Saúde

CoronaVac tem eficácia geral de 50,38%, diz Instituto Butantan

Foto: Divulgação

A vacina CoronaVac registrou 50,38% de eficácia global nos testes realizados no Brasil, segundo informou o Instituto Butantan em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (12).

Chamado de eficácia global, o índice aponta a capacidade da vacina de proteger em todos os casos – sejam eles leves, moderados ou graves. O número mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e também pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é de 50%.

Na semana passada, o instituto já havia anunciado que, nos testes feitos no país, o imunizante atingiu 78% de eficácia em casos leves e 100% em casos graves e moderados, ou seja, a vacina protegeu contra mortes e complicações mais severas da doença.

“Essa vacina tem segurança, tem eficácia, e todos os requisitos que justificam o uso emergencial”, defendeu o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, durante o anúncio.

Fotos: Divulgação/Instituto Butantan

“A gente tinha previsto que a vacina tinha que ter uma eficácia menor em casos mais leves e uma eficácia maior em casos moderados e graves e nós conseguimos demonstrar esse efeito biológico esperado. Esta é uma vacina eficaz. Temos uma vacina que consegue controlar a pandemia através desse efeito esperado que é a diminuição da intensidade da doença clínica”, afirmou o diretor de pesquisa do Instituto Butantan, Ricardo Palácios, ao apresentar os dados do estudo.

A CoronaVac é uma vacina contra a Covid-19 que usa vírus inativados. Ela é desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Butantan, que é vinculado ao governo de São Paulo.

Os testes foram feitos em 12.508 voluntários no país, todos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus, em 16 centros de pesquisa.

Segundo Ricardo Palácios, a vacina foi testada com os profissionais de saúde porque eles têm a maior exposição ao vírus, muito maior eu a população em geral.

“[O teste] não é a vida real exatamente. É um teste artificial, no qual selecionamos dentro das populações possíveis, selecionamos aquela população que a vacina poderia ser testada com a barra mais alta. A gente quer comparar os diferentes estudos, mas é o mesmo que comparar uma pessoa que faz uma corrida de 1km em um trecho plano e uma pessoa que faz uma corrida de 1 km em um trecho íngreme e cheio de obstáculos. Fizemos deliberadamente para colocar o teste mais difícil para essa vacina, porque se a vacina resistir a esse teste, iria se comportar infinitamente melhor em níveis comunitários”, disse.

Na Indonésia, dados preliminares de testes de fase 3 mostraram uma eficácia de 65,3% para a vacina. O país aprovou o uso emergencial da CoronaVac, e o presidente Joko Widodo deve receber a primeira dose nesta quarta-feira (13).

De acordo com os pesquisadores chineses, a CoronaVac não apresentou “nenhuma preocupação com relação à segurança”. A maioria das reações foram leves, sendo que a mais comum foi a dor no local da injeção.

Eficácia da CoronaVac

A eficácia de uma vacina contra Covid-19 é calculada com o auxílio de um protocolo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que classifica os casos da doença entre os voluntários dos testes. Essa tabela da OMS separa os voluntários em 10 níveis, sendo que o nível 0 corresponde a um paciente não infectado pela doença e o nível 10 equivale a um voluntário que morreu em decorrência do coronavírus.

A taxa de eficácia de 78%, apresentada pelo Instituto Butantan na última semana, foi calculada considerando somente casos de Covid-19 com pontuação maior ou igual a 3, comparando o grupo vacinado e o grupo que recebeu placebo, uma substância neutra.

Protocolo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que classifica os casos da doença entre os voluntários dos teste de uma vacina. — Foto: Jornal da USP

Ou seja, a eficácia de 78% demonstra o quanto a vacina é capaz de prevenir casos em que é confirmada a infecção pelo coronavírus, sintomática, e com necessidade de intervenção médica.

Outro dado apresentado pelo governo estadual na última semana, a eficácia de 100% em casos graves corresponde à capacidade da vacina CoronaVac em proteger casos de Covid-19 que exigem hospitalização, ou seja, superiores a 4 na escala da OMS.

Já a eficácia divulgada nesta terça (12) inclui também pacientes com Covid-19 considerados independentes, isto é, que apresentam apenas sintomas leves, sem necessidade de intervenção médica.

Dados incompletos

No sábado (9), a a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou que o Instituto Butantan entregou documentação incompleta dos testes feitos no país e cobrou o envio das informações.

Na ocasião, o instituto disse que a solicitação faz parte do processo e que seria prontamente atendida. Nesta segunda (11), o Butantan afirmou que 48% do processo já foi concluído e que a agência já analisou cerca de 40% dos documentos enviados.

Plano de vacinação

Em coletiva de imprensa nesta segunda (11), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), manteve o cronograma de vacinação definido pelo plano estadual e cobrou uma definição de data do Ministério da Saúde.

O Plano Estadual de Imunização (PEI) foi elaborado pelo governo paulista considerando justamente a aplicação da CoronaVac, que é produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com Butantan.

Questionado sobre como a data de início do plano estadual pode estar mantida – já que o Instituto Butantan assinou um contrato de exclusividade para fornecer a CoronaVac para o governo federal – Doria disse apenas que “a exclusividade é pela vida”.

O governador alegou ainda que “o sistema nacional de imunização será respeitado e atendido por São Paulo se atender São Paulo, dentro de critérios científicos”.

A promessa de Doria é utilizar os 5,2 mil postos de vacinação já existentes nos 645 municípios do estado e ampliar a rede para até 10 mil locais de vacinação por meio da utilização de escolas, quartéis da PM, estações de trem e terminais de ônibus, além de farmácias e de pontos de vacinação no sistema drive-thru.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Apesar de mais fraquinha e muito mais cara tô pensando em, de inicio, tomar essa chig ling, mesmo.
    Quando começar as vacinas de primeira linha aí reforço.

    1. Essa vacina não se aplica em bovinos. Mas em todo caso entra na fila, gado. Aproveita toma a de aftosa também.

  2. Infelizmente por essa polarização que mais parece imbecilização, muitos leram apenas o título.

  3. Pela tecnologia utilizada provavelmente a da Oxford tb será baixa comparada as demais, o que ñ os invibializa o seu uso. O problema é que o governo apostou todas suas fichas em apenas duas vacinas, e agora é o que temos ñ adianta chorar.

  4. O calça colada e a pepa não estavam espalhando fake, dizendo que era 78%. E aí? Cara ou coroa agora?
    Vai confiar num cara que quer vender o Brasil pra china? Quem for, vota nele em 2022!

    1. Tu não sabe ler não acessa o blog. Nem desenhando nos gráficos tu não sabe interpretar. É igual a Bolsonaro, um asno.

  5. Era 100%
    Passou pra 78%
    agora 50%
    Nao tomo nem amarado pelas bolas.
    Já sabemos tudo que vem da china e falso

  6. O problema é esses ,38 %. Engraçado é ver os caras que não querem o tratamento precoce por que a ciência e etc…Agora para a vachina disse a autoridade de SP "NÃO É HORA DE SERMOS TÃO CIENTISTAS " É O Brasileiro que é otário ou em todo mundo está sendo assim.

    1. Para seu remédio de verme, a eficácia provada é 0%. A vacina impede o vírus em 50% das pessoas, e ninguém morre. NÃO É MAIS QUESTÃO DE IDIOTICE, MAS DE MAU CARÁTER.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos, Maradona morre aos 60 anos após mal súbito

Foto: Reprodução/Facebook

Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira, aos 60 anos, após uma parada cardiorrespiratória. Um dos grandes da história do esporte e maior ídolo do futebol argentino, o astro sofreu o mal súbito no fim da manhã, quando ambulâncias foram chamadas à sua casa, onde se recuperava de uma cirurgia no cérebro. O ex-jogador, porém, não resistiu, tendo sua morte confirmada pela imprensa argentina e pela TV pública do país no começo da tarde.

Maior jogador argentino da história, venceu a Copa de 1986 com a seleção argentina, quando protagonizou lances históricos como o gol da “mão de Deus”, contra a Inglaterra.

Nos clubes, fez história no Boca Juniors e no Napoli, onde foi campeão italiano e da Uefa.

Nascido no bairro pobre de Villa Fiorito, na periferia de Buenos Aires, em 1960, se destacou desde cedo pela habilidade e a imparável canhota. Chegou ao futebol profissional pelo Argentinos Junior ainda na década de 70.

Ainda no sub-20, foi campeão mundial pela Argentina. No Mundial de 78, disputado na Argentina, foi preterido pelo técnico Cesar Luis Menotti, que não o levou para a Copa.

Logo despertou a atenção do Boca Juniors, para onde se transferiu em 1981 e sagrou-se campeão argentino.

O futebol exuberante de Diego chamou a atenção do Barcelona, que o comprou antes do Mundial da Espanha. Na Copa, no entanto, sua participação foi marcada pela derrota para o Brasil de Zico, Falcão e Sócrates. Naquele jogo, Maradona saiu expulso.

CNN Brasil e Globo Esporte

Opinião dos leitores

  1. Grande Maradona! Uma lenda, que agora fica na história dos maiores do futebol. Sempre vida lôka, que a vida cobrou a conta dos exageros… Vai na Paz! ??

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

ATENÇÃO, ELEITOR DE NATAL: TRE-RN informa mudanças em locais de votação

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) alerta para mudanças nos locais de votação das zonas eleitorais de Natal (1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 69ª) nas Eleições Municipais 2020. As alterações foram provocadas, em alguns casos, devido a limitações estruturais dos locais, e em outros, visando seguir as orientações do Plano de Segurança Sanitária do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os eleitores podem conferir os novos locais de votação utilizando uma das seguintes alternativas: acessando a listagem no site do TRE-RN; baixando o aplicativo e-Título, que trará a informação atualizada da zona e seção eleitoral; ou ainda entrando em contato com a Celina, assistente virtual do TRE, no endereço celina.tre-rn.jus.br, via perfil do TRE-RN no Facebook, ou buscando, no aplicativo de mensagem Telegram, o usuário @jern_bot.

A partir da próxima segunda (9), o Disque-Eleitor também estará disponível para esta consulta.

Confira abaixo as transferências do local de votação em Natal

(mais…)

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Detran/RN informa encerramento de atividades de Unidade Natal Shopping

Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) informa que a partir desta sexta-feira (30), encerrará as atividades na unidade do órgão localizada no Natal Shopping, em Natal.

A medida busca gerar economia da máquina pública fortalecendo outras unidades do Detran, pautando um atendimento de excelência ao cidadão e foi tomada de maneira planejada e somente após a gestão do Detran conseguir implementar diversos serviços online, nos quais o cidadão pode abrir e concluir processos remotamente, além de criar uma rede permanente de atendimento diretamente nas clínicas médicas e nos Centros de Formação de Condutores (CFCs), descentralizando os serviços e fazendo com que o usuário inicie o processo de Habilitação online, agende a conclua tudo na clínica, sem a necessidade de se dirigir a uma unidade do Detran.

Ressaltamos que o Detran continua em processo de aperfeiçoamento, modernização tecnológica, descentralização e melhoria do atendimento, implementando medidas gerenciais importantes para o usuário, como o agendamento com horário marcado, que concede celeridade ao processo, buscando assegurar cada vez mais ao cidadão um serviço de qualidade.

Em Natal, o Detran segue oferecendo os serviços ao público na sede do Órgão, no bairro de Cidade da Esperança, nos Shoppings Via Direta e Estação (Zona Norte), nas clínicas médicas credenciadas e pela internet.

Opinião dos leitores

  1. Fiz minha última renovação de habilitação lá, nessa unidade do Natal Shopping, ótimo serviço na contramão do que são as outras unidades. Infelizmente vai ser fechado, perde nós.

  2. Além de não emitir mais o carnê de IPVA sem sequer "lembrar" através de um email ou algo parecido aos usuários, propretários de veículos, não emite mais documentos para economizar, ABSURDO!!!

  3. Sem os papudinhos dos "pés inchados" andado pra lá e pra cá furando as filas, o Detran fica sem graça.

  4. Mais uma "grande obra " de Fatão, se escapar alguém vivo nesse desgoverno, o último a sair apague a luz.

  5. Lamentavel essa decisão.Fui muito bem atendido lá,sexta feira passada,dia 23 apesar de não ter agendado(agora tem q agendar,não sabia)tou com a habilitação vencendo.Fiz a foto,a assinatura,sai com os boletos para pagar.Só não fiz os exames porque a tal da Clinica ´só tinha a data de 22-12-20.Enquanto isso vou andar com os papeis no carro.

  6. A grade dúvida é, porque os eleitores (classes menos favorecidas) de GD votaram nela sabendo que ela não vai "ajudar/favorecer" a própria classe (diga-se professores) e ainda assim defendem tanto?

  7. Isso é a cara do governo do PT, prejudicar a população, trazer burocracia e desconforto para quem precisa do serviço público.

    1. Esse PT, ñ tem autoridade moral ,política
      e administrativo falar em nome do funcionalismo público ESTADUAL, até por que o primeiro ato da GOVERNADORA FÁTIMA do PT, desmoralizou os BARNABÉS que praticou DESIGUALDADE SOCIAL E INJUSTIÇA SOCIAL , beneficiando a ELITE dos maiores salários do ESTADO, enquanto os BARNABÉS há 11anos sem REPOSIÇÃO salarial .

  8. Era a única unidade do Detran com atendimento razoável. Nas demais atendem você com uma má vontade gigantesca.

  9. Economia da máquina pública?
    C A R A L H O, o orgão que arrecada com força querendo enxugar a máquina pública?
    Tem algo muito errado ai ein.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Governo Federal economiza R$ 1 bilhão com trabalho remoto de servidores, informa Ministério da Economia

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

O governo federal já economizou cerca de R$ 1 bilhão com o trabalho remoto de servidores públicos durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Este valor considera a redução de R$ 859 milhões nos gastos de custeio e a diminuição de R$ 161 milhões nos pagamentos de auxílios para os servidores, entre abril e agosto de 2020. Os dados foram divulgados, hoje (25), em Brasília, pelo Ministério da Economia.

Segundo o ministério, a economia em 5 meses com diárias, passagens e despesas com locomoção chegou a R$ 471.251.670,72. Com serviços de energia elétrica, a redução de gastos foi de R$ 255.547.553,27. A economia com serviços de cópias e reproduções de documentos alcançou R$ 9.732.645,44. E a redução de gastos com serviços de comunicação em geral atingiu R$ 89.565.596,69 e com serviços de água e esgoto, R$ 32.942.306,94.

Auxílios

Ainda em março, o Ministério da Economia informa que orientou os demais órgãos da Administração Pública Federal sobre a autorização para o trabalho remoto com a publicação da Instrução Normativa (IN) nº 28. A norma estabelece regras para a concessão do auxílio-transporte, do adicional noturno e dos adicionais ocupacionais aos servidores e empregados públicos que estejam executando suas atividades remotamente ou que estejam afastados de suas atividades presenciais.

Esta instrução gerou uma economia de R$ 161.452.701,82 aos cofres públicos entre abril e agosto deste ano. Entre os adicionais impactados pela medida estão os de insalubridade, irradiação ionizante, periculosidade, serviço extraordinário e noturno.

Teletrabalho

Para ampliar e normatizar a adoção do teletrabalho, a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SGP/SEDGG) publicou, no fim de julho deste ano, a Instrução Normativa nº 65.

De acordo com o ministério, a norma estabelece orientações para a adoção do regime de teletrabalho nos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (Sipec), focando na entrega de resultados e reduzindo despesas administrativas. Atualmente, cerca de 200 órgãos fazem parte deste sistema.

A implantação do programa de gestão é facultativa aos órgãos e entidades da Administração Pública Federal e deve ocorrer em função da conveniência e do interesse do serviço. Além de servidores efetivos, poderão participar do programa ocupantes de cargos em comissão, empregados públicos e contratados temporários. Cada órgão definirá, a partir de suas necessidades, quais atividades poderão ser desempenhadas a distância. Caberá ao dirigente máximo de cada pasta autorizar a implementação do programa.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

    1. Segurança também pode consertada. Primeira coisa é desmilitarizar as polícias. Taí a PRF como exemplo de sucesso.

    2. Tanto empresa pública como privada estão economizando com o trabalho remoto. O serviço não deixou de ser prestado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Governo do RN informa que retorno de aulas presenciais não deve acontecer até o fim de agosto e elabora protocolos para retomada

O Comitê Setorial da Educação do Governo do RN está elaborando três áreas de protocolos para quando for possível retomar as aulas presenciais na rede pública de ensino. O Secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Getúlio Marques, disse nesta quinta-feira, 30, que os protocolos são para as áreas pedagógica, normativa e de biossegurança.

“As aulas não foram suspensas, estão acontecendo por meios eletrônicos e via material impresso enviado para as comunidades rurais. O ano está comprometido, mas não perdido. Estamos fazendo todos os esforços para que não se perca o ano letivo de 2020”, afirmou o secretário na entrevista coletiva para atualização de dados e prestação de contas das ações da gestão estadual no enfrentamento à Covid-19.

Getúlio Marques informou que a Secretaria Estadual de Educação está trabalhando com ciclos e no retorno a atividades presenciais fará avaliações de nível de cada aluno, um trabalho de nivelamento e demais análises para assegurar a regularidade dos conteúdos.

Nesta quarta-feira, 29, após uma reunião interna, o Comitê Setorial da Educação se reuniu com o Comitê de Segurança da Saúde e ouviu a mesma avaliação anterior: não há condições para o reinício das aulas presencias no dia 17 de agosto como estava previsto. “A pesquisa é unânime. As condições para retornar dia 17 agosto não são favoráveis. É preciso aguardar uma melhoria mais efetiva no quadro da pandemia para voltarmos com segurança. Precisamos esperar o momento certo para voltar, mas não será antes do final de agosto. Educação é direito de todos e a gente quer preservar, mas só retornaremos com segurança por que isso significa mais de um milhão de pessoas voltando a circular em todo o Estado”, enfatizou.

Getúlio ainda informou que as prefeituras não têm prerrogativa para autorizar o funcionamento presencial das escolas privadas. “Especialmente aquelas que têm ensino médio, que é competência do Estado e do Conselho Estadual de Educação. As prefeituras podem deliberar sobre o ensino fundamental e a educação infantil”.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Ministro da Educação informa que está com covid-19

(FOTO: Reprodução/Twitter)

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou nesta segunda-feira que teve resultado positivo para o novo coronavírus (covid-19). Em uma postagem nas redes sociais, ele afirmou que manterá isolamento.

“Acabo de receber agora pela manhã resultado positivo para covid. Já estou medicado e despacharei remotamente”, postou.

Mais cedo, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, também informou ter sido infectado pelo novo coronavírus. Desde o início da pandemia, um total de quatro ministros do governo federal já tiveram diagnóstico positivo para a doença. O próprio presidente Jair Bolsonaro está infectado e segue em isolamento no Palácio do Alvorada, residência oficial, há duas semanas.

Entre os auxiliares do primeiro escalão presidencial, além de Onyx e Milton Ribeiro, já tiveram a covid-19 os ministros Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

Em todo o país, mais de 2 milhões casos do novo coronavírus foram confirmados, com um saldo atual de 79,5 mil óbitos.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

    1. Vamos ter dar a resposta nas eleições desse ano lixo radioativo petralha

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil entra em acordo mundial de vacinas contra coronavírus, informa OMS

Foto: Getty Images/iStockphoto

O Brasil apresentou uma manifestação oficial de interesse em participar do programa de financiamento chamado ‘COVAX Facility’, mecanismo projetado para garantir acesso rápido e equitativo global às vacinas contra a Covid-19, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira (15).

Além do governo brasileiro, outros 74 países submeteram um pedido oficial para acelerar o acesso ao imunizador contra o novo coronavírus. No entanto, a OMS destacou que todos custearão as vacinas com seus próprios orçamentos de finanças públicas.

Outros 90 países de baixa renda poderão ser apoiados por meio de doações voluntárias ao Compromisso de Mercado Avançado (AMC) da Gavi. Juntos, esses governos representam mais de 60% da população mundial.

— O COVAX é a única solução verdadeiramente global para a pandemia da Covid-19. Mesmo para os países que conseguem garantir seus próprios acordos com os fabricantes de vacinas, esse mecanismo representa, por meio de seu portfólio de líder mundial de candidatos a vacinas, um meio de se reduzir os riscos associados a candidatos individuais que não demonstrem eficácia — , afirmou Seth Berkley, presidente da Gavi, a Aliança para Vacinas.

O GLOBO procurou o Ministério da Saúde e o Itamaraty para obter mais detalhes sobre o acordo, mas ainda não recebeu respostas.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde corrige data e informa que caso de Covid-19 ocorrido em janeiro foi em 25 de março

Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde corrigiu nesta sexta-feira (3) a informação que havia divulgado nesta quinta (2) de que a primeira morte por coronavírus no país tinha sido em 23 de janeiro. Veja a nota:

“O Ministério da Saúde foi comunicado pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) nesta sexta-feira (3) sobre a conclusão de investigação do possível primeiro caso de Covid-19 no Brasil. A informação de início dos sintomas foi alterada de 23/1/2020 para 25/3/2020. Os dados no sistema de notificação estão sendo atualizados.”

Questionado sobre quem teria cometido este erro, o Ministério da Saúde disse: “Informamos que o erro foi por parte da SES-MG, que é responsável por cadastrar as notificações no sistema”.

Já a Secretaria de Estado da Saúde disse apenas que apura o ocorrido.

Na quinta-feira (2), o governo informou que a primeira morte causada por coronavírus no Brasil ocorreu em 23 de janeiro, mais de um mês antes daquele que foi confirmado como o primeiro caso. De acordo com o Ministério da Saúde, a descoberta é resultado de uma “investigação retrospectiva” dos pacientes internados com quadros de síndrome respiratória aguda grave.

Até então, o primeiro caso caso positivo de coronavírus tinha sido anunciado em 26 de fevereiro: um homem que mora em São Paulo, tem 61 anos, e que esteve na Itália. Quando o caso foi confirmado à época, já havia outros 20 casos em investigação e 59 suspeitas descartadas. Ao contrário da mulher de Minas Gerais, o empresário de São Paulo não chegou a ser internado e conseguiu se curar da doença.

“Lembrem-se que estamos fazendo a investigação de casos internados. Muitos desses casos estão com material colhido, e nós tivemos, a partir de investigação retrospectiva, a identificação do primeiro caso confirmado. Ele é da semana epidemiológica 4, de 23 de janeiro”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, nesta quinta-feira (2).

Morte inédita

Em Minas Gerais, até o momento, não houve nenhuma morte registrada no dia 25 de março, tampouco. O primeiro óbito confirmado no estado foi em 29 de março, conforme antecipado pelo G1 naquele dia e tornado público pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) no dia 30 de março.

Tampouco houve até o momento nenhum caso de morte em Minas de paciente com 75 anos, data informada pelo Ministério da Saúde.

No boletim epidemiológico divulgado pela SES-MG no início da tarde desta sexta (3), são confirmadas seis mortes pela Covid-19 em Minas Gerais, mas nenhuma delas é de paciente morto no dia 23 de janeiro ou no dia 25 de março.

O G1 questionou a Secretaria de Estado da Saúde sobre essas divergências e perguntou quem seria esse paciente morto no dia 25 de março e aguarda resposta.

Divergência

Ainda na noite desta quinta-feira (2), a SES-MG disse desconhecer esta morte em 23 de janeiro e reiterou que o primeiro caso de coronavírus confirmado em Minas Gerais foi no dia 8 de março, de paciente em Divinópolis.

Já o primeiro caso suspeito de coronavírus, segundo a SES, foi o de 28 de janeiro. “Era uma mulher de 22 anos, com histórico de intercâmbio estudantil para Wuhan e retorno ao Brasil em 24/01/2020. Este caso foi descartado dias depois”.

Na manhã desta sexta-feira (3), a SES-MG afirmou que aguardava mais informações do governo federal para identificar o caso e “adotar as medidas pertinentes”.

A pasta informou que, segundo dados disponíveis no Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (SIVEP-Gripe), no mês de janeiro de 2020 foram registradas 163 notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em Minas Gerais. Destas, 71 notificações foram de SRAG em pacientes com mais de 70 anos de idade.

Outra data para o zika

O secretário afirmou que uma mudança na data que marcou a confirmação do primeiro caso também ocorreu com o vírus da zika.

“Isso foi feito também no zika vírus. Inicialmente achávamos que os primeiros casos eram de abril de 2015 e, um ano depois, com investigação retrospectiva, verificamos que tinha caso de zika vírus identificado em banco de sangue na região amazônica desde abril de 2014”, disse Wanderson.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

SE LIGUE NAS FAKE NEWS: PRF informa que não há qualquer barreira ou bloqueio nas rodovias pelo país

Foto: Reprodução

Com sucessão de fake news em meio a pandemia de coronavírus, a Polícia Rodoviária Federal reforça, através das redes sociais, que não qualquer barreira ou bloqueio com o objetivo de impedir a livre circulação de veículos pelo país.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

PRIMEIRA A PARAR: Pulse academia informa paralisação das atividades por pelo menos 15 dias

Foto: Divulgação

Há quase seis anos assumimos um compromisso com a saúde dos nossos alunos e colaboradores. Com a pandemia do coronavírus, tomamos medidas preventivas que vão desde abertura de janelas e portas, higienização de máquinas e suspensão de aulas coletivas.

Porém, entendemos que essas medidas não são suficientes.

Por isso, baseado no nosso compromisso em cuidar de pessoas, sejam elas nossos alunos, colaboradores, personais trainer, parceiros e a sociedade, estamos nos antecipando às autoridades por entendermos que academia é um ambiente de proliferação.

Hoje, quarta-feira, tomamos a decisão de suspender temporariamente todas as nossas atividades a partir das 18h00. Inicialmente por um período de 15 dias, podendo ser postergado.

Movidos pela responsabilidade de cuidar de cada um de vocês, alunos Pulse, todos os planos serão automaticamente congelados de forma gratuita sem nenhum ônus, a partir de hoje.

E para nos fazermos presentes no dia dia de vocês, montamos um núcleo de atendimento, produção de conteúdo e ouvidoria através de Home Office.

Essa equipe estará responsável em enviar para cada aluno prescrições de treinos, vídeos com aulas, dicas e acompanhamento individual pelo WhatsApp diariamente.

O nosso papel sempre foi e sempre será cuidar de pessoas. Por isso, nesse momento, precisamos nos separarmos para nos unirmos. Nesse período estaremos trabalhando forte para você continuar pulsando o seu melhor, em casa.

Até breve.

Horácio Oliveira
Pulse Health & Fitness

Opinião dos leitores

    1. Em Natal, é a primeira a parar e mais: de maneira voluntária. Em alguns outros estados, todas as outras que pararam foram obrigadas por determinação dos órgãos públicos.

  1. uma medida responsável. Academia é um local de risco, algumas estão informando ao público q estão adotando as providências c a higienização dos equipamentos, mais sabemos que isto não é necessário.
    E ainda tem pessoas q vão e ainda tiram fotos fazendo poses. Totalmente sem noção.
    Parabéns a Pulse pela atitude.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Prefeitura no Rio informa morte de paciente com sintomas de coronavírus

Foto: Reprodução/Getty Images

A prefeitura de Miguel Pereira, no centro-sul fluminense, acaba de publicar em suas redes sociais que uma mulher de 63 anos com sintomas de coronaívrus morreu no estado do Rio de Janeiro.

Segundo a nota oficial, a vítima trabalhava na capital fluminense e teve contato com sua empregadora, recém-chegada da Itália e que estava com Covid-19.

A paciente, moradora de Miguel Pereira, deu entrada no Hospital Municipal Luiz Gonzaga em estado grave (veja a nota abaixo).

Pelos dados oficiais da Secretaria Estadual de Saúde, até segunda (16) havia 31 casos confirmados e 94 suspeitos. A vítima de 63 anos não constava na relação de infectados no Rio. O Ministério da Saúde também não confirma essa morte pelo vírus, apenas a de um homem de 62 anos em São Paulo.

De acordo com a Secretaria Sstadual de Saúde, o município de Miguel Pereira não tem capacidade para diagnosticar o Covid-19. Os exames da paciente deveriam ter sido encaminhados para o laboratório da Fiocruz.

Segundo a pasta, o material da paciente que veio a óbito será levado para testes e o resultado deve sair em até 48 horas.

Veja abaixo a íntegra da nota da prefeitura de Miguel Pereira:

Mantendo a transparência e as informações para todos os cidadãos, a Prefeitura de Miguel Pereira informa que na data de hoje, infelizmente um paciente, do sexo feminino, com 63 anos, veio a óbito pelos sintomas do coronavírus.

A paciente, que trabalhava na capital do Rio de Janeiro, esteve em contato direto com sua empregadora, que chegou da Itália e testou positivo ao Covid-19. A mesma deu entrada no Hospital Municipal Luiz Gonzaga já em quadro grave, vindo diretamente de seu ambiente de trabalho para a unidade de saúde.

O laudo das autoridades sobre o caso sairá em 24 horas, onde constará maiores informações sobre a causa da morte.

Lamentamos e nos solidarizamos com a família e informamos que a Prefeitura Municipal e o Hospital Municipal Luiz Gonzaga estão tomando todas as medidas para o enfrentamento do novo coronavírus. É de extrema importância que neste momento, a população siga todos os critérios definidos pela Secretaria Municipal de Saúde e que fique atento a qualquer sintoma. Para maiores esclarecimentos, o cidadão pode entrar em contato com o Plantão de Enfrentamento da Covid-19 no telefone (24)2484-4223.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirma que:

– Não há confirmação sobre óbito por coronavírus no Estado do Rio.

– Embora a Prefeitura de Miguel Pereira tenha divulgado morte de mulher com sintomas compatíveis aos relatadas para Covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde esclarece que o material da paciente acaba de chegar ao Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ), única unidade estadual capaz de realizar o teste para confirmar ou descartar o vírus.

– A SES informa que a vítima não fazia parte da lista de casos confirmados até o momento. O resultado dos exames deve sair em até 48 horas.

– Mantendo a transparência que vem adotando desde janeiro, a Secretaria de Estado de Saúde reforça que informará sobre a evolução dos casos.

Veja

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Trecho em Ponta Negra e mais quatro praias no RN estão impróprias para o banho, informa boletim de balneabilidade

Foto: Ilustrativa

O Boletim da Balneabilidade das praias do RN (nº 04/2020), baseado na quantidade de coliformes fecais encontrados nas águas (Resolução nº 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA) e emitido nesta sexta-feira (14), informa que cinco praias potiguares atualmente monitoradas estão impróprias para o banho.

O estudo é uma parceria entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (FUNCERN), fazendo parte do Programa Água Azul.

Foram coletadas, analisadas e classificadas amostras de água em 33 pontos nas praias potiguares, distribuídas na faixa costeira situada entre os municípios de Nísia Floresta e Extremoz, a fim de classificar e informar aos banhistas quais as condições das praias monitoradas para o banho.

Foto: Reprodução

Opinião dos leitores

  1. A praia de Ponta Negra próxima ao Morro do Careca, recebe no período da manhã e com a maré baixa, a descarga líquida dos dejetos dos hotéis daquele local… sou turista e sempre vou à Natal e já presenciei isso várias vezes e sempre vejo os insetos das fossas ao longo da praia… é uma água fétida que escorre como se fosse pequenos córregos… essa descarga deveria ser feita pelos proprietátios dos hotéis durante a maré alta, evitando assim o contato direto das pessoas com esses dejetos

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

General Braga Netto assumirá Casa Civil, e Onyx, Ministério da Cidadania, diz Bolsonaro

Foto: Reprodução/GloboNews

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta quinta-feira (13) em uma rede social que o general Walter Souza Braga Netto assumirá a Casa Civil. Informou também que o atual responsável pela pasta, Onyx Lorenzoni, passará a chefiar o Ministério da Cidadania.

Segundo o presidente, o atual ministro da Cidadania, Osmar Terra, deputado licenciado, retomará o mandato na Câmara.

Com o anúncio desta quinta, já são três mudanças no primeiro escalão do governo desde a semana passada. No último dia 6, o presidente nomeou o ex-deputado Rogério Marinho como novo ministro do Desenvolvimento Regional, no lugar de Gustavo Canuto.

A Casa Civil responde pela coordenação do andamento das ações entre os ministérios, em uma espécie de centro de governo. A pasta também possui uma secretaria que trata dos passos para entrada do Brasil na OCDE.

O Ministério da Cidadania é responsável pela área social do governo. A pasta gere os programas Bolsa Família, Criança Feliz e Progredir, por exemplo. Além disso, é responsável pela Secretaria Especial de Esporte, que substituiu o extinto Ministério do Esporte.

Novo ministro da Cidadania

Deputado federal licenciado do mandato, Onyx participou da campanha eleitoral de 2018 ao lado de Bolsonaro e, após o resultado, coordenou a equipe de transição.

Na Casa Civil, contudo, deixou de ser o responsável pela articulação política e também deixou de comandar o programa de concessões do governo federal.

Saída de Osmar Terra

Também deputado federal licenciado, Osmar Terra deverá retomar o mandato na Câmara.

Terra comandou o Ministério do Desenvolvimento Social no governo de Michel Temer e, por sugestão de Onyx, foi convidado por Bolsonaro a assumir o Ministério da Cidadania a partir de 2019.

A pasta até então comandada por Osmar Terra unificou os ministérios do Desenvolvimento Social, do Esporte e da Cultura.

O desgaste de Terra na pasta teve início no ano passado, quando Bolsonaro decidiu transferir a Secretaria Especial da Cultura para o Ministério do Turismo em meio à uma crise na pasta (relembre a polêmica).

Bastidores das negociações

Bolsonaro convidou Braga Netto para a Casa Civil ainda em janeiro.

Responsável pela intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, em 2018, o general ainda está na ativa e atualmente chefia o Estado Maior do Exército.

Antes disso, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, também chegou a ser sondado para o cargo, mas não aceitou.

Também foi discutida a possibilidade de o governo unificar a Casa Civil e a Secretaria de Governo da Presidência, deixando o ministro Luiz Eduardo Ramos à frente da nova pasta.

Criação da Casa Civil

A Casa Civil passou a ter este nome em 1992, no governo Itamar Franco. Até então, a pasta era chamada de Gabinete Civil.

O último militar a chefiar a pasta foi Golbery do Couto e Silva, no governo de João Baptista Figueiredo (1979-1985). Golbery também comandou a pasta no governo de Ernesto Geisel (1974-1979).

Desde a redemocratização, somente o ex-presidente Fernando Collor não utilizou os nomes Gabinete Civil ou Casa Civil para a estrutura da Presidência que trata das ações gerenciais do dia a dia do governo. O então presidente optou por Secretaria-Geral e Secretaria de Governo.

Quem é Braga Netto

General de quatro estrelas, Walter Souza Braga Netto chegou ao posto máximo da carreira dentro do Exército. Nascido em Belo Horizonte (MG), o militar tem 63 anos de idade. Atualmente chefia o Estado-Maior do Exército, um dos principais cargos dentro da força.

Além da chefia da intervenção federal no Rio, decretada no governo de Michel Temer, Braga Netto foi comandante Militar do Leste, responsável pelas atividades do Exército nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O militar ainda foi um dos responsáveis pela coordenação da segurança durante a Olimpíada do Rio, em 2016. Ele também trabalhou no serviço de inteligência do Exército e foi observador militar durante a missão de paz das Nações Unidas no Timor Leste, no sudeste asiático

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Lorenzoni foi rebaixado novamente? Coitado, daqui a pouco será o bobo da corte, para animar o circo kkkk

  2. Pode colocar super homem e mulher Maravilha nesse governo de faladores de bosta que nada resolvem….!!!! Passado mais de um ano se mudou algo foi pra pior!!!

  3. Os Civis já devem ter percebido que não valem nada pra esse desgoverno. Os Milicos estão só dobrando os salários e privilégios que já não são poucos.
    A Democracia vai ficando cada vez menor, governada por quem entende bem de ordem unida e submissão. e
    Perde espaço os civis que ainda restam com alguma dignidade…

  4. Governo de troca-troca…
    Ninguém quer!
    Tem medo da boca de Onyx.
    Troca Onyx por Prisma, então!

    1. A esquerdalha está histérica!! critica tudo! tudo é motivo de crítica! KKKKK

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Novo aplicativo informa se usuário está perto de alguém com suspeita de ter coronavírus

Foto: iStock/Robert Wei

China desenvolveu e lançou um aplicativo “detector de contato próximo” para informar aos usuários se eles estão perto de uma pessoa com confirmação ou suspeita de ter coronavírus. As pessoas identificadas como em risco são aconselhadas a ficar em casa e informar as autoridades de saúde locais. A tecnologia faz parte da rigorosa vigilância do governo chinês sobre sua população.

Para fazer uma consulta, os usuários digitalizam um QR code em seus smartphones usando aplicativos como o Alipay ou WeChat. Depois que o novo aplicativo é registrado com um número de telefone, os usuários precisam inserir o nome e número de identificação.

É sabido que o governo chinês possui altos níveis de vigilância em seus cidadãos, mas especialistas sugerem que, nesse caso, a medida não será vista com controvérsia. “Na China e em toda Ásia, os dados não são vistos como algo a ser bloqueado, é algo que pode ser usado, desde que feito de forma transparente e com consentimento”, alertou Carolyn Bigg, advogada de tecnologia de Hong Kong.

Quanto ao aplicativo, o governo da China define “contato próximo” como aproximar-se, sem proteção efetiva, de casos confirmados ou suspeitos de coronavírus enquanto a pessoa estava doente, mesmo que não apresentasse sintomas no momento. Além disso, abrange pessoas que trabalham juntas, compartilham sala ou moram na mesma casa, equipe médica, familiares ou pessoas que tiveram contato próximo com pacientes e seus cuidadores, além de passageiros e tripulantes que estiveram em aviões, trens e outras formas de transporte com uma pessoa infectada.

BBC

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

RN se destaca entre os quatro estados com maior número de alunos com nota 1000 na redação do Enem

Rascunho de redação nota 1 mil no Enem 2019 — Foto: Arquivo Pessoal/Daniel Gomes

O portal G1-RN informa que o Rio Grande do Norte teve seis alunos que atingiram a nota máxima na redação do Exame nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. De acordo com o Ministério da Educação, foram 53 estudantes que conseguiram a avaliação 1.000 em todo o país.

Segundo a reportagem, as redações com nota máxima são de estados do Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste: Alagoas (2); Bahia (1); Ceará (6); Distrito Federal (2); Espírito Santo (1); Goiás (4); Maranhão (1); Mato Grosso do Sul (1); Minas Gerais (13); Paraíba (1); Pará (2); Pernambuco (1); Piauí (2); Rio Grande do Norte (6); Rio de Janeiro (6); São Paulo (4).

O tema desta edição foi “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. O texto deveria ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvido a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores.

Veja mais aqui.

Opinião dos leitores

  1. Ninguém comenta a respeito desses meninos que tiraram nota máxima. Parabéns molecada. Felicidades na próxima escolha. Rumo à Federal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *