SINE e ITEP: saiba como agendar atendimento nas Centrais do Cidadão

FOTO: ASCOM/SEAD

O Governo do Rio Grande do Norte autorizou, em caráter excepcional, a reabertura de algumas Centrais do Cidadão no interior do Estado, conforme Decreto nº 29.705, de 19 de maio de 2020.

Nas unidades localizadas nos municípios de Apodi, Assú, Currais Novos, João Câmara, Santa Cruz e Pau dos Ferros são realizadas, exclusivamente, atividades do Sistema Nacional de Emprego (Sine).

Também está autorizado o funcionamento das Centrais do Cidadão das cidades de Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e São José de Mipibu, exclusivamente para prestação de serviço do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

Os atendimentos, entretanto, só irão acontecer mediante agendamento prévio. O horário de atendimento em todas as Centrais do Cidadão será das 7h às 13h.

SINE

O agendamento pode ser feito, provisoriamente, por meio de um número de celular. Cada unidade dispõe de um número. Em breve, será disponibilizado um número institucional para as marcações de horários em todas as Centrais. A população à procura do serviço do Sine pode telefonar durante o horário das 7h às 13h. Confira os contatos:

Assú: 99169-1018;

Currais Novos: 99963-5634;

João Câmara: 99428-5586 (Sandra);

Pau dos Ferros: 99605-7028 (Paulo);

Santa Cruz: 98719-3210 (Márcio).

Natal: atendimento presencial na unidade matriz do Sine, no bairro de Candelária, também mediante agendamento prévio pelos números: (84) 3232-7877 / (84) 3232-7859 / (84) 3232-7845 / (84) 3232-7848, de segunda a sexta, das 8h às 18h.

ITEP

Parnamirim e São Gonçalo do Amarante: o agendamento para emissão da Carteira de Identidade (RG) é feito online, exclusivamente, por meio do site www.centraldocidadao.rn.gov.br. É necessário a criação de um cadastro, com e-mail e senha, além da apresentação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do titular, não sendo possível realizar o agendamento para terceiros. O agendamento pelo site oferecerá atendimento no dia útil seguinte, com horário marcado.

São José de Mipibu: realiza os atendimentos, por ordem de chegada, sendo feito o controle em forma de triagem, a fim de evitar aglomerações e garantir o cumprimento do distanciamento recomendado.

Natal: atendimento continua sendo realizado na sede do Itep, no bairro da Ribeira. Também por meio de agendamento online via site www.centraldocidadao.rn.gov.br.

MEDIDAS DE SAÚDE

Nas Centrais do Cidadão que passam a funcionam em caráter excepcional para atividades do SINE e do ITEP serão adotadas todas as medidas de saúde recomendadas pelas autoridades sanitárias, principalmente, o distanciamento mínimo de 1,5 m (um metro e meio) entre as pessoas, evitando aglomeração e contatos proximais.

Dentro dos estabelecimentos só será permitida a presença de uma pessoa para cada 5 cinco metros quadrados. O limite de controle será de no máximo vinte pessoas em atendimento.

Também estão estabelecidas regras para a higienização ambiental e dos equipamentos de contato, e assepsia por parte dos operadores em respeito às normas sanitárias específicas de combate ao novo coronavírus.

Nos locais de atendimento presencial será providenciada a instalação de anteparo de proteção aos funcionários e disponibilização ininterrupta e suficiente de álcool gel 70%, em locais fixos de fácil visualização e acesso, bem como a disponibilização de máscaras em quantidade suficiente para os funcionários.

O Decreto nº 29.705 estabelece, ainda, que os locais de atendimento ao público devem utilizar, na medida do possível, sistema natural de circulação de ar, abstendo-se da utilização de aparelhos de ar condicionado e ventiladores.

UTILIDADE PÚBLICA: Itep disponibiliza agendamento online para emissão de RG para auxílio emergencial

FOTO: José Aldenir

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep/RN) irá disponibilizar, a partir desta sexta-feira (15), um sistema de agendamento exclusivo para emissão de Carteiras de Identidade. A medida tem o objetivo de suprir a demanda da população em receber o auxílio emergencial do Governo Federal, fornecido pela Caixa Econômica Federal. O serviço oferecerá 160 fichas diárias em quatro cidades do Estado.

Após a publicação do decreto do Governo do Estado que suspendeu o funcionamento das Centrais do Cidadão com o objetivo de inibir aglomerações em razão da pandemia de Covid-19, a sede do Itep, localizada no bairro da Ribeira, passou a receber um acúmulo de pessoas em busca da emissão do RG. Para solucionar essa questão, o Itep contará, a partir de 12h desta sexta-feira (15), com um sistema de agendamento online para atendimento, que estará disponível no site central.rn.gov.br.

Para realizar o agendamento será necessário a criação de um cadastro, com e-mail e senha, além da apresentação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) do titular, não sendo possível realizar o agendamento para terceiros. O agendamento pelo site oferecerá atendimento no dia útil seguinte, com horário marcado. No momento agendado, será obrigatória a apresentação de documento que comprove o direito a retirada do auxílio emergencial.

De acordo com o diretor-geral do Itep/RN, Marcos Brandão, a disponibilização do agendamento eletrônico tem o intuito de garantir a segurança da população, para diminuir as chances de transmissão do novo coronavírus “Esperamos promover tranquilidade para as pessoas que estão procurando este serviço, principalmente para que as filas e aglomerações sejam evitadas”, disse.

A distribuição dos 160 atendimentos diários nas unidades ocorrerá na cidade de Natal, com 60 atendimentos no Instituto de Identificação, em prédio anexo a sede do Itep, no bairro da Ribeira. Em Parnamirim, que atenderá 40 pessoas, e em São Gonçalo do Amarante, que receberá 20, os atendimentos serão realizados nas Centrais do Cidadão. As pessoas que fizerem o deslocamento até essas unidades do Itep/RN sem agendamento prévio não serão atendidas. Outros 40 atendimentos serão realizados na cidade de São José de Mipibu, na Central do Cidadão do município, no primeiro momento fichas serão distribuídas no local.

O Itep informa que, após conversas, a Caixa Econômica Federal liberou, a partir desta sexta-feira (15), o recebimento do auxílio emergencial mediante apresentação da Carteira de Trabalho.

MPRN recomenda ao Governo do Estado que dê celeridade aos concursos públicos para Polícia Civil e Itep até mesmo dispensando a licitação

Foto: G1 RN

Recomendações foram publicadas na edição desta sexta (17) do Diário Oficial do Estado. Documento destaca a necessidade de nomeação de novos servidores para promover o direito fundamental à segurança pública

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou ao Governo do Estado que dê celeridade aos concursos públicos para preenchimento de vagas na Polícia Civil e no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). As duas recomendações, destinadas à Secretaria Estadual de Administração, foram publicadas na edição desta sexta-feira (17) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Na recomendação relativa à Polícia Civil, a 70ª Promotoria de Justiça de Natal destaca que o atual efetivo da Polícia Civil, que é de 1.371 policiais (162 delegados, 185 escrivães e 1.024 agentes), representa 26,6% dos 5.150 cargos previstos em lei (350 delegados, 800 escrivães e 4 mil agentes).

O MPRN lembra, ainda no documento, há ainda 130 policiais civis aptos à aposentadoria voluntária, dos quais 13 estão próximos da aposentadoria compulsória por idade. Para expedir a recomendação, o MPRN levou em consideração que a abertura do processo administrativo para a realização do concurso público para a reposição de vagas de delegado, agente e escrivão de Polícia Civil ocorreu há mais de quatro anos e seis meses, através de um memorando datado de 19 de maio de 2015.

Nas duas recomendações, o MPRN frisa que a contratação da banca do concurso não pode ser feita mediante pregão, mas sim por dispensa de licitação ou licitação pela modalidade concorrência do tipo melhor técnica ou técnica e preço, sendo preferível, no caso, a dispensa, em razão de ser “um procedimento bem mais célere e usualmente utilizado para contratações da espécie, não havendo dúvidas acerca de sua legalidade, nos termos da Súmula 287 do Tribunal de Contas da União”.

Clique aqui e veja detalhada no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Roberto Araújo disse:

    Já passou da hora do governo resolver esse verdadeiro couro de p***.

FOTOS: Governo entrega 16 veículos e equipamentos para polícias Militar e Civil, Bombeiros e Itep

FOTOS: SANDRO MENEZES

O Governo do RN concretiza novos investimentos para melhorar a segurança pública. Nesta sexta-feira, 20, a governadora Fátima Bezerra fez a entrega de 14 novos veículos e equipamentos no valor de R$ 2,1 milhões às policias Militar e Civil.

Foram entregues, a partir de doação da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), 10 veículos 4×4 (9 para a PM e 1 para o Corpo de Bombeiros no valor de R$ 1,4 milhão), quatro veículos tipo C4 Pallas (3 para a Polícia Civil e 1 para o ITEP no valor de R$ 320 mil), 57 Coletes Balísticos (R$ 45,6 mil), 41 Capacetes de Proteção (R$ 41 mil). Além disso, a Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Sesed) adquiriu, no valor de R$ 319 mil, duas camionetes Mitsubishi L200 4×4 que foram entregues para o Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER).

No ato de entrega a governadora Fátima Bezerra disse que “esse é mais um investimento viabilizado pelo nosso Governo para fortalecer a segurança pública já nesse período de réveillon e para a Operação Verão. Os equipamentos estão todos prontos para serem utilizados”. Ela também destacou as inciativas do Governo na área da segurança pública em 2019, tanto em relação a melhoria das condições de trabalho como em relação à valorização profissional: “Investimos em equipamentos e veículos, mas também investimos muito na valorização profissional realizando cursos de aperfeiçoamento e qualificação e mantendo em dia o pagamento das diárias operacionais.”

Secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), o coronel Francisco Araújo lembrou que a entrega é realizada via parceria com o Governo Federal. “O material e as viaturas entregues hoje vão servir para as polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Itep, além do Centro de Operações Aéreas. Tudo isso é fruto do esforço do Governo junto à União para garantir os recursos que vão trazer mais segurança para a população.”

Comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo registrou que “com essas novas viaturas vamos reforçar o policiamento, deixando, tanto a população potiguar como os turistas, mais seguros”.

O ato de entrega dos veículos e equipamentos também contou com a presença do secretário-adjunto da Sesed, Osmir Monte, do diretor-geral do Itep, Marcos Brandão, do subcomandante do Corpo de Bombeiros, coronel Acioli Bento e do delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Odilon Teodósio.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Val Lima disse:

    Não sabia q C4Pallas, era carro operacional

  2. Cigano Lulu disse:

    O cinismo dos petralhas não tem limites, Luladrão que o diga. Quem votou em Fatão GD já sabia que ela era cara de pau duríssimo, madeira de bater em doido. Portanto, novidade zero.

  3. heim? cuma? disse:

    Dinheiro oriundo do GOVERNO FEDERAL, mas como sempre, esse despacho de encruzilhada late que é recurso do RN. Ô raça nojenta, facção de cínicos e mentirosos.

  4. Luciana Morais Gama disse:

    A maioria dos veículos foram enviados pelo governo Bolsonaro. É só puxar as placas q a gente sabe logo, BRASÍLIA/DF.

  5. Maldoni disse:

    Parabéns Governadora. Houve um tempo que até devolver dinheiro por incompetência de usar, aconteceu. E hoje esse que era então Secretário de Segurança a época, pousa de sabe tudo e crítica tudo.

  6. Rapha disse:

    Dinheiro veio do ministério da justiça! Governo federal!

  7. Cidadão disse:

    O correto seria:
    O governo federal entrega equipamentos p a segurança pública do RN. 🐴🐴

  8. #falaaverdade! disse:

    Essa verba investida existia nos cofres do RN, ou veio do Governo Federal? Manda a real aí, governadora! Que tal mostrar que investiu o dinheiro que foi enviado pelo governo do opositor político… ?

  9. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Dinheiro do Governo Federal (Secretária Nacional de Segurança Publica) e PTralhada posando pra foto. Quanta cara de pau!
    Parabéns Bolsonaro e Moro.

SEM TABU: Diretor do ITEP desmistifica ‘estórias macabras’ do necrotério e revela bastidores da perícia criminal

Foto: Cedida/José Aldenir

Todo mundo vai morrer. Isso é fato. Alguns com idade avançada, outros não. Mas, duvido que você queira fechar esse ciclo natural da vida, deitado sobre uma mesa cadavérica. Só de ouvir a palavra necrotério, a maioria torce o nariz, sente repulsa. E se um dia alguém estiver lá, realmente algo de trágico aconteceu. Seguramente, essa pessoa não irá observar, mas muita gente estará de olhos bem abertos nela – investigando a causa da morte e quem a provocou. Esta é a rotina de profissionais do setor de Medicina Legal do Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP), que começam o dia, quando o de algum mortal termina.

Nossa entrevista é com o diretor-geral da instituição, o engenheiro mecânico Marcos José Brandão Guimarães, 44 anos, que também é perito criminal. A partir de agora, ele irá ‘abrir as portas do necrotério’ ao leitor do Blog do BG, relatando curiosidades da Medicina Forense, bem como desmistificando as insólitas ‘lendas urbanas’ que perduram no imaginário popular. A reportagem é de Wagner Guerra.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. pedro disse:

    Ótimo trabalho 🙂
    show Wagner Guerra

  2. Matheus disse:

    Matéria top!!
    Wagner é bom e tem o dom!!
    👏👏👏

  3. Jahnsen Marinho Lima disse:

    Amei essa matéria.PARABENS AO DIRETOR E SERVIDORES DO ITEP PELO GRANDE TRABALHO Q TODOS OS DIAS REALIZAM.

  4. Emerson disse:

    Ótima matéria cheia de ricos detalhes parabéns

  5. Rosangela Dantas disse:

    Amei essa materia,tenho muita curiosidade nesse assunto,acho interessante…parabéns😃

  6. Jaime disse:

    Parabéns ao ilustre diretor pelos esclarecimentos e bem como ao blog pela iniciativa.

  7. heim? cuma? disse:

    Demorou mas apareceu uma postagem decente!! Parabéns Wagner Guerra, pelo texto e construção da matéria.

  8. Edgar Terceiro disse:

    Excelente matéria! É sempre bom saber o que acontece nos bastidores…

  9. Mariskhley disse:

    Parabéns para quem escreveu essa matéria está muito boa show de bola mesmo

  10. Bruno Aguiar disse:

    Parabéns, o jornalismo no RN está carecendo de reportagens assim, hoje só se noticia mortes e violência. Matérias mesmo é uma coisa rara, principalmente na TV.

  11. Marcelo Santos disse:

    Reportagem genial o texto de Wagner Guerra é INIGUALÁVEL.

  12. Justus disse:

    Pouco se fala sobre o risco que sofrem os peritos, sendo normal serem recebidos a bala, coagidos e etc. Alguns sofrem tentativas de agressão no próprio Itep que recebe presos para exames, esse ano houve ate tiroteio. É uma atividade policial, exercida por não policiais. Um absurdo que só se vê no RN. Devem estar esperando alguém morrer em serviço para rever a legislação.

  13. Celso Suricato disse:

    Parabéns pela matéria, pois esse assunto é pouco explorado. Fico imaginando o quanto deve ser difícil para os profissionais se acostumaram com esse serviço. A gente nunca imagina que pode um dia está sendo examinado lá. Este é um assunto bastante sinistro. Parabéns pela matéria.

  14. Carlos Kleber Alecrim Baião disse:

    Excelente a reportagem do ITEP, matéria com perguntas e respostas muito esclarecedoras. Parabéns aos envolvidos no blogdobg.

  15. Carlos Kleber Alecrim Baião disse:

    Excelente reportagem sobre o ITEP, Gostei muita das perguntas muito bem colocadas que me ajudaram a entender coisas que era leigo. Parabéns BG, seu blog sempre atualizado e com certeza uma rica fonte de informações para informar a população. Grande abraço. E parabéns ao jornalista da matéria.

  16. Henrique Xavier disse:

    Parabens pela materia, eh um tema pouco galado e que pouco sabiamos desse assunto e veio nos trazer a luz dessa rotina que nos passa dispercebida cotidianamente. Muito esclarecedor!

  17. Roberto Costa disse:

    Esse diretor é totalmente político com pretensões políticas , fora políticos do ITEP

  18. Marcos Azevedo disse:

    Incrível a burocracia e falt de agilidade do ITEP, tem um caso de nossa secretaria que seu tio foi encontrado degolado e já faz mais de um mês que se encontra naquele órgão sem que o corpos seja liberado para família fazer o sepultamento. Absurdo

  19. Fernando disse:

    "Maioria jovens de 15 a 24 anos, da periferia" como falou o diretor. São esses as maiores vítimas do lulopetismo, que escantearam o ensino de 1o e 2o a mera burocracia, esqueceram do ser humano, que ali estaria um jovem se formando e não derão a atenção de devida e o investimento nescessário, e insensívelmente, transformaram esses jovens em órfãos da esquerdalha, onde sem amparo estatal, migraram ou foram cooptados pelas facções criminosos, como um exército de suicidas, que morrem aos montes, sem que o estado os protegessem. Essa constatação foi reforçada pelo resultado do último PISA, onde mostrou o abandono que o Brasil teve na educação nos últimos 20 anos, além de outros dados já coletados com mesmos resultados. Mesmo assim, ainda tem metido a intelectualizados defendo esse tipo de governo, chamam-o de progressistas, agrave-se a isso, a implantação do modelo deb corrupção sistêmica entranhada nas veias de toda administração do estado brasileiro. Ora, aonde está a racionalidade humana, que não consegue ver óbvio, e excluir de sua vida o que é nefasto pra ele e sua família e seu mundo.

  20. Selma Batista disse:

    Parabéns , reportagem excelente é importante para a população

  21. Tarquino neto disse:

    Parabéns pela reportagem policial sensacional show de bola

  22. José Vanilson Juliao disse:

    Texto detalhista sem ser piegas. Esclarecedor

Mais de 65% das vítimas fatais no trânsito do RN tinham ingerido álcool, revela pesquisa do ITEP

A relação entre o consumo de bebida alcoólica e os acidentes de trânsito com vítimas fatias motivou uma pesquisa desenvolvida por peritas criminais do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), que revelou um resultado surpreendente: 65,7% das vítimas de mortes no trânsito, no período de janeiro a maio de 2019 no Rio Grande do Norte, tinham presença de álcool no sangue.

O levantamento realizado pelas peritas criminais Anne Caroline Moura, Fernanda Cagni e Karine Coradini, com base na análise laboratorial de 99 laudos de perícias toxicológicas feitas no Instituto, identificou ainda que em 86,1% dos casos a concentração de dosagem alcoólica superava 0,6 g/L, medida que segundo a legislação configura ilícito penal na condução de veículos.

“A maioria das pessoas vitimadas no trânsito que tinham ingerido álcool eram de homens (89%), sendo 41% com idade entre 18 e 29 anos. Nos casos com vítimas maiores de 30 anos, em 66,7% a concentração alcoólica chegava ao teor 1,5g/L”, explicou a perita Anne Caroline.

A pesquisa, que está em andamento, ainda identificou que os dias com maiores registros de acidentes fatais foram o domingo e a segunda-feira. “Estamos correlacionando os casos para apontar um relatório anual, para acrescer quais rodovias acontecem mais acidentes e em que casos eram os condutores dos veículos com ingestão de álcool”, explicou Fernanda Cagni. O trabalho também deverá ser apresentado no Congresso Brasileiro de Toxicologia, que ocorre no mês de outubro em São Paulo.

FOTOS: Pesquisa desenvolvida no ITEP ajudará no combate ao tráfico de cocaína no RN

Fotos: Divulgação/Itep

Uma pesquisa que está sendo desenvolvida no Núcleo de Laboratório Central de Perícias Forenses, do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP-RN), poderá ser uma grande aliada no combate ao tráfico de drogas no estado. De autoria da perita criminal Karine Coradini e do estagiário em Biomedicina da UFRN, Daniel Almeida, o estudo busca identificar adulterantes presentes na cocaína apreendida no Rio Grande do Norte, caracterizando padrões encontrados nos entorpecentes que fornecerão informações às autoridades policiais na investigação da rota do tráfico.

Segundo a perita criminal do ITEP-RN, o conteúdo das drogas comercializadas ilegalmente é muito diversificado. “A cocaína não é comercializada nem traficada na forma pura (100% cocaína). A ela são adicionadas substâncias adulterantes ou diluentes, que diminuem a concentração de cocaína, tais como cafeína, lidocaína, bicarbonato de sódio, entre outros”, explicou Karine.

Adulterantes são definidos como aditivos que promovem uma potencialização dos efeitos, aumento do volume ou aumento da toxicidade da droga. Já os diluentes são materiais inativos adicionados que reduzem o efeito desejado ou o custo financeiro de produção.

“Conexões químicas podem ser estabelecidas e materiais de diferentes apreensões alocados em grupos de características similares. Além disso, associações podem ser estabelecidas entre usuários e fornecedores, um padrão de distribuição de drogas pode ser identificado, e as diferentes rotas usadas pelo tráfico de drogas e as fontes de produção, incluindo a origem geográfica, podem se tornar claras”, enfatizou Karine.

A análise está sendo feita em amostras apreendidas no período de janeiro a julho deste ano no RN. O trabalho científico será utilizado na conclusão do Curso de Biomedicina da UFRN e inscrito em periódicos científicos para publicação.

“O tráfico de drogas possui um caráter internacional, logo, a realização de intercâmbio de dados entre as autoridades responsáveis em nível nacional, regional e internacional torna-se fundamental”, concluiu a perita do ITEP-RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Realista disse:

    O ITEP após o concurso virou realmente uma polícia científica, diferente de tão somente um órgão para abrir presunto.

ITEP confirma que corpo achado em canavial na Grande Natal é de motorista do Uber

Foto: Divulgação/Arquivo pessoal

O Instituto Técnico Científico de Perícia(Itep) confirmou que o corpo encontrado no final da manhã dessa terça-feira (18) em um canavial no município de Arez, na região metropolitana de Natal, é de Giltemberg Gomes Soares, 32 anos, motorista de Uber.  O trabalhador estava desaparecido há quase duas semanas, e havia sido visto pela última vez no dia 5 deste mês, quando saiu de casa, no município de São Gonçalo do Amarante

Para a identificação do motorista de aplicativo, familiares reconheceram pinos de platina implantados na cabeça e na perna de Giltemberg em cirurgias que ele fez por causa de um acidente.

Trabalho da polícia

O carro de Giltemberg foi encontrado no bairro Conab, na cidade de Goianinha, distante 12 quilômetros de Arez. Na ocasião, foi constatado que os pneus dianteiros estavam furados, e alguns acessórios do veículo haviam sido levados, como o aparelho de som e os alto-falantes.

Segundo a polícia, testemunhas e passageiros que estiveram com Giltemberg já foram ouvidos e diligências estão em andamento. Outras informações da investigação são mantidas em sigilo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. BOLSONARO 17 disse:

    E O PT NO GOVERNO FEZ O QUE???????

    PRECISAMOS MUDAR PARA AJUSTAR A SEGURANÇA NO BRASIL.

  2. Tião disse:

    Mais um que lhe tiram a vida quando está defendendo o ganha pão, e assim tão fazendo com o empreendedor da farmácia, da quitanda, da cigarreira, do posto, do salão cabeleireiro, da lojinha… Por isso que Bolsonaro cresce , porque esses trabalhadores têm que ter alguém pra defendê-los. E ele é o único que se propõe a defender todos.

    • Fora bozo disse:

      Essas viúvas de Aécio Neves, não tem outro argumento que não seja falar do bolsoneca. kkkkkkk

    • Alyson disse:

      Esse cara, tal de Bozonaro, é político no Rio de Janeiro a 30 anos e o que ele fez por lá? Não conseguiu dar jeito no próprio estado, aí agora tem a fórmula mágica para o Brasil.

Avançado estado de decomposição de cadáver impede reconhecimento da família, e somente DNA poderá confirmar se corpo é mesmo de Yasmin Lorena

Oficialmente, ainda não é possível confirmar se o corpo encontrado enterrado dentro de uma casa na tarde dessa terça-feira (24) na Redinha, bairro da Zona Norte de Natal, é mesmo o de Yasmin Lorena de Araújo, de 12 anos. Com isso, o corpo não pode ser liberado para a família providenciar o enterro. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) informou que a menina não possui carteira de identidade, o que impossibilita um eventual reconhecimento por meio das impressões digitais.

O itep também informou que a família não conseguiu apresentar nenhuma ficha de dentista para que se possa fazer uma identificação por meio da arcada dentária do corpo encontrado. Dessa forma, o único modo possível de se confirmar se o corpo é mesmo o de Yasmin será por meio de exame de DNA.

O pai de Yasmin e uma tia estiveram na manhã desta quarta-feira(25) no Itep na tentativa de identificar o corpo encontrado na Redinha, mas o avançado estado de decomposição do cadáver desenterrado impediu qualquer possibilidade.

Yasmin Lorena de Araújo, de 12 anos, foi vista pela última vez com vida no dia 28 de março, quando saiu para entregar um dinheiro na casa de uma vizinha.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. otavio disse:

    Ja procuraram saber se a menina teve algum atendimento odontologico no PSF da Africa?Se sim,então existe 1 ficha da arcada dentaria.

Preso é encontrado morto na Cadeia Pública de Natal

Um preso, que ainda não teve a identidade divulgada foi encontrado morto, na madrugada desta sexta-feira, 18, no Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, localizado na Zona Norte de Natal.

De acordo com agentes penitenciários, uma equipe técnica do Itep foi acionada para identificar se dizer se o caso se trata de um homicídio ou suicídio.

Com informações do G1RN

Nota de esclarecimento – ITEP

Por interino

No pouco tempo à frente do órgão, o diretor geral, Odair Júnior, tem buscado conhecer as dificuldades do Itep para indicar soluções em um curto prazo.

A ex-diretora tem prestado as informações necessárias para a transição, e as denúncias referentes a dívidas, aluguel de prédio sem uso e equipamentos não instalados no Itep, repassadas à imprensa, esta manhã, pelo Sindicato dos Policiais Civis e Servidores do Segurança Pública do RN (Sinpol) reforçam a necessidade de dar andamento aos projetos iniciados em 2014.

Daí cabe esclarecer que as dívidas apontadas pelo Sinpol referente ao aluguel do prédio situado no cruzamento da avenida Duque de Caxias com a rua Ferreira Chaves, foi parcialmente quitada (R$ 20 mil) ainda em 2014 e a outra parcela inscrita na Dívida Ativa do Estado.

Até novembro passado o contrato era gerenciado pela Secretaria de Planejamento e das Finanças e por falta de pagamento, o proprietário do imóvel cogitou reincidir o contrato.

No mês de novembro, a Direção, à época, então, mostrando dotação orçamentária própria, firmou um Termo Aditivo ao contrato, transferindo a responsabilidade do pagamento do aluguel para o Itep – o valor referente ao mês de dezembro foi empenhado, mas liberado pela Controladoria Geral do Estado para pagamento apenas no dia 30 de dezembro, e por isso só deve ser quitado quando o Orçamento 2015 for aberto. Cumpre esclarecer, que o referido prédio vai abrigar o laboratório de DNA, permitirá a instalação dos equipamentos do projeto de cadeia de custódio e outros serviços da Coordenadoria de Medicina Legal.

Já os problemas de armazenamento de cadáveres na Subcordenadoria de Mossoró, esses são temporários. O prédio passa por reforma, custeada com recursos próprios, na ordem de 72 mil reais, e entre as benfeitorias está à instalação de 18 novas gavetas refrigeradas para armazenamento de cadáveres. Antes eram apenas 6 e ainda assim 3 estavam necessitando de manutenção.

Além disso, o prédio foi pintado, construída uma sala baritada e instalado equipamento de raio-X, construída uma sala para os médicos de plantão. A obra deve ser concluída nos próximos dias.

Em Natal, as câmaras refrigeradas ainda não foram instaladas em sua totalidade e o ambiente que abriga parte delas aguarda adequações como a relocação do arquivo da Coordenadoria da Medicina Legal e abertura de novo acesso para o alojamento dos plantonistas. As demais câmaras só devem ser montadas quando a reforma no pátio do necrotério for concluída. Elas vão ser usadas para armazenas corpos em avançado estado de decomposição.

Por fim, é importante reafirmar o compromisso da Direção do Itep em efetuar com tempestividade o diagnóstico inicial quer irá subsidiar as ações para dar continuidade ao processo de melhoria do serviço prestado à população.

Com informações da assessoria do ITEP

Perícias para flagrantes de drogas estão paradas por falta de reagentes no ITEP

Image2A situação do Instituto Técnico-Científico de Polícia chegou ao ponto que os procedimentos periciais para identificação e constatação de drogas estão paralisados. Isso acarreta na impossibilidade de realização de flagrantes e pode beneficiar criminosos que sejam presos com entorpecentes.

Desde o início deste ano, o Laboratório de Análises e Pesquisas Forenses vem comunicando à Direção do ITEP-RN, através de memorandos, que o estoque de reagentes e outros insumos estavam acabando, mas, em nenhum momento, o pedido de compra de material foi atendido, resultando no esgotamento de tal estoque.

Fabrício Fernandes, perito farmacêutico do ITEP-RN, informa que as atividades estão paradas no setor de toxicologia de entorpecente e até mesmo de causa mortis, tendo em vista que faltam reagentes para laudos de envenenamento, por exemplo.

“Quando a suposta droga chega ao ITEP, nós usamos um reagente para fazer a constatação de que é Cannabis Sativa, que é a maconha, por exemplo. Mas, para fins de processo judicial, é preciso fazer um laudo pericial definitivo dessa droga, que também não está sendo feito por falta de insumos”, comenta Fabrício Fernandes.

A Diretoria do SINPOL-RN informa que, diante desse quadro, vai comunicar a situação ao Ministério Público e ao Ministério da Justiça, através de ofício. “Do jeito que está hoje, a Polícia Civil não terá como realizar um flagrante de tráfico de drogas, pois o ITEP não tem como atestar que aquilo é mesmo droga. Além disso, estamos com a Copa chegando e o Rio Grande do Norte vai receber um grande número de turistas. Então, vamos pedir que as autoridades responsáveis e fiscalizadoras intervenham nesse caso”, destaca Renata Pimenta, vice-presidente do SINPOL-RN.

Além da falta de reagentes, os laboratórios do ITEP-RN estão sem vários produtos básicos para o funcionamento. “Para se ter uma idéia, faltam frascos para coleta de sangue. Atualmente, isso está sendo feito em frascos coletores de urina. O que é um absurdo”, completa o perito farmacêutico Fabrício Fernandes.

SINPOL-RN

FOTO: Itep acaba com “cemitério a céu aberto” no necrotério‏

IMG-20140320-WA0041O Instituto Técnico e Científico de Polícia inumou ontem (20) à tarde, no cemitério Bom Pastor II, 38 ossadas, de corpos não identificados, que estavam expostos no pátio do necrotério desde o ano de 2008. A ação é o resultado de dois meses de mutirão realizado pela equipe de antropologia forense do órgão e pôs fim a um verdadeiro “cemitério a céu aberto”.

Apesar de ter participado do grupo de trabalho que fez um relatório apontando diversas irregularidades no Itep, a diretora Raquel Taveira, ficou surpresa ao encontrar no necrotério ao invés de 20, como dito ao GT, 52 corpos, entre ossadas e cadáveres em avançado estado de decomposição, e criou o mutirão para coletar amostras de material genético e inumar (sepultar) todos eles.

A ausência de leis normatizando o procedimento e de um local específico para os enterros, fez a diretora buscar o apoio da Prefeitura do Natal e do Ministério Público. “A partir de agora, aqueles corpos sem identificação que derem entrada no Itep, vão permanecer por um período de 72h no necrotério, e caso nenhuma família venha fazer a identificação, vamos fazer a inumação. Não podemos mais permitir que estes corpos voltem a se acumular aqui no instituto”.

No período do mutirão também foram inumados outros 10 corpos não identificados, que estavam na câmara refrigerada desde outubro passado. As demais ossadas estão aguardando exames de DNA para identificação ou em fase final de análise para inumação.

Itep sepulta 38 ossadas nesta quinta e acaba com “cemitério a céu aberto”

O Instituto Técnico e Científico de Polícia vai inumar (sepultar), hoje à tarde, 38 ossadas não identificadas, que estavam expostas no pátio do necrotério desde o ano de 2008 e corrigir mais uma distorção histórica do órgão.

Apesar de ter integrado o grupo de trabalho que elaborou o relatório apontando diversas irregularidades no Itep, a diretora Raquel Taveira ficou surpresa quando descobriu a existência dos corpos, entre ossadas e cadáveres, e criou um mutirão para a coleta de material genético –  importante para catalogação dos corpos e, caso requerido judicialmente, futura realização de exames de DNA para a identificação- e inumação de todos eles.

As inumações vão acontecer a partir das 14h30 no cemitério Bom Pastor II.

Itep explica interdição de setor, por decorrência da chuva, e disponibilidade de nova sala

A assessoria do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) respondeu ao comunicado do Sinpol-RN Diretoria do SINPOL-RN apura informação de interdição no ITEP, publicado pelo Blog no fim da manhã desta segunda-feira(17). Segundo a comunicação do órgão,o fato se deu em decorrência da forte chuva na noite do sábado. Na ocasião, o forro do teto do setor cedeu. De imediato, a diretora, preocupada com o servidor e o atendimento ao público,  solicitou ao Corpo de Bombeiros que inspecionasse o teto e isolasse o local até a realização dos reparos. Enquanto isso o atendimento está sendo realizado em outra sala que n foi afetada pelas chuvas.