Mujica tenta explicar declaração sobre Venezuela

Ao jornal uruguaio Búsqueda, José Mujica tentou explicar a declaração de que “não devem ficar na frente dos blindados” ao comentar as cenas de tanques de Nicolás Maduro atropelando manifestantes na Venezuela.

“O que eu disse é que você nunca deve ficar na frente dos tanques porque o condutor pode ser um louco. É preciso levar em consideração que há pessoas neste mundo com um caminhão que atropelam uma multidão. Eu não estou justificando nada, só estou tentando educar as pessoas.”

O ex-presidente acrescentou:

“O que está acontecendo na Venezuela é uma selvageria. Como vou justificar essa selvageria? Até roubaram alguns tanques.”

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] Mujica tenta explicar declaração sobre Venezuela […]

  2. Teste disse:

    “não devem ficar na frente dos blindados”
    Vai culpar as vítimas?

  3. Sandro disse:

    O pt teve 46 milhões de votos e com a rejeição do Bozo de março de 30% o pt ganha fácil a próxima eleição. A reforma trabalhista ia gerar 17 milhões de empregos, mas gerou 5 milhões de 99 e Uber. Lua está preso e bozo tá solto e não tem um plano parao Brasil.

  4. Potiguar disse:

    BG sou seu fã, neste blog pau que bate em chico, bate em Dr. Francisco, vide as reportagens sobre lula ou bozo. No entanto, gostaria de saber: os argumentos utilizados no seu editorial sobre o episódio do músico morto na ação do exército brasileiro serve para o episódio dos tanques venezuelanos?

  5. Walsul disse:

    Esse gagá acredita até em Lula. Panaca!

  6. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Sei!
    Sendo a favor de ditadura de esquerda tudo pode, tudo é lindo.
    Esse é mais um esquerdopata.

  7. Victorino disse:

    Esse tipo de atitude é aplaudido pela os PeTralhas, afinal é o "Mijada", velho esclerosado, sem noção, então o culpado é o povo, sofrido, passando fome, e não o maldito chamado Maduro, ou melhor, "Podre", que manda jogar tanques de guerra em cima de civis. Quero ver a defesa aqui dos esquerdopatas, alienados e acéfalos, não fazem por que são covardes, simples assim.

  8. paulo disse:

    senil deixou a droga dominar o uruguay

Confira 10 passos para se livrar da declaração do Imposto de Renda

(andresr/Getty Images)

O prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2019 começou no dia 7. Quanto antes você se livrar da sua, mais cedo receberá a restituição, a partir de 17 de junho —veja o cronograma de restituições para este ano.

Se não entregar a declaração dentro do prazo, até 30 de abril, você pagará uma multa de no mínimo 165,74 reais, descontada na restituição e limitada a 20% do imposto devido. Confira a seguir os passos para se livrar logo da sua declaração.

1) Faça o download do programa do IR

Você pode baixar o programa gerador da declaração do Imposto de Renda 2019 no site da Receita Federal, tanto para Windows quanto para outras plataformas.

Também é possível fazer a declaração por smartphone ou tablet, baixando os aplicativos para Android ou para iOS.

2) Importe os dados da declaração do ano passado

O programa do IR permite importar os dados que você preencheu no ano passado. Assim, você só vai precisar atualizar algumas informações e registrar novas transações.

A Receita vai pedir e-mail e telefone do contribuinte na declaração do IR. Você precisará obrigatoriamente informar esses dados.

Além disso, quando o contribuinte digitar um nome para um CPF ou CNPJ, o sistema vai armazená-lo e preenchê-lo automaticamente nos campos seguintes.

3) Reúna os informes de rendimento do empregador

O informe de rendimento mostra informações sobre rendimentos, contribuições ao INSS, Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), eventuais contribuições à previdência privada e coparticipação em plano de saúde corporativo.

Se a empresa onde você trabalha atualmente ou da qual se desligou em 2018 ainda não enviou o informe, peça o documento para o departamento de recursos humanos —ele deveria ter sido entregue até 28 de fevereiro.

4) Organize os informes de rendimento dos bancos

Os bancos disponibilizam os informes de rendimentos por correio ou pela internet. Quem não tem acesso ao internet banking pode obter o documento em caixas eletrônicos ou solicitá-lo nas agências bancárias.

Esse informe resume os rendimentos recebidos pelo contribuinte ao longo do ano, como rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica, rendimentos de tributação exclusiva, além de informações sobre bens e direitos, como aplicações financeiras e saldo em conta.

5) Separe os informes de rendimento de gestoras e corretoras

Esse passo é só para quem tem investimentos em gestoras ou corretoras independentes. Os informes de rendimento contêm o saldo em conta e em cada aplicação financeira, bem como os rendimentos anuais.

6) Recolha os comprovantes de despesas médicas e odontológicas

Não há limites para a dedução de gastos com saúde no IR, mas, para que essas despesas possam reduzir o imposto a pagar ou gerar imposto a restituir, os gastos devem ser acompanhados de comprovantes.

Os documentos devem trazer a razão social da empresa ou o nome do profissional, seu CNPJ ou CPF, o endereço do estabelecimento, o serviço realizado, o nome completo do paciente e o valor. Veja todos os limites de deduções do Imposto de Renda 2019.

7) Levante os comprovantes de despesas com educação

Se você teve despesas com escola, faculdade, pós-graduação ou ensino técnico, sejam elas diretamente ligadas a você ou a seus dependentes, você deve reunir os documentos que detalham os pagamentos e deve se certificar de que eles contêm o nome e o CNPJ da instituição de ensino.

8) Reúna os carnês de contribuições de empregados domésticos

Quem tem empregado doméstico com carteira assinada deve reunir os carnês do INSS ou comprovantes online das contribuições previdenciárias, já que elas se enquadram entre as despesas dedutíveis.

Desde outubro de 2015, o empregador deve reunir o Documento de Arrecadação do eSocial (DAE), já que o programa passou a ser o responsável pelo recolhimento das contribuições.

9) Organize os comprovantes de rendimento e pagamento de aluguéis

Quem paga ou recebe aluguéis também deve reunir os documentos relacionados. Se o inquilino for pessoa física e os pagamentos foram feitos diretamente ao proprietário, sem o intermédio de imobiliárias, a comprovação junto à Receita é feita com os recibos dos depósitos bancários.

Se houver uma imobiliária administrando um imóvel ocupado por pessoa física, ela pode fornecer um histórico dos aluguéis pagos no ano. Também é possível pedir uma cópia do documento que a imobiliária entrega ao Fisco, a DIMOB.

Caso o inquilino seja pessoa jurídica, ele é responsável por entregar o informe de rendimentos para o proprietário, uma vez que é ele quem deve recolher o Imposto de Renda.

10) Guarde os comprovantes por cinco anos para evitar a malha fina

Os documentos usados para a declaração de IR devem ser guardados por cinco anos, até o fim de 2024, já que durante esse período a Receita pode convocar o contribuinte para prestar esclarecimentos.

Além de separar os documentos citados acima, pode ser necessário recolher outros comprovantes, conforme as suas movimentações financeiras em 2018.

Se você comprou ou vendeu um imóvel, recebeu recursos de ações judiciais ou doou dinheiro para instituições com incentivos fiscais, por exemplo, terá que levantar esses comprovantes também. Veja todos os comprovantes necessários para declarar o Imposto de Renda 2019.

Exame

Robinson propõe nova distribuição de recursos para os poderes do RN

Ainda entre as declarações que deu nesta segunda-feira, o governador Robinson Faria defendeu um novo modelo de repasse dos duodécimos.

“Defendo que o governo mude o critério de repasse para os poderes. Os poderes têm que receber os recursos necessários para o seu funcionamento, o Poder Legislativo, Judiciário, Tribunal de Contas, Defensoria Pública não podem ter sobra de recursos”, declarou o governador.

Ele ainda disse, ao G1, que o modelo de isenções fiscais deve ser revisto.

“O Estado do RN tem cerca de R$ 450 milhões por ano de isenções ficais, o Proadi cerca de R$ 250 milhões, e minha pergunta é: beneficia a quem? Eu defendo isenção fiscal para micro e pequenas empresários. É preciso rever essa isenção. Outra questão é enfrentar sonegação”

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. #sovotoemquemtacomotrabalhador disse:

    O governador tá mais perdido q cachorro qdo cai de mudança… cabritinho de peia esse Robson Faria…Naaam

  2. Afonso disse:

    Essas declarações são de Mineiro, não do governador.

  3. Jose Ribamar disse:

    A questão é: será que os poderes que têm sobra de recursos não é pq sabem geri-los melhor? É justo um poder não gerenciar direito e depois querer de quem gerencia?

    • #CORTEMESMOROBSINSONASSOBRAS disse:

      Tem de diminuir mesmo o RN está muito acima dos demais Estados e outra essas sobras não é questão de gestão é porque vai muito dinheiro mesmo para os poderes exemplo eu dou são os milhares de fantasmas da assembleia que recebem do erário e muito bem sem trabalhar e ainda sobra dinheiro, esses absurdos dos auxílios moradia que até RETROATIVAMENTE receberam uma bolada além da GTNS que do dia para noite todos os funcionários do tribunal de justiça tiveram 100% de aumento repito 100% DE AUMENTO e ainda assim sobra dinheiro e digo também SE O GOVERNADOR TIVER A CORAGEM DE CORRIGIR ESSE ABSURDO DOS PODERES GUARDAREM AS SOBRAS DOS REPASSES O POVÃO VAI APLAUDILO INCLUINDO EU….

  4. João disse:

    Isenções é um problema.
    O pessoal do setor aéreo vivia reclamando que o QAV no RN era o maior entre os estados vizinhos e por isso perdíamos vôos.
    Não sei se houve aumento.
    Nem se a crise nacional atrapalhou..
    Tirar isenções também tem seus problemas…
    A chamada guerra fiscal.
    Se um dá e o outro não, há ameaça de saída do empreendimento.
    Essa empresa de energia eólica chinesa que vem tem isenção?

  5. WandeC disse:

    Só faltou dizer que crise em que o estado passa foi motivada pela forma da distribuição dos recursos para os poderes do RN.
    Será que não deu para ele perceber desde o início do seu mandato uma coisa tão óbvia, ou seja, que os poderes não podem ter sobras de recursos?

  6. Alyson disse:

    Tem que se acabar com essa história de dinheiro do judiciário, do legislativo ou do executivo. O dinheiro tem que ser do governo e pronto, enquanto os servidores mais humildes mendigando, o judiciário recebendo altas quantias e em dia.

  7. Tô mentindo? disse:

    É o que todo cidadão de bem pensa. Sobra pra pagar juiz é imoral! É vergonhoso!

  8. Anderson disse:

    Já passou do tempo de acabar com essa farra com dinheiro público, é preciso corrigir estas distorções e sanear estas despesas desses poderes que acham que estão acima de tudo e de todos.
    Precisamos de um Governador de pulso e que tenha coragem de enfrentar essa turma e dar um basta neste desmando, ou os governantes fazem ou o Povo fará e será muito mais traumático, pois já ultrapassou o limite do aceitável e o Povo já não suporta mais ser extorquido por eles.

  9. Graça disse:

    Bg socorro sou pensionista do Estado o governo só pagou 4 mil referente a novembro nós ajude

  10. jose alves da silva disse:

    tenha atitude governador não tenha medo o senhor foi eleito para resolver. resolva cultue a memoria do seu velho e, saudoso pai OSMUNDO FARIAS.o senhor tem tudo para enxugar o nosso RN.

  11. jose alves da silva disse:

    NÃO PODE OS PODERES SOBRANDO DINHEIRO E, O EXECUTIVO QUE PAGA FALTANDO VERBAS PARA PAGAR OS SEUS SERVIDORES.PRINCIPALMENTE O PESSOAL DO FISCO QWUE ESTÁ TODO DIA NA LUTA.

  12. jose alves da silva disse:

    tem que corrigir urgente os indices absurdos que são repassados aos poderes. terá o apoio de toda a população. tome atitude governador o senhor é o mandatario pode fazer.

  13. Luciana Morais Gama disse:

    O querosene de aviação foi reduzido e nem assim as passagens aéreas pra Natal e partindo de Natal ficaram mais baratas, e também não ouve aumento do número de voos. O governador foi enganado pelo pessoal da aviação.

  14. Judson disse:

    Eu não abro mão do meu Auxílio Moradia, pois pago aluguel com essa verba. Sei de amigo meu que tem dez apartamentos e recebe o auxílio, mas eu sou arrimo de família e, repito, pago aluguel.

  15. Zacarias potiguar disse:

    E quem é q concede essas isenções???!!!!

Governador fala sobre greve e defende direito da população à segurança

O governador Robinson Faria quebrou o silêncio desde a deflagração da greve da Polícia Militar e Polícia Civil e afirmou nesta segunda-feira, ao G1, que, assim como os policiais têm o direito ao salário, a população tem o direito à segurança.

A declaração é um tom de apelo, já que ele espera que os policiais voltem à normalidade quando os salários de dezembro estiverem quitados, o que está previsto para acontecer até a sexta-feira.

“É direito sagrado do policial receber salário em dia e do cidadão ter segurança”, afirmou o governador.

Ele ainda destacou que o governo não prendeu tampouco pediu a prisão dos grevistas, mas apenas o fim do movimento – foi determinação judicial que houvesse prisão.

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lorena disse:

    E o resto dia funcionarios, será que não comemos bem temos obrigações

  2. Charles disse:

    Se realmente quer que volte: dê as condições mínimas de trabalho e pague dezembro e o décimo, simples.

Tudo tem como pano de fundo o combate ao desemprego, diz Temer

Ao anunciar, em cerimônia no Palácio do Planalto, a liberação de R$ 20 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) por meio do BNDES Giro para ser usado como capital de giro das micro, pequenas e médias empresas, o presidente da República, Michel Temer, disse que todas as medidas adotadas pelo governo “sempre têm como pano de fundo o combate ao desemprego”. Temer afirmou ainda que quando o banco se volta para este segmento da economia, “estamos pensando no social”.

Para o presidente, “há urgência de concessão de crédito” do BNDES Giro para este segmento, que são “as campeãs do emprego e desenvolvimento do nosso País”. E emendou salientando que estes recursos dão “injeção de vitalidade nas micro, pequenas e médias empresas” e ” neste momento, o Giro dá vitalidade a estas empresas que são presença de dinâmica e de peso no comércio, na indústria e no serviço”.

Temer acentuou também que este programa do BNDES “vem também ao amparo do produtor rural, que precisa de apoio”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gabriela disse:

    TA DANDO MUITO CERTO. TA TODO MUNDO FELIZ E EMPREGADO.

Mais de 700 mil contribuintes entregaram a declaração do IR nas últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas, 710 mil contribuintes acertaram as contas com o Leão. Até as 17h de hoje (20), a Receita Federal havia recebido 13.851.156 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2016. O número equivale a 48,6% das declarações previstas para este ano. A entrega começou em 1º de março e vai até 29 de abril.

O programa gerador da declaração para ser usado no computador pode ser baixado no site da Receita Federal. O órgão liberou um Perguntão, elaborado para esclarecer dúvidas quanto à declaração referente ao exercício de 2016, ano-calendário de 2015.

O aplicativo do Imposto de Renda para dispositivos móveis (tablets e smartphones) está disponível nos sistemas Android e iOS, da Apple. Os aplicativos podem ser baixados nas lojas virtuais de cada sistema.

Quem perder o prazo de entrega estará sujeito a multa de R$ 165,74 ou de 1% do imposto devido por mês de atraso, prevalecendo o maior valor. A multa máxima pode chegar a 20% do imposto devido.

Cerca de 28,5 milhões de contribuintes deverão enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2016. A estimativa é do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. O número representa crescimento de 2,1% em relação aos 27,9 milhões de documentos entregues no ano passado.

Fonte: Agência Brasil

Mais de 7 milhões de contribuintes entregam declaração do IR

A Receita Federal recebeu 7.396.848 declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2016 até as 17h de hoje (4). O número equivale a 25,9% das declarações previstas para este ano. O prazo de entrega começou em 1º de março e vai até 29 de abril.

O programa gerador da declaração para ser usado no computador pode ser baixado no site da Receita Federal. A Receita liberou um Perguntão elaborado para esclarecer dúvidas quanto a declaração referente ao exercício de 2016, ano-calendário de 2015.

O aplicativo do Imposto de Renda para dispositivos móveis (tablets e smartphones) está disponível para os sistemas Android e iOS, da Apple. Os aplicativos podem ser baixados nas lojas virtuais de cada sistema.

Quem perder o prazo de entrega estará sujeito a multa de 1% do imposto devido por mês de atraso ou de R$ 165,74, prevalecendo o maior valor. A multa máxima equivale a 20%.

Cerca de 28,5 milhões de contribuintes deverão enviar à Receita Federal a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física em 2016. A estimativa é do supervisor nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir. O número representa crescimento de 2,1% em relação aos 27,9 milhões de documentos entregues no ano passado.

Fonte: Agência Brasil

“Procuramos os partidos que apoiam Dilma. Já a chapa de lá não é só acordão, é ajuntamento de candidato” rebate Fátima Bezerra‏

A candidata ao Senado, Fátima Bezerra (PT) respondeu a crítica da adversária Wilma de Faria ao dizer que o PT queria estar aliado aos partidos do acordão. A petista explicou que fazer aliança política é legítimo e o partido procurou ‘sim’ o PMDB para manter a base de sustentação no cenário nacional, já que o vice da presidente Dilma Rousseff é o peemedebista Michel Temer.

“Não estamos negando aliança política, até porque isso é legítimo. Mas procuramos os partidos que dão sustentação ao projeto da presidente Dilma, tanto que o nosso palanque é 100% sintonizado, temos um único candidato à Presidência. A chapa de lá não é só acordão, é ajuntamento de candidato”, alfinetou.

Fátima lembrou ainda que não é grupo dela que chama a aliança liderada por Henrique e Wilma de “acordão”, mas a população. “O acordão tá na boca do povo. Do lá de lá tem candidato pra tudo quanto é gosto, eles não conseguiram se unir nem pra decidir um candidato à Presidência”, disparou.

As respostas da petista foram referentes a declaração da vice-prefeita de Natal, ao dizer esta semana, que os adversários chamavam a coligação União pela Mudança de acordão, mas quiseram fazer aliança com os partidos. “Eles chamam de acordão, mas queriam estar nessa união também”, disse Wilma.

As declarações foram dadas durante entrevista ao jornalista Diógenes Dantas, nesta sexta-feira (1º) no Jornal 96, da 96FM.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. mauricio disse:

    REALMENTE OS PREFEITOS DO DEM APOIAM DILMA,DEIXA DE SER DEMAGOGA FATIMA, PARA DE ENGANAR O ELEITOR.

Pegou mal no PT

O texto publicado no Facebook do PT chamando Eduardo Campos de tolo pegou mal no Palácio do Planalto. Assessores da equipe de Dilma Rousseff consideraram o ataque uma trapalhada. A avaliação é que o texto não soma nada para Dilma: apenas cria um mal-estar gratuito e serve como subsídio para Campos e Marina Silva.

Por Lauro Jardim (VEJA)

Ex-BBB tenta se explicar após dizer que mulher gosta de ser violentada

 14_56_24_705_filePaulinha postou no Instagram uma frase um tanto polêmica na terça-feira (26), em que ela diz que “mulher gosta de ser violentada, sem dó”. Ao ser procurada pelo R7, a ex-BBB explicou o que pretendia dizer com isso.

— Violentada no sentido de paixão, do cara marcar sua vida, mas não de porrada. Gosto de tudo intenso, foi isso que eu quis dizer, mas não que mulher tem que apanhar.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Dias disse:

    Vamos dar um desconto na declaração impensada da loira.

Quem ficou devendo declaração de Imposto de Renda pode enviar a partir de hoje

Quem não enviou à Receita a declaração de Imposto de Renda 2013, referente ao ano de 2012, pode fazer isso a partir das 8h desta quinta-feira (2).

Há cobrança de multa de 1% ao mês sobre o IR devido. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo, de 20%. Se não houver imposto a pagar, a multa é de R$ 165,74.

O fisco recebeu 3.399.665 declarações no último dia de entrega, terça-feira (30), até as 23h59min59s, horário de Brasília.

Enviaram o documento deste ano 26.034.621 de contribuintes, número levemente superior à estimativa da Receita Federal (26 milhões).

No ano passado, 25,2 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.

 

'Pobres precisam de diversão', diz governador do Ceará sobre show de Ivete Sangalo

O Estado do Ceará pagou R$ 650 mil de cachê à cantora Ivete Sangalo para que ela fizesse um show na inauguração de um hospital em Sobral, base eleitoral do governador Cid Gomes (PSB), na sexta-feira passada. O evento é alvo do procurador-geral de Contas do Estado, Gleydson Alexandre, que questiona o valor pago à artista baiana.

Mas o governador não parece preocupado. Ele afirmou que Alexandre é “um jovem procurador que quer aparecer”. No dia da apresentação de Ivete Sangalo, Gomes disparou que manterá o show no Estado “doa a quem doer”. “Ricos é que questionam essas coisas, mas o povo precisa de saúde e educação e também de diversão“, declarou Gomes na ocasião.

Gomes já pagou R$ 3 milhões pelo show do tenor espanhol Plácido Domingo para inaugurar o Centro de Eventos do Ceará, em 2012, e desembolsou outro meio milhão para o cantor Luan Santana e a mesma quantia para a dupla Zezé di Camargo e Luciano no réveillon de 2013 promovido pelo governo em Fortaleza.

Pedido arquivado

O Tribunal de Contas do Estado arquivou o pedido do procurador para barrar o pagamento do cachê até que o Estado comprovasse que o valor de R$ 650 mil se justificava. Gomes disse que vai pagar os R$ 650 mil porque é este o valor cobrado pela cantora.

O procurador afirma ter pesquisado preços dos shows de Ivete Sangalo realizados no interior do Nordeste, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Segundo ele, há casos em que o valor cobrado foi menor do que os R$ 650 mil pagos pelos cofres cearenses.

Alexandre afirma ainda, na nota divulgada ontem ,que vem solicitando informações do show desde o ano passado e que o governo deixou de esclarecer suas dúvidas sobre o evento, O procurador alega também que “ficou configurado o descumprimento da Lei de Licitações, bem como de jurisprudência pacífica do Tribunal de Contas da União” a respeito de casos similares.

Procurada, a assessoria de imprensa de Ivete Sangalo disse que não se manifestará. O cachê deve ser pago até o final do mês.

ivete_sangalo_barretos_2011_f_020

 

Com informações da Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Os políticos gostam de descer a lenha no Ministério Público. A verdade é que, tirando alguns excessos, é o órgão que ainda procura agir para defender os cofres públicos da desfaçatez reinante.

  2. Eduardo disse:

    Só querem fazer a politica do " circo", pois até o pão não tem mais.

Pessoas físicas e jurídicas podem declarar ao TSE valor de doações para campanhas

Para garantir maior transparência nas campanhas eleitorais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza formulário para pessoas físicas e jurídicas que fizeram doações para partidos e candidatos que concorrerão nas eleições municipais deste ano.

A declaração dos valores das contribuições e contratação de bens e serviços não é obrigatória. Os dados do formulário, disponível no site do TSE, serão analisados pela Coordenadoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Coepa) para prestação de contas dos candidatos. Nas eleições de 2010, o TSE recebeu 14.754 informações do tipo.

De acordo com a Lei das Eleições, pessoas físicas podem doar até 10% dos rendimentos brutos recebidos no ano anterior às eleições. Já doações de pessoas jurídicas são limitadas a 2% do faturamento bruto do ano anterior às eleições. Quem doar acima do limite permitido está sujeito ao pagamento de multa no valor de cinco a dez vezes a quantia em excesso.

Fonte: Agência Brasil

Eleições 2012: Declarações de candidatos já somam R$ 47 bilhões; veja o que eles dizem ter

Os candidatos das eleições municipais de 2012 declararam bens no valor de 46,939 bilhões de reais à Justiça Eleitoral, segundo dados repassados pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TRE) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até esta quarta-feira 11. Por lei, todos os candidatos a cargos públicos devem declarar seus bens, que ficam disponíveis para consulta no site do TSE.

Até agora, o Tribunal disponibiliza os dados de 375.012 candidatos a prefeito e vereador. Os valores são declarados pelos próprios candidatos ou suas equipes, e por isso podem conter erros. Apesar do prazo para registro de candidatos ter expirado, o número de pedidos divulgados ainda pode aumentar até o domingo 15. Veja abaixo alguns detalhes sobre a prestação de contas dos candidatos.

Mais dinheiro no colchão do que na poupança

A modalidade mais comum de investimento da população brasileira, a poupança, recebeu 17.331 investimentos de candidatos num total de 126 milhões de reais.

Mas, entre os candidatos, o dinheiro vivo é mais popular do que a poupança. Candidatos declararam ter 1,01 bilhão de reais em moeda nacional e 14,3 milhões em moeda estrangeira. O dinheiro colocado em fundos de investimento soma 23,55 milhões de reais. Somente 83 dizem se arriscar no mercado de futuros, com investimentos que somam 3 milhões de reais.

Automóveis são o bem mais comum

Carros e motos são o bem mais comum declarado pelos candidatos. Postulantes ao cargo declararam 236.508 veículos automotores, num total de 5,83 bilhões de reais, uma média de 24 mil por carro.

Os candidatos declararam 130 .075 casas, 89.513 terrenos e 16.491 apartamentos. A média de cada casa declarada é de 103 mil reais.

Frota de jatinhos

A frota da política brasileira é composta por 124 aviões, num valor de 17 milhões de reais. Há também 1.460 embarcações declaradas pelos candidatos.

Linhas telefônicas

As linhas telefônicas não valem nada desde o século passado, mas continuam presentes nas declarações dos políticos: são 3.219 delas, ainda avaliadas, em média, a 554,71 reais cada.

Fonte: Piero Locatelli/Carta Capital

[FOTO] Comerciantes de Currais Novos trazem mercadoria do exterior, não declaram e vão presos

Polícia Federal prendeu em flagrante na noite desta terça-feira, 19 de junho, no aeroporto internacional Augusto Severo, em Parnamirim/RN, dois comerciantes potiguares, ambos de 36 anos, acusados de crime de descaminho.

Por volta das 23h30, os policiais realizavam uma fiscalização de rotina no terminal de desembarque doméstico visando combater o comércio ilegal de mercadorias de origem estrangeira, quando tiveram a atenção despertada para dois homens que desembarcaram de um voo procedente de São Paulo, portando cinco grandes malas e demostrando muita pressa em querer sair do aeroporto.

Desconfiados, os policiais seguiram os suspeitos até o estacionamento. Quando eles tentavam acomodar a bagagem em um veículo, foram abordados e, ao serem questionados sobre o que havia no interior das malas, os dois se mostraram surpresos, mas não ofereceram resistência, afirmando que traziam aparelhos eletrônicos, sem nota fiscal, para serem revendidos em Currais Novos/RN, cidade onde residem.

De imediato, receberam voz de prisão em flagrante e foram encaminhados para autuação na sede da Polícia Federal.

Após contabilizada, na bagagem que a dupla trazia, estavam 332 celulares, 100 pen drives, 260 cartões de memória, aparelhos de DVDs, filmadoras, câmeras digitais, dentre outros eletrônicos.

Indiciados no Art. 334, § 1º, “d” e § 3º, do CPB, os  dois acusados, que já possuem antecedentes por outros tipos de crime, encontram-se custodiados, à disposição da justiça, na Superintendência da PF.

Câmara aprova projeto que dá prisão de até quatro anos a quem comprar no exterior e não declarar

Os deputados federais pegaram a sessão ordinária de ontem para votar matérias relacionadas às compras e vendas de produtos de brasileiros.

Foi aprovado um projeto que facilita processos contra a pirataria, mas também a previsão de prisão de um a quatro anos para quem praticar o “descaminho” com previsão de responder judicialmente pela prática em juizados especiais. Descaminho que nada mais é do que a entrada ou saída do País de produtos permitidos, mas sem o devido recolhimento de impostos ou o cumprimento dos trâmites burocráticos necessários à operação. Ou seja, aquela famosa compra que os brasileiros fazem fora e que não declaram quando chegam.

Mas é preciso diferenciar prática de descaminho com crime de contrabando. Entende-se como contrabando a exportação e a importação de mercadoria proibida e para essa prática considerada criminosa foi mantida a possibilidade de prisão de dois a quatro anos sem a possibilidade de responder em juizado especial. Nesse caso, é cadeia mesmo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tati disse:

    quem deveria ser preso era esses políticoss, que são os que mais roubam