Agentes da Corregedoria da PM encontram euro, dólar, peso e iene com Pezão em vistoria na cadeia

Foto: Reprodução

 

Agentes que fazem uma vistoria no Complexo Prisional da Polícia Militar, no bairro do Fonseca, em Niterói, município da Região Metropolitana do Rio, encontram 70 euros, 36 dólares, 6 mil pesos e 25 ienes com o governador Luiz Fernando Pezão, que está preso na unidade. Ele presta depoimento neste momento. O dinheiro foi encontrado por agentes da Corregedoria da PM.

Mais cedo, haviam sido localizados sete celulares na área comum nos fundos da cadeia, fora das celas, e foram localizados com o auxílio de equipamentos que detectam ondas eletromagnéticas.

A inspeção é feita a pedido da direção do presídio ao Comando Conjunto.. Equipes das Forças Armadas e corporação chegaram ao presídio no início da manhã. De acordo com o Comando Militar do Leste (CML) foram mobilizados 160 militares das Forças Armadas e 100 policiais militares. O presídio foi alvo de pelos menos outras duas inspeções no início deste mês. Nenhuma irregularidade foi encontrada.

Pezão se encontra numa sala da cadeia. Ele foi obrigado pela direção da unidade a usar o mesmo uniforme dos demais detentos: um short preto com camisa branca. Funcionários do presídio contaram que, inicialmente, ele pediu para usar suas próprias roupas, já que não é policial militar. O diretor da unidade negou o pedido.

O governador e o ex-procurador-geral de Justiça, Claudio Lopes, que está na mesma unidade, tiveram os cabelos cortados. Os dois estão na ala reservada aos oficiais da PM.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Dantas disse:

    Com todo respeito a vocês que não tem o que fazerem na vida… Pq vcs não esquecem o PT e Bolsonaro? Vcs acham que existem e são importantes para esse pessoal? O PT não está mais no governo e Bolsonaro nem assumiu, por que essa polarização besta…

  2. Bento disse:

    Amigos do PT não são imparciais. Essa turma campeã mundial em corrupção e de toda qualidade de desmandos contra a Nação e o Povo Brasileiro e não vi uma linha desses honestos amigos do PT criticarem de forma pelo menos construtiva, pelo mal que causaram a Nação. São surdos, cegos e mudos, verdadeiras marionetes.

  3. Patricia disse:

    Bolsonaro pretende perdoar dívida de 17 bilhões de ruralistas. Algum seguidor do mito aqui por favor pra justificar? Tô aguardando a defesa!

  4. Luciano disse:

    Se der uma batida no gabinete dos Bolsonaros será que vão encontrar muitos fantasmas?
    E o Queiroz, alguém sabe em que pé de goiaba subiu?
    Será que já pediu perdão pro Moro, que sempre foi tão falante não fala mais no assunto, e foi pro laranjal?

    • Manoel disse:

      É! Tem que apurar tudo! Só acho que tem que começar pelos que movimentaram mais: André Ceciliano do PT (49,3 milhões), Paulo Ramos do PDT (30,3 milhões), Carlos Minc do PSB (16,3 milhões) e assim por diante… Não acha?

  5. Beto disse:

    Se forem dar uma batida onde tá luladrão, vão encontrar dinheiro boliviano e africano atém de várias de 51.

Agentes descobrem túnel e buraco entre celas em penitenciária no RN

Um túnel e um buraco entre celas foram descobertos na tarde desta quarta-feira (4) na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte, em Nísia Floresta. A descoberta aconteceu em uma revista no Pavilhão 4.

O buraco entre as celas foi aberto para permitir a passagem de mais presos, que usariam o túnel para fugir da maior penitenciária do estado. A areia estava sendo escondida em baixo de uma das camas da cela.

Fonte: G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Haroldo disse:

    Veja a negligência nos presidios, não existe uma vistoria em nenhuma cela do presídio, pois como vc pode esconder uma quantidade grande de areia sem ser descoberto , isso sim, é a casa de mãe Joana.

Projeto de Lei que unifica carreira de agentes e fiscais de trânsito de Natal é enviado a Câmara

O prefeito Carlos Eduardo enviou a Câmara Municipal de Natal na manhã desta quinta-feira (07), o projeto de lei que Unifica a Carreira Agentes de Trânsito, Fiscais de Transportes Urbanos e Fiscais de Transportes Coletivos, passando à denominar-se: carreira dos Agentes de Mobilidade. Caberá a nova categoria criada, cumprir e fazer cumprir as normas estabelecidas na Legislação de trânsito, no âmbito da circunscrição do Município do Natal, de acordo com as competências definidas no Código de Trânsito Brasileiro (Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997), bem como na lei 5.022 de 08 de Julho de 1998.

De acordo com o projeto a carreira dos agentes de mobilidade passa a ser constituída por 18 (Dezoito) níveis, cada Nível com 02 (Dois) Padrões representados pelas letras A e B. A adoção de carreira, possibilita o crescimento profissional de forma horizontal e vertical, fundamentado na busca de maiores níveis de qualificação profissional, trazendo consigo transparência das práticas de remuneração, com valoração do vencimento nos diversos níveis e padrões da estrutura da carreira.

Na justificativa da mensagem, o prefeito reconhece que essa medida vai privilegiar a qualificação profissional por critérios que proporcionem igualdade de oportunidades profissionais, valorizando os servidores que buscam um constante aprimoramento profissional com aplicabilidade no cotidiano de administração do sistema de trânsito e transportes.

Dentre as principais competências dos futuros agentes de mobilidade destacam-se: Atuar rotineira e sistematicamente na fiscalização, orientação e controle do trânsito, com o objetivo de proporcionar a livre circulação de bens, pessoas e veículos; Observar rotineiramente as condições operacionais e físicas das vias do Município do Natal, especialmente quanto ao aspecto da segurança, trafegabilidade e fluidez das mesmas; Aplicar autuações de infrações de trânsito, no âmbito de sua circunscrição e competência e XIV. Orientar os Permissionários, Concessionários, Autorizatários ou Operadores do Sistema de Transporte Público de Passageiros, visando o melhor funcionamento deste.

Carlos Eduardo destaca que essa unificação de categorias vai permitir que o município tenha um melhor controle do tráfego de veículos e também incremente a fiscalização do sistema de transporte público da cidade. “Acredito que os parlamentares natalenses irão entender que esse é um projeto benéfico para a cidade e o aprovarão”, disse.

Agentes da PF começam greve em todo o País

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal iniciam nesta terça-feira (7) uma greve por tempo indeterminado, em todo o Brasil, para cobrar reestruturação da carreira e dos salários da categoria. Durante a semana, a paralisação contará com operação-padrão em aeroportos como Cumbica, em Guarulhos (SP), e Salgado Filho, em Porto Alegre. Apenas 30% do efetivo, exigido em lei, não vai parar.

De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Marcos Wink, a categoria esperou até essa segunda-feira (6) que o governo federal apresentasse uma proposta capaz de evitar a paralisação, o que não ocorreu.

“Nossa questão não é apenas salarial –algo que nos é amplamente negociável –, mas estamos há dois anos tentando a reestruturação de carreira, sem resposta, devido a uma portaria do Ministério do Planejamento de 1989 que nos concede atribuições de nível médio”, disse Wink, para completar: “Queremos uma lei que regule as atribuições que exercemos de fato, e que são de nível superior e precisam de tratamento salarial como tal”.

Em todo o país, conforme os números da Fenapef, a PF tem cerca de 6.500 agentes, 2.000 escrivães e 700 papiloscopistas, dos quais apenas 30% atuarão durante a greve. Além desse contingente, há ainda 2.000 delegados que não aderiram à paralisação.

Segundo o presidente da federação, as entidades representativas em cada Estado definirão as ações durante a paralisação.

Secretário Kércio Pinto promete empenho em armamento para agentes e em construção de novas unidades prisionais

A Coordenadoria de Políticas para as Mulheres (Cepam), órgão da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), através de sua coordenadora, Carmosita Nóbrega, reuniu diretoras do Sistema Penitenciário, nesta terça-feira (18), na Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

A reunião teve como objetivo repassar informações sobre o 1º Encontro de Planejamento – Projeto Mulher do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), realizado em Brasília. As diretoras também puderam debater a situação prisional das mulheres no Rio Grande do Norte, a saúde das presas, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), documentação das apenadas e a Rede Cegonha.

De acordo com o secretário Kércio Pinto, a Sejuc investirá em seus servidores e no Sistema Penitenciário. “Estamos trabalhando para garantir fardamento e armamento aos agentes penitenciários. Também estamos batalhando para construir novas unidades prisionais. Uma das nossas metas é montar uma unidade de saúde para atender os apenados. A Sejuc investirá em projetos de ressocialização e de melhorias no sistema”, declarou Kércio Pinto.

Durante o encontro as diretoras puderam discutir os direitos das mulheres no sistema prisional, bem como os desafios e perspectivas da mulher presa. Segunda a coordenadora da Cepam, Carmosita Nóbrega, “Temos que nos unir para assegurar que as apenadas sejam reconhecidas como cidadãs através da emissão de seus documentos e trabalhar para adequar e aparelhar as unidades prisionais. Temos que dá assistência as presas, e aos seus filhos, através da saúde, educação, assistência social, trabalho, cultura, esporte, as quais se encontram sobre a tutela do Estado”, informou a coordenadora.

Participaram da reunião o secretário de Justiça, Kércio Pinto; o coordenador do Sistema Penitenciário, Ailson Dantas; o ouvidor da Sejuc, Irapoã Nóbrega; representantes da Secretaria Municipal de Saúde, Suzi Renata e Roger Saldanha; da Secretaria Estadual de Saúde, Hortência Feitosa; a coordenadora de Direitos Humanos e Defesa das Minorias, Adna Lígia; e o representante da Pastoral Carcerária, Matias Hilário.

Juiz espera nomeação de agentes penitenciários após escolha de novo secretário da Sejuc

 O titular da 12ª Vara de Execuções Penais de Natal, juiz Henrique Baltazar, observou há pouco no twitter que com a chegada do novo secretário de Justiça e Cidadania, Kércio Pinto, também devem acontecer mudanças nas direções de presídio e cargos comissionados. O magistrado salientou, ainda, que espera neste rastro de mudanças a nomeação de novos agentes penitenciários e a abertura de Curso de Formação (CF) para outros concursados no setor.

De acordo com informações do Sindicato de Agentes Penitenciários do RN (Sindasp-RN), existem cerca de 915 agentes penitenciários – dos quais 350 são mulheres -,distribuídos pelas 37 unidades prisionais do Estado e tendo que dar conta de uma população carcerária de aproximadamente 7.252 mil presos. Segundo a entidade, existem hoje 55 agentes formados e não nomeados e mais 600 aguardando CF

O Rio Grande do Norte possui 2.556 vagas contabilizadas em todas as unidades prisionais, o que representa uma demanda reprimida de quase 5 mil vagas.

Agentes penitenciários denunciam más condições de trabalho e expõem migração para outros estados

 

O perfil do Sindicato de Agentes Penitenciários do RN (Sindasp-RN) retorna a denunciar no twitter as más condições de trabalho a que companheiros de profissão têm sido submetidos, a migração de agentes para outros estados e reivindicam novas vagas para servidores deste setor .

O perfil da presidentte da entidade, Vilma Batista, foi retwitado pelo @agentesrn e na mensagem escrita há a exposição de que existe apenas um agente prisional por plantão nos municípios de Apodi, Patu,São Paulo do Potengi, Assu, CDP Mossoró, Ceará Mirim e Alexandria. O desconforto também é citado pela servidora ao relatar que em Patu,Apodi,Pau dos Ferros e Caraúbas, a falta de infraestrutura tem levado os responsáveis pela carceragem a dormirem no chão.

 

A agente ainda relatou -isso em 6 de maio e hoje ratificado pelo @agentesrn-, que 21 agentes penitenciários estão deixando os quadros funcionais do Estado. Dez deles pediram exoneração por terem passado em concurso público da polícia Civil no Ceará e outros onze, lotados no Presídio Estadual de  Alcacuz, estão indo para o sistema penitenciário de Pernambuco após aprovação em certame realizado naquele estado.

No texto do microblog, a  sindicalista finaliza cobrando que o Governo cumpra um termo de ajustamento de conduta e providencie as substituições.

“Temos 55 formados e 600 para curso de formação, com vagas existente, para serem preenchidas”, asseverou Vilma. O perfil oficial do Sindasp-RN complementa em mensagem direcionada ao juiz da 12ª Vara de Execuções Penais, Henrique Baltazar: “Esse é o mundo de hoje. Tem 600 pessoas, alguns até passando necessidade, querendo entrar no sistema PENITENCIARIO”.

A reivindicação da categoria é que seja aberto ainda este ano o curso de formação para os 600 que esperam ingressar no serviço ao sistema penitenciário potiguar. Atualmente, existem cerca de 915 agentes penitenciários – dos quais 350 são mulheres -,distribuídos pelas 37 unidades prisionais do Estado e tendo que dar conta de uma população carcerária de aproximadamente 7.252 mil presos.

O Rio Grande do Norte possui 2.556 vagas contabilizadas em todas as unidades prisionais, o que representa uma demanda reprimida de quase 5 mil vagas.

Agentes de segurança começam treinamento de "Polícia Comunitária" a partir da próxima semana

A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social, através do Programa Comunidade em Paz, gerido pela Coordenadoria de Programas para Cidadania (CPCID), dará inicio a uma importante capacitação aos agentes de segurança pública (policiais militares, policiais civis, bombeiros militares e guardas municipais) e agentes comunitários, com o objetivo de integrá-los a trabalharem unidos na identificação, avaliação e soluções aos problemas que levam a violência e criminalidade.

A partir desta segunda feira, dia 11, o Rio Grande do Norte estará realizando mais cinco edições do Curso Nacional de Promotor de Polícia Comunitária e mais uma edição do Curso Nacional de Multiplicador de Polícia Comunitária, em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública – Senasp/MJ.

De acordo com o Tenente Coronel Janio Marinho da Silva, oficial da policia militar do RN e Coordenador de Programas para Cidadania, os Cursos e seminários, abertos à comunidade e direcionados aos agentes de Segurança Pública, tiveram como objetivo a sensibilização da população interna e externa para a necessidade de sua participação na discussão sobre a melhoria da segurança pública.

A solenidade de abertura irá ocorrer na próxima segunda feira, dia 11, às 8 horas, no auditório da EMATER, no Centro Administrativo, em Natal, e contará com a presença de dezenas de autoridades militares e civis, além de representantes de comunidades da região metropolitana de Natal.

Agentes cobram do Governo melhorias no sistema penitenciário

No início deste ano, os agentes penitenciários ouviram a promessa da governadora Rosalba Ciarlini de que até o mês passados mais 24 concursados seriam chamados para o sistema prisional do Estado. No entanto, a promessa não foi cumprida e o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Rio Grande do Norte (SINDASP-RN) cobra posicionamento do Governo do RN sobre melhorias para o setor.

“A governadora garantiu que os 24 novos agentes seriam nomeados. Já estamos em meados de março e isso ainda não aconteceu. Não tem justificativa para a demora, tendo em vista que essa nomeação não representa nenhum tipo de oneração para o Estado, pois são vagas remanescentes”, esclarece a presidente do SINDASP-RN, Vilma Batista.

De acordo com a representante da categoria, os novos agentes foram aprovados no concurso, fizeram treinamento e todos os exames exigidos. “Precisamos com urgência que eles sejam nomeados, pois o Rio Grande do Norte já está estampando as manchetes de veículos de imprensa nacionais, que dão conta da falta de estrutura nas unidades prisionais”, declara.

Vilma se refere às denúncias vindas do Centro de Detenção Provisória de São Paulo do Potengi, onde os agentes estavam usando estilingues, popularmente conhecida por baladeiras, para fazer a segurança do prédio. “Isso retrata a realidade do nosso sistema. Atualmente, os agentes que usam armas e coletes tiveram que comprar tirando dinheiro do próprio bolso”, completa.

A presidente do SINDASP-RN lembra que, no ano de 2011, a categoria de agente penitenciário foi a única que não recebeu nenhum tipo de investimento em infraestrutura ou melhorias humanas. Vilma ressalta que o Sindicato teve uma reunião com a governadora Rosalba Ciarlini no dia 10 de novembro e ela havia prometido finalizar a negociação salarial, mas até agora isso não saiu do discurso.

“O secretário Fábio Hollanda se mostrou disposto a intermediar essas conversas, mas a governadora tem que ser receptiva com a classe de agentes penitenciários. Desde que esse governo assumiu, não tivemos uma mudança ou ação efetiva no Sistema Penitenciário. Agora, queremos que a governadora se pronuncie sobre isso”, afirma Vilma Batista.

Preocupada com a falta de investimentos, a categoria já marcou uma assembleia geral para o dia 19 deste mês, onde serão discutidas diretrizes dos trabalhos e, inclusive, a direção do SINDASP-RN irá realizar uma visita em todas as unidades do Estado para conversar com os agentes. Nesta terça-feira (13), Vilma Batista esteve reunida com o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Getúlio Rêgo, e ele se comprometeu em mobilizar todos os parlamentares pela causa dos agentes penitenciários.

Vídeo mostra cenas após a fuga em Alcaçuz

A equipe de reportagem da Tribuna do Norte teve acesso ao vídeo gravado pelos próprios agentes penitenciários instantes após a fuga de 41 presos do Presídio de Alcaçuz, em Nísia Floresta. Essa é amaior fuga da história do complexo prisional, que é um dos maiores do Rio Grande do Norte. A criatividade dos criminosos impressiona. Confira o vídeo:

A Segurança vai ruim. Calma, vai piorar…

Nossa segurança vai mesmo de mal a pior.

Decisão judicial determina o afastamento de 88 policiais e mais 300 agentes e escrivães.

Motivo: aposentadoria compulsória.

Lembrando que o Sinpol estima déficit de 5 mil agentes. E vão liberar 400 assim, como quem demite funcionários de uma fábrica falida, que, aliás, é como está a segurança pública em nosso estado.

O Sinpol vai reagir. Em relação aos 300 agentes não há o que fazer. Mas os 88 policiais que devem ser afastados não vai ficar barato. Eles vão ao TJ.

Boa sorte!

Enquanto isso, 500 policiais aprovados e treinados esperam por convocação, entre delegados e agentes e escrivães.

As informações são do jornal Tribuna do Norte.

Dengue já matou doze esse ano. Para completar, agentes podem entrar em greve

Tribuna do Norte:

A dengue já matou 12 pessoas no Rio Grande do Norte somente nos seis primeiros meses deste ano. Este número é maior que o registrado ao longo de todo o ano de 2010, que teve 11 mortes confirmadas. Além dos casos confirmados, há mais 22 óbitos sob análise. No total, a Secretaria Estadual de Estado da Saúde Pública (Sesap) registrou, até o dia 25 de junho, 15.722 casos suspeitos da doença. Destes, 5.377 foram confirmados. Os números completos da 25ª semana epidemiológica serão divulgados na tarde de hoje. Natal, continua liderando o número de casos, mas  as cidades de Mossoró, Macaíba, Parnamirim, Taipu, Jandaíra, Boa Saúde, Monte Alegre e Pedro Avelino também contabilizam mortes em decorrência da doença.
De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Combate à Dengue, Kristiane Fialho, os novos números revelam duas preocupações: entre os óbitos confirmados, 4 são crianças na faixa etária de quatro meses a sete anos de vida; além disso, o número de casos da dengue tipo 4 aumentou. “Chama atenção o município de Santa Cruz. Lá, até agora, foram registrados cinco casos da dengue causados pelo sorotipo 4. Há suspeitas também no município de São José do Campestre”, revela.

Sobre a contaminação em crianças, a Sesap, afim de orientar os médicos pediatras, realizou, na noite de ontem, uma palestra com o médico infectologista Kleber Luz, na sede da Associação Médica do Estado. “Os profissionais de saúde, especialmente os pediatras, ainda se confundem ao detectar se as crianças estão com dengue”, diz Kristiane.

Agentes de Parnamirim estão em greve e os de  Natal podem aderir

(mais…)