Polícias Civil e PRF prendem suspeito por homicídio que vitimou empresário em evento político em Felipe Guerra-RN

Policiais civis da Delegacia Municipal de Apodi, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deram cumprimento, nessa quinta-feira (22), a um mandado de prisão preventiva, contra Pedro Henrique Machado, 25 anos, pela suspeita da prática do crime de homicídio.

De acordo com as investigações, Pedro Henrique é apontado como o autor do homicídio, que vitimou o empresário Douglas da Silva Barros,32 anos, na noite do último domingo (18), durante um evento político, em Felipe Guerra. Na ocasião, o suspeito efetuou cinco disparos com uma arma de fogo contra Douglas da Silva.

Foi constatado também que Pedro Henrique tinha uma antiga desavença com a vítima. O suspeito estava foragido da Justiça e foi detido no município de Floriano, localizado no Estado do Piauí.

Pedro Henrique foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO disse:

    Investigação eficiente e célere, parabéns aos Policiais Civis envolvidos!

RELATOS CHOCANTES: Polícias Civil e Militar prendem suspeito e apreendem adolescente por estupros no interior do RN

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia Municipal de São José do Campestre, com apoio da Polícia Militar, deram cumprimento, nesta segunda-feira (07), a um mandado de prisão temporária (30 dias) em desfavor de Gênesis José Pereira Dias, 25 anos, e a um mandado de internação provisória (45 dias) em desfavor de um adolescente de 17 anos, suspeitos de diversos estupros na Zona Rural de São José de Campestre. Segundo as investigações, a prática dos estupros estava acontecendo há mais de um ano.

De acordo com relatos das vítimas, os suspeitos realizavam as abordagens dentro de estradas carroçáveis e ordenavam que elas entrassem na área de matagal, como se fosse praticar o crime de roubo, declarando portar arma de fogo, e praticavam o crime de estupro; além disso, roubavam ainda os aparelhos celulares das mulheres. Em alguns casos, a vítima era estuprada pelos dois suspeitos, na mesma ocasião.

Segundo as denúncias, os suspeitos apresentavam as seguintes características: Gênesis José como sendo alto, forte/gordo, negro, sempre vestindo camisa preta de sol e bermuda jeans, utilizando como veículo uma moto preta e capacete preto; já o adolescente foi retratado como estatura média, magro, branco, não falava muito e seguia as ordens do mais velho. Uma das mulheres declarou que o suspeito estava utilizando no rosto uma máscara de proteção com o símbolo de determinado time de futebol.

Ainda de acordo com as investigações, em dez dias, os dois suspeitos estupraram duas vítimas no distrito “Volta do Rio”. Para que a prisão fosse realizada, foram realizadas campanas pela Polícia Militar, no local onde havia o registro de ocorrência do crime. Nesta segunda-feira (07), a Polícia Militar encontrou os suspeitos com as mesmas características; uma moto encontrada na região foi ligada com a chave que estava com o adolescente, a máscara do time relatado pela vítima estava com Gênesis José. Na delegacia, os dois suspeitos foram reconhecidos pelas mulheres e confessaram a autoria dos crimes.

Em razão disso, o delegado responsável pela ocorrência solicitou ao plantão judiciário a decretação da prisão temporária e internação provisória dos suspeitos, que foram concedidas pela Justiça e cumpridas pelos policiais ainda na segunda-feira (07). Logo após a prisão deles, mais quatro vítimas procuraram a delegacia para efetuar a denúncia e reconhecer os suspeitos. Durante a prática do crime, segundo as denúncias, o suspeito ameaçava ainda que, caso efetuassem denúncia, ele disseminaria as fotos íntimas, registradas durante o crime, na internet.

Gênesis José foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça; o adolescente foi internado no Centro de Recuperação de Adolescentes, para a aplicação de medidas socioeducativas.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. pereira disse:

    Só coloquem Eles juntos com os outros presos, para que os mesmos voltem a socializar com a sociedade dos apenados.

  2. Brasil disse:

    Castração química já para esses bandidos.

  3. Everton disse:

    Esse Paulo é o Cabeça de Touro da direita, mete PT e Lula em todas as postagens. Vira o disco.

    • Barba disse:

      Vira o disco boião.!!! Tudo é pt,lula,vai p Venezuela….tá chato já cabeça de boi !

  4. VTNC disse:

    Coloquem estes dois facínoras em cela coletiva e digam o motivo das suas prisões!!

  5. João Juca Jr disse:

    Se fosse nos Estados Unidos eles teriam duas opções: prisão perpétua ou pena de morte. Aqui logo estarão soltos para praticar mais crimes. E viva o garantismo penal.

    • Paulo disse:

      Lula disse que adolescentes roubam celular para vender, ganhar um dinheirinho e ir tomar cerveja com amigos.
      Essa é a ideologia da esquerda.
      Maria do Rosário defendeu Champinha…
      Depois ninguém entende porque a criminalidade no Brasil é alta depois de décadas de lulopetismo…

  6. Cidadão Indignado disse:

    O que esses canalhas vagabundos merecem? Não precisam responder!

SEM TABU: Diretor do ITEP desmistifica ‘estórias macabras’ do necrotério e revela bastidores da perícia criminal

Foto: Cedida/José Aldenir

Todo mundo vai morrer. Isso é fato. Alguns com idade avançada, outros não. Mas, duvido que você queira fechar esse ciclo natural da vida, deitado sobre uma mesa cadavérica. Só de ouvir a palavra necrotério, a maioria torce o nariz, sente repulsa. E se um dia alguém estiver lá, realmente algo de trágico aconteceu. Seguramente, essa pessoa não irá observar, mas muita gente estará de olhos bem abertos nela – investigando a causa da morte e quem a provocou. Esta é a rotina de profissionais do setor de Medicina Legal do Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP), que começam o dia, quando o de algum mortal termina.

Nossa entrevista é com o diretor-geral da instituição, o engenheiro mecânico Marcos José Brandão Guimarães, 44 anos, que também é perito criminal. A partir de agora, ele irá ‘abrir as portas do necrotério’ ao leitor do Blog do BG, relatando curiosidades da Medicina Forense, bem como desmistificando as insólitas ‘lendas urbanas’ que perduram no imaginário popular. A reportagem é de Wagner Guerra.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. pedro disse:

    Ótimo trabalho 🙂
    show Wagner Guerra

  2. Matheus disse:

    Matéria top!!
    Wagner é bom e tem o dom!!
    👏👏👏

  3. Jahnsen Marinho Lima disse:

    Amei essa matéria.PARABENS AO DIRETOR E SERVIDORES DO ITEP PELO GRANDE TRABALHO Q TODOS OS DIAS REALIZAM.

  4. Emerson disse:

    Ótima matéria cheia de ricos detalhes parabéns

  5. Rosangela Dantas disse:

    Amei essa materia,tenho muita curiosidade nesse assunto,acho interessante…parabéns😃

  6. Jaime disse:

    Parabéns ao ilustre diretor pelos esclarecimentos e bem como ao blog pela iniciativa.

  7. heim? cuma? disse:

    Demorou mas apareceu uma postagem decente!! Parabéns Wagner Guerra, pelo texto e construção da matéria.

  8. Edgar Terceiro disse:

    Excelente matéria! É sempre bom saber o que acontece nos bastidores…

  9. Mariskhley disse:

    Parabéns para quem escreveu essa matéria está muito boa show de bola mesmo

  10. Bruno Aguiar disse:

    Parabéns, o jornalismo no RN está carecendo de reportagens assim, hoje só se noticia mortes e violência. Matérias mesmo é uma coisa rara, principalmente na TV.

  11. Marcelo Santos disse:

    Reportagem genial o texto de Wagner Guerra é INIGUALÁVEL.

  12. Justus disse:

    Pouco se fala sobre o risco que sofrem os peritos, sendo normal serem recebidos a bala, coagidos e etc. Alguns sofrem tentativas de agressão no próprio Itep que recebe presos para exames, esse ano houve ate tiroteio. É uma atividade policial, exercida por não policiais. Um absurdo que só se vê no RN. Devem estar esperando alguém morrer em serviço para rever a legislação.

  13. Celso Suricato disse:

    Parabéns pela matéria, pois esse assunto é pouco explorado. Fico imaginando o quanto deve ser difícil para os profissionais se acostumaram com esse serviço. A gente nunca imagina que pode um dia está sendo examinado lá. Este é um assunto bastante sinistro. Parabéns pela matéria.

  14. Carlos Kleber Alecrim Baião disse:

    Excelente a reportagem do ITEP, matéria com perguntas e respostas muito esclarecedoras. Parabéns aos envolvidos no blogdobg.

  15. Carlos Kleber Alecrim Baião disse:

    Excelente reportagem sobre o ITEP, Gostei muita das perguntas muito bem colocadas que me ajudaram a entender coisas que era leigo. Parabéns BG, seu blog sempre atualizado e com certeza uma rica fonte de informações para informar a população. Grande abraço. E parabéns ao jornalista da matéria.

  16. Henrique Xavier disse:

    Parabens pela materia, eh um tema pouco galado e que pouco sabiamos desse assunto e veio nos trazer a luz dessa rotina que nos passa dispercebida cotidianamente. Muito esclarecedor!

  17. Roberto Costa disse:

    Esse diretor é totalmente político com pretensões políticas , fora políticos do ITEP

  18. Marcos Azevedo disse:

    Incrível a burocracia e falt de agilidade do ITEP, tem um caso de nossa secretaria que seu tio foi encontrado degolado e já faz mais de um mês que se encontra naquele órgão sem que o corpos seja liberado para família fazer o sepultamento. Absurdo

  19. Fernando disse:

    "Maioria jovens de 15 a 24 anos, da periferia" como falou o diretor. São esses as maiores vítimas do lulopetismo, que escantearam o ensino de 1o e 2o a mera burocracia, esqueceram do ser humano, que ali estaria um jovem se formando e não derão a atenção de devida e o investimento nescessário, e insensívelmente, transformaram esses jovens em órfãos da esquerdalha, onde sem amparo estatal, migraram ou foram cooptados pelas facções criminosos, como um exército de suicidas, que morrem aos montes, sem que o estado os protegessem. Essa constatação foi reforçada pelo resultado do último PISA, onde mostrou o abandono que o Brasil teve na educação nos últimos 20 anos, além de outros dados já coletados com mesmos resultados. Mesmo assim, ainda tem metido a intelectualizados defendo esse tipo de governo, chamam-o de progressistas, agrave-se a isso, a implantação do modelo deb corrupção sistêmica entranhada nas veias de toda administração do estado brasileiro. Ora, aonde está a racionalidade humana, que não consegue ver óbvio, e excluir de sua vida o que é nefasto pra ele e sua família e seu mundo.

  20. Selma Batista disse:

    Parabéns , reportagem excelente é importante para a população

  21. Tarquino neto disse:

    Parabéns pela reportagem policial sensacional show de bola

  22. José Vanilson Juliao disse:

    Texto detalhista sem ser piegas. Esclarecedor

Polícia Civil prende cinco suspeitos por homicídios de moradores de rua em Natal

Equipes de policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Natal deram cumprimento, na tarde desta quarta-feira (26), a cinco mandados de prisão temporária em desfavor de cinco pessoas. As prisões se deram pela prática de dois crimes de homicídios qualificados, cometidos contra dois moradores de rua.

Foram presos: Francisco Francimário Bezerra, conhecido como “Mário”, 38 anos, Sebastião Luiz do Nascimento, conhecido como “Zinho”, 43 anos, Flávio Marques da Costa, conhecido como “Blade” 35 anos, Juliana Alves da Silva, 26 anos, e Eduardo Ferreira dos Santos, 35 anos. As prisões aconteceram nas imediações do viaduto do Baldo, na zona Leste de Natal, onde os investigados, também moradores de rua, residiam.

Segundo as investigações, o grupo, liderado por “Zinho”, é responsável por homicídios praticados contra outros dois moradores de rua, um ocorrido em novembro de 2017, e outro mais recente, em abril deste ano. No último homicídio, o grupo espancou até a morte a vítima conhecida como “Dunga” e depois atirou o corpo no canal do Baldo, o qual foi encontrado, dias depois do crime, próximo à Ponte Newton Navarro.

Os presos foram conduzidos à delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede ajuda à população enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

PROTESTO: Policiais Civis do RN paralisam atividades nesta terça-feira

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte e servidores da Segurança se reuniram em Assembleia Geral, na última terça-feira (18), e deliberaram por uma paralisação nesta terça-feira, dia 25 de junho, com concentração na sede do SINPOL-RN, a partir das 8h. O motivo será a reforma da Previdência.

Assim como policiais federais, rodoviários federais e guardas municipais, os policiais civis lutam para que as peculiaridades da profissão sejam levadas em conta dentro do projeto da reforma da Previdência. Com a proposta atual, essas categorias terão perdas de direitos e retrocessos, como fim da aposentadoria especial.

A paralisação deste 25 será feita em conjunto com policiais civis de todo o país, sendo promovida pela Cobrapol e pela União dos Policiais do Brasil (UPB). Em cada estado da federação, haverá essa mobilização. No último dia 14, a categoria já tinha cruzado os braços no Rio Grande do Norte em protesto contra a reforma da Previdência.

Também na Assembleia Geral da terça-feira, os Policiais Civis e Servidores da Segurança deliberaram por participação do SINPOL-RN em um ato que acontecerá em Brasília, no dia 2 de julho. Na ocasião, policiais civis, federais, rodoviários e guardas municipais do Brasil inteiro estarão na capital federal. Um grupo de 10 pessoas irá do Rio Grade do Norte.

“Essas duas deliberações são extremamente importantes, pois essa reforma da Previdência é a pauta mais urgente que temos. Estamos correndo sérios riscos de perdermos o direito a uma aposentadoria digna. Inclusive, a proposta atual afeta até mesmo os já aposentados, tendo em vista que haverá aumento da alíquota e, conseqüentemente, redução salarial”, afirma Nilton Arruda, presidente do Sindicato.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LULADRÃO disse:

    Concordo que os agentes e escrivães da polícia sejam beneficiados. Como também os soldados, cabos e sargentos da policia militar.
    Agora, delegados, oficiais e polícia federal, esses tem que diminuir salários, são todos marajás

  2. Potiguar disse:

    E que o caos, tome logo de conta para tirar ligo ela do governo do estado. Para que a desgraça e a guerra tome conta do estado.

  3. Getro disse:

    FATÃO, fugiu do acordo de reajuste e participa desse….. são coisas do pêtê… esquerdopatas….

    • M.D.R. disse:

      Quanto o GOVERNO DE FATÃO , o RN, cada vez perdendo a crebilidade o DISCURSO ñ é o mesmo e agora mostrando dificuldades que antes existiu mas, no palanque a história era outra podia tudo.

  4. PAULO disse:

    Essa mobilização é injusta, os militares das FA correm muitos riscos e isso justifica tantas regalias. Você pode capinar um mato dentro de um quartel e ser picado por uma cobra, pintar uma parede e cair tinta no olho, muito perigoso. Entrar em favela, trocar tiro com assaltante de banco, aí eu já acho mais tranquilo…(O GOVERNO FEDERAL DEU AS COSTAS PARA OS POLICIAIS FEDERAIS, POLICIAIS CIVIS E PRF, LAMENTÁVEL!)

    • Gilson disse:

      Macete p se aposentar de boa com 46 anos. Pague o INSS sobre o salário mínimo por 10 anos, depois entre na polícia e, trabalhando 1 dia e folgando 3, em mais vinte anos(6 anos efetivos, por causa das folgas, dá até p fazer UBER)vc já está aposentado com salários q vão de 11 a 30 mil. Só não sei até quando o estado vai aguentar pagar.

  5. Cigano Lulu disse:

    Policiais potiguares mais parecem a Velhinha de Taubaté: são fracos de discernimento. Acreditam em tudo. Até no papo-furado da "gove do góipi".

Polícias Militar e Civil evita assalto em Goianinha e detém cinco acusados

Grupo é acusado de tentar assalta uma loja em Goianinha (3)Policiais Militares e Civis realizaram na tarde desta quarta-feira (14) mais uma operação integrada na cidade de Goianinha. Durante a ação, quatro pessoas foram presas e um adolescente apreendido. O grupo é acusado de planejar um assalto em uma loja da cidade onde deixariam proprietários e funcionários amarrados. A ação rápida dos órgãos da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) foi possível com o apoio da população que denunciou repassado informações importantes sobre os suspeitos aos policiais.

Na ocasião foi apreendida uma pistola 380, dois carregadores, 19 munições intactas, seis cartuchos de 38 deflagradas, um carro de marca Fiat Pálio Wekeend, de placas PEQ 1708, uma moto de placas MXI 9459, uma moto Shineray, seis celulares, 10 cartões de crédito, além de 135,50 reais em dinheiro. Com o grupo, os policiais apreenderam ainda grampos em cano de PVC, braçadeiras de plástico que servem como algemas, vários papelotes de cocaína, crack e maconha.

Entre os conduzidos à Delegacia de Polícia Civil estão, Alexsandro Saturnino de Almeida, de 35 anos, Francis Carneiro de Oliveira, de 23 anos, Paulo Ricardo Nunes da Silva, de 19 anos, Maria Daiana Morais do Nascimento, de 23 anos e um adolescente de 17 anos. Apenas um deles é residente na cidade. Os demais são de Natal, e Macaíba e São Gonçalo do Amarante.

A abordagem foi realizada com muita cautela e segurança uma vez que muitas pessoas transitavam na área. A ação foi considerada bem sucedida, sem registro de pessoas feridas e os bens preservados. A população que acompanhou a operação aplaudiu a atuação dos profissionais após a prisão dos envolvidos.

Bandidos fazem arrastão em casa de policial civil

Bandidos fizeram um arrastão na casa de um agente da Polícia Cilvil na noite de ontem, localizada no conjunto Ponta Negra.  Três homens invadiram o local, renderam dez pessoas que estavam lá dentro e roubaram objetos, como joias, perfumes, TVs de LCD, celulares e até mesmo munições.

Os criminoso conseguiram entrar na residência de  Ranulfo Alves Filho após abordarem seu irmão que estava chegando ao local. O policial não estava em casa durante o arrastão.

Entre os itens levados pelos bandidos, pelo menos 150 munições de pistola.

MP recomenda à Degepol ações para combater “calças-pretas"

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio da 19ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal, encaminhou Recomendação ao Delegado-Geral de Polícia Civil, para que adote providências necessárias com o objetivo de impedir o desempenho de atividades de policiais civis por quaisquer pessoas estranhas aos quadros funcionais da Polícia Civil no Estado, vulgarmente conhecidos por “calças-pretas” ou “araques de polícia”.

O 19º Promotor de Justiça da Comarca de Natal — com atribuições em investigações criminais e controle externo da atividade policial — instaurou em março passado inquérito civil para apurar o possível exercício irregular de atividades próprias de agentes e escrivães de Polícia Civil por pessoas estranhas ao quadro funcional da Instituição, requisitou informações para saber se particulares ou servidores de outros órgãos estavam trabalhando em unidades de Polícia Civil e encaminhou a Recomendação na última sexta-feira, dia 31/08.

O representante do MP pede que o titular da Degepol faça a expedição de ato administrativo específico com divulgação em todas as unidades da Civil no Estado proibindo todos os policiais civis de cometerem ou delegarem atividades próprias a indivíduos conhecidos como “informantes”, “alcaguetes”, “calças-pretas” ou “araques de polícia”, não permitindo que acompanhem, como coadjuvantes, diligências policiais ou, de qualquer forma, tenham acesso às áreas restritas aos servidores de repartições policiais.

No documento, o MP recomenda também que o titular da Degepol determine que os delegados responsáveis por unidades da Polícia Civil se abstenham de solicitar ou aceitar a cessão de servidores ou empregados de outros órgãos, devendo qualquer procedimento de cessão tramitar exclusivamente perante a Degepol ou Secretaria Estadual de Segurança Pública  e Defesa Social (Sesed).

O representante do MP também recomenda que a Polícia Civil, através de ato administrativo, discipline o trabalho de servidores cedidos por outros órgãos, cujas atribuições deverão se restringir a atividades burocráticas, proibindo, ainda, que esse pessoal conduza viaturas caracterizadas, portem armas ou algemas ou utilize vestes ou acessórios que possa dar a falsa impressão de que se trata de um policial civil.

Por fim, o 19° Promotor de Justiça, recomenda ao titular da Degepol que através de procedimento investigatório adequado apure qualquer conduta que tenha conhecimento e que, em tese, caracterize o crime de usurpação de função pública ou as contravenções penais de simulação da qualidade de funcionário.

Delegado Geral da Civil confirma convocação de 21 novos policiais até final de agosto

O delegado geral da Polícia Civil, Fábio Rogério, confirmou a nomeação de mais 21 novos policiais até o final deste mês. Os oito novos delegados, nove agentes e quatro escrivães deverão ser designados para reforçar o quadro de pessoal de municípios do interior.

“Essas são as vagas remanescentes da última convocação e pelo menos o destino de uma equipe já está definido: São Bento do Norte” revelou Fábio, enfatizando que já havia enviado o processo para a secretaria estadual de Administração e Recursos Humanos (Searh).

Desde que assumiu o cargo de delegado geral, Fábio Rogério tem priorizado os investimentos de recursos e as nomeações de novos policiais para o interior. “Conheço a realidade do interior e sei que são os municípios que mais apresentam dificuldade”, pontuou

 

Fonte: Nominuto.com

Polícia Civil prende homem acusado de violentar sexualmente a própria enteada

Policiais civis da Delegacia Especializada na Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) prenderam nesta quinta-feira (21), um homem S. P.V de 32 anos. Ele é acusado de violentar sexualmente sua enteada, na época, com 12 anos de idade.

O crime aconteceu em setembro de 2010 na zona Leste da capital. O padrasto ficou sem roupas na frente da menina tentando beijá-la a força e acariciando as partes íntimas dela. Ele ainda ameaçou a criança com uma arma de fogo, dizendo que se ela contasse para alguém ele a mataria.

O acusado foi preso em sua casa na manhã de hoje e encaminhado Centro de Detenção Provisória de Pirangi onde aguarda decisão da Justiça.

Policiais Civis fazem paralisação de advertência hoje

Comunicado à sociedade potiguar

O Sindicato dos Policiais Civis – Sinpol/RN – coordena nesta quarta-feira, 20, uma greve (paralisação) de advertência por um período 24h. Esclarecemos à população que este movimento não é por reajuste salarial, mas para que o governo cumpra o que determina a lei 417/10, dando a continuidade ao enquadramento dos agentes e escrivães nos níveis de suas respectivas carreiras.

Vale ressaltar que, mesmo com um termo de acordo firmado no TJ/RN em julho de 2011, no qual o estado estaria obrigado a cumprir, em prazo determinado, a pauta negociada com o sindicato, nenhum dos pontos foi cumprido em sua integralidade. Sendo estes: a retirada dos presos das delegacias de todo o RN, a distribuição do vale- refeição para os plantonistas em todo o estado, serviço de limpeza das delegacias, retirada de pessoas estranhas do quadro da Polícia Civil e a nomeação de todos os concursados.

Não bastasse o descumprimento da decisão judicial, surge agora a ameaça do corte dos anuênios da categoria, um direito adquirido e uma conquista de anos de luta dos policiais civis, o que provocaria a redução substancial do valor final dos proventos dos servidores.

Os policiais civis repudiam qualquer tentativa de redução salarial, o que classificam como uma ação antidemocrática, retaliatória e insensata.

Sinpol/RN

Polícia Civil não faz recolhimento e máquinas caça-níquel são arrombadas

O blog acaba de ser informado de uma situação realmente lamentável, reflexo do descaso e da crise na segurança que passa o Estado.

Na madrugada da última sexta-feira (11), após denúncias anônimas, policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) fecharam um bingo que funcionava na rua Neusa Farache, situado no bairro de Capim Macio. No local, foram encontradas cerca de 90 máquinas caça-níquel. Como de padrão, a Polícia Civil é acionada para dar andamento ao procedimento.

O delegado de plantão Custódio Arraes, agindo corretamente dentro de suas atribuições, foi ao local e deu andamento a ocorrência. Só que ele não tinha como fazer o transporte do material apreendido por falta de veículo e fez o isolamento do local com aquela faixa zebrada em preto e amarelo.

Para não deixar o local ao Deus dará, os policiais do 5º BPM passaram a ter uma rotina de fiscalização à residência para evitar o furto, extravio ou qualquer tipo de interferência nas máquinas, haja vista que elas se encontravam, em tese, sob a custódia do Estado. Até aí, tudo bem.

A confusão começou durante a semana. Todos os dias os PMs solicitavam à Civil o recolhimento das máquinas. O problema é que o caminhão que realizaria o recolhimento do material nunca chegou. A Polícia Civil alegava que não dispunha do veículo para realizar o transporte. Conclusão? As máquinas ficaram toda a semana (e estão lá até hoje).

Mas tenham calma. Essa demora é apenas a primeira parte do problema. Nesta sexta-feira (18), o delegado de Costumes Silvio Andrade foi até o endereço onde estavam as máquinas e constatou que todas estavam arrombadas exatamente no dispositivo que armazena o dinheiro do jogo. Cadê o dinheiro? Ninguém sabe, ninguém viu!

Está besta? estarrecido? indignado? A novela ainda não acabou. Ao fazer a constatação, o delegado acionou o Instituto Técnico-científico de Polícia (Itep) para que fizesse uma perícia no local e nas máquinas, porque estava configurado um segundo crime dentro de um local sob a guarda do Estado, e sabe o que aconteceu? Nada. Isso mesmo: nada! Até agora, nenhum dos peritos esteve no local.

Enquanto isso, as viaturas do 5º Batalhão continuam sendo obrigadas a fazer ronda pela região fazendo um rodízio na frente da casa, deixando o bairro o policiamento ostensivo do bairro desfalcado de uma viatura.

Se é assim que algumas autoridades e agentes tomam conta da nossa segurança, imaginem como estamos bem seguros.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. I Monarca da Aba da Serra disse:

    Unificação das Polícias?Na unificação, os delegados ganhariam status de Promotor de Justiça, os Oficiais PMs, Agentes e Escrivães de Polícia, status de Delegado e os Praças das PMs se tornariam Agentes de Polícias Estaduais…
    Assim, todos ficariam satisfeitos e a escassez de Promotores, Delegados e Policiais seria bastante atenuada…Saliento que antes haveriam cursos para aperfeiçoar esse profissionais, habilitando-os para as respectivas funções, que muitas vezes eles já exercem de forma irregular…
    Por exemplo: Há muitos Sargentos, Agentes, Escrivães e Oficiais de Polícia exercendo função de Delegado em várias cidades do Brasil…Fala-se muito em preservação das tradições… Mas, o que é mais importante? as tradições, ou a eficiência nas estruturas da segurança pública? Para quê serve o militarismo nas policias?
    Não seria o momento de dar aos agentes da segurança um caráter profissional desprovido do cerimonialismo e apêndices?Assim, a Segurança pública no Brasil melhoraria substancialmente…Para isso basta aprovar uma emenda constitucional…A segurança pública deverá atender os anseios da sociedade antes de qualquer interesse corporativo….
    O modelo de segurança vigente já se mostrou incapaz de atender com qualidade aos anseios da sociedade…

Polícias Civil e Militar prendem bando acusado de tráfico de drogas em Santa Cruz

Uma operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar prendeu em flagrante na noite desta quinta-feira (17), sete pessoas envolvidas com o tráfico de drogas em Santa Cruz, cidade distante a 115 km da capital. Além disso, um menor também foi apreendido. O bando vinha sendo investigado a cerca de dois meses.

Os acusados são: Altemir Jeverson da Silva Oliveira, o chefe da quadrilha, e sua esposa Shauana Stephane Oliveira da Silva; João Carlos da Silva Lopes, mais conhecido como “Kiko”; Jenerson Rocha, vulgo “Décio”; Francisco Alexandre da Silva, o “Magão”; Marcondes Rodrigues da Silva e Ronaldo Soares da Silva Aureliano.

Com o bando foram apreendidos um punhal, quatro munições de revólver calibre 32, 40 pedras de crack prontas para consumo e uma pedra maior de 15 gramas, meio quilo de maconha e aproximadamente cinco gramas de cocaína. Além de oito celulares, duas TVs de 20 polegadas, um aparelho de som, um relógio, duas pulseiras e uma quantia de R$ 480 reais, em notas de R$ 2, R$ 10 e R$ 20.

Altemir Jeverson  é natural de Macaíba e estava morando em Santa Cruz há dois meses, após ter sido ameaçado de morte em sua cidade.

Os acusados encontram-se presos na 9ª Delegacia Regional de Polícia à disposição da justiça.

Ação conjunta da PM e da Civil prende seis em parelhas

As polícias Civil e Militar deflagraram uma operação, no início da manhã dessa sexta-feira (13), com o objetivo de combater o tráfico de drogas no município de Parelhas. Ao todo foram presas seis pessoas e apreendidas armas, drogas e uma moto adulterada.

A ação começou por volta das 05 horas da manhã de hoje se deu cumprimento a 15 mandados de busca e apreensão expedidos pela Comarca de Parelhas. As prisões aconteceram em residências diferentes. As acusações são de tráfico de entorpecentes, porte ilegal de armas, receptação e furto.

Durante a ação a polícia apreendeu com um dos traficantes mil e duzentas pedras de crack e novecentas trouxinhas de maconha. Também foram apreendidos dois revólveres e uma moto com queixa de adulteração. Todos os presos já tinham passagem pela polícia.

A ação foi coordenada pela Diretoria de Policiamento do Interior (Dpcin) sob o comando do delegado José Carlos Oliveira.

Polícia desmonta quadrilha especializadas em assaltos na Grande Natal

A equipe de policiais civis da 1ªDP de Parnamirim, comandada pelo delegado Graciliano Lordão, efetuou a prisão de quatro pessoas suspeitas de praticarem assaltos a residências, granjas e comércios na Grande Natal. Os detalhes da prisão foram divulgados na manhã dessa sexta-feira (30) durante coletiva de imprensa na Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol).

Os presos foram identificados como Cláudio Henrique de Oliveira, 25 anos, vulgo “Fit”, Djack Djohnson Moura dos Santos, o “Manchinha”, o soldado da aeronáutica Tarciso Henriques Pessoa, 23 anos, e, Renato da Silva Santos, 20, vulgo “Renato Beiço”.  As prisões se deram em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela 2ª Vara Criminal de Parnamirim,que foram cumpridos nos último dia 07 de março.

De acordo com o delegado Graciliano Lordão, as investigações tiveram início após um arrastão a uma residência localizada no bairro Nova Esperança, em Parnamirim, ocorrido no dia 31 daquele mês. A partir de informações colhidas pela polícia, foram apreendidos dois menores de idade suspeitos de envolvimento no crime, que possibilitaram a identificação da quadrilha. “A partir da apreensão dos adolescentes identificamos primeiramente o Fit, em seguida o restante da quadrilha, e com o reconhecimento das vítimas pedimos a prisão preventiva deles”, explicou.

Os acusados foram identificados pelas vítimas desse assalto como também de outros roubos. “Investigamos pelo menos oito assaltos praticados pelo bando. Eles vinham agindo desde o ano passado”, revelou Lordão. Uma das ações da quadrilha aconteceu no último dia 09 de fevereiro, quando eles teriam assaltado um bar e em um mercadinho localizados em São José de Mipibu e em seguida, no mesmo dia, tomaram um carro de assalto pertencente a uma cervejaria na BR-101, nas proximidades do aeroporto Augusto Severo.  O veículo, segundo o delegado, teria sido usado em um assalto a uma granja em São José de Mipibu cometido no dia seguinte.

O delegado contou ainda que um dos membros da quadrilha identificado como Erivaldo Lima Silva, vulgo “Ferrinho”, de 20 anos, foi morto no último dia 14 de fevereiro durante um dos assaltos praticados pelos acusados a uma granja. Durante a ação, o vigilante reagiu e efetuou disparos contra o bandido que veio a óbito. Na ocasião, os comparsas pegaram o corpo e jogaram na frente da residência do pai dele para que fosse socorrido. Ferrinho era conhecido da polícia por praticar inúmeros assaltos desde que era menor e era considerado um bandido bastante violento.

Graciliano Lordão investiga agora a participação de outros possíveis integrantes da quadrilha. Há a suspeita de que mais dois adolescentes e um adulto estejam envolvidos nos assaltos praticados pelo grupo.

Polícia civil prende homem em flagrante após assalto na Zona Norte

Um jovem identificado como José Carlos Gomes, de 20 anos, foi preso em flagrante pelos policiais civis do 13º Distrito, no início da tarde desta quinta-feira (22), após ter assaltado uma adolescente de 13 anos no Conjunto Jardim das Flores, no bairro da Redinha, zona Norte de Natal.

O acusado abordou a vítima após a saída da escola, quando ela estava a caminho do ponto de ônibus. José Carlos Gomes ameaçou a adolescente dizendo que estava armado e a forçou a entregar o aparelho celular.

A Polícia Civil estava em diligência pelo bairro no momento do ocorrido, quando foi acionada por duas moradoras que disseram sobre o assalto. O acusado foi preso ainda quando tentava fugir correndo pelas ruas do Conjunto.