Detran-RN implanta agendamento online para vistoria de transporte escolar

As vistorias buscam garantir a segurança dos alunos da rede pública que são transportados por ônibus no interior do Estado. Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) lançou uma nova ferramenta de agendamento de vistoria de transporte escolar realizada diretamente no site do Órgão (www.detran.rn.gov.br). Com a novidade, as prefeituras do interior do Estado já podem acessar o site do Detran e agendar a vistoria obrigatória da frota de transporte escolar registrada pelo município para o traslado dos estudantes da rede pública.

De acordo com informações repassadas pelo coordenador de Registro de Veículos, Carlos Silvestre, o sistema já se encontra disponível para agendamento nas unidades do Detran Sede (Natal) e nas Ciretrans distribuídas no Estado. A partir da próxima segunda-feira (1º) o agendamento de vistoria do transporte escolar também começa a ser atendido nos Grupos Executivos do Órgão situados no interior.

Para agendar a vistoria preventiva é simples, bastando acessar o site do Detran e clicar no botão “Agendamentos” na parte central do portal. Na página seguinte aciona o ícone “Veículos”, depois “Transporte Escolar” e por fim, digita no formulário de identificação o CPF do solicitante e escolhe na opção de serviço “ Vistoria Para Fins de Autorização de Transporte Escolar” escolhendo data e horário disponíveis para o serviço.

A medida busca garantir a segurança dos alunos da rede pública que são transportados por ônibus. Os vistoriadores seguem o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) que determina que o transporte escolar só deve trafegar se for registrado como veículo de passageiros, com inspeção semestral dos equipamentos de segurança, com pintura de faixa horizontal na cor amarela com o dístico “ESCOLAR”, em preto.

Também é exigido equipamento registrador instantâneo inalterável de velocidade e tempo; com lanternas de luz branca, fosca ou amarela dispostas nas extremidades da parte superior dianteira e lanternas de luz vermelha dispostas na extremidade superior da parte traseira. O veículo tem que possuir cintos de segurança em número igual à lotação, além de outros requisitos e equipamentos obrigatórios estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O Detran inspeciona todos os itens de segurança do veículo desde os pneus até cinto de segurança, como também é avaliada a documentação do condutor, que deve ter idade superior a vinte e um anos, portar carteira de habilitação na categoria D ou E, não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima ou ser reincidente em infrações médias durante os doze últimos meses, além de ser aprovado em curso especializado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maninho disse:

    Alerto os prefeitos e governadores que tem os veículos escolares para o uso estudantil, que façam a vistoria correta nestes veículos e respeitem a vida dos estudantes e seus familiares. Muitos destes ônibus estão sucateados, com enormes falhas mecânicas e outras mazelas. Ja andei em um com falta de bancos, falta de vidros, falta de faróis e por pouco falta de freios. Um verdadeiro crime contra a população… mas estes ônibus são utilizados até pra levar gente pra igreja Universal e jogos de futebol… todo mundo vê e nada falam… TCU e TCE neles…

Detran-RN implanta Central de Videomonitoramento de prova teórica de Habilitação

O novo sistema já se encontra em pleno funcionamento e é possível acompanhar a realização das provas nas cidades que dispõem de salas de aplicação de exames no interior e na capital potiguar. Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) inaugurou o funcionamento de um novo sistema de fiscalização e controle na realização das provas teóricas de Habilitação de condutores de todo o estado. A ferramenta tecnológica permite que todas as salas de provas sejam monitoradas em tempo real de uma Central de Videomonitoramento montada na sede do Detran, no bairro Cidade da Esperança, em Natal.

O novo sistema já se encontra em pleno funcionamento e é possível acompanhar a realização das provas nas cidades que dispõem de salas de aplicação de exames no interior e na capital potiguar. Unidades do Detran nos municípios de Natal, Parnamirim, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Ceará-Mirim, Nova Cruz, Santa Cruz, Parelhas, São Paulo do Potengi, entre outras, estão sendo monitoradas na Central de Videomonitoramento.

O coordenador de Habilitação de Condutores do Detran, Jonas Godeiro, explicou que o monitoramento funciona dando acesso a telas de maneira geral e também isolada, bastando que o operador selecione o comando. Ou seja, o vídeo mostra todas as salas ao mesmo tempo, mas é possível escolher qualquer unidade, ampliando dessa forma a visão detalhada de vários ângulos da sala. “É uma forma de ter mais controle, mais transparência e fiscalização do processo, sempre buscando o melhor para o usuário”, informou.

Com o novo sistema, o Detran pretende combater qualquer tipo de conduta em desacordo com as regras de aplicação do teste, ampliando a fiscalização e gerando banco de dados para possíveis averiguações. Durante o ano de 2020, o Detran aplicou 22.268 provas teóricas de habilitação de condutores.

A prova é a primeira etapa após a conclusão do curso teórico realizado pelo usuário no CFC. Os candidatos fazem a avaliação numa sala específica, onde são utilizados computadores individuais que exibem a prova de conhecimento teórico versando sobre legislação e a prática correta de conduzir veículo no trânsito. Os procedimentos de realização da prova são simples e o usuário precisa apenas utilizar o mouse para selecionar a resposta correta de cada questão.

O candidato ao clicar no botão que finaliza a prova tem os dados do resultado lançados no Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) e no site do Detran, no espaço com informações específicas do usuário. A partir do resultado positivo do provão, o aluno poderá prosseguir para as aulas práticas de volante. No caso de reprovação, o usuário pode repetir a avaliação após 15 dias, pagando a devida taxa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rubão disse:

    Essa ferramenta não é nova , foi implantada em 2017, aonde na ocasião deixamos os processos do Detran 100% monitorados ( provas práticas e teóricas). Assim como também conseguimos a logística de entregar a habilitação no mesmo dia da renovação. Apenas a título de informação para a população e ao blog.

Detran-RN implanta documento digital de compra e venda de veículo (CRV)

Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) começa nessa segunda-feira (04) uma nova fase de modernização no processo de emissão dos documentos relacionados ao veículo (CRLV e CRV). A medida implanta o CRV Eletrônico no Rio Grande do Norte, possibilitando mais facilidade, segurança e acesso aos documentos que ficarão disponíveis pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), portal do Denatran e pelos canais de atendimento do Detran/RN.

Na prática, não haverá mais emissão de CRV em papel-moeda, assim como já havia sido implantado pelo Detran o sistema eletrônico do CRLV. Agora o proprietário dispondo das informações e código de acesso do veículo, vai poder emitir os dois documentos em papel A4 com QR Code na comodidade da sua residência ou local adequado. Outra comodidade é que o motorista ou proprietário do veículo também poderá portar os documentos CRV e o CRLV de forma digital, tendo os mesmos a igual validade dos impressos.

Já no caso de transferência de veículo em situação de compra e venda, o proprietário (vendedor) deve solicitar ao Detran a emissão da Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo (ATPV), antigo DUT, informando os dados do comprador, sendo o documento emitido com as informações e um QR Code de segurança para validar a autenticidade dos dados. A partir daí o procedimento segue a rotina antiga para efetivação da compra e transferência do veículo.

Aqueles que possuem o documento de registro e a autorização para transferência de propriedade em papel-moeda e foram registrados no Detran antes de 2021 vão seguir o procedimento antigo, ou seja, preenche o verso do documento com os dados do comprador, reconhece firma no cartório e, por fim, o comprador vai ao Detran fazer vistoria do veículo e efetivar a transferência.

O processo implantado pelo Detran/RN é regulamentado pela Resolução 809/2020 do Denatran, que determina os procedimentos e apresenta as novas siglas e nomenclaturas que passarão a ser utilizadas pelos departamentos de trânsito de todo o país. Nesse caso, as siglas seguem assim: CRV-E (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo); CLA (Certificado de Licenciamento Anual); ATPVe (Autorização Eletrônica para Transferência de Propriedade de Veículo).

Um ponto importante é que os documentos de veículos impressos em papel-moeda continuam tendo validade e o processo de renovação na nova regra somente será gerado a partir do momento em que seja necessário efetivar algum dos serviços que precisam da emissão do CRLV. O novo CRLV-E é expedido nos processos de registro de veículos, licenciamento anual de veículo, transferência de propriedade, mudança de município, alteração das características do veículo, mudança de categoria, remarcação de chassi e nos casos previstos em regulamentos complementares onde seja necessária a emissão de um CRV.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo disse:

    Sempre se vai morrer no cartório! Essa mina de ouro nunca vai acabar ? Um servidor público têm fé de ofício e mesmo assim vc tem que ir ao cartorio para certificar que vc é vc mesmo ! Absurdo isso um gasto milionário e o povo é quem paga! Brasil

  2. Tico de Adauto disse:

    Falta funcionar a contento.

  3. thiago barbosa disse:

    nada digital funciona no Detran RN.
    agora nem a consulta por placa e renavam está funcionando no site

  4. Paulo disse:

    BG
    Esses detrans se fechassem definitivamente seria um alivio para a população, pense num órgão que não funciona que preste, sempre criando todo tipo de dificuldades para o Cidadão.

Em São Gonçalo do Amarante, Hospital Belarmina Monte implanta 9 leitos para Covid-19 e recebe dois respiradores

Foto: Divulgação

O Hospital Maternidade Belarmina Monte, em São Gonçalo do Amarante/RN, recebeu, nessa quarta-feira (13), dois respiradores mecânicos para tratamento de casos graves da Covid-19 no município. A direção também confirmou a implantação de 9 leitos clínicos dedicados à pandemia e a contratação de mais um médico.

Os equipamentos foram doados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) a pedido da pasta municipal. “Agradeço ao Governo do Estado por atender mais esse pleito do município. Esses ventiladores são indispensáveis para pacientes com dificuldades de respirar, decorrente do novo coronavírus. Essa ventilação pode salvar vidas”, observou Jalmir Simões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tito disse:

    Prefeitura fazendo sua parte

Hemonorte implanta sistema de doação de sangue por agendamento via telefone e on-line

Foto: Reprodução

Nesta quarta–feira (1º), o Hemocentro do RN implanta o serviço de agendamento de doação de sangue por telefone e on-line.

Para ter acesso ao serviço o usuário deve ligar para o telefone (84) 3232-6734 ou acessar o site do Hemonorte (www.hemonorte.rn.gov.br), preencher o cadastro e fazer a confirmação do seu horário.

De acordo com o Diretor Geral do Hemonorte Rodrigo Villar, “os serviços irão beneficiar o candidato, porque diminui o tempo de espera, acelerando o processo para doação. Esperamos aumentar o estoque e garantir o abastecimento às unidades hospitalares, ressaltando que a demanda aberta continua a funcionar normalmente”.

A implantação contou com a parceria do setor de informática da Escola de Governo que criou e disponibilizou o software. De acordo com o Analista de Sistema Hildejundes Paulino, “a criação de software e capacitação em TI é um dos pilares da Escola de governo. O sistema já é usado com sucesso por outros órgãos do governo, como o ITEP. Atualmente 400 mil pessoas já utilizaram algum dos serviços que estão hospedados no sistema”.

.

Detran implanta ponto eletrônico para todos os servidores

FOTO: Detran

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) implementou o sistema de ponto eletrônico para os servidores do órgão. A medida engloba nesse primeiro momento todas as coordenadorias da sede, em Natal, e, a partir de março, será implantada no interior do estado. Os coordenadores e subcoordenadores com função comissionada também estão inclusos na determinação.

O sistema eletrônico de frequência foi instituído pelo Decreto Nº 25.731, de 14 de Dezembro de 2015, que regulamenta o controle de frequência, a compensação de horas e o ponto facultativo nos órgãos da Administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo Estadual. As faltas não justificadas serão descontadas.

“Atualmente o controle da jornada de trabalho estava sendo feito pela assinatura da folha de frequência. Com o novo formato eletrônico será possível fazer um mais amplo controle de assiduidade, cumprimento dos horários de expediente e principalmente aumentar a produtividade do órgão. É uma maneira de gerir mais moderna e eficiente que se traduzirá num melhor serviço prestado à sociedade”, explica Wellington Tinôco, Coordenador Administrativo do Detran.

A implantação do Ponto Eletrônico no órgão é um trabalho conjunto entre a Subcoordenadoria de Recursos Humanos e a Subcoordenadoria de Informática, em parceria com Escola de TI do Governo do Estado do RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joana disse:

    Que lei é essa que professores não podem registrar presença com ponto eletrônico?

  2. Paulo disse:

    BG.
    Isso pra conversa pra boi dormir, Detran é símbolo de ineficiência, bate papo dos funcionarios e atendimento péssimo.

  3. TARCÍSIO TEIXEIRA MARINHO disse:

    Parabens para direção do DETRAN. Ponto eletrônico, beneficia o bom funcionário. O "barnabe" reclama porque não tem compromisso com a instituição.

  4. Flavio disse:

    E os outros órgãos, é muito esquema nessas secretárias. Sem ponto, cada um faz o que quer, inclusive usa horário de expediente pra namorar. Kkkkk

  5. Ojuara disse:

    Eita, acabou a boquinha. Kkkkkk

    • Assis Fernandes disse:

      Se não for com a digital na entrada e na saída nada muda…me engana que eu gosto, kkkkk

  6. José disse:

    Vai colocar na UERN?

  7. Chico Cesar. disse:

    Na UERN vai ser implantado quando? Acho muito importante o ponto eletrônico para os técnicos e principalmente para os PROFESSORES!

    • Wallton disse:

      Os professores são dispensados por lei da feitura do ponto eletrônico.

Chiquinho Scarpa implanta chip de GPS para encontrar namorada onda ela estiver

Fotos: reprodução/ Instagram

A excentricidade sempre fez parte do folclore em torno de Chiquinho Scarpa. O conde, um dos últimos quatrocentões de São Paulo, já disse que enterraria um carro caríssimo no quintal de casa, que tinha uma criação de anões e que já havia dormido com mais de 7 mil mulheres.

Morador de um palacete avaliado em R$ 63 milhões, que ele tenta vender há oito anos, Chiquinho pode passar um ano sem pisar num dos enormes cômodos do imóvel. E por lá já se perdeu da namorada, a corretora de imóveis Luana Risério. Para que isso não acontecesse com frequência, passou a monitorar a moça através de um microchip de GPS implantado sob a pele dela.

Além do microchip, que localiza Luana, de 35 anos (33 a menos que ele), em qualquer lugar do mundo, o conde ainda tem acesso a outro aplicativo de localização ligado diretamente ao celular da namorada, que mora com ele há pouco mais de um ano, desde que se mudou de Goiânia para São Paulo.

A engenhoca não é exclusividade de Chiquinho. Um grande número de empresários em São Paulo, por exemplo, já têm o chip implantado objetivando a própria segurança. Criado por uma empresa americana, pode custar R$ 30 mil.]

O palacete de R$ 63 milhões onde mora o conde Foto: reprodução/ Instagram

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz correa disse:

    Esse chiquinho é conhecido, parece que a moça é só pra enfeite, ele gosta mesmo é de morder a fronha.

  2. PAULO disse:

    Se esse moda pega aqui em Natal,vai faltar chip para os "Boi"…….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. RUI disse:

    Esse é o chamado "MÓI"…….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Ujuara disse:

    Implantar um chip é fácil, tem dinheiro. Já evitar os chifres, isso é difícil… Pois não tem chip nem remédio que possa evitar. O cara pode cursar até uma faculdade, administrar uma empresa à distância, mas um casamento não tem como manter. Mulher nova não quer só dinheiro, ela quer dinheiro e "P" dura!

  5. Pito disse:

    Conde Chiquin da Cornalha

  6. Antonio Turci disse:

    Jesus deixou cada morador nesta Terra que só o cão agüenta.

  7. Cigano Lulu disse:

    Nada contra o coroa ser corno hi-tech assumido e juramentado.

  8. LOL disse:

    conde… nado à excentricidade!

  9. João Sem Braço disse:

    Nela foi implantado um chip, nele um par de chifres.

    • Pelé disse:

      Chifres senpre aos pares né? Milhares…. Dormiu com 7 mil mulheres? Um homo desses não conseguiria nem uma dezena nessa façanha… é sonho….

Detran implanta validação facial no processo de habilitação de condutores

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) iniciou o processo de validação facial nos serviços referentes a habilitações, renovação de CNH, alterações de categoria, inclusão de atividade remunerada e outros que exigem o sistema de biometria. A medida traz mais segurança no procedimento de captura de dados, possibilitando o combate a possíveis fraudes.

O novo sistema de Validação Pessoal reforça o processo de biometria que também conta com a captura das impressões digitais, fotografia do condutor e assinatura digital. No caso, o procedimento consiste em submeter o usuário a uma análise computadorizada da sua imagem, que é comparada com as informações fotográficas que constam no sistema de dados do Órgão gerador, apontando a aproximação da veracidade da imagem avaliada.

De acordo com gerente do Registro Nacional de Condutores do Detran, Rafael Soares, para que o sistema de validação facial aprove a imagem do cidadão analisado é preciso que o percentual de similaridade alcance 93%, abaixo disso haverá reprovação, sendo o processo avaliado manualmente e com exigências de comprovações de acordo com cada caso. “Até o momento detectamos quatro casos de similaridade abaixo do permitido pelo sistema, sendo um deles posteriormente aprovado, e os demais em avaliação”, informou.

O Detran ainda reforça que todo o procedimento para realização dos serviços de habilitação de condutores realizado antes da incorporação da validação facial continua valendo e sendo seguido dentro dos mesmos critérios e exigências, apenas incorporada mais uma etapa, que amplia a segurança e dificulta a possibilidade de uma pessoa tentar se passar por outra.

A medida segue as ações empreendidas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) que publicou a Portaria nº 1515/2018, dispondo sobre o procedimento de coleta e armazenamento da identificação de candidatos e condutores em processo de habilitação, mudança ou adição de categoria e renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sendo constituído um banco nacional de imagens incorporado ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (RENACH).

FOTOS: Futebol de VÁRzea: terrão em Goiânia usa câmeras de segurança e implanta o árbitro de vídeo

 Fotos: Reprodução / TV Anhanguera

O campeonato amador da região leste de Goiânia não é brincadeira. Se tiver polêmica, chamem o árbitro de vídeo! Utilizado pela primeira vez no Campeonato Brasileiro em 2019, o VAR virou o centro das discussões após muitas rodadas e gerou divergências entre clubes, críticos e torcedores.

Polêmicas à parte, a organização do jogo entre Bragantino e Ferragista Leste, que decidiram o campeonato disputado em um campo de terrão, usou a tecnologia e a criatividade para implantar o árbitro de vídeo no torneio, vencido nos pênaltis pelo Ferragista Leste.

Com câmeras de segurança instaladas em postes e no telhado do ginásio vizinho, o árbitro pôde checar instantaneamente qualquer lance necessário. Diferente do futebol profissional, os times envolvidos na partida também têm direito a pedir revisão do lance – uma vez cada. A novidade foi aprovada pelos jogadores e pela comunidade da região leste.

– Nós tivemos essa ideia de trazer o árbitro de vídeo para enriquecer o campeonato e para ajudar a arbitragem, checando alguma jogada desleal e punindo o jogador, pois no futebol de várzea não tem aquela segurança do futebol profissional – diz Maurício Ricardo, o organizador do campeonato.

Na final, o árbitro não teve tanto trabalho e checou no vídeo apenas um possível lance de pênalti, que não foi confirmado. Após 1 a 1 no tempo normal, o Ferragista Leste venceu nos pênaltis por 3 a 2.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ABC disse:

    Tá atrasado, na Pelada do Tio Gilson que ocorre há 9 anos, o VAR já é utilizado desde junho kkkk

    • Bento disse:

      Tá atrasado você.
      Não documentou, não registrou, inexistência de provas.
      O exemplo acima é inédito

    • Girafa disse:

      Chico Bento tudo foi registrado, vai tirar leite do boi…

Microsoft implanta fim de semana de 3 dias no Japão e produtividade aumenta 40%

Microsoft implantou em agosto fim de semana de três dias e registrou aumento de 40% na produtividade — Foto: Divulgação/Microsoft

A Microsoft do Japão introduziu uma nova estratégia com o objetivo de melhorar o equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho de seus funcionários: um fim de semana de três dias.

O Japão é conhecido por ter algumas das mais longas jornadas de trabalho do mundo – quase um quarto das empresas exigia que os funcionários cumprissem mais de 80 horas extras por mês, de acordo com uma pesquisa do governo japonês de 2016. O país então introduziu uma nova lei este ano, limitando as horas extras legais a 45 horas por mês e 360 horas por ano.

Ao implantar o fim de semana com três dias, a Microsoft descobriu que, ao diminuir horas na semana de trabalho, a produtividade teve um aumento expressivo. Em agosto, a empresa realizou o chamado “Desafio de Verão Escolha Trabalho-Vida 2019. Durante o mês, os 2.300 funcionários tiveram todas as sextas-feiras de folga. E a produtividade dentro da empresa aumentou 40% no período.

O estudo constatou que a semana de trabalho de quatro dias forçou os funcionários a usar seu tempo com mais eficiência – muitas das reuniões foram cortadas, encurtadas ou alteradas para reuniões virtuais em vez de presenciais.

Os funcionários também tiraram 25,4% menos dias de folga durante o mês, imprimiram 58,7% menos páginas e consumiram 23,1% menos eletricidade no escritório.

Ao final de agosto, pesquisa entre os funcionários mostrou que 92,1% deles aprovaram a semana de trabalho de quatro dias. Devido ao sucesso do programa, a Microsoft diz que planeja implementá-lo novamente no próximo inverno ou em outras datas no futuro.

G1