Judiciário

COVID: “Algumas dessas mortes eram, como em toda parte do mundo, inevitáveis, mas, muitas, evitáveis”, diz Barroso, que ainda cita ‘sentimento de abandono Brasil afora’

FOTO: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse nesta quinta-feira (4), na abertura da sessão da corte eleitoral, que muitas das mortes por Covid-19 no país eram evitáveis e que é legítimo o “sentimento de abandono Brasil afora”.

Barroso disse ainda que o país passa por um momento de desvalorização da vida. O ministro lembrou o recorde negativo de 1.840 mortes registradas em 24h na quarta-feira (3). O Brasil passa pelo pior momento desde que a pandemia começou, no início de 2020.

“Nós tivemos na data de ontem [quarta-feira] 1.840 mortos pela Covid-19 no Brasil. Nós estamos batendo recordes negativos. Algumas dessas mortes eram, como em toda parte do mundo, inevitáveis, mas, muitas, evitáveis. Nós estamos, infelizmente, vivendo um momento de desvalorização da vida, em que pessoas nos deixam e passam a ser tratadas puramente como números. É muito triste o que está acontecendo no Brasil, e é legitimo o sentimento de abandono que as pessoas têm pelo Brasil afora”, disse o ministro.

A média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias chegou a 1.332. A variação foi de 29% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

Já são 42 dias seguidos com a média móvel de mortes acima da marca de 1 mil; 7 dias acima de 1,1 mil; e, pelo quarto dia, a marca aparece acima de 1,2 mil. Foram cinco recordes seguidos de sábado até a quarta.

Diversos estados enfrentam escassez de vagas em UTIs, correndo o risco de ver o sistema de saúde entrar em colapso. Em meio à crise sanitária, governos estaduais e o governo federal não conseguem se entender sobre uma estratégia comum para combater a pandemia.

O presidente Jair Bolsonaro é contrário às medidas de restrição de mobilidade, que foram intensificadas por diversos governadores nos últimos dias para conter o avanço da doença. Bolsonaro tem dito que o governo federal faz sua parte na pandemia e, para reforçar o argumento, publicou em redes sociais uma lista com os repasses de verbas da União para estados em 2020. A atitude gerou revolta dos governadores, que alegaram que a maior parte dos repasses é obrigatória, e não tem a ver com gastos para a pandemia.

Estados também cobram do governo federal mais agilidade na compra de vacinas. Até a quarta-feira, 7.351.265 pessoas haviam recebido a primeira dose de vacina contra a Covid. O número representa 3,47% da população brasileira.

‘Desorganização’

Na sessão do TSE, o ministro Alexandre de Moraes, também se manifestou sobre a pandemia. Ele disse que o Brasil é o único país em que a segunda onda foi pior que a primeira e que isso é fruto da desorganização do país.

“Nós chegamos, único país do mundo em que a segunda onda da pandemia vem sendo muito pior que a primeira. E isso lamentavelmente em face de desorganização, em face de ausência de liderança, em face de diferenças políticas que vem infelizmente deixando de lado o mais importante, que é cuidar da população”, disse Moraes.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. A culpa é desses caras.
    Entregaram a responsabilidade a quem não tem.
    Bote mais poderes na mão do consórcio Nordeste.
    E vire as costas, deixem eles deitarem e rolarem que melhora bastante.
    Estão se fazendo de doido é??
    O povo sabe porque está assim, essa cachorrada.
    Se encontramos nas urnas em 2022.
    Fátima e um monte desses governadores, vão rodar.
    Vcs vão vê!!

  2. Culpa o STF e da inércia dos Estados, tomaram pra si a responsabilidade não vemos nada de extraordinário em atitudes tomadas pelos estados. Pelo contrário, no lugar de amplia a rede de atendimento com mais leitos, terminaram foi diminuindo. Não dá pra entender.

  3. O STF deu poder a 5.568 Prefeitos e 27 Governadores, é óbvio que isso não iria dar certo. Mas querem atribuir a culpa ao Presidente. SÓ OS HIPÓCRITAS NÃO VEEM ISSO!!!

    1. Mentira! Só o presidente que boa fez nada, maior exemplo é não usar máscara e não gerar aglomeração.

  4. Tática do bolsonarismo para se enganar:
    1a. Mentir;
    2a. Xingar;
    3a. É falar mau dos outros pra justificar dos erros de bolsonaro;
    4a. É burrice mesmo.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Tenha calma CIDADAO INDIGNADO, com isso vc pode ter um AVC, infartar, etc. Temos que acreditar em algo ou alguém, eu não acredito em ladrões condenados, sinto verdadeira alergia deles, tento então errar menos, ademais, quem não acreditar não deve votar mesmo, fique só na mítica e vê viver.

  6. O que temos de loucos alienados políticos. Pessoas defendendo esses trastes que estão no poder ou outros políticos. Bando de indecentes. Aberrações! Ainda conseguem defender esse louco que está no poder. Se tratem, trastes!

  7. Para as pessoas que sabem interpretar texto, reproduza a decisão do STF: " a União, estados, Distrito Federal e municípios têm competência concorrente na área da saúde pública para realizar ações de mitigação dos impactos do novo coronavirus "

  8. Para as pessoas que sabem interpretar texto, essa foi a decisão do STF no início da pandemia: " União, estados, Distrito Federal e municípios têm competência concorrente na área da saúde pública para realizar ações de mitigação dos impactos do novo coronavírus. Esse entendimento foi reafirmado pelos ministros do STF em diversas ocasiões."

  9. Derem mais poder a João calça colada pra ele fazer politicagem com a doença alheia que melhora.
    Não esqueçam do consórcio Nordeste.
    Eles sabem comprar respiradores inexistentes e ventiladores pulmonar quebrados.
    Pronto feito isso, vai salvar muitas vidas.

  10. Não se pode cobrar de uma pessoa aquilo que ela não tem. O presidente não tem capacidade administrativa e nem noção de nada. É injusto colocar a culpa nele. Ele mesmo já falou que só sabia ser militar.

  11. Culpa sua que liberou as eleições 2020 seu crápula. Se tivesse adiado as eleições o aumento dos casos aqui no Brasil não teria começado em novembro/2020.

  12. Acredito verdadeiramente que poderíamos culpar o governo federal, por várias razões na condução dessa pandemia, mais o STF deu a faca e o queijo aos governadores e prefeitos, aí o angu se formou, se politizada uma questão de saúde pública, assim, podemos afirmar categoricamente, que não temos um, mais vários culpados, inclusive o STF, que foi se meter onde não devia, tem culpa ainda a população extremamente sem educaçao.

  13. A carapuça serviu no gado. A culpa é de vcs que aglomeram, não usam máscara e gritam mito. Receba! Aí papai, agora é mansão de seis ?? ???

  14. Vocês sabem que no governo Bolsonaro, o Brasil perdeu seu assento no bloco dos 10 países mais ricos do mundo? Pesquisar…
    Além de mais pobre, o Brasil foi o único país do mundo que a 2z° onde, estar matando mais do a primeira.

  15. Israel vacinou em massa, mais de 80%. Esse é o exemplo que vem de lá, mas Bolsonaro vai atrás do Spray.

  16. Dê mais poderes a prefeitos e governadores que melhora sr ministro.
    O plano agora é quebrar empresas e destruir empregos.
    Satisfeitos??

  17. A culpa é desses caras.
    Estão tirando a bunda da seringa.
    Foram eles que botaram as ações nas mãos de prefeitos e governadores.
    Foi, ou não foi??
    Panela que muitos mexem ou sai, ensossa ou salgada.
    Agora aguenta.
    Seus incompetentes.
    Desastratos.
    Aqui fexaram leitos e hospitais.
    E vcs vão fazer o que??
    Não vem que não tem.
    Vcs os culpados juntos com a galera da política.

    1. Quem colocou as ações nas mãos dos prefeitos e governadores foi a CONSTITUIÇÃO. Não se esqueça da carga de culpa de quem promove aglomerações, desincentiva o uso de máscaras e ridiculatiza quem tenta se proteger.

    2. Vivemos em um Estado Democrático de Direito, uma Federação, composta por União, Estados e Municípios. Bastar estudar, ler um livro, a Constituição.

  18. Realmente é desoladora nossa situação.
    Ministros do supremo afrontam o senso comum diariamente e os analfabetos funcionais não percebem.
    O cabeça de ovo diz q há desorganização.
    Como se organiza? Concentra a decisão no governo federal ou deixa sob responsabilidade de 27 estados e 5.500 prefeitos?
    Mas a culpa é do bozo….

    1. Verdade. Estão tirando o braço da seringa. Fizeram a merda e agora não tem como consertar.

    2. Você realmente acha que a turma do general desorientado lá em Brasília conhece os problemas da sua cidade mais do que as equipes da prefeitura? Que lógica é essa? Eles nem sabem que você existe!

    3. Claro que a culpa é do presidente, ele até hoje insiste na cloroquina e no uso de medicamentos sem eficácia para combater o Covid-19. A irresponsabilidade dele é vista pelo simples gesto de não usar máscaras.
      Acho que ele deve passar por um exame de sanidade mental, urgente.

  19. Não é um problema de desordem social, é algo parecido com a gripe espanhola, ninguém sabe como surgiu e nem sabe como agir.

    1. Até sabe como agir. A humanidade venceu a Gripe Espanhola, mas, o presidente da república, se nega a reconhecer a existência da pandemia, como ato negacionistas, deixa de usar o item mínimo de prevenção ou de segurança: máscara facial, tipo N95.

    1. Fátão, um santo do pau ôco, que deu sumiço em 5 milhões de reais destinados a compra de respiradores. Infelizmente muitos potiguares não usaram esses respiradores para salvar suas vidas. Muito triste e revoltante.

    2. David ???? que crítica o mito não está elogiando outra pessoa não.

    3. O sr. Tem que provar o tal "sumiço", isso cabe a justiça julgar. Porém, o simples fato do cara negar a pandemia e suas consequências pelo simples fato de não suar máscaras, já prova categoricamente a ausência de capacidade cognitiva mínima, daí vem a expressão: gênio sem cérebro.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Caso Miguel: Ministério Público de Pernambuco denuncia Sari Corte Real à Justiça por abandono de incapaz com resultado de morte

Foto: Reprodução/TV Globo

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) denunciou, nesta terça-feira (14), a primeira-dama de Tamandaré, Sari Corte Real, por abandono de incapaz com resultado de morte, combinado com artigos do Código Penal Brasileiro que agravam as penas por o crime “ter sido contra criança em meio à conjuntura de calamidade pública”, na pandemia da Covid-19. Com isso, o inquérito sobre a morte de Miguel Otávio segue para a Justiça.

Sari Corte Real estava responsável pelo menino de 5 anos quando ele, que é filho da sua ex-empregada doméstica, caiu do 9º andar de um prédio de luxo no Recife (veja vídeo acima). A mãe da criança, Mirtes Souza, havia saído do apartamento para passear com a cadela da família dos patrões.

O MPPE recebeu o inquérito policial no dia 3 de julho e tinha o prazo de 15 dias para analisar os autos da investigação e tomar uma decisão. Por meio do promotor de Justiça Criminal Eduardo Tavares, a denúncia foi apresentada à 1ª Vara de Crimes contra a Criança e Adolescente da Capital.

Procurada pelo G1, a defesa de Sari Corte Real informou, por telefone, que vai se pronunciar somente após ter acesso à denúncia do MPPE.

Por meio de nota, o advogado de Mirtes Renata Souza afirmou que a mãe de Miguel recebe “auspiciosamente a notícia do oferecimento da denúncia pelo delito de abandono qualificado contra Sari Corte Real”. A defesa de Mirtes disse, ainda, que o empenho para dar celeridade aos processos de natureza criminal do TJPE durante a situação de emergência sanitária da Covid-19 “se refletirá, também, nos autos do processo criminal” em questão”.

Na segunda (13), parentes e amigos da família de Miguel fizeram uma passeata pelas ruas do Centro do Recife para pedir que o Ministério Público de Pernambuco desse atenção ao caso. O grupo saiu da Praça da República em direção ao MPPE, na Avenida Visconde de Suassuna, em Santo Amaro, no Centro da capital.

Caso Miguel

Miguel caiu do 9º andar do edifício Píer Maurício de Nassau, no bairro de Santo Antônio, no Centro do Recife, no dia 2 de junho. A mãe dele, Mirtes Souza, o deixou com a ex-patroa para passear com Mel, a cadela da família que a empregava (veja vídeo acima).

No dia da morte de Miguel, Sari foi presa em flagrante por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Em 1º de julho, ela foi indiciada pela polícia por abandono de incapaz que resultou em morte. Esse tipo de delito é considerado “preterdoloso”, quando alguém comete um crime diferente do que planejava cometer.

Investigação policial

Segundo a polícia, a criança saiu do apartamento de Sari para procurar a mãe e foi até os elevadores do condomínio. Imagens das câmeras de segurança mostram que, por pelo menos quatro vezes, a primeira-dama de Tamandaré conseguiu convencer Miguel a sair do elevador social e de serviço (veja vídeo acima).

Por meio de perícias, o Instituto de Criminalística de Pernambuco (IC) constatou que Sari Corte Real acionou a tecla do elevador que dá acesso à cobertura às 13h10, saindo do elevador em seguida. O laudo contradiz a versão dada pelo advogado de defesa de Sari.

No 9º andar, Miguel seguiu em direção a um corredor e parou defronte à janela da área técnica, escalou um vão e alcançou uma unidade condensadora de ar. Miguel tinha 1,10 metro e a janela, 1,20 metro. Marcas das sandálias que a criança usava atestaram que ele ficou em pé na condensadora.

Para descer de lá, Miguel pisou em um segundo equipamento do mesmo tipo e se dirigiu a um gradil que tem função estética. A criança escalou as grades e, ao chegar ao quarto “degrau”, se desequilibrou e caiu.

A perícia descartou a hipótese de que alguém estivesse com a criança no 9º andar. Para isso, foi calculado o tempo em que o garoto saiu do elevador e caiu no térreo: 58 segundos. Também não havia vestígios de outra pessoa no corredor em que a criança entrou.

Com G1

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

FOTOS: Carcaças de geladeiras são encontradas aos montes pela praia Ponta Negra e arredores

Fotos: cedidas

Fotos enviadas ao ZAPBG destacam a impressionante quantidade de carcaças de geladeiras espalhadas por toda orla de Ponta Negra, do canto do morro até a via costeira.

As imagens em destaque são apenas algumas das dezenas delas espalhadas pelo calçadão, ruas de acesso a praia, e até na beira da praia, na Via costeira, de frente aos melhores hotéis da cidade.

Opinião dos leitores

  1. Uma das praias mais lindas do país, no entanto , estigmatizada não só pela desordem , mas também pelo intenso tráfico e uso de drogas, que são comercializadas durante o dia sem qualquer disfarce . Lamentável !!!

  2. Cadê os defensores do HOTEL REIS MAGOS???cade que esses sujinhos irão abraçar a praia de ponta negra e gritar para nso sujar ?? Cadê a MARJOREI ( procuradora do estado) para brigar pela orla LIMPA ??? agora não aparece uma ONG , ALGUM DEFENSOR ?? Cadê os machões ??? Entendi , cuidar da praia Nso da IBOPE

  3. Difícil é um turista bater uma foto da praia de ponta negra e não sair uma imagem extremamente poluída com cadeiras, mesas e guarda sois e essas horríveis carcaças de geladeiras de lembranaça embelezando a paisagens!!! (sqn)

  4. Difícil é um turista bater uma foto da praia de ponta negra e não sair um imagem extremamente poluída com cadeiras, mesas e guarda sois e essas horríveis carcaças de geladeiras de lembranaça embelezando a paisagens!!! (sqn)

  5. Ponta Negra é uma das praias mais linda do Nordeste e possui a orla mais esculhambada e nojenta de todas as capitais, é uma vergonha a Cidade do Sol ofuscada pelo poder público e a falta de educação de quem vive do turismo!!! Eleições 2020 já, chega de falsas promessas e tanto descaso em nossa cidade ???

  6. Retrato do descaso do poder público em fiscalizar e normatizar a orla.
    Falta de educação das pessoas que trabalham na orla em deixar a situação ficar assim.
    Precisa que seja feito uma pactuação do poder público com o empresariado da área para normatizar a utilização dos espaços, fazer campanhas de conscientização da população para a manutenção da limpeza da praia.
    Isto é uma vergonha para nossa cidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

FOTOS: Estrada para praia de Barra de Cunhaú em estado de abandono

Fotos: Maurício Régis

Estrada para a praia de Barra do Cunhaú, no município de Canguaretama, apresenta estado de abandono em registro de leitor deste blog.

Praia fomo como “Caribe do Nordeste” precisando de reparo emergencial, conforme imagens em destaque.

Opinião dos leitores

  1. Só pode estar nessa situação mesmo o diretor geral do der só sabe perseguir e assediar os funcionários e mandar tomar naquele canto é só ir ao der e constatar

  2. Um dos mais belos recantos do litoral potiguar. O grande fluxo de veículos pesados não é causado por transportadores de camarões, mas de ônibus de turismo. É difícil de entender a desatenção do DER com esta rodovia de grande relevância social e econômica. Mas Canguaretama tem levado pancada do governo petista que, além de abandonar a estrada fechou o Hospital Regional.

  3. Esse privilégio não é só no acesso a barra de cunhaú, a grande maioria das rodovias do RN estão cheias de buracos. Quem anda pelo interior nem precisa de placa indicativa de mudança dos estados, pois as estradas do RN são facilmente identificadas pela quantidade de buracos e má conservação. Faz uns 03 anos que as rodovias estaduais do RN foram abandonadas, largadas, não tem conservação, nem sequer uma miserável operação tapa buracos. Escolha o destino e verá que para todos só há uma certeza: buracos e má conservação.

  4. Mais esse é o retrato das realizações desse desgoverno, a governadora Bokus da China vai terminar de acabar com o que já era ruim. Sem planos, credibilidade, pernostica e inconsequente, essa moço vai a caminho do calvário.

  5. Essa estrada foi refeita a uns 2 anos, mas entendo que a capacidade dela é para carros de passeio sendo que existe várias empresas de criação de camarão e existe um grande fluxo de caminhões pesados .

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Em guerra interna, Figueirense comunica à CBF que vai abandonar a Série B do Campeonato Brasileiro

Figueirense comunicou à CBF que vai abandonar a Série B do Campeonato Brasileiro — Foto: Robson Boamorte

O Figueirense comunicou oficialmente à CBF que decidiu abandonar a Série B do campeonato Brasileiro. A formalização foi feita no último fim de semana, pelo presidente da Elephant, Cláudio Honigman, empresa que administra o clube desde 2017. A entidade avalia a eficácia da decisão, uma vez que na última quinta-feira, o Conselho Deliberativo do clube divulgou documento informando que o contrato mantido entre o clube e a empresa teria sido desfeito.

A CBF vai enviar o comunicado ao STJD para que o caso seja analisado. Se o documento for considerado válido, o Figueirense estará sujeito ao regulamento do campeonato que prevê a suspensão automática do clube de todas as competições organizadas pela CBF (incluindo profissional e base). Com isso, o clube só poderia voltar a atuar na Série D, após a suspensão.

Nesta segunda-feira, em coletiva de imprensa, o presidente do Conselho Francisco de Assis, afirmou que a Elephant não administra o clube desde a última quinta. Ele afirmou que Honigman tenta reverter o distrato exigindo R$ 3 milhões, além do perdão das dívidas do clube.

Atualmente, o Figueirense acumula um total R$ 120 milhões, em dívidas, de acordo com o último balanço do clube.

Reunião na federação

Na última segunda, o presidente da federação catarinense de futebol Rubens Angelotti tentou promover um encontro entre Honigman e Francisco de Assis para que um acordo fosse selado. Mas não teve sucesso.

O Figueirense tem jogo marcado para esta terça, em casa, contra o Bragantino. Em nota oficial, o clube confirmou a realização da partida e comentou o caso:

O Figueirense Futebol Clube informa que não foi comunicado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre o pedido feito pelo ex-presidente, Claudio Honigman, de abandonar a disputa do Campeonato Brasileiro.

Nas próximas horas, a equipe jurídica do clube encaminhará à CBF toda a documentação necessária para desmentir a intenção de desistir da disputa.

O clube comunica ainda que nunca cogitou a desfiliação ou o abandono do Campeonato Brasileiro. O jurídico do clube analisa o caso.

Tranquilizamos a Nação Alvinegra e informamos que a partida desta noite, contra o Bragantino, no Estádio Orlando Scarpelli, está confirmada. Contamos com a presença e o apoio de nossa imensa e apaixonada torcida.

Veja o que diz o regulamento:

Art. 61 – Se uma equipe abandonar uma competição ficará automaticamente suspensa durante 2 (dois) anos de qualquer outra competição coordenada pela CBF.

Parágrafo único – Entende-se como abandono aquele Clube que desistir de disputar uma competição após a publicação oficial da tabela e regulamento correspondente do prazo legal estipulado pelo EDT.

Art. 62 – O Clube punido pela Justiça Desportiva por abandono de campeonato que adote o sistema de pontos corridos terá os resultados até então conquistados considerados sem efeito.

§ 3º – Em se tratando de competição com fases de pontos corridos e fases eliminatórias, as consequências incidirão na respectiva fase em que o abandono ocorrer.

Globo Esporte

 

Opinião dos leitores

  1. E a turma aqui chiando porque o ABC negociou um lote de seis milhões de dívidas com ações trabalhistas em parcelas de CEM MIL (vish…) por mês durante CINCO ANOS…
    Claro… Isso é só prá evitar a penhora e leilão do frasqueirão.
    Breve outro montante de ações trabalhistas deve dar o ar da graça.
    Diante das dívidas do Figueira, as mais de setenta ações trabalhistas do ABC é café pequeno….

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Bebê abandonado no nordeste foi mordido por formigas e arrastado por cachorro

3prx1e6amy_3gk76nousy_fileReprodução – Record BA

O bebê abandonado na manhã de terça-feira (18), em uma rua de Abrantes, na rms (região metropolitana de Salvador), foi mordido por formigas e arrastado por um cachorro.

Segundo a acusada Ângela Karolina Lopo de Carvalho, de 18 anos, a gravidez era escondida por receio da mãe não aceitar a situação.

—Eu deixei o bebê enrolado na porta, porque quando eu tinha entrado em casa, ela me disse para fechar a porta porque eu estava no sereno (…). Quando eu voltei para limpar a sujeira da minha varanda, e tirar a placenta que estava no chão, sai para ver se o bebê estava no mesmo  local, mas já tinham tirado ele.

Segundo a delegada, Maria Danielle Monteiro, em depoimento, a acusada confessou o crime e levou a polícia até o local onde havia abandonado a criança.

A acusada foi presa no local de trabalho horas após abandonar a filha em uma rua próxima à residência. O bebê chegou a ser mordido por formigas e ser arrastado por um cachorro.

Caso:

A criança foi encontrada por uma pessoa que passava pela região. A recém-nascida ainda estava com o cordão umbilical. Segundo a Centel (Central de Polícia), o bebê foi encaminhado para o HGC (Hospital Geral de Camaçari).

Segundo iformações da Sesab (Secretaria da Saúde da Bahia), a garota apresentava baixo peso mas passava bem. O Conselho tutelar foi avisado e adotará as medidas cabíveis.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Governo esquece Projeto Baixo Açu, com garantia de água, e investe no Projeto de Irrigação de Cruzeta, parado sem água

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Blog tomou conhecimento de uma situação inusitada e se for realmente verdade, situação, no mínimo, vai ter que virar caso de estudo. Passados quase três anos do Governo Rosalba, é do conhecimento de todos que nada foi resolvido no sentido de iniciar a operação da 2ª etapa do Projeto Baixo Açu, numa área com cerca de 3.000 ha de terras de excelente qualidade, com infraestrutura entregue pelo então Governador Garibaldi Filho, com investimento na época de mais de R$ 40 milhões, mas que vem se deteriorando e sofrendo ação de vândalos e ladrões ao longo de 12 anos.

P1010002Paralisados, sem nenhuma providência por parte do Governo do RN, e que se estivesse em produção poderiam gerar mais de 6.000 empregos diretos e indiretos, através da produção de diversos produtos agrícolas para alimentação humana ou arraçoamento para salvar o rebanho bovino, ovino ou caprino do RN, tão sofrido com a seca.

P1010004(1)Ao invés de viabilizar uma excelente área produtiva, com oferta de água garantida pela barragem Armando Ribeiro Gonçalves, o Governo do RN através da SEMARH (Sec. de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) decidiu investir cerca de 2.5 milhões de reais na recuperação da infraestrutura do Perímetro Irrigado de Cruzeta, que atualmente encontra-se paralisado pela falta de água para irrigação do projeto e que possui apenas 180 ha que podem ser irrigados, ou seja, gasta-se praticamente R$ 14.000/ha num projeto de irrigação sem água.

Certamente com este valor, se compraria em qualquer local do RN, hectares de terras agrícolas com oferta de água garantida.

Opinião dos leitores

  1. Falta de vergonha na cara, desrespeito com os recursos públicos, Cadê o MP q ao invés de procurar Hospital para Gato e Cachorro, não investiga os responsáveis pelo abandono da obra e desperdício do $ do povo do RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Que mundo é esse? Cadeirante de 88 anos morre após filha deixá-la sem comida e água por 10 dias

13_22_34_191_fileUma mulher da Pensilvânia que abandonou a mãe, uma senhora cadeirante de 88 anos, sem comida e água durante 10 dias, foi condenada à prisão após a morte da idosa.

Janice Harmes, 67 anos, não contestou a acusação de assassinato em terceiro grau decorrente da morte de sua mãe, Janet Bastendorf, em janeiro deste ano. Antes de morrer, a senhora ficou com a fralda cheia de fezes e sem cuidado algum. A filha ainda levou o celular da idosa embora ao deixar a casa.

De acordo com o jornal New York Daily News, ao ouvir do juiz James Cullen que sua atitude era “indesculpável e repreensível”, Janice apenas alegou que estava honrando o desejo da mãe de morrer em casa.

A acusada foi condenada à pena mínima de seis anos de prisão, com pena máxima de 12 anos. O juiz também a condenou por não levar a mãe ao hospital ou cuidar dela da maneira devida.

A mulher idosa morreu de septicemia, uma infecção causada por feridas não cuidadas.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Apelo de um pai desesperado demonstra estado de abandono da saúde pública no RN

O relato de um pai desesperado que precisa de um tratamento para sua filha, a pequena Sofia, demonstra claramente a situação de abandono em que se encontra a saúde pública no Rio Grande do Norte. A criança precisa de um tratamento específico para ganhar peso mas não consegue a assinatura de um médico para autorizar a aquisição dos medicamentos: “um está de férias, outro viajando e a outra médica nem sequer sabem informar por onde anda“.

Veja apelo na íntegra:

“Tudo começou quando Sofia tinha 1 mês de vida. Ela ganhava peso bem, mas depois, passou a não ganhar como deveria. Estava em aleitamento materno exclusivo e essa condição permaneceu até os 4 meses, quando foi diagnosticada a APLV – Alergia à Proteína do Leite de Vaca. A partir daí, foram introduzidos sucos na dieta da criança, como complemento ao leite materno, sendo para tanto exigido que a mãe fizesse uma dieta de exclusão total de leite de vaca e seus derivados. Ainda assim, ela não ganhava peso de forma satisfatória. Aos 6 meses foram introduzidos novos alimentos, mas também sem muito sucesso na evolução do peso. Evolui, mas lentamente. O gastropediatra e a pediatra que a acompanham, decidiram não introduzir o leite de soja, sob o risco de reação alérgica. E foi o que aconteceu: aos 9 meses ela apresentou reação alérgica ao leite de soja ingerido pela mãe e teve que ir para a hidratação, no pronto socorro, tendo, então, dois diagnósticos: alergia à proteína do leite de vaca e alergia à proteína do leite de soja. Dessa forma, o gastropediatra nos encaminhou para o hosped – hospital de pediatria da UFRN – para recebermos gratuitamente a fórmula especial de nutrição infantil à base de hidrolisado protéico. Essa fórmula tem um custo elevado: um custa 90,00 e outro, 200,00; foram prescritos pela nutricionista do hosped 10 latas/mês.

A batalha começou dia 20/06 quando o gastropediatra nos encaminhou para o hosped. No dia 21/06 fomos até lá, mas nos deparamos com o portão fechado; no dia 22/06 fomos novamente e a recepcionista disse que não havia médico no horário, pediu para retornarmos no dia 25/06; nesse dia, fomos atendidos por uma médica residente extremamente estúpida que nos destratou e depois disse que a médica que assinava o documento não estava mais lá, pediu que retornássemos, então, dia 02/07 pontualmente às 07h. Quando chegamos lá, no horário combinado, informaram que a médica só chegava as 08h. Somente às 09h30min foi que informaram que a médica responsável estava de férias, sem previsão de volta e, “talvez”, na quinta-feira (05/07), o médico do dia pudesse assinar o documento que precisamos para requerer junto à secretaria municipal de saúde o leite hidrolisado. Na quinta retornamos, novamente às 07h e, como sempre, não tinha médico; disseram que ele chegava às 08:00. Às 08:30 a médica residente chegou para informar que o médico estava viajando e voltava dentro de 15 dias. Ou seja, mais uma viagem perdida. Essa médica residente, extremamente grosseira, nos destratou novamente, desta vez no corredor do hospital: pegou o encaminhamento do médico e perguntou: o que você está fazendo aqui? Você não vai conseguir, ela não tem direito, dê comida para a sua filha, ela não precisa de leite. Aí perguntamos: onde está a humanização que o serviço de saúde tanto defende? Que tipo de pediatra é essa que não conhece as necessidades nutricionais de uma criança de 10 meses?

Ainda continuamos na batalha. A única informação que temos do hosped é que os médicos entraram em greve e estão trabalhando nessa escala, porém um está de férias, outro viajando e a outra médica nem sequer sabem informar por onde anda.

atc,
Sérgio Caetano”

Opinião dos leitores

  1. Bom dia, Bruno! Sou a mãe da Sofia. Gostaria de agradecer pela publicação em seu blog. Estamos na batalha para conseguir, ainda, a tal assinatura do gastropediatra do hosped. E a sua divulgação pode contribuir muito com a nossa causa. Obrigada pelo seu apoio.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Rita Lee abandona o Twitter

Rita Lee se afasta do Twitter

O comunicado formal e anônimo, divulgado na tarde desta segunda, não lembrou em nada as divertidas mensagens postadas diariamente por Rita Lee em sua página no Twitter. “Atendendo a pedido de Rita Lee, comunico aos seus 359 000 seguidores que a mesma se ausentará deste espaço até segunda ordem. Grato”, escreveram na página da cantora.

Frequentadora assídua do microblog, Rita Lee e seu intermediário não explicaram detalhes da decisão da cantora de se afastar do microblog, do qual era usuária assídua. No último sábado, durante show de despedida dos palcos, Rita Lee foi detida em Sergipe após ser acusada de desacatar policiais que revistavam o público. Ela pediu para os policiais relaxarem e “fumarem um baseadinho”. Viciada em Twitter, postou uma mensagem a caminho da delegacia: “Tô indo p/ a delegacia…a polícia d Aju ñ gosta d mim mas Sergipe gosta, estou dentro do carro”.

Após sair da DP, Rita voltou à sua página pessoal no Twitter para desabafar e dar a sua versão dos fatos. No microblog ela escreveu: “Polícia dando trabalho para mim, quer me prender, embasamento legal não há, não retiro uma palavra do que disse, o show era meu!” e, em seguida, criticou novamente os agentes de segurança: “Alô ‘twittlawyers’, polícia abusiva e abusada, não sou obrigada a fazer o que me pedem: ir à delegacia agora, ou amanhā às 9”, desafiou. Em seu último comentário sobre o episódio, até o inicio da tarde do domingo, Rita agradeceu à vereadora Heloísa Helena. “Solta graças à vereadora Heloísa Helena, que estava na plateia e prestou idêntica versão”, finalizou.

Ao chegar a São Paulo, na manhã desta segunda, a cantora não quis falar com os jornalistas que a aguardavam no aeroporto. Ela atribuiu o silêncio à orientação do advogado que a defende das acusações de desacato à autoridade e apologia às drogas.

Fonte: Veja

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *