Saúde

“No dia que o comitê científico disser que podemos voltar a gente vai retornar as aulas”, diz secretário de Educação do Estado

O secretário de Estado de Educação Getúlio Marques afirmou nesta quarta-feira (7) que as aulas presenciais na rede estadual de ensino só voltarão, de forma gradativa, quando o comitê científico recomendar o retorno sem risco para estudantes, professores e os demais profissionais de educação. A declaração foi uma resposta à ação judicial protocolada pelo Ministério Público exigindo que o Governo do Estado autorize a volta às aulas, independente da vacinação. A Justiça ainda não se pronunciou sobre a ação do MP.

Marques reconheceu que assinou um protocolo de intenções a pedido do MP prevendo o retorno das aulas para fevereiro de 2021, mas também admitiu que falhou na estimativa em razão do agravamento da pandemia:

“Falhei na previsão de assumir com o MP esse ponto. Não sei se fui o único do país, acho que não. Mas não é fácil, esperava que a situação estivesse melhor e a pandemia recrudesceu”, disse, destacando o papel do comitê científico na orientação das recomendações para o Governo:

“No dia que o comitê científico disser que podemos voltar a gente vai retornar as aulas. Estamos preparados”, afirmou.

Com Saiba Mais – Agência de Reportagem

 

Opinião dos leitores

  1. Ou seja, digam adeus à educação pública do RN, que já era muito ruim. Essa governadora está acabando com o estado. O RN será terra arrasada após esse governo caótico.

  2. Nós temos que entender que temos que esperara a greve dos professores que já foi incluído no calendário anual, só assim volta as aulas, para não ter que parar novamente.

  3. E mais ou menos assim: Os professores da rede privada tem compromisso com o trabalho e zelam por seus empregos se a escola fica fechada perdem o emprego e um coisa bem logica.

    Alguns professores da rede publica defendem o “fica em casa” por que sabem que o seu esta garantido então por que se arriscar?

    Os professores deviam ser os próximos a se vacinas, todos sabemos como e a educação no Brasil ai vem essa pandemia já era….

  4. As escolas estão prontas, foi feito a manutenção elétrica / hidráulica / pintura e conservação dos prédios ? E a GREVE dos professores começa quando ? Tem que avaliar tudo isso para poder divulgar o calendário anual.

  5. corte 50% do salário dos professores da rede pública que eles implorarão para voltar se possível no mesmo dia, sequer vão lembrar-se da vacina!

  6. Pelo que o Secretário falou todas as escolas já estão com as medidas sanitárias instaladas e prontas para uso, será verdade ou jogo de Marketing ?

  7. Meu amigo, passou literalmente por cima do Ministério Público. Em outras palavras disse: vocês é nada são a mesma coisa. Que desmoralização para uma Instituição antes tão respeitada.

  8. Será nunca, se depender desse comitê, dos professores e sindicatos de pelegos.
    BOLSONARO TEM RAZÃO

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comitê Científico sugere prorrogação de decreto estadual por mais 10 dias

O Comitê Científico do Rio Grande do Norte, vinculado a Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap), vai sugerir ao Governo do Estado a prorrogação do decreto estadual com medidas restritivas por mais 10 dias. A decisão será da governadora Fátima Bezerra.

O decreto mais rígido entrou em vigor no dia 20 de março, e tem validade até 2 de abril.

Um novo texto deverá ser publicado Diário Oficial do Estado. Seguindo a prorrogação, podem funcionar os seguintes serviços, considerados essenciais:

serviços públicos essenciais (como segurança pública e saúde)

serviços relacionados à saúde, incluídos os serviços médicos, hospitalares, atividades de podologia, entre outros

atividades de segurança privada

supermercados, mercados, padarias, feiras livres e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar (vedado consumo de alimentos no local)

farmácias, drogarias e similares, bem como lojas de artigos médicos e ortopédicos;

serviços funerários

petshops, hospitais e clínicas veterinária

serviços de imprensa e veiculação de informação jornalística

atividades de representação judicial e extrajudicial, bem como assessoria e consultoria jurídicas e contábeis

correios, serviços de entregas e transportadoras

oficinas, serviços de locação e lojas de autopeças referentes a veículos automotores e máquinas

oficinas, serviços de locação e lojas de suprimentos agrícolas

oficinas e serviços de manutenção de bens pessoais e domésticos, incluindo eletrônicos

serviços de locação de máquinas, equipamentos e bens eletrônicos e eletrodomésticos

lojas de material de construção, bem como serviços de locação de máquinas e equipamentos para construção

postos de combustíveis e distribuição de gás

hotéis, flats, pousadas e acomodações similares

atividades de agências de emprego e de trabalho temporário

lavanderias

atividades financeiras e de seguros

imobiliárias com serviços de vendas e/ou locação de imóveis

atividades de construção civil

serviços de telecomunicações e de internet, tecnologia da informação e de processamento de dados

prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doenças dos animais;

atividades industriais

serviços de manutenção em prédios comerciais, residenciais ou industriais, incluindo elevadores, refrigeração e demais equipamentos

serviços de transporte de passageiros

serviços de suporte portuário, aeroportuário e rodoviário

cadeia de abastecimento e logística.

Opinião dos leitores

  1. Esse comitê tem represenyante médico que diz que se vc está com os sintomas da COVID-19 fique em casa em lockdown, tomando apenas dipirona ou paraceyamol e mantendo boa hidratação e alimentação. Só procure UBS, UPA ou hospital após o 7o dia quando tiver com falta de ar.
    É muita ciência pra minha humilde ignorância.
    Concluímos de após 14 meses de pandemia, a ciência que norteia os membros desse dileto e endeusado comitê parace que não mudou muito. Ora, essas eram as recomendações do ex-ministro da saúde Mandetta, se não me falha a memória.

  2. Esse come bola científico, deveria arranjar uma lavagem de roupa e fazer jus aos salários!!

  3. Sugestão. Aos que compõem o comitê científico, poderiam fazer a doação dos seus salários até o final dá pandemia.
    Será que continuariam com essas teorias mirabolantes?

  4. No dia que o comitê científico ficar SEM RECEBER SALÁRIO pelos dias paralisados, eles darão um jeito de arranjar uma flexibilização.

    Enquanto isso, vejo a vacinação andando a passos de cágado.

    1. Provavelmente vc é funcionária pública. Fique sabendo que o dinheiro dos Governos pode acabar e seu salário não será honrado. E ai, como fica?

  5. Prorrogar com uma FISCALIZAÇÃO RIGOROSA para Combater a Disseminação do covid-19. sem Fiscalização é TUDO um FAZ de CONTA. Precisa o governo TER mais DETERMINAÇÃO, INTERESSE, CORAGEM e VONTADE POLÍTICA para FAZER Cumprir as Diretrizes dos protocolos para Combater a disseminação do covid-19. Que DEUS tenha MISERICÓRDIA de NÓS.

  6. Estou vendo a hora o comitê científico sugerir fechar o estado até 2022. Só falta isso. Esse mesmo comitê científico é o mesmo que fez uma previsão de mais de 13 mil mortes no RN até maio do ano passado. Pelo secretário fechador Cipriano Maia, o mesmo que fechou o Hospital Ruy Pereira, é outro a favor que feche tudo.

    Eu sou a favor do isolamento social, porém de forma justa. Não penalizar quem está cumprindo com os protocolos de segurança.

  7. Se esse comitê científico não fosse composto por funcionários públicos não teria pareceres tão absurdos.

  8. Fica fácil para esse pessoal do comitê decretar mais 10 dias de decreto , o salário deles estão em dia , Assim fica fácil
    Loucura isso !! Faça o seguinte governadora GD , suspenda o salário desse pessoal , aí nós veremos se esse comitê tem o mesmo pensamento!

    1. Verdade…falou o Dr. Calígula…formado pelo whatsapp na FACULDADE BURROMINION…
      Muuuuuuuuuuuuuuuuummmmmm

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Confira o que fecha se o Governo do Estado seguir as recomendações do Comitê Científico

Segundo a recomendação do Comitê Científico da Sesap ao Governo do Estado, as medidas de enfrentamento a alta da covid no Rio Grande do Norte, estão centradas na ampliação das medidas de isolamento social por 21 dias, no alerta para não utilização de medicação sem evidência científica para tratamento da Covid-19 e em manter o uso de máscaras de forma correta.

As novas recomendações emitidas consideraram o aumento do número de casos e óbitos por Covid-19 no RN, a taxa de ocupação de leitos críticos indicando a saturação do sistema de saúde no estado, bem como a lista de espera por leito Covid nas centrais de regulação, que há mais de sete dias mantém uma fila sustentada de mais de 100 pessoas.

Além disso, o comitê levou em consideração que o toque de recolher, instituído pelo Decreto nº 30.388, de 5 de março, não possibilitou o alcance de níveis ideais para o achatamento da curva da pandemia.

VEJA ALGUNS SEGMENTOS QUE O COMITÊ CIENTÍFICO ENTENDE QUE DEVEM FECHAR NO EVENTUAL PERÍODO DE QUARENTENA:

Escolas;

Lojas de automóveis;

Shoppings;

Academias;

Bares;

Cafés;

Restaurantes;

Lojas de departamento, artigos esportivos; conveniências;

Lojas de rua;

Centros comerciais.

Opinião dos leitores

  1. É fácil dizer" fechem tudo" qnd se tem salário certo todo mês, vá falar para um autônomo isso " fique em casa" . Hipócritas, querem transtornar o governo federal causando um caos nacional, lembraremos de vcs governadores ano q vem ,ah se lembraremos.

  2. Excelente!
    Tem que fechar mesmo. Pelo menos ainda sobrou governantes com noção nesse país presidido pelo demônio.

    1. Esquerdista desgraçado, para derrubar ou tentar derrubar o governo BOLSONARO vcs deixam o povo passar fome, canalhas, esquerda no RN está com seus dias contados.

  3. É realmente mto curioso. Os membros do ministério público, os servidores dos estados, municípios e mandatários públicos que, segundo o supremo, não podem sofrer redução ou atraso de salário, são os que definem que aqueles que pagam os impostos que os remuneram, fiquem em casa e percam suas rendas.
    É o poste urinando no cachorro, o queijo devorando o rato.
    A desobediência civil, que anos atrás parecia inimaginável;selvageria, me parece a única saída viável. Se o ódio do bem pode, a aglomeração do bem tb. É preciso ir às ruas aos bandos. Voltar às origens toscas da humanidade e lutar de modo viril (entenda como quiser) pelo direito de sobreviver.

  4. Todos esses fechamentos copiados por todos os governantes do nosso país, é um paliativo para encobrir a incompetência na gestão da Saúde Pública.
    Os corredores dos hospitais públicos sempre funcionaram como funerárias, depósito de cadáveres, o caos não é de hoje. Aí vei o "FENÔMENO"
    Ronaldinho que disse que não se fazia Copa do Mundo com Hospitais. Levaram nosso dinheiro, constríram vários elefantes brancos país afora. E agora Ronaldinho Imbecil?
    Continuamos sendo massa de manobra e daqui a 2 anos votaremos novamente.

  5. Concordo em fechamento geral pois ser vc não perdeu alguma pessoa querida então vc está lutando pra perde então veja pelo lado bom em 15 dias conserteza as cidades vão volta ao normal a não ser que vcs querem quem morram mais pessoas

  6. Invistam na saúde, mais leitos de UTI covid, e deixa o povo trabalhar, porque as contas não param de chegar, e com juros.

  7. As estrelas da UFRN autoproclamados "notáveis" parec que não são norte-rio-grandenses. Se forem, devem detestar o RGN. Querem destruir, junto com a governadora, a economia do Estado, cancelar empregos. Essas figuras são as mesmas que carimbam o Presidente de genocida.

  8. Não apenas isso: exigem o fechamento do funcionamento regular de farmacias, padarias e supermercados. Só os que não puderem manter delivery é que poderão abrir. Nordestão, Carrefour, atacarejos, drogasil, Pague Menos, etc etc: tudo vai ter de fechar, e quem não tiver internet ou telefone que se lixe.

    Não vai sobrar pedra sobre pedra da economia do Estado com 21 dias dessa loucura.

  9. Esses VADIOS estão matando o povo deliberadamente. Eles SÃO MILHÕES DE VEZES MAIS LETAIS que o vírus.
    O inferno vai EXPURGAR ESSAS ESCÓRIAS LATRINAS IMUNDAS CADELAS GENOCIDAS DITADORES. O SATANAS ESTÁ APAVORADO QUANDO CHEGAR O DIA DELES IREM DISPUTAR O TRONO DO SER INOMINÁVEL. Eles são milhões de vezes pior que ele.

  10. Sou a favor de algumas medidas, + dar um crtl-c no que não deu certo no ano passado é só carimbar a incompetência dos nossos governantes! Acredito que existam muitas outras alternativas para não temos mais óbitos e que não penalize o cidadão que tem botar comida a comida na mesa.
    Deus tenha minha misericórdia do nosso estado!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Médica do comitê científico do RN diz que mais de 90% dos internados em UTIs no estado usaram remédio “sem eficácia comprovada” contra Covid-19

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A médica infectologista Marise Reis, membro do comitê científico do estado, criticou o uso de medicamentos como a ivermectina como medida de prevenção à doença. Em entrevista a Bom Dia RN nesta terça-feira(23), disse que mais de 90% dos pacientes internados nas UTIs com Covid-19 no Rio Grande do Norte tomaram remédios “sem eficácia comprovada” contra a Covid-19, assim classificou.

Marise Reis Ela também criticou o incentivo ao uso da ivermectina para proteger contra o novo coronavírus. “Essa defesa nesse momento é um acinte. É um acinte ao conhecimento médico, ao conhecimento científico. É inaceitável”, declarou Marise.

“Não adianta a população, as pessoas, se esconderem por trás de um comprimido de ivermectina, achando que ele vai te proteger. Não vai. A literatura já é clara em relação a isso. Não há evidências de que esse medicamento protege contra a Covid. Então, o apelo que nós fazemos é: não tome remédio e saia por aí achando que você não vai adoecer”.

 

Opinião dos leitores

  1. VEJO QUE A MAIORIA QUE AQUI COMENTA E O GAFO RAIVOSO!!
    ACHO QUE É MUITO SIMPLES ELA CHEGAR A ESSES NÚMEROS, QUE QUASE TODO MUNDO JA SÁBIA, É SÓ OS MÉDICOS FAZEREM UM LEVANTAMENTO JUNTO AOS PACIENTES!!

  2. O petista fala, fala e depois acaba pisando em cima da língua.
    Baseado em qual estudo a Dra Faz essa afirmação????

  3. Por favor, BG, faça uma entrevista com alguém do Comitê Cientifico de Natal ou com a infectologista do Giselda Trigueiro, que tem defendido a ivermectina, e pergunte se a informação dessa senhora procede. Não acredito que seja verdade, parece mais um discurso negacionista (palavra que eles amam) dos mesmos de sempre.

  4. Boa tarde, quem fez essa estatística para essa médica. Está falando besteira.

  5. Essa "miséra" é do comitê q disse q estaríamos em 12.000 óbitos em Agoosto?? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, tem muita credibilidade mermo….Nem eles acreditam mais no que dizem…

  6. Que afirmação ridícula! Quer dizer que ela foi de leito em leito perguntar se o paciente tinha tomado Ivermectina? Será que ela quis insinuar que as pessoas estavam doentes por terem usado Ivermectina? Isso é ciência? Só se for ciências ocultas e letras apagadas.

  7. O engraçado é que as centenas de relatos sobre a eficácia do referido medicamento são sumariamente esquecidos, enquanto a negação da eficácia é tida como certeza absoluta. Por mais credibilidade que tenha aquele que defende a utilização, e por mais desconhecido que seja aquele que nega.
    Na verdade, nunca foi falado que a ivermectina previne o contágio, mas que reduz a carga viral do paciente, ou seja, mesmo tomando a substância, a pessoa pode ser contaminada, mas a evolução da doença para os estágios mais críticos torna-se mais difícil.
    Se algum ignorante toma e vai aglomerar, o problema é do ignorante e não do medicamento. Querem politizar até isso. Quem não acredita, não toma. Simples.

  8. Médica excepcional.Tudo que disse com toda certeza tem respaldo técnico e teórico.E para quem desconhece : todas as vezes que se tem um atendimento médico é normal o mesmo perguntar se o paciente faz uso de alguma medicação.Sendo assim foi daí que se afirma que fizeram sim o uso de ivermectina.Aceitem que os médicos que defendem o fármaco são políticos.Se não o são trabalham para eles.

  9. Hipocrisia em ação, como esta comitê e favorável apenas na confirmação científica. A profissiinal não poderia levar em consideração este dado, pois se baseia apenas em dafos aleatórios e empíricos. Mas agora ela acredita no empirismo, qual será o motivo ?

