Apple registra detector de defeitos e se nega a reparar celulares molhados

A Apple conseguiu registrar a patente do dispositivo que detecta defeitos nos aparelhos causados pelo contato com a água. Não que ela precisasse disso para utilizar a tecnologia em seus aparelhos – o que já acontece desde o primeiro iPhone – mas a vitória judicial agora permite que a empresa se recuse a oferecer manutenção a dispositivos comprovadamente estragados por líquidos, o que não é coberto pela garantia da companhia.

 O indicador de danos no iPhone está localizado na parte lateral onde se coloca o chip do aparelho, mas é imperceptível aos usuários. Ele foi criado de maneira estratégica dentro do smartphone para que, caso o dispositivo seja enviado para uma revisão, os engenheiros possam saber se houve realmente algum defeito, ou se o que aconteceu foi o contato direto com líquidos.

“A exposição à água está entre as maiores causas de mau funcionamento de aparelhos. Portanto, acreditamos que a verificação de imersões ou exposição alta à agua é muito importante para os fabricantes, que têm que poder saber se os aparelhos que não estão funcionandos e querem ser trocados pelos usuários foram imersos ou não”, diz o texto da aplicação da Apple para a patente.

Com este propriedade garantida, a Apple estaria voltando suas atenções agora para tentar registrar um headset sem fio para o iPhone, que se comunicaria com o smartphone por Bluetooth. O ponto inovador da tecnologia seria o novo modo de carregar este fone de ouvido, por meio de uma conexão com fio no próprio celular.

Fonte: Techtudo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juniortv disse:

    bruno o atendimento da apple no brasil é péssimo enviei um aparelho 4s com defeito no botão home primeiro me devolveram pois na nf emitida pela OI não constava o serial(imei), ai solicitei junto a operadora e eles me enviaram uma declaração constando que o serial… fazia referência a minha nf tornei a enviar, logo em seguida fui informado que o aparelho iria ser trocado, mas estava faltando e se passaram 3 meses e me enviaram de volta, alegando que a declaração não estava correta só que foi a própria que enviou o modelo apenas para acrescentar meus dados e só detectaram 3 meses depois, pois ameacei colocar na justiça, finalmente levei num shoping  e paguei R$ 120,00 pelo o conserto rapidinho.

    atenciosamente,

    junior carvalho

Especialistas afirmam que iPhone 5 será líder no mercado de smartphones em 2013

Um dos gadgets que deve atrair a atenção dos usuários no segundo semestre do ano é o novo smartphone da Apple, o iPhone 5, que pode ser apresentado em setembro. De acordo com o analista da J.P. Morgan, Mark Moskowitz, o aparelho será, mais uma vez, o número um no ranking de celulares mais vendidos do planenta.

Em entrevista para o CNET, Moskowitz disse que, além de funções dadas como certas no novo produto, como suporte para 4G (LTE), outras atualizações e novas funcionalidades vão garantir o domínio do iPhone 5 em relação aos concorrentes. “Acredtamos que uma combinação revolucionária de melhorias de hardware e serviços dedicados de software (Passbook, Mapas, Facetime) vão fazer do novo iPhone o líder de mercado em 2013″.

No entanto, Moskowitz afirma que a Apple deve enfrentar alguns desafios e que as fabricantes de hardware podem passar por dificuldades. Recentemente, a empresa da maçã reduziu suas projeções de vendas do iPhone para o terceiro trimestre de 2012, o que, por um lado, não é incomum antes de um novo modelo ser lançado. Mesmo assim, a companhia comemora o sucesso de cinco anos de existência do smartphone, que rendeu um lucro de US$ 150 bilhões e 250 milhões e unidades vendidas no mundo.

Além disso, Terry Gou, presidente da Foxconn (a empresa que fabrica os produtos da Apple), declarou em uma entrevista que o novo iPhone vai ofuscar completamente o Galaxy S III e fazer o top de linha da Samsung passar vergonha. O executivo não deu detalhes sobre o novo celular, mas garantiu que será o melhor aparelho telefônico do mercado.

Apesar da visão otimista de alguns analistas, algumas empresas como a Strategy Analytics, que faz pesquisa de mercado, acredita que os próximos cinco anos do iPhoneserão mais difíceis. Um dos principais motivos é o fato das operadoras estarem começando a questionar o modelo de subsidio imposto pela Apple. E o outro fator é o crescimento da concorrência, especialmente da Samsung.

Fonte: Olhar Digital

Apple quer impedir venda do Samsung Galaxy S III nos EUA

A Samsung disse que vai lutar na Justiça contra a Apple que move um processo nos Estados Unidos para que a sul-coreana pare as vendas do seu mais novo Galaxy S III no último capítulo da batalha sobre propriedade intelectual entre as líderes mundiais do mercado de celulares.

A companhia, que acaba de lançar o S III na Europa com fila nas portas de lojas e operadoras, disse que vai se opor vigorosamente ao pedido da Apple para um tribunal americano banir o aparelho telefônico do país e disse que ainda planeja ir adiante com o lançamento do celular no mercado americano programado para dia 21 de junho. A fabricante sul-coreana afirmou em comunicado que vai “demonstrar ao tribunal que o Galaxy S III é inovador e totalmente diferente do iPhone”.

Na última terça-feira, a Apple – que acusa a Samsung de violar duas patentes – fez o pedido formal a um tribunal dos Estados Unidos para proibir, mesmo que temporariamente, as vendas do smartphone antes do seu lançamento em território americano.

O pedido, se aceito por um tribunal da Califórnia, pode prejudicar a Samsung na sua tentativa de se antecipar às vendas do próximo iPhone. O Galaxy S III começou a ser vendido na Europa em 29 de maio e será oferecido por cerca de 300 operadoras de telefonia móvel em 140 países, da Ásia a América do Norte, incluindo um lançamento para o Brasil. Já a Apple está mantendo segredo total sobre o novo iPhone 5, mas muitos analistas esperam que ele chegue em julho.

Samsung e Apple estão envolvidas em processos de patentes nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia desde que a Apple acusou a Samsung de copiar o iPhone e o iPad em abril de 2011. Os presidentes-executivos das duas empresas se reuniram em um tribunal de São Francisco no mês passado para negociar, mas não chegaram a nenhum acordo satisfatório.

Mas em plena batalha judicial, as duas empresas continuam a fazer negócios. A Samsung ainda conta com a Apple como uma de suas maiores compradoras de chips e telas, e a Apple com os componentes da coreana.

Fonte: O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. pessoal e muito disse:

    mds ninguem comeento

Adolescente chinês vende rim para comprar iPhone e iPad

Um adolescente chinês, de 17 anos, vendeu um rim para comprar um iPhone e um iPad, segundo reportagem publicada nesta sexta-feira no site da Xinhua, agência estatal de notícias da China. Cinco pessoas foram acusadas ​​de envolvimento na compra do órgão e vão responder por lesão corporal dolosa.

Entre os cinco, há um cirurgião que removeu o rim em abril do ano passado. O menino, identificado apenas pelo sobrenome Wang, agora sofre de deficiência renal, segundo promotores da cidade de Chenzhou, província de Hunan.

De acordo com a Xinhua, um dos acusados ​​recebeu cerca de 220 mil iuanes (cerca de US$ 35 mil) para organizar o transplante. Ele pagou a Wang 22 mil iuanes e dividiu o restante com o cirurgião.

Após voltar para casa, o adolescente confessou para a mãe que vendeu um dos rins quando ela perguntou como ele conseguiu o dinheiro para comprar o novo iPhone e o iPad.

O jovem era de Anhui, uma das províncias mais pobres da China, de onde habitantes frequentemente emigram para encontrar trabalho e uma vida melhor em outro lugar.

Segundo o Ministério da Saúde chinês, mais de 1,5 milhão de pessoas na China precisam de transplantes, mas só 10 mil são realizados anualmente. A falta de órgãos criou um mercado ilegal.

Fonte: O Globo

Amazonense que 'comprou' pedra no lugar de Iphone 4S recebe celular

O homem surpreendido com uma pedra no lugar de um Iphone 4S recebeu o celular 48 horas após ter reclamado o ocorrido à Apple. Gilvandro Silva afirmou ao G1 que ainda na quarta-feira (21) teve o retorno da empresa americana depois de negociações com uma representante no Brasil.

Segundo o morador de Parintins, 369 km de Manaus, a entrega do aparelho foi realizada pela mesma empresa que entregou a correspondência com a pedra no dia 19 deste mês. “Recebi o Iphone em uma caixa totalmente diferente da primeira. Ela veio lacrada com plástico”, disse.

Gilvandro buscou contato com o serviço de atendimento ao consumidor da Apple no Brasil e foi encaminhado a negociações na sede americana. “O atendente daqui do Brasil quis me dar um prazo de dez dias mas não aceitei. Foi aí que ele me encaminhou para uma atendente nos Estados Unidos, que me pediu dois dias para resolver o problema. Quando foi na quarta, recebi o celular”, afirmou ao G1.

O consumidor gravou o momento em que abriu a correspondência. Ele contou ainda que conviveu com desconfianças sobre a veracidade do ocorrido. “Muita gente falando que eu tava mentindo. Sinceramente, se eu tivesse enganando eles saberiam. A Apple não mandaria um celular assim sem mais nem menos”, disse.

Pedra no lugar de Iphone

Gilvandro Silva comprou o Iphone 4S no site da Apple no dia 3 de março. O morador de Parintins adquiriu o smartphone para presentear a esposa. A embalagem continha uma pedra no lugar de um celular. O caso foi registrado na 3ª Delegacia Interativa de Polícia de Parintins.

Fonte: G1

Novo iPhone será lançado no segundo trimestre e terá tela maior com 4,6 polegadas

A Apple vai aumentar a tela do iPhone para 4,6 polegadas e lançará o próximo modelo por volta do segundo trimestre, noticiou a imprensa sul-coreana, nesta quinta-feira – após novos rumores de que a nova versão do smartphone da gigante americana terá mudanças significativas.

O celular, que teve seu primeiro modelo lançado em 2007, responde hoje por cerca de metade de todas as vendas da Apple.

A fabricante decidiu pela tela maior para a próxima versão e começou a fazer as encomendas aos fornecedores, segundo o Maeil Business Newspaper, que citou uma fonte da indústria.

LG Display e Samsung Electronics, conhecidos também por fornecer telas à Apple, se negaram a comentar o assunto ou confirmar os relatos.

A Samsung, ela própria uma grande concorrente da Maçã no mercado de smartphones, já usa telas OLED de 4,6 polegadas no seu smartphone Galaxy S II, lançado em abril do ano passado.

Fonte: O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Igor disse:

    Essa Globo.. Primeiro seria inviável isso , pois iria contra ao que jobs mais presava mobilidade e simplicidade … Segundo a impresa é Sul-coreana ou seja terra da samsung, talvez tenham feito isso para as pessoas engolirem a tela de 4,8 do possível sIII … E por ultimo essa uma correção , a tela do sII eh de 4,3 e nao 4,6 como o blog colocou.

Você sabe quanto custa a mão de obra de um iPhone?

A visita da rede de TV americana ABC à fábrica da Foxconn, acompanhando uma delegação da Associação pelo Trabalho Justo (FLA, na sigla em inglês), trouxe informações valiosas sobre a fabricação de aparelhos como o iPhone e o iPad.

Entre elas, a de que cada iPhone leva 24 horas para ser construído e que um trabalhador na linha de montagem ganha US$ 1,78 por hora.

Com base nesses dados, o analista Horace Dediu, blogueiro e ex-gerente de desenvolvimento de negócios da Nokia, chegou a algumas conclusões a respeito dos custos de fabricação dos aparelhos.

Ele estimou que cada smartphone da Apple tem um custo de mão de obra entre US$ 12,5 e US$ 30. Os valores são mais altos que estimativas anteriores, que indicavam algo em torno de US$ 8.

O analista acrescenta que esses custos de manufatura são provavelmente muito mais altos que os da concorrência, podendo chegar a 300% mais. O motivo são os intensos testes de design e qualidade a que o iPhone é submetido.

Fonte: Blog Link/Estadão

TIM diz que já vendeu mais de 2 mil Iphone 4S em menos de 24 horas

As vendas do iPhone 4S foram iniciadas à meia-noite de quinta-feira mas milhares de fãs do smartphones da Apple já conseguiram garantir o seu celular antes do Natal. Segundo a TIM, foram vendidas mais de duas mil unidades do novo iPhone 4S. Outras operadoras não revelaram números mas afirmaram que a demanda superou as expectativas.

Nas primeiras horas de venda no Brasil, a TIM – que abriu nove lojas durante a madrugada – comercializou dois mil celulares. Segundo a operadora, que teve filas com centenas de pessoas se formando nas portas de suas lojas, em São Paulo, aproximadamente 600 pessoas estiveram no Shopping Eldorado, em busca do aparelho. A TIM disse ainda que adquiriu o triplo de aparelhos em comparação com o lançamento do iPhone 4, em 2010, quando foi resposável por 40% do volume de vendas do aparelho da Apple no país, segundo levantamento do Gartner.

De acordo com as operadora que operam no país, ainda há smartphones iPhone 4S em estoque.

As vendas continuam pelo Brasil, agora com mais lojas vendendo o 4S. Durante a madrugada, apenas os principais estabelecimentos de Oi, Vivo, Claro e Tim iniciaram as vendas. Alguns deles com coquetéis e a presença de celebridades.

O novo iPhone 4S é vendido em três modelos 16GB, 32GB e 64GB. Na Tim são comercializados desbloqueados, com preços a partir de R$ 1.899. Na Oi, o smartphone estará disponível por R$ 1.999,00 para a versão mais barata, de 16 GB, em planos pré-pagos. O aparelho também pode ser resgatados pelo Oi Pontos.

Na Vivo, o aparelho de 16 GB no modelo pré-pago custa R$2.049. Já a Claro oferece o iPhone 4S desbloqueado por R$ 2.149. As operadoras afirmam que as vendas superaram as expectativas e não divulgaram informações sobre o volume de aparelhos em estoque.

A loja da Apple on-line está vendendo o aparelho desbloqueado de 16 GB por R$ 2.599. A versão mais cara, de 64 GB chega a custar R$ 3.399 mil.

Fonte: O Globo

iPhone 4 de estudante paulistana pega fogo enquanto é carregado na tomada

Está na MacWorld, impressionante:

Após casos parecidos nos Estados Unidos, nesta semana foi a vez do iPhone 4 de uma moradora de São Paulo pegar fogo enquanto era recarregado, na tomada ao lado da cama, afirma a estudante Ayla Tiemi, de 18 anos.  “Acordei com faíscas e fumaça saindo do iPhone. Precisei desligar o disjuntor do quarto para tirá-lo da tomada e até ligar um ventilador para retirar o forte cheiro de queimado que ficou”, conta Ayla, que estava dormindo quando o aparelho incendiou-se.

Usuária de aparelhos da Apple desde os 12 anos, Ayla diz ter comprado o smartphone na França em janeiro deste ano. Isso invalida a garantia no Brasil, de acordo com a Apple. Ao contrário de outros aparelhos da empresa, a proteção do iPhone não é mundial. Ela garante que o smartphone estava sendo carregado na tomada com o carregador oficial da Apple.

iphone4queimado01.jpg

Foto enviada por leitora de seu iPhone 4 queimado

“Entrei em contato com a Apple Brasil pelo 0800 e o atendente disse que não eram responsáveis pelo meu iPhone, já que tinha sido comprado na França. Depois disso, resolvi mandar um e-mail para o Tim Cook (CEO da empresa)”, explica a jovem, que recebeu uma resposta do diretor de relações executivas da Apple, Stuart McKenzie, pedindo seu telefone e número serial do aparelho para cuidar do caso. “Nunca tive nenhum problema com meus outros aparelhos da Apple e me senti desrespeitada pelo tratamento no Brasil”, conta Ayla, que também é dona de um iPad e já teve um iPhone 3G.

Contatada pela Macworld Brasil, a assessoria da Apple para o Brasil confirmou que a garantia do aparelho não é mundial, mas que esse é um caso que precisa ser “tratado pontualmente”. Além disso, foram pedidos os dados da dona do aparelho assim como as fotos do iPhone queimado para que a unidade local entrasse em contato com Tayla – o que foi feito um pouco antes da publicação da reportagem.

iphone4queimado02.jpg

Acidente com aparelho também danificou case do iPhone e chip da operadora

Segundo o advogado Renato Opice Blum, coordenador do curso de direito digital da FGV, a Apple provavelmente trocará o iPhone sem maiores transtornos.

“Pelo ponto de vista da legislação ela (Ayla) tem dois direitos, o de troca do aparelho por vício – por um defeito, por exemplo, como parece ser o caso, que está no artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor. Além disso, há a possibilidade de indenização prevista nos artigos 12, 13 e 14 do Código caso ela prove que houve algum prejuízo, como ter ficado muito transtornada com o acidente, ter ficado sem o smartphone bem no momento que precisava fazer alguma tarefa importante ou até algum prejuízo físico, como o incêndio de algum outro artigo valioso a partir do iPhone”, explica Opice Blum.

Rastreador de IPHONE faz Polícia de SP prender 3 bandidos

Um aplicativo de localização do celular ajudou policiais civis a prender três suspeitos de roubar quatro pessoas nas zonas oeste e sul de São Paulo, na noite de segunda-feira (17). Um quarto suspeito de roubo está foragido.

Por volta das 20h, três homens caminhavam pela rua Tabapuã, no Itaim Bibi, zona oeste, quando foram abordados por três ladrões. Eles fugiram em um carro –onde outro ladrão os esperava– levando laptops, casacos, documentos e celulares das vítimas.

Logo após a fuga dos ladrões, as vítimas avisaram a polícia civil que haviam sido roubadas e que um iPhone levado pelos criminosos tinha um dispositivo que mostra em um mapa –usando satélite– a localização do celular.

Os suspeitos foram localizados pelo rastreador do celular na região de Santo Amaro, zona sul, logo após roubarem uma mulher. Eles trocaram tiros com a polícia e fugiram de carro.

Novamente o rastreador indicou o local onde os suspeitos estavam e um deles foi preso dentro do carro na rua Deputado Laércio Corte, no Paraíso do Morumbi, zona sul de São Paulo. Com ele foi apreendido o documento de uma das vítimas e uma arma.

Como no carro havia marcas de sangue, os policiais começaram nova busca aos suspeitos em hospitais da região. Um menor ferido com um tiro na nuca foi encontrado no pronto-socorro do hospital de Campo Limpo e outro suspeito com um tiro no braço foi preso no pronto-socorro Santo Amaro.

Segundo o delegado Noel Rodrigues de Oliveira Júnior, do 15º Distrito Policial do Itaim Bibi, esta é a terceira vez que prende suspeitos de roubo utilizando rastreadores de celular. Os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas, segundo o delegado.

Reuters
Marca de tiro em veículo usado por suspeitos durante fuga da polícia após assaltos nas zonas sul e oeste de SP
Marca de tiro em veículo usado por suspeitos durante fuga da polícia após assaltos em São Paulo

Pré-venda do iPhone 4S bate recorde: um milhão de pedidos em um dia

A Apple anunciou hoje (10) que a pré-venda do novo iPhone 4S atingiu 1 milhão de pedidos em um único dia.

Os números destronaram os registrados na pré-venda da versão anterior, que alcançou 600 mil encomendas em 24 horas.

Oficialmente, o iPhone deverá chegar às lojas dia 14 de outubro, em oito países: Estados Unidos, Canadá, Austrália, Reino Unido, França, Alemanha e Japão.

Ladrão rouba Iphone, mas aplicativo o fotografa e envia imagem para vítima

Um ladrão não contava que se daria mal porcausa de um aplicativo do iPhone.

Ele roubou o telefone da uma mulher em Nova Yoork e acabou identificado quando tentou digitar a senha do aparelho e a errou. É que um aplicativo (“iGotYa”) estava programado para que, diante dessa situação, o telefone fotografasse e enviasse para um email registrado a foto e a localização do usuário que errou a senha.

As informações são do New York Daily News.

Aplicativo tira uma foto sempre que alguém digita a senha errada na tela bloqueada. (Foto: Reprodução)

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manuel Sabino disse:

    Dá-lhe JOBS. Sem sua inovadora criação, aplicativos como este jamais teriam sido desenvolvidos…

Gilberto Gil libera toda discografia para donos de Ipad e Iphone

Gilberto Gil disponibilizou toda a sua discografia para donos de iPad e iPhone ouvirem. O artista lançou nesta semana um aplicativo gratuito para os dispositivos da Apple.

Segundo a Folha, é possível curtir de graça e na íntegra, por streaming, desde o primeiro álbum, Louvação Universal, de 1967, além de montar playlists. Só não dá para baixar.

Muito antes de toda essa convergência digital, Gilberto Gil anunciava em forma de canção, para quem quisesse ouvir, que ia criar seu web site, fazer uma home page e questionava com quantos gigabytes se faria uma jangada.

A letra do clássico é mais do que um exemplo do quão Gil é ligado nesses mundos da web. Agora, essa agradável surpresa do eterno tropicalista em seu site oficial.

 

Apple flexibiliza compras exclusivas na App Store

A Apple mudou silenciosamente sua política de regulamentação para venda de serviços por assinatura na App Store. Agora, empresas como jornais, revistas e serviços de música e vídeo podem estabelecer seu próprio preço fora do ambiente da loja virtual — sem ter de repassar à Maçã 30% do valor da venda, o que havia sido estipulado anteriormente pela companhia.

A mudança foi notada nesta quinta-feira, 9, pelo blog MacRumors. Na prática, ela significa que os usuários podem ler, no iPad ou no iPhone, conteúdo comprado em outro lugar que não a App Store. Assim, as empresas que vendem serviços para serem usados nos aparelhos da Maçã — de olho, principalmente, na crescente venda de iPads — podem precificar como quiserem. A única exigência é que a página da assinatura não esteja ‘linkada’ a nenhum outro mecanismo de compra de conteúdo.

(mais…)