Bandidos assaltam lotérica no Nordestão de Lagoa Nova e causa pânico aos clientes

Mais um assalto a estabelecimento comercial em Natal. No início da noite desta segunda-feira (6), um trio armado com pistolas assaltou uma casa lotérica que fica dentro do supermercado Nordestão, na esquina das avenidas Salgado Filho e Antônio Basílio, em Lagoa Nova. Ainda não há a confirmação sobre quanto foi levado.

A Polícia Militar recebeu o chamado, mas os bandidos fugiram antes que os policiais chegassem ao local. Segundo informações das vítimas, os três criminosos renderam funcionários e anunciaram o assalto. Em seguida, fugiram em um carro tipo Sentra, de cor preta, e seguiram em direção a Parnamirim, na BR-101. A placa do carro não foi identificada.

Ainda de acordo com informações da Polícia Militar, um dos criminosos estava com camiseta branca e calça jeans. Os policiais militares seguem em diligências para capturar os bandidos.

Fonte: Tribuna do Norte

Vejam o depoimento de Adla Soares no Twitter na hora do assalto:

AdlaSoares 6:32pm via Twitter for iPhone: Gente que nervossooo!! ACabo de entrar no nordestao da Salgado filho. Qndo penso que nao todo mundo correndo dentro do supermercado Assalto!

AdlaSoares 6:33pm via Twitter for iPhone: Estou nesse momento dentro do frigorifico! Pense num desespero e loucura de todos que estao aqui!!

AdlaSoares 6:45pm via Twitter for iPhone: Pessoal estou bem sim! Graças a deus! Mas o desespero foi geral… Gente gritando, chorando. O supermercado esta normalizando aos poucos…

Outro depoimento, também no twitter, agora de Cynara Abreu:

CynaraAbreu 6:44pm via HootSuite: Assalto na lotérica do Nordestão Lagoa Nova. Tumultuo. Todos corremos para o fundo da loja, para o frigorífero.

CynaraAbreu 6:48pm via HootSuite: Desespero meu e de todos. #assaltonordestão

CynaraAbreu 6:53pm via HootSuite: Cápsula de 38 no chão do estacionamento. Ninguém ferido. Polícia no local. Suspeitos fugiram em carro preto.

Bandidos assaltam Supermercado Rede Mais da Cidade da Esperança

Por volta das 19h desta sexta-feira, a polícia militar registrou um assalto ao supermercado Redemais, no bairro de Cidade da Esperança. De acordo com a polícia, o suspeito ainda não identificado estava armado e após roubar o dinheiro do caixa fugiu com um cúmplice em um carro.

De acordo com informações do sub-tenente PM Walmir, o suspeito entrou no supermercado e ao se aproximar de um caixa, sacou a arma e anunciou o assalto. Após recolher uma quantia não revelada, fugiu em direção a um carro no estacionamento e se evadiu do local.

Câmeras de segurança do supermercado filmaram a ação e poderão ajudar a polícia a identificar o assaltante que continua foragido.

Informações Diário de Natal

Atacadão é o supermercado/atacado mais barato

Jornal da Tarde

Em tempos de alta da inflação, o consumidor não pode abrir mão de pesquisar os melhores preços entre supermercados da mesma cidade ou região. Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), podem existir diferenças de até R$ 1.944,12 nos valores cobrados na cesta de 104 produtos líderes de venda ao longo de um ano, como ocorre em Brasília.

Rio de Janeiro, a pesquisa constatou que a procura pelos estabelecimentos com os menores preços de itens líderes de venda pode gerar uma economia anual de R$ 1.204,07 para os consumidores. Situações semelhantes ocorrem em 20 cidades de 13 Estados mais o Distrito Federal pesquisadas pelo Proteste, que consultou um total 1.156 supermercados.

Outras variações anuais importantes de preços entre os pontos de venda mais caros e mais baratos foram observadas nas cidades de Belo Horizonte (R$ 1.182,36), Florianópolis (R$ 1.142,78), Campinas (R$ 1.116,82), Salvador (R$ 1.109,32) e São Paulo (R$ 1.055,78).

Já entre as cidades pesquisadas, as menores diferenças de preços encontram-se nas cidades de Niterói, no Rio de Janeiro (R$ 151,07), nas pernambucanas de Olinda (R$ 471,96) e Jaboatão dos Guararapes (R$ 512,75), e em Porto Alegre (R$ 519,28).

“A variação de preços em uma cidade, dependendo do ponto de venda, pode ser muito grande, até em supermercados de uma mesma rede. Por isso, às vezes vale a pena atravessar a rua e conferir o preço em outro estabelecimento antes de fazer as compras”, afirma a Associação Proteste no estudo.

O levantamento considera o supermercado mais barato de cada cidade e, a partir desse referencial, quanto os outros cobram a mais. Segundo a associação, o Atacadão destaca-se como o mais barato em nove das 20 cidades pesquisadas e o Makro em outras cinco. No endereço eletrônico do Proteste (www.proteste.org.br) estará disponível, a partir desta segunda-feira (29), um simulador de custos da cesta de compras referente a vários supermercados do País.

O cálculo do valor da cesta levou em consideração ponderações, referentes à importância de cada item na composição das compras do mês, baseadas na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Lei dos Postos vai a votação quinta

Tribuna do Norte

A segunda e definitiva votação para aprovação do projeto de Lei nº 4011/2009 – conhecida como “Lei dos Postos de Combustíveis em Supermercados” – deverá ocorrer até a próxima quinta-feira. Para o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Edivan Martins, o assunto é muito sério e uma decisão final precisa ser tomada brevemente. “Não há mais tempo para prorrogarmos esta votação. Não iremos protelar uma matéria polêmica e importante para a cidade”, afirmou.

O projeto de lei é de autoria do vereador Raniere Barbosa e foi apresentada pela primeira vez aos demais vereadores em 2009. Durante a primeira votação realizada há cerca de duas semanas, foram nove votos a favor, oito contra, duas faltas e uma abstenção. Caso aprovada, a Lei possibilitará a implantação de postos de combustíveis em supermercados e hipermercados da capital.

Hoje, as comissões de Justiça, Finanças, Consumidor, Planejamento Urbano e Saúde da Câmara Municipal, deverão remeter os respectivos pareceres acerca do Projeto de Lei em discussão ao presidente da Casa. Para isto, o prazo de até duas semanas do qual dispõem as Comissões regularmente, foi reduzido para até 24 horas por ordem de Edivan Martins.

Se os vereadores optarem pela aprovação, o Projeto ainda deverá passar pelo crivo da prefeita Micarla de Souza. Caberá a ela a decisão final: sancionar ou vetar a Lei. Ontem, durante audiência realizada para discussão da proposição, empresários, sociedade civil, representantes de classe e vereadores, apresentaram os prós e contras acerca da projeto.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. marcelo antunes disse:

    Concordo comBorges Neto, isso nao existe, se fosse assim, postos nao poderiam ter conveniencia!!! É o CARTEL com MEDO, só isso!!! Pagamos preços abusivos, a diferença de preços de combustivel por zona, é pratica abusiva!!! Que seja pelo sim!!!
    Tem tudo para aumentar a competitividade, a qualidade do combustivel, do atendimento, diminuir o enriquecimento absurdo dos donos de postos………………

  2. Eduardo disse:

    Como diz o ditado "Cada macaco no seu galho". Não entendo esse proposição do vereador Raniere Barbosa. Posto de combustivel é um segmento e supermercados/hipermercados, outro. Isso na minha opinião é coisa de vereador que não tem o que fazer.

  3. Borges Neto disse:

    Com todo respeito a Júnior Rocha, meu amigo desde a infância, mas não entra na cabeça de ninguém que postos em supermercados podem explodir e matar milhares. Fosse assim, os postos (todos!) teriam que ser instalados em áreas rurais e isoladas. A concorrência é boa para todos os seguimentos do comércio e da indústria. E quem ganha é a população consumidora posto que cabe a ela escolher os produtos que quer comprar e o preço que quer pagar. Fiquemos de olho, pois, na votação de quinta para saber quais os edis estão a favor do consumidores e quais estão do outro lado.

Câmara aprova em 1ª votação venda de combustíveis em supermercados

Muitas Outras

A Câmara Municipal do Natal acaba de aprovar, em primeira discussão, projeto de lei do vereador Raniere Barbosa (PRB) que autoriza a venda de combustíveis em supermercados.

A votação deixou vereadores da oposição e situação unidos em discursos semelhantes.

O vereador Enildo Alves, que votou contrário ao projeto, alegou defender os interesses dos empresários locais. Segundo ele, a lei beneficia apenas o supermercado Carrefour e não a coletividade. E citou empresas locais que faliram devido à concorrência externa. “Casa Régio, Casa Junior, Atraente, Casa Wacil, A Sertaneja, etc…”.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Esses vereradores são uma piada. É claro que os supermercados tem poder de baixar preços. O que vai ocorrer é uma monopolização maior do ramo de combustivel, visto que os pequenos não devem conseguir continuar no mercado. Resultado final: Postos nas mãos de poucos = preços mais altos.

  2. Fernando Fernandes disse:

    Giovanni, o vereador Enildo não sabe é que quando essas essa empresas quebraram não existiam em Natal , BomPreço, Carrefour, Extra e Insinuante.