Em razão da pandemia, Congresso discutirá adiamento de eleições e prorrogação de mandatos

Foto: © Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O debate sobre adiamento das eleições municipais, ainda marcadas para outubro, vai esbarrar em um outro: o de prorrogação dos atuais mandatos.

“Não vejo perspectiva e condições de eleição em outubro deste ano. A atipicidade da situação autoriza pensarmos na prorrogação de mandatos e coincidência de eleições em 2022”, disse a O Antagonista o líder do DEM no Senado, Rodrigo Pacheco.

Como o site noticiou mais cedo aqui, toda essa discussão ficou para ser feita, inicialmente, em junho, quando as lideranças partidárias acreditavam que a pandemia já fosse estar em declínio. Mas hoje, 8 de maio, não há garantia alguma desse prognóstico.

Veneziano Vital do Rêgo, líder no Senado de bloco partidário com PSB, Patriota, Cidadania, Rede, PDT e PSB, defende eleições em dezembro:

“Caso não haja condições de realizarmos as eleições em outubro, transferiremos o pleito para o mês de dezembro. Mas não dá para fazer uma eleição eminentemente virtual, não seria uma eleição plena.”

Nos bastidores, se dá como certo que as eleições não ocorrerão em outubro.

“Se a pandemia não tiver entrado numa curva de declínio, será impossível fazer a eleição em outubro. Vamos esperar a primeira quinzena de junho para ver se a gente tem alguma mudança na curva. O correto seria adiarmos, sempre respeitando os 45 dias para campanha. Sou contrário à prorrogação dos mandatos, as pessoas foram eleitas para quatro anos”, afirmou o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio.

O Cidadania também é contra cogitar prorrogação dos mandatos atuais.

“O Cidadania é contra qualquer prorrogação de mandatos ou qualquer alteração no calendário eleitoral que signifique quebrar a alternância democrática das eleições. O calendário pode ter ajustes, estamos abertos a isso, mas as eleições precisam ser realizadas neste ano”, disse o deputado Arnaldo Jardim, líder da bancada na Câmara.

A senadora Eliziane Gama, líder do Cidadania no Senado, concorda: “Ainda temos tempo. Agora, o momento é de enfrentamento da pandemia. Acho provável o adiamento das eleições, mas prorrogar mandatos é debate que definitivamente não cabe”.

Luís Roberto Barroso, que presidirá o Tribunal Superior Eleitoral durante as eleições, disse que o Congresso é que decidirá sobre o tema. Otto Alencar, líder do PSD no Senado, defende que o TSE tem condições de adiar as eleições.

“Isso aí é decisão do Tribunal Superior Eleitoral. Acho que em novembro e em dezembro estaremos numa fase de mais silêncio epidemiológico. Mas se a pandemia continuar em expansão, terá de ser feito o debate da prorrogação de mandatos que, a meu ver, só poderia ocorrer por meio de nova Assembleia Constituinte. Espero que isso não venha a acontecer”, afirmou.

O senador Alvaro Dias, líder do Podemos, acredita que uma decisão só poderá ser tomada na segunda quinzena de julho.

“Se houver flexibilização do isolamento e a maioria dos brasileiros voltar para o trabalho e para as ruas, não haverá razão para o adiamento. Se ocorrer agravamento da situação, o bom senso certamente recomendará o adiamento.”

O Novo não considera “democrático” falar em prorrogação de mandatos.

“Sou favorável a realizar a eleição neste ano, de forma a garantir que as durações dos mandatos sejam respeitadas. Adiar por um ou dois meses, se necessário, por conta da pandemia, não vejo problema. Agora, prorrogar mandatos não seria democrático”, disse o deputado Paulo Ganime, líder do partido na Câmara.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José disse:

    Vamos aproveitar e acabar com a reeleição para todos os cargos.

  2. Almir Dionísio disse:

    o mais lógico, prorrogar e realizar uma eleição única em 2022, sem possibilidade de reeleição, isto seria o mais lógico e unificar as eleições p evitar esse derrame de dinheiro a cada 2 anos e a mamata de reeleição.
    Lógico q os políticos irão querer que tenha pq é uma chance de usar dinheiro público.
    A população deveria exigir essa unificação e se persistirem em ter, ninguém comparecer as urnas.
    Essa seria uma lição p esses políticos aproveitadores, mais falta consciência da população.

Justiça suspende prorrogação de mandato de Amaro Sales na Fiern

Foto: Reprodução

É destaque no Justiça Potiguar nesta terça-feira(26). O juiz da 4ª Vara do Trabalho de Natal, Manoel Medeiros, suspendeu em decisão liminar a prorrogação do mandato do presidente da FIERN, Amaro Sales.

Foi atendido pedido impetrado pro sindicatos filiados que alegaram fraude na Ata da reunião que aprovou o terceiro mandato.

Matéria completa aqui.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gil disse:

    Esse aí é igual a Evo Morales, quer ficar na cadeira para sempre kkkk

  2. Tales disse:

    Se fosse ruim ele queria mudar a Lei? Queria pow, rabo cheio desse, que a Justiça não volte atrás na decisão.

  3. Cigano Lulu disse:

    Pense numa teta farta de leite condensado só é a cadeira de presidente da Fiern. Uma vez apojado nela o cidadão não quer largar nunca mais, parece até que dá câimbra na mandíbula do aloprado.

PENOU TAMBÉM: Argentina sofre, mas vence Suíça com gol no segundo tempo da prorrogação

thumb(Foto: Juan Mabromata/AFP)

A Argentina sofreu, suou muito, mas conseguiu vencer a Suíça na prorrogação, por 1 a 0, com gol de Di María, na tarde desta terça-feira, em São Paulo. Com a vitória nas oitavas, a Albiceleste avançou às quartas de final da Copa. Com apoio da torcida brasileira presente no estádio, os helvéticos tiveram boas chances de balançar a rede, mas vacilaram e acabaram derrotados, fora do Mundial. O público, aliás, foi um dos maiores destaques do jogo, já que foi o maior da Arena Corinthians na Copa.

O adversário dos hermanos na próxima fase sai do confronto entre Bélgica x Estados Unidos. O jogo das quartas será realizado no sábado, às 13h, em Brasília.

A Argentina tomou a responsabilidade de tomar conta do jogo no primeiro tempo. Mesmo sem brilho, os hermanos chegaram mais vezes ao gol adversário. Não houve, porém, chances claras de gol para a Albiceleste, que tinha Messi apagado. La Nati abusou das faltas para frear o ímpeto dos sul-americanos até os 25 minutos. Depois, a Suíça passou a chegar com mais perigo. Os helvéticos, aliás, tiveram as duas melhores oportunidades no primeiro tempo, com Xhaka e Drmic, em jogadas criadas pelo habilidoso e criativo Shaqiri. Este último, aliás, ficou cara a cara com o goleiro Romero, mas tentou, sem sucesso, encobrir o camisa 1. Com Messi e Lavezzi bem marcados, o primeiro tempo terminou no 0 a 0.

ARGENTINA VOLTA NA PRESSÃO

Depois de um primeiro tempo sem criar boas oportunidades de gol, a Argentina voltou mais disposta a furar o bloqueio suíço, com Messi mais presente. Rojo e Higuaín chegaram perto de marcar, mas não conseguiram passar por Benaglio. O gol parecia ser uma questão de tempo, porém os helvéticos conseguiam se segurar, na expectativa de um contra-ataque fatal. O jogo, então, virou uma espécie de ataque, da Argentina, contra defesa, da Suíça, com muita participação da torcida. Enquanto os brasileiros apoiavam os europeus, os argentinos gritavam alto em apoio à seleção. Contudo, sem inspiração de ambas as partes, o jogo caminhou para a quase sempre dramática prorrogação.

MAIS 30 MINUTOS DRAMÁTICOS E UM GOL

Não bastassem os mais de 90 minutos de muita emoção, a partida teve ainda uma prorrogação dramática. Com muita raça e entrega, a Argentina buscava o gol, mas sem desorganização nas defesa. O curioso é que, como a Suíça tocava a bola para gastar o tempo e levar a decisão para os pênaltis, a torcida brasileira passou a gritar ‘Olé’, para irritação dos argentinos, que passaram a descontar no habilidoso Shaqiri.

O segundo tempo da prorrogação foi marcado pelo desgaste físico dos jogadores. Messi e Shaqiri, cada um do seu lado, chamavam o jogo naquela altura. Coube, então, ao camisa 10 da Argentina o papel de protagonista novamente. Aos 12 minutos do segundo tempo da prorrogação, Messi achou Di María livre na ponta direita. O meia chutou cruzado e fez o gol da vitória: 1 a 0, suado e sofrido. No fim, Dzemaili quase empatou, com uma cabeçada na trave. A bola ainda voltou e bateu na perna dele, mas foi para fora, para alívio de toda a Argentina.

FICHA TÉCNICA:

ARGENTINA 1 X 0 SUÍÇA

DATA/HORA: 1/7/2014, às 13h
ESTÁDIO: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
ÁRBITRO: Jonas Eriksson (SWE)
AUXILIARES: Mathias Klasenius (SUE) e Daniel Warnmark (SUE)
PÚBLICO: 63.255
CARTÕES AMARELOS: Xhaka e Fernandes (SUI); Rojo e Di María (ARG)
GOL: Di María, aos 12’/2°T da prorrogação

ARGENTINA: Romero, Zabaleta, Garay, Fede Fernández e Rojo (15’/1°T da prorrogação); Mascherano, Gago (Biglia, intervalo da prorrogação) e Di María; Lavezzi (Palacio, 28’/2°T), Messi e Higuaín. Técnico: Alejandro Sabella

SUÍÇA: Benaglio, Lichtsteiner, Djourou, Schär e Ricardo Rodriguez; Behrami, Inler, Xhaka (Fernandes, aos 20’/2°T), Mehmedi (Dzemaili, aos 7’/2°T da prorrogação) e Shaqiri; Drmic (Seferovic, aos 36’/2°T). Técnico: Ottmar Hitzfeld

Lance

Centro de Controle de Zoonoses prorroga campanha de vacinação antirrábica em Natal

17793A Secretaria Municipal de Saúde (SMS, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), seguindo a recomendação do Ministério da Saúde prorrogou a campanha de vacinação antirrábica até 30 de novembro de 2013, com postos volantes e nas micro-áreas de Natal. Adecisão foi tomada depois que, após 10 anos sem casos de raiva, a SMS registrou no último dia 09 de outubro, um caso da doença em cão atropelado no bairro do Planalto na cidade de Natal.

A SMS em parceria a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) estabeleceu como estratégia emergencial para enfrentamento da situação, a elaboração de um cronograma e roteiro para carro de som para divulgar os locais de vacinação; intensificação de vacinação de cães, a partir do foco, nos bairros de Planalto e Cidade Satélite; realização de vacinação nos bairros onde a cobertura foi menor que 80% da meta; além de alertar os municípios vizinhos da ocorrência de raiva canina, entre outras ações.

O diagnóstico foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN/ RN) em material enviado pelo CCZ de Natal, que tem como norma, recolher todo animal atropelado e coletar amostra do cadáver para pesquisa do vírus rábico, pois é sabido que cão ou gato de rua, que se deixa atropelar, pode estar sendo vítima de algum distúrbio neurológico.

A amostra do material infectado foi encaminhada pelo LACEN/RN para o LACEN/BA, em Salvador, para determinação da variante viral, o que vai permitir que os técnicos possam identificar a origem do vírus, se este veio do meio silvestre ou é de circulação urbana.

O caso de raiva é um indicador de que o vírus está circulando e que o município tem uma baixa cobertura vacinal, pois nos últimos anos não foi atingida a meta de cobertura, prevista.

“No momento a recomendação técnica é vacinar cão e gato, que não tenham sido vacinados na campanha ou que completaram a idade para fazer a primeira vacinação que se recomenda seja feita a partir dos três meses para cães e gatos”, destacou o gerente técnico do CCZ, Arimatéia da Silva.

Ele adiantou o CCZ Natal está mobilizando todo o seu pessoal até o final da campanha, completar a meta de cobertura vacinal para cães em toda a cidade do Natal. A população deve colaborar levando o seu animal para vacinar, alerta Arimatéia.
O Centro de Controle de Zoonoses Natal atende pelos telefones: 3232.8235/3232. 8236 de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e pelo 3232.8237 para o plantão de domingo a domingo, das 6h às 18h.

Calendário dos postos volantes em outubro 2013:

PLANALTO:
16 a 18/10/2013
– Vicente Rações – Rua Santa Agrestina, 169
– Leandro Rações – Rua Mira Mangue, 397.

NOVA DESCOBERTA:
21 a 25/10/2013
– Unidade de Saúde de Nova Descoberta – Avenida Xavier da Silveira – 05.

LAGOA NOVA:
28 a 31/10/2013
– Praça SESC de Potilândia – Av. Capitão- Mor Gouveia, s/n.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. elineuda disse:

    oi bom dia, estou precisando muito da ajudas de vcs tenho um gato ele esta com umas feridas farias acho que e sarna ja faz mais de 4 meses que ele ta assim e tb ta com uma gripe q eu axo que seja gripe so sei que ele toda vida q espirra solta sangue pelo nariz ja faz tempo que tento cura ele mais eu ñ tenho mais o que fazer e ñ tenho mais condicoes de cuida dele queria que vcs vinhesem aqui pega ele mim ajudem moro no planalto rua dos pescadores numero 19 por traz da estacao de trem eu so ñ liguei pq to sem credito queria alguma resposta de vcs por favor mim ajude aqui ta uma ipedemia quase todos os gatos estao assim meu numero é 999119762 ou 988205200 mim ajudem venham pega ele o mais rapido que vcs poder por favor

  2. ivaneide disse:

    Moro aqui próximo a rodoviária nova, como eu faço para levar dois gatos? Tem um ponto de vacinação aqui perto?

    • denis deyvisson disse:

      Pessoal passando pra alertar todos, Dois agentes passaram aqui na minha casa, querendo vacinar meu cachorro, interroguei a mesma, informando que essa vacina anti rábica, estava dando reações nos animais, a mesma informou que não teve nenhum problema, me asegurei e deixei ela vacinar meu cachorro. Infelizmente ele começou e ter todas as reações, e morreu na noite de ontem.
      Peço a todos que pensem 2 vezes antes de vacina seu cachorro, Não quero que vocês passem por isso que estou passando..

  3. maria lucilene disse:

    perdí a vacinação tenho treis cães adotados, o centro de zoonozes tem como conseguir as vacinas? se tiver agradeço desde já, pois não tenho condições de vacinar agora.

Genoino pede prorrogação de licença e recebe apoio de Chico Buarque

2013010215882O deputado federal José Genoino (PT-SP) pedirá nesta quarta-feira à Câmara dos Deputados a prorrogação de sua licença médica, que vence hoje. No pedido, apresentará atestado médico de consulta feita no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, que mostrará a necessidade da continuidade do tratamento a uma isquemia cerebral leve, sofrida em agosto.

O petista está confiante de que o ministro Celso de Mello acatará os embargos infringentes na sessão de hoje à tarde. Em conversas reservadas, admitiu estar mais otimista e mais tranquilo do que no início do julgamento dos recursos.

Na segunda-feira, ele recebeu apoio de Chico Buarque, informação confirmada pela assessoria do compositor. Em telefonema de Paris, o cantor ressaltou que confia na trajetória e na honestidade do deputado, segundo relatos de amigos do petista. O ex-ministro Nelson Jobim também manifestou apoio a ele.

Já o ex-ministro José Dirceu tem lembrado a interlocutores que, no ano passado, o ministro da Suprema Corte defendeu os embargos infringentes, postura que, na avaliação dele, deve ser mantida.

O petista acompanhará a sessão desta quarta-feira de maneira mais reservada, com a presença apenas de assessores. Ele não pretende, por enquanto, afastar-se da capital paulista, mesmo que os embargos infringentes sejam acatados. Após o voto de hoje, os advogados de Dirceu já pretendem avançar na peça da defesa para um novo julgamento das penas fixadas para o crime de formação de quadrilha. No final do ano, ele pretende viajar para a sua cidade natal, Passa Quatro, no sul de Minas Gerais.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    Vaso ruim não quebra e ele um genuíno vaso ruim, com o perdão do trocadilho.

  2. francisco das chagas a costa disse:

    PONHE ESSE SENHOR NA CADEIA PARA ELE APRENDER A SER UM POLITICO, HONRADO E RESPOSÁVEL. E TAMBÉM APRENDER QUE QUEM VOTOU NELE FOI POR CONFIANÇA E PENSANDO ESTÁ CERTO QUE ELE CUMPRIRIA O MANDATO COM AS DEVIDAS RESPONSABILIDADES. DE CONTRAPARTIDA PRENDE TAMBÉM O CHICO BUARQUE, PARA ELE NÃO SE ME EM COISAS QUE NÃO SABE JULGAR.

Sudene prorroga fim do prazo de inscrições de concurso com 71 vagas

Após prorrogar o início do prazo de inscrições para o dia 24 de julho, a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) decidiu prorrogar também o fim do prazo de cadastro do dia 12 de agosto para 18 do mesmo mês (página 99, seção 3). A retificação foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (22/7). São oferecidas 71 oportunidades para níveis médio e superior com salários que variam de R$ 2.570,02 a R$ 5.081,18. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a banca organizadora.

Inscrições poderão ser feitas pelo site www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/sudene. A taxa de participação varia de R$ 72 a R$ 82. Haverá provas objetivas e discursivas em 15 de setembro, apenas em Recife, capital pernambucana.

De acordo com o edital de abertura, as oportunidades são para os cargos de agente administrativo, analista técnico administrativo (administração, biblioteconomia, ciência da computação, ciências jurídicas, comunicação social, controle interno, recursos humanos e sociologia), arquiteto, contador, economista, engenheiro (ambiental, civil, de computação, de minas, de pesca, de produção, elétrico, mecânico, químico e agrônomo), estatístico, geógrafo, geólogo e químico. Cinco por cento das chances são reservadas a candidatos com deficiência.

CorreioWeb

A Chantagem deu certo

Gerson CamarottiLuiza Damé, O Globo

A determinação da presidente Dilma Rousseff de não prorrogar o prazo para pagamento de emendas de parlamentares de 2009, no valor de R$ 4,6 bilhões, anunciado na terça-feira, durou pouco mais de 24 horas.

O discurso do rigor fiscal, para combater a inflação, perdeu força ao longo do dia de ontem, com a crescente ameaça de sua base aliada, e à noite ela decidiu prorrogar por mais três meses o prazo do decreto que disciplina o pagamento dessas emendas, que estão nos chamados restos a pagar de 2009.

Assim que chegou da viagem oficial ao Paraguai, onde passou o dia, a presidente se reuniu com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e cedeu aos apelos da articuladora política do governo, que reproduziu o clima de beligerância na base aliada no Congresso por causa da decisão do governo de deixar caducar as emendas, o que aconteceria a partir de amanhã. O decreto vence hoje.

Ideli disse à presidente que a situação era “seríssima e que os problemas seriam muito grandes na base” se o decreto não fosse prorrogado. A ministra reproduziu o que ouviu dos líderes governistas, que foram claros no alerta de que não tinham como controlar seus liderados em votações polêmicas como a da Emenda 29, que aumenta recursos para a Saúde, e a chamada PEC-300, que cria piso salarial para policiais e bombeiros.

Ao fim da reunião com Dilma, por voltar das 21h, Ideli começou a telefonar para os líderes aliados, avisando que a presidente aceitara prorrogar a validade das emendas por mais três meses, mas que esta será a última prorrogação.

— A prefeitura que conseguir viabilizar seus projetos dentro desse período terá o dinheiro das emendas. A que não conseguir, não terá mais prorrogação — disse Ideli.

— Está certo, nós aceitamos esse compromisso, de não mais pedir prorrogação do decreto — disse o líder do PTB, Jovair Arantes (GO).

O líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), confirmou os termos da prorrogação do decreto, e afirmou:
— A solução é boa porque atende as prefeituras.

(mais…)