PSD e PT articulam aliança para as eleições 2012

O vice-governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, se reuniu nesta quarta-feira (7), em Brasília, com os deputados federais Fábio Faria (PSD) e Fátima Bezerra (PT). Em pauta, demandas de interesse do Estado e a liberação de emendas parlamentares que beneficiam municípios potiguares. Mas será que foi só isso mesmo? A própria assessoria confessou que não.

Além de questões administrativas, o vice-governador e os parlamentares fizeram uma breve avaliação da conjuntura político-eleitoral do Rio Grande do Norte e agendaram uma reunião para a próxima semana com as direções estaduais do PT e do PSD para tratarem de uma possível parceria entre os dois partidos nas eleições municipais de 2012.

“O PSD é um partido que, nacionalmente, tem assumido a defesa do governo Dilma e, a nível estadual, integra o grupo de oposição. Fábio e Robinson Faria são as principais lideranças do PSD e, onde for possível, vamos construir uma parceria político-eleitoral junto com os demais partidos que fazem oposição ao governo do DEM no Rio Grande do Norte”, afirma Fátima Bezerra.

Fátima Bezerra cobra aprovação do Plano nacional de Educação

A presidenta da Comissão de Educação e Cultura, Fátima Bezerra (PT), foi à tribuna do plenário principal da Câmara dos Deputados para cobrar dos parlamentares aprovação rápida do Plano Nacional de Educação.

“A Câmara dos Deputados tem a missão de concluir, imediatamente, a aprovação do Plano Nacional de Educação. Ainda hoje falei sobre isso com o deputado Ângelo Vanhoni. Nós já conversamos com o ministro Mercadante sobre esse tema. Todo o esforço será feito para que a Comissão Especial conclua a votação do Plano Nacional de Educação agora em março, para que ele vá para o Senado Federal e até julho, se Deus quiser, a Presidente Dilma Rousseff o sancione”, contabilizou.

A primeira reunião deste ano legislativo da Comissão Especial, onde o relator do Plano, Ângelo Vanhoni, apresentará a versão atualizada do documento, será realizada próxima semana.

Fonte: Blog Panorama Político

Ex-ministro e ex-senador Fernando Bezerra pode ser o novo diretor do Dnocs

Circulou pela imprensa cearense que o deputado Henrique Eduardo Alves, líder do PMDB na Câmara e possível presidente do próximo biênio da atual legislatura, estaria perdendo poder junto ao Governo de Dilma Rousseff. Segundo notícias que vem de Fortaleza, Henrique estaria perdendo o comando do Departamento Nacional de Obras Contra às Secas (Dnocs) para o PMDB do Ceará, para o PSB do Ceará e até PSB de Pernambuco, de forma interina. Mas, pelo visto, o nome definitivo continua com Henrique.

Nas rodas políticas nos alpendres das belas casas na praia de Jacumã, o boato foi outro. As notícias que vieram de lá, através dos ares praianos, diretamente para o blog garantiram que a escolha do substituto de Elias Fernandes, no cargo de diretor do Dnocs, continua com Henrique e que o mais cotado para ficar com a vaga é o empresário, ex-senador e ex-ministro Fernando Bezerra, que é filiado PMDB.

Há quem diga até que o nome de Fernando Bezerra já é consenso entre os integrantes da cúpula nacional do PMDB. Fernando Bezerra já foi líder do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mas também tem boa circulação entre os governistas chegando a ser líder também no governo Lula.  Nas bases de FHC, inclusive, ele foi primeiro ministro da Integração Nacional, entre 99 e 2001.

Será a volta de Fernando Bezerra ao cenário político nacional? Essas são cenas para os próximos capítulos.

Ministro da Integração isenta Elias Fernandes de acusações

O Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, isentou o engenheiro e ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), Elias Fernandes, das acusações sobre órgão, veiculadas, nos últimos dias, na imprensa. Em ofício encaminhado, na última quinta-feira, 26 de janeiro de 2012, após formalização do desligamento do cargo.

Sobre o Relatório da Auditoria Especial número 00190.024902-2011-11, da Controladoria-Geral da União (CGU), o ministro reconhece que “os fatos mais graves apontados naquele relatório não podem ser imputados à atual direção do DNOCS, conforme destacado inclusive por nossa Consultoria Jurídica”.

Em seguida, Fernando Bezerra assim se manifesta: “Em primeiro lugar, temos a exata noção de que o suposto pagamento irregular de vantagens pecuniárias aos servidores do DNOCS se deu tão somente em cumprimento à determinação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, consubstanciada na Nota Conjunta, número 001-2009-COGES-COCJU-DENOP-SRH-MP, de 11 de novembro de 2009. Em segundo lugar, quanto à barragem de Congonhas, sabemos perfeitamente que não existe a possibilidade de efetivar o montante de prejuízos apontados como sobrepreço, haja vista a rescisão do contrato firmado no ano de 2002, publicada pelo Diário Oficial da União ainda no ano passado”. Por fim, o ministro agradece aos serviços prestados como diretor-geral ao DNOCS.

Para ver o cronograma em um tamanho maior, copie a URL da imagem e cole na barra de endereços em seu navegador

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rillen Rossy disse:

    Matéria reproduzida em meu blog… Grato!

    http://rillenrocha.blogspot.com

CEI dos Contratos tem última rodada de depoimentos próxima semana

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) aberta na Cãmara Municipal de Natal para investigar os contratos firmados pela Prefeitura Municipal de Natal entra na reta final. Esta semana, mais especificamente na segunda-feira (16), serão tomados os quatro últimos depoimentos.

Os primeiros a prestar depoimento serão os presidentes das Comissões de Licitação Denise Mata (Educação) e Ângela Varela (Saúde). Os vereadores tentarão tirar aas últimsa dúvidas sobre os contratos firmados para locação do Novotel, que ainda está cheia de versões. A locação do novo prédio paraas duas secretarias custa a batagatela mensal de R$ 150 mil.

Além deles, serão tomados os depoimentos de dois servidores da Prefeitura Municipal de Natal. Os nomes dos servidores estão sendo mantidos em segredo. Eles devem desmentir o depoimento do secretário-chefe de Gabinete (Segap) Kalazans Bezerra, que negou ter qualquer influência sobre os atos publicados no Diário Oficial do Município (DOM).

A acusação de que Kalazans alterava e vetava publicações partiu do ex-secretário de Saúde Thiago Trindade. Wilton Pereira, presidente da Comissão do DOM já havia negado a informação de Thiago ratificando o depoimento do secretário-chefe.

Resta saber quais serão as novidades dessa semana. Ainda teremos muita reviravolta nessa reta final. Vale lembrar que o vereador Júlio Protásio disse já ter elementos suficientes para saber quem está mentindo nessa guerra de informações.

Heráclito Noé assume Gabinete Civil no lugar de Kalazans Bezerra

O blog acaba de ler a notícia de que o vereador Heráclito Noé, até pouco tempo atrás inimigo ferrenho da prefeita Micarla de Sousa, irá assumir Secretaria de Gabinete da Prefeitura (Segap), também conhecido como “Casa Civil”. Uma cadeira com poderes e bastante estratégica.

Em entrevista à repórter Guia Dantas, da Tribuna do Norte, ele confirmou que estava sendo sondado para o cargo e que decidiu aceitar o desafio. Noé deve começar os trabalhos já nos próximos dias antes mesmo do anúncio da reforma administrativa que vai terminar em mais uma dança das cadeiras do secretariado de Micarla.

O vereador assumirá o lugar atualmente ocupado por Kalazans Bezerra, que enfrenta uma CPI na Câmara Municipal de Natal e que vai ter que voltar para a função que exerce no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Pelo menos três pastas estão com mudanças certas: Elizabeth Thé deixará da Secretária de Mobilidade Urbana (Semob); Rosy de Sousa, também deve deixar a cadeira da Secretaria de Política para as Mulheres (Semul); e Rodrigo Cintra, a da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte, Lazer e Copa do Mundo da Fifa (Sejel/Secopa).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. caio fábio disse:

    Meu amigo Heráclito cometeu suicídio.

Presidente da Comissão do DOM ratifica depoimento da Kalazans

O presidente da Comissão Gestora do Diário Oficial do Município (DOM), Wilton Pereira da Silva, foi o depoente de hoje na Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investiga os contratos firmados pela Prefeitura de Natal.

O principal objetivo da convocação de Wilton Pereira era para saber qual o poder do secretário-chefe do Gabinete da Prefeitura (Segap) Kalazans Bezerra diante das publicações oficiais. Pelos depoimentos, ele foi enfático ao dizer que Kalazans não tinha o poder de alteração ou intervenção nas publicações.

“Cada secretaria tem autonomia para enviar suas peças. Os documentos chegam pela internet, acompanhadas de ofício, e não passam pelo crivo de ninguém. Recebo tudo pronto para publicar e nunca recebi ligação pedindo para retirar uma publicação. Não há qualquer espécie de modificação ou correção”, depôs.

A declaração de Wilton reforça o depoimento do chefe de Gabinete e vai de encontro ao que disse o ex-secretário de Saúde (SMS), Thiago Trindade, que disse que ele tinha participação na assinatura dos contratos firmados com Novotel e ITCI.

Mesmo assim, o vereador Júlio Protásio questionou a veracidade do depoimento. O parlamentar lembrou que em 2009, quando houve a mudança no regimento interno da Câmara Municipal de Natal, a autorização para publicação veio da Chefia do Gabinete Civil.

“O Diário Oficial se recusou a publicar a mudança regimental, o que só veio ser possível com a autorização direta do Gabinete Civil”, afirmou o vereador.

Após o depoimento os vereadores que fazem parte da CEI dos Contratos decidiram pela realização de três diligências: a cópia dos ofícios e emails dos últimos dois anos do DOM; a cópia do oficio do ex-presidente, Dickson Nasser (PSB) determinando que toda publicação referente a Câmara Municipal deveria possuir a autorização da presidência da CMN; e por último a convocação do secretário citado pela vereadora Sargento Regina que afirmou haver ingerência no DOM .

Depois de Rosalba, Fátima Bezerra desmente manchete do JH

De fato, a verdade sempre é tida como relativa, porque sempre existem os dois lados da moeda, deixado as palavras bonitas de lado o que importa é que agora foi a vez da deputada federal Fátima Bezerra (PT) desmentir a manchete d’O Jornal de Hoje. Essa é a segunda retratação pedida em menos de 15 dias.

No último dia 29 de novembro, o mesmo vespertino já havia colocado uma manchete com citações aspeadas da governadora Rosalba Ciarlini que nunca existiram.

Sobre a manchete de ontem, a deputada Fátima disse, em nota, que a manchete do jornal foi colocada fora do contexto dando a entender algo que ela não teria dito.

Confira a nota na íntegra:

“Li estarrecida a manchete da edição de 06 de dezembro de 2011, onde é empregada uma frase da minha entrevista ao programa “Jornal das Seis”, da FM 96, totalmente fora de contexto, fazendo o leitor entender que teria dito o que não disse. Na própria matéria fica claro que não faço e não aceito condenações precipitadas, como faz o DEM. Que respeito o trabalho sério do Ministério Público, mas temos que esperar o final dos trabalhos dos promotores e o posicionamento da Justiça.

Em nenhum momento me referindo a qualquer dos investigados aceitei condenações como quer fazer crer a manchete, ao citar os ex-governadores Wilma de Faria e Iberê Ferreira. Portanto solicito a reparação na citada manchete que deveria refletir as minhas colocações na entrevista e a própria matéria (a qual não faço correções), sem nenhuma insinuação que deturpe as minhas colocações”.