Geral

Corpo de Bombeiros registra cerca de 13 denúncias diárias de incêndios no RN

FOTO: ASSECOM/RN

Altas temperaturas e vegetação seca elevam os números de incêndios florestais e queimadas em todo o Rio Grande do Norte. De acordo com os Relatórios Mensais do Corpo de Bombeiros Militar do RN, foram registrados aproximadamente 13 atendimentos diários envolvendo casos de incêndios florestais apenas na primeira quinzena de setembro. No geral, 188 ocorrências dessa natureza foram atendidas durante o período.

“Esses incêndios ocorrem em áreas urbanas e rurais, com um percentual maior na região Oeste e Seridó do Rio Grande do Norte devido à estiagem. A maioria dos sinistros, infelizmente, acontecem em razão da ação humana com a limpeza de terrenos e na preparação do solo para plantações”, disse o Comandante do 1° Grupamento de Bombeiros, major Christiano Couceiro.

Em caso de necessidade, como os agricultores que preparam seus terrenos, é importante fazer aceiros (faixas ao longo das cercas onde a vegetação foi completamente eliminada da superfície do solo, que tem como finalidade prevenir a passagem do fogo para área de vegetação) e observar qual o melhor tempo e horário. Outra recomendação do CBMRN é que os terrenos baldios sejam mantidos limpos, sem entulhos e se alguém perceber algum foco de incêndio deve entrar em contato imediato com o Corpo de Bombeiros, por meio do telefone 193.

Plano Estadual de Combate a Incêndios Florestais

Visando erradicar os incêndios florestais no estado, o Governo do Rio Grande do Norte lançou, em agosto, o Plano Estadual de Prevenção Ambiental e Combate às Queimadas e Incêndios Florestais, conhecido como RN SEM CHAMAS. O Plano Governamental define execução de ações conjuntas pelo Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), IDEMA, Polícias Militar e Polícia Civil e ITEP em ações educativas, de monitoramento e de investigação em resposta às queimadas e incêndios florestais do RN.

A iniciativa possibilitou a união de esforços das instituições que atuam direta e indiretamente no enfrentamento destas situações de risco e infrações ambientais. As atividades são realizadas por meio de um sistema de parcerias institucionais, integração e cooperação mútua, para otimizar a aplicação dos recursos humanos e materiais disponíveis, inclusive na investigação de casos suspeitos de queima intencional, através de perícias e apresentação de denúncias à justiça. Objetivo é reduzir ocorrências, elaborar mapas para monitoramento, educação ambiental e reduzir a degradação.

Lei

O Código Florestal Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012, no Capítulo IX “DA PROIBIÇÃO DO USO DE FOGO E DO CONTROLE DOS INCÊNDIOS”, Art. 38 define que: Art. 38. É proibido o uso de fogo na vegetação, exceto nas seguintes situações: I – em locais ou regiões cujas peculiaridades justifiquem o emprego do fogo em práticas agropastoris ou florestais, mediante prévia aprovação do órgão estadual ambiental competente do Sisnama, para cada imóvel rural ou de forma regionalizada, que estabelecerá os critérios de monitoramento e controle.

Canais de Denúncia para Infrações e Crimes

Ambientais – 0800.281.1975

Incêndios – 193

Denúncias – 190

 

Opinião dos leitores

  1. Eu entendo a situação do nosso amigo. Não é so no RN e sim em todo país. Pagamos muito retorno zero. Agora a pouco falou o nosso Bozo, que daria aumento no bolsa família. Bem aumento no IOF. Bem quem vai pagar é o próprio povo. Com certeza vem mais aumento pó aí.

  2. Aqui em Japi meu carro pegou fogo, liguei p os bombeiro e me falaram que tentasse apagar sozinho. Pqp!!!!!!!!! pago a Taxa de Bombeiros e quando preciso não sou atendido. Bando de políticos safados, se unem para roubar meu dinheiro

  3. Pronto, agora a Governadora Fátima inepta e incompetente, vai criar taxa de incêndio florestal.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

FOTO: Corpo de Bombeiros do RN resgata filhote de peixe-boi na praia de Genipabu

Foto: Divulgação

Um filhote de peixe-boi foi encontrado e resgatado nessa segunda-feira (12) após encalhar na praia de Genipabu, no município de Extremoz, Região Metropolitana de Natal. O animal foi encontrado por um grupo de pessoas na orla que imediatamente acionaram o Corpo de Bombeiros Militar do RN.

O animal marinho estava um pouco machucado, com ferimentos leves, e foi conduzido até o Aquário Natal, em Extremoz, onde foi deixado aos cuidados dos especialistas.

O Corpo de Bombeiros orienta que, se a população achar um animal encalhado nas praias do RN não deve tentar devolvê-lo ao mar, e sim acionar a corporação através do 193.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Corpo de Bombeiros controla incêndio em casa na praia de Cotovelo

O Via Certa Natal destacou na manhã desta quinta-feira(04) um Incêndio em uma residência na praia de Cotovelo, no litoral sul potiguar. Na ocorrência, o Corpo de Bombeiros conseguiu chegar rapidamente ao local e controlar as chamas. Não há registro de feridos.

Opinião dos leitores

  1. Se as pessoas fossem treinadas e tivessem EXTINTORES em casa poderiam ter mitigado o problema fácil. O governo que o povo escravo para pedir pelo amor me ajude hó grande governo. Hipocrisia. Mais fácil deixar o povo refém do governo do que dar as " armas " para viver.

    1. tão falando aqui em privatizar os bombeiros… compre seu próprio extintor, seja vc seu bombeiro e pare de depender do estado kkkk

  2. Agora vão começar os comentários dos Bombeiros e dos PMs.
    "Valeu valorosos guerreiros dos bombeiros". "Com todas as dificuldades, continuamos no combate aos incêndios"…. e por aí vai kkkkk

    1. Com os impostos que pagamos e ainda mais a taxa de bombeiro pra quem tem motos e automóveis, eles tem que ter fardamento e carros novos e estarem prontos pra atender as ocorrências com eficiência…

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Em setembro, Corpo de Bombeiros no RN atendeu 245 ocorrências de incêndios florestais, mais que o dobro do mesmo período ano passado

FOTO: ASSECOM/BOMBEIROS

Apenas no mês de setembro, o 2° Grupamento de Bombeiros (2°GB), que responde pelas regiões de Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros, atendeu 245 ocorrências de incêndios florestais. No ano passado, durante esse mesmo período, apenas 112 chamados foram apontados.

“Realmente houve um aumento de ocorrências atendidas no interior do estado. Isso porque antecipamos de forma estratégica a Operação Abrace o Meio Ambiente – AMA, que consiste em uma ação integrada com vários órgãos do governo para prevenir e combater as queimadas. Começamos a fase de planejamento ainda em julho, estamos em outubro. Os números mostram que o trabalho tático lá atrás feito pelo Corpo de Bombeiros está trazendo resultados positivos”, disse o Diretor de Engenharia e Operações do CBMRN, tenente-coronel Santos Lima.

Segundo o relatório estatístico repassado pela Diretoria de Engenharia e Operações (DEO), a área do quartel de Mossoró teve 116 ocorrências registradas, enquanto Caicó e Pau dos Ferros, respectivamente, registraram 70 e 59 atendimentos.

Operação AMA

Sabendo dos altos índices de queimadas que ocorrem durante o segundo semestre, o Governo do Rio Grande do Norte, montou uma força-tarefa com vários órgãos públicos que atuam na defesa do meio ambiente. O objetivo do trabalho em conjunto é prevenir e combater incêndios florestais durante esse período, garantindo a preservação da fauna e da flora.

Diante disso, o Corpo de Bombeiros Militar e o Idema lançaram a Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA), que tem como intuito intensificar as ações contra incêndios florestais por meio de investimento em equipamentos de proteção individual, viaturas operacionais e outras estruturas necessárias para reforçar o trabalho de prevenção e combate.

Opinião dos leitores

  1. O que o governo estadual está fazendo para debelar esses incêndios ??? Ou a preocupação é apenas com a Amazônia e o Pantanal ?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Proximidade da seca faz Corpo de Bombeiros do RN montar força-tarefa com vários órgãos públicos para prevenção e combate a incêndios florestais

FOTO: ASSECOM/Bombeiros

Sabendo que o período de seca do estado do Rio Grande do Norte está se aproximando neste segundo semestre, o Corpo de Bombeiros Militar do RN, através da Diretoria de Engenharia e Operações (DEO), montou uma força-tarefa com vários órgãos públicos que também atuam na defesa do meio ambiente. O objetivo do trabalho em conjunto é prevenir e combater incêndios florestais durante esse período, garantindo a preservação da fauna e da flora.

Diante disso, o Corpo de Bombeiros Militar lançou a Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA), que tem como intuito intensificar as ações contra incêndios florestais por meio de investimento em equipamentos de proteção individual, viaturas operacionais e outras estruturas necessárias para reforçar o trabalho de prevenção e combate. De acordo com o Comandante Do Serviço Operacional do CBMRN, Major Christiano Couceiro, o alto índice de ocorrências dessa categoria no interior do estado fez como que a Operação fosse antecipada ainda no mês de agosto.

“Sempre no segundo semestre do ano, em meados de setembro, o Corpo de Bombeiros se preocupa ainda mais com ações de proteção ambiental em virtude do aumento da temperatura e consequentemente o maior surgimento de incêndios em áreas de vegetação. No ano passado, a Operação AMA foi desencadeada no mês de outubro. Já neste ano, a Diretoria de Engenharia e Operações fez o trabalho de planejamento ainda mais cedo e a Operação foi antecipada no interior, em função dos grandes números de ocorrências”, disse.

Vale destacar que o incêndio florestal é a propagação do fogo em áreas florestais e de savana (cerrados e caatingas), que normalmente ocorre com constância e intensidade no período de estiagem acompanhado da redução da umidade ambiental. Além disso, esse tipo de ocorrência pode ser tanto provocado pelo homem ou por causa natural. Dessa forma, a prevenção é essencial para que o meio ambiente seja preservado.

Ainda segundo o Comandante, nos casos em que a população perceber que alguém está colocando fogo em alguma área deve ligar para a Polícia Militar no número 190 e realizar a denúncia, pois trata-se de crime ambiental. Já em caso de ocorrências de incêndio o telefone dos bombeiros é o 193.

DICAS DE PREVENÇÃO

• Nunca usar fogo para limpeza de terreno ou de plantação;

• Nunca jogue resto de cigarro ainda acesso em locais onde haja vegetação;

• Próximo as estradas e terrenos, o ideal é providenciar uma aceiro para evitar a propagação de um possível incêndio nas proximidades;

• Em caso de emergência, ligue 193.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Após aviso do Instituto Nacional de Meteorologia para toda esta segunda, Corpo de Bombeiros do RN alerta para cuidados em período de chuvas fortes

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta segunda-feira (06), um comunicado de perigo potencial por causa das chuvas sobre 89 municípios do Rio Grande do Norte. Diante desse cenário, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) alerta a população norte-rio-grandense sobre os riscos de quedas de árvores, alagamentos e desabamentos de muros ou tetos de residências.

Confira algumas dicas de segurança:

• Caso seja inevitável sair para a rua, é importante estar atento a algumas dicas, como circular de carro com os faróis acesos e evitar passar por lugares alagados;

• Verifique o estado dos limpadores, da borracha das paletas e do motor dos limpadores;

• Certifique-se que o desembaçador está funcionando direito;

• Durante um temporal é comum a queda de árvores, por isso não estacione seu veículo nem permaneça embaixo delas;

• Não jogue lixo nas ruas, córregos, margens de rios, pois podem causar alagamentos;

• Não deixe crianças brincarem na chuva ou em áreas alagadas, pois há riscos de acidentes e de contraírem doenças, como hepatite e leptospirose;

• Caso sua casa esteja sujeita a alagamentos, coloque os móveis e outros pertences em lugar protegido;

• Para os moradores das regiões de risco – morros e encostas – os bombeiros recomendam que as pessoas procurem locais seguros para se abrigar;

• Só ande pela área alagada se for para sair de uma situação de perigo. Cuidado para não cair em valas e nem em bueiros abertos;

• Não utilize equipamentos elétricos em áreas inundadas ou que tenham sido molhadas, pois há risco de choque elétrico;

• Se estiver em lugar seguro, não se aventure em correntezas e inundações;

Raios:

• Durante a incidência de raios evite deslocamentos a pé, não ande próximo a árvores, postes ou cercas;

• Evite locais abertos como piscinas, praias e campos de futebol;

• Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;

• Em caso emergência, acione o Corpo de Bombeiros do RN através do 193.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Com 57 ocorrências na Grande Natal nos últimos 50 dias, Corpo de Bombeiros orienta sobre quedas de árvores durante o período chuvoso

Foto: CBM/Assecom

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) já atendeu em toda Grande Natal 57 ocorrências relacionadas a árvores somente nos últimos 50 dias. Diariamente, o CBMRN é acionado para vistoriar as mais antigas, cortar aquelas com risco de desabar e remover as que já haviam caído.

Durante o período chuvoso a quantidade de ocorrências de árvores que oferecem algum risco de cair sobre as casas ou nas ruas aumentam significativamente, o que requer um cuidado redobrado da população. Por isso, ao constatar que uma árvore pode cair, a pessoa deve imediatamente acionar o Corpo de Bombeiros através do 193.

“Para se ter uma árvore saudável é preciso cuidar, cortar e hidratar. A recomendação é que antes da época de chuvas a poda (remover galhos inúteis) seja feita, pois ela se faz necessária para evitar incidentes. A poda é um serviço importantíssimo para que as árvores possam se desenvolver no ambiente urbano sem causar riscos para a população”, disse o Comandante do GBS (Grupamento de Busca e Salvamento) do CBMRN, major Roberto Oliveira.

Além disso, é preciso que a população entenda que a corporação só atende ocorrências em que realmente a árvore ofereça um perigo iminente. Caso contrário a prefeitura municipal deve ser acionada.

DADOS DE JANEIRO ATÉ O DIA 20 DE MAIO

149 atendimentos realizados em toda Grande Natal.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Corpo de Bombeiros do RN resgata tamanduá-mirim na Grande Natal

FOTO: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) resgatou na noite desta quarta-feira (20) um tamanduá-mirim que estava em uma residência no bairro de Nova Esperança, na cidade de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal.

A corporação foi acionada pelo dono da residência por volta das 21h, que ligou no 193 e solicitou o resgate. Saudável e sem ferimentos, o animal foi levado pelo CBMRN e solto em área de mata às margens do Rio Pitimbu, em Parnamirim.

O tamanduá-mirim costuma ser um animal solitário, com hábito predominantemente noturno. Essa espécie pode ser encontrada em diversas regiões do Brasil e tem uma grande variação no padrão de coloração.

De janeiro até a metade de maio de 2020, o Corpo de Bombeiros Militar do RN realizou 278 resgates. Por isso a recomendação da corporação para a população é que ao se deparar com animais silvestres nas ruas ou em ambientes atípicos acione imediatamente os bombeiros através do 193.

Opinião dos leitores

  1. Pelo amor de Deus homi. Bombeiro resgatando tamanduá. Tem coisa mais gloriosa para bombeiro fazer. Semana passada foi um cachorro no telhado. Eu sei que meu carro pegou fogo aqui em Campestre, tive um prejuízo danado e bombeiro que é bom nada

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Corpo de Bombeiros dá dicas de segurança durante o período chuvoso no RN; quedas de árvores, alagamentos e desabamentos entre sinais de alerta

Foto: Assecom/Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) recebe várias ocorrências durante o período chuvoso. Entre as solicitações feitas pela população, destaque para as quedas de árvores, alagamentos e desabamentos de muros ou tetos de residências.

Dessa forma, a corporação alerta para a necessidade de ter atenção redobrada para evitar maiores problemas e acidentes no período chuvoso.

Confira algumas dicas de segurança:

• Não jogue lixo nas ruas, córregos, margens de rios, pois podem causar alagamentos;

• Nunca abandone móveis ou eletrodomésticos nas ruas ou em terrenos baldios;

• Caso seja inevitável sair para a rua, é importante estar atento a algumas dicas, como circular de carro com os faróis acesos e evitar passar por lugares alagados;

• Não deixe crianças brincarem na chuva ou em áreas alagadas, pois há riscos de acidentes e de contraírem doenças, como hepatite e leptospirose;

• Caso sua casa esteja sujeita a alagamentos, coloque os móveis e outros pertences em lugar protegido;

• Para os moradores das regiões de risco – morros e encostas – os bombeiros recomendam que as pessoas procurem locais seguros para se abrigar;

• Só ande pela área alagada se for para sair de uma situação de perigo. Cuidado para não cair em valas e nem em bueiros abertos;

• Não utilize equipamentos elétricos em áreas inundadas ou que tenham sido molhadas, pois há risco de choque elétrico;

• Se estiver em lugar seguro, não se aventure em correntezas e inundações;

• Durante um temporal é comum a queda de árvores, por isso não estacione seu veículo nem permaneça embaixo delas.

Raios:

• Durante a incidência de raios evite deslocamentos a pé, não ande próximo a árvores, postes ou cercas;

• Evite locais abertos como piscinas, praias e campos de futebol;

• Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas;

• Em caso emergência, acione o Corpo de Bombeiros do RN através do 193.

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Corpo de Bombeiros atendeu quase 2,6 mil ocorrências no primeiro trimestre, maioria na Grande Natal

Nos primeiros três meses do ano, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) realizou 2.591 atendimentos de ocorrências administrativas e operacionais em todo o Estado. Os dados foram fornecidos pelos Relatórios Mensais de Atividades (RMA) das unidades e divulgados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE).

De acordo com os números levantados pelas unidades espalhadas em todo o Rio Grande do Norte, aproximadamente 83% do total das ocorrências correspondem a Natal e Região Metropolitana.

“Na Grande Natal temos uma procura maior e compatível com o número populacional. Coleta de leite materno, captura de abelhas, resgate, árvores oferecendo perigo e incêndios em suas diversas modalidades (florestais, urbanos, estruturais e entre outros) são algumas ocorrências destacadas pela corporação”, disse o diretor de engenharia e operações do Corpo de Bombeiros do RN, tenente-coronel Santos Lima.

Ainda de acordo com o tenente-coronel, no interior do Estado as principais ocorrências dos primeiros três meses do ano são de enxames de insetos, resgate de animais, incêndios florestais e desencarceramento veicular provocados por sinistros nas rodovias. “Na região de Mossoró atendemos 251 ocorrências, seguidas de 129 no Seridó e 70 na área de Pau dos Ferros”, finalizou.

NÚMEROS

– GRANDE NATAL – 2.141

– MOSSORÓ – 251

– CAICÓ – 129

– PAU DOS FERROS – 70

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Corpo de Bombeiros do RN orienta para cuidados no uso de álcool 70%

O avanço do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil fez despertar uma procura intensa de produtos de limpeza no mercado nacional. Por ser recomendado para a higienização das mãos, o álcool em gel, por exemplo, se tornou um dos itens mais procurados pelos brasileiros nos últimos dias. Porém, por ser um produto altamente inflamável, o uso incorreto do antisséptico pode causar queimaduras e proporcionar incêndios.

Diante disso, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) alerta a população para os cuidados necessários durante o manuseio do produto. Para o Comandante do Serviço Operacional do Corpo de Bombeiros do RN, major Christiano Couceiro, o álcool 70% é importante para a higienização das mãos, todavia, a limpeza com água e sabão é a maneira mais segura.

“Como determinado pelo Ministério da Saúde, a utilização do álcool 70% é uma forma eficiente de prevenir o contágio do novo coronavírus. Porém, o manuseio deve ser feito de forma moderada e em locais onde a limpeza com água e sabão não é possível. Assim, a prioridade é lavar as mãos regularmente do jeito tradicional e seguro, sempre com água e sabão”, disse.

Se a população preferir higienizar as mãos com o álcool, o Corpo de Bombeiros recomenda o uso do gel, pois o líquido quando derramado se espalha com mais facilidade. “Tecnicamente não há diferença entre o líquido e o gel. Os dois conseguem eliminar perfeitamente os vírus e as bactérias. A questão é que a versão em gel é mais fácil para o uso nas mãos, ao contrário do álcool tradicional, que pode se perder ou escorrer facilmente. Além disso, de forma cautelosa, o líquido é altamente recomendado na limpeza de objetos”, explicou o major Christiano Couceiro.

Além dos adultos, é preciso seguir alguns cuidados com o manejo e armazenamento do álcool para evitar acidentes com crianças. De acordo com a ONG Criança Segura, a comercialização do álcool 70% estava proibida desde 2002 por causa do grande número de queimaduras envolvendo crianças, contudo, o comércio foi liberado para combater exclusivamente a pandemia do coronavírus.

Ainda de acordo com o major Christiano Couceiro, o cuidado com a criança deve ser redobrado para evitar ocorrências por causa do uso inapropriado do álcool. “As crianças estão passando a maior parte do tempo dentro de casa devido ao isolamento social, consequentemente isso aumenta os riscos de acidentes domésticos. Portanto, o cuidado deve ser redobrado. A recomendação do Corpo de Bombeiros é que os pais não comprem o álcool líquido e use o gel somente quando não houver água e sabão por perto, além disso, é necessário deixar o produto longe das crianças, armazenando em locais altos e de difícil acesso”, finalizou.

Confira abaixo alguns cuidados:

• Não coloque o álcool junto a outros produtos químicos;

• Não use álcool para acender churrasqueiras e tampouco deixe perto de fogões ou em locais que atinjam temperaturas elevadas;

• Após a aplicação do produto, a pessoa deve esperar secar e aguardar um tempo de 15 a 20 minutos, para que seja mais seguro fazer atividades que envolvam qualquer fonte de calor;

• O uso de álcool em líquido pode ser utilizado na limpeza, pois evapora mais rápido;

• O produto deve ser armazenado em local arejado e longe do alcance de crianças;

• Só utilize o álcool em gel quando não tiver água e sabão;

• Cuidado com o álcool adulterado ou caseiro, pois é extremamente perigoso. O ideal é comprar um produto legal e de qualidade;

• Em caso de acidentes a recomendação é molhar imediatamente a área atingida com água corrente e não fazer nenhuma receita caseira;

• Em caso de emergência, ligue 193.

Opinião dos leitores

  1. Pra isso que os bombeiros servem …aqui em casa pagamos R$ 50,00 por ano de taxa , para lermos isso ???

    1. BG
      Cadê a prestação de contas das taxas cobradas de todos os veículos no RN. É um valor bastante considerável precisa ser informada a população de seu USO e DESTINO.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Corpo de Bombeiros alerta para riscos de aglomerações nos açudes e barragens no RN

FOTO: ASSECOM/CBMRN

Para evitar aglomerações e seguir as recomendações de precaução ao novo coronavírus (COVID-19), o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN), alerta sobre a prática de lazer nos diversos mananciais do interior do Estado.

“Está provado que a principal medida para combater o avanço do novo coronavírus (COVID-19) é a população permanecer em casa e evitar aglomerações. Os açudes, rios e lagoas estão atrativos devido às fortes chuvas dos últimos dias na região, porém, esses lugares são arriscados em virtude da contaminação do vírus”, disse o subcomandante do 3° subgrupamento do 2° grupamento do Corpo de Bombeiros do RN, capitão Lima Verde.

Após a publicação do decreto governamental no último sábado (21) sobre as restrições temporárias direcionadas ao enfrentamento do novo coronavírus, o Corpo de Bombeiros vem intensificando ações de conscientização para o povo potiguar. Ainda de acordo com o capitão Lima Verde, além dos mananciais do interior do Rio Grande do Norte, os militares estão promovendo orientações em diversos pontos dos municípios a fim de evitar a concentração de pessoas.

“Assim como os outros órgãos do governo, o Corpo de Bombeiros também está na linha de frente no combate ao coronavírus. O trabalho de prevenção e alerta está sendo realizado em todo o Estado, seja nas praias do litoral, na capital e região, nos açudes ou até mesmo nas ruas”, finalizou.

Em vários países que apresentaram a pandemia, o início do problema foi ligado a situações de aglomeração. Por isso, a maior orientação é cancelar reuniões e eventos que não sejam imprescindíveis. Logo, é necessário evitar ambientes fechados e lotados, como teatros, cinemas e até mesmo os locais de trabalho. Além do isolamento social, lavar as mãos constantemente, espirrar ou tossir tampando o rosto com a parte interna do cotovelo são orientações essenciais na tentativa de conter o avanço do vírus.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Prevenção coronavírus: Corpo de Bombeiros do RN prorroga prazo do Auto de Vistoria

FOTO: ASSECOM/CBM-RN

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) informa aos cidadãos que, o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e as licenças e autorizações expedidas pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA) que vencerem nos próximos 30 (trinta) dias ficam prorrogados automaticamente até o dia 24 de abril de 2020. A medida tem como objetivo diminuir o fluxo de atendimento dos órgãos, a fim de contribuir com a diminuição da propagação do novo coronavírus (COVID-19).

Os atendimentos ao público prestados pelo Serviço de Atividades Técnicas (SAT) de forma presencial, como vistorias e entregas de documentos estão sendo realizados pontualmente. Continuarão, contudo, as análises de Projetos de Segurança Contra Incêndio e Emergência. Para as cidades do interior do Estado, o atendimento presencial também está suspenso.

O atendimento está sendo realizado de segunda a sexta, das 7h às 17h. Em Natal e região, o atendimento pode ser feito através dos telefones (84) 98129-3645 / (84) 98138-4639 e do e-mail [email protected]. Em Mossoró, o telefone para contato é o (84) 3315-3528.

O Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), é o documento emitido certificando que, durante a vistoria, a edificação possuía as condições necessárias de segurança contra incêndio.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Artista plástico e professor da UFRN será homenageado com a maior honraria do Corpo de Bombeiros de São Paulo

Fotos: cedidas

O artista plástico e professor do Departamento de Artes, do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da (CCHLA/UFRN), Marcos Alberto Andruchak, será agraciado com a “Medalha Comemorativa do Centenário do Corpo de Bombeiros de São Paulo”, maior honraria da instituição que é destinada a pessoas com relevantes serviços prestados ao Corpo de Bombeiros e a sociedade paulista.

“Esta honraria provavelmente nos está sendo concedida por conta do Projeto de Extensão Arte Brasil, do Departamento de Artes da UFRN, onde vimos trabalhando Arte e Design Urbano desde 2009 e através do qual já produzimos mais de 100 murais no Brasil e também no exterior. Em São Paulo fizemos em 2016 um grande mural no Centro de Memória dos Bombeiros. Posteriormente fizemos outros trabalhos, um no Comando central e outro na ESB – Escola Superior de Bombeiros, além dos murais monumentos na USP, no IFSP, no Comando da ROTA da Polícia Militar e na UNITAU -Universidade de Taubaté”, destacou o professor Andruchack.

A solenidade da entrega da Medalha Comemorativa estava marcada para esta quarta-feira, 11, porém devido aos recentes desastres naturais com as chuvas em São Paulo que vitimaram várias pessoas, incluindo dois bombeiros, uma nova data será marcada.

Mesmo assim, o professor estará na capital paulista para ministrar no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), em parceria com profissionais da arte e design do mercado brasileiro, palestra sobre “Como a arte se relaciona ao design, à indústria criativa e aos negócios?”, no Colóquio “Arte, Design e Mercado”, na quinta-feira, 12, no IFSP.

PERFIL

Marcos Andruchack, é natural do Paraná, artista plástico e professor da área de Arte e Arte Digital na UFRN. É doutor em Artes pela Universidade de São Paulo (USP) e trabalha com design gráfico animado, arte e novas tecnologias. É referência na pintura de painéis em grandes dimensões onde utiliza tintas acrílicas, relevos e o estilo geometricista. Suas obras estão espalhadas em várias partes do Brasil e no mundo.

Na UFRN é possível contemplar a arte do professor Andruchack em vários pontos como o painel da Biblioteca Central Zila Mamede, na fachada do CCHLA e no DEART.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Projeto Governo Cidadão e Corpo de Bombeiros montam força-tarefa para vistoriar obras

Fotos: João Vital

O Projeto Governo Cidadão, a Secretaria de Educação e o Corpo de Bombeiros deram o primeiro passo do que deve ser uma verdadeira força-tarefa para emissão do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) de todas as obras do projeto. Nesta terça-feira (3), o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, se reuniu com dois representantes dos Bombeiros para discutir logística e cronograma das vistorias.

O AVCB é o documento emitido pelo Corpo de Bombeiros certificando que, durante a vistoria, a edificação possuía as condições de segurança contra incêndio. Atualmente o projeto Governo Cidadão tem 40 escolas em reforma e seis novas que foram construídas do zero. Figuram entre as obras ainda 17 Centrais do Cidadão e equipamentos culturais como Pinacoteca do Estado, Teatro Alberto Maranhão e Fortaleza dos Reis Magos.

A ideia é que, instalada essa força-tarefa e definidos os cronogramas de solicitação das vistorias, os equipamentos esperem o menor tempo possível para serem fiscalizados e liberados para uso. “Daremos prioridade máxima às escolas, já que queremos que este ano letivo aconteça nos novos prédios. Essa integração é importante para garantir agilidade e podermos entregar as obras prontas para uso”, destaca Mineiro.

Além do secretário e da engenheira do Governo Cidadão Daniela Brito, participaram da reunião o capitão Fonseca, chefe de vistoria do Corpo de Bombeiros; Jerbes Lucena, chefe do Serviço de Atividades Técnicas (SAT) do CBMRN; o subsecretário estadual de Educação Marcos Lael e o gerente da UES Educação no Governo Cidadão, José Pereira Neto.

Opinião dos leitores

  1. Quer dizer que o GOVERNO faz o projeto, licita a obra, começa a executar. Depois de tudo isso se lembra do Corpo de Bombeiro para fazer vistória. Ai com o projeto ja em execucão tem que fazer adtivos para atender as exigências do Corpo cde Bombeiro. Parece brincadeiro com o dinheiro publico. kkkkkk Se tivessee mais engenherios ou arquitoes no Governo talvez o problema tinha sido resolviodo na concepção do projeto.

  2. O projeto "Governo Cidadão" foi extinto no dia em que Fátima assumiu o governo… É muita incompetência

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

UTILIDADE PÚBLICA: Corpo de Bombeiros alerta para cuidados em período de chuvas fortes no RN

FOTO: ASSECOM/RN

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) recebe várias ocorrências nesse período chuvoso. Entre as solicitações feitas pela população, destaque para as quedas de árvores, alagamentos e desabamentos de tetos de residências.

Dessa forma, a corporação alerta para a necessidade de ter atenção redobrada a fim de evitar maiores problemas e acidentes.

Confira algumas dicas de segurança:

– Não deixe crianças brincarem na chuva ou em áreas alagadas, pois há riscos de acidentes e de contraírem doenças, como hepatite e leptospirose;

– Não utilize equipamentos elétricos em áreas inundadas ou que tenham sido molhadas, pois há risco de choque elétrico;

– Evite utilizar telefone com fio e celular ligado a tomada no período de chuvas;

– Caso sua casa esteja sujeita a alagamentos, coloque os móveis e outros pertences em lugar protegido;

– Para os moradores das regiões de risco – morros e encostas – os bombeiros recomendam que as pessoas procurem locais seguros para se abrigar;

–  Caso seja inevitável sair para a rua, é importante estar atento a algumas dicas, como circular de carro com os faróis acesos e evitar passar por lugares alagados;

– Se estiver em lugar seguro, não se aventure em correntezas e inundações;

– Só ande pela área alagada se for para sair de uma situação de perigo. Cuidado para não cair em valas e nem em bueiros abertos;

– Durante a incidência de raios evite deslocamentos a pé, não ande próximo a árvores, postes ou cercas;

– Durante um temporal é comum a queda de árvores, por isso não estacione seu veículo nem permaneça embaixo delas;

– Não jogue lixo nas ruas, córregos, margens de rios, pois podem causar alagamentos;

– Nunca abandone móveis ou eletrodomésticos nas ruas ou em terrenos baldios;

– Em caso emergência, o número do Corpo de Bombeiros é o 193.

Opinião dos leitores

  1. Durante a incidência de raios evite deslocamentos a pé, não ande próximo a árvores, postes ou cercas e TAMBÉM BANHOS EM RIOS, LAGOAS E MAR.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *