Governo do Estado diz que “supostas acusações” contra servidora “não refletem a realidade”

Em nota de resposta ao Blog, o Governo do Estado diz que não procedem as denúncias enviadas por funcionários e noticiadas por este Blog(AQUI), contra a servidora pública Laíse Silvane Tomaz do Nascimento, chefe de gabinete da Secretaria de Estado da Administração (SEAD), e que já conta com mais de 15 anos de experiência no serviço público, não reflete a realidade.

A nota ainda diz:

“A servidora acredita que as supostas acusações possuem motivações por parte de pessoas insatisfeitas com o modelo de trabalho participativo e transparente da gestão pública adotado pela SEAD. Modelo esse que pôs um fim em privilégios e vícios de trabalho.

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte reitera seu compromisso com a transparência e o zelo com o ente público, bem como não compactua com condutas de abuso de poder ou de assédio moral”, encerra nota.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jeniffer disse:

    Teve um caso anterior noticiado por Gustavo Negreiros que ela perseguia uma bolsista. Se é mentira que essa Laíse não faz ASSEDIO MORAL então pq a bolsista foi transferida para outro setor??? Não é por insatisfação que isso denunciam isso. É pq vivem constantemente sendo denunciados. E infelizmente a chefe de Gabinete não tem a humildade de fazer um exame de consciência de suas atitudes e de tentar melhor. Não é a primeira vez das denúncias .
    As denúncias tem que chegar ao MP T. Os servidores atuais e os que saíram precisam denunciar!!!

  2. Servidor do DER disse:

    Isso é normal nesse desgovernou BG investigue o DER que a mesma coisa acontece lá, lá o diretor geral humilha e persegue as pessoas, manda tomar naquela lugar, ameaça de ir pro cabo da enxada, ameaça de demitir inclusive tem servidor com depressão.

  3. Tokyo disse:

    O mas engraçado é que essa moça teve direito a nota de esclarecimento em ato de defesa, mas e todos aqueles que ela humilhou/ humilha e perseguiu?! Independente de partido todo ser humano é digno de respeito, e o asa moça só respeita pessoas de auto escalão. Fica aquilo há indignação em ver uma sociedade lutando por melhorias nós seu trabalho por dignidade e ainda ter que se calar diante desse tipo de defesa partidária. Procurem saber também dia muitos que foram exonerados ou removidos da sead, o tempo de serviço prestado e a conduta dessas outras pessoas também! Posso lhes garantir, ela não é essa vítima que estão descrevendo aí na nota de esclarecimento não!! Vergonha de falar que votei nessa Governadora achando que ela iria olhar para os trabalhadores.

  4. Raimunda disse:

    Que privilégios? Pq não citam? Os dela ela Tirou? Kkkkkk Mulher hipocrita! Gestão inovadora? Inovação pra ela é não assinar processo, humilhar servidores, dar sermão, fazer carinha de boa samaritana e chamar os servidores de burros e fracos! Eu não acredito que q governadora não irá fazer nada com essa mulher! Isso é revoltante!

  5. Joaquim disse:

    A poupança de dona marisa 13 milhões

  6. Sarah Santos disse:

    Pois diga, fico besta com a governadora defender essa mulher, a mulher trata todo mundo no grito é isso que é gestão participativa?

    • Sara Varela dos Santos disse:

      Gostaria de esclarecer que qdo me apresento p falar alguma coisa em alguma situação, deixo meu nome completo como fiz em outro Blog, portanto, não foi eu q fiz esse comentário. É bom q deixe bem esclarecido BG, divulgue-o p favor !

  7. Luciana Morais Gama disse:

    Se o governo do RN tivesse cuidado com a “transparência” não teria sumido R$ 5 milhões de reais… Cadê o dinheiro do contribuinte??

    • Cabo Silva disse:

      Vamos começar por menos… por quê Michelle Bolsonaro recebeu 89mil de Queiroz???

    • Luciana Morais Gama disse:

      Cabo Silva é pq Michelle diferentemente de Dona Marisa nunca vendeu AVON. Se tivesse feito isso era uma mulher bilionária igual a finada.

    • Ismar disse:

      Pegue!!!
      É isso aí Luciana.
      Boa!!
      Kkkkkkkk

Witzel diz: ‘Não sou ladrão. Não deixarei que corruptos e ladrões estejam no meu governo. Vamos vencer a guerra’

Foto: Reprodução/Twitter

O governador do Rio, Wilson Witzel, voltou a se defender nesta quarta-feira, dia 15, das investigações sobre o seu envolvimento no esquema de irregularidades na Secretaria do Estado de Saúde (SES) durante a pandemia do coronavírus. Em vídeo e postagens em seu perfil oficial no Twitter, Witzel disse que “não era ladrão” e que trava uma “guerra contra a corrupção no estado”. Desde que o ex-secretário de saúde Edmar Santos acertou uma delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR), conforme a colunista Bela Megale, para apresentar provas contra o governador, ele tem se negado o envolvimento.

“Eu quero dizer ao povo do Estado do Rio de Janeiro. Fui juiz federal por 17 anos. Na minha carreira, tive uma vida ilibada. Fui considerado linha dura. Me elegi governador do Estado do Rio de Janeiro. Todas essas acusações levianas que estão sendo feitas contra mim é por parte de gente que não quer um juiz governando o estado do Rio de Janeiro. Não sou ladrão. Não deixarei que corruptos e ladrões estejam no meu governo. Eu peço ao povo do que acredite, porque nós vamos vencer essa guerra contra a corrupção”, disse no vídeo.

Na mesma postagem, Witzel afirma que “é preparado para guerra” e que “não compactua com qualquer desvio de conduta”.

“Sou preparado para guerra, seja no campo de batalha ou nos tribunais. Eu governo o RJ com ética e transparência para fazer o melhor pela população fluminense e não compactuo com qualquer desvio de conduta”, escreveu.

O governador disse, ainda, que “está incomodando muito gente” e que estas mesmas pessoas “não querem um ex-juiz no governando o estado”. Em nenhum momento, Witzel cita o nomes.

“Continuaremos combatendo a corrupção. Fui um juiz linha dura e isso, infelizmente, está incomodando muita gente ligada ao crime organizado e às máfias que atuam no estado. Por que será que alguns não querem um ex-juiz governando o Estado?”, indagou na rede social.

Quebra de sigilo em documentos

Nesta manhã, o governo divulgou uma nota onde afirma que, desde que surgiram as primeiras denúncias de possíveis irregularidades nas compras emergenciais e contratos firmados pela SES, Witzel “determinou a imediata quebra de sigilo desses documentos e abriu sindicância para apurar o autor do pedido de sigilo”. Na mesma nota, o governo ainda afirma que “o papel da imprensa é mesmo o de fiscalizar” o que acontece com recursos públicos.

“Witzel reitera também que, nesse sentido, sua administração foi pioneira ao adotar, no Rio de Janeiro, o SEI (Sistema Eletrônico de Informações), onde são lançados todos os contratos e pagamentos do governo do Estado do Rio de Janeiro. Witzel tem ainda a convicção de que o papel da imprensa é mesmo o de fiscalizar e acompanhar tudo o que está sendo feito com recursos públicos”, diz a nota.

Em entrevista ao GLOBO, Witzel disse estar “tranquilo” em relação à delação de Edmar Santos, que está preso deste o dia 10 de julho na Unidade Prisional da PM em Niterói. O PM reformado é acusado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de ser chefe de uma organização criminosa que atuava na secretaria de Saúde. Segundo as investigações, Santos e outros funcionários da pasta superfaturaram contratos de compra de respiradores para pacientes com Covid-19.

— Se ele falou no meu nome, está mentindo. Não há a menor possibilidade de ele ter prova contra mim de ato ilícito. Estamos no início do processo criminal, e o que a Justiça tem feito tem que ser respeitado. Tem muita coisa mal explicada, como de onde veio o dinheiro (R$ 8 milhões em espécie encontrados durante a operação do Ministério Público estadual na qual o ex-secretário foi preso, na sexta-feira da semana passada) — disse Witzel, por telefone

Edmar Santos foi secretário de Saúde do início do governo Witzel, em janeiro de 2019, até 17 de maio desse ano, quando foi exonerado após surgirem as primeiras denúncias de corrupção na pasta. Mas, um dia depois, ele virou secretário extraordinário para Acompanhamento da Covid-19, cargo que até então não existia. Em 28 de maio, ele se exonerou após a Justiça suspender sua nomeação.

Witzel também é investigado pela compra dos respiradores, mas no STJ. A PGR já pediu que o STJ fique responsável por todos os processos relativos às fraudes na saúde no governo do Rio.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    E eu sou Jesus!!!

  2. Pedro disse:

    Deus tenha piedade dos cariocas !

“Brasil não é ameaça, é porto seguro para milhares de venezuelanos”, rebate Governo em nota sobre acusação de Maduro

Foto: Reprodução/Instagram

Em nota nesta quarta-feira(17), o Brasil rebateu o governo Maduro de ser “ameaça para a região” em razão dos casos de coronavírus, e destacou que já acolheu “milhares de irmãos fugidos do socialismo venezuelano”.

“Além de todos os cuidados imediatos, os esforços incluem ações de interiorização, com encaminhamento para emprego, residência e reencontro com parentes e amigos”, finalizou a nota via Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Brasil "porto seguro"?
    Perguntem ao Queiroz.
    Aqui não há segurança nem no escritório do advogado da familícia.

  2. José Macedo disse:

    Vocês já estão com medo do próximo governo. Kkkkkkkkkkk

  3. Apir Pertinente disse:

    Ditador tirano e corrupto, esse Maduro.

  4. Cidadão Indignado disse:

    Não sou favorável às ações realizadas pelo governo atual, todavia, esse governo da Venezuela é a maior desgraça das últimas décadas na América do Sul. Ditador da pior espécie esse Maduro. Tudo que o governo brasileiro puder fazer para tirar esse tirano do poder, deve ser feito!

    • Honório disse:

      Você não entendeu! Ameaça ao cuminismo.
      Foi isso que quis falar.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      O meu medo é que caminhemos para uma ditadura também, só que à direita, aqui no nosso Brasil. Uma parcela de cidadãos (cada vez menor, ainda bem) parece até querer essa aberração, sem ter consciência do que isso pode significar.
      Liguem os pontos.

    • Jorge disse:

      Para evitar a ditadura do governo atual também temos que afastar a hipótese de retorno do PT. Muitos ainda votariam no presidente atual se vissem que ele evitaria o PT de volta.
      Temos que, urgentemente, viabilizar um outro nome de um outro candidato que impeça a permanência do atual e o retorno no anterior. Eis o desafio!

Arena das Dunas rebate Control: “É inadmissível que o resultado de uma auditoria se traduza em um manifesto sobre o desejo de repactuação completa do contrato firmado”; veja nota

Arena das Dunas, em nota, diz que concessionária sempre respeitou a premissa de fiscalização do Poder Concedente e seguirá nessa postura. Destaca que “é inadmissível que o resultado de uma auditoria se traduza em um manifesto sobre o desejo de repactuação completa do contrato firmado”. Veja abaixo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Arena das Dunas sempre esteve à disposição do Estado do RN ao longo da Auditoria da CONTROL, tendo facultado amplo acesso aos documentos solicitados e, inclusive, disponibilizado sala própria na sua sede para o regular desenvolvimento dos trabalhos.

Ainda assim, não recebeu, até o momento, o resultado completo dos trabalhos efetuados (relatório final e seus anexos), impossibilitando a adequada compreensão dos números e valores amplamente divulgados.

De todo modo, considerando a disponibilização do Relatório incompleto para a imprensa e no site da CONTROL, entende necessário esclarecer conclusões equivocadas contidas no material apresentado.

A primeira: o prazo final das obrigações do poder público. O relatório considera a obrigação do poder público se estendendo até janeiro de 2034, quando o termo final do contrato é em outubro de 2031.

Portanto, as conclusões equivocadas estão agravadas por 3 anos de cômputo indevido de valores.

Infelizmente, este equívoco não está sozinho.

Além dele, os seguintes pontos nos surpreenderam e demonstram, com todo o respeito: (i) atropelo do contraditório; (ii) incompreensão de conceitos relacionados ao Contrato de PPP; e, (iii) ausência de entendimento do próprio modelo jurídico e econômico do contrato celebrado e em vigor há 9 anos.

Sobre (i): violação ao contraditório e devido processo legal

1) A Arena das Dunas foi chamada pela CONTROL a apresentar “contestação” ao contido na Nota de Auditoria nº 003/2020, de 19/02/2020, encaminhada pelo Ofício nº 36/2020/CONTROL – CG-CONTROL, recebido em 21 de fevereiro de 2020 e respondido
em 03 de abril de 2020.

2) Neste Ofício, mencionava-se, exclusivamente, o entendimento da Auditoria relacionado à repartição das receitas acessórias. Não havia qualquer menção à contraprestação fixa ou outro aspecto do contrato;

3) O Relatório final, como amplamente divulgado, tratou de suposto “prejuízo ao Estado” decorrente do pagamento da contraprestação fixa mensal, em montante superior a R$ 100 milhões.

4) Esta matéria não estava em exame pela auditoria e, portanto, não pôde ser objeto de resposta da Arena, tendo aparecido no Relatório Final como “surpresa”.

Sobre (ii): ausência de compreensão da contraprestação fixa e sua função contratual

1) Há 10 anos, o Estado do RN fez a opção de contratar uma PPP, lançando concorrência pública para transferir para o Parceiro Privado o ônus e o risco de aportar capitais e de os buscar de financiadores externos para executar as obrigações do contrato e, posteriormente, ser remunerado pela Contraprestação Pública, adimplindo suas obrigações com seus respectivos financiadores, bem como remunerando seu próprio investimento direto e a operação do equipamento ao longo dos anos;

2) Este conceito básico de uma contratação por meio de PPP é absolutamente desconsiderado pelo relatório final, que parte da premissa – equivocada, do ponto de vista econômico e jurídico – de que caberia ao Estado apenas repor o valor pago pela Concessionária aos seus financiadores;

3) A “conta” da CONTROL, para dizer o mínimo, desconsidera os encargos diversos que a empresa assume no processo de transformar faturamento em caixa.

4) Dito de maneira direta: a contraprestação paga deve ser suficiente para, além de adimplir financiamento tomado à terceiro, remunerar o capital investido do acionista, o risco inerente ao projeto, o custo da operação do equipamento e gerar LUCRO para o empreendedor.

5) Esta equação está consagrada no contrato celebrado há quase 9 anos e o respeito a ela é condição primeira para a existência do contrato;

6) A Diferença apontada pelo relatório não se trata de pagamento a maior. É a diferença entre o que está contratado e o que o auditor gostaria que tivesse sido contratado em 2011. Não houve qualquer pagamento acima do compromisso firmado.

7) Some-se a este um outro grave equívoco no exame dos dados relativos à estrutura de capital da PPP. Esta estrutura foi composta conforme a figura abaixo:

8) O capital próprio aportado pelo acionista da concessionária foi totalmente desconsiderado pelo Relatório;

9) É de se recordar que essa discussão já foi submetida ao judiciário e ao Tribunal de Contas do Estado, o que vem penalizando a concessão, de forma cautelar, desde o ano de 2016;

10) Em resumo: o que se chamou de “prejuízo ao Estado” é uma ficção não amparada pela legislação de regência, pelo Contrato e seus conceitos mais básicos.

Sobre (iii): incompreensão da divisão das receitas acessórias

1) As receitas acessórias são uma possibilidade de remuneração adicional ao parceiro privado, como estímulo à exploração empresarial contínua do equipamento, provocando efeito em cadeia na economia local, a partir da geração de conteúdos permanentes;

2) Por disposição contratual, estas receitas devem ser compartilhadas entre os parceiros, gerando retorno imediato ao Estado decorrente das atividades desenvolvidas pela concessionária;

3) A interpretação pretendida pela Auditoria é no sentido de que 50% dos valores arrecadados pela concessionária devem ser, abatidos apenas os impostos, transferidos para o Estado;

4) Todos os encargos para a realização dos eventos: custos operacionais, de pessoal, indiretos, seguros, risco e tudo o mais seriam assumidos integralmente pela concessionária, em caráter ilimitado, cabendo ao Estado receber os 50% em qualquer hipótese;

5) Esta interpretação, que contraria posição do Estado estabelecida desde 2013, agride a razão de ser da cláusula;

6) Por que? Porque desestimula o que a cláusula fomenta. A prevalecer a interpretação somente agora pretendida pelo Estado, não faz sentido que a Arena das Dunas continue a ser uma das Arenas mais utilizadas do Brasil;

7) Na prática, e supondo que fosse sustentável a interpretação dada pelo Estado somente agora, a realização de eventos capazes de simplesmente pagar seus custos de realização deveriam compreender margens bem superiores a 150%, tornando inviável mercadologicamente a disponibilização de serviço nestes moldes;

8) Frise-se: por contrato, a Arena não está obrigada a promover eventos geradores de receitas acessórias. Se a cláusula passa a ser interpretada do modo pretendido, a racionalidade econômica impedirá que a concessionária busque qualquer outra receita que não as contraprestações pagas diretamente pelo Estado, com todos os prejuízos para a sociedade potiguar da obsolescência do equipamento público.

Conclusão

Esta concessionária sempre respeitou a premissa de fiscalização do Poder Concedente e seguirá nessa postura. Contudo, é inadmissível que o resultado de uma auditoria se traduza em um manifesto sobre o desejo de repactuação completa do contrato firmado.

É de se dizer, todos os Demonstrativos Financeiros, incluindo o referente ao compartilhamento das receitas, são analisados e validados por Auditorias Independentes, publicados e acompanhados por todos os envolvidos interessados.

Vale dizer, a contratação desta Parceria Público Privada foi previamente avaliada e contou com a contribuição de todos os órgãos de controle pertinentes, o que culminou com o lançamento da concorrência pública internacional, a qual a concessionária se vinculou posteriormente aceitando os termos determinados pelo próprio Estado do Rio Grande do Norte.

Assim, a Arena das Dunas tomará todas as medidas cabíveis para esclarecer os temas propostos em todas as instâncias que for instada a fazê-lo, preservar seus direitos e garantir a execução de suas obrigações conforme previsto no Contrato de Concessão Administrativa 001/2011.

ARENA DAS DUNAS CONCESSÃO E EVENTOS S.A.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Carlos disse:

    Melhor deixar como está, porquê se for para as mãos do estado vai ser um total abandono. Trabalhei no Distrito sanitária sul/ SMS/NATAL, e era ali no antigo João Cláudio de Vasconcelos Machado, vizinho associação dos deficientes físicos e era um total abandono, fiação expostas e soltas, banheiros imundos, por isso que torço para continuar com está se deve alguma coisa, pague, mais não se pode transformar em um jogo politico.
    Grande abraço B.G.

  2. Igor disse:

    Esse elefante além decretar destruindo o caixa do governo, destruiu a paisagem e o comércio no seu entorno. Nada que se planta naquela área dá frutos, se transformou em um local deserto e sem vida. Parabéns Lula, empreiteiros e o restante dos políticos sem futuro que apoiaram a construção daquele troço.

  3. Eduardo Peixoto disse:

    Melhor seria a empresa entregar o estádio, bem como ingressar na justiça, para ser indenizado no que foi gasto na sua construção, devolvendo ao Estado a responsabilidade pela sua manutenção.

  4. Ojuara disse:

    Isso é briga de cachorro grande, só resolve com Receita Federal, PF e MP, eles podem dizem onde foram gastos esse mais de UM BILHÃO de reais nesse elefante branco, superfaturado todo mundo já sabe que foi, agora é saber o percentual e os envolvidos.

  5. Anti-Político de Estimação disse:

    Tem que investigar bem direitinho isso aí…… . Sabe-se que há muita gente graúda envolvida e que estão bem caladinhos, se fazendo de doidos e de mortos, enquanto o Rio Grande do Norte agoniza financeiramente.

Gusttavo Lima rebate críticas às suas lives: “Só criticam e não ajudam em nada”

Andressa Suita e Gusttavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram)

O cantor sertanejo Gusttavo Lima usou seu Twitter, na quarta-feira (15), para falar sobre as críticas que vem recebendo por conta de suas apresentações em lives que vão ao ar em seu Instagram.

O cantor se tornou alvo do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), por conta de ações publicitárias de bebida alcóolica, já que aparece bebendo diante das câmeras.

“Os artistas estão procurando uma forma de interagir com os fãs e com o público em quarentena por meio das lives. Estamos prestando um grande serviço social por meio dessas lives”, postou ele.

“Além de shows ao vivo, estamos arrecadando e fazendo doações para entidades e pessoas carentes que neste momento passam por extrema necessidade… Estamos dividindo as nossas intimidades, mostrando ao público como é nossa vida fora dos palcos, compartilhando momentos únicos!!!”, completou o sertanejo.

“Àqueles que só criticam e não ajudam em NADA, vai um conselho: não precisam ajudar, mas não atrapalhem quem está procurando ajudar nossos irmãos necessitados”, finalizou Gusttavo.

Gusttavo Lima rebate críticas às suas lives de shows (Foto: Reprodução/Twitter)

 

Ver essa foto no Instagram

 

• Hospital de Doenças Tropicais (HDT) – recebeu 10 mil frascos de álcool Gel e 10 Mil Gazes • Vila São Cotolengo – recebeu 5 toneladas de alimentos • Centro Bíblico/Santana do Ipanema (AL) – recebeu 500 kg de frango • Institutos filhos de Davi/ Santana de Ipanema (AL) – recebeu 500 kg de frango • CESB- Centro Espírita Santa Bárbara/ Santana de Ipanema (AL) – recebeu 500 kg de frango • Ação Social Sopão Laura Chagas/ Santana de Ipanema (AL) – recebeu 500 kg de frango • Hospital Araújo Jorge – recebeu 10.000 Frascos de de álcool gel etílico • Projeto Integral de Vida / Provida DF – Recebeu 25 Cestas básicas • Associação Brasiliense de Combate á AIDS – Arco Íris DF – Recebeu 25 Cestas básicas • Assistência Nacional Ágape/ DF – recebeu 25 Cestas básicas • Obras Especiais Assistenciais Centro Irmão Jorge/DF – Recebeu 25 Cestas básicas • Instituto Padre Haroldo – Campinas /SP – 2 toneladas de alimentos e produtos de Higiene • Mesa Brasil – 57 toneladas de alimentos • AMOBAJ – Associação de Moradores do Bairro de Jardelândia / Pará – 5 toneladas de alimentos • Associação Comunidade Luz da Vida/ Goiânia – 272 Kilos de Alimentos • Obras Sociais do Centro Espírita Irmão Aureo / Goiânia -272 Kilos de Alimentos • Associação Servos de Deus/ Goiânia -272 Kilos de Alimentos • Associação Santa Terezina do Menino Jesus/ Goiânia -272 Kilos de Alimentos • Núcleo Ação Social Dona Judith/ Aparecida de Goiânia -272 Kilos de Alimentos • Conselho Central de Campinas/ Campinas GO – 272 Kilos de Alimentos • Paróquia Nossa Senhora da Águia/ Goiânia – 272 Kilos de Alimentos • Associação Assunção/ Goiânia – 272 Kilos de Alimentos • Grupo Fraterno Paulo de Tarso/ Goiânia – 272 Kilos de Alimentos • Associação de Promoção Humana Assoproh/ Goiânia – 272 Kilos de Alimentos • Legião da Boa Vontade/ Goiânia – 272 Kilos de Alimentos O restante das doações estão no nosso galpão, para serem entregues no decorrer dos próximos dias. Obrigado a todos que nos apoiaram e juntos estão somando nessa época tão difícil. #OEmbaixador #GusttavoLima

Uma publicação compartilhada por 🏛 Gusttavo Lima 🏛 (@gusttavolima) em

Globo, via Revista Quem

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lourdes Siqueira disse:

    Ricos no primeiro mundo doam dinheiro; ricos no Brasil fazem lives para os pobres doarem dinheiro para os ricos doarem para os pobres.

    Quem vê eles falarem, não estão ganhando fortunas dos patrocinadores…..as madres Tereza……só generosidade…..

    É uma pena eles quererem fazer acreditar que só tem animação, alegria, festa e diversão se for embriagado. Uma lástima.

  2. Fátima disse:

    Deve ser algum parasita , quem não consegue fazer o bem fica muito incomodado quando ver alguém fazendo, talvez estavam em abstinencia a bebida recalque

  3. Indignado disse:

    Show,continue com as lives e ajudando a quem precisa ,e manda essa turma q gostam de criticar , fazer alguma coisa por quem necessita.

  4. Aparecida disse:

    Pelo q entendi a reclamação é do CONAR, não é de nenhum canal de TV. E outra, se não gosta de um determinado programa não assiste. Eu não suporto música sertaneja, então não assisto. Tão fácil.

  5. Gustavo disse:

    Apresentar Big Brother, pode. Apresentar Ludmilla c música de plantar maconha na Fátima Bernades, pode. Mas quando aparece Gusttavo Lima em outro meio de comunicação, n pode.
    Isso é medo de perder audiência. Ninguém precisa mais de tv nenhuma. Quem quiser mostrar o jogo, o show, sua novela, n precisa mais de globolixo…

  6. Jr Laranjeiras disse:

    Sempre funciona assim, não ajudam e ainda atrapalham que quer ajudar, mas será que as grandes redes de tv ( evangélicas ou não) não estão por trás desse cuidado imenso do Conar?

Presidente do TSE, Rosa Weber, rebate Bolsonaro e diz que sistema de votação é seguro

Foto: Reprodução

A presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Rosa Weber, divulgou uma nota para reafirmar a “absoluta confiabilidade e segurança do sistema eletrônico de votação”.

Ela afirmou ainda que o sistema é auditado, o que permite a apuração de eventuais denúncias e suspeitas, “sem que jamais tenha sido comprovado um caso de fraude, ao longo de mais de 20 anos de sua utilização”.

Rosa Weber rebateu afirmações do presidente Jair Bolsonaro, que diz “ter provas” de que venceu as eleições de 2018 no primeiro turno. E que, portanto, no “entender” dele, “teve fraude” no processo de votação.

O discurso de Bolsonaro não é novo: desde 2018 ele repete que não confia no sistema eleitoral brasileiro.

A magistrada afirma ainda que o TSE “agirá com presteza” para apurar “qualquer elemento de prova que sugira algo irregular”, reiterando que o sistema brasileiro é “reconhecido internacionalmente por sua eficiência e confiabilidade”.

Leia a íntegra da nota da ministra:

“Ante a recente notícia, replicada em diversas mídias e plataformas digitais, quanto a suspeitas sobre a lisura das eleições 2018, em particular o resultado da votação no 1º turno, o Tribunal Superior Eleitoral reafirma a absoluta confiabilidade e segurança do sistema eletrônico de votação e, sobretudo, a sua auditabilidade, a permitir a apuração de eventuais denúncias e suspeitas, sem que jamais tenha sido comprovado um caso de fraude, ao longo de mais de 20 anos de sua utilização.

Naturalmente, existindo qualquer elemento de prova que sugira algo irregular, o TSE agirá com presteza e transparência para investigar o fato. Mas cabe reiterar: o sistema brasileiro de votação e apuração é reconhecido internacionalmente por sua eficiência e confiabilidade. Embora possa ser aperfeiçoado sempre, cabe ao Tribunal zelar por sua credibilidade, que até hoje não foi abalada por nenhuma impugnação consistente, baseada em evidências.

Eleições sem fraudes foram uma conquista da democracia no Brasil e o TSE garantirá que continue a ser assim.”

Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Eu acredito na fraude, pois não é razoável que o povo brasileiro escolheria esse senhor para presidente, não tem uma justificativa pra esse desastre, se não fraude.

  2. Ivan disse:

    Atenção TSE, se houveram fraudes como diz o Bozo, convoquem novas eleições. É assim que se age.

  3. CABECINHA CARVALO disse:

    No primeiro turno em Martins na 38 Zona eleitora, cessão 23, não tive a certeza do meu voto para presidente, digitei o numero 17 apareceu a foto de Bolsonaro e antes de confirmar encerrou a votação. Depois vi vários videos nas redes sócias denunciando o mesmo problema, ainda fui no TRE local reclamar mas nada foi resolvido.

  4. Janilson Ovidio disse:

    Não se pode confiar nesses ministros do STF que são os mesmos do TSE. Essa Rosa Weber é comunista de carteirinha

  5. Anti-Político de Estimação disse:

    É muito simples : apresente as "provas" e deixe de ficar falando merda e perturbando o País.

  6. Lourdes Siqueira disse:

    Sr. Miguel e na eleição Dilma x Aécio, nunca explicaram porque o resultado demorou tanto a ser publicado depois de todas as urnas apuradas. Por causa do horário de verão não foi porque
    o atraso não se repetiu na eleição seguinte.
    Nunca engoli essa treta.

  7. Leonardo disse:

    Se tem fraude ou não não sei, pois não posso provar, mas que é estranho demais não permitirem que o voto dado seja impresso como forma de comprovação, isso é.
    Se o voto não for impresso, criando um meio de viabilizar uma auditar e poder conferir a votação, fica a desconfiança contra as desculpas injustificáveis de algumas autoridades.
    É como se falar na possibilidade de auditar os votos fosse uma assassinato, um absurdo, quando deveria ser uma prática que leva a segurança e credibilidade.
    Esse país está realmente de cabeça para baixo!

  8. Miguel disse:

    Rebateu e vão rebater. Ninguém vai admitir que tem algo errado com essas urnas cujos técnicos responsáveis são da Venezuela.
    Até hoje tendo entender como Aécio com mais de 26% de vantagem nas eleições de 2014 perdeu para Dilma depois de computados os votos do nordeste. Foi como se a cada 10 votos 8 fossem de Dilma e 01 anulado. Essa conta não fecha, não bate.
    Quantas vezes já foi publicado que pessoas vão votar no interior e quando chegam, o voto delas já estava computado e isso nunca foi averiguado.
    Quantas denúncia já foram publicadas contra o sistema de votação adotado no Brasil e o que vale é a palavra daqueles que defendem a corrupção.
    Mais uma coisa precisa ser esclarecida e apresentada, as provas contra a forma como essas urnas são manipuladas. De confiável elas não tem nada!

    • Jr disse:

      Kkkkkkkkk!

    • Brasil e RN acima de tudo disse:

      Esse atira pedra na Lua, de onde você tirou que os técnicos responsáveis são da Venezuela? A empresa fabricante das urnas é a Diebold Nixdorf, empresa alemã. Típico de apoiadores de Bolsonaro, não sabem nem o que estão falando.

Secretário do Gabinete Civil do Estado, Raimundo Alves, rebate Fábio Faria sobre crédito de recursos

O secretário do Gabinete Civil, Raimundo Alves, respondeu ao deputado Fábio Faria, sobre o post do deputado, que a Governadora estaria se apropriando da emendas do deputado para a segurança e não teria dado o crédito. Veja abaixo:

“O deputado Fábio Faria, eleito pelo RN embora se considere paulista, deveria ser mais cuidadoso com suas palavras. A governadora Fátima Bezerra tem 25 anos de vida pública e não responde a nenhum processo por apropriação de recursos públicos, já o nome da família Faria bomba em qualquer pesquiso no google quando o tema é esse ou qualquer outro semelhante.

Se ele quis se referir a aplicação de recursos da União pelo governo do Estado e fazer trocadilho infeliz, ele fique tranquilo que todo e qualquer recurso institucional tem recebido, e assim será durante o governo da professora Fátima. Tratamento institucional será aplicado com competência e responsabilidade, direito da população e dever do Estado.

Se durante a gestão do pai ele conseguiu algum recurso para o Estado, onde ele mandava e desmandava, o fez por obrigação por que foi pelo RN que se elegeu, o que parece ter esquecido nos últimos 12 meses. Aliás, o recente interesse dele pelo Estado, à distância e pelas redes sociais, faz parte da estratégia de se fazer lembrar já que em terras potiguares ninguém o vê faz tempo.

Raimundo Alves”

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Observador disse:

    Senhor Secretário, talvez o sr. não saiba, mais o Dep. em questão foi o que mais encaminhou verbas para nosso estado em todos os setores principalmente na saúde, onde o mesmo destinou 200 milhões só para o Hospital Walfredo Gurgel. Onde estavam o senador carioca e a deputada Boina Verde do PT que não destinaram nada para nosso estado?
    Parabéns deputado #FabioFaria pelo seu trabalho em prol do RN.

  2. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Se. FABIO SEU PAI DEIXOU O ESTADO QUEBRADO E VOCE AINDA FICA ATIRANDO PEDRAS NOS OUTROS

  3. Luiz Antônio disse:

    Um deputado do RN encaminha verba para hospitais de São Paulo, outro se considera paulista… estamos muito bem representados na Câmara Federal.

  4. Bento disse:

    Que briga desnecessária
    Isso não leva a lugar algum.
    Não sejam ingratos ao atacar o deputado.
    Agradeçam, e empregue para o objetivo por ele declarado.
    Simples assim

    • Paula Tejando disse:

      Realmente, e o pior, essa resposta não disse nada com nada a respeito do que o Deputado colocou. Ficou só jogando farpas.

VÍDEO: Flávio Bolsonaro rebate acusações do MP “ponto a ponto”

 

Ver essa foto no Instagram

 

A verdade ponto a ponto! Assista até o final…

Uma publicação compartilhada por Flávio Bolsonaro (@flaviobolsonaro) em

“Não tenho nada a ver com isso”, diz Flávio sobre dinheiro recebido por Queiroz

Na live pelo YouTube, Flávio Bolsonaro também negou ligação com R$ 2 milhões depositados na conta de Fabrício Queiroz por ex-assessores de seu gabinete na Alerj.

“Só que eles não explicam que isso era num período de 12 anos e que grande parte, a maioria esmagadora desses recursos, são oriundos dos próprios parentes dele, que trabalhavam lá também. Ele já falou isso publicamente, que geria os recursos da família. A família depositava o dinheiro na sua conta e ele fazia o que queria com o dinheiro. Eu não tenho nada a ver com isso. O que é que eu tenho a ver com que a pessoa faz com seus recursos? Todos trabalhavam”, disse.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jair disse:

    É a nova política da família tradicional e dos bons costumes!

  2. Rodrigo disse:

    O Senador Flávio Bolsonaro fala com firmeza e com convicção, mas suas ações, como a de paralização das investigações no supremo parece bem distante do discurso. Antes de espernear precisa comprovar o que diz. É aguardar que o tempo se encarregaram de mostrar a verdade

  3. Batista disse:

    Suspeito de matar Marielle recebia parte dos salários da rachadinha do clã Bolsonaro

  4. Marcelo disse:

    O senhor fala e não prova, nós falamos e mostramos as provas conforme pode ser visto nos autos processuais, não interessa se é filho de: A, B ou sem pai influente, nossa meta e fazer cumprir a Lei, independente de quem cometeu a ilegalidade.

    • Antonio disse:

      Faça um vídeo e mostre as provas!!! Mostre que você é diferente. Ao apenas fale…

DELAÇÃO: Fátima diz que jamais tratou com a Camargo Corrêa e Palocci sobre campanha

NOTA

Sobre a delação premiada de Antônio Palocci à Polícia Federal, temos a esclarecer o seguinte:

A empresa Camargo Corrêa não fez doação à campanha da então candidata à deputada federal em 2010, Fátima Bezerra, conforme registrado no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE);

No endereço encurtador.com.br/glxE8 consta os registros de todas as pessoas físicas e jurídicas que doaram à campanha da então candidata em 2010, o que comprova que não há qualquer menção à referida empresa;

As contas foram devidamente aprovadas;

Fátima Bezerra e sua coordenação de campanha jamais trataram com a Camargo Corrêa e com Antônio Palocci, sobre a campanha de 2010 ou qualquer outra, e esperam que as informações sejam devidamente apuradas e esclarecidas.

Assessoria Fátima Bezerra

Veja mais: Palocci diz em delação que campanhas de Gleisi e Fátima Bezerra foram destinatárias de propina para enterrar investigações da Castelo de Areia

Veja também: Em delação, Palocci diz que distribuiu propina para Fátima Bezerra e Gleisi Hoffmann

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fiscalização disse:

    Tem a mesma doença do veio Lula. Cria dele!

    Bora coloca os podres dela pra todos saberem. Senadora foi um fiasco. Se aproveito do governo anterior. 06 secretárias recebebeu. Qd o bicho pegou correu da raia.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    Desculpa esfarrapada, como sempre o PT tem dessas coisas. Aliás não somente o PT, mas toda a classe política.

  3. Jorge disse:

    Cadeia para corrupto e corruptores.

  4. Dilma disse:

    Começou a peça teatral do vitimismo, vai reclamar com o papa, depois com a onu

  5. Francisco Alves disse:

    É risível a argumentação, ou melhor, a desculpa da nota. Antônio Palocci afirma que houve dinheiro sujo, recursos derivados de propina para a campanha de Fátima Bezerra e de Gleise (codinome Amante). Palocci não falou que foi a empreiteira ou ele quem repassou o dinheiro sujo para as mãos delas.
    Ora, todo mundo sabe que o PT através do diretório Central é quem repassa os recursos.
    Palocci, conta o que tu sabes do assassinato de Celso Daniel…

  6. Sergio disse:

    Agora é a hora de negar tudo e desfazer do "cumpanheiro" Palocci. Vejamos, Palocci foi homem de confiança de Lula e Dilma, exerceu cargos importantes e sempre foi muito elogiado pelos dois. Então, como bom petista tinha que participar das falcatruas do Petrolão, já que tinha acesso a todos os empresários envolvidos. Ele sabe muito, ocorre que quando foi preso, ele deve ter procurado os "cumpanheiros" e esses devem ter virado as costas. Restou para o mesmo abrir a caixa da corrupção petista, já que todos gritavam "Lula livre" e esqueceram dele. Quem fez parte da alta cúpula petista tem tudo documentado, acredito que não vá falar por falar. Essa afirmação de Fátima deve ter uma verdade e uma mentira, a verdade é que nunca tratou nada com o pessoal da Camargo Correia e a mentira acredito é que com Palocci deve ter cobrado muito dele grana para a campanha. Palocci falou esta falado e ela que vá se defender desse fato.

Carlos Bolsonaro divulga áudio que rebate depoimento do porteiro

Carlos Bolsonaro postou no Twitter um vídeo com aqueles que, segundo ele, são os registros de entrada do Condomínio Vivendas da Barra, onde Jair Bolsonaro tem casa.

No vídeo, o vereador divulga um áudio que seria do porteiro do condomínio solicitando a entrada de Élcio de Queiroz, acusado pela polícia de ser o motorista do carro usado pelos criminosos que mataram Marielle Franco.

O telefonema, segundo Carlos, foi feito às 17h13 do dia 14 de março de 2018 para a casa 65. Jair Bolsonaro morava na casa 58 e Ronnie Lessa –apontado como autor dos disparos contra Marielle–, na casa 65/66.

“Um simples acesso aos registros internos do condomínio mostra que no dia 14/03/2018 nenhuma solicitação de entrada foi feita para a casa 58.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Potiguar disse:

    Se tinha alguma prova incriminadora nos registros da portaria, carluxo apagou.

  2. Mandacaru disse:

    a Globo sempre foi tendenciosa, lixo e so agora vcs reconhecem pq será?

  3. Yusuke urameshi disse:

    Está chegando o natal, não se esqueçam de contribuir na caixinha do porteiro! 😁😁😁

  4. PadimCiço disse:

    Isso era bom na Venezuela, o governo já tinha mando banir essa emissora, GLOBO LIXO,

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Cuidado com esse pensamento para não alimentar um monstro chamado DITADURA. Os próprios venezuelanos, por exemplo, sabem muito bem o resultado disso. Tudo começou com o populismo de Chavez e seu ódio pela imprensa livre e pelas instituições.

  5. Rômulo© disse:

    Sempre desconfiei de que tinha um dedo do Bozo no assassinato de Marielle! Impeachment já!

    • Ems disse:

      Baseado em que ?

    • BRASILACIMADETUDO disse:

      Acho que você quiz dizer o dedo do Lula no assassinato de Celso Daniel né? A falta de mortadela as vezes provoca confusão mental nos dependentes.

    • joaozinho da escola disse:

      Acho que esse desejo petista pelo dedo de bolsonoro tem a culpa de lula-presidiario… uma especie de fetiche. como lula nao tem um dedo, porque foi incompetente no primeiro e unico trabalho da vida que teve com carteira assinada, agora desejam o dedo de um ex-militar como culpa… coisas de petistas.

  6. aof disse:

    É a Globolixo, mas às 21h lá estamos nós, assistindo ao JN e aguardando ansiosos pela Dona do Pedaço, né não?. O problema está aí.

  7. CARLOS SAMPAIO disse:

    Mais uma vez a Globolixo é desmascarada na tentativa de prejudicar o Governo Bolsonaro!O presidente tem que tomar medidas drásticas contra esta emissora que há muito tempo vem conluiada com a esquerda e o PT em troca dos privilégios e dos bilhões de reais que arrecadou nestes últimos anos!A mamata acabou ! Conformem-se

Inelegível? Larissa Rosado rebate jornal mossoroense

larissaApós publicação do Jornal De Fato sobre uma suposta condenação do TSE de que a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) estaria inelegível e com direitos políticos suspensos até 2020, a parlamentar divulgou nota nesta quinta-feira (5), e rebateu a matéria classificando as informações como distorcidas.

Segundo a deputada, no processo em que corre, “nem de longe se fala em direitos políticos ou em cassação, sendo a única consequência da condenação – se mantida após regular recurso ainda cabível – a aplicação de uma multa no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais)”.

Larissa ainda diz que o jornal noticia fato “sabidamente inexistente”, tanto que somente no corpo da notícia da página interna vai dizer que o Colegiado superior eleitoral manteve condenação por propaganda eleitoral antecipada. “Se o próprio jornal admite que a condenação foi por propaganda eleitoral antecipada, a penalidade aplicada é multa, não havendo sequer discussão sobre cassação de direitos políticos. Mas, confundindo o leitor, adiante o texto me condena por algo que não fui julgada, dizendo que sigo com direitos políticos cassados até 2020”.

Associação dos delegados da Civil rebate crítica do MP

A Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Adepol-RN), por meio de nota, rebateu as críticas feitas pelo Ministério Público sobre o que poderia ter sido uma utilização indiscriminada de escutas telefônicas por parte da equipe da titular da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organzado (Deicor), Sheila Freitas, durante as investigações relacionadas ao sequestro de Popó Porcino, 19 anos.

Ontem, o MP emitiu uma nota repudiando as declarações da delegada Sheila acerca da ação de correição parcial em desfavor da juíza da Vara Criminal de Ceará Mirim, Valentina Damasceno, responsável por liberar as escutas. A titular da Deicor afirmou que a promotora de Justiça Izabel Pinheiro seria “despreparada” e estaria vivendo “no Olimpo”.

Segue a nota da Adepol:

 

NOTA

Diante das últimas notícas veiculadas na mídia envolvendo o nome da Dra. Sheila Freitas, a Associação de Delegados de Policia Civil do Rio Grande do Norte, vem a público esclarecer o seguinte:

1) Preliminarmente, não podemos deixar de parabenizar todos os policiais que participaram do trabalho relativo a prisão dos seqüestradores do jovem conhecido como Popó,  trabalho de equipe, comandando pela nobre Delegada. Polêmicas à parte, o que merece destaque é a vida que foi salva e as prisões dos infratores, inimigos da sociedade;

2) A ação policial de combate a um sequestro representa uma corrida contra o tempo, cada segundo é importante na busca da preservação da vida, integridade e liberdade da vitima. Apesar disso, Dra. Sheila foi primorosa no seu atuar, não obstante tal urgência, pautou sua conduta em conformidade com a lei, fazendo as representações necessárias e as dirigindo a juíza a quem competia autorizar;

3) A autoridade policial tem total autonomia de entendimento na condução do inquérito policial, como operador de direito, tem liberdade para interpretar a lei e os fatos podendo representar pelas medidas cautelares que entender convenientes à investigação, portanto, na condição de Presidente da investigação, Dra. Sheila estava plenamente legitimada a buscar todos os meios legais que entendessem possíveis para chegar aos autores do crime,como condutora direta das investigações,  ninguém mais do que ela poderia saber da necessidade ou não de amplitude dos pedidos formulados, dadas as circunstâncias, complexidade e natureza do delito.

4)  Manifestamos nosso total apoio a Dra. Sheila Freitas, Delegada que com brilhantismmo tem comandado, há dois anos,  a Divisão de Combate ao Crime Organizado com competência e dedicação comprovada através de reiteradas operações policiais e prisões efetuadas sobre o seu comando. Só quem exerce a função de policial sabe o significado de aç

5)  Mais uma vez reafirmamos nosso profundo respeito institucional ao Ministério Público, pautaremos como sempre nossa conduta tendo como norte o interesse público da harmonia e convivência pacífica entre as instituições.

Ana Cláudia Saraiva
Presidente da Associação dos Delegados do Rio Grande do Norte
ADEPOL/RN