Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão será reaberto nesta terça-feira

19244Nesta terça-feira (17), a partir das 8h30, a Fundação Cultural Capitania das Artes estará reabrindo ao público o Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, localizado na Praça Augusto Severo, na Ribeira.

O Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão proporciona uma leitura geral da cultura da tradição do nosso Estado, apresentando a exposição de longa duração denominada de ‘Atos de Memória: tradição e cultura do povo potiguar’, que está dividida em quatro módulos: O mundo encantado dos folguedos e das danças tradicionais do RN; O mundo mágico: encantos e encantamentos do João Redondo; Saberes e fazeres do povo potiguar e Atos de memória: arte, fé e religiosidade do povo.

O Estado do Rio Grande do Norte é privilegiado em matéria de danças da tradição popular folclórica. O RN mantém vivo os quatro grandes autos populares: Boi, Fandango, Chegança e Congo. E, ainda, Lapinha, Pastoril e Caboclinhos. Além de um grande número de danças populares, desde o Zambê de Tibau do Sul (uma referência nacional) à Sociedade Araruna, única no Brasil, orgulho dos potiguares.

O Museu de Cultura Popular passou por uma reestruturação e reforma que envolveu diversas secretarias da Prefeitura do Natal. Todo o trabalho de pesquisa foi desenvolvido pela equipe da própria Funcarte.

Coronel João Pessoa: Município terá que reabrir prazo de recurso

A Prefeitura de Coronel João Pessoa e o Instituto de Treinamento, Capacitação e Seleção de Pessoal (ITCSPPB) terão que reabrir o prazo para a interposição de recurso por parte dos candidatos do concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva do quadro funcional do município. Foi o que determinou a Justiça ao deferir ação civil pública movida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de São Miguel – que abrange o município de Coronel João Pessoa.

A Prefeitura e o instituto também deverão disponibilizar aos candidatos a vista dos gabaritos das provas objetivas, a consulta aos espelhos das provas subjetivas e a nota de todos os candidatos classificados.

Para o caso de inexistir candidatos classificados, os motivos para a desclassificação terão que ser divulgados. O prazo para a interposição de recurso deverá ser aberto logo após a divulgação da pontuação, no prazo máximo de cinco dias. A Justiça estipulou multa diária de R$ 500 até o limite de R$ 100 mil a ser aplicada em caso de eventual descumprimento.

Indícios de ilicitude

O MPRN encontrou indícios de ilicitude na contratação da empresa para realizar o certame (ITCSPPB). Em face disso, foi ajuizada uma ação civil pública cautelar de busca e apreensão com pedido liminar (nº 0100744-15.2013), visando a obtenção de cópias de todos os cartões-respostas dos candidatos participantes do referido concurso.

No dia marcado para a realização do concurso (29/9/2013), o contratado aplicou as provas objetivas e subjetivas e o MPRN fotocopiou os cartões-respostas dos candidatos, como garantia da lisura do certame.

Na divulgação do resultado das provas objetivas e subjetivas, com a convocação dos candidatos de nível superior para a prova de títulos, só havia 16 candidatos classificados – em um concurso que teve 926 candidatos inscritos. O edital 008/2014 ainda previa 10 como nota máxima a ser atribuída ao candidato e foram divulgadas notas superiores ao estabelecido no edital de publicação do resultado. Além disso, os candidatos classificados ou desclassificados não tiveram a oportunidade de ver os gabaritos, espelhos de prova e nem a nota individual atribuída.

Por interino via MP-RN

Agências bancárias reabrem nesta quinta

As agências bancárias abrem normalmente hoje (2), depois de ficarem fechadas nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos ( Febraban) as contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e os carnês que vencerem no período em que os bancos ficaram fechados podem ser pagas hoje (2), sem multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados federais, estaduais e municipais.

Os bancos devem ter guichês de caixa para atendimento em todas as suas agências. Mas para evitar filas de espera, após o feriado, a orientação dos bancos é que os clientes usem, quando possível, serviços eletrônicos, como máquinas de autoatendimento, internet e telefone, por exemplo.

Segundo a Febraban, há concentração de clientes nas agências nos primeiros e últimos dias úteis do mês, após feriados e nos horários de abertura e fechamento de agências.

Agência Brasil

Reabertura da venda de ingressos da Copa tem problemas

 13315130O torcedor que tenta comprar ingressos para a Copa do Mundo de 2014 enfrenta dificuldades nesta segunda-feira. A Fifa reabriu a venda de entradas a partir das 9h (de Brasília), somente por meio de seu site (www.fifa.com/ingresso). Nesta fase serão disponibilizados bilhetes para 57 dos 64 confrontos.

Há muita lentidão e pedido de desculpas pela falha em carregar a página no site. A Folha não conseguiu acessá-la. Torcedores também relatam a impossibilidade de compra.

Diferentemente da etapa anterior, quando havia sorteio, nesta os torcedores farão a compra direta do bilhete desejado. Isto significa que quem chegar antes e fizer o pedido obterá o ingresso desejado na hora. Neste caso, porém, também é necessário já ter preenchido o cadastro no site da Fifa.

Não serão vendidos nesta fase ingressos para a final, semifinais, para a oitava de final em Belo Horizonte nem para os três jogos do Brasil da primeira fase.

Para essas partidas, os torcedores poderão voltar a comprar a partir do dia 8 de dezembro, quando a Fifa reabre as vendas para todos os jogos do Mundial. Nesta fase, haverá sorteio novamente.

No entanto, quem esperar para comprar na 3ª fase terá uma vantagem: já saberá quais países irá assistir. Isso porque o sorteio dos grupos da Copa acontece em 6 de dezembro, na Bahia.

Esta terceira fase de venda será válida até o dia 30 de janeiro de 2014.

132001277

Folha

Setor de Precatórios reabre hoje

O setor de precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte está fechado desde o dia 10 de janeiro, quando a então chefe do setor, Carla Ubarana, foi exonerada. Após 30 dias de suspensão dos trabalhos voltados ao público externo, em razãode investigações destinadas a averiguar irregularidades, o setor de precatórios do TJRN reinicia hoje suas atividades. A nova chefe do setor de precatórios do TJRN é Adamires França, que foi exonerada no dia 16 de janeiro da função de Chefe de Seção de Análise e Registro Contábil para assumir o comando da Divisão de Precatórios.

Segundo a presidência do TJRN, algumas medidas prévias se fazem necessárias para dar total segurança e transparência ao pagamento dos créditos aos respectivos credores, daí porque se iniciam os trabalhos com a convocação de devedores e credores para, querendo, se manifestarem através de seus procuradores, de tal forma que os pagamentos possam reiniciar com absoluta certeza de que não se está preterindo ou prejudicando o direito dos que tem créditos a receber.

Após analisadas eventuais reclamações, serão republicadas as listas e reiniciados os pagamentos. Paralelamente, estão sendo aprovados diversos atos, como Resolução estabelecendo a nova sistemática de pagamento, de forma mais eficiente, além da modernização dos sistemas utilizados, o que dará mais transparência e segurança a todas as etapas do procedimento. Também serão feitas reuniões com todos os interessados, inclusive devedores, Tribunal de Contas e Ministério Público, para apresentação das mudanças e demonstração das medidas de controle orçamentário, financeiro e contábil.

Diário de Natal