Lava Jato: PF investiga fraudes em contratos que superam R$ 6 bilhões feitos entre a Petrobras e empresas de afretamentos

O procurador da República Athayde Ribeiro Costa durante entrevista à imprensa na sede da Polícia Federal, em Curitiba – Divulgação Polícia Federal

A 70ª fase da Lava Jato, chamada de Operação Óbolo, foi deflagrada nesta quarta-feira (18) para coletar provas a fim de investigar crimes relacionados a contratos de afretamentos de navios pela Petrobras, que superam R$ 6 bilhões. Os contratos foram feitos com as empresas Maersk, Tide Maritime e Ferchem. Os policiais investigam também o fornecimento de informações privilegiadas que concederam vantagens competitivas a empresas, tendo como contrapartida o pagamento de propina a funcionários da Petrobras.

Segundo o Ministério Público Federal, em Curitiba, existe uma estimativa inicial do pagamento de subornos de ao menos US$ 3.402.941,58, em razão de 11 contratos da Maersk, que chegam a R$ 592 milhões, conforme informações contidas em planilha apreendida com Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, no estágio inicial das investigações da Operação Lava Jato.

O procurador da República Athayde Ribeiro Costa disse, durante entrevista à imprensa na sede da PF, na capital paranaense, que a ação policial deflagrada hoje é uma sinalização concreta que a área-fim da Petrobras foi atingida por esquemas de corrupção que vão desde o afretamento e o abastecimento de navios até a carga por eles transportada. Segundo o procurador, as investigações se aprofundam inclusive em relação a contratos de afretamentos ainda em vigor.

De acordo com o MPF, entre 2002 e 2012, a Maersk e suas subsidiárias fecharam 69 contratos de afretamento com a Petrobras, que totalizaram aproximadamente R$ 968 milhões. A Tide Maritime figurou em 87 contratos, entre 2005 e 2018, no valor de R$ 2,8 bilhões. Já a Ferchem, também shipbroker, intermediou ao menos 114 contratos de afretamento marítimo na Petrobras, superior a R$ 2,7 bilhões, entre 2005 e 2015.

As investigações relacionadas a Maersk são oriundas da colaboração premiada de Paulo Roberto Costa. “Foram reunidas evidências que o armador, por meio de uma empresa intermediária, efetuou pagamentos de propina ao então diretor de Abastecimento da Petrobras, tendo como contrapartida o fornecimento de informações privilegiadas. Por ora, são investigados pelo menos 15 contratos de afretamento marítimo vigentes entre 2006 e 2014, no valor total de R$ 658 milhões”.

A reportagem da Agência Brasil não conseguiu contato com as empresas citadas nas investigações da Operação Óbolo, conduzidas pelo PF e o MPF.

De acordo com a PF, o nome da operação, Óbolo, é em referência à moeda que era usada para remunerar o barqueiro Caronte, que conduzia as almas através do rio que separava o mundo dos vivos dos mortos, segundo a mitologia grega.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    E ninguém sabe por que no Brasil os combustíveis são tão caros, né? Ah, tá.

PF e Força-Tarefa Previdenciária combatem fraudes na concessão de benefícios no RN

Fotos: Divulgação/PF

A Força-Tarefa Previdenciária no Rio Grande do Norte integrada pela Polícia Federal e a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista(CGINT), da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, deflagrou nesta terça-feira, 15/10, a Operação Cubo de Rubik, objetivando desarticular um esquema criminoso que se utilizava de documentação falsa para a obtenção de benefício previdenciário.

Cerca de 15 policiais federais estão cumprindo 3 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal nas cidades de Natal e São José de Mipibu/RN.

A fraude consistia na utilização de registros civis falsos para se criar dependentes fictícios e posteriormente requerer o benefício previdenciário da espécie pensão por morte. Do total de benefícios fraudulentos já detectados, o prejuízo estimado aos cofres da União é de aproximadamente R$ 200 mil e, em se considerando que tais benefícios poderiam ser pagos até que os falsos dependentes alcançassem a maioridade esse montante poderia chegar a R$ 1,03 milhão, valendo salientar que, com a continuidade das investigações muitos outros beneficiados do esquema poderão ser descobertos e esse valor ser ainda maior.

O nome da operação é uma alusão ao quebra-cabeça Cubo de Rubik, também conhecido como Cubo Mágico, que possibilita múltiplas resoluções e formatos, tal qual o modus operandi dos fraudadores que se apresentavam com diversas identidades.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. jose alves da silva disse:

    ISTO JÁ ACONTECE EM TODO RN A MAIS DE 10 ANOS SE FISCALIZAR PEGA MUITO RATO COM O PEDAÇO DE QUEIJO NA MÃO. RATAZANAS GRANDE

Denúncias de fraudes marcaram o processo de eleição interna do PT, com presença de mortos nas listas de filiados que votaram

FOTO: (Partido dos Trabalhadores/Divulgação)

“Denúncias de fraudes marcaram o processo de eleição interna do PT realizado no último dia 8”, diz O Globo.

“As acusações vão da presença de pessoas mortas nas listas de filiados que votaram ao transporte de eleitores em carro oficial”.

Com informações de O Globo e O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Azevedo disse:

    Esse é o PT que quebrou o Brasil, cheio de maracutaias e roubalheiras. Infelizmente é só isso que esses sindicalistas vagabundas sabem fazer.

  2. Ana leticia disse:

    Esses bandidos estão se superando dia a dia.

  3. DeSacoCheio disse:

    Me tirem uma dúvida, PT significa o que mesmo? Partido dos Trambiqueiros?

  4. Ivan disse:

    Chamam Moro de juíz ladrão…seria um elogio?kkkkkkk

  5. Thor Silva disse:

    PT sendo PT. Só tem bandidos nesse partido!!

  6. Fernando Bastos disse:

    Alguma novidade em se tratando de Petralhas, se não tem a quem roubar, rouba a ti mesmo, tudo pior do que o pó da bosta do cavalo branco de Napoleão.

  7. Irany Gomes disse:

    Quando não estão roubando dinheiro público, roubam a eles próprios!!!💩💩💩

  8. Fernando disse:

    Muita injustiça que levantam sobre o partido baluarte da honestidade como dizia luladrão antes de ser presidente da república (chefe da quadrilha do maior roubo a cofres públicos do muuuundo!). Eeeeita mulestia

  9. Manoel disse:

    Isso só pode ser mentira ou perseguição de Moro e da CIA (Central de Inteligência Americana) ! No PT só tem almas honestas tal qual o líder da seita, digo, do partido… Ninguém faz falcatrua no PT! KKKK

PF deflagra operação por fraudes que causaram prejuízo de ao menos R$ 13 milhões aos Correios

Foto: Lucas Tavares / Agência O Globo

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira operação que visa a desarticular organização criminosa que praticava fraudes junto à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT). Dados preliminares indicam um prejuízo de R$ 13 milhões, apenas no que se refere às postagens ilícitas já identificadas, sem contar o desvio de dinheiro diário que estava sendo causado pelo grupo investigado.

Estão sendo cumpridos, por cerca de 110 agentes, nove mandados de prisão preventiva e 19 mandados de busca e apreensão na cidade do Rio de Janeiro; dois mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão nos municípios de Tamboré, Cotia, Bauru e São Caetano, no estado de São Paulo; além de um mandado de prisão temporária e um mandado de busca em Belo Horizonte (MG), todos expedidos pela 7ª Vara Federal de Florianópolis/SC.

De acordo com a investigação, iniciada em novembro de 2018 em Santa Catarina, onde foi identificada a primeira ação, o grupo tinha forte atuação nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, e contava com a participação ativa de funcionários dos Correios, fazendo com que grandes cargas postais dos clientes fossem distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

Uma das principais modalidades de fraude acontecia mediante identificação de grandes clientes dos Correios, que eram procurados por integrantes do grupo com a oferta de que rompessem seus contratos com os Correios e passassem a ter suas encomendas postadas por meio de contratos mantidos entre as empresas do grupo criminoso e a própria EBCT.

Durante a investigação também foram apuradas solicitações e pagamentos de vantagens indevidas envolvendo empresários, funcionários públicos e agentes políticos, configurando indícios dos crimes de corrupção passiva e concussão.

Com o objetivo de assegurar o ressarcimento dos prejuízos causados aos Correios, foram determinados bloqueios de contas bancárias e o arresto de bens móveis e imóveis, incluídos carros de luxo e duas embarcações, sendo uma delas um iate avaliado em R$ 3 milhões. Com tais medidas, espera-se que seja bloqueado o montante de R$ 40 milhões.

Os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de corrupção passiva e ativa, concussão, estelionato, crimes tributários, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa.

O Globo

 

Detran aperfeiçoa servidores para inibir fraudes e adulteração veicular

Fotos: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) inicia nesta segunda-feira (02), o Curso de Capacitação de Vistoriador e Lacrador Veicular com foco nos servidores do Órgão. A qualificação vai atender funcionários públicos distribuídos em todo o Estado, sendo a capacitação promovida de maneira sequenciada nas localidades polos de Natal, Mossoró, Pau dos Ferros e Caicó.

Nessa primeira etapa, a Escola Pública de Trânsito do Detran (Eptran) estará qualificando duas turmas no polo Natal com foco na formação e aperfeiçoamento de 67 servidores inscritos na unidade da capital. A aula inaugural ocorreu nesta manhã no auditório da sede administrativa do Detran e reuniu gestores, instrutores da Eptran e os servidores que passarão pela qualificação.

O Curso de Capacitação de Vistoriador e Lacrador Veicular é vital para a leitura técnica apurada e correta dos códigos veiculares e para percepção de análise de segurança dos automóveis. Com a capacitação, os funcionários da área de vistoria e lacração terão maior capacidade técnica de detectar possíveis irregularidades no veículo, evitando, dessa forma, situações delituosas, a exemplo de clonagem e adulteração veicular em geral.

Outro fator importante no Curso é que o corpo técnico do Detran será atualizado com as informações mais recentes que envolvem o campo da vistoria e lacração veicular, como também a construção de um padrão moderno de atuação técnica envolvendo todas as unidades do Detran no Rio Grande do Norte que atuam disponibilizando os serviços de vistoria veicular.

Nesse ponto, o treinamento leva aos participantes a capacidade de reconhecer fraudes ou adulterações nos identificadores veiculares e na documentação do automóvel, aferindo tecnicamente se o objeto vistoriado é idôneo ou procedente de produto de roubo, furto ou adulteração.

A capacitação conta com uma carga horária de 20h/aula compreendendo as disciplinas de “Identificação Veicular”; “Noções Básicas de Adulteração e Perícia”; “Legislação de Trânsito”; e “Estágio Supervisionado”. O Curso segue em conformidade com as diretrizes determinadas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e com as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que tratam sobre o tema.

Hackers, crimes e ataques em autoridades: repassada por especialistas em fraudes, autenticidade de material divulgado está cada vez mais fragilizada

Os “verdevaldianos” argumentam que a prisão dos estelionatários comprova a autenticidade do material roubado. Como é que é?

O fato de que as mensagens foram repassadas por criminosos especializados em fraudes garante que nenhum diálogo foi fraudado? É isso mesmo?

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    Esses meninos e o Verdevaldo têm credibilidade, não seriam capazes de adulterar nada…Confio neles…Essas autoridades da lava jato não têm nenhum serviço prestado a nação…

  2. Cidadão Atento disse:

    A prisão dos suspeitos de invadir celulares do ministro Sérgio Moro (Justiça) não põe fim aos questionamentos contra ele e investigadores da Lava Jato, como o procurador Deltan Dallagnol.

  3. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    Afinal quem está com a verdade?
    Quem pratica crime tendo jurado cumprir a Lei? Ou quem divulga informações verdadeiras não desmentidas, denunciando àqueles que praticam crime, perfil próprio do jornalismo investigativo?
    Eu fico com o jornalismo investigativo fico com a liberdade de impressa e expressão, pilares das diversas democracias praticadas em outros países do globo.

  4. Riva disse:

    Simples. Pega o material e perícia. O antagonista faz tudo menos jornalismo. Outra coisa me chamou atenção: E esse hacker de Araraquara que é pego pela polícia do Brasil, usa Windows, deixa todo o bloatware na máquina, tem adesivo na webcam do notebook, hackeia com iPhone e ainda tem que fazer bico de DJ mesmo tendo uma mala de dinheiro em casa?
    Parece legítimo.

    • Greg disse:

      kkkk o parceiro dele no esquema trabalha de UBER, brasileiro é tudo pelo avesso. Enquanto Russos e Americanos trabalham com Apple pra derrubar códigos, estamos no Windows com máquina LENOVO de 2Gb parcelados em 10x nas CASAS BAHIA.

    • Anderson disse:

      Sr. Riva, parece ilegítimo!? Quais são as características que legitimam um hacker? Se é que existem…

  5. Coutinho disse:

    É o poste mijando no cachorro..

    • Imoral disse:

      São os ratos dos recursos públicos colocando a culpa dos crimes cometidos contra o povo no queijo.

INSS espera cortar R$ 10 bilhões em fraudes por ano com nova lei

Deputado federal Paulo Eduardo Martins. Foto: Reprodução/Facebook

O relatório da medida provisória (MP) 871/19 que combate fraudes e passa um pente fino nos benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) será apresentado nesta terça-feira (7) na comissão mista do Congresso Nacional. O relator da MP, o deputado Paulo Martins (PSC-PR), explica que a nova lei cria uma força-tarefa para o INSS avaliar 3 milhões de processos com indícios de irregularidades.

“O governo pretende economizar R$ 10 bilhões por ano com o fim das fraudes”, afirma o deputado. “É uma sintonia fina na detecção de benefício com indício de irregularidade. A MP vai fechar as portas para as fraudes.”

Após reuniões com equipe econômica do governo, INSS, entidades e técnicos, Martins fez algumas alterações no texto enviado pelo presidente Jair Bolsonaro no começo do ano. Após análise, a proposta pode ser votada na quarta-feira (8) pela comissão e, depois, pelos plenários da Câmara e do Senado até o fim do mês.

A medida provisória institui o programa especial para análise de benefícios previdenciários com indícios de irregularidade e o programa de revisão de benefícios por incapacidade. Na prática, altera regras de concessão de benefícios, como auxílio-reclusão, pensão por morte e aposentadoria rural, e cria também dois bônus por produtividade, sendo um para analistas e técnicos do INSS, e outro para a carreira de peritos médicos.

Uma das medidas é o fim do uso de declaração de sindicatos rurais para aposentadorias rurais. A partir de 2020, a comprovação do exercício da atividade rural será por inscrição nos órgãos do sistema do CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais), mantido pelo Ministério da Economia.

Um das mudanças foi o prazo para a defesa dos segurados que tiverem benefícios sob suspeita. Após críticas de especialistas, o prazo mudou de dez dias para 30 dias. Segundo o deputado, a ideia é que seja apresentado um relatório com muita convicção e equilíbrio e que consiga responder ao objetivo da medida provisória.

Último pente-fino

O pente-fino do último governo, que foi realizado entre julho de 2016 e dezembro de 2018, avaliou 1,18 milhão de beneficiários de auxílios-doença e aposentadorias por invalidez. Ao fim do processo, foram cortados 452 mil auxílios e 275 mil aposentadorias. A economia gerada só com o encerramento de auxílios foi de R$ 14,5 bilhões.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Leonidas Oliveira Lima de Souza disse:

    Cadê o CENTRÃO e a ESQUERDA para impedir esse absurdo?? Como vão caçar o benefício de milhares de cidadão? Que bagunça é essa? Vão querer moralizar o país? Isso não pode acontecer na república das bananas, temos que manter a desordem, a corrupção, o descontrole e o populismo. Como ficará nossa democracia com essa opressão aos beneficiários dessas fraudes??

PF combate esquema de fraudes à previdência social em Natal

A Polícia Federal em parceria com a Força-Tarefa Previdenciária deflagrou na manhã de hoje (21/09), a *Operação Vínculos Fantasmas* visando desarticular ação criminosa que consistia na inserção de dados trabalhistas fictícios registrados através da Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP), com a finalidade de obter benefícios previdenciários, na sua maioria, por “incapacidade”.

12 policiais federais cumprem em endereços residenciais na cidade de Natal, 3 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal/RN.

A investigação, que começou em 2014 com a instauração do Inquérito Policial, apurou que a fraude se iniciava a partir da criação de vínculos empregatícios falsos e extemporâneos para que pessoas físicas diversas adquirissem a condição de seguradas do Regime Geral da Previdência Social ou mesmo incremento no tempo de contribuição, possibilitando, assim, o requerimento e concessão do benefício de maneira irregular.

As diligências comprovaram, também que, em apenas seis desses benefícios fraudulentos obtidos pelos suspeitos, o prejuízo causado à Previdência Social alcançou o valor de R$ 1,7 milhão.

Com a deflagração dessa Operação e a continuidade das investigações, a PF acredita que outras concessões irregulares do esquema criminoso venham a ser identificadas.

Não haverá entrevista coletiva.

BOMBA: Campanha de Carlos Eduardo teria sido abastecida com dinheiro desviado de contratos da iluminação

O BlogdoBG através de várias fontes que estão acompanhando o processo da Operação Cidade Luz, que apura desvios de dinheiro no contrato de iluminação pública de Natal confirmou que o ex-secretário da SEMSUR, Jerônimo Melo fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público.

Já haviam fechado delação Allan Emanuel, Felipe Gonçalves de Castro, Sérgio Pignataro e Kelly Patrícia e agora foi finalizada a de Jerônimo.

No processo, segundo informaram as fontes, constam áudios de secretário atual da gestão de Carlos Eduardo pedindo dinheiro para a campanha à reeleição do atual prefeito e do vereador Kleber Fernandes.

O BlogdoBG também confirmou que o MP já está em posse de vários elementos que mostram que a campanha de Carlos Eduardo foi abastecida com dinheiro vindo das empresas que detinham os contratos com a Semsur.

Na delação de Jerônimo Melo, ele teria confirmado as informações mostrando o caminho que o dinheiro tomou. Antes dele, Fred Queiroz, na Operação Manus, também falou sobre a Semsur e repasses na casa de milhão para champanhas municipais.

Também foi confirmada a informação de que havia pagamento de mesada das empresas investigadas para políticos, em torno do percentual de 15% ao mês entre 2013 a 2016.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. jr disse:

    Primeiro passo para tentar mudar, é não REELEGER nenhum candidato.

  2. BRASILEIRO disse:

    Quem vai julgá-lo? TJRN. O resultado todo mundo já sabe!

  3. Carlos disse:

    Vamos assistir o fantástico amanhã.

  4. Erasmo Barreto da Silva disse:

    Como sempre, estamos falando de corrupção e desvios de recursos públicos. Temos que acreditar que um dia tudo isso será parte da história e que teremos a Justiça feita. Mas, temos que fazer nossa parte nessa próxima eleição e expulsar essas oligarquias que chupam nosso sangue à décadas. Fora Alves, fora Maias, fora Rogério Marinho e seus herdeiros!!!!!

  5. Faro Fino disse:

    Qual é a campanha que não é mantida e turbinada por dinheiro?
    De doação se forem amigos da Corte, e de Propina se forem da esquerda oriunda dos movimentos populares e trabalhistas.

  6. Marcelo disse:

    A SEMURB vai focar de fora ?

  7. Coentra corrupção disse:

    Candidatura de Carlos Eduardo a governador, só lembrança de Bartô Galeno.

  8. Nt disse:

    Novidade é Ranieri ninguém fala mais não é e uma grande quadrilha.

  9. Raimundo Nonato de Almeida disse:

    Pois é talvez não possa ser candidato

  10. Marcelo disse:

    Imagino esses recursos desviados investidos no hospital de Natal ou em construções e manutenções de novas creches. Como seria um orgulho para nós moradores desta linda cidade!

  11. Daniela disse:

    Tá ficando bom

  12. Coentra corrupção disse:

    Tchau candidatura de prefeito, só lembrança de Bartô Galeno.

  13. claudio disse:

    E agora cabeções oque dizer. Os babões de Carlos eduardo vão em defesa.

Brasil tem uma tentativa de fraude a cada 15,8 segundos

Mais de 150 mil tentativas de roubos de dados pessoais para uso para negócios sob falsidade ideológica ou obtenção crédito com a intenção de não honrar os pagamentos foram registrados em fevereiro, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraudes – Consumidor. Isso significa uma tentativa de fraude a cada 15,8 segundos no país. Em relação a fevereiro do ano passado, houve alta de 3,2%. O indicador também registrou alta de 5,9% na comparação bimestral (janeiro a fevereiro de 2014 contra o mesmo período de 2013).

O setor de telefonia respondeu por 57.055 registros, totalizando 37,3% do total de tentativas de fraudes, o que representou queda de 41,3% em relação a fevereiro do ano passado. Já o setor de serviços – que inclui construtoras, imobiliárias, seguradoras e serviços em geral (salões de beleza, pacotes turísticos etc.) – teve 48.464 registros, equivalente a 31,7% do total. O setor bancário ficou no terceito lugar do ranking, com 31.524 registros (20,6%). No mesmo período de 2013, o setor respondeu por 18,3% de todas as tentativas de fraudes registradas.No segmento varejo houve 12.596 mil tentativas de fraude contra o consumidor .

A Serasa destaca que é comum que as pessoas forneçam seus dados pessoais em cadastros na internet sem verificar a idoneidade e a segurança dos sites. Além disso, destaca a entidade, os golpistas ainda costumam comprar telefone para ter um endereço e comprovar residência, por meio de correspondência, e, assim, abrir contas em bancos para pegar talões de cheque, pedir cartões de crédito e fazer empréstimos bancários em nome de outras pessoas.

Entre as principais tentativas de golpe apontadas pelo indicador da Serasa Experian estão: emissão de cartões de crédito; financiamento de eletrônicos, no varejo; compra de celulares com documentos falsos ou roubados; abertura de conta corrente; compra de automóveis; e abertura de empresas usadas como fachada para golpes.

A Serasa Experian orienta o consumidor adotar cuidados simples em seu dia a dia, como:

• Não fornecer dados pessoais para pessoas estranhas;

• Não fornecer ou confirmar suas informações pessoais ou número de documentos pelo por telefone, tomando cuidado com promoções ou pesquisas;

• Não perder de vista seus documentos de identificação quando solicitados para protocolos de ingresso em determinados ambientes ou quaisquer negócios; do mesmo modo, não deixar que atendentes de lojas e outros estabelecimentos levem seus cartões bancários para longe de sua presença sob a desculpa de efetuar o pagamento;

• Tomar cuidado ao digitar a senha do cartão de débito/crédito na hora de realizar pagamentos, principalmente na presença de desconhecidos;

• Não informar os números dos seus documentos quando preencher cupons para participar de sorteios ou promoções de lojas;

• Não fazer cadastros em sites que não sejam de confiança; cuidado com sites que anunciam oferta de emprego ou promoções. Fique atento às dicas de segurança da página, por exemplo, como a presença do cadeado de segurança;

• Cuidado com dados pessoais nas redes sociais que podem ajudar os golpistas a se passar por você, usando informações pessoais, como por exemplo, signo, modelo de carro, time por que torce, nome do cachorro etc.;

• Manter atualizado o antivírus do seu computador, diminuindo os riscos de ter seus dados pessoais roubados por arquivos espiões;

• Evitar realizar qualquer tipo de transação financeira utilizando computadores portáteis conectados em redes públicas de Internet.

Vítimas de roubo, perda ou extravio de documentos, devem cadastrar a ocorrência gratuitamente na base de dados da Serasa Experian. Esta informação estará disponível na mesma hora para o mercado, e fazer um boletim de ocorrência. Dessa forma, garante a entidade, a cada consulta, o concedente de crédito será alertado de que se trata de documentos roubados, evitando que transações sejam realizadas.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zé Ninguém disse:

    Somos em sua maioria um povo desonesto em busca de políticos honesto.

Fraudes no DPVAT causa prisões e busca e apreensão na Paraíba, RN e Pernambuco

Três advogados foram presos nesta quinta-feira, 14, durante a Operação Sinistro, da Polícia Federal, contra um esquema de fraude de indenizações do seguro Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).  O esquema fraudulento causou mais de R$ 30 milhões de prejuizos a beneficiários de seguro nos últimos 5 anos, segundo a PF.

Os advogados foram presos preventivamente na Paraíba. A PF cumpre ainda um mandado de busca e apreensão no Rio Grande do Norte, 11 na Paraíba e um em Pernambuco.

De acordo com a PF, integrantes do esquema entravam com ações judiciais de indenização. Eles pagavam propina a servidores para agilizar o trâmite. Os supostos beneficiários não sabiam do processo e, na audiência, eram substituídos por membros do grupo. Nas decisões favoráveis, os advogados recebiam os alvarás judiciais de pagamento de indenização e ficavam com o dinheiro.

Banco do Nordeste confirma fraudes em créditos e afasta chefe de gabinete

O Banco do Nordeste afastou do cargo o chefe de gabinete de sua presidência, Robério Gress do Vale. O afastamento chega 48 horas depois de o repórter Leopoldo Mateus ter trazido à luz notícia sobre um desvio estimado em mais de R$ 100 milhões em operações de crédito fraudulentas realizadas pela casa bancária estatal.

Entre as operações postas sob suspeição estão financiamentos de R$ 11,9 milhões concedidos a três empresas: MP Empreendimentos, Destak Empreendimentos e Destak Incorporadora. Pertencem aos irmãos da mulher de Robério Gress, o chefe de gabinete afastado nesta segunda (11).

O novo escândalo tem cheiro de naftalina. Faz lembrar o caso dos “dólares na cueca”. Em 2005, quando as manchetes só falavam de mensalão, um assessor parlamentar do então deputado estadual José Guimarães (PT-CE), irmão do ex-dirigente petista José Genoino, foi preso no aeroporto de Congonhas (SP) com US$ 100 mil acondicionados na cueca.

Nessa época, a Polícia Federal constatou que o dinheiro era proveniente de propina recebida por Kennedy Moura, um ex-mandachuva do PT cearense que ocupava a mesma chefia de gabinete da presidência do Banco do Nordeste. Robério Gress, o novo encrencado, sucedeu-o no cargo.

Decorridos sete anos, o Banco do Nordeste continua aparelhado pelo PT. O petista José Guimarães, padrinho de nomeações, é agora deputado federal. Robério Gres, o afastado, foi a pessoa física que mais “doou” dinheiro para a vitoriosa campanha de Guimarães nas eleições de 2010.

Como se vê, sob Dilma Rousseff subverte-se no Banco do Nordeste um velho brocardo. Fica demonstrado que é errando que se aprende… A errar.

Educação: Irregularidades em contratos de locação deixará muita gente em maus lençóis

Os indícios são muitos: quilometragem excessiva, rotas equivocadas e preços divergentes. A suspeita, já noticiada pelo Blog do BG, é de que haja  fraude em contratos de locação para serviços de transporte escolar firmados pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC) entre 2006 e 2009.

O caso está nas mãos da delegada Maria Ivany Bezerra, lotada na Delegacia Especializada de Falsificações de Defraudações (DEFD). A designação da delegada foi publicada na edição desta quinta-feira(12) do Diário Oficial do Estado (DOE) e é assinada pelo delegado geral de Polícia Civil (Degepol), Fábio Rogério Silva. O Inquérito policial corre em sigilo. O Ministério Público também entrou no caso.

O Procurador Geral do Estado, Miguel Josino, confirmou ao Blog que as denuncias são graves e que está tudo sendo devidamente apurado. E uma das medidas já tomadas foi a suspensão imediata dos pagamentos de indenizações às empresas prestadoras [os que estavam em atraso e foram cobrados na Justiça] até que as investigações sejam concluídas.

E o BG voador descobriu mais: Caso se confirmem as acusações, haverá muita gente importante em maus lençóis. Inclusive, parentes de ex-governador.

Indícios

Em alguns processos de pagamentos a quilometragem apontada pelas empresas chegava a ser o dobro do necessário para cumprir a rota contratada. No caso do contrato do transporte escolar em Natal, uma das empresas chegou a apontar rota diária de 236 km.

Já em Ceará Mirim, a empresa contratada chegou a apontar 800 km percorridos, em um só dia, no transporte de alunos dentro do município.

Empresas combinaram fraude para licitação do Detran que ocorrerá amanhã

As empresas O. G. Empreendimentos, de George Olímpio, e a Planet Business, de Flávio Ganem Rillo e Nilton José de Meira, ambas investigadas por fraudes ao Detran/RN, se uniram para burlar licitação que ocorrerá amanhã na autarquia estadual e cujo objeto de certame é o serviço de registro de contrato de veículo, que vinha sendo feito pela Planet, contratada em regime emergencial.

A afirmação é do promotor de Defesa do Patrimônio Público, Eudo Rodrigues, que espera que a administração do Detran cancele a licitação, “porque o MP recomendará a suspensão”, antecipou Rodrigues em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (24)

A descoberta de mais uma fraude foi feita hoje, durante busca e apreensão no escritório de George Olímpio. “Duas empresas que supostamente seriam concorrentes fizeram acerto financeiro. Naturalmente, as propostas evidenciam que há uma fraude em curso na licitação que ocorrerá amanhã”, afirmou o promotor de Justiça.

Criada após o insucesso dos registros em cartório, a Central de Registro de Contratos do Detran/RN firmou convênio em regime emergencial a Planet Business, empresa paranaense e que operou no Estado emprestando seu CNPJ a George Olímpio, evitando o recolhimento de Imposto Sobre Serviços (ISS).

As taxas cobradas chegavam a mais de R$ 800,00. Atualmente, elas foram fixadas em R$ 112,00. Para o MP, isso configura a permanência da fraude: “O esquema todo foi descoberto, mas continua vigorando”, frisou Eudo Rodrigues.

Fonte: Nominuto

Uern expulsa três estudantes de Medicina que fraudaram processo de seleção

do Uol

A Uern (Universidade Estadual do Rio Grande do Norte) inicia nesta quinta-feira (20) a matrícula de estudantes que herdaram as vagas de três ex-universitários expulsos do curso de medicina por fraudes no sistema de cotas para alunos de baixa renda.

Segundo a universidade, os três alunos foram desclassificados e tiveram as matrículas anuladas depois que a Comperve (Comissão Permanente de Vestibular) descobriu que eles forjaram a renda das famílias para ingressarem no curso por meio das vagas destinadas a pessoas pobres. Os alunos estavam matriculados em vagas destinadas a estudantes oriundos de escolas públicas, e dois deles já cursavam nas turmas iniciadas em 2009 e 2010.

Agora, com a expulsão dos universitários, a Uern reabriu as três vagas e chamou o primeiro classificado de cada vestibular ocorrido nos últimos três anos. Estão convocados Ronaldo Cesar Aguiar Lima, aprovado em 2009, Aline Naiara Azevedo da Silva, em 2010, e Amadeu Benicio Leite, em 2011.

Os três convocados devem apresentar a documentação necessária, de acordo com o edital do Processo Seletivo Vocacionado, para matrícula nesta quinta-feira ou na sexta-feira (21), na secretaria da Faculdade de Ciências da Saúde (FACS). Os universitários já começam a cursar medicina no 2º semestre letivo da Uern, programado para iniciar no dia 16 de novembro.

Do blog: A prática por aqui já é recorrente. Semelhante caso aconteceu na UFRN, que também se mobilizou e puniu os engraçadinhos que burlaram o sistema de seleção da universidade.