FOTOS: Governo do RN assina com Ministério da Saúde atos para liberação de R$ 65 milhões

Fotos: Elisa Elsie

A governadora Fátima Bezerra e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinaram nesta sexta-feira, 16, em Natal, atos normativos que autorizam a liberação de R$ 65 milhões para os serviços prestados pela secretaria estadual de Saúde e mais R$ 20 milhões para 51 municípios.

Os recursos são destinados aos serviços da atenção primária e hospitalar, aquisição de equipamentos, obras de construção, reforma e ampliação de unidade de saúde, custeio dos serviços de urgência e emergência e ampliação da capacidade de atendimento à população.

Fátima Bezerra agradeceu a presença do ministro em Natal e a liberação dos recursos e disse que este ano este é o primeiro aporte de recursos federais extras para o Governo do Estado e que o montante é muito importante, mas as necessidades são de R$ 220 milhões. “Recebemos com muita alegria o ministro e agradecemos pela atenção em liberar os recursos”, afirmou a Governadora para acrescentar que, diante das nossas necessidades este foi um passo importante. “O povo do Rio Grande do Norte me conferiu a função de governadora através do voto. E vou bater em todas as portas para cobrar ao Governo Federal o atendimento às nossas reivindicações”, reforçou

Do total dos R$ 65 milhões, R$ 35 milhões por ano serão destinados à ampliação do custeio dos serviços de média e alta complexidade (teto MAC) para financiar internações, cirurgias e exames complementares. R$ 23 milhões serão liberados em três parcelas como adicional para fortalecer a rede hospitalar.

HOSPITAL DA PM PASSA A INTEGRAR O SUS

Outra medida importante solicitada pelo Governo do Estado, e agora atendida pelo Ministério da Saúde, é a inclusão do Hospital Central da Polícia Militar Coronel Pedro Germano na rede SUS. O Hospital da Polícia Militar vai receber aporte de R$ 7,8 milhões por ano para atendimento a pacientes do SUS na urgência e emergência 24 horas.

Os recursos vêm suprir déficit orçamentário já existente e ajudará na qualificação da assistência à população potiguar. O déficit se dá por que o teto de repasse do Governo Federal tem valor inferior à produção dos hospitais no atendimento à população. O déficit orçamentário previsto para este ano é de R$ 200 milhões.

A governadora também agradeceu o apoio da bancada de deputados federais e senadores do RN que intercedeu junto ao Governo Federal em apoio à liberação dos recursos. “Buscamos apoios dos nossos parlamentares e conseguimos. Nos reunimos em Natal e em Brasília, o resultado é que, somando esforços, conseguimos esta liberação em favor da população de todo o Rio Grande do Norte”, registrou Fátima Bezerra.

O secretário estadual de Saúde Cipriano Maia, destacou a importância da vinda do ministro ao Rio Grande do Norte. “Esperamos que a vinda do ministro possa propiciar o fortalecimento das relações interfederativas da saúde”, disse o secretário.

À solenidade no auditório da Governadoria em Natal também compareceram os secretários de Estado da Saúde, Cipriano Maia, da Infraestrutura, Gustavo Coelho, da Sethas, Iris Oliveira, Segurança Pública, Francisco Araújo, Administração Penitenciária, Pedro Florêncio, secretaria extraordinária de gestão de projetos (SEGEPRO), Fernando Mineiro, diretor do DER, Manoel Marques, presidente da Caern, Sérgio Linhares, senadora Zenaide Maia, os senadores Jean Paul Prates e Styvenson Valentim enviaram representantes, deputados federais Rafael Motta, Benes Leocádio e João Maia, deputados estaduais, George Soare – líder do Governo na Assembleia, Eudiane Macedo, Ubaldo Fernandes e Bernardo Amorim, prefeitos de Natal, Álvaro Dias, Mossoró, Rosalba Ciarlini, São Gonçalo do Amarante, Paulo de Souza, de Messias Targino, Shirley Targino, Pau dos Ferros, Leonardo Rego.

SOLICITAÇÕES DO PLANO DE CUSTEIO DA SAÚDE PÚBLICA

• As solicitações do Governo ao Ministério da Saúde integram o Plano de custeio da Saúde Pública apresentado no mês de março último ao secretário executivo do ministério, João Gobbardo dos Reis;

• O Plano prevê um investimento total de R$ 220,6 milhões;

• O valor seria utilizado para soluções de médio e curto prazo a fim de diminuir a superlotação das unidades, conter as paralisações na prestação de serviços e evitar o colapso na área;

• O pedido foi reforçado em maio e depois em julho, em reuniões com o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta;

• O plano define como prioridades a liberação de R$ 50 milhões para cirurgias (oncológicas, cardíacas, neurocirurgias e de alta complexidade), abastecimento de insumos e medicamentos;

• O sistema estadual de regulação de cirurgias tem mais de 8 mil pessoas na fila de espera para procedimentos de urgência e eletivos, além de mais de 20 mil requisições de ultrassonografia e 8 mil para tomografia;

• O plano ainda trata da integração do Hospital da Polícia Militar ao SUS, financiamento para implantação das policlínicas, ampliação do teto em áreas de média e alta complexidade (MAC), custeio solidário dos leitos de UTI, aumento de recursos para contratos com os hospitais universitários e liberação de emendas parlamentares para hospitais estaduais (realizado hoje;

• O teto do MAC teve decréscimo nos últimos anos. A produção de serviços nas unidades estaduais ultrapassou o teto em mais de 40%, com uma diferença negativa de cerca de R$ 50 milhões; inclusive, o Ministério da Saúde só reconhece o teto máximo de R$ 36 milhões.

• O Governo do Estado, em 2018, teve mais de R$ 60 milhões sequestrados pela Justiça para atender a decisões judiciais, além de manter 30 leitos de UTI na rede privada, ao custo de R$ 45 milhões/ano, também por decisão judicial.

SOLICITAÇÕES DO PLANO ENTREGUE AO MINISTÉRIO DA SAÚDE

– Hospital da PM: R$ 7,8 milhões/ano

– Custeio da produção da Sesap: R$ 50,4 milhões/ano

– Complementação dos serviços sem financiamento federal: R$ 33 milhões/ano

– Cirurgias oncológicas: R$ 17 milhões/ano

– Cirurgias ortopédicas: R$ 2 milhões/ano

– Cirurgias urológicas: R$ 2,2 milhões/ano

– Déficit nas tomografias, ressonâncias e cintilografias: R$ 26 milhões/ano

– Leitos de UTI judicializados: R$ 45,9 milhões

– Leitos de UTI próprios: R$ 20,8 milhões

– Cirurgias eletivas: R$ 7,6 milhões

APOIO DO GOVERNO DO RN AO HOSPITAL INFANTIL VARELA SANTIAGO

O Governo do RN mantém um convênio com o Instituto de Proteção e Assistência à Infância do Rio Grande do Norte (IPAI) no valor de R$ 2,3 milhões/ano para o financiamento do Hospital Infantil Varela Santiago. Esse convênio foi firmado ano passado e teve pagamento dividido em quatro parcelas, em 2018 duas foram pagas e esse ano as demais.

O Estado também apoia o Varela Santiago com o pagamento de serviços que incluem fornecimento de gases medicinais e recolhimento do lixo hospitalar no valor de mais de R$ 519,7 mil e ainda mantém convênio referente ao atendimento de média e alta complexidade no valor anual de R$ 2,2 milhões.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Boris disse:

    Quer permanecer na política mude de cor, O PT ja era acabou.
    Ou faz o dever de casa, ou a parceria, é direto com as prefeituras.

  2. Arnaldo Franco disse:

    A Governadora tava toda sem jeito. Assim fica dificil receber apoio do Governo Federal e dizer "é gopi".

  3. Thor Silva disse:

    Tem que ficar de olho nesse dinheiro para nenhum " gópi" desviá-lo.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Concordo plenamente. Mas também temos que ficar de olho no NOSSO DINHEIRO , pago a duras penas através dos tributos federais, que estão nos cofres da União. Não boto minha mão no fogo por político NENHUM.

  4. Teo disse:

    O hospital da PM sempre foi do SUS, ao contrário das forças armadas…

  5. natalsofrida disse:

    Essa petralhada vai enlouquecer quando o mito chegar por aqui.
    Quero ver o que ela vai dizer. É gópi.

  6. Cabo Silva disse:

    Grelo-Duro tirou foto fazendo arminha hahahahahahahaha

    • Rodrigo disse:

      Só faz assinar o recibo do dinheiro que o governo federal tá depositando, prestar as contas direitinho, é que vai ser outra história. Rsrsrs

Senadora Zenaide presente durante anúncio do Ministro da Saúde de liberação de recursos para o RN

Fotos: Elisa Elsie

Uma boa notícia para saúde do Estado: Ministério da Saúde vai liberar R$ 84 milhões para o RN. A senadora Zenaide Maia esteva presente na solenidade de assinatura da liberação de recursos para o fortalecimento da Atenção Primária e Hospitalar no estado, juntamente com o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e a governadora Fátima Bezerra. O ato aconteceu na manhã desta sexta-feira na Governadoria.

No início do mês de julho, o Governo assegurou com o Ministério da Saúde investimentos para o SUS no RN, através da liberação do repasse de recursos federais para o setor. Essa garantia foi possível graças aos esforços empreendidos pelo Estado e bancada federal que apresentaram no início do ano um plano de ação para investimento na saúde e, desde então, vinham pleiteando os repasses. Grande parte da despesa do Governo do Estado com a saúde se dá por determinação judicial, inclusive no caso das UTI’s e da alta complexidade, que são os serviços mais onerosos.

O déficit orçamentário na Saúde do Estado está previsto para este ano, atualmente, é entre R$ 155 milhões e R$ 200 milhões.

Para Senadora Zenaide, a liberação de recursos para Saúde do Estado vai contribuir muito para melhoria do serviço e é um ajuda de direito da população potiguar. “Os recursos anunciados pelo Ministro vão suprir um déficit orçamentário já existente e que foi solicitado pela bancada federal e a Governadora Fátima Bezerra desde o início do ano. Ajudará na qualificação da assistência à população potiguar”, declarou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Deco disse:

    Vixe!!!
    Será que essa turma tá batendo palmas pra Bolsonaro? Quem diria, heim?

  2. Thor Silva disse:

    A pior governadora de todos os tempos. E olha que ela não tem oposição no estado.

  3. David disse:

    Pra que governadora? não faz nada, só decreto. Quem paga pra fazer até agora, foi o mito.

Governo anuncia liberação de saques de contas ativas e inativas do FGTS; saiba como funcionará

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (24) a liberação de saques de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep.

De acordo com o governo, os saques do FGTS começarão em setembro, e a previsão é injetar R$ 42 bilhões na economia até 2020. Os saques do PIS-Pasep começam em agosto.

O anúncio aconteceu no Palácio do Planalto, em cerimônia com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes. No ato, Bolsonaro assinou uma medida provisória (MP) para permitir os saques.

De acordo com o governo, o saque será de até R$ 500 por conta (saiba como consultar seu saldo do FGTS).

Na cerimônia, o governo também informou que:

quem tiver conta na Caixa, o banco depositará automaticamente o valor;
quem não tiver conta na Caixa deverá seguir o cronograma será divulgado pelo banco;
quem tiver o Cartão Cidadão poderá fazer o saque em caixa automático;
saques inferiores a R$ 100 poderão ser feitos em casas lotéricas, mediante apresentação de carteira de identidade e CPF;
será criada a modalidade saque-aniversário;
a liberação dos saques deve beneficiar 96 milhões de trabalhadores.

Atualmente, há cerca de 260 milhões de contas ativas e inativas no FGTS. Desse total, cerca de 211 milhões (80%) têm saldo de até R$ 500.

Saque-aniversário

Além do saque de até R$ 500 por conta, o governo também anunciou uma nova modalidade de saques a partir de 2020: o saque-aniversário.

Segundo o governo:

a modalidade permitirá a realização de saques anuais;

os interessados em migrar para a modalidade terão que comunicar a a decisão à Caixa Econômica a partir de outubro;

ao confirmar a mudança, o trabalhador deixará de efetuar o saque em caso de rescisão de contrato de trabalho.

De acordo com o Ministério da Economia, a migração não é obrigatória. Se o trabalhador não comunicar à Caixa a intenção de aderir ao saque-aniversário, o trabalhador permanecerá na regra anterior.

“Quem realizar a mudança, por questão de previsibilidade do fundo, só poderá retornar à modalidade anterior após dois anos a partir da data de solicitação à instituição financeira”, informou o governo.

Na modalidade saque-aniversário, os cotistas com saldo menor poderão sacar anualmente percentuais maiores (veja na tabela abaixo):

De acordo com o governo, o calendário do saque na modalidade “aniversário” de 2020 será divulgado pela Caixa Econômica Federal. A partir de 2021, informou o governo, a liberação ocorrerá no primeiro dia do mês de aniversário do cotista até o último dia útil nos dois meses subsequentes.

“Se a data de aniversário for dia 10 de março, o trabalhador terá de 1º de março até o último dia útil de maio para efetuar o saque. Em resumo, o cotista terá três meses para sacar seu dinheiro – o mês do seu aniversário e os dois meses seguintes. Caso o trabalhador não saque esse recurso, ele volta automaticamente para a sua conta no FGTS”, informou a área econômica.

Garantia para empréstimo

O Ministério da Economia também informou que o trabalhador que migrar para a modalidade de saque do FGTS no aniversário poderá utilizar esses recursos, recebidos anualmente, como garantia para empréstimo pessoal. “O modelo é similar à antecipação da restituição do Imposto de Renda (IR)”, informou.

Neste caso, explicou o governo, o pagamento das parcelas do empréstimo em vencimento será descontado diretamente da conta do trabalhador no fundo, no momento em que for feita a transferência de recursos do saque-aniversário.

“Tal medida deve ampliar o acesso ao crédito para o trabalhador, reduzindo o seu custo, com taxas de juros inferiores às modalidades usualmente destinadas a pessoas físicas”, informou.

Multa de 40% do FGTS e demais modalidades

De acordo com o Ministério da Economia, não haverá alteração na multa de 40% em caso de demissão sem justa causa para quem migrar para o saque aniversário. “O valor da multa de 40% permanece exatamente a mesma independentemente de qual seja a opção de saque do trabalhador”, explicou.

O governo informou ainda que as demais hipóteses de saque, como as relacionadas à aquisição de casa própria, a doenças graves, à aposentadoria e ao falecimento, não foram alteradas.

“O trabalhador, poderá, portanto, mesmo em caso de opção pelo saque-aniversário, utilizar seu saldo para compra de imóveis para habitação ou usá-lo para pagar dívidas resultantes de financiamento habitacional”, concluiu.

Saques do PIS-Pasep

Além dos saques do FGTS, o governo também anunciou os saques de recursos do fundo PIS/Pasep. “Diferentemente dos saques anteriores, não há prazo determinado para a retirada do dinheiro. Os cotistas com recursos referentes ao PIS poderão sacar na Caixa e os do Pasep, no Banco do Brasil”, acrescentou.

A área econômica informou, ainda, que o saque para herdeiros será “facilitado”. “O dependente terá acesso ao recurso apresentando a certidão de dependente do INSS. No caso de sucessores é necessário apresentar uma declaração de consenso entre as partes e também declarar que não há outros herdeiros conhecidos”, anunciou.

Injeção de recursos na economia
De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, dos R$ 42 bilhões que o governo prevê que serão injetados na economia , R$ 30 bilhões serão liberados em 2019 e os outros R$ 12 bilhões, em 2020.

Dos R$ 30 bilhões previstos para este ano, R$ 28 deverão ter origem nos saques do FGTS e outros R$ 2 bilhões, nas contas do PIS-Pasep.

No governo Michel Temer, foi permitido o saque de contas inativas do FGTS. De acordo com a Caixa Econômica, os saques somaram R$ 44 bilhões, com 25,9 milhões de trabalhadores beneficiados.

Impacto no PIB

De acordo com o Ministério da Economia, a estimativa é de que, em um período de 12 meses, as mudanças gerem um crescimento de 0,35 ponto percentual na economia – valor que o PIB a mais (em relação ao que aconteceria sem as liberação do FGTS e do PIS/Pasep).

“Em até dez anos, a expectativa é que sejam criados três milhões de empregos formais e que o Produto Interno Bruto (PIB) per capita tenha um aumento de 2,5 pontos percentuais”, acrescentou a área econômica.

Entenda o FGTS e o PIS-Pasep

O FGTS foi criado com o objetivo de proteger o trabalhador demitido sem justa causa, mediante a abertura de uma conta vinculada ao contrato de trabalho. Assim, o trabalhador pode ter mais de uma conta de FGTS, incluindo a do emprego atual e dos anteriores.

Atualmente o saque do FGTS só é possível em algumas hipóteses, como demissão sem justa causa, término do contrato por prazo determinado, compra de moradia própria, entre outras (veja aqui).

Já o PIS é um abono pago aos trabalhadores da iniciativa privada administrado pela Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago a servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Distribuição do lucro do FGTS

O governo aplica parte do montante das contas do FGTS em títulos do Tesouro. Desde 2016, há a distribuição desse lucro para os trabalhadores. O percentual de distribuição é de 50% do lucro líquido do exercício anterior.

Entenda os cálculos: as contas do FGTS rendem, ao menos, 3% ao ano, como previsto em lei. Além disso, recebem a TR (Taxa Referencial, uma taxa de juros calculada pelo Banco Central) e um percentual daquele lucro líquido sobre o exercício anterior.

Em 2018, esse percentual foi de 1,72% para cada conta em cima do saldo existente no dia 31 de dezembro de 2017. O rendimento referente a 2018 ainda não foi pago.

G1

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Shamu disse:

    Q burocrático pra sacar 500 reais não?

Zenaide avalia como produtiva audiência com Ministro da Infraestrutura sobre liberação de recursos para o RN

A senadora Zenaide Maia acompanhou a Governadora Fátima Bezerra em audiência com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas e o Diretor Geral do DNIT, General Santos Filho, na terça-feira (9). Os assuntos tratados foram obras e recursos federais para as áreas mais importantes de infraestrutura rodoviária do Estado.

Na pauta, a Reta Tabajara, (Promessa de continuidade com recursos de mais de R$ 60 milhões, já liberados), com a obra dos dois viadutos de acesso sul. Término das obras das Marginais da BR 101 com a Maria Lacerda Montenegro (Promessa de término até Julho). O viaduto do Igapó/Gancho, acesso ao aeroporto (Promessa de início das obras em setembro, entrega em dezembro do próximo ano). Terminal Salineiro/Porto Ilha (Estudos de arrendamento para exploração pelos salineiros). A Duplicação da BR 304, trecho que liga a BR 226 a Mossoró. Pavimentação de trecho da BR 104. Recuperação dos pilares da Ponte de Igapó (Obras devem iniciar nos próximos dias) e a Companhia Docas do Rio Grande do Norte.

Acompanharam Zenaide e a Governadora o Secretário de Infraestrutura do Estado, Gustavo Coelho, e os parlamentares Senadores Styvenson Valentim e Jean Paul, e os Deputados Federais Walter Alves, Benes Leocádio e Natália Bonavides. A senadora Zenaide avaliou como produtiva a audiência no Ministério da Infraestrutura com resultados positivos para os principais pleitos do Estado.

Sistema para inscrição no Fies será liberado nesta semana, diz MEC

O sistema para inscrições no Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) será reaberto ainda nesta semana, informou nesta segunda-feira (26) o Ministério da Educação. Desde o início do ano, o acesso foi vetado para adequação às novas regras do programa.

Inicialmente, a reabertura do sistema estava prevista para 18 de janeiro, mas o prazo foi adiado. Agora, o site passará a identificar, por exemplo, o candidato que possui o financiamento para determinado curso e bolsa do Prouni (para alunos de baixa renda) em outro, o que não mais é permitido.

Ele também vai detectar se o estudante teve pontuação no Enem abaixo da exigida (450 pontos). Hoje, não há necessidade de fazer esse cruzamento. Essas e outras mudanças foram definidas em portarias do MEC publicadas no final do ano passado.

Instituições de ensino superior reclamaram das alterações no programa –entre elas, a redução do fluxo de pagamento do governo às empresas mantenedoras. Em entrevista coletiva, na manhã desta segunda, o secretário-executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa, afirmou que a pasta mantém conversas com o setor privado.

“Dentro do pressuposto da qualidade [dos cursos financiados], o diálogo [com as privadas] ocorre”, ponderou.

PROUNI

O MEC fez um balanço ainda do perfil de bolsas do Prouni ofertadas neste primeiro semestre. Do total de 213.113, pouco menos da metade (101.359) estão na região sudeste. O programa garante benefícios integrais ou parciais (50%) a alunos de baixa renda interessados em cursar graduação em instituição privada.

Ao todo, 1.117 instituições privadas participam desta edição. Administração (22.050), pedagogia (15.562) e direito (15.010) são as graduações com maior número de bolsas, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (26) pelo Ministério da Educação.

As inscrições começam nesta segunda-feira e terminam na próxima quinta-feira (29). O resultado será divulgado no dia 2 de fevereiro. Para participar, é preciso ter obtido uma média de ao menos 450 pontos no Enem e ter tirado nota acima de zero na redação.

O candidato deve ter feito todo o ensino médio na rede pública –ou ter sido bolsista integral em escola privada– e cumprir determinados critérios de renda. A comprovação dessas informações é feita entre 2 e 9 de fevereiro, diretamente junto à instituição escolhida.

Assim como o Sisu, o MEC divulga diariamente a nota de corte de cada curso. Cada estudante pode indicar até duas opções de curso.

Folha Press

Semob libera acesso alternativo ao Estádio Arena das Dunas, Morais Navarro e Lima e Silva

18487A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), liberou o acesso ao Estádio das Dunas para o motorista que se desloca no sentido Centro/região Sul pela Av. Salgado Filho. Quem segue pela Av. Salgado Filho e deseja acessar a Morais Navarro, Lima e Silva, Prudente de Morais, poderá seguir pela alça do Viaduto do 4º Centenário.

A rota canalizada pela Semob prevê acesso a alça do Viaduto 4º Centenário com opções para região do estádio e possibilidade de tráfego pelas vias adjacentes.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fabricio Santos disse:

    Tá na hora de parar com isso né ? Estádio Arena das Dunas ? Ou A Arena das Dunas ou O Estádio das Dunas

  2. Sergio Nogueira disse:

    Agora é esperar que os Amarelinhos deem o ar da graça nas imediações do Arena em dias de jogos porque até agora quem tem feito um bom trabalho de orientação e configuração de trânsito é só a PRF.

Uruguai é o 1º país do mundo a regularizar produção e distribuição da maconha

Depois de mais de doze horas de discussão, o Senado do Uruguai aprovou nesta terça-feira a lei de estatização do mercado da maconha, por 16 votos a 13 – tornando-se o primeiro país do mundo a regularizar a produção e distribuição da erva. Antes do debate acalorado, o próprio presidente do Uruguai, José “Pepe” Mujica, alimentou a fúria da oposição ao admitir que seu país não estava pronto para se tornar o primeiro do mundo a regulamentar o cultivo, distribuição e uso da maconha. Mas, ele também se disse seguro de que “a dúvida não pode paralisar a abertura de novos caminhos”.

Com a nova lei, os usuários de maconha terão que ser maiores de 18 anos e poderão comprar 40 gramas por mês em farmácias autorizadas pelo Estado – após um cadastramento para que essas aquisições possam ser monitoradas. Os uruguaios também poderão cultivar para consumo próprio seis plantas – ou 480 gramas anuais. A Junta Nacional de Drogas prevê a comercialização de quatro ou cinco tipos de cannabis ao preço de US$ 1 por grama. Não será permitida a venda a estrangeiros e, um novo órgão, o Instituto de Regulação e Controle de Cannabis (IRCCA) ficará responsável por dar licenças, multar e suspender o registro de infratores.

Resta agora somente a Presidência sancionar a lei, que poderá entrar em vigor após 120 dias, prazo para para que o governo conclua as regras de todo o mercado de maconha, da plantação ao cigarro, passando pelo preço e pelo registro de todos os envolvidos no processo – incluindo os consumidores.

– Começamos a nova experiência em abril. Culturalmente ela envolve uma grande mudança focada na saúde pública e na luta contra o tráfico de drogas – disse a primeira-dama uruguaia, a senadora Lucía Topolansky.

Durante todo o dia, manifestantes favoráveis à medida se concentraram na Plaza Cagancha. Mas, no plenário, temerosa de que as novas regras façam crescer o consumo das drogas, a oposição questionou vários pontos da proposta, considerada inconstitucional. Mais cedo, com o estilo simples e tranquilo que lhe é peculiar, Mujica admitiu que há dúvidas legítimas sobre o sucesso da empreitada.

– Não estamos totalmente prontos, mas é como você, que aprendeu a ser jornalista quando te deram a oportunidade – afirmou o presidente ao Canal 4. – É preciso audácia para buscar outros caminhos e tirar da clandestinidade os jovens que entram no consumo e não se sabe onde vão parar.

Para o senador Jorge Larrañaga, da Aliança Nacional, no entanto, o projeto vai levar o Uruguai ao “abismo”, já que os viciados, acredita, poderão trocar suas doses de maconha por outras drogas pesadas no mercado negro.

– Este governo perdeu o rumo – criticou o provável candidato da oposição à Presidência.

O consumo de maconha já é legal no Uruguai, e a base desta nova lei é coibir a ação do narcotráfico: o presidente acredita que ao deixar nas mãos do Estado todo o controle sobre cultivo, colheita, produção importação, exportação e comercialização da cannabis e seus derivados, estará minando o comércio de drogas no país de 3,4 milhões de habitantes.

Comparação com um purgante

No Senado, enquanto governistas mostraram seu entusiasmo com o passo que estavam prestes a dar, a oposição criticou detalhes do projeto de lei, que classificou de inconstitucional.

– A lei representa uma política decidida e inovadora, para combater o crime organizado – afirmou o senador oficialista Roberto Conde.

Sua companheira de bancada, Constanza Moreira, destacou que a lei volta a colocar o país na vanguarda da América Latina.

– Para muitos de nós, hoje é um dia histórico. Muitos países da América Latina, e muitos governos, tomarão esta lei como exemplo.

Já o representante nacionalista Luis Alberto Heber questionou o critério que estabelece o plantio de seis pés de cannabis, e não sete ou oito. O senador colorado Alfredo Solari citou estudos que alertam sobre os danos à saúde provocados pela maconha, que pode levar à dependência:

– Se aprovamos a lei, podemos nos converter en um foco regional para o turismo de cannabis, como teme a região – disse.

Antes do fim da votação, o presidente uruguaio comparou a droga a um purgante, em declarações ao Canal 4. Aos 78 anos e garantindo que nunca fumou maconha, Mujica ressaltou:

– Isso não é um viva ao baseado. É como alguém que toma um purgante: é tomar medidas que não são bonitas, mas não podemos deixar as pessoas entregues ao narcotráfico.

Apesar da agenda progressista, a regulamentação tem o apoio de apenas 27% dos uruguaios, segundo o instituto Equipos Consultores – alta de seis pontos em relação a junho, quando o projeto passou na Câmara. A oposição à liberalização, embora tenha diminuído, continua alta: passou de 68% 58%.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Um país evoluído em plena America Latina, quem diria.

Praças esportivas do RN: Assembleia libera bebidas alcoólicas; defesa do consumidor vai recorrer

Por interino

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou ontem, por unanimidade, o projeto de lei de autoria do deputado José Adécio, que libera a venda e o consumo de bebidas alcoólicas nas praças esportivas. Com isso, o próximo passo para que a lei entre em vigor é a sanção do chefe do executivo estadual. Contudo, ainda que comemorado pela maioria dos torcedores potiguares, a promotoria de Defesa do Consumidor se prepara para solicitar a sua inconstitucionalidade

De acordo com o promotor José Augusto Peres, ao Jornal Tribuna do Norte, esse pode ser considerado um trabalho inócuo dos deputados, uma vez que uma lei estadual não pode nunca se sobrepor ao uma federal. “Essa lei não vale de nada. Quem regula e veta a venda de bebidas alcoólicas nos estádios é o Estatuto do Torcedor, mediante uma lei Federal. Por isso, vou só esperar que ocorra a sanção e que a lei estadual seja publicada, para representar e dar ciência na Procuradoria-Geral e buscar a inconstitucionalidade da mesma”, afirmou.

Ainda na matéria, por outro lado, o assunto continua gerando polêmica no meio jurídico, uma vez que na visão do juiz de direito Paulo Luciano Maia, a derrubada do veto sobre a venda de bebidas nos estádios de futebol é considerada “uma vitória do bom-senso”.

“Vimos cenas lamentáveis no último final de semana em Joinville, em plena vigência dessa lei seca. Nunca houve prova de qualquer ligação entre o consumo de bebidas alcoólicas e a violência nos estádios”, afirmou Paulo Maia.

Com informações da Tribuna do Norte

Receita libera na terça-feira consulta ao 5º lote de restituição do IR 2013

Na próxima terça-feira, dia 8, a Receita Federal libera a consulta ao quinto lote de restituições do Imposto de Renda (IR) 2013, além de declarações de períodos anteriores que ficaram retidas na malha fina. Nesse lote, 1,497 milhão de contribuintes receberão R$ 1,5 bilhão. A partir das 9h, a consulta estará disponível no site da Receita ou pelo telefone 146.

O valor será creditado no dia 15 de outubro. A maior parte do valor são declarações de 2013. 1,467 milhão de contribuintes vão receber R$ 1,429 bilhão, já corrigidos. As restituições de declarações de períodos anteriores serão pagas a 29.837 contribuintes e somam R$ 70,3 milhões, já corrigidos pela taxa básica de juros.

A consulta também está disponível nos aplicativos da Receita para tablets e smartphones. A restituição será creditada na conta informada pelo contribuinte e ficará disponível no banco durante um ano.

O Globo

Receita libera nesta segunda consulta ao quarto lote de restituição do IR

A Receita Federal libera nesta segunda-feira a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física 2013. Todos os anos, são liberados sete lotes regulares e o último está previsto para 16 de dezembro.

Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na internet ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smarthphones que usam os sistemas operacionais Android ou IOS, que facilitam a consulta.

Quem identificou algum erro, deve enviar uma declaração retificadora. O extrato da declaração é disponibilizado no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) no qual se encontram outras informações relativas ao IR.

O volume total de recursos das restituições do Imposto de Renda Pessoas Física que será liberado no banco, no dia 16 de setembro, chega a R$ 1,4 bilhão, para 1.351.333 contribuintes. Segundo a Receita Federal, desse total, a maior parte refere-se a declarações de idosos e pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. Além do lote de 2013, foram liberados lotes de anos anteriores, que caíram na malha fina a partir de 2008. A consulta também será liberada nesta segunda-feira.

Para o exercício de 2013, serão creditadas restituições para um total de 1.321.834 contribuintes, com correção de 3,64%. No caso do exercício de 2012, serão creditadas restituições para um total de 16.298 contribuintes e a correção é 10,89%. Do exercício de 2011, serão creditadas restituições para um total de 5.960 contribuintes, corrigidas em 21,64% e do exercício de 2010 serão creditadas restituições para 4.389, corrigidas em 31,79%. O lote de 2008 tem 2.604 contribuintes, com correção de 40,25%, e o de 2008 tem 248 contribuintes, sendo a correção de 52,32%.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

A Receita informa também que, caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

O Globo

Justiça libera bens de réu operação Sinal Fechado

A Justiça liberou todos os bens do  vice-prefeito de Santa Cruz, João Olímpio Neto, réu na Operação Sinal Fechado. Joca, como é conhecido,  estava com os bens sequestrados, por determinação judicial, desde o início do processo. Segundo Eduardo Nobre, advogado  de João Olímpio Neto, a liberação dos bens foi decidida à unanimidade pela Câmara Criminal.

Natal, Ceará-Mirim, Macaíba e Maxaranguape não tem liberação do Bombeiros para fazer Carnaval

Apenas 27 municípios dos 167 que compõem o Rio Grande do Norte entraram em contato com o Corpo de Bombeiros e enviaram a documentação referente ao Carnaval 2012 a tempo. O prazo expirou nesta segunda-feira (13), e cidades grandes como Natal, Ceará-Mirim e Macaíba não conseguiram cumpri-lo.

De acordo com o tenente Christiano Couceiro, assessor de comunicação do Corpo de Bombeiros, “as cidades que não entregarem a documentação ou entregarem com atraso estarão irregulares, portanto, não terão a nossa liberação para fazer festa no período do carnaval”. “O município que fizer festa sem a liberação dos Bombeiros estará agindo de maneira irregular, e Natal é um exemplo”, concluiu.

Confira as cidades que têm autorização dos Bombeiros para fazer festa no Carnaval 2012:

1º Grupamento de Bombeiros

Parnamirim
Extremoz
Arez
Lages
São José de Mipibú
São Paulo do Potengi
Touros
Tibau do Sul
Poço Branco

2º Grupamento de Bombeiros

Areia Branca
Assu
Macau
Apodi
Tibau do Norte
Mossoró
Guamaré
Upanema
Frutuoso Gomes
Governador Dix Sept Rosado
Pendências

3º Subgrupamento de Bombeiros

Seridó
Jucurutu
Cruzeta
Florânia
Caicó
Jardim do Seridó
São José do Seridó

Fonte: Tribuna do Norte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. AlexandreRego disse:

    Caro Bruno, 

    Fico aqui imaginando que ou a Tribuna ou o Corpo de Bombeiros estão fundando um novo municipio aqui no RN. Pq desconheco a existencia do municipio Tibau do Norte.
    No RN existe Tibau e Tibau do Sul. rsrs

FHC e a liberação da Maconha

Do Blog de Reinaldo Azevedo:

A petralhada está enchendo o meu saco, e nem poderia ser diferente. A Folha deste domingo traz uma entrevista do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em que ele faz a defesa veemente da descriminação — e não da legalização — das drogas, de todas elas. No Fantástico, a alguns milhões, defende a mesma tese. O evento que marca tanta falação é o lançamento do filme “Quebrando o Tabu”, do diretor Fernando Andrade, irmão de Luciano Huck e amigo de muita gente influente e, segundo ele, “inteligente”. Por meio dos tais mecanismos de incentivo, conseguiu arrecadar R$ 2,4 milhões, bastante dinheiro para o gênero, e não terá dificuldade nenhuma para divulgar a sua obra. Ponto parágrafo.

Vamos começar do básico. Petralhas torram a minha paciência porque, sendo quem são, sentem-se na obrigação e no dever de defender todas as bobagens que seu mestre diz. E isso os faz meter-se em operações impossíveis. A do momento consiste em justificar o “enriquecimento lícito” de Antonio Palocci. Eu não tenho partido e, sendo quem sou, não tenho tarefas. O FHC que defendo é aquele que eles dizem abominar: o do Plano Real e o da abertura da economia. E seguirei fazendo essa defesa. À medida que passa o tempo, estou cada vez mais convencido da grandeza de sua obra; quanto mais fico sabendo sobre aquele período, mais me dou conta das dificuldades que ele e a equipe do Real tiveram: trocaram as asas de um avião sem deixar o bicho cair. Salvaram o Brasil do desastre. O país só não reverencia, e a palavra seria essa, o que foi feito porque passou pelo trabalho sistemático de depredação da verdade, promovido por Lula e sua turma.

(mais…)

Sou Contra a liberação da Maconha

Por concordar com absolutamente tudo desse texto do Blog do Paulinho, público ele na íntegra e complemento com um comentário próprio:

Antes de iniciar minha analise sobre a “marcha da maconha” preciso deixar bem claro que sou absolutamente contra qualquer tipo de apologia às drogas e sou favorável a prisão perpétua para traficantes.

Bem, esclarecido isso, acredito que todo ser humano tenha direito de reivindicar seus direitos, e que a liberdade de expressão é garantia constitucional que deve ser preservada.

Assim como as leis do país devem ser cumpridas.

É proibido, pelo nosso código penal, consumir drogas e, principalmente, comercializá-las.

Os que consomem, na grande maioria gente de pouca renda, quase sempre traficam para manter o vício, mesmo que em pequenas quantidades.

Estes são tratados como dependente químicos, portanto, pela legislação, devem ser encaminhados para tratamento.

Já o traficante, pode ser preso por até 12 anos, embora poucos são aqueles que ficam mais de quatro anos atrás das grades.

Sou absolutamente contra a liberação da maconha e de qualquer outro tipo de droga.

Respeito a decisão daqueles que protestaram pela liberação, mas não concordo com nenhuma de suas exigências.

Embora a manifestação, em si, também estivesse agredindo uma decisão judicial.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. EU JAMAIS VOU ENTENDER COMO TEM GENTE DE MENTE TÃO PEQUENA..AO FALAR Q NUNCA VIRAM NINGUEM MORRER POR CAUSA DA MACONHA!!
    JÁ FOI COMPROVADO Q A MACONHA ABRE O CAMINHO PARA AS DROGAS MAIS PESADAS..É CLARO Q UMA PEQUENA PARTE FICA SÓ NA MACONHA…MESMO ASSIM JA FOI COMPROVADO TBM…Q PREJUDICA O USUÁRIO…ASSIM COMO O ALCOOL…E O CIGARRO….MAS A QUESTÃO MAIOR É ESSA….A MAIORIA COMEÇA NA MACONHA …E ACABAM C/ TUDO..DESTROEM A FAMILIA…E O GOVERNO Ñ DÁ TRATAMENTO PRA DEPENDENTES…FALO ISSO PRQ JÁ GASTEI MAIS DE  TRINTA MIL C/ TRATAMENTO DE UM FILHO…Q A CHANCE DE CURA É QSE NADA…EU AINDA TIVE DINHEIRO…E QUEM Ñ TEM NADA…ALGUEM JA OUVIU FALAR EM AJUDA DO GOVERNO NESSES CASOS…O INSS AJUDA POR 6O DIAS APENAS…ENTÃO É ISSO…AS PESSOAS Q JÁ SENTIRAM NA PELE O PROBLEMA Q CAUSA DROGAS…JAMAIS APOIARIA A LIBERAÇÃO DE QUALQUER DROGA…E QUEM USA..OU JA USOU..OU TEM VONTADE DE USAR….É A FAVOR…E É CEGO PARA AS CONSEQUENCIAS…

  2. Goes1977 disse:

    Fico pensando, o que estes políticos pensam, em querer liberar o uso da maconha, será que não percebem que com esta medida , o numero de homicidios causados pelo uso de drogas será triplicado.  Os custos com tratamento de dependentes será assustador.
    Cito aqui um exemplo muito simples para que possam refletir; imaginem um filho que fuma cigarros escondido dos pais, certamente conterá sua vontade de fumar, pois ha um certo receio de que o pai sinta cheiro, que alguem veja e conte e até mesmo que acabe se viciando, agora imaginemos que este mesmo filho tenha anuencia de seu pai é obvio que este não mais se conterá, ao inves de fumar um ou dois cigarros , passará a não se controlar mais e consequentemente cometendo abusos em seu" hoby" que deixara de ser para se tornar um vicio sem controle e que trará várias intemperies na vida desta pessoa que para manter seu vicio sera capaz de furtar seu lar, roubar e ate memo matar, para que possa sustentar seu vicio.
    Tenham isso como um efeito borboleta, pois um simples vicio, trara novos e novos até não terem mais controle.
    Aprendi  na faculdade que o homem é lobo do homem, e por isso precisa ser contido, pois se não o for será suprimido por si mesmo. 

  3. Raicorreia disse:

    oi muito legal esse blog, primeira vez que entro, e achei muito interesante esse texto parabéns….sem palavras

  4. Wilians disse:

    fico a imaginar , liberar o uso da maconha , pensemos juntos e comprar não e crime para se comprar tem que ter alguem que venda , de qualquer forma iremos financiar o crime.

    não e questão de direito ou de liberdade, quando meu direito e algo que faz com que a sociedade fique mais violenta, faz com que familias sejam destruidas ,  não podemos ser ipocritas em achar que a macanha não faz , ou que faz menos mal que o cicarro ( tabaco ) bando e sociologos ibencis que não levam em consideração o fato que qualquer uma das drogas inlicitas são passiveis de causar dependencias e o dependente vai fazer qualquer coisa para conseguir a droga  isso mesmo QUALQUER COISA PARA CONSEGUIR A DROGA,  roubar , matar, se prostituir ou seja vai causar dezenas de outros crimes .

    então vamos pensar bem

  5. Fabiosergiodossantos disse:

    Pergunto aos nobres companheiros quem patrocina uma campanha nacional em rede de tv aberta , com atores viciados em prol das drogas"maconha" as FARCS ,PCC ,CV ,ADA e outros grupos criminosos. Quantas mil pessoas tem de morrer em guerras no Mexico , Colombia , Bolivia e Brasil para esses safados poderem fumar sua erva.

  6. Alberto-conte disse:

    Só quem não tem um filho que se viciou em maconha, está internado neste momento, sofreu acidentes de transito, correu riscos, e a família toda sofreu com isto, pode achar que a maconha não faz mal!!!!
    Isto é um absurdo!!! Infelizmente os apologistas da maconha, são os prórpios viciados, que negam, como qualquer viciado, que tem um problema, até que a tragédia em sua vida comece a acontecer.
    Este depoimento é de um pai que tem sofrido muito, lutado dia-a-dia, e enfrentado o desafio de curar um filho doente por esta erva maldita!!!!

  7. senso comum senso comum senso comum…

    maconha eh a droga menos prejudicial a saude, NAO PROVOCA dependencia…

    nao existe NENHUM criterio (social ou cientifico) que justifique a legalidade do alcool e do cigarro e a proibiçao da maconha. O LOGICO a se fazer é: ou proibir, ou permitir tudo, ou ainda permitir maconha e proibir os outros 2.

    leia um pouco de informação cientifica antes de sair postando um monte de senso comum no seu blog…

    • Querendoteajudar disse:

      Se liberar drogas fosse bom, fosse resolver o problema nacional de
      segurança, de saúde pública, habitação, violência não teria tantos
      problemas com álcool e cigarro, que são considerados os maiores
      problemas de saúde pública do nosso país de segurança. Mortes de
      transito, violência contra mulher, abuso  sexual, assassinatos um custo
      para a nação que ultrapassa os impostos arrecadados . Uma ignorância sem
      tamanho, não estou entendo onde querem chegar com esse abuso, com essa
      falta de discernimento e entendimento que a legalidade pode sozinha não
      funcionar, mas é uma das vias de prevenção que precisamos lançar mão
      para nos defender e defender o próprio usuário dele mesmo.

    • VICIO ALGUM PODE SER LIBERADO..AO MENOS Q CADA UM ARQUE C/ AS CONSEQUÊNCIAS SOZINHO….. 

  8. Gionaro disse:

    Por que não São Contra o Álcool ,Cigarro e Crack  e outras , já viu alguém morrer por causa da maconha?

    • Altino Barbosa disse:

      Quem disse a vc,Ginaro que a sociedade não é contra. Somos todos contra, ocorre que pessoas como voce em épocas passadas,também pressionaram pela legalização do alcool e do cigarro, com a mesma conversa fiada que usariam moderadamente. E hoje o país está cheio de problemas  devido ao uso dessas substâncias. POR OUTRO LADO JÁ VIMOS CENTENAS DE NOTÍCIAS NA TELEVISÃO DE BANDIDOS COM MACONHA NA CABÊÇA, PRATICANDO ASSALTOS, ROUBOS, ESTUPROS E SEQUESTROS, POIS DE CARA LIMPA NÃO SERIAM HOMENS PARA PRATICAR TAIS CRIMES. TUDO UM BANDO DE COVARDES.

    • Billy Mir1979 disse:

      altino barbosa
      disse tudo.

    • Billy Mirs1979 disse:

      alguem morrer por causa da maconha não?
       mas tem muitos que tira a vida de pessos por causa da maconha. isso é fato

    • POR CAUSA DA MACONHA Ñ….MAS ELA ABRE CAMINHO PARA DROGAS MAIS FORTES..AI SIM AS CONSEQUENCIAS Ñ TEM FIM…MUITO TRISTE ISSO…SÓ QUEM VIVE ISSO SABE…

  9. Messias 1992 disse:

    não existe sequer 1 caso de morte na historia por uso de maconha.. e por ano.. 435 mil pessoas morrem por causa de cigarro..

  10. Opinião disse:

    Concordo plenamente. Já convivemos no nosso dia à dia com tantas coisas que já nos fazem mal e as pessoas simplesmente acham que devem cada vez irmrem mais longe. Sim, cigarro faz mal e sim, bebida faz mal, mas agora não tem mais como voltar atrás e proibir, não se tem mais esse "poder". Agora, se legalizarem qualquer que seja a droga, será só mais um convite para is jovens derreterem seus cérebros.  

  11. Jmjaquemaronez disse:

    assim como a maconha é e vai ser proibida vcs tem q proibir o cigarro , a cerveja e outras drogas

  12. Ehumanes disse:

    Voces devem proibir  tudo , assim crime organizado fica mais rico e o Brasil vai
    ficar igual o Mexico e a Colombia

  13. charles disse:

    VCS DEVERIAM SER CONTRA O ÁLCOOL E O CIRRAGO TAMBÉM, PORQUE SÃO AS DROGAS QUE MAIS MATAM NO BRASIL.

    • Querendoteajudar disse:

      realmente o cigarro e o alcool são as drogas que mais matam no Brasil,  isso porque elas foram liberadas, imagine intão se liberarem a maconha ela sera a droga que causaira maior efeito sobre o homem e maior indice de morte.
      ele e muito mais prejudicial isso porque se o individuo usar em media 50 cigarros de maconha por semana seria o equivalente a 500ml de alccol por dia + 10 março de cigarro, agora me responde qual das drogas tem mais capacidade de feriar a integridade fisica e  mental de um individuo..

  14. Juliana disse:

    Boa tarde

    Meu nome é Juliana Rodrigues. Estamos escrevendo em nome do Movimento Nacional Contra a Liberação da Maconha… Pela Vida!

    O motivo do nosso contato é referente ao evento do próximo dia 30 de julho , quando realizaremos a primeira Caminhada Nacional CONTRA a Liberação da Maconha… Pela Vida! Será em São Paulo (capital), na Avenida Paulista, e gostaríamos de agendar uma reunião para solicitar seu apoio pois sabemos acreditamos no seu interesse na atuação no combate ao uso de drogas no Brasil e na defesa da família brasileira.

    Esta caminhada contará com os mais variados seguimentos da sociedade, entre Igrejas, Instituições e Organizações da Sociedade Civil, sem distinção política, religiosa ou racial.

    Será a primeira manifestação de peso contra a legalização da maconha.

    Juntamos, em anexo uma carta de representação do movimento.

    Desde já, agradecemos a atenção dispensada e aguardamos um retorno.

    Atenciosamente.

    Representação em São Paulo: Adriana Dutra

    Movimento Nacional Contra a Liberação da Maconha, Pela Vida

    Contatos em São Paulo

    Adriana Dutra – [email protected]

    Telefone- (11) 8721-1482 / (11) 9184-0845 / (11) 2307-0807

  15. Idamylton Garcia disse:

    Brunão,

    Você é contra a liberação do Wisky? rsrsrs

    OBS: Tenho nojo de qualquer tipo de fumo.

  16. daniel disse:

    rapaz, para não legalizar a maconha primeiramente tem que proibir o alcool … prejudica muito mais as familias e os dependentes do que a maconha ! o meu argumento é somente este, se o alcool é liberado, porque não a maconha .. . que ao meu ver, não causa nem 10% do estrago que o alcool causa na socedade.
    vou te fazer uma pergunta bruno e queria que me responde-se … você ja viu ou ouviu, algum medico ou alguma noticia em jornais que alguem morreu de fumar maconha ? quem foi que morreu um dia por doenças causada pela erva maconha ?
    agora me responda outra pergunta … qts pessoas morrem por fds por ter consumido alcool ? ou morre de cirrose por beber alcool a vida inteira … esses são uns dos meus argumentos para legalizar a maconha , uo então proiba tudo !

    • Diego disse:

      daniel- pense que inicialmente não se traficava e nunca se traficou alcool, e que argumentos que utilizam da nocividade ou não da maconha são muito vagos, acho que o problema não é a maconha, mas sim o que ela está relacionada na sociedade, é como diz no texto, quem tem grana compra quanto quiser, mas quem nao tem sai as ruas pra roubar e sustentar o vicio… também dizem que vai acabar com o trafico, me responde ai, seria então criadas "Maconharias" , os traficantes não teriam nada a perder continuariam a vender o produto, e o meu maior medo é que se um dia legalizarem, que isso acarrete a liberar todas as outras. O problema é que fumar maconha tah na moda. Outra coisa como é que um páis estabelicido economicamente vai proibir o alcool, em que mundo isso é possivel??? Beleza, vamo liberar geral e depois de uns meses ou anos vamo ver a juventude fazendo marcha pra clinica de tratamento!

  17. Arlene disse:

    Concordo com vc!