Após decisão do TRE, em nota de esclarecimento, Sandro Pimentel informa que vai recorrer

Nota de esclarecimento ao povo do Rio Grande do Norte

Desde o primeiro momento em que fui, de maneira injusta, impedido de ser diplomado, estamos em uma batalha judicial para garantir a legitimidade da escolha feita por mais de 19 mil potiguares. Temos total convicção da falta de elementos que justifiquem esta condenação, ao mesmo tempo que respeitamos o processo legal. Inclusive abrimos o sigilo bancário de assessores e o meu próprio, deixando a disposição todos os dados que provam que não há ilegalidade nos recursos utilizados durante a campanha.

Usando das nossas prerrogativas legais, iremos recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral. Não apenas eu, mas todos que fazem parte de nossa construção popular temos convicção de que a licitude de nossa campanha será provada na instância superior. Seguiremos construindo o nosso mandato enquanto o TSE analisa o recurso.

Confiamos que a justiça desse país não irá calar o desejo do povo de ter um mandato popular na Assembleia Legislativa do RN.

Sandro Pimentel
Deputado Estadual eleito com 19158 votos

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Andre Pinto disse:

    E daí…

    Toletinho se ferrou.

Mandato de Sandro Pimentel é cassado no TRE

Foto: Assessoria/TRE-RN

Por maioria dos votos, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) julgou procedente a representação formulada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) que pedia a cassação do diploma do Deputado Estadual Sandro Pimentel, eleito no pleito de 2018 pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), em virtude da captação ilícita de recursos financeiros.

O processo retornou à pauta na sessão plenária desta terça-feira (30) após o Presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, pedir vista na votação do dia 16 de julho, para melhor análise dos autos. Em conclusão, o voto-vista do Desembargador seguiu parcialmente o entendimento do relator – na época, o juiz Francisco Glauber Pessoa Alves, sendo acompanhado por maioria da Corte Eleitoral, e ficando vencidos o Desembargador Cornélio Alves e o juiz Wlademir Capistrano, que votaram pela improcedência da representação.

A irregularidade identificada caracteriza-se pela realização de sete depósitos bancários entre os dias 10 de setembro e 01 de outubro de 2018 sem que fosse comprovada a origem dos recursos na campanha. Como demonstrou a análise, o valores irregulares representaram 78,22% dos valores totais arrecadados por Sandro Pimentel na campanha eleitoral. Esse fato, de acordo com a legislação, desfavorece a igualdade, transparência e lisura da disputa eleitoral.

Com a decisão proferida pelo TRE-RN, os votos recebidos pelo Deputado Estadual nas Eleições de 2018 serão encaminhados para a legenda, de modo que o suplente, após ultrapassado o prazo do recurso, venha a assumir o cargo. A defesa do Deputado ainda tem a possibilidade de recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE); se assim for feito, a decisão definitiva será proferida posteriormente.

Veja mais: Após decisão do TRE, em nota de esclarecimento, Sandro Pimentel informa que vai recorrer

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Janicleide disse:

    Brasil de palhaçada, como alega um outro eleitor justiça engoli elefante e se engasga c formiga. Simplesmente pq partido é esquerda. Persiguiçao e nada mas… Golpe n Sandro Pimentel

  2. Lampejao disse:

    Recorre e não dá em nada……..

  3. Marcelo disse:

    Tem votos e será vereador da capital. Político profissional.

  4. Dr. Veneno disse:

    Não tenho procuração para defender o deputado cassado.
    Mas muitos elefantes já foram engolidos, pra tá se engasgando com uma mosca dessa.

  5. Bento disse:

    Cabe recurso.
    A acusação é fraca.
    Vai voltar.

ESTUPRO ELEITORAL: o misterioso caso de Sandro Pimentel

Terminada as eleições no dia 7 de outubro de 2018, foram definidos os deputados estaduais eleitos. Entre eles, Sandro Pimentel. Porém, de lá pra cá, a situação de comemoração teve um revés e se transformou em um filme de suspense, drama e com várias cenas de indefinição.

Sandro Pimentel vem sofrendo um verdadeiro estupro eleitoral. Não pelas contas julgadas. Não por isso. Mas sim pela suspensão da diplomação e a indefinição da posse. Nada, absolutamente nada, no futuro dele tem uma certeza. Ninguém sabe dizer sequer quem será empossado deputado estadual no próximo dia 1º de fevereiro mesmo tendo os votos para isso.

Apesar de haver gravidade na acusação, que deve ser apurada, diga-se de passagem, para saber se realmente procede, não deveria haver a suspensão liminar da diplomação, porque isso equivaleria a retirar o mandato dado pelo povo sem direito ao processo.

O Blog não vai entrar no mérito das contas, mas já se sabe que a defesa dele apresentou diversos recursos. Daqueles que até cansa de contabilizar. Vão desde um pedido de reconsideração da decisão da juíza-auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Adriana Cavalcanti Magalhães Faustino Ferreira, até agravos e mandados de segurança. Até agora uma liminar foi indeferida e só. Lembrando: acerca da diplomação.

No meio desse imbróglio jurídico-eleitoral, ainda surge Robério Paulino, companheiro de partido e primeiro suplente do PSOL, que judicializou o caso para impedir que Sandro fosse diplomado e, assim, que ele fosse chamado para ocupar a vaga. Fogo amigo pesado do “companheiro”.

Vale lembrar que o TRE retomou as sessões plenárias na última segunda-feira (21) com algumas pautas importantes, mas a de Sandro, o único dos eleitos em 2018 que segue com o futuro incerto, até agora nada. Há sim uma expectativa de que o processo entre na próxima pauta, mas vale lembrar que a posse já acontece em menos de duas semanas e que ainda existe um percurso jurídico para que o processo realmente em pauta.

O próprio diretório nacional PSOL entrou junto a Sandro Pimentel na ação. No pedido do PSOL o juiz relator Francisco Glauber concedeu um enorme prazo de 15 dias para o Ministério Público Eleitoral (MPE se pronunciar, prazo que se encerraria somente após a posse, ou seja…

Mesmo assim, o MPE, ciente da urgência que o caso demanda, deu um parecer em apenas 24 horas. Méritos para o parquet. E agora a devesa de Sandro tem cinco dias para se manifestar acerca da prestação de contas para que haja prazo suficiente para que ele ainda possa ser empossado, se for o caso. O problema é que cabe ao juiz colocar a matéria em pauta ou não para que o Pleno do TRE se posicione.

Vale acrescentar o detalhe de que o nome de Sandro Pimentel está no convite da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) como um dos 24 deputados que serão empossados para a 62ª legislatura da Casa.

E o fato é que Sandro está, até o momento, impedido de ser empossado deputado estadual em face uma decisão monocrática emitida em 18 de dezembro, há mais de um mês, e se perder os prazos, a situação se complica.

Um verdadeiro estupro eleitoral.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Morais disse:

    O imbróglio tá formado e, pelo jeito não eh só política que está em jogo. Meu pensamento e minha opinião se encontra hoje ha kms de distância da corrente politica a que meu amigo Sandro está filiado mas não posso deixar de manifestar o meu desejo de que ele logre exito,pois é competente e está muito alem do que prega seu partido que tem se mostrado atrasado e retrogrado. Votos de que tudo vai sair bem.

  2. paulo martins disse:

    Pimentel está saboreando o próprio veneno. Quem agora ele tenha reciclado sua forma de tratar melhor com juízes e outros agentes do Judiciário.

  3. Elion disse:

    Não estamos perdendo nada.

  4. Zélia batista dos santo disse:

    Estão fazendo uma grande injustiça com o Deputado eleito pelo povo Sandro Pimentel, Em quem confiaremos agora? na Justiça?

  5. José Dantas disse:

    Um poder sem limites, controle e subjetivo, baseado na mente de cada julgador ….

  6. Manoel disse:

    Sandro Pimentel, independente de lado político, é uma dos poucos políticos respeitados do nosso estado. Ele já esclareceu tudo, mas existem interesses políticos. Infelizmente os magistrados vivem de politicagem barata.

  7. Francisco Martins Alves Neto disse:

    Há interesses ocultos nesta história. Infelizmente pegaram Sandro Pimentel para ser a vítima. Não quero acreditar que ele não seja diplomado. Mas uma coisa é certa: a justiça é mais suja que a política.

  8. Everton disse:

    Esse Robério Paulino, demagogo de marca maior.. essa esquerda, tão viciada em poder quanto a direita.

  9. Pedro Lobo disse:

    Parabéns pelo artigo, BG.
    Votei no Sandro Pimentel, porém independentemente disso é muito estranha essa indefinição da justiça.
    E é ruim para todos: para ele, para a assembleia, para os eleitores e para própria Justiça.

  10. Rogério Rocha disse:

    Independe do partido ou de quem seja ou qual for o problema jurídico que uma pessoa eleita, escolhida pelo povo não pode passar por isso, CLARO QUE SEJA JULGADO E VERIFICADO A PROCEDÊNCIA OU NAO DOS FATOS, mas não se pode prejudicar a decorrência de um mandato desta forma.

  11. Leandro disse:

    Não é possível que os mais de 19.000 mil votos que a população seu ao deputado seja jogados fora. Único caso em todo o Brasil. Exigimos a diplomação imediata.

  12. Cidadão Indignado disse:

    Muito estranha essa decisão judicial. Com a palavra o CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA – CNJ.

PSOL promove ato em defesa da diplomação de Sandro Pimentel como deputado estadual

Fotos: assessoria

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) vai realizar na próxima quarta, 16, a partir das 9h, um ato em defesa da diplomação de Sandro Pimentel como deputado estadual. A manifestação acontecerá na praça Sete de Setembro, em frente à Assembleia Legislativa.

Sandro teve a diplomação suspensa a partir da decisão monocrática da então juíza auxiliar Adriana Cavalcante Magalhães Faustino, 24h antes da diplomação oficial dos eleitos no pleito de 2018. Nacionalmente, Sandro é o único parlamentar eleito que não teve o diploma expedido pela justiça eleitoral. Adriana deixou de ser juíza um dia após acatar o pedido de liminar do Ministério Público para suspender a diplomação do parlamentar eleito com 19.158 votos.

“O partido convoca a sua militância, apoiadores e defensores da democracia às ruas para que todos participem desse momento em solidariedade ao companheiro Sandro Pimentel e em defesa da democracia e do voto popular”, afirmou Danniel Morais, presidente da legenda no Rio Grande do Norte.

Sandro é o primeiro parlamentar do PSOL eleito para um cargo na Assembleia Legislativa do RN e se notabilizou, durante seus dois mandatos na Câmara Municipal de Natal, como um defensor dos servidores públicos, dos trabalhadores em geral, da transparência, dos animais e de uma nova forma de fazer política, com um mandato popular. Uma de suas ações mais conhecidas, por exemplo, é prestar contas semanalmente nos ônibus da cidade.

Deputado estadual Jacó Jácome emite note de esclarecimento sobre o episódio da não diplomação de Sandro Pimentel

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Deputado estadual Jacó Jácome em nome da verdade vem a público narrar e prestar os seguintes esclarecimentos sobre o episódio da não diplomação do Sr Sandro Pimentel.

Nas eleições de outubro passado o Deputado Jacó Jácome obteve 26.864 votos com sua prestação de contas aprovada, e o vereador Sandro Pimentel obteve 19.158 votos com prestação de contas desaprovada, ressaltando que o partido PSOL não alcançou o quociente eleitoral.

Não obstante, o deputado não é autor de nenhuma ação originária nem pessoal contra a diplomação do Sr Sandro Pimentel.

A procuradoria regional eleitoral através da ação de Nº 0601627-96.2018.6.20.0000, aponta as seguintes irregularidades consideradas graves na prestação de contas do candidato Sandro Pimentel:

A) Descumprimento do prazo de entrega dos relatórios financeiros;

B) Doações recebidas de pessoas físicas realizadas de forma distinta da opção de transferência eletrônica entre as contas bancárias do doador e do beneficiário
correspondente a 78%;

C) Omissão de sobras de campanha;

D)Divergências entre informações relativas ás despesas e receitas:

Em sua defesa, o vereador prefere atacar injusta e levianamente a pessoa do deputado Jacó Jácome de quem sempre mereceu respeito e amizade, em vez de focar sua defesa em respostas técnicas à justiça eleitoral e à opinião pública.

O PSD pugnando pela lisura do pleito e para ressalvar possível direito legitimo de seus filiados, impetrou a ação de representação por captação e gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais. Vale lembrar que o suplente Robério Paulino – PSOL ajuizou ação semelhante.

O Deputado Jacó Jácome reitera toda confiança e tranquilidade na decisão da Justiça Eleitoral porque entende que a prestação de contas não pode ser uma mera formalidade sem consequências ou desdobramentos.

Vale outra vez lembrar que há precedentes de perdas de mandatos no Rio Grande do Norte por irregularidades em prestação de contas.

Por fim, o Deputado Jacó Jácome não aceitará nenhuma tentativa de calúnia ou difamação e tomará as medidas legais cabíveis se forem necessárias.

Que Deus abençoe o Rio Grande do Norte.

ASSESSORIA JURÍDICA

MP Eleitoral: Sandro Pimentel não deve ser diplomado

Juízo Eleitoral nega mandado de segurança e representação do MP Eleitoral impede diplomação de Sandro Pimentel

O deputado estadual eleito pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) Sandro de Oliveira Pimentel não poderá ser diplomado por decisão do Juízo Eleitoral. A medida é resultado de representação ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral contra o candidato, por captação e gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais (art. 30-A da Lei 9.504/97). Embora o Sandro Pimentel tenha ingressado com um mandado de segurança para reverter a decisão, o pedido foi negado pelo juiz eleitoral Glauber Pessoa Alves, nesta quarta-feira (19).

De acordo com a representação, durante a campanha, Sandro Pimentel incorreu em condutas graves como o descumprimento do prazo para entrega de relatórios financeiros e recebeu doações de pessoas físicas sem ser por transferência bancária, método que permite a identificação do doador, como forma de impedir arrecadações de fontes ilícitas. Além disso, realizou doação não registrada na declaração de bens apresentada, por ocasião do registro de candidatura; tendo ainda omitido sobras de campanha. A representação do MP Eleitoral narra que houve divergência entre as informações relativas às despesas na prestação de contas final e parcial.

“A análise técnica das contas prestadas pelo representado relativas ao pleito de 2018 permite identificar pontualmente irregularidades de grande relevância e gravidade, o que configura ilicitude na arrecadação e gasto eleitoral”, destaca o procurador da República Fernando Rocha que ingressou com a representação.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nasto disse:

    Não votei em SANDRO, acho que é sacanagem com ele essa medida. Mais estamos no BRASIL e tudo é possível. Tem algum interesse por trás disso.

  2. Condutor disse:

    Poder Judiciário consagra mais uma vez sua imoralidade. Depois, querem ser respeitados e ficam com raivinha se alguém fala mal.

  3. Lucio disse:

    Justiça funciona de um jeito pra uns e pra outros como o caso do Kerinho, de outro.
    Uma vergonha essa personalização e ativismo partidário declarado do nisso desmoralizado judiciário, cheio de privilégios e auxílios.

Ação do MPE suspende diplomação de Sandro Pimentel nesta quarta

Liminar do Ministério Público Eleitoral(MPE) atendida pelo TRE e confirmada nesta terça-feira(18) suspende a diplomação de do deputado estadual eleito Sandro Pimentel(PSOL) nesta quarta-feira(19).

Pedido do MPE atendido pelo TRE(RN) foi despachado através da juíza eleitoral Adriana Magalhães. Decisão monocrática, vale destacar, é inédita na Justiça potiguar.

Diante da liminar, o deputado estadual eleito pelo PSOL fica sem o diploma até o colegiado analisar a decisão da juíza eleitoral.

Próximos passos

Se o plenário acompanhar a decisão da juíza Adriana Magalhães e os votos do deputado do PSOL forem considerados nulos, o quociente eleitoral será recalculado.

Veja também: TRE-RN cumpre decisão do TSE, refaz o cálculo do quociente eleitoral para eleição e torna Beto Rosado deputado federal

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dílson Sobral disse:

    Se melhorar estragar!!!

Sandro Pimentel: “Se Carlos Eduardo usou dinheiro, vou denunciá-lo por crime de responsabilidade”

Reprodução: Twitter – vereador Sandro Pimentel(PSOL)

Ao portal Agora RN nesta quarta-feira(28), o vereador Sandro Pimentel(PSOL), disse que pretende entrar com processo contra o prefeito por “crime de responsabilidade” caso fique comprovada a utilização dos valores já em 2016. O valor deu entrada na representação contra o prefeito Carlos Eduardo (PDT) por ilegalidade na antecipação de recursos do IPTU 2017,

“Se ele tiver usado o dinheiro, e se eu tiver como provar isso, vou abrir processo por crime de responsabilidade contra ele. Vou pedir oficialmente à Secretaria Municipal de Planejamento que me informe sobre isso. É um direito meu fiscalizar o Executivo”, declarou o vereador em contato com o Portal Agora RN(veja mais detalhes aqui).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lauro Duarte da Costa disse:

    OUVI SEU PÉSSIMO COMENTÁRIO NA CÂMARA, HOJE, 06/06/2017. NÃO APROVO NADA QUE O SEU PARTIDO PSOL DEFENDE. SOU, DESDE 1959, QUANDO ESCUTEI O MEU PAI, UM SIMPLES HOMEM TRABALHADOR DAS SALINAS, AFIRMAR: " MEUS FILHOS, NUNCA VOTEM EM PARTIDO COMUNISTA !".
    ELE ESTAVA CERTO. NÃO APROVO NADA DO PSDB, DO PMBD, DO DEM, MAS JAMAIS APROVAREI QUAISQUER DEFESAS FEITAS PELOS PARTIDOS PSOL, REDE, PCdoB e, O PIOR DE TODOS, O MAIS CORRUPTO DO MUNDO, O FAMIGERADO PT.
    ANDO MUITO DE ONIBUS, PRINCIPALMENTE NAS LINHAS 30, 31, 31a, 52 E 51, E SIM UM DIA EU ESTIVER DENTRO DO ONIBUS E VOCÊ ESTIVER FALANDO MENTIRAS PARA O POVO, EU SEREI O PRIMEIRO A REAGIR; NÃO PENSE QUE VOU APLAUDI-LO NÃO, MUITO PELO CONTRÁRIO !.
    O QUE BOLSONARO (TAMBÉM NÃO VOTAREI NELE) PENSA DA BANDIDAGEM, DA MARGINALIDADE, DOS CORRUPTOS, EU, EU, SOU UMA TREZENTAS VEZES MAIS RADICAL. POR EXEMPLO: BANDIDO PARA MIM NÃO DEVERIA NEM SER PRESO, DEVERIA SER: PEGOU MATOU. POR MIM, NÃO EXISTIRIAM PENITÊNCIÁRIAS, A JUSTIÇA SERIA FEITA NA HORA DO DELITO. SOU CATÓLICO PRATICANTE E TRABALHO EM PASTORAIS (MENOS A CARCERÁRIA, EVIDENTEMENTE), E BANDIDO, QUALQUER UM, PARA SER BOM, DEVERIA SER MORTO !.
    NÃO ACREDITO EM RECUPERAÇÃO DE MARGINAIS.
    FORA TEMER, FORA TEMER, FORA PSBD, FORA PMDB, FORA DEM, MAS FORA TAMBÉM E PRINCIPALMENTE O PSOL, O PCdoB, A REDE E O PT.

  2. Alberto Fonseca Campelo disse:

    Os valores do IPTU sobem todo ano e dão ao imóvel um preço irreal, onde ninguém vende pelo valor especificado na avaliação da prefeitura, muito acima da realidade.
    Como bem lembrou outro dia um leitor aqui no blog, o IPTU era entregue em janeiro para pagamento em fevereiro.
    Passou a ser entregue em dezembro para pagamento em janeiro e agora é entregue em dezembro para pagamento em dezembro, heim? Ano que vem será entregue em novembro para pagamento em dezembro? Logo, logo, teremos um ano dentro de antecipação do IPTU, será? O poder público pode tudo?
    Mas se a prefeitura quiser me indenizar pelo exato valor que eles avaliam minha casa, coloco hoje a disposição deles. É o povo sempre sofrendo nas mãos dos políticos, sem oferecer qualquer resistência. Eita brasileiro acomodado, por isso estamos vivendo tempos de desordem, descontrole, falta de recursos, falta de emprego, falta de segurança, falta de saúde, falta de vergonha…

    • Ramon Davi disse:

      BOA AMIGO.

    • FRASQUEIRINO disse:

      Perfeito o seu comentário. O IPTU ano 2016 que foi gerado carnet para pagamento em parcela única em Dezembro de 2015 teve o desconto de 22%; mas quem optasse em pagar em Janeiro/2016 a parcela única tinha um desconto de 15%. Pois bem, esse ano (IPTU referente a 2017) o desconto para quem pretende pagar de uma só vez em janeiro/2017, caiu para 10%. Esse prefeito e o tal de Ludenilson, Secretário Municipal de Finanças, estão lascando o contribuinte. E Carlos Alves já ANUNCIOU QUE PARA 2018 VAI HAVER AUMENTO NA TAXA DE LIXO.

    • Luciana Morais Gama disse:

      Parabéns Alberto pelo comentário verdadeiro. Impechiment já!!!

    • comedor de coxinha disse:

      O meu IPTU, comparado com o do ano passado, teve aumento de 15,76% e perguntem se eu paguei.
      São realmente umas antas, esses nossos gestores.

FOGO AMIGO: Marcos Antônio revela que Sandro Pimentel já pediu a cabeça dele mais de 20 vezes

marcos psolO PSOL mostrou hoje não ser um partido tão unido internamente. Hoje, durante a votação, o vereador Marcos Antônio (PSOL), irritado com a postura do colega de legenda Sandro Pimentel de ir contra o arquivamento do processo do Conselho de Ética, externou problemas internos do partido. Ele disse que Sandro já pediu a sua cabeça mais de 20 vezes.

“Não sou de falar de políticas internas do partido, mas tem colega aqui que já foi na imprensa 23 vezes para pedir minha cabeça. Foram 23 vezes. Não sei porque isso”, disparou em tom irônico.

Sandro Pimentel não rebateu às acusações de Marcos Antônio, como também não as negou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João disse:

    Sandro Pimentel é uma piada. Não acompanho muito de perto, mas já vi alguns pronunciamentos do vereador Marcos Antônio. Diferentemente da grande maioria que está lá, me parece um homem coerente e que trabalha pelos interesses do povo. Inclusive, pelo que li, o coloco como responsável pelo início das investigações que foram deflagradas na assembleia legislativa. Ele que solicitou inúmeras vezes ao presidente da casa a lista de funcionários para a identificação de funcionários fantasmas. Parabéns ao vereador! É uma pena que a população não acompanhe minimamente o trabalho dos seus políticos. Este é mais um que deverá sucumbir diante do poderio econômico dos demais candidatos nas próximas eleições.

  2. Daniel disse:

    Finalmente caiu a mascara do calhorda Sandro Pimentel, esse camarada tem que ser expulso do PSOL urgentemente, ele e sua corja de Sao Paulo, RS e MG que vieram pra Natal esculhambar o PSOL. Fora Sandro Pimentel, deixe nosso PSOL e va pra um partido que comunga de suas posicoes, tipo DEM, PSDB, PMDB, mas antes passe no TRE e faça a prestacao de contas do partido que faz 10 anos que vc nao faz.

  3. Junior pinheiro disse:

    Um partido nanico radical entre eles mesmos….ainda bem que é só de um mandato, o povo nao é besta, nao contribuiram em nada…..só brigas e confusoes!!!!

  4. juscelino disse:

    sou do psol de lagoa salgada
    este vereador tem que sai do psol

Sandro Pimentel acusa colegas da Câmara de não terem moral e deve responder processo na Comissão de Ética

sandropimentelO vereador Sandro Pimentel (PSOL) deve terminar indo responder a um novo processo na Comissão de Ética. Isso porque na sessão calorosa desta quarta-feira (18), em que foi votado o processo do vereador Marcos Antônio (PSOL) acusado de ser negligente no caso do mensalinho, Sandro disse que nenhum parlamentar teria moral para julgar alguém. E essa fala foi dita reiteradas vezes.

Diante da acusação de Sandro, alguns vereadores ficaram transtornados e trataram de se antecipar prometendo protocolar uma ação contra o vereador.

Klaus Araújo disse que as palavras de Sandro desmoralizam toda a Câmara Municipal do Natal (CMN). “O vereador desmoralizou a Casa inteira. Ele disse que ninguém tinha moral para nenhum julgamento. Ora, ele que entregue a cadeira dele então. Eu não aceito essa denúncia e vou fazer acusação a comissão de ética”, disse.

O vereador Aroldo Alves foi outro que disse que iria apresentar uma denúncia na Comissão. “O que foi dito aqui nunca poderia ser dito. Isso é um desrespeito à Casa. Portanto, vou apresentar uma denúncia contra ele na Comissão de Ética para que o vereador responda pelo que falou”, disse.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Julio Protásio disse:

    Absurdo! Esse senhor achar que pode falar tudo contra todos, ganha salário na UFRN sem trabalhar e como vereador, diz que trabalha mais o chefe dele que abona a folha de ponto é filiado é subordinado ao partido dele

  2. sil disse:

    esse nosso pais esta um verdadeiro puteiro se é na camara e no senado as coisas vão de acordo com á barganha e aqui na camara municipal as brigas se tornam um desrespeito para com á população desta cidade chamada natal.

  3. Por um Brasil melhor disse:

    Esses nossos representantes estão ganhando muito dinheiro e produção em prol da população muito pouca, alguma coisa tem que mudar, a câmara até parece a casa da mão Joana, sem querer ofendê-la,
    muito mi mi mi mi, esqueceram para que foram eleitos?

  4. Junior pinheiro disse:

    Essa lei é muito hilária tolerar tantas coisas….a começar pelo fato de o cara quase nao ser votado e eleger-se a custa de outro, ou seja, representa ninguem!!!como pode isso!!???brincadeira!!!

Sandro Pimentel protocola abertura de CEI para apurar o engavetamento de processos na SEGELM‏

Diante de denúncia feita ao mandato do vereador Sandro Pimentel (PSOL) sobre engavetamento de processos na Prefeitura de Natal, o vereador e parte de sua equipe foram no último dia 28 à Secretaria Municipal de Administração e Gestão Estratégica (SEGELM) para, dentro de suas prerrogativas como  vereador, averiguar a situação denunciada.

Chegando à Secretaria, pode-se comprovar a quantidade de processos acumulados em estantes e mesas que ainda não tinham parecer definitivo. Existiam processos datados de 2007 no local, ou seja, ainda da gestão anterior do Prefeito Carlos Eduardo.

Tendo em vista esses fato, o vereador Sandro Pimentel protocolou hoje (08) abertura de Comissão Especial de Inquérito para apurar esse problema. Até o momento,os seguintes vereadores também assinaram o documento que institui a CEI: Marcos Antonio (PSOL), Aroldo Alves (PSDB), Fernando Lucena (PT), Paulinho Freire (PROS), Maurício Gurgel (PHS), Eleika Bezerra (PSDC), Dagô de Andrade (DEM), Amanda Gurgel (PSTU), Bertone Marinho (PMDB) e Ubaldo Fernandes (PMDB).

Sobre a visita à Segelm

Ao conversar com o secretário adjunto Álvaro Murilo, constatou-se que os processos sem andamento na secretaria são mais do que os 4 mil denunciados, podendo chegar até  20 mil, referentes aos mais diferentes assuntos. Já o secretário da Segelm, Fábio Sarinho Paiva, em conversa com o vereador Sandro Pimentel, afirmou que não se tem conhecimento do número exato dos processos existentes no local.

Ao abrir os armários ficou visível o número muito elevado de processos parados e das mais variadas ordens: gratificações, quinquênio, insalubridade, mudança de nível, dentre outros.

Hildeberto Medeiros, nutricionista do município, estava presente no momento em que o mandato de Sandro Pimentel estava na Segelm e é um dos servidores prejudicados com a lentidão e a burocracia. Ele fala que o processo dele está parado há três meses mesmo com parecer favorável da procuradoria. O que mais chama atenção é que o Processo de Hildeberto já tramita desde 2011. “É o reconhecimento de um direito seu, no mínimo deveria ser implantado”, conclui o servidor.

Com relação ao quinquênio atrasado de milhares de servidores, o secretário adjunto afirmou que dos 4 mil denunciados, 1260 foram pagos nos últimos 20 meses e que foi formada uma comissão para reavaliar a rotina processual para reduzir o tempo de resposta aos processos. Segundo ele, o estudo da comissão deve ser concluído em 20 dias.

Contudo o problema não é só da lentidão burocrática, o Conselho de Desenvolvimento do Município (CDM) deliberou no início deste ano que nenhum processo referente à mudança de nível será implementado por questões de orçamento insuficiente. Da mesma forma, os demais tipos de processos que não sejam deste ano, ficarão parados. O que constitui claro engavetamento dos processos, a maioria de direitos trabalhistas. Sem esperança de ter os processos finalizados, é comum os servidores partirem para a justiça para conseguir receber os direitos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria disse:

    Lute por nós vereador, pois se dependermos deste Prefeito, além de processo nenhum será desengavetado como também ficaremos mais QUATRO anos sem reajuste salarial. Isso ele faz muito bem!!! Vereador, Parabéns pela vitória!! ( Acompanhando o desenrolar do castra móvel ) Abraço.

  2. Adalberto disse:

    Valeu Vereador Sandro, até que enfim alguém tomou uma providência. Os servidores da Prefeitura do Natal agradecem.

  3. Felipe Godeiro disse:

    Eita vereador corajoso. Não votei nele, nem conhecia muito seu perfil, mas ele tem se mostrado comprometido, coerente com suas propostas e muito atuante, tá cumprindo bem seu papel e incomodando muito político acomodado de Natal e tb outros parasitas que só querem sugar da máquina pública. Parabéns vereador, continue assim!!! Daqui a pouco vão aparecer aqui os babões dos políticos raposas velhas, comentando que ele só faz falar besteira e só quer aparecer KKKK

Sandro Pimentel diz que Adão Eridan o agrediu moralmente

Ocorreu hoje mais um capítulo da novela envolvendo a troca de acusações entre os vereadores Adão Eridan (PR) e Sandro Pimentel (PSOL), na Comissão de Ética da Câmara Municipal de Natal.

Hoje foi a vez de Sandro contar sua versão. “No dia que ele me agrediu moralmente, pedi para ele se retratar. Como não se retratou, entrei com denúncia na Comissão de Ética”, declarou.

Já Adão acusa Sandro de denegrir sua imagem em veículos de comunicação, na Tribuna da Câmara e por meio de faixas nas ruas. “Não quero que nenhum colega perca o mandato, mas espero uma punição”, afirmou.

No final, a briga entre os dois foi resumida pelo presidente da comissão, vereador Bertone Marinho (PMDB), como uma “troca de insultos”. A Comissão ainda avaliará acusações da vereadora Amanda Gurgel (PSTU) contra Adão e do vereador Aroldo Alves (PSDB) contra Amanda.

Adão Eridan diz que não quer cassação de Sandro Pimentel, mas pede punição

Em depoimento prestado à Comissão de Ética da Câmara Municipal de Natal na manhã desta terça-feira (19), o vereador Adão Eridan (PR), que entrou com representação contra Sandro Pimentel (PSOL), disse que não quer a cassação do colega, mas uma punição, devido aos “ataques que tem recebido”.

“Desde que assumiu a cadeira de vereador, Sandro tem denegrido a minha imagem. Não só na tribuna desta Casa, como nos veículos de comunicação – rádios, jornais, emissoras de televisão, redes sociais – e até faixas e panfletos. Ele me chama de corrupto, ladrão, bandido”, declarou Adão.

O vereador disse ainda que Pimentel tem se comportado desta forma com os demais vereadores também. “Se votarmos contra qualquer projeto ou emenda que ele seja a favor, ele vai no outro dia para as redes sociais e os veículos de comunicação denegrir nossa imagem”, denunciou.

Eridan disse que enquanto o vereador não mudar de comportamento continuará prestando queixas à Comissão de Ética, ao juizado especial e à delegacia de Polícia. “Não pedi cassação. Só espero que a Comissão de Ética dê uma punição e o vereador pare de denegrir a minha imagem, pois se ele continuar, continuarei denunciando”, finalizou.

"Bicho pegou" entre Sandro Pimentel(PSOL) e Adão Eridan(PR); pedido de prisão e processo

O atrito entre os vereadores Sandro Pimentel (PSOL) e Adão Eridan (PR) está longe de terminar e, mesmo com os pedidos de paz na Câmara Municipal de Natal, a cada dia, essa novela de discussões e troca de acusações ganha um novo capitulo. Depois que, na semana passada, Adão denunciou Sandro e Amanda por calunia e difamação, na 1º Delegacia de Polícia, foi a vez de Sandro, por meio de nota, pedir a prisão do parlamentar do PR.

“Que a Comissão de Ética aproveite para apurar quem cometeu crime, quem é machista, quem não tem produção parlamentar e quem é condenado por corrupção! Que a justiça seja célere e coloque o vereador Adão Eridan na cadeia”, afirmou Sandro Pimentel, que também foi denunciado por Adão Eridan no Conselho de Ética da Câmara Municipal e pode ser cassado.

Esse pedido de Sandro Pimentel se baseia no fato de Adão Eridan ter sido um dos condenados no escândalo de corrupção da Operação Impacto (Plano Diretor de Natal).

“Na verdade, o que mais querem é nos amedrontar e calar aqueles que fazem a diferença na Câmara. Querem cassar um dos mandatos que tem sido o elo das necessidades de povo e dos estudantes com o parlamento municipal. Querem aplicar um golpe à democracia e ferir de morte o processo democrático e legítimo resultante da última eleição. Não nos calarão! Não conseguirão nos amedrontar!”, acrescentou o vereador.

“Com o apoio da população, o mandato aprovou o Fim do Voto Secreto, garantindo transparência e ética nas votações da Câmara Municipal do Natal e pela primeira vez na história da nossa cidade, conseguiu garantir no orçamento para 2014, um montante aproximado de 8 milhões de reais para o esporte amador de Natal. Sandro Pimentel foi o único a destinar 100% das emendas parlamentares para construção de ciclovias em nossa cidade”, enumerou o vereador do PSOL.

“Tudo isso tem incomodado os políticos tradicionais que se utilizam da velha política, tanto é que nas últimas semanas alguns vereadores vêm fazendo ataques sistemáticos, não somente ao Vereador Sandro Pimentel, mais também aos parlamentares da Frente de Esquerda (Marcos Antônio – PSOL e Amanda Gurgel – PSTU). Tem sido uma série de agressões morais contra nossos legítimos representantes”, criticou.

Adão se defende e afirma: “Sandro vai ter que falar é com o delegado e o juizado

“Desde o início do ano que ele não tem feito outra coisa que não seja falar de mim, tentar denegrir a minha imagem, seja em entrevista, na televisão ou no plenário da Câmara. Pensei que fosse melhorar, mas não melhorou. Já denunciei os três (Sandro, Amanda Gurgel, PSTU; e Marcos Antônio, PSOL) e agora eles vão ter que falar é com o delegado e o juizado. Não tem acordo comigo”, afirmou Adão Eridan.

De Ciro Marques – Jornal de Hoje

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fina Ironia disse:

    Façam suas apostas… No octógono da Câmara Municipal, quem levará a melhor? Afinal de contas, todos já sabem quem levará a pior: Nós, o povo de Natal, pra variar…

  2. Anthony Lessa Júnior disse:

    O TJRN tem uma dívida grande como os natalenses por não ter julgado os recursos dos vereadores Adão Eridan, Aquino Neto e Julio Protasio – vereadores condenados por corrupção na Operação Impacto, e reeleitos para a atual legislatura – e, assim, permitir que eles "representem" a população na Câmara Municipal. Por que esse recursos ainda não foi apreciado? a quem interessa isso? …. E a imprensa por que silenciou???

  3. Ze disse:

    São todos farinha do mesmo saco provando como o voto é inútil.Vamos ver as próximas eleições.

Sandro Pimentel diz que presidente da Câmara Municipal de Natal abusa da autoridade e pede retorno das atividades na Casa

Untitled-9

O vereador e Dirigente Nacional e Presidente Estadual PSOL/RN tem reclamado do “recesso forçado” na Câmara Municipal de Natal, em decorrência dos manifestos ocorridos na casa recentemente. Ele vem cobrando do presidente da Câmara Municipal do Natal, Albert Dickson, o retorno das atividades, conforme a reprodução acima.

.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Demagogia é o que esse senhor sabe fazer com maestria, apoiam jovens que não tem compromisso com associedade e pelo que parece nem futuro, porque estudantes não são, que estudantes são esses que perdem tantos dias de aula ?

  2. Francisco Dias disse:

    Demagogia barata. Populismo despudorado. Se acha mesmo imoral receber sem trabalhar, devolva o salário ou doe a uma instituição. Duvido que faça. Esses comunistas só querem dividir o dos outros os deles ficam bem guardadinho para uso privado.
    Deixe esse discurso medíocre e sem fundo de verdade.

  3. primo das primas disse:

    Enquanto no RJ o pessoal procura Amarildo, aqui procuramos os responsáveis pelo crime contra o patrimônio publico.
    Mas, mesmo assim.. ainda gostaria de saber quem sao os "organizadores" do mega evento político? Se a convocação irritante através de alguma mídia sofisticada (talvez uma Kombi com som) poderia ter estimulado a aglomeração da grande massa de 12 pessoas? Quem seriam os infiltrados perversos "sem partido" (vandalos) nao identificados até agora pelos organizadores?
    Se qualquer cidadão convocasse muitas pessoas para irem a um evento não oficial ou oficial, e la acontecesse algum problema, quem seriam os responsáveis? É uma duvida que o setor jurídico da OAB poderia responder, afinal sempre prestou "bons serviços voluntariamente" durante as manifestações.
    Acho que a Camara poderia abrir uma campanha na Cidade: Quem vai pagar a conta?

  4. Marcelo disse:

    E cadê a descrição dos gastos da verba de gabinete que ele disse que iria fazer todo mês?

  5. Otavio disse:

    Foi eleito? C/ 700 votos.Entrou de carona isso sim.

  6. Renato disse:

    Alguém cai nesse discurso do vereador Sandro?
    Menos conversa fiada e mais respeito pelo cidadão que paga imposto e seu salário e não tem tempo livre pra ficar acampado amedrontando os funcionários da Casa.

  7. José de Brito disse:

    É O QUE DÁ, ELEGER PESSOAS QUE NÃO MERECE. VOTEM NOVAMENTE

  8. Carlos Viana disse:

    Ele que contribui para toda essa bagunça em frente da câmara.

    Deveria pelo menos parar de financiar o movimento e pedir para os "estudantes-funcionários" do mesmo se retirar da frente do prédio.

  9. Juliana direita disse:

    Tire seus estudantes/baderneiros lá da frente que as sessões retornam. Simples, nao?!
    E como sugestão, renuncie seu salário da semana de recesso forcado.

  10. Breno disse:

    Então manda ele tirar os "primos" dele da porta da CMN. Esse Sandro Pimentel…