Médico que matou bandido não vai se apresentar hoje por problemas de saúde

O médico Onofre Lopes Júnior, de 75 anos, não se apresentou à 5ª Delegacia de Polícia na manhã desta segunda-feira (19). Segundo informações da 5ª DP, o advogado do médico compareceu à Delegacia e apresentou um atestado médico, informando que Onofre Lopes Júnior não irá se apresentar hoje à tarde.

O delegado da 5ª DP, Ulisses de Souza, havia informado na sexta-feira passada (16), em entrevista coletiva à imprensa na sede da delegacia, que o prazo para o médico se apresentar à polícia seria até hoje. O delegado não recebeu a imprensa nesta segunda-feira (19) para tratar sobre que problemas de saúde o advogado alegou para o médico não se apresentar.

As primeiras informações, repassadas por Ulisses de Souza através de um agente da delegacia , dão conta de que o delegado não irá pedir a prisão preventiva de Onofre Lopes Júnior.

Onofre Lopes Júnior foi intimado a se apresentar a polícia após matar o criminoso Julianderson Marcelo da Silva Pereira, de 30 anos de idade, com oito tiros na tarde da quinta-feira passada (19). O caso ocorreu após o bandido assaltar Onofre e levar o seu carro, um Focus azul, na avenida São José, em Lagoa Nova.

Fonte: Tribuna do Norte

Referência no Brasil, médico potiguar ultrapassa a marca de 200 transplantes de medula pelo SUS

Nessas horas dá orgulho, realmente, de ser potiguar. O médico Henrique Fonseca, profissional altamente gabaritado, referência na área de transplantes de medula ultrapassou esse mês a marca de 200 cirurgias para transplante somente em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). O quinto em número de todo o Brasil.

Henrique Fonseca vem desempenhando de forma brilhante os transplantes desde 2004 no Natal Hospital Center. Na época, eram realizados apenas dois procedimentos por mês. Hoje são realizados até sete por mês. O sonho dele é conseguir chegar aos 100 transplantes de medula por ano.

Se depender da vontade dele e da sua equipe médica composta por cerca de 15 profissionais, essa meta será batida.

“O nosso primeiro paciente é vivo até hoje. É um paciente que tinha a mesma doença do Reynaldo Gianecchini. De lá pra cá tivemos vários avanços. A equipe aumentou e já somos referência. Praticamente todos os pacientes estão curados das suas doenças e vivos até hoje. A gente trabalha para salvar vidas e isso que nos motiva”, contou ao blog.

A equipe do médico Henrique Fonseca já é referência na área realizando todos os tipos de transplante. Inclusive, a partir de cordão umbilical, que é utilizado cientificamente para retirada de células tronco.

Esse, aliás, será o próximo grande desafio. Um garoto de apenas 8 anos está sofrendo de um caso raro crônico e bastante agressivo de leucemia, conhecido como Palacemia, que se não for tratado por levar a morte. A equipe médica do doutor Henrique está recebendo essa semana um cordão umbilical dos Estados Unidos para fazer o procedimento no menino.

“Nosso Centro hoje colhe de resultados de padrão internacional grande parte dos pacientes curados. Recebemos pacientes de todo o Norte e Nordeste. A gente está recebendo esse cordão umbilical essa semana dos Estados Unidos para que dê tudo certo, mas nós também enviamos. Nós coletamos amostras de todos os cantos do Brasil e mandamos pra fora. Somos uma referência hoje”, disse.

Atualmente, 99% dos transplantes realizados no Natal Hospital Center são de pacientes do SUS. Henrique Fonseca espera juntamente com sua equipe de médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais continuar ajudando as pessoas e acreditar que essa marca de 200 é apenas uma de várias que serão superadas.

 

Médico tira órgão errado em operação e paciente morre

Uma idosa britânica morreu após um cirurgião inexperiente tentar retirar inadvertidamente o órgão errado durante uma operação, segundo o resultado de uma investigação divulgado nesta semana.

A contadora aposentada Amy Joyce Francis, de 77 anos, seria operada em julho de 2010 para a retirada de um rim afetado por câncer, mas o cirurgião tentou remover seu fígado.

A mulher sofreu um ataque cardíaco fatal após perder uma grande quantidade de sangue e morreu no hospital Royal Gwent, no País de Gales.

Segundo afirmou o urologista Adam Carter durante o inquérito, o rim de Francis seria retirado em uma operação por laparoscopia.

 

Treinamento

Na laparoscopia, é feita apenas uma pequena incisão pela qual são introduzidos câmeras e bisturis, evitando grandes cortes e permitindo uma recuperação mais rápida.

Segundo Carter, como a remoção do rim era em teoria a parte mais simples da cirurgia, ele pediu para um médico em treinamento, que estava acompanhando a operação, fazê-la.

Durante a retirada, porém, o anestesista relatou uma súbita queda de pressão na paciente. Carter disse ter percebido então que o fígado havia sido desligado em lugar do rim.

Dois cirurgiões mais experientes foram então chamados à sala de operações para tentar salvar Francis, sem sucesso.

 

Honestidade

Carter afirmou que como resultado da morte da idosa, os procedimentos cirúrgicos para a retirada do rim por laparoscopia foram levemente mudados em todo o mundo.

Ele disse que já havia realizado esse tipo de operação 20 vezes antes, sem enfrentar problemas.

“Durante uma cirurgia laparoscópica para a remoção necessária do rim direito canceroso, o fígado da sra. Francis foi cortado e identificado equivocadamente e inadvertidamente como o rim e catastroficamente partido e danificado, resultando em morte”, disse.

O filho da idosa, Alan, elogiou o médico pela honestidade em admitir o erro e afirmou que aceitava as explicações pelo incidente.

“Acreditamos que o sr. Carter e sua equipe agiram de boa fé para prolongar a vida de minha mãe”, afirmou. “Foi um erro honesto”, disse. BBC Brasil – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

 

Fonte: BBC Brasil/Estadão

Médica de plantão se nega a atender criança com braço quebrado em Barra de Maxaranguape

A leitora Eva Sanches, 34,  denunciou a este blog que precisou do atendimento médico do posto de Barra de Maxaranguape, litoral potiguar, para socorrer seu filho que havia quebrado o braço e a médica de plantão se recusou a prestar os primeiros socorros à criança.

O fato aconteceu por volta das 18h30 do dia 1º de janeiro.

Assim que chegou a unidade de saúde de Barra de Maranguape a leitora foi informada pelas funcionárias do Posto de que precisaria ficar pedindo a médica para ser atendida.

Mesmo questionando a necessidade do procedimento por se tratar de um serviço de saúde pública e universal, em virtude da dor que seu filho sentia, bateu na porta da plantonista várias vezes solicitando a consulta.

Foram mais de cinco pedidos. No último, para tentar sensibilizar a  médica, que seu filho fosse a sala da médica, que não abriu a porta.

Não obteve sucesso, esperou mais de 1h no posto de saúde e não foi conseguiu enfaixar o braço quebrado do seu filho.Teve que vir para Natal.

Pela manhã, este blog procurou a secretaria de saúde de Maxaranguape, mas o telefone só fez chamar. Tentou o celular do secretariode saúde do município Wendel, mas estava fora de área.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Epocaantiguidadesrn disse:

    Barra de maxaranguape sempre foi assim. Isso nao seria so com a saude
    Pagamos iptu,e sae que um empresa de agua e no verao sempre falta agua nas casas .
    Absurdo

Médico vai responder ação penal por erro em lipoaspiração que causou morte

Consultor Jurídico

O médico Vanderson Bullamah vai responder a ação penal por homicídio simples. A decisão foi tomada, nesta quarta-feira (3/8), pelo Tribunal de Justiça de São Paulo que mandou o ginecologista e obstetra a júri popular. Ele é acusado pelo Ministério Público como responsável na morte de uma de suas pacientes: Maria Inês Guerino, de 39 anos.

Inês morreu depois de se submeter a uma cirurgia para remodelar o corpo. A lipoaspiração foi feita na clínica de Bullamah, em Ribeirão Preto. A vítima entrou na clínica em 11 de setembro de 1996, pesando 68 quilos. Morreu um dia depois, na UTI de um hospital, com 104 quilos.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LEILA disse:

    É só esse médico q vai responder por homicídio? Vcs tem conhecimento do ‘’homicídio em massa’’ q está ocorrendo no RN?, Sabem o teor do DECRETO Nº 22.289, DE 13 DE JULHO DE 2011?…vou resumir: a partir do dia 1 agosto (antes de ontem), a governadora decretou q todas as farmácias e distribuidoras só podem vender medicamentos pelo PREÇO MÁXIMO, pois o imposto q vai prevalescer é este. O resultado é q só as grandes redes sobreviverão…o povo q é acostumado a comprar remédio genérico ou similar mais barato infelizmente não terão outra opção, senão rezar e pedir a Deus q não adoeçam, ou irão morrer em massa por falta de acesso aos medicamentos…as distribuidoras já aumentaram os preços…as farmácias q vendem p as classes menos favorecidas irão fechar, uma vez q não poderão vender mais barato ….será q essa sra sabe a amplitude da atitude q está tomando???…pior: fechou as farmácias populares q vendiam remédios mais barato. Sem contar com o alto índice de desemprego . Algumas distribuidoras estão se estabelecendo em Jõao Pessoa ou em outros estados…Sim, pq esse decreto está em vigor APENAS no RN…A governadora deve está pensando q esse imposto irá financiar a copa …vai ter copa aqui não…vai ter é muita gente morta pq não vai poder comprar remédio. Quer um exemplo: um captopril, remédio de pressão de uso contínuo custava R$3,00…hoje, custa em média R$20,00…e aí, quem ficará prejudicado cm essa IRRESPONSABILIDADE?…o POVO, e os PEQUENOS EMPRESÁRIOS…breve, a mídia informará a população através das televisões locais…A presidente do Conselho Regional de Famácia, já se manifestou na mídia e falou q essa atitude era muito negativa para o povo do RN.Esse é o governo do DEM???…A governadora está com a imagem mais que negativa perante o povo.Não adianta pagar funcionários do seridó antecipado p não ser vaiada…essa medida atingirá todo o RN…em 2012 certamente, ela não terá a cara de pau d subir em palanque d ninguém…assim esperamos. Essa governadora é inspirada naquele político, interpretado por Chico Anísio q dizia assim: POBRE É QUE SE EXPLODA!!!….