PCdoB confirma pré-candidatura do auditor fiscal e engenheiro Fernando Freitas à Prefeitura de Natal

Foto: Divulgação

O auditor fiscal e engenheiro Fernando Freitas é o pré-candidato à Prefeitura de Natal pelo PCdoB. Após a definição da viabilização da campanha política e eleitoral, o servidor público, que é estreante no cenário político, terá a missão de levar o partido para a disputa municipal e lutar contra o conservadorismo instalado no Executivo.

A proposta do PCdoB é trabalhar um manifesto pela construção de uma nova cidade, intitulado de “Movimento 65”, com o compromisso na defesa de uma Natal mais inclusiva, com mais oportunidades de trabalho e renda para todos, ambientalmente sustentável, e com políticas públicas que cuidem mais e melhor de seu povo. O Movimento 65 será integrado por profissionais liberais, empresários, servidores públicos, técnicos, especialistas, produtores culturais, lideranças sociais, sindicais e comunitárias, e todos que se coloquem à disposição para participar de um amplo debate sobre a atual cidade do Natal e de que forma ela pode voltar a se desenvolver com democracia e participação popular.

“Nossa meta é trabalhar por uma cidade mais inclusiva, com participação popular em todas as esferas, cuidando mais e melhor da nossa gente. Vamos dar voz aos que querem construir uma Natal melhor. Uma das tarefas principais deste M65 será fazer o diagnóstico e o prognóstico da situação econômica de Natal com a construção de um pacto pela retomada do crescimento de todas as áreas e atividades econômicas. Não podemos ficar atrás de outras capitais nordestinas, sem investimento e perspectivas de acelerar nosso comércio, turismo, a construção civil, o setor imobiliário e serviços em geral “, disse Fernando Freitas.

Pós-graduado em Gestão Pública, Fernando Freitas é auditor fiscal do governo do Estado, onde atua como um dos coordenadores do Fórum de Servidores Estaduais. Esteve como presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais do RN entre os anos de 2017 e 2019 e já atuou como Subsecretário de obras da Secretaria Estadual de Infraestrutura e de Habitação, além de ter sido representante da Secretaria de Tributação no Proadi.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fabio disse:

    Excelente nome

    • Cigano Lulu disse:

      Será um fenômeno eleitoral: o que este rapaz terá de votos vai matar de inveja a audiência da TV-Uhhh.

    • Cigano Lulu disse:

      Concordo, será um fenômeno eleitoral: o que este rapaz vai ter de votos poderá matar de inveja a audiência da TV-Uuuhhh.

  2. Rodrigo Duarte disse:

    PCdoB só engana os trouxa, aliás como todos os partidos esquerdista e do centrão.

  3. Luiz Antônio disse:

    A base da pirâmide adora os seus senhores feudais: Alves, Maia, Rosado, Faria, Souza, Melo e seus agregados.

    O principal fator de atraso deste rico estado pobre é justamente essas oligarquias.

  4. Miserável disse:

    Como seria bom se todos os trabalhadores recebessem o salário de auditor do estado. Bancar o socialista ou comunista com dinheiro no bolso e todas as mordomias por ele oferecido é muito fácil.

  5. Cigano Lulu disse:

    Este é mesmo o que se pode chamar de comunista autêntico: 'engenharia' para ele é um contracheque engenhoso. Um exemplo acabado de mor à profissão que abraçou… de político profissional.

PT, PSOL e Rede protocolam no Conselho de Ética pedido de cassação de Flávio Bolsonaro “por ligação com a milícia e rachadinhas”

Foto: Reprodução/Twitter

O pedido de cassação do senador Flávio Bolsonaro, anunciado mais cedo pelo deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ), foi apresentado há pouco no Conselho de Ética do Senado.

A representação foi protocolada por deputados e senadores de PT, PSOL e Rede.

Eles foram ao gabinete do presidente do Conselho de Ética da Casa, senador Jayme Campos (DEM-MT), e entregaram formalmente o pedido.

Os parlamentares acusam Flávio de envolvimento com milícias e de ter feito “rachadinha”.

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MAURICIO disse:

    o caso das rachadinhas tem uma lista de 26, encabeçada pelo presidente da alerj que é do pt, tem do psol,da rede, do pc do b, porque só o flávio, é porque é bolsonaro, como disse o freixo na reuniao da quadrilha , tem que derrubar o governo

  2. Bolsominion disse:

    O miliciano Adriano da Nóbrega já começou a produzir milagres. Depois de morto, fez Jair Bolsonaro defender os direitos humanos e criticar a brutalidade policial

    • Chicó disse:

      Não vi um esquerdista exigir o esclarecimento dos fatos neste caso. Por quê será ?

  3. Só Comento disse:

    Só mesmo um deputado desqualificado como o Marcelo Freixo poderia cometer uma asneira tremenda dessas, certamente foi orientado pelo demônio do Lula.

    • Decepcionado disse:

      O medo da perícia nos celulares é grande. O homem de família abençoada por Edir Macedo, RR Soares e Silas Mafaia fica nervoso toda vez que o assunto vem à tona. Mas durante anos e anos seguidos empregaram a mãe e a esposa do miliciano.
      Reparem que para defender o filho, o Presidente já mexeu no Coaf, no MP, na PF, já fez acordos com STF, e agora diz que ele foi quem mandou homenagear um herói, um grande homem.
      E MORO?
      Apoiando tudo caladinho…

  4. Bento disse:

    Pense numa imundície essa corja.
    Ahhhhh!! Vou vomitar .

  5. Flavio disse:

    Esses FDP tudinho fazem isso, e ainda tem a coragem de acusar os outros.

    • Maria disse:

      Falou TUDO!
      Falso moralistas!
      São tudo farinha do mesmo saco!
      Diziam que o PT era diferente, mas realmente "foi diferente do esperado", ROUBOU mais que todos juntos!

  6. Zulmira Melo disse:

    Bando de ladrãozinho,Ow povo de esquerda sem futuro!!!!! Todos revoltados,pq o nosso governo tá dando resultados satisfatórios,coisa que eles nunca fizeram,só roubaram!!!!!💰💰💰💰💰💰💰💰💰

  7. Pedrão disse:

    entendendo: O PT, PSOL, PCdoB e a REDE já sentenciaram que Flávio tem ligação com miliciano. eles já determinaram isso e agora querem que a decisão deles seja atendida pelo senado?
    que por isso ele deve ser cassado? ligação e submissão a corrupto não leva a perda de mandato? está sendo investigado em processo por corrupção e formação de quadrilha não leva a cassação?
    qual a moral ou conduta ilibada que esse tal freixo tem para pedir a cassação de alguém?
    isso ultrapassa a barreira da hipocrisia, da imoralidade, da incapacidade de lidar com as situações adversas, de não tolerar divergência de posicionamento, demonstram o quanto são totalitários e anti democráticos.
    ele inventam, eles julgam, eles condenam, eles exigem providências
    será que foram pessoas deles que tomaram providências na Bahia no caso de tal Adriano? pensando bem, forma policiais enviados pelo governo do PT com cobertura do governo do Rio, todos opositores ao governo federal

  8. Ceará-Mundão disse:

    Vivenciamos tempos estranhos. Bandidos e defensores de bandidos, que ignoram condenações judiciais de seus parceiros, proferidas após análise definitiva do mérito (2a. Instância) e confirmadas pelos tribunais superiores, agora resolvem pedir a cassação de opositor, mesmo sem qualquer condenação ou prova. Para essa cambada, basta ser adversário poítico (que eles encaram como "inimigos"). Muito interessante essa notícia.

Veja a íntegra da representação do PCdoB contra Rachel Sheherazade e o SBT

Líder do partido na Câmara pede à Procuradoria-Geral da República que solicite ao governo federal a suspensão da verba publicitária da emissora, estimada em R$ 150 milhões, enquanto durar investigação por incitação ao crime. Veja abaixo:

Untitled-9 Untitled-10Congresso em Foco – UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joana steinbock disse:

    Ela nao fez nenhuma apologia ao crime, quem faz isso sao os Politicos, que defendem a impunidade, ate porque eles praticam os mesmos crimes que esses menores Bandidos. Eu sim defendo, ja que nao temos seguranca, temos que nos Defender sim, e punir se for possivel o bandido com nossas proprias Maos. Meu Filho ja teve um Revolver de um desses marginais apontado para sua cabeca, e ele e Pai de dois filhos, Sem falar que na minha familia a unica que nao foi assaltada ainda, foi eu, porque vivo presa em minha propria casa, tenho medo de sair. Agora vem esse bando tentar jogar seus erros horrendos e criminosos na Jornalista, isso nao. Nao iremos aceitar.

PCdoB confirma coligação com Carlos Eduardo

A candidatura de Carlos Eduardo (PDT) à Prefeitura de Natal conta com mais um importante apoio: o do PCdoB. O anúncio oficial de se coligar com o ex-prefeito será feito pelo PCdoB em uma plenária promovida pelo partido nesta quarta-feira (9), às 18 horas, na Assembleia Legislativa.

O diretório do PCdoB em Natal vem buscando a união entre os partidos de oposição às atuais gestões municipal e estadual. Os comunistas defendem que partidos como PDT, PT, PMDB e PSB se juntem a eles na formação de um bloco progressista.

Partindo dessa premissa, o PCdoB entende que o ex-prefeito Carlos Eduardo é o que reúne as melhores características para ser o candidato dessas forças de oposição. A experiência na administração pública, o histórico de seu mandato à frente da Prefeitura e a aceitação popular (retratada pelas pesquisas de opinião) credenciam Carlos Eduardo, na avaliação dos comunistas natalenses, como o melhor nome para a vitória do bloco progressista na eleição da capital.

Segundo o presidente do Comitê Municipal do PCdoB em Natal, João Oliveira, o encontro — para o qual foram convidados representantes do PDT, PT, PMDB e PSB — servirá para debater e afinar a tática eleitoral a ser implementada durante o pleito deste ano.

O vereador George Câmara (PCdoB) acrescenta que a plenária também buscará interpretar e debater as dúvidas mais frequentes da militância, como, por exemplo, se o partido fará coligação ou se lançará uma nominata própria para vereador. George explica que o projeto principal do PCdoB é o de ampliar a presença do partido na Câmara Municipal de Natal. “Estamos compondo uma chapa com nomes fortes e de representatividade social para que o PCdoB saia vitorioso nesta eleição com duas ou mais cadeiras na Câmara”, ressalta o vereador.

Dirigentes do PCdoB receberam do Ministério do Esporte através consultoria

Dois dirigentes do PCdoB receberam recursos públicos por meio de uma empresa de consultoria, a Casa de Taipa Comunicação Integrada, criada para atuar em projetos ligados ao Ministério do Esporte, comandado pelo partido.

Um dos donos da empresa é Júlio César Filgueira, ex-secretário do ministério e filiado ao PCdoB. Seu sócio, Oswaldo Napoleão Alves, é também do partido e coordenador do núcleo de ensino e pesquisa da Escola Nacional da legenda comunista.

Em agosto, a empresa deles recebeu 825.000 reais da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU) para cuidar da promoção da candidatura de Brasília aos Jogos Mundiais Universitários – conhecidos como “Universíade” – de 2017, dentro de um projeto financiado pelo governo do DF e apoiado oficialmente pelo Esporte.

A engenharia dos repasses e as relações entre os envolvidos indicam a formação de um circuito fechado que começa nos gabinetes apoderados pelo PCdoB na Esplanada e acaba na empresa dirigida pelo quadros do partido.

Em 2009, quando ainda estava no ministério, Filgueira assinou dois convênios que somam pelo menos 1,1 milhão de reais com a mesma CBDU, que viria a contratá-lo dois anos depois, agora com dinheiro do governo do DF, como “consultor” por valor semelhante. Ele abriu a empresa de consultoria em dezembro de 2009, dois meses depois de deixar o ministério, onde era responsável pelo programa Segundo Tempo.

Delegação – Em agosto, o governador do DF, Agnelo Queiroz, e o secretário nacional de Esporte Educacional do Ministério do Esporte, Wadson Ribeiro, estiveram nos Jogos Mundiais Universitários de 2011, na China, para defender a candidatura de Brasília para 2017. O ministério foi quem bancou a participação da delegação CBDU no evento da China com 2 milhões de reais. Desde 2005, pelo menos 13,5 milhões de reais do ministério foram parar na conta da entidade desportiva.

(mais…)

UNE: eles bebem, você paga!!!

Fundada em 1937, a União Nacional dos Estudantes (UNE) foi protagonista de inúmeros episódios de luta por ideais republicanos. Na década de 40, combateu a influência do fascismo europeu no Brasil. Durante os anos mais trevosos do regime militar, seus principais líderes empunharam armas para reivindicar democracia. Essa gloriosa história pertence ao passado. A moçada agora quer sombra, uísque, gelo e água fresca grátis em troca de servidão automática ao governo. Contestação é coisa de otário. Os líderes da principal entidade estudantil brasileira dissipam sua náusea burguesa com garrafas de vodca, uísque, gelo e caixas de cerveja pagos com nosso dinheiro.  Compram tênis e bolsas Puma, Nike ou Adidas, símbolos do “imperialismo”, e mandam a conta para os proletários brasileiros que trabalham e pagam impostos.

A atuação pelega da UNE  de hoje envergonha seus heróis do passado. Dominada por parasitas do PCdoB desde os primórdios, a entidade perdeu a força, a voz — e o pudor. Desde 2003, recebeu 42 milhões de reais de dinheiro tomado pelo governo dos proletários brasileiros e entregue aos pequeno-burgueses que fingem estudar. O Tribunal de Contas da União (TCU) resolveu esmiuçar a aplicação desses recursos e deparou com gravíssimos indícios de irregularidades. Despesas injustificáveis, descritas em notas fiscais suspeitas, amontoam-se nas prestações de contas investigadas. Somente em um convescote da UNE de 2008, apelidado de Caravana Estudantil da Saúde, o TCU suspeita que mais de 500.000 reais tenham sido roubados. Essa foi a quantidade de dinheiro que sobrou depois que todas as despesas previstas foram pagas. A UNE devolveu os recursos? Não. Como todo militante adulto da corrupção, a entidade dos jovens mandou avisar que gastou o dinheiro do povo com “assessorias”. “Não tenho conhecimento de irregularidades”, diz Daniel Iliescu, presidente da UNE que assumiu há quatro meses. “Se houver e formos notificados pelo TCU, vamos corrigi-las”. Notas fiscais analisadas pelo tribunal mostram que a “revolução pela garrafa” é a nova palavra de ordem da UNE. Sob a fachada de promover Atividades de Cultura e Arte da UNE, em 2007, os pequeno-burgueses da UNE beberam caixas e caixas de cerveja, garrafas de uísque escocês e de vodca. Diz o procurador do TCU Marinus Marsico: “É evidente o descaso da UNE com o patrimônio público. Fico estarrecido de ver tanto dinheiro do povo usado sem obediência aos princípios da moralidade”. Continuem assim, jovens revolucionários da garrafa, um ministério os espera.

VEJA

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alinnycabral disse:

    Para mim não é surpresa nada disso! Fiz parte do Movimento Estudantil e o mínimo que eu posso dizer sobre  os peleigos do PCdoB e PT também é que eles são realmente factóides. Já na minha época costumávamos dizer que a UNE não nos representavam, pois envergonhavam o movimento estudantil e nos faziam acreditar que nada do que idealizavamos se concretizaria com aquela desorganização…. Tinham um discurso decorado, mas a prática era muito diferente…. Oportunista e aproveitadores…..

  2. Antonio Capistrano disse:

    Só pode ser uma matéria publicada pela fascistoide revista Veja. Essa revista mente, ela é protagonista do antijornalismo, vive do denuncismo irresponsável.  A revista Veja, por si só, justifica a necessidade, urgente, da regulamentação da mídia. E o pior disso tudo, ele inventa a notícia, publica na sexta-feira, a Globo repercute no Fantástico no domingo e o restante da mídia, de todo país, de Gramado-RS a São Miguel-RN, pauta como se verdade fosse, passando a ser divulgada durante toda semana. A UNE é uma instituição que merece todo o respeito do povo brasileiro. Claro que ela tem problemas, principalmente de mobilização, até por que existe, hoje, uma apatia generalizada na sociedade brasileira, não temos a mesma garra, por exemplo, do povo chileno que foi para as ruas lutar em defesa de uma educação pública, gratuita e de boa qualidade.
     

Esquema do PCdoB mandou R$ 2 milhões para Natal

Da Roda Viva, do Novo Jornal

Michel Vieira, distribuidor de propinas do soldado João Dias, militante do PC do B, que denunciou um suposto esquema de corrupção no Ministério dos Esportes, em entrevista à revista Isto é, disse que o grupo também atuava no Ministério da Ciência e Tecnologia e que “O Instituto Novo Horizonte chegou a  assinar convênio com a Secretaria de Inclusão Social, subordinada à pasta, para a instalação de uma biblioteca digital em Natal, Rio Grande do Norte, no valor de R$ 2 milhões”.

Pastor afirma que Ministério do Esporte cobrou 10% para PC do B

O fundador de uma igreja que recebeu R$ 1,2 milhão do Ministério do Esporte diz que foi pressionado a repassar 10% do dinheiro para os cofres do PC do B, o partido que controla o ministério, informa reportagem publicada na Folha desta sábado.

“Veio um monte de urubu comer o filezinho do projeto”, disse à Folha o pastor evangélico David Castro, 56, que dirige a Igreja Batista Gera Vida, de Brasília.

Ele diz que se recusou a pagar a propina.

Filiado ao PP, Castro afirmou que sofreu retaliação por não ter pago a propina exigida. “Na hora da prestação de contas [do convênio], houve dificuldade porque evidentemente não houve propina.”

O Esporte afirmou ser mentira que o projeto do pastor foi reprovado por que não houve pagamento de propina. “A prestação de contas não foi aprovada porque o convenente não cumpriu os requisitos legais.”

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcus Vinicius disse:

    de 10% o pastor entende…

Dilma vai demitir Orlando Silva. PCdoB vê PT por trás das denúncias

Estadão

Preocupada com a crise no Ministério do Esporte, a presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião de emergência logo que chegou de Angola, na noite desta quinta-feira, 20, com a coordenação política do governo. Apesar de não ter convicção do envolvimento do ministro Orlando Silva em fraudes nos convênios da pasta, Dilma está certa de que o desgaste político é irreversível. Ela decidiu substituir Orlando, mas a tendência é que mantenha o ministério com o PC do B.

Dilma ouviu os relatos do ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, sobre o andamento das investigações na Polícia Federal e no Ministério Público. A pedido de Orlando, a Advocacia-Geral da União impetrou queixa-crime contra o policial militar João Dias Ferreira e o motorista Célio Soares Pereira, que o acusam de desvio de recursos no programa Segundo Tempo.

“Nós temos de ter muita serenidade nessa hora porque não apareceu nenhuma prova contra o Orlando”, disse o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, momentos antes de participar da reunião com Dilma, no Palácio da Alvorada. Carvalho afirmou que o governo não planeja tirar o ministério do PC do B.

A saída de Orlando, porém, é considerada questão de tempo pelo Palácio do Planalto. Auxiliares de Dilma suspeitam de ações da Fifa e da CBF para desgastar o ministro, mas o PC do B vê o dedo do PT na operação e avisou que abrirá guerra contra o governador petista do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, caso seja abandonado à própria sorte.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. SHATONSON disse:

    E AINDA FALTAM TRES ANOS PRA COPA DO MUNDO, IMAGINEM O QUE VEM POR AI…

    SE ISSO É APENAS APONTA DO ICEBERG, O ROMBO DEVE SER GRANDE E LARGO.

Denúncias contra o PCdoB se descentralizam e atingem outros cardeais do partido

As denúncias envolvendo o Partido Comunista do Brasil (PC do B) estão se descentralizando da figura do ministro dos Esportes, Orlando Silva, e atingindo outros cardeais do partido.

Os nomes do governador do D
istrito Federal, Agnelo Queiroz, e da deputada federal pelo RS Manuela D’Avila foram lançados no suspeito lamaçal que teria sido orquestrado a partir do desvio de verbas do programa “Segundo Tempo”, do Ministério dos Esportes.

Contra Manuela pesam acusações de que o PCdoB desviou RS 1 milhão para patrocinar sua campanha à Prefeitura de Porto Alegre, em 2008.

O partido alega que os recursos eram próprios. A Justiça investiga o caso.

Já Agnelo, que foi ministro dos Esportes, enfrenta uma acusação mais robusta.

Na semana passada, subiu ao STJ, em segredo de justiça, um processo que investiga sua ligação aos desvios da pasta.

Agnelo Queiros foi ministro entre 2003 e 2006, tendo como secretário executivo Orlando Silva, que o substituiu quando ele deixou o PCdoB, se filiou ao PT e disputou o governo do DF.

As denúncias de corrupção foram feitas pelo policial João Dias Ferreira. Todos os envolvidos rebatem as acusações.