UFRN sedia congresso internacional sobre ciências do esporte

A abertura do 21° Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (Conbrace) e do 8° Congresso Internacional de Ciências do Esporte (Conice) foi realizada na noite dessa segunda-feira, 16, no Ginásio Poliesportivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), pelo reitor em exercício, Henio Ferreira de Miranda. Os eventos seguem com programação até dia 20 de setembro.

Com cerca de 2 mil participantes, os eventos são voltados para professores e estudantes, além de pesquisadores da área, com o intuito de debater O que pode o corpo no contexto atual?, analisando o controle, regulação e perda de direitos como desafios para Educação Física e Ciências do Esporte, por meio de conferências, mesas-redondas, pôsteres, veiculação de vídeos e imagens, minicursos, grupos de trabalho temático e reuniões institucionais.

O coordenador do evento, Alysson Carvalho de Araújo, afirmou que o encontro acadêmico é o mais longevo na área e que reforça a socialização entre os pares e o compromisso com a profissão, debatendo questões sociais relacionadas ao fazer do campo de conhecimento. “Quero acolher todos os congressistas e dizer que fizemos o melhor na realização do evento, façam uso dos espaço, dos aplicativos e da cidade”, deu as boas-vindas.

O presidente do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE), Vicente Molina Neto, contextualizou que a instituição por ele representada é uma federação da comunidade educativa, com identidade própria construída na pauta histórica do ensino, pesquisa e extensão. “O corpo pode tudo só não pode se ajoelhar para qualquer tipo de violência. Vamos dialogar com o diferente, com a pluralidade, em prol do conhecimento”, analisou sobre o tema geral do congresso.

O reitor em exercício da UFRN, Henio Miranda, também ressaltou a importância da temática do evento científico e social, visto que além da necessidade de índices excepcionais de desempenho nas competições e nas academias, o corpo hoje se encontra escravizado pela ditadura do mercado estético, “no qual a inexorável utilização de equipamentos eletrônicos induz a um crescente e nocivo sedentarismo comprometendo perigosamente a postura corporal. Nada mais oportuno, portanto, que buscar estudar o corpo como benefício individual e social”, enfatizou.

Para o secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS) do Ministério do Esporte, Washington Cerqueira, o intuito do congresso é produzir a socialização para o fomento das políticas públicas, por meio do esporte e do lazer. Já o secretário especial adjunto do Ministério do Esporte, coronel Marco Aurélio Souto Araújo, considerou o momento propício para produção de conhecimento com o objetivo de melhorar a saúde e qualidade de vida da população brasileira.

Sediado pela UFRN, o evento conta com a parceria do Ministério da Cidadania, Governo do Estado e Prefeitura do Natal, além do apoio de instituições públicas e privadas de ensino superior, como Centro Universitário Facex, Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UniRN) e Faculdade Natalense de Ensino e Cultura (Fanec).

A abertura contou ainda com as apresentações culturais do Grupo Trompiguares da Escola de Música (EDUFRN) e do Parafolclórico da UFRN, que apresentou O nosso nome é sertão.

Com informações da UFRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Vicente disse:

    Fui! Com a camiseta de Bolsonaro pra desfilar pelas alamedas do campus.

Frasqueirão será palco de mais um grande evento internacional

O estádio Maria Lamas Farache – Frasqueirão será palco a partir deste domingo (6) de mais um grande evento internacional. Depois de ser Centro de Treinamento de Seleções da Copa do Mundo Fifa 2014, recebendo as seleções do México, Itália e Uruguai, o estádio abecedista receberá o XX World Medical Football Championship 2014 (Campeonato Mundial de Futebol de Equipes Médicas 2014).

A competição, que acontece de 6 a 12 de julho, em Natal (RN), com jogos no Frasqueirão, na UFRN e no Sesi Clube, reunirá 16 seleções. São elas: Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Bielorússia, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Grã-Bretanha, Hungria, Lituânia, República Tcheca, Rússia, Suécia, Ucrânia e Venezuela.

Com informações do site do ABC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adalberto disse:

    E o Japecanga's Stadium terá algum evento internacional quando? Kkkk

Professor e aluna que tinham fugido da Inglaterra foram encontrados na França

Do Uol, São Paulo

A polícia de Sussex, na Inglaterra, confirmou que a estudante Megan Stammers, 15, e seu professor de matemática, Jeremy Forrest, 30, foram encontrados na França nesta sexta-feira (28). As informações são do jornal “The Guardian”.

Forrest foi detido por suspeita de abdução de menor, e Megan levada para proteção. Os dois foram encontrados em Bordeaux às 12h15 desta sexta (8h15 no horário de Brasília) e, segundo a polícia, estão “seguros e bem de saúde”.

O casal era procurado pela família, polícia francesa e Interpol desde que deixou a Inglaterra na última sexta-feira (21).

No comunicado, a polícia de Sussex diz que o casal foi encontrado “graças à extensa cobertura da mídia da França sobre o caso”. “As famílias já foram avisadas e agora serão tomadas as providências para que eles retornem ao país de forma segura”, diz o texto.

Nesta semana, a polícia confirmou que já havia sido informada sobre o envolvimento entre a estudante e o professor semanas antes da fuga. Segundo o jornal “Daily Mail”, a escola já estava ciente do envolvimento dos dois há sete meses e iniciou uma investigação. O professor seria suspenso na última sexta-feira, dia da fuga.

Estudante e professor vinham trocando mensagens via internet há seis meses, segundo a polícia. Em um post no Twitter em julho, Forrest comentou que estava esperando “ansiosamente” por setembro.

Megan também deu indícios de que estaria se envolvendo com um homem mais velho no Twitter. “Idade é superestimada. Eu estou apaixonada”, postou a estudante. A polícia ainda não sabe há quanto tempo os dois planejavam a fuga.

Divulgação/Polícia de Sussex

Nando Parrado: "A fome é horrível, a sede é horrível, a morte é pior!"

O uruguaio Nando Parrado, autor do livro “Milagre nos Andes”, é o palestrante do Seminário Internacional de Liderança, que será realizado no Teatro Riachuelo, nesta quarta-feira (18).

Agora a tarde, ele deu uma entrevista em que externou um pouco dos sentimentos que sente até hoje após a experiência de sobreviver ao acidente aéreo de 1972, na Cordilheira dos Andes. “A fome é horrível. A sede é horrível. A morte é pior! Eu amo a vida! A vida é muito curta para se desperdiçar”, disse.

Em 13 de outubro de 1972, o voo 571, da Força Aérea Uruguaia, caiu nos Andes com 45 passageiros. 17 deles morreram e havia pouca esperança de vida. O lugar era inacessível, pouquíssima comida, 30 graus negativos, não havia abrigo ou agasalhos adequados. O tempo passava, as tentativas de resgate foram abandonadas e os sobreviventes começaram a morrer, vítimas de avalanches, do frio ou de seus próprios ferimentos. Quase 2 meses após o acidente, Parrado, que havia perdido a mãe e a irmã, encontra forças para deixar o local em busca de ajuda. Nando enfrentou, por mais de 10 dias, montanhas geladas, temperaturas negativas, dor e fome para encontrar socorro.

Seu esforço heróico ajudou a salvar a vida dos outros sobreviventes e desde então, Nando viaja pelo mundo, encantando plateias e mostrando que a esperança nunca morre e que sempre vale a pena lutar.

Desafio Internacional de Futsal é nesta quarta

A melhor seleção de futsal do mundo terá mais um desafio pela frente visando os preparativos para a Copa do Mundo FIFA 2012, que acontece de 1º a 18 de novembro, na Tailândia. Na próxima quarta-feira (11), às 19h, o Brasil enfrenta a Polônia em mais um desafio internacional no Ginásio de Esportes Nélio Dias, no bairro do Gramoré, Zona Norte de Natal. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL) e a Federação Norteriograndense de Futsal.

O jogo faz parte de uma série de três partidas contra a Polônia. Além da capital potiguar, o desafio internacional passará por Vitória (ES), no dia 13, e em Cuiabá (MT), no dia 15 de julho. Para os desafios, o grupo brasileiro retomou os trabalhos nesta na última segunda-feira (2), com o início da intertemporada no Centro de Treinamento em Iparana (CE). Os jogadores realizaram exames médicos e começaram a movimentação com bola, cujo primeiro teste desde a retomada dos trabalhos será diante dos poloneses jogando em casa.

A última passagem da Seleção Brasileira de Futsal a Natal ocorreu em dezembro de 2009 contra a Seleção das Estrelas, integrada por jogadores de vários países do mundo, onde o Brasil garantiu a festa da torcida saindo vitorioso com o placar de 4 a 3. O jogo também ocorreu no Ginásio Nélio Dias e contou com casa cheia. É isso que a delegação brasileira espera repetir nessa partida.

Ao longo deste ano, a Seleção Brasileira de Futsal realizou amistosos contra seleções estaduais e internacionais visando o Mundial. Pelo Desafio Internacional de Futsal já ocorreram quatro jogos. Em maio, o Brasil realizou duas partidas contra a Costa Rica, vencidas por 5 x 0 e 5 x 2. Em junho ocorreram mais duas partidas contra a Guatemala, vencendo os dois pelo placar de 8 a 1 e 3 a 1.

Os ingressos para a partida do evento promovido pela Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer e a Federação Norteriograndense de Futsal estão sendo vendidos desde a última sexta-feira (6) e serão comercializados até terça-feira (10) com preço promocional de R$ 15,00 nas bilheterias do ginásio. No dia do jogo, os ingressos passam a custar R$ 30 para adultos e R$ 15 para estudantes. Os outros locais para aquisição das entradas são: AABB, na avenida Hermes da Fonseca; Loja do Atleta, na avenida Deorodo e na Companhia dos Esportes, no Igapó e Centro.

Natal sedia Desafio Internacional de Futsal na próxima semana

A parceria entre a Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer e a Federação Norteriograndense de Futsal traz a Natal o jogo internacional de seleções de futsal Brasil x Polônia. A partida é um desafio internacional de futsal e acontecerá na próxima quarta-feira (11), às 19h, no Ginásio de Esportes Nélio Dias, na Zona Norte.

Os ingressos serão vendidos, a partir desta sexta (06) até terça-feira (10), em preço promocional de R$ 15,00, nas bilheterias do Ginásio Nélio Dias. Na quarta-feira (11), os ingressos passam a custar R$ 30,00 para adultos e R$ 15,00 para estudantes.

O jogo faz parte do planejamento da seleção brasileira para a Copa do Mundo de Futsal que será realizada no mês de novembro deste ano na Tailândia. Mais outras duas partidas entre Brasil e Polônia estão programadas, em Vitória, ES, no dia 13 (sexta), e em Cuiabá, MT, no dia 15 (domingo).

Para o secretário de Estado de Esporte e do Lazer, Joacy Bastos, Brasil e Polônia representam no Futsal os centros mais elevados tecnicamente no contexto mundial. As presenças de atletas como Falcão, Gabriel, Wilde, Rato e Betão, certamente assegurarão um grande espetáculo para o público natalense.

“O Governo do Estado é o principal parceiro da Federação Norteriograndense de Futsal graças ao entendimento da governadora Rosalba Ciarlini em perceber a importância do evento de caráter internacional”, afirma Joacy Bastos.

O Governo do Estado está concedendo hospedagens às delegações de Brasil e Polônia, e garantindo segurança e assistência de saúde.

O presidente da Federação Norteriograndense de Futsal, Clóvis Gomes, espera grande público para o desafio internacional. “Vamos ver o Falcão, uma atração à parte. Temos tudo para fazer uma grande festa”, disse Clóvis.

Reinaldo Simões, coordenador de seleções da Confederação Brasileira de Futsal, diz que o Ginásio Nélio Dias tem boa estrutura, reconhece a força da Polônia na modalidade, e espera uma grande festa. “Espero que a gente consiga fazer um espetáculo à altura da seleção brasileira”, completou.

Lista de convocados da Seleção Brasileira:

Goleiros – Cidão, Tiago e Djony.
Alas – Cabreúva, Gabriel, Gadeia, Falcão, Rato e Jackson.
Fixos – Ciço, Rodrigo e Neto.
Pivôs – Betão, Jé e Wilde.

Quatro brasileiros em lista internacional de corrupção. Tem político citado mais de uma vez!

No momento em que os brasileiros acompanham o desenrolar de mais um escândalo de desvio de dinheiro público, o Banco Mundial lança um banco de dados em que cita 150 casos internacionais de corrupção. São diversas ocorrências em todo o mundo. E o Brasil não passa despercebido. Entre os representantes estão o deputado Paulo Maluf e o banqueiro Daniel Dantas.

Batizado de The Grand Corruption Cases Database Project, o projeto reúne informações de casos em que foram comprovadas movimentações bancárias de pelo menos US$ 1 milhão relacionados à corrupção e lavagem de dinheiro. A ideia teve origem em um relatório publicado pelo Banco Mundial no fim do ano passado. Segundo o estudo, a corrupção movimenta cerca de US$ 40 bilhões por ano no mundo.

O banco de dados coloca à disposição documentos e informações dos processos de cada caso, mas não há um ranking dos mais corruptos ou de qual país concentra casos mais graves e onerosos aos cofres públicos.

Entre os brasileiros presentes no levantamento, chama a atenção a dupla aparição do ex-prefeito da capital paulista e deputado federal, Paulo Maluf. Na primeira vez em que aparece no sistema, ele é acusado pelo procurador-geral de Nova York de movimentar US$ 140 milhões no Banco Safra, entre 1993 e 1996. Em outro processo, é acusado de desviar dinheiro de pagamentos fraudulentos para contas em bancos em Nova York e na Ilha de Jersey, no Reino Unido. O assessor de imprensa de Maluf, Adilson Laranjeira, disse ontem que “Paulo Maluf não tem nem nunca teve conta no exterior”.

O banqueiro Daniel Dantas também é citado no banco de dados criado pelo Banco Mundial pelo caso do Grupo Opportunity, em 2008, quando teve US$ 46 milhões bloqueados em contas do Reino Unido. Em nota, o Opportunity afirma que esse relatório é datado de 2008 e está desatualizado. “Em 2008, a farsa da Satiagraha ainda não havia sido desmascarada em toda a sua extensão. Por conta de possíveis erros como esse, o Banco Mundial expressamente não garante a veracidade das informações.”

O fundador e ex-presidente do Banco Santos Edemar Cid Ferreira também aparece na relação. Edemar rechaçou a publicação, alertando sobre a existência de um disclamer – segundo ele, um aviso da própria instituição de que “as constatações, interpretações e conclusões expressas no banco de dados não refletem necessariamente a opinião dos diretores executivos do Banco Mundial ou dos governos que eles representam”.

O caso do propinoduto, que envolveu o ex-subsecretário de Administração Tributária do Rio Rodrigo Silveirinha Correa e outros três fiscais e quatro auditores da Receita Federal, também é citado. “Meu cliente é acusado de corrupção passiva, mas até hoje não foi identificado nenhum corruptor”, afirmou o advogado de Silveirinha, Fernando Fragoso. Segundo ele, o fiscal não tomou conhecimento da citação do seu caso na lista.

Fonte: Estadão

Sobrevivente de acidente aéreo em 1972 nos Andes dará palestra em Natal

O uruguaio Nando Parrado, autor do livro “Milagre nos Andes”, é o palestrante do Seminário Internacional de Liderança, que será realizado no Teatro Riachuelo, no dia 18 de julho deste ano. O conferencista, um dos sobreviventes do acidente aéreo de 1972, na Cordilheira dos Andes, é mundialmente reconhecido e admirado por sua história.

Pela primeira vez no Nordeste, Nando falará sobre como o trabalho em equipe, a determinação e a ação das lideranças foram fundamentais para sua sobrevivência, fatores que o mundo corporativo vivencia nos dias de hoje. Também foi considerado o melhor palestrante do mundo pelo World Business Fórum, além de ter recebido os três maiores reconhecimentos de um conferencista internacional: principal orador; principal conferencista; e capa da revista Speaker, a mais influente do setor.

A expectativa do evento, organizado pela K&M Group, é de atrair um público estimado em 1.500 participantes, entre empresários, executivos, gestores, bem como estudantes e demais profissionais interessados em reciclar conhecimentos e implantar conceitos de sucesso em suas carreiras. Inscrições pelo site www.seminarioskemgroup.com.br.

Sarkozy perde e François Hollande é o novo presidente da França

Stephane Mahe/Reuters

O candidato socialista François Hollande é o novo presidente da França, após vencer o segundo turno das eleições para o Palácio do Eliseu, neste domingo. O presidente conservador Nicolas Sarkozy reconheceu a derrota para o adversário, que assumirá o cargo em 15 de maio.

Hollande teve 50,8% dos votos, ante 49,2% do rival e candidato à reeleição Nicolas Sarkozy, com 67% das urnas apuradas, conforme divulgou neste domingo a rede americana CNN. Em pesquisa de boca de urna da emissora France 2, o socialista tem 51,9%, contra 48,1% de Sarkozy.

Em discurso a seus partidários, o presidente conservador já admitiu a derrota para o socialista e afirmou que ligou para Hollande, desejando-lhe “boa sorte”.

“Aceito essa derrota por causa dessa França aberta, democrática”, disse ele, aclamado aos gritos de “Nicolas, Nicolas” por uma multidão em Paris.

“Tentei fazer o melhor para proteger o povo francês. Apesar dos milhões que votaram em mim, nós falhamos. Vocês me apoiaram, mas não tivemos êxito”, acrescentou.

Parlamentares

Sarkozy ainda pediu que o UMP, seu partido, permaneça unido para as eleições parlamentares, acontecerão em junho. “Não se dividam, permaneçam unidos. Temos que ganhar a batalha das legislativas”, afirmou o presidente em reunião fechada com partidários.

O chanceler francês do governo Sarkozy, Alain Juppé, foi o primeiro ministro a se manifestar sobre o pleito, e voltou a dizer que o foco do partido serão as eleições legislativas.

“Sarkozy fez uma campanha magnífica. Os milhões de franceses que votaram nele merecem essa consideração. Nós não o abandonamos, voltaremos na batalha das legislativas”.

Pouco antes do fechamento das urnas, pelo menos quatro institutos de pesquisa (CSA, TNS Sofres, Ipsos e Harris Interactive) já apontavam uma preferência eleitoral acima de 50% para Hollande.

Com essa virtual vitória, ele se torna o segundo presidente socialista da Quinta República Francesa fundada pelo general Charles De Gaulle em 1958, depois de François Mitterrand, chefe de Estado de 1981 a 1995.

Fonte: Folha

[INFOGRÁFICO] Há um ano morria Bin Laden. Relembre como tudo aconteceu e confira o que mudou

A morte de Osama Bin Laden, há um ano, representou um golpe terrível para a rede terrorista Al-Qaeda, mas em todo o mundo seus discípulos, organizados ou solitários, continuam defendendo a jihad, afirmam analistas.

Dizimada e desorganizada pelos ataques executados por aviões sem piloto (‘drones’) americanos nas zonas tribais do Paquistão e Afeganistão, o núcleo central da rede, conhecido como “al-Qaeda Central” pelos analistas, se reduziu a algumas dezenas de pessoas essencialmente dedicadas a sobreviver.

(mais…)

Protestos contra crise dominam comemorações no Dia do Trabalho no mundo

As comemorações do Dia do Trabalho (1º) estão sendo marcadas por protestos em várias cidades do mundo contra as medidas de combate à crise econômica internacional. Na França, a cinco dias do segundo turno das eleições presidenciais, a campanha política domina as comemorações. Na Grécia, as celebrações do 1° de Maio coincidem com uma paralisação geral que conta com a participação de funcionários públicos e privados de vários setores.

Só na França, as entidades sindicais programaram 280 protestos em várias cidades do país, além de Paris. Os sindicatos franceses prometem que não haverá mensagens políticas durante os protestos.

As comemorações do Dia do Trabalho deste ano ocorrem no momento em que vários governos tentam adotar pacotes de austeridade, que atingem boa parte da população. Os trabalhadores da Espanha, de Portugal, da Grécia e da Irlanda temem o aumento do desemprego e perdas de benefícios sociais.

Há protestos organizados ao longo do dia na Espanha, em Portugal e na Grécia – países que vivem uma grave crise fiscal e que tentam implementar pacotes de austeridade. Os espanhóis prometem manifestações em 60 cidades. Em Atenas, capital grega, o protesto popular foi convocado por entidades sindicais ligadas aos trabalhadores em greve.

Ônibus, trens e metrôs da capital grega não funcionarão hoje, enquanto os trabalhadores de barcas e navios da Grécia, fundamentais para o turismo do país, cruzam os braços por quatro horas. Profissionais da área de saúde pretendem trabalham com o mínimo de suas equipes nos hospitais públicos e privados. Na Grécia, os protestos ocorrem a cinco dias das eleições.

Na Rússia, o presidente eleito, Vladimir Putin, e o atual presidente, Dmitri Medvedev, participaram de um ato público em comemoração ao Dia do Trabalho. Em uma semana, Putin assume o governo em meio a controvérsias envolvendo sua eleição, sob suspeitas de irregularidades.

Em Havana, capital de Cuba, a celebração do Dia do Trabalho é uma das mais importantes do ano para o governo comunista. Em Istambul, na Turquia, manifestantes, representando diferentes tendências políticas, também foram às ruas. Segundo autoridades do país, 20 mil policiais foram mobilizados para garantir a segurança na Praça Taksim, a mais importante da cidade.

Até 2010, protestos na Turquia eram proibidos. Na Praça Taksim, em 1° de maio de 1977, houve mortes e feridos durante um protesto considerado ilegal, que descambou para um confronto entre manifestantes e policiais.

Em Jacarta, na Indonésia, cerca de 9 mil manifestantes foram às ruas reivindicar aumento de salários. A Indonésia é o quarto país mais populoso do mundo, registrando uma das maiores taxas de crescimento econômico do planeta, mas metade da população ainda vive abaixo da linha da pobreza. Passeatas também foram registradas no Timor Leste, nas Filipinas e em Hong Kong.

*Com informações da Agência Brasil e da Rádio RFI

China censura sites e prende internautas por espalhar rumor de golpe

A polícia chinesa prendeu seis pessoas e fechou 16 sítios de internet por causa de rumores espalhados pela rede mundial de computadores de que veículos militares estariam ocupando as ruas de Pequim. A informação é de fontes oficiais do governo chinês.

As mensagens que sugeriam um possível golpe militar em curso, sem nenhum indício, repercutiram na última semana em alguns meios de comunicação internacionais, em um momento de tensão por causa da recente demissão do prefeito da cidade de Chongqing, Bo Xilai, um dos políticos mais populares do país.

Bo Xilai foi retirado do cargo após o chefe da polícia da cidade, que tem cerca de 30 milhões de habitantes, ter buscado refúgio no consulado dos Estados Unidos, supostamente após ter iniciado uma investigação sobre parentes do prefeito.

Desde então, uma série de acusações vêm sendo divulgadas contra o ex-prefeito. No início da semana divulgou-se a informação de que o governo do Reino Unido teria pedido às autoridades chinesas que reabrissem as investigações sobre a morte do empresário britânico Neil Heywood, supostamente amigo do ex-prefeito.

A novela política em torno de Bo Xilai representa a maior crise política enfrentada pelos líderes chineses em vários anos.

O país se prepara para iniciar o processo de mudança na liderança do país, em um ritual que ocorre apenas uma vez a cada dez anos. A demissão de Bo Xilai, considerado até então um dos favoritos para promoção no Politburo (comitê central) do Partido Comunista, sugere uma feroz batalha de bastidores pelo controle do partido.

Antes das prisões e do fechamento de sites anunciados hoje, os censores chineses já vinham bloqueando as buscas por termos ligados ao ex-prefeito. O departamento do governo que controla a internet no país avaliaram que os rumores de golpe eram “uma influência muito negativa sobre o público”.

Dois populares serviços de microblogs no país, Sina Weibo e Tencent Weibo, semelhantes ao Twitter, interromperam temporariamente os comentários sobre postagens de outros usuários. Segundo os sites, os comentários ficarão desativados entre hoje e a terça-feira (3) para que possam “agir para interromper a disseminação de boatos”.

Um porta-voz do Departamento de Internet informou à agência Xinhua que os dois serviços foram “criticados e punidos de acordo”. Disse ainda que várias pessoas foram “advertidas”.

A ação das autoridades chinesas contra as supostas fontes dos rumores de golpe mostram uma forte preocupação de manter a estabilidade em um momento de transição política e de desaceleração econômica no país.

Fonte: Agência Brasil

Confirmada morte de dois militares durante incêndio em base brasileira de pesquisa na Antártica

Por interino

O ministro da Defesa, Celso Amorim, confirmou neste sábado (25) a morte dos dois militares brasileiros que haviam desaparecido durante incêndio na Estação Comandante Ferraz, na Antártica: o suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e o sargento Roberto Lopes dos Santos, ambos da Marinha. Eles participavam do grupo de apoio que tentava apagar o incêndio originado na casa de máquinas da base.

“Num ato de heroísmo, eles estiveram justamente no local de maior risco, na tentativa de debelar o incêndio e não conseguiram. Todos os pesquisadores e funcionários civis foram resgatados e já se encontram no continente, no Chile, e amanhã (26) já devem estar de volta ao Brasil”, disse Amorim.

Segundo o ministro, 12 militares da Marinha, inclusive o comandante da base, ficaram na base chilena, que é vizinha à brasileira na Ilha Rei George, na Antártica. Eles devem retornar a Comandante Ferraz, para ajudar no trabalho de perícia e no resgate dos dois corpos. Um navio da Marinha brasileira também se deslocou para a Ilha Rei George, para ajudar na tarefa.

Fonte: Agência Brasil

Ministros são flagrados vendo pornô em sessão da assembleia na Índia

Dois ministros do estado indiano de Karnataka foram flagrados na terça-feira (7) vendo um filme pornô no celular em sessão da assembleia estadual, em Bangalore.

O flagrante provocou uma crise no Partido Bharatiya Janata (BJP, Partido do Povo Indiano).

Segundo a emissora “NDTV”, as imagens mostram o ministro de cooperação do estado indiano de Karnataka, Laxman Savadi, ao lado de seu colega do Bem-Estar infantil, C.C. Patil, assistindo ao vídeo pornô.

A oposição criticou a postura dos dois ministros e pediu a demissão imediata de ambos. “É um incidente vergonhoso para a história de Karnataka”, disse o líder da oposição, Siddaramaiah.

Fonte: G1