Polícia

MPF pede que PF apure ‘sumiço’ de 50 mil doses de vacinas no Piauí

Foto: Regis Falcão/Governo do Piauí

O Ministério Público Federal (MPF) requisitou, na tarde desta quinta-feira (25), a instauração de inquérito pela Polícia Federal para apurar o possível desvio, por parte do governo do estado do Piauí, de 50.667 doses de vacinas contra a covid-19 que não foram registradas no sistema do Ministério da Saúde, conforme amplamente noticiado nos meios de comunicação e em vídeo de autoridade do legislativo que circula nas redes sociais. A pasta da Saúde do governo de Wellington Dias (PT) nega desvios e afirma que atualiza o sistema após entrega das doses aos municípios.

De acordo com portal de notícias piauiense Cidadeverde.com os 224 municípios piauienses receberam até agora 392.080 doses de vacinas Coronavac e AstraZeneca e os prefeitos incluíram no cadastro do governo federal somente 341.413 doses dos imunizantes, tendo uma sobra de mais de 50 mil doses que não estão sendo localizadas.

O portal ainda aponta três possibilidades para a ausência do devido registro no sistema do Ministério da Saúde: as Secretarias Municipais de Saúde estão vacinando e não incluíram no cadastro do Ministério da Saúde, as doses foram utilizadas de forma irregular – fura-filas e outros fins – ou as vacinas estão paradas.

Diante da gravidade das denúncias, o procurador da República Kelston Pinheiro Lages requisitou à PF a apuração da existência do possível crime de peculato, com a materialidade, bem como a identificação dos autores de eventuais infrações penais.

“A vacina é um bem público com destinação específica. O seu desvio ou subtração em proveito próprio ou alheio em uma situação de normalidade já grave , numa situação de calamidade pior ainda com sérias repercussões do âmbito criminal e da improbidade administrativa. Os fatos são graves e precisam ser esclarecidos”, destaca Kelston Lages .

Em razão dos mesmos fatos, o MPF também requisitou ao secretário estadual de saúde Florentino Neto que preste esclarecimentos, no prazo de dez dias úteis, bem como as providências que estão sendo adotadas.

Tanto a resposta do secretário como o relatório da Polícia Federal integrarão o Inquérito Civil número 1.27.000.000369/2020-75, que tramita na Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, com o objetivo de acompanhar as políticas públicas, bem como a utilização de recursos públicos destinados ao enfrentamento do coronavírus no estado do Piauí.

‘Transparência mantida’

Diante das suspeitas, a Secretaria da Saúde do Piauí afirmou que, por meio da Superintendência de Atenção à Saúde e Municípios, mantém a total transparência em relação aos dados relativos à Covid-19 no Piauí. E confirma o recebimento das 392.080 mil doses de vacinas para imunizar a população piauiense.

Em vídeo divulgado pelo governo do Piauí, o superintendente estadual de Atenção Primária à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães, explica que o número total de doses entregues aos municípios não consta no Vacinômetro oficial do estado, porque só é possível registrar as doses depois que elas são entregues nas cidades.

“Nosso painel está sendo atualizado por conta da preocupação com a transparência, mas é uma certeza que todas as doses foram entregues nos municípios”, diz o superintendente.

Herlon explica ainda que a defasagem dos números acontece porque o Piauí guarda as doses de vacinas para a segunda dose, que só são distribuídas num prazo de 28 dias ou três meses depois, dependendo de qual vacina seja.

“Nós temos reuniões semanais com todos os nossos Conselhos de Secretários Municipais para mantermos um controle maior da entrega. Nunca registramos a entrega no mesmo dia que enviamos aos municípios. O registro só acontece quando eles recebem”, esclarece.

Veja o vídeo com a explicação oficial do governo do Piauí:

Diário do Poder, com informações da Assessoria de Comunicação Social do MPF no Piauí

Opinião dos leitores

  1. A culpa é de Bolsonaro que não fiscalizou o armazenamento e não viajou para o Piauí para ver aonde eles estavam colocando…(toda a culpa é dele..)

  2. Bom, roubar nós sabemos que pode, já aconteceu quando esse partido assumiu posições de comando, agora, num momento desses, demonstrar incapacidade gerencial é de matar. Passam o tempo que querem acusando o presidente de genocida, quando chega a hora e dentro do seu terreiro, de fazer a coisa certa, desandam a fazer besteira, aqui no nosso RN não é diferente.

  3. Esses são ladroes profissionais, PTralhas são assim , veja o exemplo do RN ? Contrato de ambulância, sacos plásticos, respiradores sucateados , 5 milhões …e o MINISTÉRIO PÚBLICO CALADO , irão se manifestar , só quando sair No fantástico, aí aparece logo logo um promotor na frente das CÂMERAS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Associação de pesquisas do RN estranha contratação de instituto de pesquisa do Piauí por quase R$ 2 milhões pelo Governo do RN

A ASSINP – Associação dos Institutos de Pesquisa do Rio Grande do Norte, que tem em seu quadro de sócios os maiores Institutos de Pesquisa do Estado, ante noticiários locais que atestam que o Governo do Estado do Rio Grande do Norte firmou contrato para execução de pesquisas junto a um Instituto do estado do Piauí, com dispensa de licitação e com valores próximos a dois milhões de reais, vem a público externar sua surpresa com esta contratação, narrar e indagar ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte o que segue:

Primeiramente cabe ressaltar que reconhecemos a importância da referida pesquisa, sendo necessário para o planejamento e estudo do combate ao Covid-19 em nosso estado.

Indagamos o motivo de nenhum dos Instituto filiados à ASSINP – Associação dos Institutos de Pesquisa do Rio Grande do Norte terem sido consultados sobre o interesse em participar da referida pesquisa, em que pese existirem Institutos em nossos quadros com mais de 25 anos de experiência, com serviços prestados em diversos estados, estando todos aptos a realizar tal trabalho.

Nesta oportunidade registramos nosso protesto pelo fato de em um quadro de crise econômica que o estado vivencia, sequer termos sido consultados para um serviço desta magnitude, esperando que nos próximos serviços o Governo do Estado do Rio Grande do Norte se lembre das empresas do seu próprio estado.

Natal, 24 de março de 2021.

Atenciosamente,

Diretoria da ASSINP – Associação dos Institutos de Pesquisa do Rio Grande do Norte

Opinião dos leitores

  1. Por quê não usou esses dois milhões para abrir um hospital de campanha ou para comprar respiradores ??? Tá sobrando dinheiro ??? É muito estranho o silêncio dos órgãos fiscalizadores!!!

  2. Não compreendo essa estranheza. Essas maracutaias fazem parte do petismo desde tempos de antanho. Sempre foi assim e assim permanecerá…..até esvaziar o erário.

  3. Aluguel de ambulâncias, 5 Milhões que sumiram, contrato de pesquisas, compra de respiradores quebrados, fechamento de hospitais, fura filas de vacinas, lockdown, toque de recolher, marginalização de trabalhadores, não fez hospital de campanha, entre outros absurdos desse DESGOVERNO. Ainda falam que o genocida é Bolsonaro.

  4. Dos 5 milhões, 2 milhões já apareceu falta o restante. A pesquisa é mais importante que respiradores, RN sem sorte.

  5. Foi com dispensa de licitação, tem que ser rigorosamente auditado! Alô, Tribunal de Contas do RN.

  6. 5 milhões desviados, sem hospital de campanha, compra de respiradores quebrados, compras suspeitas, ambulâncias super…, RN com vacinação atrasada e dados desatualizados, Agora essa. kkkkKkkk, eu avisei

    1. Governo catastrófico. NADA de positivo para o RN. Triste.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Covid-19: PF e CGU apuram irregularidades na Saúde do Piauí

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Polícia Federal (12) e a Controladoria-Geral da União (CGU) deflagraram, nesta terça-feira (12), no Piauí, a Operação Campanile. O objetivo é aprofundar investigações sobre a possível existência de conluio entre gestores da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e empresários, em processos de dispensa de licitação durante a pandemia da covid-19, cujos pagamentos ocorreram anteriormente a qualquer formalização das etapas da contratação.

A partir de denúncia recebida pela PF, sobre a negociação oculta entre gestores da Sesapi e empresários, com a emissão de empenhos e a realização de pagamentos antes da formalização dos contratos e de suas publicações nos meios oficiais, a CGU levantou informações e identificou pagamentos que foram feitos antes da publicação do extrato do contrato no Diário Oficial do Estado do Piauí.

“Também foram identificados casos de empenhos ainda não pagos, cuja emissão ocorreu em momento anterior ao da publicação do extrato do contrato e casos de empenhos ainda não pagos em relação aos quais nem se identificou a publicação do extrato do contrato”, diz ainda a CGU.

A nota diz ainda, que a “formalização dos processos de contratação em momento posterior demonstra que a Sesapi contratou as empresas de forma irregular e que, ciente das falhas, tentou dissimular tais ocorrências com publicações retroativas dos extratos dos contratos”.

Em 2020, para o enfrentamento da emergência de saúde pública provocada pelo novo coronavírus, o Piauí recebeu do Fundo Nacional de Saúde (FNS) cerca de R$ 100 milhões.

Os dados levantados pela CGU referiram-se a contratações por órgãos da Sesapi que resultaram em pagamentos de pelo menos R$ 33,7 milhões a empresas envolvidas na investigação, durante o período de março a dezembro deste ano, sendo parte desses recursos de origem federal.

Os policiais federais estão cumprindo 21 mandados de busca e apreensão, nos municípios de Teresina, Parnaíba e Joca Marques, no Piauí; na cidade de São Paulo (SP); e em Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Nota

A secretaria divulgou nota, na qual diz que colabora plenamente com as investigações e “ressalta sua transparência e seriedade durante todo o trabalho de combate a pandemia do coronavírus e destaca que todos os procedimentos contratuais e licitatórios obedecem, rigorosamente, o que prevê a lei. A Sesapi reconhece o trabalho e o dever da polícia de investigar e irá mostrar, ao longo do processo, que não há nenhuma irregularidade em suas ações”.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Agricultura confirma foco de peste suína clássica no Piauí

Foto: Divulgação/ Governo federal

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) confirmou nesta segunda-feira (5) um foco de Peste Suína Clássica (PSC) no Piauí. O diagnóstico foi confirmado pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Pedro Leopoldo (MG), por técnica de diagnóstico molecular (RT-PCR em Tempo Real).

O caso ocorreu no município de Parnaíba, norte do estado, em criatório de suínos para subsistência. Segundo o ministério, o estado é localizado fora da zona reconhecida como livre de PSC pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

“A ocorrência já foi notificada pelo Ministério à OIE e não há justificativas para restrições ao comércio internacional de suínos e seus produtos”, afirmou a pasta por meio de nota. O último foco de PSC no Piauí havia sido encerrado em novembro de 2019.

O ministério informou ainda que a propriedade em que se identificou o foco da doença foi interditada e o serviço veterinário estadual está adotando os procedimentos determinados pela pasta para eliminação do foco, incluindo sacrifício dos suínos e desinfecção da propriedade afetada, além de investigações para rastreamento de provável origem e vínculos epidemiológicos.

Peste Suína Clássica

A Peste Suína Clássica (PSC), também conhecida como febre suína ou cólera dos porcos, é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta somente suínos e javalis. Não oferece riscos à saúde humana e não tem impacto na saúde pública.

O estado do Piauí faz parte da zona não reconhecida como livre de PSC, juntamente com outros 10 estados (AL, AM, RR, PA, AP, MA, CE, RN, PB, PE).

Os limites entre as zonas livre e não livre de PSC são protegidos por barreiras naturais e postos de fiscalização, onde procedimentos de vigilância e mitigação de risco para evitar a introdução da doença são adotados continuamente.

A zona livre de PSC do Brasil concentra mais de 95% de toda a indústria suinícola brasileira.

Toda a exportação brasileira de suínos e seus produtos são oriundas da zona livre, que incorpora 15 estados brasileiros e o Distrito Federal (RS, SC, PR, MG, SP, MS, MT, GO, DF, RJ, ES, BA, SE, TO, RO e AC), e não registra ocorrência da doença de PSC desde janeiro de 1998.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia tenta localizar homem que teve os genitais arrancados por mulher no Piauí

Foto: Divulgação/PC

A Polícia Civil está tentando identificar o homem que teve parte dos órgãos genitais arrancados no sábado (5), na cidade de Miguel Alves, no Piauí. Segundo a Polícia Militar, uma mulher teria usado os dentes para cometer o crime.

Francírio Queiroz, delegado de Polícia Civil, informou que iniciou uma investigação preliminar para identificar a vítima e a autora.

“O caso ainda não foi comunicado formalmente na delegacia. Nós já estamos em uma investigação preliminar no sentido de identificar ambas as partes envolvidas, mas por enquanto não obtivemos êxito nesse sentido”, informou.

“O caso ainda não foi comunicado formalmente na delegacia. Nós já estamos em uma investigação preliminar para identificar os envolvidos, mas ainda não conseguimos encontrá-los”, informou.

Entenda o caso

Uma mulher está sendo procurada suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem na cidade de Miguel Alves, no Piauí. A agressão aconteceu no sábado (5), na casa do homem, durante a madrugada. Segundo a Polícia Militar, a suspeita mora na casa ao lado da casa da vítima.

Ainda de acordo com a PM, o homem foi levado para o Hospital Estadual de União. Ele recebeu alta ainda no sábado, e foi para a casa de familiares em União, a 53 km de Miguel Alves.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEOS: No Piauí, Bolsonaro é recebido por multidão aos gritos de “mito” e monta até cavalo

 

Ver essa foto no Instagram

 

– São Raimundo Nonato/PI. – Aeroporto. . Link em nosso canal no YouTube: https://youtu.be/lIQMZRY_IDs

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

– Campo Alegre de Lourdes/BA. . Link no YouTube: https://youtu.be/BPUyiUUpEcg

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

Após ter se recuperado do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro retomou a agenda de viagens pelo país e participou, nesta quinta-feira (30) da cerimônia de acionamento do Sistema Integrado de Abastecimento de Água na cidade de Campo Alegre de Lourdes, na Bahia.

Horas antes, ainda na chegada ao aeroporto de São Raimundo Nonato, no Piauí, o chefe do Executivo colocou um chapéu nordestino, montou em um cavalo em meio a uma aglomeração de apoiadores e retirou a máscara higiênica que utilizava. Bolsonaro também cumprimentou os bolsonaristas com apertos de mãos. Em seguida, ele retirou o chapéu e o rodopiou.

Depois, Bolsonaro desceu do cavalo e continuou cumprimentando os apoiadores que o recebia ao som de “mito”.

Agenda

Após a inauguração na Bahia, Bolsonaro retornou para o Piauí, com destino a Coronel José Dias. A previsão é de que, à tarde, ele visite o Parque Nacional da Serra da Capivara e o Museu da Natureza no local. O retorno de Bolsonaro para Brasília está marcado para às 15h20 no horário da capital federal.

Já na sexta-feira (31/7), o chefe do Executivo tem compromissos em Bagé, no Rio Grande do Sul, onde participará da entrega do Condomínio Residencial, no bairro de Tarumã.

Com informações do Correio Braziliense

Opinião dos leitores

  1. É muita irresponsabilidade criar aglomerações, diante de um quadro de crescimento vertiginoso do Covid-19. Isso demonstra "a preocupação" que Bolsonaro dedica em relação a saúde e a vida das pessoas

    1. Qual crescimento vertiginoso??? No RS??? Isso é no PI! Rsrsrs

  2. "Inaugurando" obra que já foi inaugurada há mais de 2 anos. Kkkkkk. Tá igual a uns políticos destas bandas…

  3. Essas cenas traduz muito bem uma musica de Luiz Gonzaga que dizia: O zeé matuto foi a praia, só pra ver como é que é….

  4. O véi tá estourado, em todo Brasil sil sil sil.
    Isso aí minha gente, é Piauí viu??
    Tá pensando que é Santa Catarina??
    Na na ni na não!!
    É Nordeste brasileiro.
    Kkkkkkkkjk
    Primeiro turno.

  5. Deixem o MITOmaníaco conduzir a boiada talkei! Como todo capataz, tem que subir no cavalo para isso… KKK

  6. É impressione como o Presidente promove aglomerações, incentiva a quebra do isolamento social e fomenta a contaminação por Covid em massa. Realmente, ele quer a imunidade de rebango

  7. Enquanto isso LULADRAO foi recepcionado com outdoor com a frase, doto em corrupção e lavagem de dinheiro. Kkkk

  8. O doido nem de nordestino gosta !!! Veio de sacanagem ….cheio de gr ipezinha…..o hom é bom ….

  9. É o povo do NORDESTE reconhecendo o excelente trabalho feito pelo PRESIDENTE.
    Parabéns Presidente;
    Graças aos respiradores enviados muitos salvaram a vida.
    Graças ao auxílio emergencial muitos tiveram o que comer.
    Graças ao socorro ao emprego muitos mantiveram seus postos de trabalho.
    VALEU PRESIDENTE, o povo lhe é muito grato.

    1. deixa acabar o auxilio e começar com o "pacote de maldades", pra ver se a popularidade continua alta…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PF faz busca e apreensão em gabinete de primeira-dama do Piauí, na Câmara dos Deputados

Foto: Reprodução – 27.jul.2020/ CNN

A operação hoje da Polícia Federal, sobre investigação no Piauí, faz busca e apreensão, neste momento, na Câmara dos Deputados, em Brasília.

A primeira-dama do Piauí, esposa do governador Welington Dias é um dos alvos de mandados. Rejane Dias (PT-PI) é deputada federal e tem gabinete em Brasília.

Fontes da PF informaram à CNN que, desta vez, como precaução para garantir a entrada dos agentes na Câmara dos Deputados, a justiça de primeira instância obteve decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ela autorizou a Justiça Federal do Piauí a expedir os mandados de busca de apreensão também com entrada na Câmara, o que evita o enfrentamento jurídico da semana passada, quando a PF foi impedida de entrar no gabinete do senador José Serra.

Operação Topique

A ação de hoje investiga lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva na secretaria de Educação do Piauí. Rejane Dias foi secretária da pasta em 2019, quando esteve licenciada do mandato na Câmara.

Há suspeita de desvios na ordem de R$ 50 milhões, entre 2015 e 2016, em licitação de contratos do transporte escolar do estado.

Procurada, a deputada afirmou em nota que “recebe tranquilidade os desdobramentos da referida Operação”. Também em nota, a secretaria de Educação do Piauí disse que está colaborando com as investigações.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Mas o presidente é contra a educação…Quem faz bem ao setor é o pessoal da esquerda!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Engraçado, fazem críticas ao Presidente em relação aos mandatos dos filhos. Mas à esquerda faz o mesmo.

  3. Ainda tem gente que acredita em país de corruptos como esse. Todo santo dia a PF e a midia trás noticias sobre corrupção e isso é o que conseguem descobrir, imaginem os inúmeros casos que ninguém sabe.! Este país não tem jeito, quem quiser viver no mundo encantado, boa sorte.! Faz tempo que rasguei o véu da ignorância. Com certeza político nenhum me engana.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Governador do Piauí anuncia ‘lei seca’, proibição da venda de bebida alcoólica, e medidas mais rígidas de combate à Covid-19

Wellington Dias — Foto: TV Clube

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), anunciou no começo da tarde desta quarta-feira (13), em entrevista à TV Clube, novas medidas, mais rígidas, de combate ao coronavírus.

Entre elas, a ‘lei seca’ a partir desta sexta-feira (15), às 0h, proibindo a venda de bebidas alcoólicas em todo o estado. A comercialização fica restrita até o domingo (17).

Além da ‘lei seca’, Wellington Dias citou outras medidas mais rígidas que começam a valer a partir de sexta-feira, dia 15 de maio, e valem até o domingo, dia 17. São elas:

Suspensão do transporte intermunicipal

Novos horários de funcionamento para postos de combustível (ainda não anunciado)

Serviços de borracharias com regras de higiene e funcionamento

Bancos e lotéricas fechados

Obras de construção civil, exceto emergenciais, paradas

Barreiras nas divisas com regra de quarentena. Quem vier de outro estado ao Piauí, terá que ficar em isolamento, acompanhando por órgãos de saúde, e fazer testes de Covid-19.

Wellington explicou que o Piauí não terá, “nesse instante”, o lockdown, o bloqueio total de circulação de pessoas, uma medida mais rígida que o isolamento social. “Queremos uma oportunidade para uma alternativa intermediária, antes de uma medida como essa, do para tudo. Estamos dialogando com os prefeitos”, explicou Dias.

As novas medidas anunciadas nesta quarta, segundo o governador, devem frear o crescimento de Covid-19 no estado. São mais de 1.600 casos confirmados, com uma estimativa de 17 mil infectados, segundo uma pesquisa por amostragem, e 57 mortes.

“O objetivo é que estamos um crescimento do coronavírus, tivemos um isolamento que caiu 10 pontos (percentuais), são 180 mil pessoas a mais transitando. Queremos reduzir, ter menos 200 mil pessoas transitando, e elevar o Piauí para mais de 50% de isolamento social”, comentou Wellington, ao detalhar as novas medidas.

“Isso para ter menos propagação do coronavírus, menos pessoas adoecendo que demandam os hospitais. Chegamos nessa semana a 47% da nossa capacidade ocupada de UTI, acendeu a luz amarela. Não queremos entrar em colapso”, continuou.

Lei seca

Wellington explicou que a venda de bebida no Piauí deve reduzir a quantidade de acidentes, que têm lotado as UTIs dos hospitais. “Bares que vendem (bebida alcoólica), pessoas que se aglomeram, que estavam transitando bêbadas, entupindo as UTIs de saúde. Nesse caso, será tratado como crime. Isso nós vamos coibir”, argumentou o governador, sobre os motivos de decretar a lei seca no período.

Transporte intermunicipal suspenso

Além disso, Wellington também anunciou a suspensão do transporte intermunicipal. O transporte intermunicipal também está proibido a partir de sexta, dia 15 de maio.

“Sexta, sábado e domingo não haverá ônibus saindo de qualquer lugar do Piauí de uma cidade para outra, vamos fazer essa interdição. Somente as ambulâncias, transportes de abastecimento de carga serão permitidos”, explicou Wellington Dias.

Serviços essenciais

Wellington afirmou que na sexta, sábado e domingo haverá uma restrição dos serviços essenciais. “Farmácias, panificadores, supermercados funcionam. Postos de gasolina nós vamos restringir os horários. Borracharias vamos fazer regramento quanto à higienização. Outros serviços param: bancos, loterias e áreas da construção civil, exceto obras emergenciais”, disse.

Há também um estudo sobre a possibilidade de rodízio em algumas cidades de acordo com a placa do veículo. Na terça, quinta e sábado, apenas placas com o final ímpar. Na segunda, quarta e sexta, apenas placas com o final par podem circular.

Decretos determinam distanciamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Escolas, universidades e a maior parte do comércio, assim como serviços públicos, suspenderam as atividades. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

Com G1

Opinião dos leitores

  1. Absurdo. O Governador do Piaui agora vai legislar sobre matéria penal, usurpando matéria reservada a União? E ainda, como a quantidade de acidentes está aumentando com o isolamento social de quase 50%? As justificativas para o decreto são pífias. O judiciário precisa ser provocado para assegurar o exercício das liberdades individuais. Caso contrário, não demora para que seja regulado até o que se vai comer e beber.

  2. Senhor Francisco, é isto mesmo que a esquerda quer: restringir a liberdade dos cidadãos,inclusive a liberdade de pensar. Estes "princípios" estão bem claros nos "ensinamentos" de Marx, Lênin, Stalin, Gramsci et caterva.

  3. Vcs não terão mais direitos, só permissões.
    Prometeram que iam botar só Têca, vão acordar com Nenhuma.

  4. A Constituição Federal foi para o esgoto. Não tarda vão tentar proibir o cidadão de pensar.

    1. O argumento do "eu queria que fossse com alguém da sua família" serve para: a) censurar; b) prender; c) tirar o seu ganha-pão; d) tirar os bens que vc adquiriu; e) lhe privar de tomar decisões de caráter familiar. Tudo o que os autoritários querem (sim, e de quebra, tirar uma boa grana de isso tudo).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Com risco “iminente” de rompimento, barragem pode inundar cidade no Piauí

O Açude Caldeirão tem capacidade para 54,6 milhões de m³ de água. Imagem: Pacífico

A barragem de um açude com 54,6 milhões de m³ de água corre “risco iminente” de romper, colocando em perigo a vida dos 62 mil habitantes da cidade de Piripiri (a 160 km de Teresina), no Piauí. Um relatório técnico resultou em uma Ação Civil Pública, mas o governador do estado, Wellington Dias (PT), falou do perigo como um boato, ou “fake news”, conforme noticiou a imprensa local.

A ação da Promotoria de Justiça de Piripiri se baseou em um relatório de inspeção do Dnocs (Departamento Nacional de Obras contra a Seca), que no dia 10 de dezembro do ano passado foi notificado sobre a existência de “uma grande cavidade” no Açude Caldeirão, construído entre 1936 e 1945 para irrigar a região em períodos de seca.

Chegando ao local, os engenheiros encontraram outras crateras. “Importante registrar e informar a existência de outras erosões existentes ao longo do talude de jusante”, diz o relatório, que conclui: “Pela gravidade da situação, com risco iminente de rompimento da barragem, imediatamente recuperamos emergencialmente a cavidade”.

De acordo com o engenheiro Francisco Ribeiro Soares, que assina o documento, a erosão começou depois do asfaltamento da rodovia estadual PI 327, que cruza todo o açude. Construída sem espaço para drenar a água da chuva, a obra provocou a “anomalia” na barragem, “ocasionada pela pressão da água nos momentos de temporais”.

A cidade de Piripiri tem 62 mil habitantes. Imagem: Domínio Público

O Dnocs concluiu seu relatório pedindo ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) que corrigisse a obra “antes que algo de mais grave aconteça, qual seja até o rompimento da barragem, evitando dessa forma tragédias com ceifamentos de vidas humanas”.

“As crateras que se encontram na área em questão possuem extrema preocupação, visto que a não drenagem na parede do açude poderá causar fissuras. Tal acontecimento ocasionará situações irreversíveis ao meio ambiente e a toda a sociedade”. (Promotor Nivaldo Ribeiro na Ação Civil Pública)

O DER não respondeu aos pedidos de explicação feitos pela Promotoria. O Departamento só se manifestou depois que a Justiça do Piauí acatou o pedido do promotor no dia 6 de fevereiro em decisão liminar. “Conseguimos essa liminar favorável à ação. O caso é sério”, disse Ribeiro ao UOL.

Com a decisão, o governo do estado tem 15 dias para iniciar as obras, que precisam ser concluídas em até 60 dias. Na ocasião, a juíza aceitou o pedido para bloquear R$ 1 milhão do Fundo de Participação do Estado para execução das obras em caso de descumprimento da ordem judicial.

FAKE NEWS?

Alertado na época sobre o perigo, o governador reeleito Wellington Dias “pediu que os piauienses não espalhem fake news porque as barragens não estão correndo risco”, segundo informou a edição do dia 31 de dezembro do jornal Meio Norte. Especificamente sobre o Açude Caldeirão, “Dias falou que não há riscos”.

Procurada pelo UOL, a assessoria do governo nega que Dias tenha feito “pouco caso de tal situação”, como afirma o promotor na ação. “Ele não tratou o assunto como fake news. O que aconteceu foi que aqui no Piauí circularam vários vídeos e fotos de populares dizendo que as barragens estavam se rompendo e causariam tragédias. O que ele disse foi que causar pânico dizendo que as barragens iriam romper, sem um laudo técnico, seria fake news.”

A assessoria do governo também falou em nome do DER, que está sem assessoria de imprensa. Afirma que demorou para acatar a recomendação da promotoria porque precisou aguardar o resultado de uma licitação para contratar a empresa que executará a obra.

“Nesse período, o governo intensificou a fiscalização e fez vistorias em todas as barragens sob responsabilidade do governo. As que precisam de reparos estão com obras em andamento ou a começar nas próximas semanas” (Assessoria de imprensa do governo do estado do Piauí)

Após a publicação da reportagem, o governador entrou em contato com o UOL: “Em nenhum momento eu declarei sobre esta Barragem que notícia era Fake. Esclareci, com Informações do Dnocs, nosso Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, que o problema são buracos/erosão na rodovia, na lateral da Barragem, e que nosso Departamento de Estradas e Rodagens já foi acionado. Há um grupo de trabalho do Estado e Federal, que acompanha desde 2017 a situação das Barragens no PI. E no último relatório não havia rompimento. O Dnocs vai investir na manutenção ampliando margem de segurança. A equipe voltará a fazer vistoria.”

Embora de responsabilidade do governo estadual, o prefeito da cidade, Luiz Menezes (PMDB), encaminhou ofícios ao DER, à Assembleia Legislativa e ao Ministério Público. Na ocasião, ele afirmou se tratar de “um assunto gravíssimo”. “E o problema não é somente no trecho da crista do Caldeirão, mas sim por toda a extensão da PI que liga a cidade de Lagoa de São Francisco.”

“É DIFÍCIL CONFIAR”

De acordo com o governo, as obras de reparo já começaram. Mesmo assim, parte dos 62 mil habitantes da cidade está em estado de alerta. “Depois de Brumadinho, todo mundo fica preocupado com a situação. Mesmo começando as obras, é difícil confiar”, afirma a vendedora Maíra Gonçalves, 33.

Maíra, que nasceu no município, afirma que, apesar do pânico, não pretende deixar a cidade. “A gente vai ficando. Depois do alerta, os dias vão passando e as pessoas acabam se acomodando. A gente acha que não vai acontecer, mas, se ela romper, vai pegar toda a população.”

UOL

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

No Estadual, Globo vence América na Arena das Dunas e assume a vice-liderança; pela Copa do Nordeste, ABC empata no Piauí

Foto: Jocaff Souza / FNF

No fechamento da rodada dupla na Arena das Dunas, a equipe do Globo FC venceu o América-RN por 2 a 0, nesse domingo (27), o que fez o clube de Ceará-Mirim subir para a segunda colocação da Copa Cidade do Natal, com oito pontos. Por outro lado, o Alvirrubro acabou descendo para a terceira posição, com sete pontos.

Em um jogo muito movimentado e com lances duros, América e Globo FC mostraram um futebol técnico e com chances claras para ambas as equipes. Os dois gols do Tricolor saíram no segundo tempo. Aos 16 minutos, após um levantamento na área, o zagueiro Alexandre completou de cabeça para abrir o placar. O segundo gol da Águia aconteceu aos 32 minutos da etapa final, com o meia Chiclete.

Na próxima rodada, o América joga contra o Força e Luz, na quinta-feira (31). Sem definição de local, a FNF deve confirmar durante a praça esportiva, além do horário para a partida. Já o Globo volta a campo na próxima quarta-feira (30), às 20h, no Estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, quando recebe o Potiguar.

ABC empata fora de casa pela Copa do Nordeste

Foto: Andrei Torres / ABC F.C

Em um jogo bastante movimentado, Altos-PI e ABC ficaram no empate em 1 a 1 neste domingo. Em duelo válido pela segunda rodada da Copa do Nordeste. A partida foi disputada no Estádio Lindolfo Monteiro, em Terezina (PI).

Os gols só aconteceram na etapa final de jogo, o ABC saiu na frente aos três minutos do segundo tempo em uma cobrança de escanteio, Henrique aproveitou a chance e cabeceou, sem chances para a defesa. Enquanto que o Altos-PI empatou o jogo aos 35 minutos em uma falha, Ramon recebeu sozinho, sem marcação e empurrou para o fundo das redes e empatou.

Com o resultado, o Alvinegro somou o seu quarto ponto na competição regional e aparece na 3ª colocação do Grupo B. Na próxima rodada, o ABC vai jogar fora de casa, diante do Santa Cruz-PE, sábado (2), às 16h (horário de Natal), no Estádio Arruda.

Com informações da FNF

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

VÍTIMAS AINDA ARREMESSADAS DE PENHASCO: Justiça concede liberdade assistida aos jovens condenados por estupro coletivo no Piauí, em caso que chocou em 2015

Promotora Francisca Lourenço informou que os jovens cumpriram integralmente a medida de internação — Foto: Reprodução/TV Clube

A Justiça concedeu liberdade assistida aos três jovens condenados por estupro coletivo contra quatro garotas ocorrido em Castelo do Piauí, a 190 km de Teresina. O benefício de progressão de medida socioeducativa foi concedido durante audiência.

Na época do crime, eles foram condenados a cumprir três anos de internação como medida socioeducativa. Foram imputados individualmente a cada um deles os atos infracionais equivalentes aos seguintes crimes: prática de quatro estupros, três tentativas de homicídio e um homicídio.

“Eles tiveram a progressão, que é um benefício concedido pela lei do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo [Sinase] e do Estatuto da Criança e do Adolescente [ECA]. Foi feito um relatório técnico avaliativo para saber se os jovens tinham assimilado a medida, o caráter socioeducativo dela e eles preenchem todos os requisitos legais. Também tem a questão da idade, porque estão próximos de completar 21 anos”, explicou a promotora Francisca Lourenço, do Núcleo da Infância e da Adolescência.

Conforme a promotora, os jovens cumpriram integralmente a medida de internação e por isso foi aplicada a liberdade assistida por mais de dois anos e seis meses de prestação de serviço a comunidade. Eles ainda devem permanecer no Centro Educacional Masculino (CEM), em Teresina, até conseguirem vaga no abrigo da Secretaria Estadual de Assistência Social (Sasc).

Após saírem do CEM, os jovens passarão a viver em um regime de liberdade assistida, com acompanhamento constante das atividades do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). Dois condenados vão permanecer em Teresina e o terceiro voltará ao município de Castelo do Piauí.

“Eles estão em aparente liberdade, mas o descumprimento de qualquer uma das cláusulas tem regressão da medida, podendo voltar a unidade socioeducativa”, disse a promotora.

Crime

Em 27 de maio de 2015, quatro adolescentes foram estupradas e arremessadas de um penhasco de cerca de 10 metros de altura na cidade de Castelo do Piauí. Uma delas, Daniely Rodrigues, não resistiu aos graves ferimentos e morreu após 10 dias internada na UTI do Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O crime foi praticado por quatro menores e um adulto, condenado a 100 anos e 8 meses de prisão por ser o mentor do crime.

Os três jovens também foram condenados pela morte de Gleison Vieira da Silva, 17 anos, delator do estupro coletivo em Castelo do Piauí. O adolescente cumpria medida socioeducativa no Centro Educacional Masculino (CEM) e dividia o mesmo alojamentos com os outros três coautores do estupro coletivo quando foi espancado até a morte pelos companheiros.

Com informações do G1 e Band

Opinião dos leitores

  1. O crime de estupro deve ser repudiado e punido rigorosamente. A pena não pode ser leve. Esses que escaparam , agora soltos, ganharam um prêmio e devem fazer tudo de novo quando tiverem oportunidade e tempo. Lamentável .

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Terremoto de magnitude 4.6 atinge o Maranhão; registro de abalo sísmico também no Piauí

Tremor de terra provoca evacuação de prédios em Teresina (PI) (Neto Rodrigues/Facebook)

Um abalo sísmico de 4,6 graus na escala Richter atingiu o Estado do Maranhão na manhã desta terça-feira, segundo informações de moradores e da imprensa local, confirmadas pelo Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP). O epicentro do terremoto foi registrado no município de Belágua, às 9h45, e os tremores foram sentidos na capital São Luís, em diversos outros municípios. Nas redes sociais, moradores de Teresina, no Piauí, também relataram ter sentido tremores.

Segundo informações do jornal O Imparcial, a sede do Tribunal de Contas do Maranhão e 7º Juizado Especial Cível, em São Luís, foram evacuados após o susto. O mesmo ocorreu em prédios de Teresina.

Mais cedo, também nesta quarta-feira, o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) registrou abalos sísmicos no Chile e na Índia.

De acordo com a escala Richter, terremotos como este, entre 4 e 4,9 graus, causam tremor notório de objetos no interior de habitações, mas com “improváveis danos importantes”.

Centro de Sismologia da USP registra tremor no Maranhão (IAG-USP/Reprodução)

Veja

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

FOTO: Irmão do ex-goleiro Bruno é preso suspeito de estupros em série no Piauí

11set2013---rodrigo-fernandes-das-dores-de-souza-24-irmao-do-ex-goleiro-bruno-concede-entrevista-apos-ser-preso-acusado-de-estupro-1379003521458_615x300O irmão do ex-goleiro Bruno, Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, 26, foi preso em flagrante nesta quinta-feira (3), em Timon (MA), cidade-limite com Teresina. Ele é suspeito de estupro de uma menor no bairro Satélite, na capital piauiense, na noite dessa quarta-feira (2).

A Polícia Civil do Piauí informou que Rodrigo já prestou depoimento na Central de Flagrantes de Teresina, onde está detido à disposição da Justiça. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. Além desse caso, Rodrigo ainda é suspeito de pelo menos outros seis estupros na zona sudeste de Teresina.

Em depoimento, a adolescente contou que Rodrigo a abordou em uma moto, quando ela retornava a pé para casa. Ele perguntou sobre um endereço, mas a jovem disse que não sabia. Em seguida, anunciou o assalto, mas falou que não queria objetos, e a mandou subir na moto e a levou para um lugar isolado –onde teria a estuprado.

Outros casos

Depois da repercussão da prisão, outras vítimas procuraram a polícia também nesta quinta-feira para denunciar o irmão de Bruno. Em entrevista à TV “Cidade Verde”, a delegada da Mulher da Zona Sudeste, Anamelka Cadena, informou que o irmão do ex-goleiro responde a quatro inquéritos, com seis supostas vítimas. “Em dois casos, foram duas mulheres estupradas juntas”, disse.

A delegada disse que já tinha pedido à Justiça a prisão de Rodrigo e aguardava a decisão. Com a detenção em flagrante, as vítimas que o denunciaram foram nesta tarde à Central de Flagrantes e reconheceram o agressor.

Segundo a delegada, a polícia já monitorava o suspeito há alguns dias. “Nós sabíamos dos casos que estavam ocorrendo na nossa área de atribuição. Todos os depoimentos foram colhidos. Tivemos o cuidado de refazer o todo caminho que foi feito para o estupro, fizemos a coleta das imagens de câmeras de segurança. Ele fazia sempre abordagem na rua, mas levava a outro local fechado, geralmente”, explicou.

Além dos estupros, também há denúncia de que Rodrigo roubava celulares das vítimas.

Rodrigo ainda não constituiu advogado, segundo informou a Central de Flagrantes, e deve ser defendido por um defensor público. Em depoimento à polícia, a delegada Anamelka Cadena informou que o irmão de Bruno negou todas as acusações.

UOL

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2015/09/03/irmao-do-ex-goleiro-bruno-e-preso-suspeito-de-estupros-em-serie-no-piaui.htm?cmpid=fb-uol

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Juiz que já condenou traficantes e políticos leva tiro na cabeça no Piauí

 Um juiz que já condenou traficantes de drogas e políticos em Pernambuco levou um tiro na cabeça, no domingo (4), em Bocaina, cidade a cerca de 300 km de Teresina, no Piauí. Edilson Rodrigues de Moura foi socorrido e levado ao Hospital de Teresina, capital do Estado, onde a bala foi retirada.

De acordo com a unidade de saúde, o estado de saúde dele é estável. Segundo a polícia, Moura foi resgatado cosciente e disse que não viu quem atirou. A polícia investiga se as condenações têm relação com o crime.

A vítima é natural de Bocaina, mas trabalhava no Tribunal do Júri de Petrolina, em Pernambuco.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Polícia do Piauí investiga Belo e sua equipe após "trambique"

O cantor Belo e outras sete pessoas de sua equipe estão sendo investigados pela polícia do Piauí por um suposto caso de estelionato. De acordo com o delegado do 12o.DP de Teresina, Belo e seu pessoal são suspeitos de aplicarem um golpe na Táxi Aére Poty. O delegado afirma que Belo e sua equipe teriam fretado quatro aviões de pequeno porte para levá-los de Terezina para Recife, onde fariam um novo show.

Esse serviço teria sido pago em três vezes, com cheques de R$29 mil, totalizando R$87 mil . O problema, segundo informa o delegado, é que Belo teria sustado esses cheques antes que o pagamento à empresa fosse feito.

O delegado do Piauí disse que já entrou em contato com a polícia civil do Rio de Janeiro, para que possam ajudar nesse inquérito e a solucionar o caso. Um representante do cantor informou que Belo não tem cheques e nem tem conhecimento desse inquérito. O representante afirma ainda que tudo não deve passar de um mal entendido e que Belo não contratou serviços de táxi aéreo no Piauí.

Já o advogado da empresa diz que logo após o que aconteceu, um assessor de Belo reconheceu os serviços contratados e reconheceu a dívida, afirmando ainda que tudo seria acertado, mas passado algum tempo nada foi acertado e não se consegue mais contato com a assessoria de Belo. De acordo com O Fuxico, a assessoria do cantor soltou uma nota oficial dizendo que realmente Belo jamais esteve envolvido nas negociações para a contratação dos serviços de empresa de transporte aéreo e que nunca repassou cheque em seu nome. Segundo nota o pagamento foi feito à vista.

Confira a nota na íntegra
 
“O cantor Marcelo Pires Vieira, nome artístico “Belo”, através de sua assessoria , vem a público, em razão das notícias publicadas sobre possível “golpe” aplicado pelo cantor na empresa de taxi aéreo Poty da Cidade de Teresina, esclarece que: o artista jamais esteve envolvido diretamente em qualquer negociação envolvendo a contratação de empresa aérea para deslocamento, não tendo, inclusive, repassado nenhum cheque em seu nome.

Outrossim, informa que, quem cuida de todos os preparativos do seu espetáculo, podendo exemplificar, desde o transporte, hospedagens, alimentação etc., é sua produção .

Realmente o cantor Belo deslocou-se em aeronaves da empresa de taxi aéreo Poty. É do conhecimento do Artista que o pagamento do deslocamento esta sendo realizado, sob a égide de uma confissão de divida.

O cantor também lamenta as declarações e divulgações em razão da inexistência dos fatos, admitindo-se, única e exclusivamente, se existiu, um desacordo comercial”.

Com informações de O Fuxico

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Esposa do Governador do Piauí tem nomeação suspensa pela justiça para conselheira do TCE

A JF no Piauí, por meio da 5ª vara Federal, suspendeu os efeitos do ato denomeação de Lilian de Almeida Veloso Nunes Martins ao cargo de Conselheira do TCE/PI.

Lilian Martins é esposa do governador do Estado e tomou posse no cargo em abril último. A ACP foi ajuizada pela OAB/PI.

No texto decisório, a JF considerou que a “urgência da medida (periculum in mora) se faz presente em razão da relevância das atribuições do cargo na medida em que o seu exercício pode vir a ocasionar prejuízo no controle das contas públicas o que, ainda em análise preliminar, deve ser evitado em face da supremacia do interesse público“.

A decisão ressalta ainda que a escolha e nomeação dos membros do TCE é um ato complexo. “Tanto assim que, na retidão do texto constitucional, a nomeação deve ser assinada pelo Chefe do Executivo. Não é o Regimento Interno de uma Casa Legislativa que pode alterar a essência de tal fato“, diz o texto.

Especificamente no caso concreto analisado nos autos, este aspecto é de suma importância, porque, tratando-se da esposa do governador, é inegável que um dos partícipes do ato, o Chefe do Executivo, incorreu em nepotismo, que é vedado pela Constituição e rechaçado pelo Supremo Tribunal Federal“, prossegue o texto da decisão judicial.

A decisão cita ainda precedente do STF que, em sede de reclamação por desobediência à súmula vinculante 13, afastou os efeitos da nomeação para o Tribunal de Contas de irmão de governador de outro Estado da Federação.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *