José Vanildo "eu não sei mais em quem acreditar no Governo do RN"

Essa permuta do JL vai dar ainda muita zuada, e o mundo do futebol promete se mobilizar. A imprensa esportiva já se mostrou contra. Acredito até que o América e o Alecrim vão se pronunciar. Não se discute a importância e a necessidade de um hospital na Zona Oeste da Capital. O que se discute é menos uma praça esportiva na cidade.
Se o JL não tem jeito é porque o governo não quis, se quisesse já estava em andamento um pequena reforma para deixar o estádio apto a receber de duas a três mil pessoas, deixando o velho estádio charmoso e bonito.

Segue reportagem da Tribuna do Norte:

O local onde está encravado o Juvenal Lamartine (JL) pode realmente virar uma moeda de troca para o governo. Mas se depender da vontade do Procurador-Geral do Estado, Miguel Josino, a permuta não seria para construção de um novo estádio de futebol, mas sim de um hospital na Zona Oeste da cidade. A ideia lançada na semana passada, não agradou ao presidente da Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF), José Vanildo, que já ouviu três versões diferentes sobre o destino do JL e disse que não sabe mais em quem acreditar.

Alex RégisÁrea do estádio Juvenal Lamartine pode ser tomada por espigões em troca da construção do hospital

Miguel Josino afirmou que a procuradoria vem identificando vários imóveis pertencentes ao Estado e que não se encontram com uso público adequado, além do mais, muitos dos quais estão passíveis de sofrer invasões. Quanto ao Juvenal Lamartine, o procurador deixou se esgotar todas as tentativas de reforma ou reconstrução do velho estadio para apresentar essa nova proposta.

“Muito mais que uma promessa de campanha da governadora Rosalba Ciarlini, realizar a permuta daquela área do JL para a construção de um novo hospital para atender melhor a população da Zona Oeste da nossa cidade é uma solução de função social para uma área que está em estado de abandono e não tem mais condições de ser reaproveitada para o antigo fim, como o Crea-RN, já disse, os técnicos de governo e outros profissionais da engenharia civil que foram consultados sobre o tema”, ressaltou Josino.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flordelyz disse:

    Quero aqui deixar um pequeno desabafo, se o povo não tem memória, vão piorar, pois o Juvenal Lamartine faz parte da nossa História. Nossos filhos, netos e descendencia não mais saberá nada de nossa Cidade. Enquanto tem cidades brasileira que preserva sua história o poder público do RN acaba com essa HISTÓRIA. Veja João Pessoa/PB, Mossoró/RN e etc. O Juveanl Lamartine é do tempo (mesma data ) da escola Doméstica, Hosp. das Clinicas, casa do Gov. da época era o que hoje a escola doméstica que só se chegava lá em cavalos, pois era de dificil acesso. Vamos salvar nossa história e não deixar Matar o Juvenal Lamartine (antes foi um lugar a onde se recuperava jovens e fazendo bons profissionais como Ártifice). Bjs

  2. Lao ming disse:

    Caro Bruno, melhor seria trocar o Jl em um penitenciaria de segurança máxima, acatando sugestão da área de seg do estado. Logo, logo teria lotação esgotada.

  3. Romeiro disse:

    Se a moda pega, ficaremos sem o terreno na ANORC, lá em Parnamirim, o terreno na Romualdo Galvão (onde se diziam que construiriam um teatro e hoje é ocupado pela PM), ficaremos sem o terreno do AERO CLUB… tudo isso com a desculpa de se construir, Hospitais, Escolas, etc.
    Eita RN! tu és uma "caixinha de surpresa"!

  4. @borgesneto12 disse:

    Essa ideia mirabolante é eleitoreira e fora de contexto. Pena que tenha vindo à baila por um respeitável Procurador do Estado. Acho que o mesmo não é fã do futebol ou de qualquer esporte. Construir um, dois, três, duzentos hospitais, é ótimo para a população, seja em Natal, Mossoró, Parelhas ou qualquer outra cidade potiguar. Mas o finado JL era um bem destinado ao esporte. Então, já que não houve possibilidade (ou foi vontade?) de reformá-lo, que se permute e se construa um próprio destinado ao futebol. Ou os desportistas merecem ficar órfãos? Sugestão ao ilustre Procurador: Por que não nos preocupamos em fazer os hospitais e postos de saúde já existentes funcionarem a contento, com profissionais, medicamentos e procedimentos que atendam bem a população 24 horas por dia? #ficaadica

Professores não voltam e "governo não tem clareza administrativa"

Blog de Anna Ruth:

Os deputados estaduais reagiram as declarações do Governo que anunciou que entrará com ação pedindo a inconstitucionalidade dos planos de cargos carreiras e salários.

“Será que são inconstitucionais também os planos do Ministério Público, do Tribunal de Justiça, do Tribunal de Contas do Estado, da Assembleia Legislativa. Por que são inconstitucionais apenas os planos do Executivo?”, analisou o deputado estadual Fernando Mineiro (PT), afirmando que a política do Governo “não tem clareza administrativa”.

O petista observou que no primeiro momento o Governo do Estado afirmou que não tinha como oferecer reajuste devido a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Primeiro disse que era uma questão de problema financeiro, depois o Governo afirmou que não daria o reajuste dos servidores por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal, agora o Governo diz que não dará o reajuste porque o plano é inconstitucional. O Governo a cada semana muda de argumento”, destacou.

Do Blog:  Os professores da rede estadual de ensino não aceitaram a nova proposta apresentada pelo Governo do Estado nesta terça-feira (14) e continuam em greve por tempo indeterminado. A categoria decidiu quase por unanimidade pela continuação do movimento grevista em assembleia realizada esta tarde na Escola Estadual Winston Churchil, no Centro da Cidade.

Falta de interesse adia licitação para o Projeto Seis & Meia

A licitação aberta pela Fundação José Augusto para empresas e produtores culturais interessados em assumir a realização do Projeto Seis e Meia foi adiada para o próximo dia 27 de junho. A previsão era receber propostas até ontem, mas apenas uma empresa enviou proposta para o setor de licitações da FJA para participar do pregão presencial.

De acordo com o edital publicado, R$ 400 mil estão em jogo: R$ 300 mil para shows nacionais e locais do Seis e Meia em Natal e Mossoró, mais R$ 100 mil para apresentações musicais  durante o mês de agosto, período que o Governo Estadual pretende realizar grande evento alusivo às comemorações do Dia Mundial do Folclore para transformar Natal na capital mundial da cultura popular.

“Vamos seguir o que determina a legislação, e republicar o edital para novo pregão presencial daqui a, no mínimo, oito dias úteis”, adiantou Rômulo Robson, do setor de licitações da Fundação. “Como temos as festas de São João nesse período, a nova data deve ficar para o próximo dia 27 de junho”, disse. Rômulo não informou o nome do único proponente que entregou proposta para realizar o Seis e Meia nos próximos oito meses.

Será muito difícil aparecer outra empresa, essa verba não tem condições de se manter o Seis & Meia num nível que ele merece.

Miguel Josino indignado com as acusações do Sindicato dos Policiais Civis

Tribuna do Norte:

O procurador-geral do Estado, Miguel Josino, mostrou-se indignado com denúncias do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) feitas na manhã desta quinta-feira, 9. Para ele, as declarações dos agentes e escrivães são “caluniosas, falsas e criminosas”. “Abro mão de todos os meus sigilos para provar que não recebi um centavo. As denúncias são uma forma de retaliação porque pedi a ilegalidade da greve da categoria”, disse o procurador-geral no final da manhã de hoje.

Josino ressaltou a necessidade de transparência e se colocou a disposição do Ministério Público Estadual para quaisquer indagações. “É meu dever como servidor prestar esclarecimentos. Estou à disposição do MP caso seja necessário”, afirmou.

Ele reiterou a visão sobre a motivação da denúncia. “Exerci minha atividade institucional pedindo a ilegalidade da greve. Dos oito pontos da pauta, nos propusemos a cumprir imediatamente seis deles. E a proposta não foi aceita”.

Ao classificar as declarações do Sinpol como irresponsáveis, o procurador-geral reconheceu a aprovação do crédito suplementar. “Aprovado não significa implementado. A aprovação foi um pleito da Associação dos Procuradores, da qual faço parte, e o direito já foi garantido pelo STF e pelo CNJ”, argumentou.

Josino explicou que o valor apontado pelo Sinpol de R$ 594 mil faz referência a um pagamento atrasado que todos os procuradores e promotores de Justiça do país têm direito. Ele acrescentou a informação de que os magistrados da PGE são impedidos por lei de receber auxílio transporte e auxílio moradia.

O pedido da ilegalidade da greve da Polícia Civil ocorreu na terça-feira passada. Na oportunidade, Miguel Josino Neto disse que, por determinação da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) estaria sendo suspenso o pagamento dos salários dos agentes e escrivães da Polícia Civil, paralisados desde o dia 17 de maio.

Do Blog: Miguel Josino na prerrogativa de Procurador Geral do Estado, tem a obrigação de defender os interesses do Estado e cumprir as ordens da Governadora. Acredito que o Sinpol mais uma vez exagerou na medida, assim como, no caso em que ocuparam a Governadoria que a Presidente do Sindicato, afirmou que se preciso fosse, teria troca de bala com BP Choque.

Governo vai a justiça contra os Policiais Civis

Tribuna do Norte:

O governo do Estado decidiu pedir na Justiça, ainda hoje, a declaração de ilegalidade da greve da Polícia Civil, que se arrasta há 20 dias. “A partir do  ajuizamento  da ação civil pública vamos apurar as faltas e cortar o ponto dos servidores grevistas”, anunciou, ontem à tarde, o procurador geral do Estado, Miguel Josino Neto, durante uma coletiva com a imprensa no auditório da Governadoria.

Miguel Josino Neto disse que, por determinação da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) será suspenso o pagamento dos salários dos agentes e escrivães da Polícia Civil, que entraram em greve no dia 17 de maio, em virtude do impasse em que se encontra a negociação entre a categoria e o governo.

Josino Neto afirmou que o  governo faz um apelo para que os policiais em greve voltem ao trabalho, “para não dizer que é intransigência” e também “para garantir volta à mesa das negociações”.

Para o procurador, conciliação “implica em concessões” das duas partes “e significa em ceder e avançar em outros aspectos”. Por isso, a decisão do governo em ajuizar uma ação numa das Varas da Fazenda Pública da Comarca de Natal “não se trata de estado de animosidade e intransigência em relação à greve, reconhecida como direito dos servidores pelo governo”.
O governo está confiante numa decisão judicial favorável à decretação da ilegalidade da greve, pois o próprio Josino Neto informou que nas greves  da Polícia Civil de 2007 e 2010, a Justiça também decidiu pela sua ilegalidade.

(mais…)

Governo do RN gasta em maio mais de R$ 1 Milhão só em diárias

Tribuna do Norte:

Nos últimos quatro meses, o Governo do Estado aumentou em 15 vezes o valor gasto com diárias de pessoal. Em fevereiro o Executivo destinou R$ 84.585,38. No mês de março o gasto subiu para R$ 554.046,34 e abril alcançou o valor de R$ 978.352,08. Em maio, foi pago R$ 1.293.661,60 em diárias.

Na folha do mês de maio foi da Secretaria Estadual de Saúde os maiores gastos, chegando a R$ 200.560. A Polícia Civil recebeu R$ 190.590 para diárias e a Secretaria de Educação foram destinados R$ 162.910.

A Secretaria de Interior Justiça e Cidadania gastou R$ 117.930. O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) destinou no mês de maio R$ 50.480,00 com diárias. A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos empregou R$ 37.865,00 em diárias.

Os gastos do Executivo com diárias surpreendem porque há 15 dias a governadora Rosalba Ciarlini reuniu todos os secretários e pediu redução nos gastos. Ela chegou a afirmar aos auxiliares que eles deveriam definir as prioridades porque o orçamento não teria como ser todo cumprido. O secretário chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, disse em entrevista disse que o Governo havia identificado um déficit de R$ 180 milhões apenas na folha de pessoal.

“O Estado não tem condições financeiras para cumprir o orçamento. Estamos com um orçamento irreal. Se projeta um déficit milionário”, disse, logo após a reunião, Paulo de Tarso Fernandes. Ele afirmou que a governadora Rosalba Ciarlini pediu unidade dos auxiliares e uma “reescrita do orçamento”.

A contenção de gastos também é usada o principal argumento da governadora Rosalba Ciarlini para não conceder reajuste aos servidores públicos estaduais, onde seis categorias estão em greve (Polícia Civil, Detran, Fundação José Augusto, Emater, Jucern e Educação).

Secretário explica aumento da despesa

(mais…)

Atual Secretário Thiago Cortez chama gestão passada de lenta e "caloteira"

Os ânimos da oposição e situação definitivamente estão à flor da pele. Basta uma faísca, ou um tuíte, para a coisa explodir.

Foi o que aconteceu na manhã de hoje entre o atual titular da Secretaria de Cidadania e Justiça (Sejuc), Thiago Cortez, e o antecessor da pasta, Leonardo Arruda.

Tudo começou com um post…

Arruda repercutiu em sua conta no microblog matéria da Tribuna do Norte dando conta de que Ministério Público instaurou inquérito civil para apurar lesão ao direito à segurança pública no município de Lajes.

A situação por lá é a seguinte: preocupa, como em todo o resto do Estado, a superlotação de presos em delegacia. O fato por si só era suficiente para chamar atenção da atual administração. Então, Leonardo Arruda seguiu com mais um comentário.

“@tribunadonorte Enquanto o MP questiona presos na Del. Lajes, processo da Cadeia,de 126 vagas, está parado na Sec Infraestrutura há 148 dias”, postou em seguida o ex-secretário. Foi o estopim. Cortez devolveu.

“@leonardo_arruda As verbas da Cadeia de Lajes, Macau e Ceará-Mirim estão nos cofres do RN desde 2008 e a gestão anterior nunca executou isso”, postou Thiago. Jogou pimenta nos olhos de Arruda.

Imediatamente, uma série de posts dirigidos a Thiago se desdobraram. Todos poderiam ter sido resumidos em um: “@thiagocortezadv Não transferi nenhuma culpa à SEJUC, nem à sua administração. Citei um fato real, da tramitação lenta na SIN [Secretaria de Infraestrutura]”.

Thiago, mais à frente, soltou uma: “A dívida deixada na SEJUC é de R$ 26 milhões. Muitas vezes passo o dia atendendo fornecedores e proprietários de imóveis que nada receberam”. Arruda se calou.

O mimimi todinho não explicou quando a Cadeia Pública de Lajes será entregue e resolvido, então, o problema da segurança na cidade.

Secrétario Domício Arruda desmente o Secrétario da Prefeitura Antônio Luna

Nominuto.com

O secretário estadual de Saúde, Domício Arruda, desmentiu ao Nominuto a declaração dada pelo titular municipal de Planejamento, Fazenda e Tecnologia da Informação (Sempla), Antonio Luna sobre o financiamento e manutenção das UPA’s.

“Não houve nenhuma audiência. Ele sequer nos procurou”, disse Arruda.

Mais cedo, também ao Nominuto, Luna havia afirmado que a Prefeitura do Natal e o Governo Federal estavam subsidiando sozinhos as Unidades de Pronto Atendimento do município (uma está em desenvolvimento), não contribuindo com a parcela de 25% que lhe é pertinente.

“Vocês tiveram diálogo com o alguém do Governo do Estado?”, indagou a reportagem, ao que Luna respondeu: “Já falei com o secretário da Casa Civil [Paulo de Tarso], e com o de Saúde [Domício Arruda] ”. “E o que eles disseram?”, questionou o Nominuto. “Que não tinham dinheiro”, devolveu o titular da Sempla.

Para ser mantida, a UPA de Pajuçara demanda R$ 990 mil por mês. A gestão tripartite determina que União entre com 50% e Estado e Município 25% cada um. Estranhamente, pelo declarado por Luna, o Governo Federal tem investido R$ 280 mil, ou 28%. A Prefeitura do Natal estaria subsidiando os 72% restantes.

Hoje (03) no Diário Oficial do Município (DOM), crédito suplementar de R$ 1,6 milhão foi aberto à Secretaria Municipal de Saúde para pagamento de última parcela (de R$ 4,5 milhões) para a UPA da Cidade da Esperança.

Domício Arruda explicou que, com efeito, o Estado deve custear 25% dos gastos da UPA, mas também lembrou a dotação orçamentária.

“Estamos executando o orçamento aprovado no ano passado, no qual não foi incluída essa parcela. Agora posso garantir que no PPA (Plano Plurianual) o qual estamos desenvolvendo, esses gastos estão garantidos”.

Patrocínio do Governo do RN para os clubes pode não sair

Reprozudo post do Blog de Laurita Arruda:

Ricardo Wagner Alcântara é Procurador da Fazenda Nacional  e integrante de primeira hora do Marco, mas é como cidadão seu questionmento sobre o repasse de verba estadual para clubes de futebol.

Eis a representação:

REPRESENTAÇÃO

Eu, RICARDO WAGNER DE SOUZA ALCÂNTARA, brasileiro, servidor público, no pleno gozo de meus direitos políticos (Título de Eleitor nº 107641616/00) e considerando:

I – que é fato público e notório que a Exma. Governadora do Estado, Sra. Rosalba Ciarlini, prometeu o repasse de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) ao ABC FUTEBOL CLUBE, ao AMÉRICA FUTEBOL CLUBE, ao ALECRIM FUTEBOL CLUBE e ao SANTA CRUZ sob  pretexto de auxiliar no custeio de suas respectivas participações nas Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro (vide reportagem Tribuna do Norte em anexo);

II – a impossibilidade de acompanhamento da destinação de tais recursos e de improvável e abstrata finalidade pública, bem como tendo em conta que, após a doação, o uso do dinheiro público ocorrerá ao exclusivo alvedrio dos dirigentes de tais clubes – pessoas jurídicas de direito privado –, cuja contabilidade não se sujeita a controle público;

III – que a doação a clubes de futebol representa absurda e inaceitável inversão de prioridades, em detrimento de setores essenciais como educação, saúde e segurança pública que enfrentam aguda crise no Estado do Rio Grande do Norte;

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Epitácio Belém disse:

    O Sr.Ricardo não está mais do que exercendo o seu direito de cidadão, o que também deveríamos fazer. Acho que propaganda em time de futebol que vai jogar nos quintos do inferno não vai acrescentar em nada ao nosso estado. Tenho certeza que se o cidadão Ricardo soubesse de anistia de IPTU para o América também teria tido o mesmo comportamento, coisa que o colega acima não teve (é bom lembrar que o estado vai gastar uma pequena fortuna no JL para o Mequinha jogar). Espero que essa iniciativa sirva de gatilho para tantas outras, e que não precisam ser tomadas por um advogado ou procurador e sim por qualquer cidadão exercendo seu direito de contribuinte.
    Dinheiro público é para ser gasto de forma responsável e quem não concordar tem que reclamar!!! Já vivemos na mediocridade há quinhentos anos e não quero que isso se perpetue.

  2. George Nery disse:

    Embora o estimado professor Ricardo Wagner esteja imbuído dos mais valorosos propósitos, o fato é que a representação parte de um pressuposto equivocado: o de que a verba se trata de doação aos clubes, o que não se confirma já que se trata de contraprestação pelo fato dos clubes estamparem a logomarca do Governo em seus uniformes. Fora isso o que há é a conveniência administrativa (escolha motivada do gestor), fora do âmbito dos órgãoes de controle do Estado.

  3. Thiago disse:

    Brincadeira a atitude do torcedor, com se impedir o repasse da verba aos fosse melhorar em alguma coisa a saúde, educação, ou transporte e a segurança pública. Então saiam aos clubes da visibilidade, não invistam mais, porque o estado irá resolver todos os nossos problemas. Brilhante idéia!

  4. Com toda razão essa ação. Uma instituição governamental não tem o direito de tirar verba oficial e prioritária de seu povo para incrementar clube de futebol que tem caráter de cunho profissional. Enquanto o esporte amador que é de direito, nem água…..

  5. PASTEL disse:

    Interesante, VERBA DE PUBLICIDADE É DE PUBLICIDADE!
    VERBA DE SAÚDE É DE SAÚDE! E, ASSIM , por diante.
    Já que o sr. Ricardo alcantara é procurador da Faz, nacional, PQ, NÃO VAI FISCALIZAR RICARDO TEIXEIRA, DONO DO FUTEBOL NACIONAL?
    O sr sabe quantos EMPREGOS O FUTEBOL OFERECE? QUANTOS POSTOS DE TRABALHO?
    Se dá isençao de impostos por 150,200,……..empregos com direito a placas e tudo mais!
    SR. se não poder ajudar, NÃO ATRAPALHE!
    EXISTEM COISAS MAIS RELEVANTES PRA FAZENDA PUBLICA FISCALIZARRRRRRRRRRRRRR!!!!!!!!!!!

  6. @borgesneto12 disse:

    Por que Dr. Ricardo Alcântara, que é Procurador da Fazenda Nacional, também não se preocupa com a verba federal que doada pelo governo do PT a ONG's não sei das quantas para fazer não sei o quê, que sai pelo ralo da corrupção via assessorias?… O Governo do RN vai patrocinar os clubes estampando a marca da Copa/14 aqui em Natal. Só isso.

  7. George disse:

    Não concordo com patrocinio aos clubes como investimento em divulgação do RN.
    Para fazer propaganda, que pegue o R$ 1 milhão e coloque em midia no interior de SP. Dá muito mais resultado para o nosso turismo.

    Acho que incentivo, através de um programa de trocas de notas fiscais por ingressos seria o mais coerente.
    1 – Ganhará mais aquele clube que mais motivar os seus torcedores a comparecer ao estádio, melhorando o espetáculo (que é o time em campo e a torcida na arquibancada);
    2 – Ganhará o governo que ampliará o poder de fiscalização, pois os próprio consumidores fariam a exigência da nota;
    3 – E o mais importante, ganhará aquele torcedor de baixa renda que não tem condições de bancar R$ 30,00 em um ingresso de futebol, promovendo a socialização através do lazer….

  8. andrey disse:

    tem um porém, o governo não ta "dando" de graça o dinheiro, e sim os clubes estampam em suas camisas a propagana do governo, muito PIOR É QUANDO O GOV e PREF. PAGAM MILHOES AS EMPRESAS DE PUBLICIDADE, RÁDIO E TVS , com propagandas MENTIROSAS .

  9. izael disse:

    MUITO BEM , É DE PESSOAS COM ESSE TIPO DE PENSAMENTO QUE PRECISAMOS, POIS SÓ ASSIM AINDA TEREMOS ALGUMA ESPERANÇA DE PELOMENOS UM ATENDIMENTO MÉDICO DE QUALIDADE.

  10. beto costa disse:

    Perfeito. Se todo cidadão, inlcusive, a minha pessoa, fizesse o que esse senhor está fazendo, não teriamos o quadro vergonhoso que o RN e Natal se encontram.

  11. Luiz Carlos disse:

    Quer aparecer, pois existem tantos desmandos na gestão pública, como exemplo temos a administração de Wilma de Farias e Iberê e atualmente a de Micarla de Sousa, pergunto a este procurador o que foi que ele fez para questionar o ROMBO financeiro que ficou? Quem vai pagar? a população com aumento de impostos?

  12. Eugenio Dantas disse:

    Só tenho a dar os meus sinceros parabéns para a atitude do corajoso Ricardo Wagner.

    Nada contra o futebol profissional norteriograndense em si, mas já era tempo de aprenderem a andar com as próprias pernas (embora com os pés não tenham feito grandes progressos).

    A propósito, em tempos de vacas magras na saúde, educação, segurança e na moralidade pública, dinheiro do Erário para tais destinações, assim como para festas e mídia, deveriam ser reduzidos ao máximo, pois não cumprem os objetivos principais (informar a população), servindo mais para a promoção pessoal do político.
    Seria uma boa medida representações como estas em outras searas…

  13. Higor disse:

    Muito bom. Todos ficaram indignados, mas ninguém sabia como proceder. Espero que dê certo que tudo seja devidamente apurado.

Governo do RN: Reunião de canto nenhum para nenhum canto

Se o final da reunião da Governadora de duas horas com o seu secretariado, foi o que a imprensa esta divulgando, cortes nos custos, aperto da máquina, obrigação de cumprir a Lei de responsabilidade fiscal, cumprir o que prometeu em praça pública durante o período eleitoral e no final um apelo para os grevistas ajudarem o governo e voltarem a trabalhar porque reajustes não vão ter, fica a impressão na verdade que foi uma reunião para discutir o mais do mesmo. Todo governante independente de momento, tem essas obrigações e deve cobrar sempre dos seus auxiliares esses cronogramas realizados e cumprir o que prometeu em praça pública. O que mais chama a atenção segundo o que o  próprio governo divulgou, é que o assunto do momento, o caos do momento, que são as greves,  vão ficar do jeito que estão porque não se pode infringir a lei de responsabilidades. Se a reunião foi isso que anunciaram, minha preocupação aumenta ainda mais. O vácuo aumentou ainda mais.

Copiando algumas frases da do blog da amiga Thaisa Galvão:

*Portanto… Grevista que decidiu que sem aumento não volta ao trabalho, pode ir se preparando para continuar em casa.

*E estudantes da rede pública estadual continuarão em casa…

*E doentes que precisam de saúde pública estadual… Vai ter que rezar para conseguir um atendimento…
*E os policiais civis e servidores do DETRAN e Tributação, vão continuar quietinhos, sem trabalhar…

Como podemos ver, a reunião foi muito produtiva e dela saiu muitas decisões importantes, como as continuações das Greves. Viva a visão momentânea do governo rosado

 

Boa vontade e humildade ajudariam a resolver a emergência das greves no RN

A situação do funcionalismo estadual é tão grave que, se o governo da Rosa não cuidar logo, corremos o risco de um apagão total no Estado. Os Professores da UERN podem entrar em greve dia 31. A Central do Cidadão para amanhã, parte dos médicos já está parada. Ontem, bombeiros e policiais militares deram 30 dias para o governo se pronunciar sobre reinvindicações das categorias. Nunca é tarde lembrar que hoje temos o Detran, Polícia Civil, Tributação e Educação totalmente parados.

Não adianta falar que não foi esse governo que programou os planos de cargos e atendeu as reivindicações das categorias.

A Base de sustentação do Governo na Assembleia hoje votou toda a favor desses ganhos das categorias. O Atual Vice-Governador, Robinson Farias, era o Presidente da AL quando esse projeto do funcionalismo foi aprovado. Quando a Governadora ganhou a eleição sabia desse pepino e, o seu Vice, sabia mais do que ninguém.

Por que em praticamente cento e oitenta dias não conseguiram fazer uma negociação sequer com nenhuma categoria? Por que o Secretário do Gabinete Civil insiste em olhar para o funcionalismo de cima para baixo?

Vale ressaltar que nunca um governo do RN aumentou tanta a arrecadação de ICMS em tão pouco tempo, como o atual. O limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal é muito importante. O governo não pode ultrapassar, mas o problema maior que estamos vendo não é a falta de dinheiro, e sim uma boa dose de humildade e de boa vontade. Se não tem para agora, negocie para frente, mas resolva o problema. O que não pode é os bestas do RN todo pagar por falta de negociação com as categorias de uma forma geral.

 

Demétrio Torres diz que Henrique está "desinformado" sobre a copa

Pronto, agora o secretário da Copa Demétrios Torres, confirmou ao reporter Alisson Almeida do Nominuto.com que, o Deputado Henrique Alvez está desinformado. Aí eu pergunto, quem está informado? O Secretário? Quando o Machadão cai secretário e quando começa a construção do Arena das Dunas?

Segue reportagem no Potal Nominuto.com:

O titular da Secretaria Extraordinária para Assuntos da Copa (Secopa), Demétrio Torres, rebateu as críticas feitas pelo deputado federal Henrique Alves, líder do PMDB, que cobrou “providências” e “fatos concretos” do Governo do Estado e da Prefeitura de Natal para garantir a realização do evento esportivo na capital potiguar.

Para Demétrio, Henrique deve estar “desinformado” sobre as “providências que o governo tem tomado” para realização da Copa 2014. “As obras de mobilidade urbana que são responsabilidade do governo estão andando. Já publicamos o edital de licitação para continuação das obras de prolongamento da Avenida Prudente de Morais, que o governo passado licitou incompleto, faltando dois túneis. A abertura da proposta está prevista para 7 de junho”, explicou.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Breno Cardoso disse:

    ele está desinformado e está iludindo uma ruma de gente com oratória e palavras bonitas e convincentes

Ameaçou Mesmo!!!!

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Isso é um absurdo! declaração muito infeliz por parte dessa senhora.

    • João dos Anzois disse:

      Infelizmente no RIO GRANDE DO NORTE só se consegue seus direitos na base da "ZUADA"! Ou se "coloca a boca no trombone" ou não se consegue pelo menos ser ouvido. Infeliz ou não, a declaração chamou atenção e eles serão ouvidos. Parabéns Presidente, vamos combater essa oligarquia arcaica e sem compromisso que insiste em governar mal o nosso estado.

Elas duas são Rosalba e Micarla

Foto Demis Roussos

Elas são mulheres, determinadas e guerreiras. São simpáticas e populares. Elas duas venceram as eleições contra LULA, se elegeram na oposição ao Governo que estava no poder, assumiram em cima de muitas expectativas. Depois que assumiram passaram o tempo todo falando dos governos anteriores, tiveram sérios problemas administrativos no início, tiveram rotatividades de secretários, problemas com o funcionalismo público. Elas são muito amigas de DILMA. Elas duas são Micarla e Rosalba, as duas maiores e grandes renovações da política potiguar dos últimos 20 anos.

Não me lembro de ter visto dois governos começarem tão parecidos, como o de Rosalba e Micarla. O de Rosalba está só no início, tem muito tempo pela frente. Mas que começou igual começou. Vamos torcer que mude o prumo porque se não o povo não agüenta lá e cá…….

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. pedro, vc tem algum cargo comissionado?

  2. Pedro Melo disse:

    Acredito na competencia das duas e na vontade e objetivo delas em ajudar no desenvolvimento do estado e capital.