0 no primeiro tempo. Aos 22, após rebote em cabeçada de Cavani, o lateral-direito Max Pereira apareceu na área, como atacante, e marcou. Aos 42, Stuani ampliou para a Celeste.

Na etapa final, o meia do Botafogo Lodeiro fez o terceiro aos 23 minutos em um chute da entrada da área após jogada de Cavani. Cristian Rodriguez fez o quarto aos aos 32 minutos. Aos 46, Cavani, de falta, fechou o placar.

Outro jogo do dia é na Cidade do México

O México receberá a Nova Zelândia, no Estádio Azteca, às 18h. Quarta colocada na Concacaf, a seleção mexican vai mudada para a partida. O técnico Miguel Herrera tomou uma atitude drástica, e não convocou jogadores que atuam fora do país. Astros como Chicharito Hernadez, do Manchester United, estão fora. É a famosa solução doméstica. Já a Nova Zelândia, que luta para ir ao seu terceiro Mundial – disputou as Copa de 82 (Espanha) e 2010 (África do Sul) – tem um desfalque importante. Seu capitão, o zagueiro Winston Rein, torceu o tornozelo e foi cortado.

Confira os jogos que definirão as 11 últimas vagas para a Copa:

RESPESCAGEM MUNDIAL:

Hoje

México x Nova Zelândia (Cidade do México)

Jordânia 0 x 5 Uruguai (Amã)

Dia 20

Nova Zelândia x México (Wellington)

Uruguai x Jordânia (Montevidéu)

EUROPA:

Sexta, dia 15

Ucrânia x França (Kiev)

Islândia x Croácia (Reykjavik)

Portugal x Suécia (Lisboa)

Grécia x Romênia (Pireus)

Dia 19

França x Ucrânia (Paris)

Croácia x Islândia (Zagreb)

Suécia x Portugal (Solna)

Romênia x Grécia (Bucareste)

ÁFRICA (jogos de volta, rodada final das eliminatórias)

Sábado, dia 16

Nigéria x Etiópia (Calabar)

Resultado do jogo de ida: Etiópia 1 x 2 Nigéria

Senegal x Costa do Marfim (Casablanca, Marrocos)

Resultado do jogo de ida: Costa do Marfim 3 x 1 Senegal

Domingo, dia 17

Camarões x Tunísia (Yaoundé)

Resultado do jogo de ida: Tunísia 0 x 0 Camarões

Dia 19

Egito x Gana (Cairo)

Resultado do jogo de ida: Gana 6 x 1 Egito

Argélia x Burkina Faso (Blida)

Resultado do jogo de ida: Burkina Faso 3 x 2 Argélia

O Globo

Copa das Confederações: Espanha toca bola e confirma favoritismo contra o Uruguai

Espanha e Uruguai seguiram à risca a estratégia definida por seus treinadores na primeira rodada da Copa das Confederações. A campeã europeia tocou a bola, o campeão sul-americano se defendeu, e o resultado na Arena Pernambuco foi uma tranquila vitória dos defensores do título mundial: 2 a 1.

Iniesta comandou o meio-campo dos espanhóis, que usaram a habitual tática de trocar passes pacientemente. Eles encontraram os espaços com frequência e abriram boa vantagem ainda no primeiro tempo, com gols de Pedro e Soldado. Na segunda etapa, protegeram o placar e só levaram um gol de falta, de Luis Suárez, no finalzinho.

Assim, a equipe dirigida por Vicente del Bosque pulou na frente no Grupo B, conquistando seus três primeiros pontos. Nigéria e Taiti fecham a rodada inaugural da chave em confronto marcado para as 16h (de Brasília) de segunda-feira, em Belo Horizonte.

Conquistar mais um bom resultado na próxima quinta, contra o Taiti, no Maracanã, deixará a Espanha bem perto da classificação às semifinais. Já os uruguaios, que também atuarão na quinta, precisam se recuperar em jogo-chave contra a Nigéria, em Salvador. (mais…)

Copa das Confederações: Em Pernambuco, Espanha e Uruguai iniciam busca por título inédito

Às 19 horas (de Brasília) deste domingo, duas das seleções mais tradicionais do futebol mundial dão início à disputa por um título inédito para ambas as equipes. Em São Lourenço da Mata, região do Recife, Espanha e Uruguai se enfrentam pela primeira rodada do Grupo B da Copa das Confederações.

Atual campeã mundial e da Europa, a Fúria chegou à capital pernambucana com alguns dos jogadores mais badalados do futebol, como Xavi, Iniesta e Piqué. A presença de tantos astros fez com que o técnico Vicente del Bosque tenha evitado confirmar a equipe titular para a estreia. Um bom exemplo disso é Xabi Alonso, que, lesionado, dá lugar a Javi Martinez, Cazorla ou Pedro.

