Diversos

Sistema Fecomércio inicia doação de 5.000 cestas básicas para trabalhadores do comércio, serviços e turismo

Programa Mesa Brasil do Sesc montará pontos de distribuição nos bairros do Alecrim e Cidade Alta, em ação que visa socorrer pessoas que perderam ocupação e renda selecionadas em parceria com entidades representativas dos trabalhadores. Foto: Divulgação

Sensível ao atual momento e os impactos da pandemia na vida das pessoas, em particular dos colaboradores do setor que representam, o Sistema Fecomércio RN, por meio do Programa Mesa Brasil Sesc, iniciará nesta terça-feira, 6, às 11h, a doação de 5.000 cestas básicas para trabalhadores do Comércio, Serviços e Turismo que se encontram sem fonte de renda.

O projeto batizado de “Mesa Farta” terá pontos de distribuição na sede da Fecomércio RN, no Alecrim, na terça-feira, 6. Entre os dias 7 e 9, o local será na unidade do Sesc Cidade Alta. O público-alvo são garçons, cozinheiros, auxiliares de cozinha, pizzaiolos, atendentes, copeiros, entre outros dos segmentos atingidos. As pessoas beneficiadas estão sendo encaminhadas pelo Sindicato dos Guias e Orientadores (Singtur/RN), Sindicato dos Empregados no Comércio de Restaurantes e Bares de Natal (Sindibarnat/RN) e Sindmoto/RN. A meta do projeto é conseguir entregar mais de 1.100 cestas por dia, das 8h30 às 16h30, entre os dias 6 e 9 de abril de 2021.

O presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz explica que a instituição não poderia deixar de prestar assistência a esses trabalhadores, tendo em vista os inúmeros impactos negativos da pandemia sobre eles, em particular a perda de ocupação e renda. “É angustiante assistir aos reflexos negativos dessa doença que, além de ceifar vidas, tem deixado as pessoas sem renda e sem condição de levar o alimento para casa. Esta ação tem como foco tentar minimizar isso”, diz ele.

Serviço

O que? Mesa Farta

Como

Doação de 5.000 cesta básica para trabalhadores do comércio, serviços e turismo

Quando

6 a 9 de abril de 2021

Onde

• Terça-feira (6), na Fecomércio RN: Av. Alm. Alexandrino de Alencar, 562 – Alecrim, Natal.

• De 7 a 9 de abril, no Sesc Cidade Alta: Rua Coronel Bezerra, nº 33 Cidade Alta – Natal/RN.

Mais informações: (84) 3133 0360

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Câmara Municipal de Natal lança campanha de arrecadação de cestas básicas

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Natal está lançando a campanha “Câmara Solidária – ajudando a quem precisa”, que visa a arrecadação de cestas básicas para serem destinadas às famílias natalenses em situação de vulnerabilidade social, população da cidade ainda mais afetada pelos prejuízos causados pela pandemia do novo coronavírus. A campanha foi idealizada pelos vereadores e servidores da Casa.

Os interessados em participar da ação solidária devem deixar suas doações na sede da Câmara de Natal, localizada na Rua Jundiaí, 546, Tirol. A arrecadação das cestas básicas será iniciada nesta quinta-feira (25) e segue até o dia 02 de abril, no horário entre 09h e 14h.

“Além da prevenção no combate à Covid, a palavra de ordem é solidariedade. Temos a obrigação de ajudarmos a quem precisa, tentar amenizar o sofrimento dos mais vulneráveis nesse momento. Os prejuízos causados pelo coronavírus são imensuráveis nas áreas da saúde, economia, no setor produtivo, nos mais diversos segmentos. Mas, juntos, podemos contribuir com aqueles que estão ficando sem renda e sem alimentos”, frisou o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Paulinho Freire.

SERVIÇO

“Câmara Solidária – ajudando a quem precisa”

O que? Doação de cestas básicas

Quando? 25/03 a 02/04

Horário? 09h às 14h

Onde? Sede da Câmara Municipal de Natal, na Rua Jundiaí, 546, Tirol.

Opinião dos leitores

  1. Abram mão de 1 mês de salário cada vereador e peça a seus acessores tbm que da pra comprar bastante cesta. KD a turma do fique em casa?

  2. Porquê os vereadores, prefeito, juízes, promotores e secretários não doam 50pct do salário pra os pobres

  3. Porque os vereadores, prefeito, juízes, promotores e deputados não dia 50 pct do seu salário pra ajudar, todos em casa tomando vinho e uísque

  4. Sugiro aos nobres vereadores doarem 20% do seus salários para comprar cestas básicas e assim fazerem a doação. Do jeito que eles querem é bom demais!

  5. fpoderiam muito bem diminuir dos salários e fazerem doações! Agora mexam no bolso d'eles.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Prefeitura de Ceará-Mirim anuncia entrega de 25 mil kits e cestas básicas; medidas sanitárias são ampliadas

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Ceará-Mirim anunciou novas medidas visando minimizar o impacto causado pelo Covid-19 no município. Dentre as novas ações estão a entrega de 25 mil kits de merenda escolar para alunos da rede municipal e 1500 cestas básicas para feirantes e ambulantes.

Outras medidas ampliam as barreiras sanitárias ( Cohab, Passe e Fica, Estação e Muriú), dispõe equipes fixas Supermercado Bom Dia, Mercado Público e Cinco Bocas, e equipes volantes na cidade, Muriú e distritos. A determinação é de caráter multidisciplinar e envolve todas as Secretarias municipais.

Além das medidas, o prefeito Júlio César Câmara anunciou também a criação do Centro de Enfrentamento ao COVID, nesta quarta-feira (17/03), que funcionará no prédio do Centro de Saúde (SUS), a contratação de novos médicos para o Hospital Dr. Percilio Alves, a abertura de novos leitos e criação de uma nova sala vermelha para o atendimento à população.

Outra determinação foi a suspensão de qualquer interrupção no fornecimento de água da população durante esse período pelo SAAE, bem como a cobrança de IPTU e demais taxas e alvarás enquanto persistirem os efeitos do Decreto.

O lockdown também está prorrogado, assim como permanece fechado o comércio não essencial e as repartições públicas, até o próximo domingo dia 21/03, retornado a abertura do comércio a partir da segunda-feira, 22/03. As feiras livres do próximo sábado (20/03) e domingo (21/03) também estão suspensas.

“Nós temos trabalhado incansavelmente buscando alternativas para melhorar a saúde e o social do cearamirinense, especialmente da população mais afetada pela pandemia neste momento”, disse o prefeito, acrescentando que todas as medidas estão sendo adotadas com recursos próprios do município.

Opinião dos leitores

  1. E continua a velha política de dar migalhas para o povo, prefeito, o povo precisa é de qualificação e trabalho!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Polícia Civil do RN lança campanha “Natal Solidário” para arrecadar cestas básicas e brinquedos

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, visando proporcionar, às pessoas que estão em situação de vulnerabilidade, um momento especial neste período, lançou, nesta quarta-feira (02), a campanha intitulada “Natal Solidário”, com o objetivo de arrecadar cestas básicas e brinquedos (novos e usados) para distribuir para quem está precisando mais de apoio e esperança.

De acordo com o delegado-geral adjunto, Ben-Hur Medeiros, cada doação poderá auxiliar a algum cidadão potiguar que esteja precisando delas. “Quem puder contribuir, doando os alimentos ou os brinquedos, para ajudar a tornar mais feliz o Natal de quem precisa, mostrando que ações de atenção ao próximo ainda permeiam de forma sincera a nossa sociedade, pode juntar-se a nós nesta causa tão nobre”, sinalizou o delegado.

Em casos de dúvidas, as pessoas interessadas em participar poderão manter contato por meio do número da Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil (SECOMS): (84) 98141-2592. As doações das cestas e brinquedos serão recebidas desta quinta-feira (03) a quinta-feira (17), de 08h às 18h, nos seguintes pontos:

Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil (SECOMS), localizada no prédio da Delegacia Geral de Polícia Civil (DEGEPOL), no endereço Av. Interventor Mário Câmara, 3532, no bairro Cidade da Esperança, Natal;

Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da Zona Norte – DEAM/ZN, no endereço Av. Dr João Medeiros Filho, 2141, bairro Potengi, Natal;

Complexo de Delegacias Especializadas, localizado na Avenida Ayrton Senna, no 3134, Neópolis, Natal.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Controladoria Geral do Estado apura denúncias de entregas irregulares de cestas básicas

A Controladoria Geral do Estado apurou duas denúncias de entregas irregulares de cestas básicas. As acusações vinculavam os mantimentos a eventos alheios às políticas de entrega definidas pelo Governo do RN para o programa RN Chega Junto, responsável pela distribuição do material.

As cestas são destinadas a famílias em situação de vulnerabilidade social ou trabalhadores sem renda em virtude da pandemia do coronavírus. As entregas são feitas pela Defesa Civil e a Cruz Vermelha a instituições cadastradas, que assumem a responsabilidade de fazer chegar ao destinatário alvo do Programa mediante assinatura de termo de compromisso.

Uma das denúncias recebidas informa que uma instituição condicionava a entrega da cesta à participação de beneficiário em evento reinvindicatório. E outra, a quitação de débito de mensalidades atrasadas.

As duas denúncias foram apuradas a partir do encaminhamento ao Núcleo de Combate à Corrupção da Controladoria. Em nenhuma delas houve a comprovação dos fatos denunciados, mas a equipe da fiscalização aproveitou para averiguar a regularidade formal das entregas e reforçar a comunicação sobre o uso adequado da doação.

Segundo o Controlador Geral, Pedro Lopes, até o momento foram entregues 25 mil cestas básicas do programa RN Chega Junto e “recebemos somente duas denúncias desde o início da ação, em 16 de setembro, o que comprova que os produtos estão chegando ao público alvo”.

Denuncie

Qualquer cidadão pode denunciar quando se deparar com entregas irregulares das cestas pelo link da Ouvidoria, disponível em qualquer site do Governo (xxxx.rn.gov.br), mas quando tiver dificuldade, pedir orientação pelo whatsapp 84-98128-1103, das 8 às 14 horas.
As denúncias podem, inclusive, ser anônimas. “Iremos averiguar todos os registros, pois sabemos da importância das cestas básicas chegarem à população que precisa do alimento para sustentar sua família”, reforça o controlador.

Distribuição suspensa durante campanha

Em reunião realizada na última quinta (22) entre a Sethas, Controladoria Geral do Estado, Defesa Civil e Cruz Vermelha, foi decidido que nos 15 primeiros dias de novembro as cestas básicas do RN Chega Junto não serão entregues face à proximidade das eleições municipais.

Iris Oliveira, Secretária da Sethas, explica que “apesar de não termos nenhuma denúncia formal de desvio de finalidade de entrega das cestas com caráter eleitoral, entendemos ser prudente não distribuir nos dias finais da campanha para nenhum candidato se aproveitar de última hora desse benefício do Governo”.

As entregas serão suspensas no dia 31 de outubro e continuarão a partir de 17 de novembro, “quando entregaremos mais 30 mil cestas básicas até o dia 19 de dezembro, garantindo segurança alimentar a pelo menos 15 mil famílias em vulnerabilidade no Estado”, destaca Iris Oliveira.

O RN chega Junto

É um programa do Governo do RN que envolve seis ações assistenciais, sendo uma delas a entrega de 60 mil cestas básicas a famílias em vulnerabilidade social ou trabalhadores sem renda devido a pandemia do coronavírus.

A ação é gerenciada pela Sethas e a Defesa Civil do Governo, com apoio da Cruz Vermelha. Destaca-se na composição da cesta básica a compra de R$ 1 milhão em produtos diretamente a agricultores do RN, como o arroz vermelho de Apodi, o feijão macassa de Luis Gomes, a farinha de mandioca e a goma produzidas em cidades do Agreste Potiguar.

São 300 toneladas de alimentos “que fazem com que o Programa transcenda o assistencialismo e gere trabalho e renda a agricultores do RN”, ressalta a Secretária Iris Oliveira.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante realiza entrega de cestas básicas aos beneficiários do ‘Comida Boa’

Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Semtasc), realizou nessa quarta-feira (8) mais uma entrega de cestas básicas às famílias em situação de vulnerabilidade social no município. Mais de 1300 beneficiados.

As entregas foram realizadas nas comunidades Mangueirão, Humaitá, Serrada, Barreiros, Novo Santo Antônio e Padre João Maria. As famílias beneficiadas fazem parte do programa Comida Boa, que duas vezes por semana garante um complemento alimentar formado por sopa nas comunidades.

“Esse é um programa de grande importância para essas famílias, mais ainda nessa crise do coronavírus. Estamos juntos, todas as secretarias do município, buscando estratégias para atender as comunidades mais vulneráveis de São Gonçalo durante o período de pandemia”, disse Antônio Neto secretário da Semtasc.

Ainda de acordo com Neto, a secretária também continua com as entregas de kits de verduras e frutas, e atuando no auxílio de benefícios eventuais, através do Cras – Centro de Referência de Assistência Social

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Arquidiocese de Natal lança campanha para arrecadar cestas básicas

Cáritas da Arquidiocese de Natal, serviço da Igreja católica com atuação junto aos pobres e oprimidos, lançou nesta semana, uma campanha para arrecadação de cestas básicas que serão destinadas a famílias em situação de vulnerabilidade social. A arrecadação está sendo feita no Centro Pastoral Pio X (subsolo da Catedral Metropolitana), diariamente, das 08h às 12h. Além disso, foi disponibilizada uma conta bancária para quem desejar contribuir, fazendo transferência ou depósito bancário (Banco do Brasil – Ag. 1042-1 – Conta: 39.602-8, em nome de Cáritas Arquidiocesana de Natal.

Quem desejar fazer a doação pessoalmente, além das cestas básicas, pode doar produtos de higiene pessoal, limpeza, além de alimentos não perecíveis que possam compor as cestas. Segundo Kilza Gomes, diretora administrativa de Cáritas na Arquidiocese, as doações serão destinadas às paróquias que já possuem um cadastro das famílias mais vulneráveis que serão contempladas com a iniciativa.

Ass

Opinião dos leitores

  1. Se vendesse aquele cajado encravado de Pedras preciosas, dava pra fazer muita coisa. Fora o banco que só de luladrao, deve ter uns bilhões por lá. Mas é impressionante como essas religiões escravizam o povo. Acorda povo meu, sai dela, o criador não deixou religião, enviou seu Filho pra nós resgatar desses espertões.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Câmara de Natal aprova projeto que garante cestas básicas para alunos da rede municipal

Vereadores da Câmara Municipal de Natal aprovaram nesta quinta-feira (02), em regime de urgência e de forma virtual/remota, o Projeto de Lei n° 076/2020 de autoria do Executivo Municipal, que autoriza a Secretaria Municipal de Educação (SME) a utilizar recursos destinados à aquisição da merenda escolar para a aquisição de cestas básicas voltadas aos alunos da rede municipal de ensino público. O projeto deve ocorrer enquanto as aulas estiverem suspensas devido à pandemia do novo coronavírus e se trata de um remanejamento de recursos.

“Um projeto muito importante e que nós autorizamos o Executivo a usar o dinheiro da merenda escolar para aquisição de cestas básicas, um benefício que será revertido aos próprios alunos. Dentro desse modelo de votação (remota/virtual) nossa experiência está sendo vitoriosa, e não estamos parados , sempre que for para votar projetos importantes em prol da sociedade nós estaremos aqui, virtualmente ou presencialmente, para atendermos com urgência e para que o benefício chegue rápido ao cidadão”, disse o vereador e presidente da Casa, Paulinho Freire (PSDB).

Dessa forma, a Secretaria Municipal de Educação deverá destinar 01 (uma) cesta básica para cada aluno da rede, que atualmente conta com 58 mil alunos inscritos, o que representa um total de 58 mil cestas básicas entregues. Também na ocasião, o texto passou pela aprovação da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, com parecer favorável da presidente da Comissão, vereadora Nina Souza (PDT), e aprovada pelos seus demais integrantes. “A merenda escolar foi um avanço que aconteceu na educação do nosso país. E como nossos alunos estão em casa e não podem ficar sem essa alimentação, esse projeto traz o resgate do que é fundamental neste momento, sendo um projeto dentro da legalidade e oportuno”, disse a vereadora.

O texto também passou pelo crivo das Comissões de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização; além das Comissões de Educação, Saúde e Direitos Humanos. Todos os pareceres foram favoráveis e aprovados pelos edis. “Este projeto é uma obrigação do Executivo e é uma tendência nacional. Nós aqui temos obrigação de aprovar, pois se o recurso existe ele tem que ser usado. Também gostaria de lembrar que heróis são os profissionais de saúde que estão nas linhas de frente de tudo isso que está acontecendo”, acrescentou o vice-presidente da Comissão de Finanças, Maurício Gurgel (PV).

A rede municipal de ensino público de Natal conta com 146 unidades divididas entre educação infantil, ensino fundamental, além do sistema de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Emendas

Na sessão, os vereadores apresentaram quatro sugestões de emendas ao texto final que tratavam, em sua maioria, sobre a periodicidade do projeto, além do remanejamento de outros recursos para destinação da compra das cestas básicas. Todas as emendas não passaram e o projeto original enviado pelo Executivo foi o aprovado pela Casa.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

SETURN lança nesta quinta-feira o Busão Solidário para arrecadar cestas básicas em Natal

Foto: Divulgação

A direção do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (SETURN), depois de treinar a equipe técnica que irá conduzir o “Busão Solidário” apresentará aos gestores municipais toda a operação da a campanha de ação social, nesta quinta-feira (2), às 11h, no galpão da antiga sede da entidade, na Av. Esplanada Silva Jardim, 27 – Ribeira, Natal – RN, 59012-090.

A mobilização visa arrecadar cestas básicas e donativos que serão distribuídos para as famílias que estão em situação total de vulnerabilidade social e que neste momento de enfrentamento da pandemia do COVID-19 não dispõe de renda para o sustento. Postos fixos de coleta serão montados na antiga sede do SETURN (na Ribeira) e em três unidade do NatalCard: Terminal do Soledade – Endereço: Terminal de Ônibus do Conjunto Soledade II; Fundação Augusto Severo (Zona Norte) – Endereço: Av. Dr. João Medeiros Filho, 64, Igapó e no NatalCard Zona Sul, na Av. Sen. Salgado Filho, 2850, Loja 5, Chacom Center – Candelária.

“Com o isolamento social muitas famílias estão precisando do básico. A campanha Busão Solidário se destina a estas pessoas. Elas precisam se nutrir e se higienizar para enfrentarem a ameaça da pandemia do Coronavírus. Queremos garantir a todos os natalenses em situação de vulnerabilidade as condições para que possam superar este duro período da melhor forma possível”, explicou Nilson Queiroga, consultor técnico do SETURN.

A campanha Busão Solidário será realizada em parceria. Para isto entidades serão convidadas para participar da ação. A Prefeitura do Natal via Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas-NATAL) e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU-NATAL) já está participando, assim como o NatalCard.

A coordenação da Busão Solidário já manteve contato com o Governo do RN através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN), e vai procurar também a cooperação do Tribunal de Justiça do Estado (TJRN), Tribunal Regional do Trabalho (TRT/RN), Ministério Público do Estado (MPRN), Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN), entre outras instituições.

O plano de ação do Busão Solidário é dispor seis (6) ônibus caracterizados que servirão de pontos de coleta em locais estratégicos nas diversas regiões da cidade. Havendo necessidade a frota será acrescida. Nesta etapa serão recolhidas Cestas Básicas. Todos os dias, ao final do expediente, a frota do Busão Solidário levará os donativos da sociedade natalense para o galpão do SETURN, no bairro da Ribeira, para separar, embalar, organizar e distribuir os donativos.

Empresas e grupos que desejarem fazer doações em grande quantidade é só se dirigir ao armazém do SETURN, no bairro da Ribeira, ou manter contato pelo call center 3026-8450 para comunicar um ponto de coleta.

“As secretarias de ação social ajudarão na distribuição, emitindo a relação e o local de entrega para os beneficiados”, explica a assistente social do SETURN, Joábia Queiroz, que coordena toda a operação e vem treinando as equipes de coleta, separação e distribuição da campanha Busão Solidário.

Para Nilson Queiroga, o SETURN cumpre importante papel social ao resolver a logística da coleta e distribuição dos donativos, ponto crucial estabelecido pelas secretarias de ação social. “As empresas de ônibus montaram a Busão Solidário para abastecer as dispensas de quem mais precisa num gesto de cooperação e compreensão do atual momento”, disse Nilson Queiroga.

O consultor técnico do SETURN ressalta que as empresas de ônibus estão com seus exércitos de profissionais na linha de frente no combate ao vírus, ininterruptamente, dando condições aos profissionais de serviços essenciais irem para seus postos de trabalho e retornarem para suas casas. Nossos colaboradores são verdadeiros heróis”, afirma Nilson Queiroga, ao se referir a frota de ônibus em circulação na cidade, mesmo as empresas tendo constante prejuízo neste período com a redução do fluxo de passageiros chegando a quase 80%.

Neste período, as empresas ainda adotaram excepcionalmente medidas adicionais de limpeza, dentre as quais a higienização dos veículos nos locais de contato dos passageiros com álcool 70º ou água sanitária.

Segundo Nilson Queiroga, a Campanha Busão Solidário será contínua nesse período de pandemia e se estenderá enquanto for necessário para garantir donativos aos mais carentes.

Opinião dos leitores

  1. Um Brasil cidadã teria que ter conselhos cidadãos, esses teriam objetivos de acompanhar todos os atos e projetos com objetivos de atenderem as nescessidades da sociedade. Isso daria uma transparência maior aos atos. Os membros desses conselhos em hipótese alguma seriam remunerados, e seriam composto de representante voluntários da sociedade civil, principalmente com nível técnico qualificado e alguns cidadão comuns, esses teriam poderes de opinar sobre decisões governamentais, que seriam levados em consideração. Só um devaneio.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Kits dormitórios e cestas básicas são distribuídas aos atingidos pelo deslizamento em Mãe Luiza

Untitled-3Defesa Civil, Guarda Municipal e Exército entregam neste momento kits domitórios aos atingidos pelo deslizamento em Mãe Luiza. Na ocasião serão entregues também 200 cestas básicas as famílias de Mãe Luiza. secretário Paulo César Ferreira acompanhando a entrega do material. 505 kits dormitórios e 200 cestas. As fotos e informações foram extraídas do twitter do jornalista Anderson Almeida.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PSD é acusado de trocar cesta básica por assinaturas

Estadão:

A distribuição de cestas básicas no interior de Tocantins serviu para engrossar a lista de assinaturas que o PSD precisa para obter o seu registro.

As assinaturas foram colhidas sem o consentimento dos eleitores durante a distribuição dos alimentos em São Salvador do Tocantins, a 420 km de Palmas. As cestas foram entregues a dezenas de moradores em maio e diversos deles ouvidos pelo Estado manifestaram desconhecimento e indignação com o fato de terem sido usados pela legenda em formação. O advogado do PSD, Admar Gonzaga, nega envolvimento com a fraude.

O vereador Washington Milhomem (PR), conhecido como Pezão, foi quem comandou o processo. Parte das cestas básicas foi entregue na casa de um irmão dele, Willian, e outras, distribuídas por aliados. A entrega aconteceu em maio, quando o processo de coleta das assinaturas ainda estava no início.

Segundo moradores ouvidos pelo Estado, Pezão distribuiu vales para as pessoas retirarem as cestas básicas na casa de seu irmão. Para pegar os alimentos, todos tinham de levar o título de eleitor e assinar um documento. O que não foi informado a eles é que este documento era a lista de apoio ao PSD.

Oito pessoas que constam na lista de apoiadores do novo partido foram procuradas na quarta-feira, 14, e todas negaram ter conhecimento do PSD. Elas dizem ter ouvido dos envolvidos que os documentos eram necessários para um cadastro do governo de Tocantins para a distribuição de novas cestas no futuro.

Edvane Bispo de Souza foi uma das que mais se indignaram. “Como é que a gente faz para desfazer essa história do partido? Ninguém aqui está envolvido com nada disso.” A mãe dela, a aposentada Floripe de Souza Póvoa, também está na lista e disse ter ouvido que as cestas teriam sido enviadas por pessoas ligadas à senadora Kátia Abreu, uma das expoentes do PSD.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *