Ceará-Mirim: ex-prefeito é denunciado por crime de responsabilidade

Antônio Peixoto e a ex-secretária municipal de Educação, Maria do Socorro Lopes de Souza, são acusados de ceder ônibus escolares para transporte de pessoas à reunião de apoio político ao pré-candidato Renato Martins

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ofereceu denúncia na Justiça potiguar contra o ex-prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto, e a ex-secretária municipal de Educação Maria do Socorro Lopes de Souza, por crime de responsabilidade. Eles são acusados de ceder ônibus escolares para transporte de pessoas à reunião de apoio político ao pré-candidato ao cargo de prefeito em 2016, Renato Alexandre Martins da Silva, realizada no dia 30 de julho daquele ano.

A reunião aconteceu na granja do ex-prefeito Peixoto e contou com a participação de mais de 1.500 pessoas. O evento foi amplamente noticiado nas redes sociais à época. A mensagem de convocação continha o nome de Socorro Lopes, ex-Secretária Municipal de Educação, e foi divulgada por Whatsapp, direcionada aos servidores municipais.

No inquérito civil instaurado pela Promotoria de Justiça de Ceará-Mirim, constam vídeos e fotos que comprovam a ilegalidade. Também ficou comprovado que o ônibus utilizado pertence à cooperativa contratada pela Prefeitura, a Coopcemi, para prestar serviço de transporte escolar.

À época, o MPRN ajuizou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), em que foram ouvidas testemunhas que confirmaram os fatos relatados.

Dessa forma, o MPRN requer que os ex-gestores sejam condenados pela prática de crime de responsabilidade por utilizar-se, indevidamente, em proveito próprio ou alheio, de bens, rendas ou serviços públicos.

Com o recebimento da denúncia, os acusados têm o prazo de cinco dias para se manifestar.

COMENTE AQUI

TSE suspende cassação e vereadoras retomam mandatos em Ceará-Mirim

As vereadoras Jumaria Mota (PTN) e Ângela Aquino (PTC) vão retomar os mandatos na Câmara de Ceará-Mirim já a partir desta quinta-feira, 30 de novembro. Foi o que decidiu o Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, que determinou volta das vereadoras ao mandato. As duas parlamentares eram acusadas de abuso de poder econômico, por terem os limites de gastos na campanha eleitoral de 2016, quando foram eleitas nas urnas.

Jumaria e Ângela tiveram os mandatos cassados no começo de novembro, pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral. Antes, o Ministério Público Eleitoral já tinha emitido dois pareceres favoráveis à cassação. As candidatas, na época, extrapolaram em mais de 30% o limite de gastos fixado pelo TSE, de R$ 18.328,63.

Na decisão de agora, o Ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral, e relator dos processos, rebate os argumentos do Tribunal Regional. Para ele, mesmo que as candidatas tenham ultrapassado o teto, não houve abuso de poder econômico, pois os recursos utilizados não são desproporcionais, não quebraram a isonomia dos candidatos, e sobretudo, não são provenientes de ilícitos.

O advogado Felipe Cortez, que defendeu as duas vereadoras, explica que o ministro do TSE disse ainda, em sua decisão, que a conduta tida como ilícita não se confirma, já que todos os gastos eleitorais foram devidamente informados e documentados na prestação de contas, não tendo sido provada a utilização de recursos ilícitos, de fontes vedadas ou provenientes de “caixa dois”.

COMENTE AQUI

Ceará-Mirim: MPRN lança projeto para estimular leitura por presos

Fotos: MPRN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através da Coordenação das Promotorias de Justiça de Ceará-Mirim, lançou na segunda-feira (3) o projeto Renascer na Leitura, em benefício dos presos do Centro de Detenção Provisória de Ceará-Mirim (CDP-CM) que tem por objetivo fornecer livros e revistas para leitura pelos custodiados.

Para o coordenador do projeto, promotor de Justiça Roger de Melo Rodrigues, o Renascer na Leitura tem o propósito de oportunizar uma chance às pessoas presas, inclusive os provisórios, ajudando-os em sua ressocialização.

Segundo ele, o projeto atua sob três vertentes: do acesso gratuito a livros para os presos como forma de ocupação e ressocialização, bem como da estruturação do CDP para favorecer a leitura; da alfabetização dos apenados iletrados por professores do Município de Ceará-Mirim; além da oferta da leitura como meio de remissão de pena, a ser disciplinado pela Vara Criminal.

Os livros e revistas disponíveis foram doados com coletas instaladas em três pontos: na sede das promotorias de Justiça de Ceará-Mirim; na sede da procuradoria-geral de Justiça em Natal; e no anexo da sede das promotorias de Justiça da avenida Tororós. Foram arrecadados mais de 1 mil exemplares de publicações.

O projeto foi lançado ontem de manhã no CDP de Ceará-Mirim e já conta com o interesse de mais de 50 dos 76 presos custodiados na unidade. “O que posso dizer é que eles ficaram muito bem empolgados”, destacou o diretor do CDP, Flávio Lúcio Batista de Almeida.

Ele fez os agradecimentos a todos os envolvidos, destacando a atuação integrada para que o projeto efetivamente saísse do papel. E deu uma palavra de estímulo aos apenados provisórios. “É uma oportunidade de mudança dada a vocês”, disse.

Para padre Bianor Francisco de Lima Júnior, a igreja abraçou o projeto do Ministério Público, pois ajuda a transformar a mentalidade das pessoas. “Se trata sem dúvidas de uma obra de misericórdia”, comentou.

O juiz criminal João Henrique Bressan informou que o projeto foi idealizado em consonância com a legislação federal e estadual que trata a remissão de pena. Ele explicou aos presos que se durante o período de trinta dias o apenado ler um livro e fizer um fichamento dessa publicação, uma vez validado, poderá reduzir quatro dias de sua pena. Ao longo de um ano, mantendo a média de leitura de um livro por mês, é possível a redução de 48 dias de pena. “Eu sou fruto do estudo. Digo para vocês que sempre é tempo de escolher outro caminho”, ressaltou o magistrado.

O prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto, também destacou aos presos do CDP que eles tem com o projeto uma excelente oportunidade de recuperação. Ele antecipou que o Município está na iminência de ter inaugurado o presídio e antecipou a proposta do executivo de oportunizar uma área para que seja desenvolvido um projeto de plantio também voltado para a remissão e a ressocialização.

O lançamento do Renascer na Leitura foi acompanhado ainda por representantes do Núcleo de Ressocialização da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, policiais, agentes, guardas municipais, o secretário de Defesa Social de Ceará-Mirim, Carlos Paiva, e Coronel Ricardo Albuquerque.

COMENTE AQUI

cabral  04/04/2017

Plausível a iniciativa, recupera os apenados é o primeiro passo de tantos. - Responder

Heineken  04/04/2017

Tinha que "estimular" os presos a quebrarem pedra e fazer asfalto isso sim. Monte de desocuapado, poderiam pelo menos reverter em serviços para a sociedade. A leitura ficaria para outras horas vagas, que alias eles tem de sobra. - Responder

Após morte de PM, nove pessoas são assassinadas em Ceará-Mirim, entre a madrugada e manhã desta terça

A Polícia registrou entre a madrugada e manhã desta terça-feira(21), o assassinato de nove pessoas na cidade de Ceará-Mirim, na Grande Natal. Segundo a PM, seis pessoas foram mortas na comunidade de Baixa do Rato, uma em Cidade de Deus, outra em Brogodó e uma última em Jacoca.

As mortes aconteceram após o assassinato de um sargento da Polícia Militar, que foi executado com tiros pelas costas na noite desta segunda (21). A Polícia Civil vai investigar os casos.

COMENTE AQUI

Bob Lee Swagger  21/02/2017

Pra bandido, o esquema é o seguinte... "One Shot, One Kill" - Responder

Josué Ribeiro dos Santos  21/02/2017

Meus sentimentos aos familiares do policial - Responder

Josué Ribeiro dos Santos  21/02/2017

Investigar sim a morte do pm. O resto têm que ficar neutro se não os bandidos vão ficar pior. Eles já estão querendo mandar na cidade. - Responder


+ Ver todos os comentários

CEARÁ-MIRIM: Vereador questiona legalidade de terreno, classifica como “farsa” construção de presídio, e diz que denúncia já foi feita ao TCU

O vereador Luciano Morais, da cidade de Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal, entrou em contato com o Blog para comentar sobre a possibilidade da construção do cadeia pública no município, motivo de insatisfação da população local e cidades vizinhas. Ele questiona a legalidade do terreno e vai mais adiante: classifica como farsa a documentação disponibilizada pela prefeitura para andamento do projeto. Veja abaixo o comentário:

“Deixemos de lado as questões politicas e sociais e vamos para legalidade…O citado terreno onde supostamente vai ser construído o presidio ele existe??? NÃO…primeiro esse terreno nunca foi do município e muito menos houve qualquer desapropriação do mesmo, a câmara municipal neste período ou em período passado nunca aprovou qualquer tipo de sessão deste imóvel para ser doado ao estado(sessão e doação de qualquer bem deste município tem que passar pela câmara para sua aprovação ou não)e pior ainda, o terreno supostamente pertence a um posseiro que nem escritura publica existe…com isso todos os documentos emitidos pela prefeitura de Ceará-Mirim são mentirosos e falsos…informo que tenho todos documentos que comprovam as nossas informações que inclusive já se encontra no TCU uma denuncia formalizada pela minha pessoa sobre essa farsa desse projeto”, finalizou Luciano Morais.

COMENTE AQUI

Lúcido  29/04/2015

Quem vai à Ceará Mirim hoje se impressiona com o abandono total da cidade ,parece que foi bombardiada,um prefeitura criminosa que deixou o povo a mingua e uma camara conivente quiça venal ,na verdade os gestores temem que o presídio seja suas proximas moradas !!! - Responder

Helio Motta  29/04/2015

Quando esse senhor e o Prefeito vierem a público reclamar dos índices de violência é bom mostrar essa mensagem e as notícias de jornal sobre a enorme colaboração dos dois. Infelizmente tem gente que se elege e não enxerga muito além de sua própria rua e esses dois são exemplos claros e acabados disso. Todos querem que o Governo enfrente o problema dos presídios, mas acham que estes são construídos em nuvens ou no meio do Atlântico. - Responder

Adolescente morre em acidente na manhã desta segunda-feira na Grande Natal

Na manhã desta segunda-feira (8), um acidente na BR-406, no KM 162, em Ceará-Mirim, na Grande Natal, na manhã desta segunda-feira (8), resultou na morte de uma garota de aproximadamente 15 anos, passageira de um veículo Renault Logan. Informações extraoficiais dão conta que o veículo teria tentado uma ultrapassagem, o motorista perdeu o controle da direção e desceu o aterro, resultando em um capotamento. Um outro ocupante também estava no automóvel.

Segundo a PRF, a via ficou interditada das 8h50 às 10h20 para o socorro das vítimas e retirada do carro que caiu em um barranco. Informações dão conta que o motorista do veículo e o outro passageiro não correm risco de morte. Um deles seria pai da vítima fatal.

COMENTE AQUI

Varas de Natal, Goianinha, Ceará-mirim, Caicó, Macau e Currais Novos fecham nesta sexta

Ato do presidente José Rêgo Júnior (Ato Nº 727/2014) suspendeu os prazos e o atendimento ao público nas Varas do Trabalho de Natal, Goianinha, Ceará-Mirim, Caicó, Macau e Currais Novos nesta sexta-feira (10).

Os prazos que se vencerem neste dia ficam prorrogados até o primeiro dia útil seguinte.

Nessa data, o TRT-RN reunirá magistrados e servidores no Hotel Vila do Mar, na Via Costeira, em Natal, com uma programação de palestras e atividades dentro do Dia da Conscientização da Saúde.

Fonte: Ascom – TRT/21ª Região

COMENTE AQUI

walbertomaz  08/10/2014

Tô vendo a hora o povo do Judiciário pegar uma estafa.kkkk. - Responder

GRANDE NATAL: Juiz concede liminar, proíbe município de fiscalizar o trânsito e determina regulamentação

O juiz de Direito da 1ª Vara Cível da Comarca de Ceará-Mirim, Cleudson de Araújo Vale, concedeu liminar ao Ministério Público Estadual acatando pedido feito em ação civil pública que apontou irregularidades relativas ao serviço de transporte público prestado no município.

Conforme apurado pelas 2ª e 3ª Promotorias de Justiça da Comarca, o serviço público de transporte de passageiros de Ceará-Mirim apresenta diversas irregularidades. Dentre elas, a ausência de qualquer processo de licitação para concessão das permissões públicas de transporte de passageiros em quaisquer das modalidades, táxi, moto-táxi ou lotação, ficando a escolha dos “autorizados” a cargo da Secretaria de Defesa Social.

Na ACP, o Ministério Público informa que os veículos autorizados não eram submetidos a nenhuma inspeção de segurança por órgão de trânsito e não era exigido dos motoristas a carteira de habilitação específica para realizar transporte de passageiros e nem os cursos de primeiros socorros.

Diante das inúmeras irregularidades, O MPRN, após ter expedido recomendação ao município visando a regularizar a situação, e não ter sido atendido, celebrou com o Prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto, termo de ajustamento de conduta, no qual era prevista a obrigação de regulamentar a matéria por lei municipal e realizar licitação para a concessão do serviço público.

Contudo, a Câmara Municipal editou o Decreto Legislativo n° 001/2013 tornando sem efeito o ato do prefeito de assinar o termo de ajustamento de conduta.

Diante desse quadro, o MPRN ajuizou ação civil pública, acatada pelo Judiciário da Comarca, que concedeu liminar onde determinou a suspensão dos efeitos do Decreto – Lei nº 001/2013, que o município se abstenha de cobrar pelos alvarás de permissão do serviço de transporte público, que discipline a questão através de lei municipal e realize o respectivo processo de licitação.

A liminar concedida pelo Judiciário proíbe ainda que a Guarda Municipal de Ceará–Mirim realize a fiscalização dos serviços e aplique penalidades como multas e apreensão de veículos.

MPRN

COMENTE AQUI

Câmara de Ceará-Mirim aprova relatório de investigação contra prefeito Marconi Barreto

A Câmara Municipal de Ceará-Mirim aprovou à unanimidade o texto da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que apura possíveis irregularidades em contrato assinado entre a prefeitura e a empresa ClikIdeia, que atualmente pertence ao sobrinho do prefeito.

Em entrevista a uma rádio local, Marconi descartou irregularidades e disse que fazia questão que licitação viesse à tona para que as circunstâncias do contrato ficassem devidamente esclarecidas. Mas negou qualquer irregularidade.

Agora, o texto da Câmara de Vereadores será encaminhado ao Ministério Público do Estado para oferta de denúncia contra o prefeito.

Além disso, a própria Câmara de Vereadores de Ceará-Mirim poderá, com base na aprovação do relatório, sugerir medidas contra o prefeito, incluindo a de impeachment, ou pode ainda adotar medidas como a desaprovação das contas de gestão pela ilegalidade apontada pela CEI.

As suspeitas são de favorecimento de licitação.

COMENTE AQUI

Mãe e filho são mortos a tiros na Grande Natal

A cidade de Ceará-Mirim voltou a registrar mais um crime violente neste fim de semana. Na noite desse domingo(22), mãe e filho foram assassinados em frente a uma pastelaria no conjunto Carrasco.

Segundo a Polícia Militar, as vítimas, de 55 e 38 anos foram surpreendidas por homens encapuzados, que se aproximaram em um carro e abriram fogo. Ainda segundo a PM, o marido da mulher também já havia sido morto por envolvimento com o tráfico de drogas.

Após o crime, buscas foram realizadas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado. O caso será investigado pela Polícia Civil.

COMENTE AQUI

Ceará-Mirim: 15 mortes em dois dias após assassinato de PM; Polícia Civil investiga eventual represália

Por interino

Três homens foram mortos a tiros na madrugada desta quarta-feira (22) no município de Ceará-Mirim, na Grande Natal. Os novos homicídios representam 15 mortes violentas em dois dias na cidade. De acordo com a PM, um dos homens foi perseguido e morto a tiros. Detalhes sobre as outras duas mortes são desconhecidos.

Entre a noite da segunda (20) e tarde da terça-feira (21), onze pessoas foram mortas. Os homicídios aconteceram após o assassinato de um sargento da Polícia Militar que foi executado com tiros pelas costas na noite da segunda-feira (20).

Em meio ao clima de violência na cidade, a Polícia Civil também investiga uma eventual represália por causa da morte do sargento.

COMENTE AQUI

Viva a PM  22/02/2017

Limpeza! Pena que só aconteceu após a morte do PM. - Responder

Potyguar  22/02/2017

Nada de pressa nessa investigação.........zzzzzzzzz...... - Responder

Roberto  22/02/2017

A polícia civil tem mais o que fazerem. - Responder


+ Ver todos os comentários

Ceará-Mirim: MPRN move ação para que Estado regularize população carcerária em CDP

Por interino

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN), pela 4ª Promotoria de Justiça de Ceará-Mirim, ingressou com Ação Civil Pública (ACP) contra o Estado do Rio Grande do Norte para que regularize a capacidade carcerária do Centro de Detenção Provisória de Ceará-Mirim (CDPCM).

O MPRN pede que a Justiça conceda, em caráter de urgência, tutela antecipada determinando que a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (Sejuc) providencie a retirada do CDPCM de todos os presos cujo número exceda à capacidade carcerária máxima atual do estabelecimento.

O quantitativo que deve ser repeitado é de até seis detentos por cela, como há cinco em funcionamento, a capacidade máxima total é de 30 presos. O cálculo do número de presos excedentes deve levar em consideração os presos definitivos. O MPRN pede que Justiça estipule prazo de 30 dias para que a medida seja executada.

Também foi requerido à Justiça que determine imediata proibição à Sejuc, à Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coap) e ao Centro de Detenção Provisória de Ceará-Mirim que, uma vez regularizada a capacidade carcerária máxima da unidade prisional, de aceitarem ou permitirem o ingresso de novos detentos quando o local já tiver alcançado o número de 30 detentos.

Em investigações ministeriais, realizadas no âmbito do inquérito civil nº 06.2011.00000885-8, a 4ª Promotoria de Justiça de Ceará-Mirim constatou que o ambiente em que vivem os presos no CDPCM é desumano e degradante e que se faz necessária a implementação de uma série de reparos da parte do Estado, assim como atuações emergenciais pelos órgãos de fiscalização, na unidade prisional.

Para chegar a essa conclusão, a promotoria se baseou em laudos técnicos de inspeções realizadas pelo Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), pelo Serviço Técnico de Engenharia do Corpo de Bombeiros do Estado, pelo Grupo de Apoio à Execução Penal (Gaep), pela Corregedoria-Geral de Justiça, pelo Centro de Apoio Operacional às Promotorias Criminais (Caop-Criminal) e pela Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde de Ceará-Mirim.

MPRN

 

COMENTE AQUI

Cerca de 2 mil caranguejos são apreendidos pela PRF e Ibama em Ceará-Mirim

Cerca de 2 mil caranguejos que estavam sendo transportados em uma picape sem comprovação de origem foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Norte e o Ibama , na manhã desta sexta-feira (16),  em Ceará-Mirim, região metropolitana da capital.

Segundo os órgãos, os caranguejos estavam na picape conduzida por um homem de 46 anos Para sorte dos crustáceos, eles serão devolvidos ao seu habitat.

Pelo crime ambiental, o acusado além de ter perdido a mercadoria, poderá ser multado em até R$ 100 mil.

COMENTE AQUI

Sergio Nogueira  16/01/2015

Se tem uma instituição que nos dá muito orgulho essa instituição é a PRF. Além de sua excelente atuação no trânsito ainda combate o crime. Diferente de outros órgãos que apenas se preocupa em arrecadar, a PRF tem foco no cidadão e em sua segurança. E mais: ninguém vê um PRF personalizando as ações. Lá ninguém quer fama, dar entrevistas ou evidencia com objetivos políticos. Realmente a PRF é um exemplo que deveria ser mais seguido. - Responder

cidadao  16/01/2015

So alguns que insistem em beber e dirigir, mas o tenente da Lwi seca o exempljca. boaa! - Responder

Laristony  17/01/2015

Esse é o Brasil.... Homem condenado a pagar multa gigantesca por transportar 2 mil caranguejos!! Acho interessante quando um bandido mata uma pessoa inocente, e o mesmo não paga 1/3 desse valor aos familiares da vítima, ou até mesmo quando um político é condenado a ressarcir ao erário público milhões roubados... - Responder

FOTO: CEARÁ-MIRIM: PM apreende vários quilos de drogas

IMG000000000044427Na tarde dessa quarta-feira(23), policiais militares do BPChoque e da Força Tática prenderam o traficante Adriano Laurindo da Silva de 25 anos de idade com grande quantidade de drogas no bairro do Carrasco, município de Ceará-Mirim, Região Metropolitana.

Foi encontrada na residência do acusado 08 pedras de crack tamanho grande, 349 pedras de crack pequenas, 07 tabletes de maconha de aproximadamente meio kg cada, 54 trouxinhas de maconha, 02 balanças de precisão e 02 celulares.

O acusado juntamente com a droga foi conduzido à Delegacia de Ceará Mirim onde foi realizado o flagrante.

Com informações e foto da assessoria da PM-RN

COMENTE AQUI

JUNIOR PINHEIRO  10/09/2014

ENGRAÇADO, DURANTE A COPA DO MUNDO EM NATAL A POLICIA CIVIL FOI PROIBIDA DE FAZER GREVE PELA JUSTIÇA, AGORA ESSAS PESSOAS FECHAM RODOVIAS, BAGUNÇAM TUDO, FAZEM UMA BADERNA DANADA E A JUSTIÇA NAO SE PRONUNCIA!!! QUE PAÍS É ESSE????? ESSE POVO ESTÁ VIOLANDO O DIREITO DAS OUTRAS PESSOAS...!!! - Responder

Silvania  10/09/2014

Como pode? O governo do PT vai deixar a turma deles fazer bagunça? O que está errado nessa historia? É para atingir quem? O governo morto do RN, que só sabe dizer que não tem recursos diante do aumento progressivo da arrecadação? O que está ruim sempre pode piorar, não é mesmo? - Responder

Thalita  10/09/2014

Interdição também em Canguaretama - Responder


+ Ver todos os comentários

Homens invadem imóvel na Grande Natal e executam guarda municipal e mulher; outro é baleado e se encontra em estado grave

Uma jovem de 19 anos e um guarda municipal de Ceará-Mirim foram executados na madrugada desta quarta-feira (2), por volta de 1h, dentro de uma residência conhecida pela Polícia na cidade como ponto de boca de fumo.  De acordo com a Polícia Militar, uma terceira vítima também foi atingida por disparos de arma de fogo na região do rosto e se encontra em estado grave. Informações preliminares dão conta que o crime foi cometido na rua Macaíba, no conjunto Novos Tempos. Na ocasião, homens armados teriam invadido o local e atiraram em que estava por lá.

Segundo a Polícia, o que se sabe é que a mulher morte tem 20 anos, e responsável pelo imóvel. O seu companheiro, de 19 anos, seria o baleado e que se encontra em estado grave, enquanto o guarda municipal tinha 31 anos. A Polícia investigará o crime em cima de uma linha de investigação sobre entorpecentes. Os assassinos fugiram com destino ignorado.

COMENTE AQUI

Renildo André  02/07/2014

Bruno, esse é o segundo Guarda Municipal a ser executado naquela cidade, Policia Civil tem que investigar... segue a notícia: Homicídio registrado neste sábado(28) na cidade de Ceará-Mirim, na Grande Natal. A vítima foi o Guarda Municipal Alexandro Pontes Nunes, de 33 anos de idade, assassinado com nove tiros na rua Manoel Francisco Sobral, no centro da cidade. O sepultamento acontece na manhã deste desta segunda-feira(30) em meio a muita dor e comoção de familiares e amigos. Segundo informações, dois homens em uma moto Tipo Honda Fan de cor preta são os suspeitos do crime.fonte: blog do assis. - Responder