Além de tantos astros, a Espanha tem a seu favor o excelente retrospecto recente e também contra o adversário deste domingo. A equipe não perde há 22 jogos, desde fevereiro de 2011. Como se não bastasse, a campeã mundial nunca foi derrotada pelo Uruguai: foram quatro vitórias e cinco vitórias.

Ainda assim, o discurso oficial da Espanha é de respeito pelo rival. “Vai ser uma partida totalmente diferente da que jogamos há alguns meses [em fevereiro, quando a Fúria vence o Uruguai por 3 a 1]. Jogaremos mais do que um amistoso. Eles tem uma equipe muito competitiva, difícil de ser vencida, que tem jogadores como Cavani, Luis Suárez e o melhor Copa de 2010 [Diego Forlán]”, diz Cazorla.A seleção uruguaia, por sua vez, chegou à Copa das Confederações depois de vencer a Copa América, em 2011. No entanto, desde então, a Celeste vem encontrado dificuldades para manter o desempenho que a levou ao título continental e a um surpreendente quarto lugar no último Mundial. A equipe venceu apenas duas das dez últimas partidas que disputou.

Por isso, o técnico Óscar Tabárez não esconde que um empate contra a Espanha já seria um bom resultado. “Aspiramos boas coisas para todas as partidas. No entanto, independentemente do primeiro jogo, o jogo-chave será o segundo [contra a Nigéria]. Se pudermos ganhar o segundo, daremos um grande passo para estar entre os quatro melhores [classificados para a semifinal]”, afirma.

Dentro de campo, o treinador deve escalar Lodeiro, meia do Botafogo, como titular. Por outro lado, Forlán, do Internacional, pode começar a partida no banco por opção técnica, dando lugar a Cavani.

FICHA TÉCNICA
ESPANHA X URUGUAI

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 16 de junho de 2013, domingo
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Yuichi Nishimura (JAP)
Assistentes: Toru Sagara e Toshiyuki Nagi (JAP)

ESPANHA: Casillas; Arbeloa, Piqué, Sergio Ramos, Alba; Busquets, Xavi, Iniesta; Fàbregas, Soldado e Pedro (Cazorla ou Javí Martínez)
Técnico: Vicente del Bosque

URUGUAI: Muslera; Maxi Pereira, Lugano, Godin e Cáceres; Gargano, Arévalo Rios, Lodeiro e Álvaro Pereira; Luis Suárez e Cavani
Técnico: Óscar Tabárez

Da Gazeta Esportiva

Maconha liberada: Uruguai quer produzir 27 ton por ano. Deve começar em 2013

O governo do Uruguai pretende começar a plantar maconha em setembro, depois da aprovação da lei que regularizará a produção e a venda da planta.

A colheita da Cannabis é feita seis meses depois do plantio, o que permitiria o início da lavoura no começo do próximo ano.

“Com a regulamentação do mercado da maconha da forma que estamos propondo, vamos conseguir minar o desenvolvimento do mercado de outras drogas”, disse o secretário-geral da Junta Nacional de Drogas, Julio Calzada.

O governo do presidente José Mujica anunciou na quarta-feira que legalizará a comercialização de maconha como parte de um plano de 15 medidas para combater aumento da criminalidade nos últimos meses, embora o Uruguai seja um dos países mais seguros do continente.

A legislação deve ser aprovada pelo Congresso, onde a governista Frente Ampla tem maioria nas duas Casas.

O governo nega que vá montar uma rede de comercialização da droga e diz que centralizará a distribuição por meio de lojas privadas controladas.

“A ideia central do Poder Executivo é que o Estado tenha uma forte presença na regulamentação da produção. Inicialmente nos inclinamos por uma regulação e produção no âmbito do próprio Estado”, disse o funcionário.

O Uruguai estuda impor um consumo máximo de 30 gramas mensais por pessoa, por meio de um registro que buscará evitar o “narcoturismo” e o mercado negro.

“A ideia é só vender aos cidadãos nacionais. A Holanda teve de alterar parte de sua estratégia, depois de muitos anos de dificuldades com países de sua região”, afirmou Calzada.

No Uruguai há cerca de 75 mil pessoas que consomem maconha pelo menos uma vez por mês. O governo estima produzir 27 mil quilos por ano, o que fará em uma área de uns 100 hectares ainda não divulgada.

Calzada acrescentou que a regulamentação permitirá controlar a qualidade da droga consumida, o que não é possível fazer atualmente. Ele disse que a produção poderá servir como base para medicamentos oncológicos.

O governo afirma que sua intenção não é obter lucro com o negócio, embora pretenda taxar a venda e destinar o valor arrecadado à reabilitação de dependentes químicos.

Fonte: Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucas Gabriel disse:

    Se liberar aqui no Brasil eu planto só maconha no meu quintal.