Por que políticos usam um aeroporto clandestino em Brasília? Reportagem detalha

O Antagonista destaca:

Caro leitor,

Veja, por favor, as fotos exibidas logo abaixo.

As imagens mostram o deputado Fernando Bezerra Filho (DEM-PE) e o senador Jaques Wagner (PT-BA), respectivamente, momentos antes do embarque e instantes depois do desembarque em jatinhos em uma pista clandestina nos arredores de Brasília:

Fonte: Crusoé

Você leu certo: o deputado e o senador usam uma pista ilegal para chegar a Brasília e para deixar a capital federal.

E a prática não é exclusiva desses parlamentares.

O aeroporto ilegal virou moda entre os poderosos de Brasília.

(Lembrete: Brasília possui um aeroporto comercial em plena operação…)

Voando em jatinhos a partir dali, eles escapam das eventuais vaias em filas de embarque dos aeroportos comerciais e também em voos de carreira.

Escapam também de qualquer fiscalização.

O repórter Renato Alves acompanhou o movimento na pista durante semanas e agora conta tudo o que descobriu:

A história da “Pista pirata” parece bem brasileira.

Representantes do povo usam uma pista ilegal e, assim, conseguem escapar da cobrança de seus eleitores.

Dali, partem em jatinhos avaliados entre 8 e 20 milhões de reais.

Algumas aeronaves são propriedades dos próprios políticos; outras pertencem a empresários amigos.

Leia a seguir dois trechos da reportagem.

O primeiro descreve o local da pista ilegal, a 35 quilômetros do Congresso…

Para quem quer discrição, o aeroporto clandestino é perfeito. Também por isso, virou moda. Políticos e empresários têm recorrido cada vez mais às facilidades do terminal pirata. Sem pagar taxas aeroportuárias ou se submeter ao olhar de fiscais da Receita ou mesmo a simples aparelhos de raios-x, tripulantes e passageiros levam e trazem o que querem. A única portaria, com um vigilante particular (e desarmado), serve só para anotar as placas dos carros que entram e saem. Nenhum deles é revistado…

…o segundo apresenta alguns dos poderosos usuários do aeroporto ilegal:

Donos e funcionários de alguns desses hangares contaram a Crusoé ter como clientes fiéis o deputado federal Aécio Neves, do PSDB de Minas, o ex-ministro Gilberto Kassab, do PSD de São Paulo, e o também ex-ministro Edison Lobão, do MDB maranhense. Aécio e Kassab voam em jatos de amigos. Já a família Lobão tem dois aviões próprios, um Twin Commander com dez assentos e um Piper, com seis. Antes de ser preso, o ex-ministro e ex-deputado Geddel Vieira Lima, aquele do bunker de 51 milhões de reais descoberto pela Polícia Federal em Salvador, era frequentador assíduo do aeródromo ilegal…

A reportagem mostra muito mais.

Detalhes dos embarques e desembarques e até o uso de dinheiro público ali.

Tudo fruto do trabalho investigativo do repórter Renato Alves.

Você pode mergulhar nessa história agora mesmo.

E saber como os políticos graúdos estão usando seu dinheiro.

Matéria na íntegra aqui.

O Antagonista com Crusoé

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Edervando disse:

    Pelas informações dadas acredito eu ser o Aeródromo Botelho que fica há 22km em linha reta do Congresso Nacional e 33km indo pela estrada. Mas não consigo ver nada de ilegal, mesmo porque não se trata de uma pista clandestina, mas de um aeroporto que funciona regularmente. E qualquer pessoa que se tornasse pública preferiria um lugar onde tivesse mais privacidade a outro onde as pessoas pudessem atentar contra sua integridade.

  2. Sandro Cizenando disse:

    Aeroporto / BOTELHOICAO: SIQE / Privado Localização BRASÍLIA – DF
    Coordenadas 15 56 14S/47 43 38 W — Elevação: 1036m
    Distância do Centro: 27,85Km
    Distância da Capital: 27,85Km —- Operação: VFR Diurno
    Pistas
    Cabeceiras Dimensões Superfície Resistência/PNC
    14/32 1750x30m Cascalho 2500Kg/0.50MPaInformações do AeroportoPRIV UTC-3 1036 (3399)
    14 – (1750 x 30 GRVL 2500Kg/0.50MPa) – 32
    RMK – (*) a. DEP da RWY 32 curva a esquerda com rumo SW restrito 4500FT.
    b. DEP da RWY 14 manter a proa com restrições de 4500FT.
    c. Tráfego em aproximação para o AD deverão entrar pelo setor SW.Imagem de satélite

    VFR Chart of SIQE —- IFR Chart of SIQE
    Hangares disponíveis:
    Não há hangares cadastrados para esse aeroporto.
    Serviços:
    Não há serviços cadastrados para esse aeroporto.

    **********************************************************************
    Bom, estas informações estão no Google. acabei de baixar, copiar e colei aqui 05/10/2019 16:50 Hs.

    Que existe existe, agora se a notícia é verdadeira ai é para preocupa, pois o trafego aéreo é controlado;
    O controle de tráfego aéreo (pt-BR) ou controlo de tráfego aéreo (pt), (Air Traffic Control, ou ATCO, em inglês) é um serviço prestado por controladores, em terra, que acompanham, orientam e monitoram o percurso de aeronaves (geralmente, aviões e helicópteros) no ar e no solo, para garantir um fluxo de tráfego seguro, ordenado e expedito. Os controladores de tráfego aéreo fornecem indicações e autorizações de voo, de acordo com as características operacionais das aeronaves e as condições de tráfego em determinado momento. Essas autorizações podem incidir sobre a rota, altitude e/ou velocidade propostas pelo operador da aeronave, para determinado voo, devendo os pilotos avaliar e/ou cumprir as instruções/autorizações recebidas.
    Na minha inocência neste assunto, eu diria que isto seria impossível de acontecer sem o devido controle de tráfego, principalmente tão próximo de um aeroporto Internacional ( JK ).

    Dai, como sabemos que eles são legisladores deles mesmo, isto pode realmente estar acontecendo… quer fazer um teste… Compre um jatinho, sai do seu " quintal e tente voar uma hora no espaço brasileiro próximo a Brasilia… tenho a mais plena certeza que será intercepitado por algum caça… ah!!! tenha certeza disto.

    Fritando os ovos… isto deve ser "Legal mesmo"… uma vergonha.

    Meu Presidente, que ainda creio… faça alguma coisa….

    artigo 142

    fui… e fui puto!!!!!!!!!!

  3. Inácio Aurélio disse:

    Presidente é hora de agir. Mandar fazer levantamento aéreo em todo território nacional, é simples, estes aeroportos devem ficar bem perto do centro onde trabalham ou próximo, esses caras querem tudo rápido. obrigado

  4. Sandro Cizenando disse:

    Isto é inacreditável, não posso acreditar que é Ilegal, com o trânsito aéreo que temos na Capital do Nosso País, a Aeronáutica e o controle do trafico aéreo é impossível que a inteligência do nosso país, PF não saiba disto!!!!!!!

    E se realmente isto existe, daí a vaca foi pro brejo mesmo. Me recuso a acreditar nisto
    Isto tem que chegar ao conhecimento do nosso presidente, pois tenho certeza que ele não sabe disto. Pois a única esperança que temos e com este homem… Se ele sabia disto, aí já era… Somos realmente idiotas, mais ainda há uma esperança,… Prender todos que usam e administram este aeroporto.

  5. Milton Fernandes disse:

    Gostaria de uma resposta simples…. esse aeródromo esta ilegal ou existe algum tipo de ilegalidade nestas atividades? se não, fazer o quê? vamos ater se entre eles tem corruptos, provar e destitui-los, pois assim acaba a fonte de recursos e estes jatinho vão desaparecer, simples assim.

    • Evan Jegue disse:

      Pelo título da matéria, já se vê que a própria existência configura ilegalidade.

  6. eugenio disse:

    Todas as pessoas que viajam mesmo em voos nacionais são obrigados a passar por todo a burocracia e declarar tudo que está levando inclusive valores em dinheiro ou corre o risco de perder, ser apreendido pela Receita Federal ou Policia Federal. já os políticos não passam por nada disso, quem deveria dar o exemplo são os piores, os políticos usam aeroporto clandestino em Brasília para levar pessoas e mercadorias sem nenhum tipo de fiscalização. quem usa aeroporto clandestino é porque está transportando ilicitamente dinheiro, ouro ou drogas. Este aeroporto clandestino tem que ser destruído e seus usuários presos. Se um coitado faminto roubar um pacote de biscoito em um supermercado vai preso e os políticos estão roubando milhões e ninguém vai preso. o povão tem que ir para a porta da casa dos políticos para manifestar que está contra seus atos.

  7. Edson disse:

    Que bela fiscalização nos termos kkkk este sistema de segurança do Brasil que piada

  8. Francisco José de Araújo disse:

    E lastimável, um reporter noticia um absurdo dessa importância e entre os vários comentários de repúdio encontramos alguém que insinua que o presidente faz parte do esquema! Com certeza a esquerda é muito forte. Vamos ser patriota, valorisar nossos direitos!!!

  9. Maria Ivete Becker disse:

    Onde fica este aeroporto? Eporque já não foi interditado? É Particular? E isso é permitido? E como fica o Contrôle do Trafego aéreo? E como fica a Segurança do País!

  10. Mário Silva disse:

    Coisas a divulgar: Como foi construída a pista? Com dinheiro público? A quem pertence? Quem opera? Qual o endereço?
    Pretendo visitá-lá quando for a Brasília, pode virar atração turística!

  11. Magno Ferreira disse:

    Sou da extrema direita, odeio a CORRUPÇÃO,a esquerdalha e os BANDIDOS do STF,mas o aeroporto em pauta não é CLANDESTINO E AS MARCAS DOS AVIÕES ESTÃO ERRADAS.
    Façam as matérias com apoio de quem conhece o ramo,para não falar bobagem!!!

  12. Carlos Augusto disse:

    Eh necessário uma fiscalização dos órgãos reguladores, comprovada a ilegalidade, o fechamento e punição dos responsáveis.
    Já imaginaram pista clandestina em Brasília, pensei que só existisse na Amazônia para tráfico e atividades criminosas.

  13. Paulo disse:

    É cadê a PF e Aeronáutica para acabar com essa farra, já que é clandestino.

  14. Paulo disse:

    BG
    E a aeronáutica o que tem a dizer sobre essas IRREGULARIDADES???. nas barbas do poder central. Este Brasil não é para principiantes.

  15. Dulce disse:

    A única prisão pra esses CANALHAS é ter que usarem esse aeroporto clandestino, porquê se utilizassem o de Brasília, certamente, uma hora seriam linchados.

  16. Torres disse:

    Complicado a situação de nosso querido Brasil.

  17. Az disse:

    Esse país não tem jeito, nem a vontade de alguns irá mudar, acabou, não tem jeito ,judiciário políticos e o povo de otários, Bolsonaro foi engolido pelo sistema.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Eu acho que passou a fazer parte do sistema . Não sejamos ingênuos.

    • Marcelo disse:

      O presidente não foi citado. Cuidado com ilações.

Procissão de São Sebastião em Natal atrai políticos e pré-candidatos

robinsonA procissão de São Sebastião é uma das mais tradicionais de Natal. A caminhada solene em homenagem ao santo sempre atrai milhares de fieis e, entre eles políticos. Esse ano, ano eleitoral, não foi diferente. O blog acompanhou a procissão na tarde de hoje pelas ruas do Alecrim e conferiu a presença de alguns deles.

O governador Robinson Faria se fez presente acompanhado da mulher e secretária Julianne Faria (Assistência Social). Com mandato, também presentes o senador José Agripino Maia, os deputados federais Felipe Maia e Rafael Motta, o estadual Hermano Morais e os vereadores Júlia Arruda, Franklin Capistrano e Joanilson de Paula Rego.

Entre os pré-candidatos a prefeito de Natal, o blog observou apenas a presença do suplente de deputado Luiz Gomes. Presentes também os ex-vereadores Assis Oliveira e Ney Lopes Júnior, que estão com grandes chances de retornar ao Parlamento natalense.

A procissão reuniu até políticos de cidades vizinhas como o vereador Ricardo Gurgel, presidente da Câmara Municipal de Parnamirim e pré-candidato a prefeito do município. Esses foram os que o blog viu. Outros podem ter ido também.

IMG_3552(1) Procissão São Sebastião 03rafaelmotta

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Patricia Fonseca disse:

    Apertando a mão de todo mundo menos a do Santo kkkk bando de hipócritas

  2. Ana disse:

    É só quando eles aparecem…

  3. José Avelino disse:

    Enquanto o governador caminhava aí cheio de seguranças e puxa saco os pilastras matarão Anã Carolina e os presos se preperavam para mais uma figurinha, tão rotineira neste governo fraco, de Robson Farias..

  4. Suely disse:

    Manda o governador ir tonar conta da seguranca do estado em vez de fazer charme em momento religioso . Pelo menos tenham respeito. Ele tava só ? Ou com seus seguranças? Deveria tb se arriscar pra sentir medo na propria pele.

  5. Osvaldo disse:

    Enquanto nosso Governador caminhava atrás de eleitores e puxa-sacos, os detentos de alcaçus estavam cavando um túnel à luz do dia para fugirem nesta quinta-feira pela manhã.

  6. Leonardo disse:

    Já que o Governador da Segurança é tão religioso, deveria ir hoje ao enterro da universitária assassinada.

  7. marcus paulo disse:

    Os coxinhas que foram a procissão devem ter ficado irados porque a maioria estava tudo vestido de vermelho. Parecia uma manifestação do pt. Achei lindo. Tudo vermelho…..

  8. Pedro Gomes disse:

    Hipócritas!!!

  9. JOAO MARIA disse:

    e bando de espertalhoes pegam carona até em festa de Santo

  10. Jadson disse:

    Que ótima oportunidade os amigos do alheio perderam.

Enquanto a oposição critica alta de impostos, base fala em “travessia difícil”

Parlamentares ouvidos pelo G1 após o anúncio de corte de gastos e alta de tributos, com a volta da CPMF, divergiram sobre a eficácia das medidas, destinadas a cumprir uma meta de superávit primário de 0,7% no ano que vem.

Veja abaixo o que disseram parlamentares oposicionistas e da base aliada:

Aécio Neves (PSDB-MG), senador e presidente do PSDB
“É preciso que fique claro que os cortes anunciados hoje pelo governo federal – e que atingem inclusive programas sociais – são consequência da irresponsabilidade com que esse mesmo governo agiu nos últimos anos. Há medidas de redução de custeio, mas, infelizmente, como já era esperado, o maior “esforço fiscal” vem do aumento de impostos em plena recessão. […] Um governo que está há mais de 12 anos no poder novamente recorre a um ajuste baseado preponderantemente em aumento de impostos sobre a população brasileira, que já paga uma das mais elevadas cargas tributárias do mundo.”

Cássio Cunha Lima (PB), líder do PSDB no Senado
“O caminho de ajuste via aumento de carga tributária é muito mal visto pela sociedade e pelo Congresso. Teremos que conhecer mais de perto as propostas e se há um fundo de credibilidade do governo para pôr em prática essas propostas. Teremos que ouvir todos os setores da sociedade, mas o ambiente no Congresso é contrário ao aumento de cargas tributárias. As chances de aprovação de mais carga tributária, como a volta da CPMF, são bastante limitadas no Congresso.”

Jandira Feghali (RJ), líder do PCdoB na Câmara
“Vamos analisar as medidas. Mas a questão da CPMF acho absolutamente justa. Não vejo que 0,2% seja um problema que possa prejudicar alguém. Quanto às outras medidas, acompanhei o anúncio parcialmente e vamos ter que analisá-las. Eu acho que essa travessia é difícil. Com o nível de polarização da oposição, sempre dificulta [a aprovação de impostos no Congresso, como a CPMF], mas acho que a gente tem que trabalhar para ter os votos. Não vai ser simples, não será como nadar de braçada.”

José Agripino (RN), senador e presidente nacional do DEM
“As medidas comunicadas não aumentaram em nada a credibilidade do governo. Quem esperava corte no número de ministérios ou diminuição no número de cargos comissionados e viu aumento de IOF e ameaça de volta da CPMF, só pode ter ficado ainda mais indignado. Ainda não entenderam que para merecer apoio às propostas de aumento de receitas precisam se creditar com corte nas despesas. E isto o governo do PT insiste em não fazer. Para equilíbrio das contas só com aumento de impostos, não contarão conosco. Aí é querer acabar de parar o país.”

José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara
“Está todo mundo surpreso, andei conversando com alguns parlamentares e líderes, todos estão surpresos pela grandiosidade dos cortes e ousadia da presidente. Estou absolutamente confiante de que iremos aprovar [as medidas], porque o Congresso tem responsabilidade […] Não são medidas amargas, são medidas razoáveis, consistentes e que, certamente, precisam passar por profundo diálogo com o Congresso, com a sociedade e com investidores. Espero contar com o apoio daqueles que criaram a CPMF no passado, com [alíquota de] 0,38% porque estamos recriando com a alíquota na metade [0,2%].”

Lindbergh Farias (PT-RJ), senador
“A reação do PT e dos movimentos sociais a esse ajuste será muito maior que ao primeiro. Cortar investimento é criminoso […] O governo erra. Com esses cortes, estamos aprofundando a recessão econômica. […] Teríamos outras alternativas, como a tributação de lucros e dividendos. O governo poderia arrecadar até R$ 50 bilhões. Quem vai pagar pelo ajuste são funcionários públicos. A CPMF não é a grande questão. […] A política do [Joaquim] Levy e do governo é cada vez mais um samba de uma nota só. Ajuste, ajuste, ajuste. Vai ter muita resistência [no Congresso Nacional] em vários pontos.”

Mendonça Filho (PE), líder do DEM na Câmara
“Eu acho que esse anúncio de cortes de gastos é pífio diante do tamanho da crise, do rombo fiscal. Ele não resolve a crise, não corta na carne e afeta diretamente a população. O governo não reduz ministérios, não faz um gesto no sentido de reduzir os cargos comissionados substancialmente. O aumento de impostos é sempre o mais fácil, mas nós do DEM vamos rechaçar o aumento de imposto. Vamos lançar, ainda nesta semana, a campanha ‘Basta de imposto’. Não dá para jogar na conta da população o ajuste econômico. Pode ter certeza de que o governo não conseguirá aprovar no Congresso o aumento de imposto e a volta da CPMF.”

Randolfe Rodrigues (AP), líder do PSOL no Senado
“Eu, particularmente, vou defender isto: sobre aumento de imposto, farei luta incessante contra. Tem outros tipos de corte de gastos que o governo tinha que ter. E tinha que começar a cobrar imposto dos mais ricos. Foram anunciadas medidas contra a classe média.”

Ronaldo Caiado (DEM-GO), senador e líder do DEM no Senado
“O governo não precisa recriar a CPMF para falar em cortes de gastos. O governo prefere centrar no aumento da carga tributária em vez de cortar em sua estrutura. É brincar com a inteligência do brasileiro. Dilma faz um jogo de cena, não faz um corte significativo de ministérios nem cargos de apadrinhados e ainda resolve repassar a conta do desastre de seu governo para o brasileiro. Vamos fazer uma ampla frente ao lado da população contra aumento de carga tributária. O Congresso não vai referendar esse ataque.”

Rose de Freitas (PMDB-ES), senadora e presidente da Comissão Mista de Orçamento
“Se o governo tivesse tomado essas decisões antes, não teríamos perdido o grau de investimento. […] A primeira coisa que tenho em mente é que já estávamos amargurados com a falta de decisão com o governo. O rebaixamento da nossa nota não foi só em função do orçamento deficitário, mas também pela falta de decisão política. […] Por mais amargo que tenha sido [o anúncio], ainda bem que temos uma decisão sobre a qual vamos nos debruçar e discutir. Eu estou, por um lado, um pouco aliviada, por saber que governo teve a coragem de decidir. Tem mais a ser feito? Está correto? Ainda vamos discutir.”

Sílvio Costa (PSC-PE), vice-líder do governo na Câmara
“A oposição não tem credenciais, não tem moral para criticar a volta da CPMF porque foram eles que criaram a CPMF quando tinham responsabilidade com o país. Ninguém quer pagar mais imposto, mas chega um momento que é inevitável. Eu espero que este Congresso tenha um choque de responsabilidade pública e aprove as medidas anunciadas.”

Vanessa Grazziotin (AM), líder do PCdoB no Senado
“Vejo os cortes para os servidores públicos com muita preocupação, pois veja o que acontece com o serviço público: o abono-permanência é para que os servidores deixem de se aposentar. Se você tira esse abono, os servidores vão se aposentar. Será que o governo já fez o cálculo do impacto dessa medida? Quanto ao aumento da carga tributária, acho importante o governo sugerir medidas que vão ser debatidas no Congresso, muita coisa deve mudar no Congresso. É uma imposição que está sendo feita ao governo pelo mercado. Diante dessa imposição, temos que ver qual o caminho que menos impacte no crescimento da nossa economia, impacte menos nos investimentos, menos na inflação e que impacte menos nos trabalhadores que ganham de cinco a oito salários mínimos, que são os mais penalizados com essa crise.”3

Pelé pede que responsáveis pela corrupção não sejam confundidos: 'Os jogadores e a seleção não têm culpa'

2011110804929Maior jogador de futebol de todos os tempos, Pelé pediu, nesta quinta-feira, que a população brasileira não confunda os responsáveis pelos recentes casos de corrupção na política brasileira. Para ele, a Copa do Mundo que começa no dia 12 de junho é uma oportunidade para o Brasil se inserir com mais destaque no cenário internacional.

— Os jogadores e a seleção não têm culpa dos casos de corrupção. Durante a Copa das Confederações, no ano passado, aconteceu uma série de manifestações, mas tudo se acalmou um pouco depois do título, porque o futebol é uma das alegrias do povo brasileiro. Não podemos confundir responsabilidades.

O pedido aconteceu na loja da Apple do shopping Village Mall, na Barra, durante o lançamento do filme “Pelé eterno” para o iTunes. O documentário estará disponível no aplicativo a partir do próximo dia 24.

Copa do Mundo

Pelé está confiante no bom desempenho dos comandados de Felipão no mundial, mas não esconde que tem preferência por um adversário em uma possível decisão. O Rei quer revanche.

— Primeiramente, eu quero que o Brasil esteja na final, seja contra quem for. Mas, se eu tivesse a chance divina de escolher um adversário, ele seria o Uruguai, por causa da final de 1950 — afirma Pelé, sem esquecer a derrota por 2 a 1 naquele 16 de julho.

Em 1950, Pelé tinha 9 anos, mas ele ainda guarda lembranças do maior trauma da história do futebol brasileiro.

— Eu estava em casa, e meu pai, que também foi jogador, estava chorando após a derrota. Eu não sabia bem o que fazer, e disse a ele para relaxar, que um dia eu ainda daria um título mundial a ele. E foi o que aconteceu em 1958, na Suécia — relembra.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio Nogueira disse:

    “Se o capitalismo é assim tão maravilhoso, porque minha vida é uma merda?”. Acho que a pergunta é: se o comunismo é tão fantástico, porque as pessoas fogem DE Cuba e não PARA Cuba?
    O PT tem dois pilares sob os quais se mantém: os que se dão bem com uma boquinha sempre alargada em "comissões" e os otários que acreditam na pureza do partido e sustentam os do primeiro grupo no degrau de cima.

  2. HAILTON disse:

    ANTES DE FALAREM DO NOSSO GOVERNO DO PT, LAVE A SUA BOCA NOSSO PARTIDO MERECE RESPEITO FOI QUEM MUDOU NOSSO PAIS,POR DEZ ANOS E VAI FAZER MUITO MAIS TUCANADAS SAFADAS.

  3. Ana disse:

    Pelé definitivamente foi um dos maiores jogadores de futebol do mundo, isso é indiscutível, mas quando a matéria é política e povo ele é um desastre completo.
    Realmente os jogadores, 22 mais a comissão técnica e outro goleiro reserva, não têm culpa da corrupção, mas isso não quer dizer que não se possa mais protestar porque esses 22 vão jogar.
    Assistir jogo de futebol e 22 ganhando títulos não mata a fome do povo e tão pouco faz com que tenham equipamentos, infra-estrutura e médicos em hospitais.
    22 em campo não muda a realidade dos políticos terem se beneficiado diariamente das verbas pagas as construtoras através de propinas.
    Boa sorte a seleção Brasileira, mas digo… mais sorte para nós, cidadãos brasileiros.

  4. zé Ninguém disse:

    Lendo os comentários dos senhores Rabelo e Eric, verifico que "parecem" sérios, mas são na verdade, verdadeiras verborreias, uma falácia política mesmo, dessas que alimentam ingenuidades pouco afeitas a uma análise mais criteriosa acerca das sutilezas da história e das complexidades do poder.
    O Filósofo Pablo Capistrano afirma que: rupturas na ordem democrática só se justificam quando servem para implantar uma radicalização maior da própria democracia. Quando nascem com um conteúdo moralista e reacionário, destinado a combater abstrações como “os corruptos” ou “a bandidagem” e defender medidas retoricas vazias como “colocar ordem na casa”; escondem na verdade uma pulsão autoritária recalcada, que traz as marcas de regimes de força que se sucederam de modo miseravelmente constante na história nacional.
    O que está por trás do delírio da “ameaça vermelha” é um recurso mistificador bastante usado pelos liberais para contornar a terrível pergunta que todo mundo nesse mundão de meu deus alguma vez já se fez: “Se o capitalismo é assim tão maravilhoso, porque minha vida é uma merda?”.
    A melhor maneira de negar o fracasso de um sistema é dizer que ele não existe ou que está ameaçado por forças que o sabotam. Esse é o recurso usado pelos liberais ao afirmar que o capitalismo real não é o capitalismo utópico do livre mercado justamente porque a “ameaça vermelha” sabota o projeto liberal. Curiosamente esse era o mesmo argumento usado pelos stalinistas para justificar os Gulags: “não conseguimos implantar ainda o comunismo como prometemos porque a ameaça pequeno burguesa está sabotando nosso projeto, por isso precisamos de um regime de força”.
    Encontrar inimigos, internos ou externos, que sirvam como recurso retórico para desviar a percepção das pessoas acerca dos fracassos das próprias utopias é uma estratégia velha, usada pela esquerda e pela direita.
    Por isso, amigo velho, fique esperto, pra depois não ser surpreendido na curva da esquina. Pois, agora é a hora de mostrar de que lado você samba.

  5. Carvalho disse:

    Ame a sua pátria.
    Ela não tem culpa dos filhos que tem.

  6. Rabelo disse:

    Eu quero que o brasil se exploda!!!!!

  7. Luciano disse:

    DEM, PMDB e PSDB, os partidos mais corruptos do Brasil.

    • Eric disse:

      É…e o PT LIXO não é nadinha né? Coitado desses Tolos do PT.
      OBS: Nem moro mais nesse PAIS lixo do brasil, Olho apenas as noticias e mostro aos meus filhos a MERDA de lugar que o pai deles veio,para que eles NUNCA tenham vontade de ir ao brasil. PT é o MAIOR partido LADRAO da historia Luciano PTralha. Boa sorte com esse partido que apenas levou um pais que ja era ruim para o fundo do poço.

    • Luciano disse:

      Não precisa se revoltar…o PT vai ter que comer muita farinha para chegar ao nível do DEM/Tucanos, estatisticamente os partidos mais corruptos do país disparado. Pesquise, nao vai doer. Pelo comentário, parecer ser um capachinho de gringo….Vai o seguinte, esquece o Brasill e vai lavar prato pra gringo, e calado.

    • Eric disse:

      Luciano, tenho pena de patetas fanaticos pelo PT como você é, mas que seja, só para você chorar por que deve ganhar uma bolsa esmola do governo,eu tenho 2 empresas de estacionamento aqui em Lisboa (sabe onde fica?) ganho por semana, mas do que você provavelmente vai ganhar na sua vida ai no Brasil. Aprenda a ser uma pessoa melhor, MUDE essa ideia de "quem fala mal do PT é DEM/TUCANO" saiba de uma coisa "moleque" pq é isso que vc é, aqui o prefeito ganha apenas 5mil euros, o salario minimo é em media de 1mil euros, igualzinho no seu pais ne? ACORDA alienado do PT, teu partido e QUALQUER outro SAO LIXO!!!!!apenas isso LIXO.

    • Sergio Nogueira disse:

      Mas os que estão cumprindo pena são os do PT. Nem para roubar esses petralhas são competentes.

    • ZEMANE disse:

      TEM GENTE QUE É CEGA DO CEREBRO E NÃO DOS OIOS, CITOU OS PARTIDOS POLITICOS CORRUPTOS E NÃO FALOU DO 1º LUGAR pt.
      vamos ser justos para melhorar essa nação.

Juiz que já condenou traficantes e políticos leva tiro na cabeça no Piauí

 Um juiz que já condenou traficantes de drogas e políticos em Pernambuco levou um tiro na cabeça, no domingo (4), em Bocaina, cidade a cerca de 300 km de Teresina, no Piauí. Edilson Rodrigues de Moura foi socorrido e levado ao Hospital de Teresina, capital do Estado, onde a bala foi retirada.

De acordo com a unidade de saúde, o estado de saúde dele é estável. Segundo a polícia, Moura foi resgatado cosciente e disse que não viu quem atirou. A polícia investiga se as condenações têm relação com o crime.

A vítima é natural de Bocaina, mas trabalhava no Tribunal do Júri de Petrolina, em Pernambuco.

R7

FOTOS: Políticos participam do bloco Baiacu na Vara

O fotógrafo Márlio Forte registrou a folia do Bloco Baiacu Na Vara nesta quarta-feira (5), na Redinha, e que ainda contou com a presença de políticos. Confira abaixo:

baiacu-337 baiacu-357 baiacu-350Fotos: Márlio Forte via Panorama Político – Anna Ruth Dantas – Tribuna do Norte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ricardo Silva disse:

    este povo gosta de carnaval ou é ano de eleição, deveriam fazer como Herriquinho passar o carnaval em hotel de luxo em Miami…….

Lula: “Quando se acredita, pobre não é problema para nenhum país ou governante”

“Quando se acredita, pobre não é problema para nenhum país ou governante”. Foi o que declarou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o encerramento do 2ª Fórum Mundial de Desenvolvimento Econômico Local, em Foz do Iguaçu, no Paraná, nesta sexta-feira. No discurso Lula, fez um resumo dos dez anos de governo petista e ressaltou a aposta como uma das soluções para a guerra contra a pobreza.

– Se o poder público, ao invés de ficar inventando a roda, tiver mais humildade e ouvir a sua população, os anseios locais, vai saber implementar ações verdadeiras de desenvolvimento econômico local – comentou ao sugerir que só começou a vencer as eleições que disputou quando passou a ouvir o povo.

Sobre as eleições de 2014, o ex-presidente procurou evitar declarações diretas sobre quem concorrerá à Presidência pelo PT, mas disse que caso falasse e isso fosse entendido como campanha antecipada poderia ser mais uma vez multado e “não teria dinheiro para apoiar as campanhas de Dilma (para a reeleição) e de Gleisi (Hoffmann) – para o governo do Paraná.

Lula afirmou já ter sido multado quatro vezes por esse motivo.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maurício Giovani disse:

    Ele está certo. Pobre não é problema. O problema é a corrupção, onde o partido dele, lidera de longe, o Rankin dos partidos mais corruptos do país. Eita partidozinho pra ter ladrão, cabra de peia, que merece por muitos anos, puxar uma boa cadeia. A lata do lixo da História do Brasil, em momento oportuno, já espera com ansiedade, guardar para sempre em suas dependências, o lixo moral representado pela Biografia desde cidadão chamado Lula da Silva. Quando o povo se cansar de ser enganado pelo PT e seus cúmplices pelas suas vigarices, a verdade um dia aparecerá.

Mais de 2 mil políticos são flagrados recebendo o Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) flagrou, por meio de um levantamento, 2.168 políticos eleitos que teriam recebido dinheiro do Bolsa Família, do governo federal.  De acordo com a pasta, o motivo do cruzamento de dados foi “garantir a qualidade das informações cadastrais e, consequentemente, a focalização do Bolsa Família”. Para isso, foi feito o cruzamento da folha de pagamento do programa de transferência de renda com a base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Um decreto de 2004, proíbe qualquer político eleito e empossado de receber os benefícios do Bolsa Família. Quem foi flagrado neste ato, teve o benefício bloqueado em fevereiro de 2013. Após o bloqueio, o ministério enviou às prefeituras um questionário com perguntas relativas à situação dos políticos identificados.

A lei que versa sobre o tema diz que “será obrigado a efetuar o ressarcimento da importância recebida o beneficiário que dolosamente tenha prestado informações falsas ou utilizado qualquer outro meio ilícito, a fim de indevidamente ingressar ou se manter como beneficiário do Programa Bolsa Família”.

Como o bloqueio do pagamento do Bolsa Família dos 2.168 beneficiários que foram confirmados como políticos eleitos ocorreu no mês de fevereiro de 2013, o único pagamento recebido foi em janeiro deste ano.

Terra

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. francisco c das c a costa disse:

    POLITICO BOM É ESSES AÍ , APROVEITA TUDO. DIANTE DE MONTANTES MAIORES ROUBAR O BOLSA FAMILIA, É FIXINHA.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Há mais políticos investigados em esquema de fundos de previdência, afirma modelo

 Luciane Hoepers, a “pastinha” mais famosa da quadrilha acusada de lavagem de dinheiro e desvio de recursos de fundos de pensão municipais, nega irregularidades no trabalho que ela e suas colegas faziam e afirma que há mais políticos sendo investigados pela Polícia Federal.

13273617“Existem muitos políticos investigados. Com o tempo, se tiver que ter esclarecimentos, vou fazer, e os envolvidos vão fazer. Não há necessidade de citar agora”, diz a loira de olhos verdes, 33 anos e 1,75 m de altura, em entrevista à Folha.

Luciane não gosta de ser chamada de pastinha, como foram classificadas pela PF as meninas que procuravam prefeitos e gestores de fundos de previdência municipais, levando em pastas propostas de aplicações arriscadas e de rendimento duvidoso.

Ela se define como uma “captadora de clientes”, que oferecia propostas de melhoria da administração dos recursos previdenciários: “Tudo foi feito na legalidade. O trabalho era correto, lícito, de instruir para que eles [prefeitos] tivessem melhor rentabilidade e diversificação nos fundos de previdência”.

O esquema foi desbaratado há duas semanas, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Miqueias. Segundo a PF, o esquema tinha influência no mundo político e era comandado por um doleiro e um policial aposentado.

Se os negócios oferecidos pelas pastinhas fossem fechados, cada uma ganhava uma porcentagem sobre o valor do contrato: “Quando fechava um [negócio] se ganhava uma corretagem sim, admito. De forma idônea”.

Luciane afirma que é credenciada pela CVM (órgão que fiscaliza o mercado financeiro) e formada em administração. Natural de Joinville (SC), ela diz que foi para Brasília reconstruir a vida depois de uma separação traumática do casamento.

Investigadores creem que algumas das mulheres envolvidas no esquema eram prostitutas. Luciane nega: “Qual o problema com uma mulher bonita [trabalhar] no mercado financeiro? Não é por [ser bonita] que precisa dar”.

Segundo ela, a operação da PF foi um “circo”. Luciane ficou presa por cinco dias, três deles no presídio feminino do Distrito Federal: “Foi um trauma. É um canil aquilo”.

Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio disse:

    Os políticos ja tem vontade de roubar por natureza, imaginem com uma galega dessa aliciando, eles empenham ate a mãe!!!

Aumento para deputados chega às Câmaras no ano que vem

O ano de 2013 nem chegou e todo mundo já está de olho no aumento.  O Supremo Tribunal Federal (STF), já anunciou que quer aumento de 7,12% a partir de janeiro de 2013. Reajuste também devem ter deputados, senadores, ministros de Estado e presidente da República. O aumento também repercute nos salário de prefeitos e vereadores  que serão eleitos em outubro. Vamos ver quanto vai ser destinado para os trabalhadores.

Confira na reportagem:

O reajuste aplicado aos subsídios dos deputados, senadores, ministros de Estado e presidente da República, em dezembro de 2010, vai repercutir a partir de janeiro do ano que vem nos salários dos prefeitos e vereadores que serão eleitos em outubro. Isso porque aumentos salariais para os vereadores só podem ser aprovados no final de uma legislatura, valendo para a próxima. Quando tomam posse, eles aprovam o novo salário do prefeito. Essa é a “grande pegada” para as prefeituras em 2013, alerta o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.

Por conta desse reajuste e do crescimento médio anual das despesas dos legislativos municipais em cerca de 10%, os gastos com os vereadores devem pular de R$ 9,5 bilhões em 2011 para cerca de R$ 15 bilhões em 2013. A estimativa é que, tendo como parâmetro os salários dos deputados estaduais — que, por sua vez, têm como base o que ganham os federais —, os vereadores poderão reajustar seus vencimentos em até 60%.

Média de gastos chega a 3,5%

O presidente da CNM considera altos os custos das câmaras, mas aponta como culpados maiores a Câmara dos Deputados e as assembleias.

— A maioria das câmaras está ajudando os municípios e gastando abaixo do permitido. Mas esses gastos vão aumentar muito ano que vem por causa da decisão dos deputados e senadores de elevarem seus salários para o teto — diz Ziulkoski, referindo-se ao “efeito cascata”. — O parâmetro para os novos vereadores é o salário do deputado, o que pode significar aumento de até 60%, mas vai depender do orçamento de cada município. Uns vão dar 20%, outros, 30%. Quem critica vereador tem que ver, primeiro, o que fez o deputado em Brasília.

As prefeituras podem gastar de 3,5% a 7% de suas receitas tributárias próprias — as transferidas do exercício anterior — com os legislativos municipais, dependendo do número de habitantes. Segundo estudo da CNM, em média, os municípios gastaram em 2011 3,5% de suas receitas, contra 3,8% em 2010. E há os que gastam o teto. Mas nem sempre a prestação de contas é tão clara.

Sobre essa questão da transparência e da fiscalização, Ziulkoski diz que legislação no Brasil, para isso, não falta:

— O que falta é o cidadão cobrar mais. Tem que haver uma mudança de cultura, ele tem que exigir novos padrões de comportamento dos políticos. Acho que 99% não sabem o que acontece na política.

 

 

Fonte: O Globo

Eleições 2012: Quase metade dos candidatos concorre fora do estado natal

Quase metade dos candidatos a prefeito nas capitais brasileiras não nasceram no Estado onde concorrem – há de tudo: gaúchos em São Paulo, candidato jovem paulista tentando sua primeira eleição em outro estado, e dois estrangeiros: um paraguaio e um chileno. Em pelo menos três capitais, os “forasteiros” são a maioria na disputa. O levantamento foi realizado com base nas informações preliminares do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que ainda não divulgou as informações de Belém (PA), Florianópolis (SC) e Maceió (AL).

Segundo o TSE, em Palmas (TO) não haveria nenhum candidato nascido no Estado concorrendo à prefeitura. Adail Pereira (PSDC) é natural de Ponte Alta do Tocantins, cidade goiana, segundo o TSE. Já a Confederação Nacional dos Munícipios afirma que a cidade faz parte de Tocantins. Sendo assim, o democrata-cristão é o único a concorrer no mesmo estado que nasceu. Aberlado Gomes Ferreira (Psol), é de Alto Parnaíba (MA), mesmo Estado do candidato do PRB, Dr. Luciano. Marcelo Lelis (PV) e Luana Ribeiro (PR) são de Goiás. Carlos Amastha (PP) nasceu fora do País: na Colômbia. Do Paraná, o representante é Fábio Ribeiro (PTdoB).

Em Cuiabá (MT), dois conterrâneos concorrem com um paranaense (Adolfo Grassi, do PPL), um mineiro (Carlos Brito, do PSD) e dois goianos (Ludio Frank do PT e Mauro Mendes, do PSB). Natural de Anápolis, Mendes tenta a prefeitura de Cuiabá desde 2008 e encabeça a lista dos candidatos mais ricos nas capitais.

Em Porto Velho (RO), a situação se repete: são nove postulantes – apenas quatro são de Rondônia. Os outros candidatos são do Mato Grosso do Sul (Aloizio Vidal, do Psol), de Minas Gerais (José Augusto, do PMDB), do Mato Grosso (Lindomar Garçom, do PV) e do Rio de Janeiro (Mauro Nazif, do PSB). Com 25 anos, a vereadora Mariana Carvalho (PSDB) disputa sua primeira eleição majoritária na capital de Rondônia, distante do estado onde nasceu: São Paulo.

Em um cenário com seis candidatos, Natal (RN) tem três potiguares (Rogério Simonetti do PSDB, Hermano Morais do PMDB e Roberto Lopes PCB) contra um mineiro (Fernando Mineiro do PT) e dois cariocas: o professor Robério (Psol) e Carlos Eduardo Alves (PDT) que, embora faça parte do clã Alves, conhecida família na região, nasceu na capital fluminense.

Em Boa Vista (RR), a disputa também está dividida: dois candidatos da capital concorrem contra Mecias de Jesus (PRB), de Graça Aranha (MA), e Maria Teresa (PMDB), de São Manuel (SP). O mesmo acontece em Vitória (ES), são três capixabas contra três “estrangeiros”: o carioca Edson Ribeiro (PSDC), e dois mineiros: Iriny Lopes (PT) e Montalvani de Sousa Lima (PRTB).

As outras capitais seguem a tendência de ter a maioria dos candidatos do próprio Estado. Em Campo Grande (MS), a maioria é sul-mato-grossense, mas a disputa é acirrada com três paulistas: professor Sidney (Psol), Suél Ferranti (PSTU) e Edson Giroto (PMDB).

Em São Paulo, dois gaúchos estão na disputa: Ana Luíza (PSTU) e José Maria Eymael (PSDC). Há ainda um mineiro de Mutum, Levy Fidelix (PRTB), e um paranaense de Porecatu, Paulinho da Força (PDT) – a maioria deles concorre na capital paulista há anos. No Rio, entre cariocas, existem um mineiro (Cyro Garcia) e um sergipano (Otavio Leite do PSDB). Um estrangeiro bem carioca está na lista: Rodrigo Maia (DEM) nasceu no Chile. Paulistas e cariocas também estão na disputa de Salvador (BA) – são os únicos “estrangeiros” no meio da maioria baiana.

Em Manaus, há dois catarinas (Vanessa Grazziotin do PCdoB e Henrique Oliveira do PR) e um pernambucano: Jeronimo Maranhão (PMN). Em Rio Branco, há um paulista (Marcus Alexandre do PT). Tião Bocalom, político conhecido no Acre, não é do Estado, mas sim de Bela Vista do Paraíso, cidade paranaense.

Em Recife (PE), o único intruso é o petista Humberto Costa, que é de São Paulo. Assim como em Porto Alegre: Wambert di Lorenzo (PSDB) vem da Paraíba. O que não chega a acontecer em Belo Horizonte (MG) e João Pessoa (PB): nessas capitais todos são mineiros e paraibanos, respectivamente.

Fonte: Terra

Os “gênios” políticos

O Blog reproduz excelente artigo do Jornalista Laurence Bittencourt no seu blog Espaço Livre no Nominuto.com. Atualíssimo…

O que mais espanta diante do acordo entre o PT e o PP em São Paulo, ou seja, entre Lula e Maluf com direitos a abraços e afagos, em que a ética foi mais uma vez e vergonhosamente rasgada, não é o silencio dos petistas seja por vergonha, horror, reprovação, ou mesmo vá lá, para alguns, cinismo, o que mais espanta é ouvir comentários aqui mesmo em nosso Estado de que com esse acordo Lula mais uma vez mostra-se “um gênio político”.

Em nosso país ser “gênio politico” é não ter o menor compromisso com a ética, com a cidadania, com a coletividade e sim pensar no ganho politico. É isso que eles chamam de “avanço”. E ainda acusam os americanos de egoístas.

Ser “gênio” politico em nosso país é o mesmo que ser contraventor politico. Ser “gênio” politico em nosso país é infringir a lei, é burlar a lei, é “dar a volta por cima” mesmo diante da condenação penal e dos escândalos comprovados em relação aos recursos chamados de públicos.

Aqui no “pequenino” Rio Grande do Norte há uma penca de “gênios” políticos quase todos os dias saudados de alguma forma em nossa mídia. Basta acompanharmos os “acordos” oportunísticos entre “esquerda” e “direita” seja na capital, nas chamadas cidades médias e nas cidades pequenas do interior do Estado.

Ser “gênio” politico mesmo sendo mau caráter comprovado e contumaz é ser aplaudido e reverenciado diante da “lei”, diante dos escândalos.

No Brasil ser contraventor, transgressor diante da ética e da lei é ser aplaudido como “pragmático”. Ainda mais quando são “reeleitos”.

O fato de sermos o que somos enquanto “nação” e acompanharmos os “crimes” diários nos hospitais públicos, nas ruas com a falta de segurança, se explicam devidamente por essas posturas.

Só no Brasil ser “gênio” politico é ser um contraventor. Somos o país dos “gênios” políticos. E a vida, com os seus crimes diários, essa continua lá fora.

Relator propõe que Cachoeira fale à CPI no dia 17 de maio

O deputado federal Odair Cunha (PT-MG), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que vai apurar o envolvimento de políticos e empresários com o grupo do bicheiro Carlinhos Cachoeira, apresentou nesta quarta-feira (2) o plano de trabalho da investigação.

Pelo cronograma proposto, a comissão poderá ouvir o depoimento do bicheiro Carlos Augusto dos Ramos no dia 17 de maio. A data, porém, ainda não está fechada e pode ser alterada pelos parlamentares da comissão durante a votação do plano de trabalho.

As datas propostas ainda serão analisadas pela comissão. Ao pedir a oitiva, Odair Cunha argumentou que a influência de Carlinhos Cachoeira “se estende por setores do poder público e privado” e que as ações do contraventor configuram “o que se chama de crime organizado”.

Já o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), que responde no Conselho de Ética do Senado por suposta quebra de decoro parlamentar, por envolvimento com Carlinhos Cachoeira, seria ouvido no dia 31 de maio no CPI, segundo cronograma apresentado pelo relator.

Plano de trabalho
Odair Cunha apresentou o cronograma de trabalho da CPI, que terá prazo de 180 dias, tendo previsão de encerramento para o dia 4 de dezembro. “Esta comissão se debruçar-se-á sobre as questões mais relevantes. A primeira etapa será destinada a oitiva das investigações, com o depoimentos dos delegados, depois a vez da defesa, com a presença do senhor Carlos Augusto dos Ramos e demais pessoas citadas. Após vai concluir o relatório”, disse o relator.

Nos dias 22 e 24 de maio, o relator propôs que a CPI ouça supostos integrantes da quadrilha: José Olímpio de Queiroga Neto, Gleyb Ferreira da Cruz, Geovani Pereira da Silva, Wladimir Henrique Garcez, Lenine Araújo de Souza, Idalberto Matias de Araújo, Jairo Martins e outros.

O relator reafirmou que a CPI será baseada nas investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal nas operações Vegas e Monte Carlo, que investigou esquema de jogo ilegal supostamente chefiado por Cachoeira.

De acordo com Odair Cunha, a partir das investigações já feitas, será possível “apurar as extensões das atividades ilícitas da organização e ficar as responsabilidades de agentes públicos e privados”.

Além da data proposta para ouvir Carlinhos Cachoeira, o relator da CPI também propôs que no dia 8 de maio seja ouvido o delegado da Polícia Federal Raul Alexandre Marques Sousa, responsável pela Operação Vegas. As datas destas oitivas também precisam ser aprovadas pelos membros da CPI

Já no dia 10 de maio, o relator propôs que CPI ouvir os depoimentos do delegado Matheus Mella Rodrigues e os procuradores da República Daniel Rezende Salgado e Lea Batista de Oliveira, responsáveis pela investigação da operação Monte Carlo.

Fonte: G1

Documentos do STF sobre Cachoeira já estão nas mãos da CPMI

Toda a documentação das operações Vegas e Monte Carlo, da Polícia Federal, foram entregues hoje (2) ao presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), por dois oficiais de Justiça. No ofício encaminhado ao Congresso, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski autorizou a CPMI compartilhar os documentos com o Conselho de Ética do Senado e com as comissões de sindicância da Câmara.

O conselho já havia requerido os documentos, no total nove volumes, para embasar as investigações de envolvimento do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) com o esquema de corrupção e exploração de jogos ilícitos supostamente comandado pelo empresário goiano Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Na Câmara, os deputados também apuram se houve envolvimento de parlamentares neste esquema investigado pela Polícia Federal.

Logo após serem entregues ao Congresso, Vital do Rêgo determinou que os documentos fossem lacrados no cofre da comissão de inquérito. Às 14h30, o parlamentar entregará aos deputados e senadores integrantes da CPMI uma cartilha detalhando os direitos de acesso aos documentos garantidos pelo Regimento Interno. Na mesma reunião, o relator Odair Cunha (PT-MG) detalhará seu plano de trabalho. Ele preferiu não adiantar detalhes.

Dos nove CDs, oito contêm informações anexas e um trata das cópias dos inquéritos investigados pela Procuradoria-Geral da República a partir das operações Vegas e Monte Carlo, da Polícia Federal.

Fonte: Agência Brasil

Paulo Davim é o único potiguar titular na CPMI do Cachoeira

A lista completa de todos os integrantes da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o envolvimento do bicheiro Carlinhos Cachoeira com políticos brasileiros foi divulgada oficialmente na noite de ontem, mas um detalhe interessante é que o senador Paulo Davim (PV) é o único parlamentar potiguar entre os titulares da CPMI.

Outro potiguar que figura dentro da Comissão é o deputado federal Rogério Marinho (PSDB). Ele foi indicado pelo partido para ocupar uma das cadeiras de suplentes.

A comissão já foi instalada e já começou os trabalhos. Hoje foi escolhida a Presidência. Como estava previsto, o corregedor do Senado, Vital do Rêgo (PMDB-PB), assumiu a função. Na próxima quarta-feira (02/05) às 14h30, a CPMI volta a se reunir para definir o Plano de Trabalho.