  10. Todas as partes estão certas. Todos estão tomando invermectina e somente por isso achando que estão imunes à doença e relaxando nos cuidados de prevenção.
    Então podemos até tomar o medicamento, mas não relaxemos de todos os demais cuidados: não aglomeremos, usemos máscaras, lavemos as mãos e usemos álcool em gel.

  11. O problema é que o gado não entende que usar a Ivermectina não pode está desassociada do uso de máscaras, maior frequência na lavagem das mãos, evitar o contato físico e evitar aglomerações, então tomam o remédio pra piolho e fazem o que o rei do gado manda, viver a vida normalmente.
    Parabéns dra, tem q desenhar pra esse pessoal.

    1. Exato. Eu sempre tomei o remédio, tive o Covid e não fui hospitalizado. Quantas vidas a Ivermectina salvou.

  12. Qual a fonte dessa pesquisa? Pq não existe nada que comprove que o paciente tomou ou não ivermectina… Não sou de acordo que o paciente tome, mas é critério de cada médico. Se vc ver o perfil dessa cidadã, só vai ver Haddad

  13. Minha imunidade vêm de uma dose de Samanau Prata, com uma colher de chá de Mel de engenho e 1/2 limão. Mistura tudo e toma em jejum. Nunca peguei uma gripe, desde os 16 anos. Estou com 35!!!

    1. MELHOR REMÉDIO, mas libera qualquer cachaça. kkkkk
      PINGA e COVID, não se dão bem.

  14. Estou com os Drs. Fernando Suassuna, Alberto Dickson, Carla Dickson e INÚMEROS outros médicos renomados do Estado que indicam a Ivermectina como profilaxia, bem como, no início do tratamento da doença. Na minha família seis pessoas foram curadas, sem internação hospitalar, logo após o aparecimento dos sintomas. Parabéns aos médicos que defendem a vida e prescrevem a Ivermectina como profilaxia. Toma quem quer. Quem fizer uso dessa medicação deve conversar com algum especialista e saber qual a periodicidade com que deve ser ministrado o remédio. Um medicamento de baixo custo, portanto, acessível a quase todo mundo, que tem, quer queiram ou não admitir, salvado vidas.

    1. Com ctz, estes tem propriedade para falar do assunto e não essa esquerdopata que só pelo discurso nota-se a ideologia . Estamos cheio de petistas entranhados não adm pública , foram 14 anos de sementes plantadas. Descobriram somente 300 empregados de Jose Dirceu na Petrobras . Somente.

  15. É preciso ela fazer um estudo clinico primeiro e um apurado de dados, para saber se estes pacientes receberam ivermectina de fato. E se receberam, foram tratados no inicio (recomendado) ou na fase mais grave (sem efeito). So depois se pronunciaria a respeito disso da forma que ela ta fazendo. Da forma NEGACIONISTA em que o assunto é tratado, sem dados cientificos clinicos, ela cai tambem em descredito pelas alegacoes devido a pouca literatura cientifica que existe da medicacao. E o fato de haver pouca literatura, tambem nao significa que seja ineficaz ate se provar ao contrario. No momento, todos os meios clinicos de pacientes internados nao estao certificados como tratamento correto, sao para tratar consequencias. Vamos deixar morrer as pessoas pelo negacionismo, se houver uma chance de estarem certos ou errados? Deixe o medico prescrever o que ele acredita como o mais certo.

  16. Esse tal comitê é uma piada. Com base em quê essa senhora faz tal afirmação? Será que fez uma pesquisa estatística bem fundamentada? Muitos médicos e entidades médicas recomendam o uso desse medicamento, dentre outros, que tem demonstrado bons resultados, AMENIZANDO os efeitos do vírus. Ninguém nunca disse que, usando tal medicamento, se poderia "sair por aí, achando que você não vai adoecer". Essa senhora está deturpando tudo, como os "lacradores" sempre fazem.

    1. Para fazer uma afirmação dessas ela deve ter feito algum estudo, incluindo o universo que não foi hospitalizado, dividindo em:

      a) quem tomou medicamentos de forma PRECOCE;
      b) outros que tomaram em fases mais adiantadas (e em quais);
      c) quem não tomou nada.

      Analisar só quem chegou ao hospital e daí fazer um raciocínio indutivo (generalizar) é uma falha científica que certamente o nosso infalível Komitê Cientifico não deixaria ocorrer, né?

    2. Em tempo, já foi detectado nas redes sociais que essa senhora é apenas mais uma petista de carteirinha, tendo feito campanha para Haddad/Manuela na eleição passada. Tinha de ser.

    1. Essas estão fora da amostra da Dra. Salvo erro.
      Que parece que só tabulou quem foi para o hospital.
      Tem que saber também a partir de que fase os hospitalizados
      começaram a fazer uso da invermecina. Ciência é isso.

  17. Pergunta científica (no meu pressuposto de esses 90% são dados cientificamente tabulados, não chute): se o universo analisado é o de hospitalizados, onde estão os que tomaram e não foram parar no hospital? Não estariam fora da amostra?

    1. Eu tive e tomei remédio pra dor e suco de cajá todos os seis dias que fiquei ruim. É batata!

    2. Beleza, André. Consiga mais um mil relatos desse que eu cogito levar à sério.

  18. Tenho certeza que a Médica ao informar tal dado tem isso documentado e publicará tal estudo em um veículo da área. #SQN

  19. Entre a Dra Lucy Kerr e a senhora…Fico com Dra Lucy…!!!!!

    Passaria um dia inteiro mostrando de forma transparente e eficaz , exemplos de sucesso da ivermectina no combate e profilaxia do covid.
    Mais vou citar apenas um exemplo…Eu e minha família somos testemunhas vivas da sua eficácia.
    No mais… quem nega ou não acredita….tome um danoninho de forma preventiva que talvez resolva.
    Blz…..

    1. Eu e minha família tomamos café todo dia, e eu não parei de trabalhar pois sou do ramo de serviços essenciais, e não peguei COVID, seguindo sua linha de raciocínio logo podemos alegar que CAFÉ previne o COVID. Vamos tomar café……….

    2. Railucio, esse é seu exemplo? Sendo assim, lá em casa somos em 3, não tomamos nenhum desses remédios para, supostamente, combater a covid, não deixamos de trabalhar, meu filho está indo para a escola e não pegamos também.

  20. Parabéns Dra Marise.
    Pelo menos esse povo nao vai ter problema com Lombriga se nao morrer com complicações no figado ou ter a flora intestinal destruída.

    1. Só se tomar fora da dosagem prescrita.
      Não diga besteira, dotô.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comitê Científico do RN recomenda fechar por 14 dias escolas, e bares e restaurantes após 22h

O Comitê Científico organizado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP/RN), considerando que é necessário manter sob controle a epidemia da COVID-19 no RN e entendendo que durante os períodos festivos e de feriado prolongados foram
provocadores de grandes aglomerações, que tiveram reflexo no aumento do número de casos no fim de dezembro e início de janeiro e que se intensificou nos dias iniciais de fevereiro;

Considerando as aglomerações que estão ocorrendo no período do Carnaval, que terão reflexo provável nas próximas semanas;

Considerando que a Região Metropolitana atingiu um platô no número de casos que se mantém alto por um período prolongado;

Considerando que a Taxa de Ocupação de Leitos Críticos encontra-se acima de 80%, com 3 unidades hospitalares de referência já com 100% de ocupação, alertando para um possível colapso de leitos na região;

Considerando que a introdução de novas variantes do SARS-CoV-2 já se encontram em circulação nos estados vizinhos, com possível circulação no Rio Grande do Norte, apesar de ainda não detectado;

Considerando que crianças e jovens, muitas vezes assintomáticos, são responsáveis pela transmissão domiciliar a idosos susceptíveis;

Considerando que interações em bares e restaurantes não conseguem cumprir com as medidas do protocolo de biossegurança e distanciamento social, assim recomenda, cabendo a decisão da governadora Fátima Bezerra:

1  – Suspensão das atividades presenciais de bares e restaurantes em todo RN após 22h por 14 dias, devendo a medida ser reavaliada após esse prazo;

2. Suspensão das aulas presenciais das escolas privadas por 14 dias, devendo a medida ser reavaliada ao final desse período;

3. Criação de serviço de denúncia para pais e alunos de escolas, sejam públicas ou privadas, fazerem denúncia sobre ocorrência de casos de sintomáticos respiratórios que não tenham sido devidamente afastados do convívio, assim como suas turmas escolares não tenham sido submetidas ao protocolo orientado na Nota Informativa número 03/2021 – SESAP/SUVISA;

4. Adiamento do início das aulas das escolas públicas do estado por 14 dias, ao fim do qual deverá ser reavaliada a necessidade de novo adiamento;

5. Fortalecer os cuidados preventivos nas academias no que concerne ao uso de máscaras e distanciamento social inclusive com aplicação de multa para aqueles estabelecimentos que forem flagrados infringindo as regras.

6. Estabelecimento de barreiras sanitárias com os estados da Paraíba e Ceará, bem como nos portos e aeroportos, assim como implementação de barreiras sanitárias e intensificação do monitoramento e rastreio nos municípios sabidamente turísticos do estado do RN;

7. Busca ativa de casos e contatos, bem como monitoramento dos casos ativos pela Atenção Primária dos municípios;

8. Aplicar sanções previstas em lei a estabelecimentos de saúde públicos e privados, como clínicas, hospitais e laboratórios, que deixem de notificar os casos aos serviços de informação e de controle de leitos;

9. Ampliar a vigilância genômica no Rio Grande do Norte;

10. Suspender as atividades ambulatoriais de clínicas e consultórios e serviços públicos de rotina que não comprometam o cuidado
continuado ao paciente;

11. Suspender cirurgias eletivas que demandem uso de leitos críticos na Região Metropolitana;

12. Proibir eventos em toda a orla do RN por 14 dias;

13. Abrir leitos de UTI covid-19 no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), os quais deverão ser mantidos enquanto a Taxa de Ocupação do RN estiver acima de 60%;

14. Ampliar a fiscalização do estado (Polícia Militar) nos finais de semana em bares e na orla potiguar, especialmente da região metropolitana.

Opinião dos leitores

  1. Não acredito que as escolas irão pagar pelos irresponsáveis. Pq não foram rígidos com as festas de fim de ano e carnaval? Agora as crianças irão pagar por isso? As escolas estão seguindo os protocolos tudo certinho! Isso é um absurdo!!!

  2. É muita INCOMPETÊNCIA achar que o vírus Sou Circula depois das Dez horas da noite até às Cinco da manhã. Meu Deus Ilumine essa Corja de cabeça de bagre e que Eles tenham CORAGEM, DETERMINAÇÃO, INTERESSE e VONTADE POLÍTICA para combaterem o Covid-19 e Essa população Irresponsável e Inconsequente com RIGOR e muito SPRAY de Pimenta e Cassetete. Ainda são os Melhores Remédios. Com certeza ficarão TODOS Dentro de casa.

  3. Espero que o Prefeito Álvaro Dias não embarque em nenhuma "canoa" oferecida pela UFRN. A instituição é seria, em tese, mas tem núcleos esquerdóides que são os queridinhos da governadora petista.

    1. Basta ter maior fiscalização. As rondas policiais serem mais efetivas. As pessoas precisam trabalhar, donos de estabelecimentos comerciais também tem famílias para sustentar.

  4. Nosso prefeito não vai corroborar com essa palhaçada…nossa cidade não pode parar…Bora Alvão!!!!!!!!!!!!!!

    1. O próprio comitê científico de natal já sugeriu postergar aulas presenciais .Continuará remotamente segundo a secretária.Nao se trata de acatar ou não as decisões de preservar vidas .A situação está alarmante.

  5. Pode apostar,: segunda onda, terceira onda, quarta onda, nova cepa do vírus… Esse papo só vai amenizar quando os que atrapalham os planos globalistas/comunistas forem neutralizados ou eliminados. Enquanto isso não acontecer, será somente o reino do terror e das ameaças biológicas.
    E mais, vacina não vai funcionar, sempre vai precisar de reforço enquanto o domínio globalista não se sentir confortável.

    https://is.gd/aBp9Su

    1. Verdade. Os usuários de ônibus tem que se mobilizar e cobrar uma solução para o problema dos ônibus.Tudo lotado se a mínima condição de se proteger do corona vírus.

  6. Essa desgovernadora não acerta uma, tudo desajustado e fora do tempo. Inicialmente mandou desativar leitos de atendimento ao covid ao tempo que estimulou a desativação de UTIs, não estimulou a tomada de decisões preventivas de combate a doença, fez vista Grossa na campanha e em muitos momentos, muita conversa e pouca ação, o seu secretário é um piadista de terceira categoria, já foi secretário diversas vezes e nunca emplacou como gestor,

    Pessima escolha, a SESAP está sendo loteada com partidários políticos, uma nova gestão repleta de incompetentes, sem rumo e prumo, não vamos sair dessa fácil, tomar as precauções necessárias e rezar, só Deus olha por nós.

  7. Essa mulher só sabe fazer Decreto? Os ônibus continuam cheios. Qual a providência? Incompetente. Kd o hospital de campanha? Kd os 5 milhões?

  8. O Governo de "Fátima Bezerra" é totalmente INCOMPETENTE, DESPREPARADO E MAL INTENCIONADO.
    Ela não vem NENHUMA PREOCUPAÇÃO COM O RN.

    1. Quando morrer alguém da sua família (se vc tiver) ai tu muda de conversa.

  9. Esses babacas deveriam ter se pronunciado no período da campanha eleitoral para prefeitos e vereadores, ficaram todos com as bocas costuradas, bem caladinhos. Cadê os cinco milhões dos respiradores que nunca chegaram no RN?

  10. Excelentes medidas, pena que chegou atrasado novamente, só depois do Carnaval . Não dão uma dentro, eita guvernu incompetente.

  11. Já ia esquecendo, feche também as bocas de fumo e bares das comunicações dominadas pelo tráfico de drogas, ai eu digo que a Sra tem capacidade, competência e domínio do Estado.

  12. Vamos Governadora Fátima Fecha logo tudo, dê o Golpe de Misericórdia nesse estado falido, mal administrado, vamos decretedos logo sua incompetência no poder executivo.
    Bora fecha tudo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comitê Científico desenvolve indicador que auxilia municípios do RN no controle da covid-19

Foto: Divulgação

O secretário estadual da Saúde, Cipriano Maia, anunciou, na coletiva de imprensa desta sexta-feira (23), a criação do “indicador composto” que permitirá mapeamento da evolução semanal de casos por município.

“A partir de hoje, começamos a disponibilizar para todos os entes responsáveis pelo monitoramento da pandemia no estado, o “indicador composto” desenvolvido pelo Comitê Científico, com a participação decisiva do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da UFRN, que se soma aos indicadores que já vínhamos utilizando, como a taxa de ocupação de leitos e o índice de transmissibilidade”, disse.

O indicador reúne nove variáveis que traçam um olhar mais acurado sobre a situação de cada município e um escore que mostra a evolução a cada semana. Isso permitirá a tomada de decisões para evitar que o crescimento de casos tenha como resultado um surto local ou em aumento de casos de taxas de ocupação de leitos.

“Um importante instrumento com contribuição decisiva da ciência, como vem sendo desde o início, sob a coordenação da professora Fátima Bezerra, para ter o melhor resultado em salvar vidas, que é o objetivo do SUS e da ação governamental”, ressaltou o secretário.

O professor da UFRN e membro do Comitê Científico da Sesap, Ângelo Roncalli, explicou o estudo que resultou na criação do indicador composto. “O Comitê percebeu que, para entender melhor a situação da covid no estado, havia necessidade de usarmos diferentes variáveis, de características assistenciais e epidemiológicas. A partir de um longo processo acadêmico de validação, foram estabelecidas nove variáveis, sendo duas relativas aos leitos, outras seis de características epidemiológicas e uma relativa à cobertura de testagem”.

O indicador vai de 1 a 5, onde 1 é a melhor situação e 5 a pior. Foram usadas cores alusivas aos semáforos de trânsito, sendo o 1 e 2 em dois tons de verde, o 3 e 4 em dois tons de amarelo e o cinco em vermelho. “Como ele é calculado a cada semana, temos condições de monitorar a evolução de cada município”, explicou.

Ele lembra que o indicador terá diversas possibilidades de embasar as ações nos municípios. “É importante fazer também a leitura específica de cada variável, o que vai permitir uma tomada de decisão mais eficiente e eficaz no enfrentamento da covid no estado”.

O detalhamento do indicador estará disponível no portalcovid19.saude.rn.gov.br e será enviado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Ministério Público do RN (MPE/RN) e Ministério Público Federal para desenvolvimento de eventuais ações, a critério dessas instituições.

Opinião dos leitores

  1. Esse povo ainda contínua comendo o dinheiro do povo potiguar??,
    Isso é uma vergonha.
    Cadê os 5.000 milhões do povo??
    Vão deixar cair no esquecimento é??
    Incompetência pura desse povo.

  2. Esse desgoverno, sombreado por esse incompetente da SESAP, vem fazendo besteira em cima de besteira, quero saber quais são as ações efetivas e contundentes, para garantir o acesso dos usuários a saude, principalmente em relação a pandemia

  3. O Secretário Cipriano Maia, prestou alguma informação sobre os Cinco Milhões de Reais, desviados do Atestado do RN, através do Consórcio do Nordeste?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Comitê Científico do Estado sugere liberação de vaquejadas sem público no RN

Foto: Reprodução/Youtube

O parecer do Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19 no Rio Grande do Norte sugeriu a liberação de vaquejadas, sem público, para os próximos dias.

Segundo o Comitê, o protocolo sugerido pela Associação dos Vaqueiros Amadores do RN com acesso restrito às áreas de competição, ainda destaca que os competidores não poderão ficar nos parques após suas participações, podendo acompanhar as disputas através da internet, de acordo com transmissão dos organizadores.

A liberação das competições, vale reforçar, ainda depende do aval do Governo do Estado.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comitê científico do Nordeste sugere fechamento das divisas, criação de brigadas sanitárias em rodovias do RN e até lockdown

O Saiba Mais – Agência de Reportagem destaca nesta sexta-feira(03) que o comitê científico do Consórcio Nordeste voltou a criticar as políticas sanitárias de combate a Covid-19 adotados pelo Governo do Estado e também pela prefeitura de Natal. No boletim divulgado nessa quinta-feira (02), a equipe coordenada pelo ex-ministro da Ciência e Tecnologia Sérgio Rezende e pelo neurocientista Miguel Nicolelis voltou a sugerir o lockdown em todo o Rio Grande do Norte como forma de reduzir as taxas de transmissibilidade do Coronavírus.

O comitê recomenda que o Governo implemente, de forma imediata, Brigadas Emergenciais de Saúde por todo o Estado, além de estabelecer um programa estadual de testagem para realização de múltiplos inquéritos soroepidemiológicos. O fechamento das divisas com o Ceará e a Paraíba também é indicado.

Em linhas gerais, o comitê científico do Consórcio Nordeste chama a atenção para o risco do “efeito bumerangue” em todas as capitais da região nas próximas semanas em razão da migração de pacientes do interior para serem atendidos nos grandes centros nordestinos. Leia todos os detalhes aqui em reportagem completa no Saiba Mais – Agência de Reportagem.

Opinião dos leitores

  1. As pessoas não respeitam o governo que quer seu bem, os comerciantes só pensam em dinheiro, Lockdow já!!!

    A governadora precisa de ajuda gente!

  2. Tá bom é de internar esses dois doentes mentais no Hospício. Esses dois tem seus salários garantidos todo mês, aí ficam falando merda para fechar as cidades e suas economias, vão trabalhar magote de enganadores.

  3. Tem que fazer isso tudo aí é internar esses cientistas no João Machado ,

  4. Nordeste não é independente do país exceto pela predominância de esquerdistas governando os estados. A falta de preparo, desonestidade intelectual levada exclusivamente por motivos políticos e a tomada de decisões com base em informações deturpadas e sem transparência irá levar a outros "enganos" como o já ocorrido com a compra centralizada dos respiradores. Diferentemente daquela música que dizia "…imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente…" não há vantagem nenhuma nesse isolamento da região do restante do país por motivos eleitoreiros. Esses governadores do NE estão condenando a região a continuar no atraso. Irão certamente responder por isso em breve.

  5. Em tempos que se contesta até sobre a terra ser redonda, não é de admirar tantos comentários sem noção.

  6. Comitê Científico, não; Ideológico, sim. Não merece a menor credibilidade, exceto dos esquerdopatas et caterva.

  7. Os Estados do Nordeste, nos últimos dias, estão com mais de 60% das mortes do país.
    Enquanto as outras regiões o vírus está indo embora, aqui na nossa região, pela roubalheira e falta de vergonha na cara desses governadores, os números só aumentam.
    A região Norte reduziu em mais de 90% o número de mortes.
    O que mais esse consórcio fez foi desviar dinheiro do povo.

  8. Esse comitê é do consórcio nordeste "esquerda" que pagou 100 milhões para ter respiradores de uma empresa fantasma dos EUA.

    E a Governadora enviou 5 MILHÕES, dinheiro suado dos nossos impostos, enquanto o pessoal tá morrendo sem atendimento.
    Se não fosse o Governo Bolsonaro com os quase 170 Respiradores enviados e mais de 600 milhoes, nós estaríamos na merda.

  9. Vocês já viram falar em Zé povim, é isso que nós somos. Cada Zé povim tem o governo que merece.

    1. O que está errado ou diferente de outros estados ou país? Vc ja teve ALGUÉM da sua família infectado ou óbito.? Deixe a política para os políticos.

  10. Meus braços já estão finos… nem consigo ver minhas pernas. Preciso urgente voltar a academia… meu peitoral pede! Ai que saudades daquelas fotos no espelho!!!!

    1. Quanta falta se senso. Quanta falta de ter o fazer. Quanta falta de amor ao próximo.

  11. Todo mundo envolvido, corrupção com força e o que está acontecendo de desvio com dinheiro público, tenho até medo de saber o valor. Pena que lamentavelmente como sempre quem vai pagar essa conta é o povo.

  12. lá vem o gooooolpe , aliás….. la vem outro golpe , kd o MP , não vai se manifestar ? , não está vendo que esse " consórcio do Nordeste " é uma verdadeira roubada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID-19: Comitê Científico que assessora Governo no Estado recomenda fiscalização rigorosa para ampliar isolamento social

Fotos: Demis Roussos

As medidas que endurecem as regras com o objetivo de ampliar o isolamento social a partir desta quinta-feira, 04, foram discutidas com os poderes, municípios e com a sociedade civil e têm a recomendação do Comitê Científico de especialistas que assessora o Governo no Estado nas ações de combate à Covid19. “O Comitê Científico entende que é necessário o endurecimento das medidas para que melhorem os índices de isolamento social e para fazer valer as regras previstas no decreto que coloca mais algumas restrições à circulação das pessoas”, afirmou hoje em entrevista coletiva o coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), da UFRN, professor Ricardo Valentim.

Valentim orienta o aumento da fiscalização, como já previsto no Pacto pela Vida, proposto pela governadora Fátima Bezerra. “O Comitê monitora diariamente os dados da pandemia e observamos a redução do isolamento social, o que é preocupante porque tem impacto direto nos índices de contaminação. É necessário endurecer a ação fiscalizatória do Estado e dos municípios para evitar mais contaminação e mortes”, declarou.

O novo decreto com as normas para enfrentamento da pandemia amplia restrições e retira o funcionamento de salões de beleza e armarinhos como atividades essenciais. “Mediante o quadro apresentado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e pelo Comitê Científico do Estado, com crescimento do número de infectados, de pacientes internados e de óbitos, o Governo publica novo decreto diante da necessidade de crescimento da taxa de isolamento social que deve ter índice entre 60 e 70%”, informou o secretário de Estado da Tributação, Carlos Eduardo Xavier.

Ele argumentou que a administração estadual vem fazendo todos os esforços possíveis. “O Governo abriu 309 leitos exclusivos para Covid, sendo 189 críticos. Ou seja, o Governo tem feito o seu papel de expandir a rede de assistência, mas com a queda do isolamento, cresce o número de infectados e cresce a demanda por leitos críticos. Então o novo decreto tem regras mais rígidas para que as pessoas fiquem em casa”.

RESPIRADORES

Na manhã desta quinta-feira, a Sesap recebeu mais 40 respiradores do Governo Federal. Esses equipamentos vão permitir a abertura de novos leitos de Covid-19 no Estado.

FISCALIZAÇÃO

O programa Pacto pela Vida teve início desde as primeiras horas desta quinta-feira, em Natal, alguns municípios da Região Metropolitana e do interior. O pacto é um esforço governamental para fazer a integração com os 167 municípios e aumentar o isolamento social.

O sistema de segurança, por meio da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, está agindo de forma integrada com agentes de saúde, guardas municipais e agentes de trânsito dos municípios. O secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Francisco Araújo, compara as ações de fiscalização a uma “operação de guerra cujo inimigo é o novo coronavírus e é invisível”. O efetivo que vai atuar é o mesmo efetivo de serviço que está nas ruas normalmente, acrescido de policiais que receberão diárias operacionais para a jornada extraordinária de serviço.

DADOS EPIDEMIOLÓGICOS

A maior incidência de infecção pelo novo coronavírus no RN acontece em Natal e Região Metropolitana da capital, na região de Mossoró e no Vale do Assu. A subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi disse que hoje há 9.282 casos confirmados, 19.516 suspeitos, 16.057 descartados, 378 óbitos confirmados e 68 óbitos em investigação.

A fila de regulação tem 98 pessoas, sendo 33 para leitos críticos (UTI e semi-UTI). Estão internados nos hospitais das redes pública e privada 606 pacientes, dos quais 317 críticos e 289 clínicos. A taxa de ocupação de leitos covid é de 100% em Mossoró, 83% em Pau dos Ferros, 72,7% no Seridó e 93,9% em Natal e Região Metropolitana.

TESTAGENS

O Governo tem 37.028 mil kits de teste RT-PCR em estoque, com fluxo diário de distribuição para os municípios. No caso dos testes rápidos, o Estado já distribuiu 51.400 aos municípios, 38.990 ainda disponíveis nos estoques municipais.

 

Opinião dos leitores

  1. Enquanto a população não se conscientizar e ficar em casa , não tem decreto que dê jeito. Sei que tem muita gente que precisa sair para trabalhar , mas vamos ser sincera que tem muita gente andando , perambulando sem causa justa . O remédio pra essa doença é ficar em casa, um remédio meio amargo , mas é o que nós temos pra o momento. Nós seres humanos , temos o mal hábito de colocar a culpa sempre no outro , dizer que a culpa é do prefeito , do governo , do presidente e nos omitir de fazer a nossa parte enquanto cidadão. Então vamos deixar o egoísmo de lado e por mim , por vc e por todos vamos ficar em casa em prol de uma causa justa, que é o controle e consequentemente o fim dessa pandemia que nos assola .

  2. Toque de recolher após 23 horas, até 15 de junho.
    Guarda Municipal descaracterizada para fiscalizar melhor.

  3. Amigo Joaquim, essa opinião divide os estudiosos do mundo, portanto discutível. Porém de uma coisa tenho absoluta certeza, o isolamento ou seu inverso, deveria ser uma política de estado, para não ficarmos no meio dessa discussão. Até onde conheço ( um pouco) , o grande problema é não termos como, por despreparo, em como assistir a população em caso de excesso de pacientes, todos num mesmo momento. Que será ocasião de irmos para escolha de Sofia, " ….quem já poderemos descartar e quem vai continuar entre os vivos", um dilema complicado.

    1. Babaquice é o povo na rua, se vc ficar doente por favor não procure os hospitais tipo de pessoas do seu tipo tem q morrer em casa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *