Detran implanta ponto eletrônico para todos os servidores

FOTO: Detran

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) implementou o sistema de ponto eletrônico para os servidores do órgão. A medida engloba nesse primeiro momento todas as coordenadorias da sede, em Natal, e, a partir de março, será implantada no interior do estado. Os coordenadores e subcoordenadores com função comissionada também estão inclusos na determinação.

O sistema eletrônico de frequência foi instituído pelo Decreto Nº 25.731, de 14 de Dezembro de 2015, que regulamenta o controle de frequência, a compensação de horas e o ponto facultativo nos órgãos da Administração direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo Estadual. As faltas não justificadas serão descontadas.

“Atualmente o controle da jornada de trabalho estava sendo feito pela assinatura da folha de frequência. Com o novo formato eletrônico será possível fazer um mais amplo controle de assiduidade, cumprimento dos horários de expediente e principalmente aumentar a produtividade do órgão. É uma maneira de gerir mais moderna e eficiente que se traduzirá num melhor serviço prestado à sociedade”, explica Wellington Tinôco, Coordenador Administrativo do Detran.

A implantação do Ponto Eletrônico no órgão é um trabalho conjunto entre a Subcoordenadoria de Recursos Humanos e a Subcoordenadoria de Informática, em parceria com Escola de TI do Governo do Estado do RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joana disse:

    Que lei é essa que professores não podem registrar presença com ponto eletrônico?

  2. Paulo disse:

    BG.
    Isso pra conversa pra boi dormir, Detran é símbolo de ineficiência, bate papo dos funcionarios e atendimento péssimo.

  3. TARCÍSIO TEIXEIRA MARINHO disse:

    Parabens para direção do DETRAN. Ponto eletrônico, beneficia o bom funcionário. O "barnabe" reclama porque não tem compromisso com a instituição.

  4. Flavio disse:

    E os outros órgãos, é muito esquema nessas secretárias. Sem ponto, cada um faz o que quer, inclusive usa horário de expediente pra namorar. Kkkkk

  5. Ojuara disse:

    Eita, acabou a boquinha. Kkkkkk

    • Assis Fernandes disse:

      Se não for com a digital na entrada e na saída nada muda…me engana que eu gosto, kkkkk

  6. José disse:

    Vai colocar na UERN?

  7. Chico Cesar. disse:

    Na UERN vai ser implantado quando? Acho muito importante o ponto eletrônico para os técnicos e principalmente para os PROFESSORES!

    • Wallton disse:

      Os professores são dispensados por lei da feitura do ponto eletrônico.

Chiquinho Scarpa implanta chip de GPS para encontrar namorada onda ela estiver

Fotos: reprodução/ Instagram

A excentricidade sempre fez parte do folclore em torno de Chiquinho Scarpa. O conde, um dos últimos quatrocentões de São Paulo, já disse que enterraria um carro caríssimo no quintal de casa, que tinha uma criação de anões e que já havia dormido com mais de 7 mil mulheres.

Morador de um palacete avaliado em R$ 63 milhões, que ele tenta vender há oito anos, Chiquinho pode passar um ano sem pisar num dos enormes cômodos do imóvel. E por lá já se perdeu da namorada, a corretora de imóveis Luana Risério. Para que isso não acontecesse com frequência, passou a monitorar a moça através de um microchip de GPS implantado sob a pele dela.

Além do microchip, que localiza Luana, de 35 anos (33 a menos que ele), em qualquer lugar do mundo, o conde ainda tem acesso a outro aplicativo de localização ligado diretamente ao celular da namorada, que mora com ele há pouco mais de um ano, desde que se mudou de Goiânia para São Paulo.

A engenhoca não é exclusividade de Chiquinho. Um grande número de empresários em São Paulo, por exemplo, já têm o chip implantado objetivando a própria segurança. Criado por uma empresa americana, pode custar R$ 30 mil.]

O palacete de R$ 63 milhões onde mora o conde Foto: reprodução/ Instagram

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz correa disse:

    Esse chiquinho é conhecido, parece que a moça é só pra enfeite, ele gosta mesmo é de morder a fronha.

  2. PAULO disse:

    Se esse moda pega aqui em Natal,vai faltar chip para os "Boi"…….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. RUI disse:

    Esse é o chamado "MÓI"…….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Ujuara disse:

    Implantar um chip é fácil, tem dinheiro. Já evitar os chifres, isso é difícil… Pois não tem chip nem remédio que possa evitar. O cara pode cursar até uma faculdade, administrar uma empresa à distância, mas um casamento não tem como manter. Mulher nova não quer só dinheiro, ela quer dinheiro e "P" dura!

  5. Pito disse:

    Conde Chiquin da Cornalha

  6. Antonio Turci disse:

    Jesus deixou cada morador nesta Terra que só o cão agüenta.

  7. Cigano Lulu disse:

    Nada contra o coroa ser corno hi-tech assumido e juramentado.

  8. LOL disse:

    conde… nado à excentricidade!

  9. João Sem Braço disse:

    Nela foi implantado um chip, nele um par de chifres.

    • Pelé disse:

      Chifres senpre aos pares né? Milhares…. Dormiu com 7 mil mulheres? Um homo desses não conseguiria nem uma dezena nessa façanha… é sonho….

Detran implanta validação facial no processo de habilitação de condutores

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) iniciou o processo de validação facial nos serviços referentes a habilitações, renovação de CNH, alterações de categoria, inclusão de atividade remunerada e outros que exigem o sistema de biometria. A medida traz mais segurança no procedimento de captura de dados, possibilitando o combate a possíveis fraudes.

O novo sistema de Validação Pessoal reforça o processo de biometria que também conta com a captura das impressões digitais, fotografia do condutor e assinatura digital. No caso, o procedimento consiste em submeter o usuário a uma análise computadorizada da sua imagem, que é comparada com as informações fotográficas que constam no sistema de dados do Órgão gerador, apontando a aproximação da veracidade da imagem avaliada.

De acordo com gerente do Registro Nacional de Condutores do Detran, Rafael Soares, para que o sistema de validação facial aprove a imagem do cidadão analisado é preciso que o percentual de similaridade alcance 93%, abaixo disso haverá reprovação, sendo o processo avaliado manualmente e com exigências de comprovações de acordo com cada caso. “Até o momento detectamos quatro casos de similaridade abaixo do permitido pelo sistema, sendo um deles posteriormente aprovado, e os demais em avaliação”, informou.

O Detran ainda reforça que todo o procedimento para realização dos serviços de habilitação de condutores realizado antes da incorporação da validação facial continua valendo e sendo seguido dentro dos mesmos critérios e exigências, apenas incorporada mais uma etapa, que amplia a segurança e dificulta a possibilidade de uma pessoa tentar se passar por outra.

A medida segue as ações empreendidas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) que publicou a Portaria nº 1515/2018, dispondo sobre o procedimento de coleta e armazenamento da identificação de candidatos e condutores em processo de habilitação, mudança ou adição de categoria e renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sendo constituído um banco nacional de imagens incorporado ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (RENACH).

FOTOS: Futebol de VÁRzea: terrão em Goiânia usa câmeras de segurança e implanta o árbitro de vídeo

 Fotos: Reprodução / TV Anhanguera

O campeonato amador da região leste de Goiânia não é brincadeira. Se tiver polêmica, chamem o árbitro de vídeo! Utilizado pela primeira vez no Campeonato Brasileiro em 2019, o VAR virou o centro das discussões após muitas rodadas e gerou divergências entre clubes, críticos e torcedores.

Polêmicas à parte, a organização do jogo entre Bragantino e Ferragista Leste, que decidiram o campeonato disputado em um campo de terrão, usou a tecnologia e a criatividade para implantar o árbitro de vídeo no torneio, vencido nos pênaltis pelo Ferragista Leste.

Com câmeras de segurança instaladas em postes e no telhado do ginásio vizinho, o árbitro pôde checar instantaneamente qualquer lance necessário. Diferente do futebol profissional, os times envolvidos na partida também têm direito a pedir revisão do lance – uma vez cada. A novidade foi aprovada pelos jogadores e pela comunidade da região leste.

– Nós tivemos essa ideia de trazer o árbitro de vídeo para enriquecer o campeonato e para ajudar a arbitragem, checando alguma jogada desleal e punindo o jogador, pois no futebol de várzea não tem aquela segurança do futebol profissional – diz Maurício Ricardo, o organizador do campeonato.

Na final, o árbitro não teve tanto trabalho e checou no vídeo apenas um possível lance de pênalti, que não foi confirmado. Após 1 a 1 no tempo normal, o Ferragista Leste venceu nos pênaltis por 3 a 2.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ABC disse:

    Tá atrasado, na Pelada do Tio Gilson que ocorre há 9 anos, o VAR já é utilizado desde junho kkkk

    • Bento disse:

      Tá atrasado você.
      Não documentou, não registrou, inexistência de provas.
      O exemplo acima é inédito

    • Girafa disse:

      Chico Bento tudo foi registrado, vai tirar leite do boi…

Microsoft implanta fim de semana de 3 dias no Japão e produtividade aumenta 40%

Microsoft implantou em agosto fim de semana de três dias e registrou aumento de 40% na produtividade — Foto: Divulgação/Microsoft

A Microsoft do Japão introduziu uma nova estratégia com o objetivo de melhorar o equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho de seus funcionários: um fim de semana de três dias.

O Japão é conhecido por ter algumas das mais longas jornadas de trabalho do mundo – quase um quarto das empresas exigia que os funcionários cumprissem mais de 80 horas extras por mês, de acordo com uma pesquisa do governo japonês de 2016. O país então introduziu uma nova lei este ano, limitando as horas extras legais a 45 horas por mês e 360 horas por ano.

Ao implantar o fim de semana com três dias, a Microsoft descobriu que, ao diminuir horas na semana de trabalho, a produtividade teve um aumento expressivo. Em agosto, a empresa realizou o chamado “Desafio de Verão Escolha Trabalho-Vida 2019. Durante o mês, os 2.300 funcionários tiveram todas as sextas-feiras de folga. E a produtividade dentro da empresa aumentou 40% no período.

O estudo constatou que a semana de trabalho de quatro dias forçou os funcionários a usar seu tempo com mais eficiência – muitas das reuniões foram cortadas, encurtadas ou alteradas para reuniões virtuais em vez de presenciais.

Os funcionários também tiraram 25,4% menos dias de folga durante o mês, imprimiram 58,7% menos páginas e consumiram 23,1% menos eletricidade no escritório.

Ao final de agosto, pesquisa entre os funcionários mostrou que 92,1% deles aprovaram a semana de trabalho de quatro dias. Devido ao sucesso do programa, a Microsoft diz que planeja implementá-lo novamente no próximo inverno ou em outras datas no futuro.

G1