Bolsonaro diz que não existe qualquer possibilidade do Governo aumentar a CIDE para manter os atuais preços dos combustíveis e espera queda nas refinarias

Através das redes sociais nesta segunda-feira(09), o presidente Jair Bolsonaro comunicou que não existe qualquer possibilidade do Governo aumentar a CIDE para manter os atuais preços dos combustíveis.

“O barril do petróleo caiu, em média, 30% (US$ 35,00 o barril). – A Petrobrás, que não sofre qualquer interferência do Governo, continuará mantendo sua política de preços, ou seja, a tendência é que os mesmos passem a cair nas refinarias”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Leo disse:

    Pq o senhor nao zera a CIDE como Dilma fez para baixar o preço dos combustíveis?

  2. Santos disse:

    Alguns donos de postos de combuatíveis aqui do Estado, com toda a sua visão "empreendedora", já viram uma janela de oportunidade de aumentar seus lucros e tiveram a idéia de colocar os preço da gasolina que já estava em R$ 4,25 para R$4,60, antes da Petrobras anunciar a redução no preço.
    Ja que o Brasil acompanha o preço, internacional, certamente a US$30 o valor do barril, o valor irá baixar significativamente, no entanto pra nós do RN e especificamente de Natal, ainda estaremos pagando um valor bem mais caro.

  3. joaozinho disse:

    Vamos ver o comportamento dos Estados se repassam o custo ou mantem ou aumentam.

    • Rômulo© disse:

      Não tem essa de "estados repassarem custos, aumentarem etc"! Os estados não formulam preços de combustíveis, pois as alíquotas de ICMS são fixas. Se o preço do combustível cai na distribuidora, a arrecadação cai junto. Informe-se antes de adular seu "mico"!

Parnamirim regulamenta descarte de resíduos sólidos; penalidades vão de multas de R$ 92,56 a R$ 2.460,00

FOTO: ASCOM

A Prefeitura de Parnamirim publicou nesta sexta-feira (13), em edição do Diário Oficial a regulamentação do descarte de resíduos sólidos nas ruas da cidade. O documento traz a proibição dessa conduta, inclusive com as penalidades correspondentes.

O Decreto nº 6.132 proíbe o descarte de lixo, incluindo podas, resíduos gerados em eventos, comércios, construção civil, e bens que não sirvam mais, oriundos de residências cuja forma e volume impeçam de ser removidos pela coleta regular, nas vias de Parnamirim. Há também a possibilidade de a infração ser cometida por condutor de veículo automotor, devendo nesse caso a notificação conter a placa do veículo e suas características, para que sejam tomadas as providências.

Todo resíduo sólido gerado por qualquer pessoa física ou jurídica é considerado propriedade privada, de inteira responsabilidade do gerador, até que a coleta seja feita. O documento estabelece ainda que quem cometer, mandar, constranger, auxiliar ou se beneficiar de prática de infração às normas contidas na Lei nº 1.854, de 12 de dezembro de 2017 será considerado infrator e ficará sujeito a penalidades que podem ser dobradas em caso de reincidência.

As infrações são classificadas de acordo com a natureza jurídica do infrator e com a gravidade da conduta, conforme explicitado abaixo:

Pessoa Física

LEVE – Multa de R$ 92,56

MÉDIA – Multa de R$ 289,90

GRAVE – Multa de R$ 462,22

GRAVÍSSIMA – Multa de R$ 1.232,00

Pessoa Jurídica

LEVE – Multa de R$ 289,90

MÉDIA – Multa de R$ 792,25

GRAVE – Multa de R$ 1.649,00

GRAVÍSSIMA – Multa de R$ 2.460,00

A arrecadação derivada da aplicação de multas, será revertida para a melhoria do sistema de limpeza urbana. Os servidores responsáveis pela fiscalização poderão fazer uso de provas materiais, bem como informações oriundas de aparelhos eletrônicos, equipamentos audiovisuais ou outros meios tecnologicamente disponíveis. Com a regulamentação a cidade dá um importante passo no combate a condutas que prejudicam a coletividade e mancham a imagem de suas ruas, avenidas e pontos turísticos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. flavio disse:

    Parabéns pelo decreto! espero que seja cumprido e não fique apenas no papel. Estaremos vigilantes.

  2. carlos disse:

    Na Maria Lacerda com a Alameda Nélio Dias está uma vergonha. Poda, metralha, resto de lixo que a própria SELIMP não recolheu na Alameda.

    • fernando fernandes disse:

      Sujeira que a população descartou irregularmente e agora vai ser multada.

Operação visa combater descarte irregular de resíduos nos arredores da Avenida da Integração

Foto: Assessoria Semurb

Duas operações conjuntas serão realizadas para combater o descarte irregular de resíduos sólidos e inertes na avenida governador Tarcísio de Vasconcelos Maia (av. da Integração), que fica na lateral do condomínio Green Towers, em Lagoa Nova. As ações serão realizadas nos dias 3 e 5 de dezembro, a partir das 8h30 da manhã, sob a coordenação da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), que contará com o apoio das secretarias de Serviços Urbanos (Semsur), Mobilidade Urbana (STTU), Vigilância Sanitária (SMS), Companhia de Limpeza Urbana (Urbana) e a Guarda Municipal (Semdes).

O local é alvo de constantes descartes de resíduos, tendo em vista que se trata de uma via que ainda não recebeu pavimentação. Carroceiros e motoristas de carros depositam frequentemente material inerte, ou seja, restos de material de construção – metralhas, de móveis e podas, além do lixo doméstico em seu leito.

“Essa ato se configura como um crime ambiental e passível de multa”, ressalta o secretário da Semurb, Thiago Mesquita. Durante a operação serão removidos todo o material ali depositado e recolhido os animais que estiverem no local. As ações são frutos de um compromisso firmado em audiência com a 71ªPmJ, para desobstruir a via que é a continuação da av. da Integração.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorge disse:

    Aqui na rua Lago da pedra, no conjunto dos bancários, o lixão está se formando no calçadão, as pessoas levam os cães para passear e fazer cocô em plena calçada, demonstrado a maior falta de educação, ou é no calçadão ou nas calçadas dos moradores mesmo. Tão simples de resolver, bastava levar um saquinho para apanhar o cocô. Qdo vejo a cena, fico pensando quem é o irracional?

  2. Só olhando disse:

    A proibição dos carroçeiros mais os ecopontos seriam muito bem vindos.

  3. Eduardo Peixoto disse:

    Enquanto isso, a Rua Curimatã, no Bairro de Alagamar, há 14 anos é um depósito oficial de lixo do Bairro de Ponta Negra.

  4. Ana leticia disse:

    Mas pode descartar depois do dia 6?
    Façam o serviço direito prefeitura, coloquem pontos de coletas, retirem esses pontos de dois em dois dias semelhante a coleta de lixo, nós contribuintes já pagamos os impostos pra isso, mas o que vcs querem é economizar nas costas dos cidadãos. Acari, currais novos as ruas são todas limpas e cuidadas, é no mesmo estado e mesmo país, portanto o diferencia está em quem gerência mesmo

    • Jorge disse:

      Há um ano fiz denuncia ao MP, sobre esse lixão clandestino.
      Mas vale tarde do que nunca.

Campanha orienta sobre locais para descarte de óleo usado em Natal

Desde o lançamento da Campanha Não Jogue Óleo na Rede, a Caern já recebeu 442 litros de óleo usado. FOTO: CAERN/ADM

A Campanha Não Descarte Óleo na Rede de Esgotos nasceu para intensificar a divulgação dos malefícios do descarte incorreto do óleo de cozinha, que causa obstrução na rede e contamina as águas. Quando o óleo de cozinha é despejado na rede de esgotamento, pelo ralo, o óleo que não se dilui com a água, endurece, virando uma crosta na tubulação.

O óleo usado deve ser recolhido em garrafas pets (aquelas de refrigerante) para encaminhar para as associações que realizam processos de reciclagem. Para orientar a população sobre o descarte adequado do óleo na rede, o programa Esgotamento Legal da Caern realizou durante todo o mês de outubro uma campanha com uma série de atividades educativas e atrações socioambientais visando conscientizar a população. O lançamento oficial ocorreu na terça-feira (1º de outubro) no Conselho Comunitário de Potilândia, onde foi apresentado pontos de coleta de óleo espalhados pela cidade.

A Campanha foi realizada pelo projeto “Esgotamento Legal”, coordenado pela Unidade de Gestão de Empreendimentos Sociais da Caern (UESO) e pretende disseminar a cultura do descarte consciente do óleo de cozinha, que muitas vezes, é despejado em grandes quantidades nas redes de esgoto. Desde o lançamento da campanha, no inicio de outubro, foram recolhidos 442L de óleo usado, nos quatro pontos de coleta da cidade.

CONFIRA OS PONTOS DE COLETA EM NATAL:

Conselho Comunitário dos Moradores de Potilândia (Rua da Esmeralda, 466 – Lagoa Nova)

Associação de Idosos Julieta Barros (Av. Dr. João Medeiros Filho, 3130 – Potengi)

Mar e Artes – Clube de Mães Maria de Lourdes Ferreira (R. Pastoril, 999, Conjunto Nova Natal – Lagoa Azul)

Conselho de Moradores de Ponta Negra (R. Manoel Coringa de Lemos, 451 – Vila de Ponta Negra)

Quer tornar seu estabelecimento um ponto de coleta de óleo usado? Entre em contato com a Unidade de Gestão de Empreendimentos Sociais da Caern pelo fone 3232-4143 e agende uma visita da equipe. O programa Esgotamento Legal faz parte da obra do Sistema de Esgotamento Sanitário de Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Michele disse:

    Deveria ter muito mais pontos de coletas, pois usamos óleo quase que diariamente.

Após clubes tentarem "golpe contra pequenos", Vasco sai de cena e descarta "tapetão" contra queda no Brasileiro

 O Vasco admitiu a participação na tentativa de “virada de mesa” integrada por clubes como Coritiba, Internacional e Fluminense no Campeonato Brasileiro. Porém, o Cruzmaltino descartou irregularidades quanto ao não cumprimento do regulamento por Ponte Preta, Criciúma e Portuguesa, que teriam extrapolado o limite do uso de atletas transferidos. Desta forma, qualquer iniciativa de apresentar queixa à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) foi vetada pelo clube de São Januário.

“Isso não vai prosseguir. Posso garantir pelo menos a parte do Vasco. O pessoal do Coritiba nos procurou e levantou a situação na semana passada. Ligamos para Fluminense e Internacional para tomar uma decisão ainda nesta semana. Reunimos as súmulas e fizemos as nossas análises. Não apuramos nenhuma irregularidade nas inscrições. Mas não quer dizer que não possa existir futuramente”, afirmou o diretor jurídico do Vasco, Gustavo Pinheiro.

A perda de pontos dos três clubes mudaria a tabela do Campeonato Brasileiro, tirando o Vasco da zona de rebaixamento, por exemplo, e ampliando a vantagem do Fluminense em relação à degola. O Cruzmaltino defendeu a iniciativa e assegurou que a verificação das súmulas é um trabalho feito regularmente em busca de possíveis erros na competição.

“Isso é um trabalho corriqueiro. Sempre verificamos as situações dos clubes e suas relevâncias. Pode soar estranho. Porém, em caso de irregularidade os clubes têm por bem a manifestação. Muita gente reprova, mas faz parte. Neste caso específico não há erro”, completou o dirigente.

Sendo assim, o Vasco busca a permanência na elite do futebol brasileiro apenas dentro das quatro linhas. O time soma 41 pontos e está em 18º lugar. No próximo domingo, o adversário será o Náutico, às 17h (de Brasília), no Maracanã. A vitória é imprescindível para o clube do presidente Roberto Dinamite.

UOL Esporte

Vereadores aprovam projetos para o meio ambiente e em homenagem ao administrador

Na sessão ordinária desta quinta-feira (16), a Câmara Municipal de Natal aprovou em segunda discussão o Projeto de Lei n° 106/2011 de autoria do vereador Maurício Gurgel (PHS) e Raniere Barbosa (PRB), além do Projeto de Lei nº 067/2012, proposição do vereador Ney Lopes Júnior (DEM).

O projeto dos vereadores Maurício Gurgel e Raniere Barbosa institui normas e procedimentos para reciclagem, gerenciamento e destinação final de lixo tecnológico. “A instituição dessas normas tem um objetivo real e concreto. O destino correto desses resíduos irá refletir na preocupação das políticas de nossa cidade com o meio ambiente”, ressaltou o vereador Raniere Barbosa (PR).

Já o projeto do vereador Ney Lopes Jr., dispõe da criação do Dia Municipal do Administrador, a ser comemorado todos os anos no dia 09 de setembro. Os projetos seguem agora para sanção do Executivo.

Três são indiciados pelo descarte indevido de medicamentos da Prefeitura

O delegado Marcus Dayan Teixeira Vasconcelos, da Delegacia Especializada de Investigação de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deicot), responsável pela investigação do descarte indevido de medicamentos por parte do Município, concluiu o inquérito. O próximo passo é encaminhar o inquérito ao Ministério Público.

“Vou fazer isso hoje à tarde. Agora, os promotores de Defesa do Patrimônio Público vão denunciar as pessoas por mim indiciadas, ou solicitar novas diligências”, explicou Marcus Dayan.

As investigações apontaram para que as 16 ampolas de Propofol saíram do Departamento Logístico e de Suporte Imediato (DLS). Foram indiciados Magnus Carvalho, diretor do departamento, Josenaldo Soares, que teria encaminhado o medicamento sem o devido controle, e Cícero Marques , o farmacêutico responsável pelo remédio.

Informações da Tribuna do Norte