Política

PV confirma candidatura de Micarla de Sousa à reeleição e negocia aliança com 6 partidos

O que já era dado como certo agora se concretizou, após o líder da Prefeita, Enildo Alves, ter anunciado que Micarla seria candidata agora foi o Presidente de Honra do PV, Rivaldo Fernandes que confirma. Segue nota de Ana Ruth Dantas em seu blog:

O presidente de honra do PV, Rivaldo Fernandes, confirmou que a prefeita de Natal Micarla de Sousa disputará a reeleição. Ela anunciou ao dirigente ontem a noite. A convenção do PV acontecerá no dia 30.

Hoje a noite, os postulantes a um cargo de vereador pelo partido farão uma reunião para preparar a “mobilização”. “Vamos agora organizar a mobilização”, destacou Rivaldo Fernandes.

Ele disse que a prefeita está negociando o apoio com o PRP, PT do B, PCB, PMN, PT do B e o PP. Esse último (o PP) já está fechado com a reeleição da prefeita.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Vice de Micarla para as eleições desse ano pode sair do PSC

Atualmente, a cadeira de vice-prefeito de Natal está sendo ocupada pelo empresário Paulinho Freire, filiado ao PP. Mas nos bastidores políticos se comenta que o PP pode ficar sem essa cadeira para a disputa pela reeleição da prefeita Micarla de Sousa. Isso não significa um afastamento. Pelo que se escuta, PP e PSC estudam em comum acordo a indicação do vice da chapa majoritária.

Dois nomes já estão bem cotados. O primeiro deles é o do engenheiro ambiental Sérgio Pinheiro, ex-diretor da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) e ex-secretário de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi). O nome dele, inclusive, foi levantado em matéria publicada pela Tribuna do Norte com uma entrevista com vereador Enildo Alves (DEM), líder da prefeita na Câmara Municipal de Natal.

Mas um segundo que também está em alta é o vereador de Natal Osório Jácome. Osório é filiado ao PSC e irmão do deputado estadual Antônio Jácome, o que pode servir como uma ponte para agrupar aliados e novos eleitores.

É esperar pra ver.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Micarla e Carlos Eduardo punidos por propaganda eleitoral antecipada

Está no Blog de  Ana Ruth:

A prefeita de Natal Micarla de Sousa e o ex-prefeito Carlos Eduardo foram punidos por propaganda eleitoral antecipada. A Justiça Eleitoral acatou denúncia feita pelo Ministério Público que apontou propaganda eleitoral em prol de Micarla de Sousa, no caso do programa partidário do PV exibido na televisão, e no programa do PDT, que veiculou propaganda considerada eleitoral em prol de Carlos Eduardo.

O juiz José Dantas de Paiva determinou que o PV suspenda a propaganda eleitoral sob pena de pagar multa de R$ 10 mil. “Há indícios de antecipação de propaganda eleitoral, uma vez que a atual Prefeita de Natal, e potencial candidata à reeleição, Sra. Micarla Araújo de Souza Weber, utiliza-se do horário gratuito da TV, destinado ao PV, para apresentar suas principais realizações à frente da Prefeitura desta Capital, na área da saúde, enaltecendo-a perante a população com o claro intuito de obter votos nas eleições vindouras, fato que caracteriza a verossimilhança das alegações, pilar da antecipação pleiteada”, escreveu o juiz na decisão sobre o PV.

Observando o crime praticado pelo PDT na propaganda partidária, José Dantas de Paiva ressaltou: “Não se pode olvidar que a propaganda objeto da presente representação ocasiona desequilíbrio de forças entre os pretensos participantes do embate democrático, o que caracteriza o perigo de dano irreparável ou de difícil reparação em virtude da demora na prestação jurisdicional”.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Micarla de Sousa e Carlos Eduardo: situações cristalizadas

 

Mesmo estando a cerca de quatro meses das eleições, a prefeita Micarla de Sousa, que oficialmente ainda não se pronunciou sobre a reeleição, já está com uma candidatura totalmente comprometida e sem condições de vitória. A situação dela já está cristalizada. As últimas pesquisas revelam isso. Não se trata de uma análise mal feita, de erro de um instituto ou de números equivocados. As últimas três pesquisas divulgadas pelos institutos de pesquisa Perfil, Consult e Certus apontam exatamente as mesmas situações. Ainda mais numa administração sem credibilidade como é a dela.

A prefeita Micarla está com a administração desacreditada entre a população de Natal. Ninguém acredita na gestão. Nas três pesquisas, ela tem a administração com reprovações superiores a 90%. Para ser mais exato, na pesquisa Perfil/Nominuto ela aparece com desaprovação de 93,4%, na Certus/Nominuto com 91,44% e na Consult/Sinduscon com 92,3%.

Isso, fora a rejeição dela que é superior a 70% em todas as três pesquisas também. Na Perfil/Nominuto 74,3% dos entrevistados não votam nela de forma alguma, na Certus/Nominuto a média de rejeição se mantém com 75,5% e na Consult/Sinduscon cresce para 82,5%.

A situação de Micarla é algo cristalizado e ponto final. Ela pode até querer manter a candidatura, mas uma possível candidatura seria mantida apenas para ela ter um palanque eleitoral com o objetivo único de rebater e defender sua gestão perante o que o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves vai falar e pra ela defender suas proprias ações e deixar um “legado” para possíveis candidaturas futuras.

Já a situação de Carlos Eduardo é oposta. Ampla vantagem para os demais candidatos. Aliança com o partido que tinha a segunda maior intenção de voto nas pesquisas eleitorais. A situação de Carlos Eduardo só muda se ele se tornar inelegível ou o candidato demostrar na campanha sua habitual prepotência e pouco trato com as pessoas.

Nas mesmas três pesquisas que mostram a péssima avaliação da Borboleta, Carlos Eduardo aparece com possibilidade de vitória ainda em primeiro turno. Na Perfil/Nominuto ele lidera isolado as intenções de voto com 58% da preferência do eleitorado, na Certus/Nominuto ele dispara com 59,3% e na Consult/Sinduscon mantém a média com 59,2%. A situação dele também é cristalizada. Não muda nas pesquisas. Ele entra na disputa com uma candidatura com reais chances de vitória ainda em primeiro turno.

O blog diz sem medo de errar!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Maior desaprovação da gestão de Micarla está na Zona Oeste

A pesquisa Consult-Sinduscon apontou que 92,3% da população desaprova a gestão de MIcarna de Souza. Mas quando se observa cada região isolada, o pior índice está na Zona Oeste. Lá, 95% desaprovarão a atuação da prefeita.

Veja números da desaprovação:

Zona Norte: 90.6%

Zona Sul: 91.4%

Leste: 91.3%

Zona Oeste: 95.9

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Micarla de Sousa lidera rejeição com 82,5%, aponta Sinduscon-Consult

Já quando o assunto é o pleito para prefeito deste ano, quem está na frente é Micarla de Sousa. Pelo menos, quando o critério é rejeição.

A atual prefeita de Natal, de acordo com a pesquisa Sinduscon-Consult, teve rejeição em 82,5% da respostas.

Veja os números da pesquisa  sobre rejeição (resposta múltipla):

Micarla de Sousa 82,5 %

Fernando Mineiro 20,8%

Rogério Marinho 14,6%

Hermano Morais 14,5%

Carlos Eduardo 5,2 %

Todos 8,6%

Não sabe 5,5%

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

CA de Direito da UFRN emite nota de repúdio contra Rosalba e Micarla

O Centro Acadêmico Amaro Cavalcanti, do curso de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), emitiu uma carta aberta de repúdio à governadora Rosalba Ciarlini e à prefeita Micarla de Sousa por causa da morte de criança com pouco mais de um ano de vida e convidou a população para um ato pela saúde pública para ser realizado no próximo dia 14 de junho, às 8h, em frente do prédio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap). Independente do ato, o caso da morte da pequena Vitória Andrade é realmente trágico.

Confira a carta na íntegra…

Carta Aberta de repúdio ao Governo do Estado e a Prefeitura do Natal em razão do falecimento de Vitória Ester Pereira de Andrade.

À Dra. Pediatra Rosalba e a empresária Micarla de Sousa

A incompetência da gestão do Sistema Único de Saúde, fez mais uma vítima. Matou mais uma criança. No sábado (26/06), às 17h17, Vitória Ester Pereira de Andrade, de apenas 01 ano e 03 meses, veio a óbito no Hospital Walfredo Gurgel.

Causa: Falta de serviços básicos de saúde no Leningrado; falta de leitos médicos. (Falta de profissionais; Falta de investimento do Estado e do Município na Saúde; Falta de cumprimento da Constituição e do Estatuto da Criança e do Adolescente; faltas e faltas…).

Por sete exaustivas horas de atendendo indevido o pai, junto à filha, aguardou nos corredores do Hospital Sandra Celeste, de responsabilidade da Prefeitura, apenas o que se é legítimo esperar: tratamento médico adequado.
Deparou-se com o descaso estatal e a ausência de políticas públicas efetivas para atender à sua filha e aos demais que aguardavam atendimento e atenção.

Quando, enfim, foi transferida de ambulância para o Hospital Walfredo Gurgel – maior hospital público do RN, referência estadual no atendimento de urgências e emergências para todo o estado – chegando ao local, Vitória ficou nos corredores, e após meia hora, se encontrava sem vida.

O descaso do Governo do Estado e da Prefeitura do Natal em cumprir com a sua responsabilidade de implementar políticas públicas que atendam as demandas da população fez mais uma vítima. Uma vida cujo futuro foi subtraído na raiz da derradeira infância. Trucidado na espera de um corredor.

A falta de leitos agravada com o crescente número de doentes pela ineficiência da implantação e investimentos na atenção primária enfatiza o caos da Saúde Pública, ressaltando sua evidente contradição: Dessa forma, o serviço de Saúde mata, ao invés de curar.

Um recente levantamento realizado pelo Ministério Público constatou que 201 pessoas morreram no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel em 40 dias – 40 delas por falta de leitos (Diário de Natal, 03 de Junho de 2012).
40 famílias encontraram, portanto, o mesmo fim para a espera neste hospital: a busca por leitos hospitalares transferiu-se para a procura por leitos nos cemitérios.
Esta é uma ofensa cotidiana à dignidade dos cidadãos norte-riograndenses. Até quando?

É diante das injustiças que nos afirmamos. Não é possível conformar-se diante do óbito de uma criança e do pesar de um pai, de uma família – de 40 famílias. Quantas outras mortes não foram noticiadas? Quantas mais ainda serão?

Não é possível silenciar e aceitar estas mortes como normais, como naturais.
É difícil defender, apenas com palavras, a vida.

Por isto, convidamos todos e todas a participar do Ato pela Saúde Pública que será realizado no dia 14 de Junho, às 08 horas, em frente à Secretaria de Saúde do Estado.
Para que não se esqueça.
Para que não se repita.
Pois até que tudo cesse, nós não cessaremos.”
Centro Acadêmico Amaro Cavalcanti/Direito – UFRN

Opinião dos leitores

  1. Acho que a cobrança deve ser para a governadora Rosalba, essa sim é a responsável, pois não cabe a Prefeitura oferecer serviço de UTI, nem têm recursos para isso, todos sabem.
    Também lembrar que por conta da politicagem, a sra governadora Rosalba, não têm repassado os recursos federais que vem para Natal.
    Cadê o MP que não pone a governadora por APROPRIAÇÃO INDEBTA?

  2. Eu fico pensando. Esses gestores públicos não
    tem filhos? Imaginem-se olhando para seus filhos e netos e os vendo em uma
    situação destas. Fechem os olhos por um momento e imaginem. Apenas imaginem. Pois
    jamais desejaria isto para qualquer criança. Quem sabe ao abrir os olhos vocês
    sejam mais sensíveis e pensem no povo, esquecendo por um tempo seus próprios
    interesses. A eleição vem ai. Com que cara vocês vão a tv e as ruas pedir votos
    e prometer mais uma vez o que não farão.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Desaprovação a gestão de Micarla bate recorde, 91% da população desaprovam

Mesmo com esses números de desaprovação da sua gestão o séquito da Prefeita alimentam a própria a ser candidata, segundo dizem, o percentual de pessoas que ainda não tem candidato podem migrar para a Borboleta levando a sua candidatura ao um eventual segundo turno. Segue mais números da pesquisa Certus/Nominuto:

O natalense não dá trégua a Micarla de Sousa (PV). A pesquisa Certus/Nominuto aponta que 91,44% dos entrevistados desaprovam a prefeita de Natal. Apenas 5,71% aprovam e 2,57% não souberam responder. Nenhuma resposta totalizou 0,29%.

Em abril passado, a desaprovação de Micarla batia a casa dos 88,16%.

Segundo a Certus/Nominuto, 69,04% dos natalense avaliam a administração da prefeita Micarla de Sousa como péssima. Outros 13,98% a consideram ruim; 11,70% acham regular; e apenas 3,28% consideram boa e 0,86% ótima.

1% não soube responder e nenhuma resposta registrou 0,14%.

Arte: Nominuto.com
Coleta de dados foi feita entre os dias 2 e 3 de junho nas quatro zonas da capital.

Foram realizadas 701 entrevistas domiciliares, em áreas selecionadas por bairros, estratificadas por sexo, idade, grau de instrução, renda e zona.

A coleta de dados foi feita entre os dias 2 e 3 de junho nas quatro zonas da capital. A pesquisa foi registrada no TRE com o nº de protocolo RN-00019/2012.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Micarla sanciona Renúncia Fiscal da Lei Djalma Maranhão

A prefeita Micarla de Sousa sancionou a Lei que estabelece a Renúncia Fiscal prevista na Lei Municipal Prefeito Djalma Maranhão, de Incentivo à Cultura. O decreto será publicado na edição do Diário Oficial do Município (DOM), dessa quarta-feira, 6.

Com a sanção da Lei de Renúncia Fiscal, o poder público Municipal abre mão da cobrança do percentual dos impostos Sobre Serviço (ISS) e Predial e Territorial Urbano (IPTU), para que a iniciativa privada passe a investir na cultura. Após a publicação os agentes, promotores culturais e artistas poderão procurar a Secretaria Executiva da Lei Djalma Maranhão, na sede da Fundação Capitania das Artes (Funcarte) para obter mais informações e os formulários necessários para inscrição dos projetos.

Para a presidente da Funcarte, Camila Cascudo, “A medida da prefeita em sancionar a Renúncia Fiscal complementa a Lei Municipal Prefeito Djalma Maranhão que é muito importante. Pois equipara Natal a outras capitais do país ao possuir  uma norma de Incentivo à Cultura, beneficiando o setor no município”, afirmou Camila Cascudo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Júlio Protásio chama Luiz Almir de ventríloquo de Micarla

O suplente de deputado estadual, Luiz Almir, foi o entrevistado de hoje do Jornal do Dia, na TV Ponta Negra. A pauta da entrevista foi a suposta interferência da prefeita no resultado da reprovação das contas de Carlos Eduardo Alves. Principal nome citado na entrevista? Júlio Protásio que foi o único parlamentar que soltou o verbo depois de ver pessoas ligadas a ele exoneradas só porque ele votou favorável à aprovação das contas.

Mas os, digamos, ataques não ficaram baratos. O vereador Júlio Protásio usou sua página pessoal no Twitter para aguçar o distanciamento político. O parlamentar confirmou que já protocolou junto ao Ministério Público provas da manobra de Micarla na votação.

Júlio Protásio chamou Luiz Almir de ventríloquo da prefeita Micarla de Sousa. O parlamentar ainda alfinetou a prefeita dizendo que ela pauta os seus asseclas na mídia.

Agora vamos a aula de português: Asseclas são lacaios, seguidores, subalternos, discípulos, verdadeiros “pau mandados”. Já ventríloquo é aquele bonequinho que não tem fala própria, ele apenas simula enquanto quem fala de verdade é outra pessoa que está por trás.

Depois do arranca-rabo da votação das contas de Carlos Eduardo, o vereador decidiu levantar mesmo a bandeira de oposicionista na Câmara Municipal de Natal. Desde o início do mandato de Micarla que Júlio vinha integrando a base do governo de Micarla.

O vereador, inclusive, chegou a votar favorável ao relatório da CEI dos Contratos que foi questionado pela oposição e a se abster na votação da abertura do processo de Impeachment contra a prefeita Micarla de Sousa.

Mas como diria o grande Nelson Ned: “Tudo passa tudo passará” 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Secretário de Comunicação rebate nota do colunista Cláudio Humberto

O secretário municipal de Comunicação (Secom) Gerson de Castro rebateu o conteúdo da nota do colunista Cláudio Humberto em circulação nesta segunda-feira (28), de que a prefeita Micarla de Sousa teria comprado uma rádio pelo valor de R$ 5 milhões. A informação foi rebatida pelo secretário através de sua página no Twitter.

De acordo com a informação repassada pelo secretário, Micarla encaminhou uma nota de esclarecimento desmentindo a informação de copra de qualquer rádio e explicando que ela, a irmã e a mãe são herdeiras da TV Ponta Negra e da rádio 95 FM.

Segue a nota de Gerson de Castro

“A respeito de nota publicada na coluna do jornalista Cláudio Humberto, em que informa que a prefeita Micarla de Sousa teria adquirido ma emissora de radio FM e pago R$ 5 milhões, a prefeita enviou ao jornalista nota de esclarecimento, informando o seguinte: Que não comprou emissora alguma e que é herdeira, ao lado da mãe e das duas irmãs, no inventário de seu pai, o ex-deputado federal e ex-senador Carlos Alberto de Sousa, falecido em 1998. Sua família é proprietária da TV Ponta Negra, em operação há 25 anos da 95 FM, adquirida em 1990.”

Segue a nota de Cláudio Humberto

“Microfone

A prefeita de Natal, Micarla Sousa, adquiriu o controle acionário de uma emissora FM em Natal. Circula no mercado que pagou R$ 5 milhões.”

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Micarla inaugura reforma de Posto de Saúde

Esse release chegou da assessoria de comunicação da PMN. Vejam só meu caros leitores, o release informa que Micarla vai inaugurar uma reforma, isso mesmo, inaugurar uma reforma no Posto de Saúde do Parque da Dunas com investimento de R$ 25 mil. Só me lembrei daquele outro release informando que as obras de mobilidade da copa em Natal teria começado com recapeamento asfáltico de uma rua nas Quintas. Essa agenda de “inaugurações” da Prefeita me enche de orgulho. Segue o release:

A Prefeita do Natal, Micarla de Sousa, inaugura nesta segunda-feira (28), as 10h00 a reforma da Unidade de Saúde da Família do Parque das Dunas, localizada na rua Mar do Sul, S/N no loteamento Parque das Dunas em Pajuçara.

      A unidade de Saúde que funciona em um prédio próprio da Prefeitura do Natal recebeu serviços de manutenção elétrica, hidráulica e sanitária; acessibilidade; retelhamento; correção de infiltração, mofo e rachaduras; conserto de calhas; troca de janelas e portas; pintura em geral; climatização do espaço multi-uso, num investimento de R$ 25 mil.

A unidade possui três equipes de saúde da família, cada uma delas é responsável pelo atendimento de quatro mil pessoas. Também são atendidos os grupos de idosos e gestantes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Raniere Barbosa sobre exonerações: "Micarla é perseguidora mesmo. Cabe a ela, agora, apenas tirar a máscara"

O Diário Oficial do Município (DOM) desta sexta-feira (25) trouxe exonerações de pessoas ligadas aos vereadores Franklin Capistrano e Júlio Protásio, supostamente por causa das votações favoráveis à aprovação das contas de Carlos Eduardo Alves, durante o exercício de prefeito em 2008.

O vereador Ranieri Barbosa, em visita à Câmara Municipal e conversa com esse BG, disse não estar surpreso com as exonerações tratando de dizer que esse tipo de atitude é normal, em se tratando da prefeita Micarla de Sousa.

“Micarla é perseguidora mesmo. Todo mundo sabe disso. Cabe a ela, agora, apenas tirar a máscara para que a população saiba quem ela é. Desde o início do meu mandato que ela tratou de tirar todas as pessoas ligadas a mim da Semsur (Secretaria de Serviços Urbanos). Hoje se alguém disser que é ligado a mim de alguma forma é exonerado. É assim que ela age. Isso não é surpresa pra ninguém”, alfinetou o parlamentar.

Opinião dos leitores

  1. Interessante, e quando Micarla de Sousa, foi vice-prefeita de Carlos Eduardo, e ele como prefeito, não deixava, os pedidos e reevindicações d Micarla serem executados pelas secretarias. Venhamos e convenhamos, quem realmente persegue o povo. O ex- FICHA SUJA, q teve suas contas reprovadas pela CMN, ou Micarla de Sousa.

  2. Os cargos Comissionados são de livres nomeações como também de exonerações.
    Pra que reclamações se o Vereador não faz parte do PV, é só o mesmo nomear no se Gabinete.

  3. Os cargos Comissionados são de livres nomeações como também de exonerações.
    Pra que reclamações se o Vereador não faz parte do PV, é só o mesmo nomear no se Gabinete.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Justiça aceita ação de improbidade administrativa contra Micarla

A prefeita Micarla de Sousa escapou de um processo de impeachment na Câmara Municipal de Natal por supostamente ter praticado ato de improbidade administrativa envolvendo contratos da Prefeitura do Natal, em especial, o do antigo Novotel Ladeira do Sol para funcionamento das secretarias de Saúde (SMS) e de Educação (SME).

Mas da Justiça, ainda não. O juiz Ibanez Monteiro da Silva, da 2ª Vara da Fazenda Pública, aceitou a petição inicial apresentada pelo Ministério Público por ato de improbidade praticado pela prefeita no contrato de locação do Novotel para abrigar as secretarias.

A ação também atinge Ana Tânia Sampaio (ex-secretária de Saúde), Adriana Trindade (ex-coordenadora de Administração e Finanças da SME), Carlo Frederico de Carvalho (gerente executivo do Novotel), Haroldo Azevedo (proprietário do imóvel), o Município de Natal e o próprio Novotel.

A ação movida pelo Ministério Público chegou a pedir  liminarmente a indisponibilidade de bens de todos os acusados para garantir o ressarcimento ao erário dos R$ 126.196,00 mensais pagos durante o período de 34 meses, mas esse pedido não foi aceito. O magistrado alegou que não existem indícios de que os, agora réus, estejam para dilapidar os bens.

Na decisão, Ibanez destacou que a defesa de Micarla tentou tirá-la do processo afirmando que não existem elementos que comprovam a sua participação de forma dolosa, mas o jurista entendeu que é necessária a apreciação para o posterior julgamento do mérito.

“Bastam elementos indiciários para se admitir a ação, em cuja instrução as provas serão produzidas e, ao final, analisadas com profundidade. Aí sim é feito o julgamento da existência ou não de provas suficientes a caracterizar conduta ímproba”, escreveu o jurista.

Confira a decisão na íntegra

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Prefeita faz novas promessas de melhorias no Alecrim sem cumprir antigas

Por interino

O bairro do Alecrim já está perto de completar os 101 anos, e a prefeita Micarla de Sousa continua fazendo promessas  aos empresários da região, sem sequer ter cumprido aquelas que fez antes das festas do centenário, em outubro passado.

Em março do ano passado, a Prefeitura já havia prometido, que, a curto prazo, iria instalar banheiros químicos e novos coletores de lixo, elevar a potência do transformador de energia e iluminar as principais paradas de coletivo.

O novo anúncio de melhorias no bairro foi feito nesta terça-feira, durante o lançamento do livro “Memória Minha Comunidade: Alecrim”, na sede da Fecomércio.

De acordo com informações da assessoria de imprensa, entre as mudanças prometidas pela líder do executivo estão a instalação das primeiras 7 câmeras de monitoramento (de um total de 40 garantidas pelo governo federal) na região do comércio, uma Academia da Terceira Idade na praça Gentil Ferreira, a revitalização da malha viária das ruas Mário Negócio e Manoel Miranda, e a padronização da Feira do Alecrim e a reforma do Mercado Popular (Camelódromo).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

George Câmara defende candidatura única da oposição contra Micarla

A união em Natal dos partidos da base aliada ao Governo Federal pode voltar a ser discutida. O vereador George Câmara (PCdoB) defende que os partidos, assim como ocorreu em 2008, unam esforços em torno de um nome para a eleição à Prefeitura de Natal. Para o parlamentar, a iniciativa garantiria a vitória do grupo na disputa pela sucessão de Micarla de Sousa.

Dirigente do PCdoB e candidato à reeleição, George Câmara afirma que o partido ainda não definiu qual será o caminho seguido na eleição em Natal. A única decisão é que o partido vai apoiar um candidato que pertença a partido da base que dá sustentação à presidenta Dilma Rousseff. Porém, o parlamentar concorda que há uma relação mais estreita com o PDT, do ex-prefeito Carlos Eduardo.

“Acredito que devemos nos unir e pensar grande, não somente na eleição deste ano. Temos uma aproximação natural com quem estivemos aliados em 2010, mas isso não quer dizer que o PCdoB tenha fechado questão. Defendo que estejamos (base aliada) unidos na eleição e que a gente discuta qual o melhor candidato do grupo”, ponderou.

Atualmente, os partidos que compõem a base de apoio ao Governo Federal tem quatro pré-candidatos à Prefeitura de Natal: Carlos Eduardo (PDT), Wilma de Faria (PSB), Hermano Morais (PMDB) e Fernando Mineiro (PT). Nenhum falou sobre a possibilidade de união já no primeiro turno.

Em 2008, quando a então deputada estadual Micarla de Sousa (PV) era a candidata da oposição, a base de apoio ao Governo Federal se uniu em torno da candidatura do PT. O PMDB e PSB decidiram retirar as pré-candidaturas de Hermano Morais e Rogério Marinho, respectivamente. A deputada federal Fátima Bezerra entrou na disputa e acabou derrotada no primeiro turno.

Fonte: Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *